BUSCOPAN – Indicações, Como tomar e Efeitos Colaterais

Bula simplificada do medicamento Buscopan, apenas com informações relevantes e com linguagem acessível a todos.

8

Buscopan é o nome comercial mais conhecido do fármaco butilbrometo de escopolamina, também conhecido como butilescopolamina ou butilbrometo de hioscina.

A escopolamina é uma substância antiespasmódica, isto é, que inibe a contração dos músculos lisos, geralmente de órgãos tubulares. A ação do Buscopan é especialmente eficaz no trato gastrointestinal, motivo pelo qual esse fármaco é muito útil no tratamento das cólicas intestinais.

Neste artigo vamos abordar os seguintes pontos sobre o butilbrometo de escopolamina (Buscopan):

  • Indicações.
  • Nomes comerciais mais famosos.
  • Como tomar.
  • Efeitos colaterais.
  • Contraindicações.
  • Interações medicamentosas.

Atenção: este texto não pretende ser uma bula completa do Buscopan (butilbrometo de escopolamina). Nosso objetivo é ser menos técnico que uma bula e mais útil aos pacientes que procuram informações objetivas e em linguagem adequada ao público leigo.

Para que serve o Buscopan

O butilbrometo de escopolamina é um fármaco anticolinérgico que age inibindo a ação do sistema nervoso central sob músculos lisos, que é um tipo de músculo de contração involuntária presente em diversos órgãos, entre eles os tratos gastrointestinal, urinário e no útero.

Esse bloqueio colinérgico é responsável por inibir a contração de diversos músculos lisos, que, quando ocorre de forma intensa, é responsável por diversos quadros de dor, tais como as cólicas intestinais, uterinas, renal e biliar.

Portanto, o Buscopan é um medicamento que pode ser utilizado para aliviar as dores nas seguintes condições:

Obs1: a escopolamina age inibindo as cólicas, a sua ação é exclusiva no controle da dor. Ela não age na origem do problema. O Buscopan, portanto, não trata a causa da infecção urinária, não cura a úlcera péptica nem ajuda a eliminar um cálculo renal ou biliar.

Obs2: em muitas das situações citadas acima, o Buscopan não é a melhor opção para alivio da dor. Por isso, ele costuma ser usado em conjunto com anti-inflamatórios ou opioides.

Devido à sua ação anticolinérgica, a escopolamina também age inibindo as secreções das glândulas salivares, sudoríparas e nasais. Geralmente, essa ação é responsável por parte dos efeitos adversos do Buscopan, porém, em determinadas situações, esse efeito pode ser benéfico, como são os casos da rinite aguda e dos pacientes com Doença de Parkinson que têm produção excessiva de suor ou saliva (a escopolamina também ajuda a aliviar um pouco os tremores).

Leia:

– RINITE ALÉRGICA – Sintomas, Causas e Tratamento
– DOENÇA DE PARKINSON – Sintomas, Causas e Tratamento.

Nomes comerciais mais famosos da escopolamina

O butilbrometo de escopolamina pode ser encontrado nas farmácias sob a sua forma genérica ou através dos seus vários nomes comerciais.

Como já referido, o nome comercial mais famoso da escopolamina é o Buscopan, medicamento produzido pelo laboratório Boehringer e que é considerado o medicamento de referência para a substância butilescopolamina.

Além do Buscopan, existe também o Buscopan Composto, que é a composição da escopolamina com a dipirona (leia: Dipirona – Indicações, Efeitos Colaterais e Perigos).

Os outros nomes comerciais da escopolamina são:

  • Algexin.
  • Atrocolic.
  • Belscopan.
  • Buscoveran Composto.
  • Butilbrometo De Escopolamina.
  • Hiospan.
  • Neocopan Composto.
  • Uni Hioscin.

Como tomar o Buscopan

O Buscopan pode ser encontrada nas farmácias em drágeas de 10 mg ou em solução oral (gotas) 10 mg/ml.

O início do seu efeito costuma ser perceptível com cerca de 20 minutos.

1) Posologia do Buscopan em gotas:

20 gotas de Buscopan equivale a 1 ml de solução e a 10 mg de escopolamina.

As doses habitualmente recomendadas são:
− Adultos e crianças acima de 6 anos: 20 a 40 gotas (10-20 mg), 3 a 5 vezes ao dia.
− Crianças entre 1 e 6 anos: 10 a 20 gotas (5-10 mg), 3 vezes ao dia.
− Lactentes: 10 gotas (5 mg), 3 vezes ao dia.

2) Posologia do Buscopan em drágeas:

As doses habitualmente recomendadas são:

Adultos e crianças acima de 6 anos: 1 a 2 drágeas (10-20 mg), 3 a 5 vezes ao dia.

Efeitos colaterais do Buscopan

A maioria dos possíveis efeitos adversos do Buscopan são incomuns, leves e desaparecem espontaneamente.

Menos de 1% dos pacientes apresenta os seguintes efeitos colaterais:

  • Urticária.
  • Boca seca.
  • Coceira.
  • Taquicardia (coração acelerado).
  • Disidrose (pequenas bolhas nas palmas das mãos e plantas dos pés que coçam).

Menos de 0,1% dos pacientes apresenta retenção urinária.

Contraindicações do Buscopan

O buscopan deve ser evitado para os pacientes com as seguintes condições:

  • Megacólon.
  • Miastenia gravis.
  • Glaucoma de ângulo fechado.
  • Crianças com diarreia aguda ou persistente.
  • História de alergia à escopolamina ou hioscina.
  • Intolerância à frutose.
  • Obstrução urinária.
  • Gravidez.

Não há informações suficientes sobre a presença de Buscopan no leite materno, portanto, como medida de precaução, esse medicamento deve ser evitado durante a amamentação.

Interações medicamentosas do Buscopan

A associação do Buscopan com outros medicamentos que também apresentam ação anticolinérgica pode aumentar o risco de efeitos colaterais. Alguns exemplos estão listados abaixo:

  • Antidepressivos (amitriptilina, imipramina, nortriptilina, mirtazapina, mianserina).
  • Antialérgicos (prometazina, dexclorfeniramina, hidroxizina).
  • Antipsicóticos (clorpromazina, flufenazina, haloperidol).
  • Quinidina.
  • Amantadina.
  • Disopiramida.
  • Ipatrópio.
  • Anticolinérgicos (tiotrópio e ipratrópio e compostos similares à atropina).

Não há evidências de que o Buscopan interfira com a eficácia das pílulas anticoncepcionais.

Este artigo foi útil?  
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votos, Total: 4,89 de 5)
Loading...
VEJA OUTROS ARTIGOS SEMELHANTES
8 Comentários
  1. Lais Ramos

    Doutor, as duas vezes que tomei buscopan na veia meus batimentos aceleraram demais, na última vez tive que fazer um eletro de tão acelerado que estava, e tomei ele estava na minha veia por poucos minutos, fiquei com a visão escura, com dor no peito, achei que fosse morrer, demorou mais de uma hora para os batimentos acalmarem. Se me receitarem novamente buscopan posso tomar ou devo evitar? Existem remédios alternativos?

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      O medicamento não é absorvido em poucos minutos. Reações assim tão rápidas só ocorrem em caso de alergia, mas os sintomas que você descreve não são de alergia. À distância é muito difícil dizer se o que você teve foi realmente do buscopan. Na dúvida, eu não tomaria novamente sem a presença de um médico.

  2. Julia Carvalho

    eu posso tomar buscopan após 3 horas se minha cólica persistir?

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      É pouco tempo, o ideal é dar pelo menos 6 horas de intervalo. O que pode ser feito é associar outro analgésico para ser tomado de forma intercalada com o buscopan.

  3. Marc

    Dr, excelente artigo. Quem tem alergia a anti-inflamatórios pode tomar buscopan?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Em princípio, pode, pois são fármacos de classes diferentes. Agora, nada impede que uma pessoa tenha alergia a mais de uma classe de medicamentos.

      1. Ariane

        Não sei pq o médico pediu para tomar este medicamento….mas senti minha vista embaralhada , boca seca, e o coração acelerado…. Estou preocupada com esses sintomas já tenho problema de pressão alta…a minha pressão alterou…. Muito medo

  4. Gilson Santos

    Ótimo artigo.

Deixe um Comentário

Antes de comentar, leia as REGRAS PARA COMENTÁRIOS.

Seu email não será publicado.