Antibiótico Amoxicilina + Clavulanato [bula simplificada]

Dr. Pedro Pinheiro

Atualizado em

comment 44 Comentários

Tempo de leitura estimado do artigo: 3 minutos

O que é amoxicilina + clavulanato?

A amoxicilina + clavulanato de potássio (ou ácido clavulânico) é um antibiótico que pertence à família das penicilinas, sendo muito utilizado para o tratamento de infecções bacterianas das vias respiratórias ou para infecções de pele.

Amoxicilina com clavulanato é um antibiótico diferente da amoxicilina “pura”, pois a adição do clavulanato aumenta o espectro de ação e torna o antibiótico mais potente. Explicaremos a diferença com mais detalhes no final do artigo.

Neste artigo falaremos apenas da amoxicilina com ácido clavulânico. Se você procura informações sobre a forma sem clavulanato, leia: Amoxicilina (antibiótico) – Como tomar e efeitos adversos.

Atenção: este texto não pretende ser uma bula completa da amoxicilina com ácido clavulânico. Nosso objetivo é ser menos técnico que uma bula comum e mais explicativo, focando nas informações que são mais relevantes para os pacientes e seus familiares.

Para que serve

A amoxicilina com ácido clavulânico é um antibiótico com atividade contra as seguintes bactérias:

  • Streptococcus spp.
  • Staphylococcus aureus.
  • Enterococcus spp.
  • Enterobacter spp.
  • Haemophilus influenza.
  • Klebsiella pneumoniae.
  • Moraxella catarrhalis .
  • Salmonella spp.
  • Shigellae spp.
  • Escherichia coli.
  • Listeria monocytogenes.

Habitualmente, a prescrição de amoxicilina + clavulanato pode ser feita nas seguintes situações:

Nomes comerciais

A amoxicilina + clavulanato de potássio (ou ácido clavulânico) pode ser encontrada sob a forma genérica ou através dos seguintes nomes comerciais:

  • Amplamox Ac.
  • Atak Clav
  • Augmentin.
  • Clavamox.
  • Clavoxil.
  • Clavulin.
  • Clavutrex.
  • Doclaxin.
  • Emyclan
  • Novamox.
  • Sinot Clav.
  • Uciclav.

Como tomar

A amoxicilina com clavulanato pode ser encontrada em comprimidos ou xarope.

Apresentações em comprimidos:

  • 250 mg de amoxicilina + 62,5 mg de clavulanato de potássio.
  • 500 mg de amoxicilina + 125 mg de clavulanato de potássio.
  • 875 mg de amoxicilina + 125 mg de clavulanato de potássio.

Apresentações em suspensão:

  • 125 mg + 31,25 mg/5mL (25 mg/mL de amoxicilina + 6,25 mg/mL de clavulanato de potássio).
  • 250 mg + 62,5 mg/5mL (50 mg/mL de amoxicilina + 12,5 mg/mL de clavulanato de potássio
  • 400 mg + 57 mg/5mL (80 mg/mL de amoxicilina + 11,4 mg/mL de clavulanato de potássio).

Nos adultos, a amoxicilina + clavulanato é habitualmente prescrita na posologia de 500 + 125 mg de 8/8 horas ou 875 + 125 mg de 12/12 horas. Em casos mais graves, a dose pode ser aumentada para 1000 + 250 mg de 8/8h. Em geral, o tratamento é prescrito por 7 a 14 dias.

Nas crianças com menos de 40 kg, as doses recomendadas são:

Suspensão 125 mg/31,25 mg/5ml ou 250 mg/62,5 mg/5ml:

  • 20 mg/5 mg a 60 mg/15 mg por cada kg de peso corporal por dia, administrados em três doses separadas (8/8 horas).

Suspensão 400 mg/57 mg/5 ml:

  • 25 mg/3,6 mg a 45 mg/6,4 mg por cada kg de peso corporal por dia,
    administrados em duas doses separadas (12/12 horas).

Pacientes com insuficiência renal crônica

Nos pacientes com doença renal crônica, a dose deve ser ajustada conforme a taxa de filtração glomerular (TGF):

  • TFG maior ou igual a 30 mL/minuto: não é necessário ajuste posológico.
  • TFG 10 a 30 mL/minuto: 250 a 500 mg a cada 12 horas. Não use comprimidos de 875 mg ou de libertação prolongada.
  • TFG menor que 10 mL/minuto: 250 a 500 mg a cada 24 horas. Não use comprimidos de 875 mg ou de libertação prolongada.
  • Pacientes em hemodiálise: 250 a 500 mg a cada 24 horas; nos dias de hemodiálise, administrar após a sessão. Não use comprimidos de 875 mg ou de libertação prolongada

Efeitos colaterais

A amoxicilina + ácido clavulânico é um antibiótico com espectro de ação mais amplo que a amoxicilina, mas também com uma taxa de efeitos adversos maior.

A diarreia é o principal efeito colateral e pode ocorrer em até 1/3 dos pacientes que estão usando doses mais altas ou por tempo prolongado.

Outros efeitos adversos comuns, que ocorrem em 1 a 10% dos casos são:

  • Erupções cutâneas.
  • Urticária.
  • Desconforto abdominal.
  • Náuseas.
  • Vaginite.
  • Candidíase vaginal.

Contra-indicações

Por ser um antibiótico da família das penicilinas, a amoxicilina é contra-indicada para os pacientes com história de alergia à penicilina.

A Amoxicilina + clavulanato pode ser usada durante a gravidez, sendo classificada como um fármaco de categoria B (leia: Quais São Os Antibióticos Permitidos Na Gravidez?)

Em relação à amamentação, o antibiótico é parcialmente excretado pelo leite, podendo haver absorção de pequenas quantidades do mesmo pelo bebê. Constipação, diarreia, inquietação e erupção cutânea têm sido relatados em lactentes expostos à amoxicilina com clavulanato. O uso nesses casos deve ser feito de forma criteriosa.

A amoxicilina com clavulanato não provoca redução do efeito da pílula anticoncepcional (leia: Quais antibióticos cortam o efeito da pílula anticoncepcional?).

Interações medicamentosas

Os pacientes que usam anticoagulantes, como a Varfarina, devem tomar cuidado com a associação, pois a amoxicilina aumenta o efeito anticoagulante, podendo causar elevação do INR.

A associação com alopurinol aumenta o risco de erupções na pele.

O antibiótico pode diminuir a eficácia das vacinas contra cólera e febre tifoide.

Diferenças entre amoxicilina com e sem clavulanato

A amoxicilina, assim como todos os antibióticos da família da penicilina, é um antibiótico cuja estrutura molecular contém um anel beta-lactâmico.

Algumas bactérias apresentam resistência à amoxicilina por produzirem uma enzima chamada beta-lactamase, capaz de destruir esse anel. A destruição do anel beta-lactâmico torna o antibiótico ineficaz por desorganizar a sua estrutura molecular.

O ácido clavulânico, ou clavulanato, é uma substância que inibe a beta-lactamase, impedindo que as bactérias produtoras dessa enzima inativem a amoxicilina. Portanto, a adição do clavulanato à amoxicilina aumenta o seu espectro de ação, tornado-o eficaz contra uma diversidade maior de bactérias.

Você deve estar se perguntando: se a amoxicilina com clavulanato possui um espectro de atividade bacteriana maior que a amoxicilina, por que então os médicos ainda prescrevem a forma pura?

A resposta é simples, para evitar o desenvolvimento de mais resistência, prescrevemos sempre o antibiótico com o menor espectro possível. Se uma bactéria é sensível à amoxicilina não há por que usarmos uma formulação mais potente à toa. A associação com o clavulanato só está indicada quando suspeitamos que infecção possa ser resistente à amoxicilina pura.

A associação com clavulanato também apresenta uma incidência maior de efeitos colaterais, principalmente diarreia.


Referências


Autor(es)

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Universidade do Porto e pelo Colégio de Especialidade de Nefrologia de Portugal.

Saiba mais

Artigos semelhantes

Ficou com alguma dúvida?

Comentários e perguntas

Deixe um comentário


44 respostas para “Antibiótico Amoxicilina + Clavulanato [bula simplificada]”

  1. Rosane
    Bom dia, Dr⁰.
    Minha filha tem 9 anos e 42kg, a Drª. Prescreveu Amoxicilina +Clavulanato 500mg/ 125mg comprimido de 8/8 horas, posso dar tranquilamente? Pois estou lendo que só para crianças acima de 12 anos.
    O que define a posologia é o peso da criança, ou a idade tb conta?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Nas crianças mais velhas é o peso que conta. Essa dose está adequada para uma criança de 42 kg. O problema maior é o fato de ser em comprimidos. Crianças com menos de 10-12 anos não costumam ter facilidade para tomar comprimidos, ainda mais em uma frequência de 8/8h.
  2. Cristina Pereira
    Dr boa noite meu menino tem um ano e sete Mes deu a hora dele toma o amoxicilina de clavulanato e acabei dando mamadeira pra ele posso dá o remédio em seguida ele toma de 12 12 hrs
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      A mamadeira não atrapalha a ação do antibiótico.
  3. Elem
    Tem 5 dias que estou tomando amoxilina +clavulanato de potássio comecei a coçar e pás lábios pinicar paro o tratamento sendo que falta 2 dias pra acabar
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Se não for um quadro claro de alergia, com manchas vermelhas pelo corpo, coceira ou inchaço dos lábios ou olhos, não vale a pena interromper o tratamento antes do fim.
  4. Simone Lopes Santos Silva

    Minha filha ela tem40kilos ela pode tomar o remédio de 8em 8horas ou de 12em 12horad

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Depende da formulação do medicamento e da infecção a ser tratada.
  5. Glaucia

    Minha filha tem 6 anos tá tomando amoxicilina+clavulanato de potássio tá com dor abdominal e diarréia continuo o tratamento?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Tem que falar com o pediatra dela, não posso indicar suspensão de antibióticos pela Internet.
  6. Nubia

    Se éu tomar duas doses de 500 …posso tomar 8 horas depois uma de 500.

    Eu tomei uma dose as 16 outra 18 horas

    Devo tomar a dosse de 500 a meia noite.

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Mantenha o horário normal como se não tivesse tomado a dose extra por engano.
  7. Elaine

    Estou com uma infecção muito forte na urina , médico passou amoxilina clavulanato , de 8 em 8 h , mais prednisona é ibuprofeno, é isso mesmo ?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      A prednisona não faz muito sentido para infecção urinária (o médico pode ter tido outro motivo para prescrevê-la que eu não saiba). O ibuprofeno não é essencial, é só para aliviar a dor. Já a amoxicilina com clavulanato pode ser indicada em alguns casos de infecção urinária.
  8. Daiane Ferreira dos Santos

    Minha filha está com os dois ouvidinhos inflamado, o médico passou amoxicilina+clavulanato só que está muito caro pra mim comprar, eu poderia dar somente o amoxicilina normal pra ela ?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Amoxicilina + clavulanato tem espectro maior, cobre uma quantidade mais extensa de bactérias.
  9. Simone

    Meu filho tem 42 k e 14 anos o médico estagiário passou amoxicilina clovonatde potássio de 875mg+125mg 2 comprimido ao dia posso dar sem medo

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Pode, está dentro da dose máxima preconizada, que é 1750 mg de amoxicilina por dia.
  10. Alencar Alves Fernandes

    Pode acontecer alguma reação no canal vaginal?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Não diretamente, mas o uso de antibióticos aumentam o risco de candidíase vaginal.
  11. Nathalia Pinheiro

    Quem tem glaucoma pode tomar esse medicamento? Ele contém corticoide?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Pode, não tem nada a ver com corticoide.
  12. Dijanira Silva

    Minha filha de 6 anos está tomando amoxilina com clavulanato e senti vontade de vomitar e normal ou e alergia isso

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      É um efeito colateral comum.
  13. Maiara

    Estou tomando amoxicilina depois de sofrer um aborto mas eu sinto muita dor de cabeça, cansaço só de ficar em pé e vômito.

    Posso tá sentindo isso por causa do medicamento?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Sim, pode.
      1. Luciana

        Minha filha tem 10 anos e 49 quilos, o médico passou amoxicilina 875 com clavulanato, a dosagem é adequada para ela?

        1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
          Dr. Pedro Pinheiro
          A posologia de 875/125 mg pode ser usada em crianças com mais de 40 kg.
  14. Maria da Conceição oliveira

    Amoxicilina serve para infecção urinária?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Geralmente, sim, mas depende do perfil de sensibilidade da bactéria.
  15. Kleicy Jayna Rodrigues Araujo Sampaio

    Minha filha tem 4 anos está com a garganta cheia de bolinhas e com as amígdala inchada demais posso dá amoxilina com clavulanato

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Sem autorização do pediatra dela, não.
  16. Márcia Andrea

    Doutor, tomei beta 30 faz 15 dias. Posso tomar antibiótico Novamox 2x?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Se foi indicado por um médico, pode. Uma coisa não interfere com a outra.
  17. Adriana

    Dr meu filho de 9 anos tomou amoxicilina com clavulanato e ficou tido empolado, se coçando e vermelhidão, voltei na médica e ela trocou por amoxicilina comum não corre o risco de continuar tendo alergias?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Se a alergia for à amoxicilina, sim.
  18. Edimar Esteves

    Na falta da amoxilina + clavulanato posso dar a amoxilina pura? Tem algum problema?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      A amoxicilina pura tem um espectro de ação menor. Dependendo da bactéria, pode não funcionar.
  19. Susete

    Já tomei 5 dias consecutivos, posso parar hoje ou tem mesmo que ser a caixa toda. J´não tenho a amigdalas inflamadas.

    Grata

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Tem que ser o tratamento completo, senão tem risco de recaída e de seleção de bactérias resistentes.
  20. Suelen

    Olá, estou com muita dor de garganta, tomei amoxicilina com clavulanato de potássio pela primeira vez ( antes só havia tomado amoxicilina pura) e acabei passando mal, com vômitos. Tomei apenas dois comprimidos de 8 em 8hrs, oque posso fazer? Posso tomar amoxicilina pura agora? Pois ainda estou com a garganta fechada.

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Suelen, eu não posso prescrever nem interferir em prescrições de outros médicos aqui pela Internet. O correto seria você ligar para o médico e discutir a troca do antibiótico.
  21. LUCIANE OLIVEIRA DOS SANTOS

    Dr estou com 4 canais inflamados só que os mesmos não podem ser tratados por que há calcificação onde se encontra a raiz do dente. A dor é contínua. Estou tomando a 14 dias amoxilina 875 de 12/12 hs, nimesulida 100mg de 8/8hs, paracetamol 750 mg. Continuo com ínguas laterais, se estende a dores de ouvido e cabeça. Que posso fazer?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Luciane, não imagino mais o que você possa fazer, dado que já está com antibiótico, anti-inflamatório e analgésico. Cabe agora à dentista resolver o problema. Uma sugestão seria não usar a nimesulida, pois esse é o anti-inflamatório atualmente com o pior perfil de efeitos adversos. Dê uma lida nesse artigo: https://www.mdsaude.com/bulas/nimesulida/.