ARTIGOS MAIS RECENTES

COMO EVITAR A MORTE SÚBITA EM BEBÊS

A síndrome da morte súbita do lactente (SMSL) é a principal causa de morte em bebês com menos de 1 ano de vida. Ela é caracterizada por um quadro de morte súbita, inesperada e sem causa aparente, que ocorre, em geral, durante o sono noturno de um bebê aparentemente saudável.

A síndrome da morte súbita do lactente, também chamada de síndrome da morte súbita infantil ou “morte do berço” é uma situação rara, porém traumática, pois ela é totalmente inesperada.  A sua real incidência no Brasil é desconhecida, mas imagina-se que seja semelhante a de outros países, com média de 1 a 5 casos para cada 10.000 bebês. Nos E.U.A, ocorrem, a cada ano, cerca de 2500 casos de morte súbita em bebês.

[Leia mais]

COLITE PSEUDOMEMBRANOSA | Clostridium difficile

O sistema digestivo humano abriga mais de 1000 espécies de microrganismos. A nossa flora gastrointestinal natural é inofensiva e muitas vezes benéfica em condições normais, pois auxilia na digestão de alimentos e dificulta a proliferação de bactérias virulentas vindas do exterior. Porém, quando o equilíbrio entre as centenas de microrganismos naturais é rompido, aumenta-se o risco de crescimento descontrolado de micróbios patogênicos, ou seja, capazes de provocar infecção intestinal.

Um dos germes com maior potencial de provocar infecções, em caso de proliferação acima do normal, é a bactéria Clostridium difficile, um organismo capaz de provocar quadros de intensa colite (inflamação da parede do cólon) e diarreia.

[Leia mais]