Artigo atualizado em 11/06/2014

SINTOMAS DO INFARTO

O infarto agudo do miocárdio, mais conhecido como infarto, é um quadro potencialmente grave, que surge quando o fluxo de sangue que irriga o coração através das artérias coronárias é insuficiente, levando à necrose de parte do músculo cardíaco.

O principal e mais clássico sintoma do infarto é uma dor tipo aperto no lado esquerdo do peito, com irradiação para o braço. Porém, o infarto pode ser um evento traiçoeiro, com sintomas atípicos, como dor na boca do estômago, náuseas e vômitos ou dor no pescoço. Além disso, dezenas de outras doenças podem provocar dor na região do tórax, mimetizando um quadro de infarto.

Neste texto sobre os sintomas do infarto vamos abordar os seguintes pontos.

  • Causas de dor no peito.
  • Dor no peito de origem isquêmica.
  • Diferenças entre angina e infarto.
  • Como é a dor do infarto.
  • Sintomas do infarto além da dor.
  • O que valorizar em uma queixa de dor no peito.
  • Sinais que sugerem outra causa que não o infarto para uma dor no peito.

Após a conclusão deste texto, não deixe de ler nossos outros artigos sobre o infarto do miocárdio:
- INFARTO DO MIOCÁRDIO | Causas e prevenção
- INFARTO FULMINANTE | Causas e sintomas
- CAUSAS DE INFARTO EM JOVENS
- CATETERISMO CARDÍACO | ANGIOPLASTIA | STENT
- EXAME ELETROCARDIOGRAMA (ECG)

Causas de dor no peito

Dor no peito é o sintoma que mais assusta e que mais leva pacientes a procurar um serviço de emergência. O medo de ter um infarto é tão grande que até jovens sem nenhum fator de risco para doença coronariana costumam procurar um hospital por causa de desconforto no peito.

O fato é que existem dezenas de doenças que podem causar dor no peito, algumas delas simples, como dor muscular, e outras graves, como o próprio infarto ou um aneurisma da aorta.

Mas como saber apenas pelos sintomas se uma dor no peito é infarto ou não?

Na verdade, não existe uma resposta definitiva para a pergunta acima. O que os médicos fazem é avaliar diversas variáveis clínicas, como características da dor, idade do paciente, fatores de risco, etc., para decidir se a dor é de alto ou baixo risco. O diagnóstico mesmo só pode ser confirmado com exames de sangue e um eletrocardiograma.

Como já referido, várias doenças que não são de origem cardíaca podem se apresentar como dor no tórax. Entre as elas podemos citar:

Entre as doenças cardíacas que podem causar dor no peito, ainda temos:

  • Pericardite (inflamação do pericárdio, membrana que envolve o coração).
  • Endocardite (infecção das válvulas do coração).
  • Estenose mitral ou aórtica (aperto da válvula mitral ou aórtica).
  • Arritmias cardíacas.
  • Fibrilação atrial.
  • Angina de peito.
  • Infarto agudo do miocárdio.

Diferenças entre angina e infarto

Antes de seguirmos com os sintomas do infarto, é importante explicar o que é a angina.

A angina e o infarto provocam uma dor no peito com características muito parecidas, pois ambas se originam de um inadequado fluxo de sangue nas artérias coronárias. A diferença é que na angina o fluxo está reduzido, mas não o suficiente para causar necrose do músculo cardíaco. A angina é uma sinal de que o coração está no seu limite, trabalhando com um fluxo de sangue que é suficiente apenas para suprir suas demandas básicas.

Imagine um paciente que tenha uma obstrução parcial em uma ou mais das artérias coronárias. Quando este paciente está em repouso ele nada sente porque a demanda cardíaca por sangue está baixa neste momento. Porém, quando este paciente faz um esforço físico, os batimentos cardíacos aceleram e há uma necessidade de aumentar o aporte de sangue para o coração. Como existe uma obstrução ao fluxo, este sangue extra não chega na quantidade necessária, provocando uma isquemia do músculo cardíaco, chamada angina. Se este paciente repousar, após alguns minutos a frequência cardíaca e a demanda por sangue do coração irão voltar ao basal, fazendo com que a isquemia e a dor da angina desapareçam.

Portanto, enquanto o infarto é uma grave falta de sangue para o coração, que provoca a morte de tecido cardíaco, a angina é um estágio anterior, onde há redução do fluxo de sangue nas artérias coronarianas, mas ainda há perfusão suficiente para o músculo cardíaco não sofrer necrose.

Tipos de dor isquêmica do coração

A isquemia cardíaca pode ser dividida em três estágios: angina estável, angina instável e infarto do miocárdio. Vamos resumi-los:

- Angina estável é a isquemia cardíaca causada pelo esforço físico, estresse ou qualquer outra situação que aumente temporariamente a demanda de sangue do músculo cardíaco. Há uma ou mais obstruções nas artérias coronarianas, mas elas não são grandes o suficiente para causar dor em repouso. Quando paciente faz um esforço ele sente dor, mas ela é de curta duração e desaparece alguns minutos após o repouso.

-Angina instável é a isquemia cardíaca que ocorre em repouso ou com apenas mínimos esforços, como pentear o cabelo ou tomar banho. A obstrução é grande o suficiente para que o fluxo de sangue seja inferior ao necessário em situações basais. A angina instável pode ser considerada um pré-infarto, sendo classificada como uma síndrome coronária aguda. Apenas pelos sintomas não é possível distinguir uma angina instável de um infarto.

- Infarto agudo do miocárdio é uma isquemia cardíaca grave que leva à necrose de parte do tecido muscular do coração. Infartos fulminantes são aqueles que ocorrem devido à necrose uma extensa área cardíaca, tornando o coração incapaz de continuar seu trabalho de bombeamento de sangue (leia: INFARTO FULMINANTE | Causas e sintomas).

Como é a dor do infarto?

Tipicamente os sintomas do infarto são uma dor no meio ou à esquerda do peito, tipo aperto, pressão ou peso, muitas vezes com irradiação para o braço esquerdo, mandíbula e/ou costas. A dor pode ser desencadeada por esforço físico, estresse emocional ou após uma refeição exagerada, mas também pode surgir subitamente em repouso.

A dor do infarto apresenta piora gradual e é normalmente acompanhada de suores, falta de ar, palidez, inquietação e, muitas vezes, náuseas e vômitos. Ao contrário da angina estável, no infarto a dor dura vários minutos e não há alívio com repouso.

Uma curiosidade é o fato do paciente frequentemente relatar sua dor no peito como um aperto, fechando o punho e encostando a mão ao peito para tentar descrever essa dor opressiva.

As localizações mais típicas da dor do infarto estão ilustradas abaixo.

Dor do infarto

Quando o infarto se apresenta com os seus sintomas clássicos que acabamos de descrever, o próprio paciente consegue suspeitar que sua dor tenha origem em uma isquemia do coração. Nestes casos, o paciente costuma procurar atendimento médico rapidamente.

O problema reside nos infartos que apresentam sintomas atípicos, como é relativamente comum nos pacientes idosos, mulheres ou diabéticos. Muitas vezes não há dor no peito e os sintomas se restringem a cansaço intenso, náuseas e/ou um desconforto inespecífico no peito ou abdômen. Há muitos casos de pacientes que infartam e não ficam sabendo. Se a área necrosada for pequena e os sintomas atípicos, o paciente só costuma descobrir que já infartou quando vai fazer um eletrocardiograma ou um ecocardiograma de rotina.

O que valorizar em uma queixa de dor peito?

Além das características da dor, um outro fator muito importante na avaliação de um possível infarto é conhecer os fatores de risco do paciente. Quanto mais fatores de risco para doença coronariana um paciente tiver, mais importância deve-se dar as suas queixas, mesmo que elas inicialmente não pareçam indicar um quadro de infarto. Pacientes diabéticos, obesos, homens com mais de 45 anos, hipertensos, pessoas com colesterol alto, com insuficiência renal ou tabagistas apresentam maior risco de infarto. Nestes indivíduos qualquer dor ou desconforto na região do tórax deve levantar suspeitas.

Um paciente jovem e sem fatores de risco para doença coronariana, que chegue ao hospital reclamando de dor no peito preocupa menos que um indivíduo de 55 anos, obeso, tabagista e diabético que se queixa de náuseas e apenas um leve desconforto na região do tórax.

Para ler sobre os principais fatores de risco para infarto:
- DIABETES MELLITUS | Diagnóstico e sintomas
- OBESIDADE E SÍNDROME METABÓLICA | Definições e consequências
- HIPERTENSÃO ARTERIAL | Sintomas e tratamento
- COLESTEROL HDL | COLESTEROL LDL | TRIGLICERÍDEOS
- INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA | Sintomas e tratamento
- MALEFÍCIOS DO CIGARRO | Tratamento do tabagismo

Sinais que indicam outra causa para a dor no peito

Toda dor no peito deve ser encarada como potencialmente grave, porém, algumas características nos fazem pensar em outras causas além do infarto do miocárdio. Chamamos de dor atípica toda aquela que não apresenta as características clássicas do infarto, como dor opressiva no centro e/ou lado esquerdo do peito, com ou sem irradiação para o braço esquerdo.

As dores torácicas atípicas geralmente indicam outras doenças que não o infarto. Vamos exemplificar alguns casos de dor atípica que não sugerem infarto:

1. Uma dor no peito que piora ao toque ou à compressão local, à rotação do tronco ou à mobilização dos braços costuma sugerir patologias musculoesqueléticas. A dor da angina ou do infarto não costuma piorar quando se aperta em algum lugar do peito ou quando movimentamos o tórax.

2. Dor no peito que não apresente relação íntima com esforço físico, ou seja, que não piora ao correr, subir escada ou carregar algum peso também não costuma ser de origem isquêmica.

3. Dor em queimação, associada a azia e eructações, normalmente presente há várias semanas e de intensidade leve/moderada, costuma indicar problemas de origem gastroesofágica.

4. A presença de febre, tosse com expectoração, chiado no peito ou piora da dor ao respirar fundo, sugere patologia do pulmão.

5. Pessoas jovens e sem fatores de risco, principalmente mulheres, podem apresentar quadros de ansiedade que se apresentam como dor no peito. Normalmente são pessoas com problemas pessoais recentes ou crônicos, antecedentes de depressão, que choram com facilidade, apresentam nervosismo, tremores nas mãos e muitas outras queixas além dor no peito.

Tipicamente, o paciente que está infartando se queixa de dor no peito. Ele pode até ter outros sintomas, mas dá muito mais importância à dor no peito. Por outro lado, os pacientes com crise de ansiedade que pensam estar infartando geralmente se queixam de dor no coração, mas referem também uma gama de outros sintomas inespecíficos, como tontura, visão embaçada, formigamento na boca, fraqueza nas pernas, dor nos braços, dor de barriga, etc.

Obviamente, nada impede que pessoas ansiosas possam infartar. O ideal é sempre deixar o médico decidir se a dor no peito é angina/infarto ou não. Isso vale principalmente nas pessoas que possuam fatores de risco.

Se você quiser mais sobre dor no peito e suas causas, temos um texto específico sobre o assunto: DOR NO PEITO | Principais causas e sintomas.

Publicidade
  • Anonymous

    Muito bom Blog !
    Vejo que o doutor sempre responde as perguntas. Muito bom essa atenção com os leitores.
    Parabéns !
    Por enquanto sem perguntas…

    Marta.

  • Anonymous

    Parabéns doutor, li sobre suas colocações sobre o infarto. Hoje tenho 50 anos, aos trinta tive um infarto do miocardio, já se passaram 20 anos, mas parece que foi ontem. Gostaria de receber informações sobre cuidados e sobrevida de pessoas infartadas, me cuido bastante mas nunca é ruim saber de outros quais os cuidados que estão sendo efetuados. Mande artigos para sadi.bnu@ig.com.br.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Pode ser artigo em inglês?

  • Mayort

    Dr. Me tire uma duvida!!

    Sinto umas dores leves no peito, as vezes lado esquerdo e as vezes direito, já fiz um exame de eletrocardiograma a trinta dias atras e está tudo normal, porém as veses os batimentos cardiacos chega até levantar o musculo do peito, o que pode estar acontecendo comigo?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Mayort,

    De longe não tenho como afirmar nada.

    Se vocÊ é jovem e não tem doenças, provavelemte isso é ansiedade.

    Se tiver mais de 40 anos e/ou algum fator de risco, deve procurar atendimento médico para uma maior investigação do quadro.

    abs

  • Sylvio Mayort

    Dr. Pedro Obg.pela resposta. Olha tenho 30 anos e não tenho nenhuma doença, apenas no momento estou com anemia e me tratando, faço exercicios regularmente, não fumo e nem uso bebidas alcoolicas, e estou no peso normal.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Sylvio,
    Isto deve ser ansiedade/estresse

    O único porém é o fato de vc ter anemia. Sabe qual é a causa ?
    Já leu meu texto sobre anemia ?

    abs

  • Rogério

    Olá novamente e boa noite! Não durmo cedo não!
    Sinto dor no peito, mas ela não se irradia para o braço esquerdo e nem para as costas, mas vem do peito para o queixo e atinge os meus dentes inferiores, dando a sensação de desconforto, mas não sei dizer como é o desconforto, é chato. A dor é sensível ao toque e se espalha pelo lado esquerdo e direito do peito. Aliviou um pouquinho quando tomei um paracetamol, mas agora estou com um pouco de enjôo. Tenho 46 anos, sou sedentário, não bebo, não fumo, não ingiro frituras, etc… e tenho fator hereditário – minha mãe sofreu infarto há uns 11 anos, e a maioria de seus parentes, irmãos, irmãs, pai e mãe, já faleceram por causa do coração. Atualmente são em quatro irmãos vivos, minha mãe e três outros irmãos, dois dos quais já enfartaram. Desculpe-me a palavra feia, mas quando arroto (eructo) sinto alívio tremendo, aí quando começo a sentir essas coisas começo a eructar, não é educado, eu sei mas me traz alívio até porque não faço isso na frente dos outros.
    Rogério.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Rogério,
    como eu disse no seu outro comentário, isso parece reluxo mesmo. Procure um gastro.

    abs

  • Sylvio Mayort

    Olá!! Boa NOite!!

    Dr. Pedro!!

    Tenho 30 anos e a cinco dias atras fiz outro eletrocardiograma e deu braquicardia sinusal,ainda não mostrei a um cardiologista. isso é preocupante?

    Obg.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Ola Sylvio,
    Bradicardia sinusal não indica nada. Vc provavelmente pratica esportes, não é verdade ?

  • Anonymous

    Bom dia,

    Uma dor no braço direito que se transmite para o peito pode significar indício de infarto ?

    Obrigado.

    Juan Miguel

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Juan,
    Não é o quadro mais comum, mas infarto pode ter apresentações atipicas.

    Como infarto é algo séio, sugiro que consulte um médico para esclarecer melhor esta questão.

    abs

  • Paranoid

    Boa noite Dr. Meu nome é Caroline,tenho 20 anos.tenho problema na valvula mitral (regugitaçao minima).Porem começou hj uma dor entre os seios,é algo desconfortante,alivia um pouco qdo eu me estico,n sei s é de origem gastrica.Gostaria de uma ajuda,pq o meu cardiologista disse q essa regugitaçao n tem nenhum problema,tanto q posso praticar exercicos.Porem,sinto esse incomodo;n como carne vermelha,nem bebo ou fumo.to um pouco abaixo do peso.Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Caroline,
    Regurgitação mitral leve é uma alteração completamente benigna.
    Na sua idade e na completa ausÊncia de fatores de risco, não há nenhuma indicação que essa sua dor seja de origem cardíaca.

    Provavelmente é de origem musculo-esquelética. Quando vocÊ aperta na região que doi, isto agrava a dor?

  • Paranoid

    Sou a caroline do topico anterior;Bem, esse incômodo, alivia um pouco quando eu tento,(desculpe a palavra) arrotar, ou me estico conforme ja dito. Mas quando aperto a regiao não sinto nada. E n mencinei no anterior, o resultado do ecodopler, deu prolapso da valvula mitral, com regurgitaçao minima. porem, qdo faço um esfrço grande, ou algum susto, medo, apresento uma dor no peito, so que esta do lado esquerdo, porem é acima do seio, tres dedos mais ou menos abaixo da clavicula. Nao sei s tenho sindrome do panico, porem, qualquer situaçao, como falr em publico,expor ideias, meu coraçao acelera, sinto mais frio,parece q o coraçao sai pela boca. ai da uma sensaçao de fraqueza, isso tb ocorre em situaçoes digamos perigosas. MInha endócrinologista disse que tenho Sindrome de Hashimoto, e alguns sintomas como fraqueza,baixa de pressao (a minha normal é 100:60mmHg),tontura,zumbido no ouvido. So q em alguns casos, aparece essa dor no peito.Obrigada pelos esclarecimentos,e desculpe a pertubaçao.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Caroline,
    Essa sua dor não parece nenhum um pouco ter origem cardíaca.

    Vc parece ter um distúrbio de ansiedade que por só só pode desencadear um monte de sintomas

    abs

  • Solange

    Bom dia doutor! Desde semana passada minha mãe se queixa de fortes dores que começam no pescoço e descem aos braços (principalmente braço direito) tb apareceu uma veia azul (bem visível) mas não está saliente. Está descendo do final do pescoço (lado direito) até o seio esquerdo (cruzando o peito). Ela disse estar sentindo dor no local que apareceu a veia. Não sei se tem haver, mas ela não tem menstruação a 5 meses e não pode fazer reposição hormonal por outros problemas de saúde. Ela tem 51 anos. Estou muito preocupada. Ela não tem plano de saude e esta juntando dinheiro para pagar a consulta e exames que por aqui sao muito caros. Mas eu gostaria de saber o que poderia ser essa veia azul que apareceu no peito que vem seguida também de uma dor. E se é normal ter dor durante tantos dias?
    Grata
    Ass.: Sol

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Solange,
    Ter dor nunca é normal.

    Agora, de longe fica difícil fazer qualquer avaliação, principalmente através de relatos feitos por leigos.

    Entendo as suas dificuldades, mas neste caso é preciso que um médico a veja para poder emititr qualquer opinião. Vá a posto de saúde ou a um hospital público perto da sua casa.

    abs

  • Anonymous

    olá doutor
    minha mãe teve infarto agudo em julho do ano passado…teve q por um tipo de molinha para ajuda na passagem do sangue ela tinha 2 veias entupida uma com 90%(foi feito cateterismo e desemtupiu a de 90%) outra de 60% que os medicos disse q nao era mto preocupante pq o risco acima de 75% sendo q ontem ela foi na casa da minha tia e comeu mto demais…(nao sei se tem haver)
    mais ela começo a ter a zuar mto e sentir moleza disse tb que tava sentindo como se tivesse ardencia(como se tivesse colocado pimenta) na regiao peitoral dela..(sentiu dormencia na regiao da garganta e q se espalhava pelo corpo tipo braço e pernas)
    com um aparelho domestico medi sua pressao e estava 15 por 8 quiz leva-la ao medico mais ela disse q ja aconteceu mais umas 2 vezes e sempre passa mais dessa vez tinha sido mais forte….
    fikei preocupada e por isso gostaria de saber se pode ser um outro infarto e nesse caso devo ir logo ao medico ou é normal pra quem ja teve infarto agudo?
    sendo q ela toma varios remedio pra evitar isso
    tipo – inalapril, propanolol, sivastatina, hidrocloritiazida. glibeclamida, metiformina,plagrel
    será mto preocupante isso que ela sentiu ontem ?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Essa “molinha” se chama stent.

    Vcs devem ficar muito atentos pois esse stent pode obstruir e fechar a artéria novamente, por isso, deve-se valorizar qualquer dor no peito que ela tenha.

    Da próxima vez é melhor ir ao médico e não ser nada, do que esperar a dor passar e atrasar o atendimento de um infarto.

    abs

  • bebeto_maya

    Problemas dentares também são terríveis, especialmente os dos molares inferiores…As dores se irradiam facilmente para o pescoço e braço.

  • Anonymous

    Dr. Pedro

    Tenho 43/44 anos, e de um mês para cá tenho sentido umas dores no lado esquerdo so peito, que, às vezes dá uma sensação de queimação.
    Não tenho histórcio de doenças, não sou fumante nem consumo alcool ou drogas. Ultimamente estas dores estão acompanhadas por momentânea dificuldade em respirar (pequena falta de ar).
    Observo que em virtude de minha atividade (advocacia), tenho dormido pouco e ando muito cançado. Vou à consulta médica daqui a 2 dias, mas gostaria de saber se, pelo quadro, há indícios que me levem a preocupar?

    Abraços e parabéns pelo blog.

    M.Oliveira

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    M.Oliveira,
    Preocupar talvez não seja a palavra exata. Ter atenção seria melhor.

    Dor no peito, principalmente em homens acima dos 40 anos, é uma queixa deve sempre ser investigada.

    Pelo o que vc descreveu, a dor não parece ter origem cardíaca. Mas em se tratando de infarto e angina, o “acho” não serve, é preciso ter certeza.

    abs

  • minha filha querida

    Dr pedro…
    Tenho 29 anos e de uns dias pra cá, aondo tendo uma certa falta de ar..como se o coração fosse sair pela boca…e meu coração fica muito acelerado…será indícios de infarto?
    Abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Não sei detalhes do seu histórico clínico, mas infarto em mulheres jovens é muito pouco comum. Acho que o seu diagnóstico é outro.

    De longe me parece ansiedade ou alguma arritmia cardíaca intermitente.

    Quando sentir isso, conte a sua frequÊncia cardíaca.

    abs

  • Andréia

    Boa tarde, meu pai enfartou no ultimo dia 09 enquanto dormia em casa. Na verdade não foi feita a biopse para confirmação da causa da morte, mas pela descrição dos fatos, é isso que se supõe, apesar de ter várias causas que levam a morte súbita, eu gostaria de saber a opinião do Dr., se mediante há esses fatos, qual porcentagem de ter sido ou não um infarto. Bom, alguns anos atrás (+ ou – 10 anos) meu pai apresentou quadro de colesterol elevado, começou a fazer regime de gordura e o colesterol se estabilizou, e há alguns anos atrás a mais ele apresentou um quadro de estresse muito forte devido a algumas coisas que atualmente estavam ocorrendo novamente. Ele tinha 54 anos, era ativo e físico bom. A descoberta da morte foi feita, por mim, por volta de 07h20min da manhã sendo que cerca de 01h30mim atrás minha mãe havia falado com ele e, aparentemente, estava tudo bem. Quando adentrei no quarto ele estava com uma aparência tranqüila, como se estivesse dormindo, mas quando cheguei perto para tocá-lo percebi que ele estava com a região dos lábios e queixo roxos e que também havia se urinado. No momento ele estava com aparelho de correção nos ossos da perna e há seis meses passou um período internado com embolia pulmonar. Sei que isso é muito pouco para um diagnóstico preciso, mas apenas gostaria da sua opinião. Grata.

    Att, Andréia Santos.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Andréia,
    Obviamente que de longe não dá para afirmar nada.

    Mas pelo o que vc me contou, acho que a hipótese de uma nova embolia pulmonar é muito mais provável que o infarto. Para mim, presuntivamente o diagnóstio é esse.

    Mas é só um palpite de quem não tem todos os dados a mão.

    abs e meus pesÂmes pela sua perda

  • Aline

    Dr meu nome é Aline, meu avô faz uns 10 dias sofreu 3 infartos, meu pais e meus tios o levaram no hospital particular DEI que é o hospital do coração aqui na zona leste ali ele foi tratado muito bem, na sexta feira dia 1º meu avô começou a passar mal levamos para o AMA do tiquatira e dali o mesmo foi de ambulancia para o hospital Tatuapé a medica informou ao meus pais e tios que o meu avô estava com dor muscalar sendo que ele apresentava muita dor na região do peito e falta de ar, no mesmo dia ele teve alta, passou 2 dias ele teve dores novamete voltamos com ele para o hospital a mesma medica que atendeu pediu novos exames e logo em seguida mudou de medica a mesma logo viu que se tratava de um outro infarto, muito diferente de dor muscalar, meu avô fico internado e foi encaminhado para beneficiência portuguesa lá fez o exame e no dia e teve alta e a medica que deu alta pediu para ligar e marcar em um telefone o cirurgião isso tudo pelo SUS, minha mãe foi hoje ao local para marcar o medico pediu dinheiro para mesma um valor absurdo para que assim meu avô possa fazer a cirurgia, o mesmo segurou os exames do meu avô e ainda por cima pediu R$29.900,00 para que ele possa fazer a cirurgia entre 40 à 45 dias, Esse valor não é hospital pago e sim um valor para ele mesmo, onde a medica onde encaminhou o mesmo e junto a esse medico fazem isso com pessoas como nós. Me desculpe por desabafar aqui sendo que todos falam sobre duvidas mas apenas admirei como sr ajuda muita gente , espero que deixe meu comentario pois sei que há bons medico com também a uma menoria de “medicos” que fazem de nós pessoa humilde de gato e sapato. Uma coisa que eu nunca vou esquecer é da justiça, por que tudo ocorreu por negrigencia médica onde meu avô poderia estar com seu corçaõ não 100% mais bem mais que 10%. Hoje desabafo com muita tristeza pois eu sei que hoje 21/05/2009 meu avô esta vivo graças a bondade de Deus pois a vontade de alguns medicos ele não estaria aqui conosco. Espero mostrar aqui que os hospitais publicos são uma vergonha por causa de alguns medicos muitas pessoas morrem por não ter dinheiro, essa é a realidade do Brasil e de outros lugares, pois tudo é movido a dinheiro.

    Tenho apenas uma duvida, eu sei que meu avô terá que fazer uma cirurgia sei também que é muito arriscado apenas queria saber se ele fizer essa cirurgia para colocar ponte de safena qual a porcentagem que o sr poderia me falar??
    Desde já agradeço.

    Apenas estou aqui para mostrar o lado de uma pessoa que está passando hoje por tudo isso.

    Grata.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Aline,
    Não entendi sua pergunta. Percentagem de que?

    Em relação a sua história, pelo o que entendi o médico estáva cobrando para realizar um cirurgia pelo SUS, não é isso ?
    Acho que vc deveria entrar com uma denuncia no CRM e CFM.

    abs

  • Anonymous

    Dr. Pedro:
    Tenho 45 anos, não fumo, não bebo, não tenho outros fatores de risco, pratico esportes, tenho hábitos alimentares saudáveis (frutas, verduras, etc, pouquissima carne e/ou alimentos gordurosos), mas meus avós maternos, ambos, faleceram por problemas cardiacos. Na familia não há nenhum outro caso de problema no coração. Entretanto, já há alguns dias que sinto frequentes dores/apertos na região do coraçao e peito esquerdo, mesmo em situação de repouso, e tb frequente necessidade de respirar mais profundamente. As dores/apertos, em alguns momentos, se refletem para o ombro ou nuca, mas bem instantaneamente. Esta situação indica a necessidade de alguma providencia? O que poderia ser?
    Grato pela atenção,
    MOliveira

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    M.Oliveira,
    Essa sua dor não parece de origem cardíaca, mas por uma questão de segurança, acho que vc deveria ser avaliado pessoalmente por um médico.

    Se a dor não é desencadeada por esforço físico, a chance dela ser cardíaca é muito baixa, porém, ainda assim, é uma dor no peito que é um sintoma que nunca deve ser subestimado

    abs

  • Cris

    Olá, doutor…qeria muito sua ajuda…me chamo cris, tenho 29 anos, nã fmo, bebo ou uso qualquer tipo de droga, não faço exercicíos, mais no meu trabalho abaixo e levanto muito peso…consumo muito café, e durmo tarde e acordo cedo…de uns tempos pra cá, ando tendo uma falta de ar, sempre que meu coração tem um certo celeramento, e a fata de ar, e tanta que fico assustada….e como se o coração fosse sair pela boca…o que será isso? qual medico devo procurar? obrigada.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Cris,
    Isso pode ser uma arritmia cardíaca intermitente. Não é incomum em jovens.

    Pare com o café e procure um cardiologista. Da próxima vez que sentir estes sintomas, conte sua frequência cardíaca através do pulso que esta informação será importante para a consulta.

    abs

  • cláudia

    olá DR!
    a dúvida que tenho é a seguinte:
    de uns 8 meses para cá,tenho sentido dores no peito(mesmo quando estou deitada) acompanhadas de formigamento e ” entortamento” da mao esquerda,dormencia dos lábios,enjoos,dores de cabeça situadas do lado esquerdo da cabeça,falta de ar até mesmo quando me abaixo .o que me chama a atençao é que de umas semanas´para cá as dores seguem uma sequencia:dor no peito,dor de cabeça,dor no abdomem e naúsea.Fiz um eletrocardiograma ha uns 6 meses,e logo após a drª pediu um ecocardiograma com doppler que ainda nao fiz!do que ela suspeita doutor?grata.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Cláudia,
    vc não me deu um monte de informações imporatantes como sua idade e seus antecedentes de doenças.

    Ela com certeza que descartar que sua dor tenha origem cardíaca.

  • cláudia

    BOA NOITE DR PEDRO!
    é verdade,DR me desculpe,realmente esqueci de mencionar esses detalhes.DR, eu tenho 33 anos,bebo(VINHO) apenas em eventos sociais nos quais são raros,não fumo e não pratico esportes.Há mais ou menos 3 anos perdi um avô materno por problemas cardìacos,minha tia e minha mãe tambem apresentam problemas cardíacos.existe relaçao entre os problemas mencionados, desses meus familiares com o meu? no meu caso,o fator hereditariedade conta? Mais uma vez grata pela atençao!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Claudia,
    O fator genético sempre conta.
    Mas vc é jovem e sem fatores de rsico importantes como diabetes, tabagismo, obesidade e hipertensão.

    Portanto, provavelmente esse quadro não tem origem cardíaca.

    De qualquer modo, sua médica não deve querer ficar só no “acho” e pediu mais exames para ter certeza.

    abs

  • CLÁUDIA

    muitíssimo obrigada DR!
    E PARABENS PELO TRABALHO QUE VEM DESENVOLVENDO!

  • Anonymous

    Dr. MEu nome é Bruno tenho 20 anos e eu fumei bastante hoje diminui muito e vou parar a um mes tive uma crise apenas uma aceleração do coração q fiquei muito angustiado, o eletro não acusou nada e pediram uns isames de sangue urina acido urico mais não tive tempo ainda e desse dia pra ca sinto umas dores não fortes mais umas pontadas as vezes no meio do peito nas costas na acsila direita as vezes e tambem do lado esquerdo sinto dores leves agora quando vou arrotar eu sinto uma dorzinha do lado esquerdo do peito marquei uma consulta com o gastro isso pode ser gazes mesmo Dr?tenho problema com intestino as vezes esta prezo as vezes souto de mais e eu arroto de maiss…qualquer cafezinho com leite me faz arrotar o dia todo…e outros gazes tambem se é q me intende.tbm parei de beber e não pratico muito esportes mais pego peso todos os dias no trabalho. um Abraço e agradeço pelo blog e agradeço tambem se me esclarecer essa duvida.

    Bruno Terra Tozzi

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Bruno,
    tenho um texto sobre gases: http://www.mdsaude.com/2008/12/gases-intestinais-o-que-o-pum-o-que-o.html

    Essa sua dor não deve ser de origem cardíaca devido a sua idade.

    Mas vc realmente precisa de uma avaliação de um médico e acho que o gastro é mesmo o especialista indica

    abs

  • Evandro Gomes

    Boa tarde, doutor!

    Tenho 25 anos e normalmente sou uma pessoa estourada e ansiosa, mas no início do mês passado, devido a diversos fatores, passei do limite.

    Amanhã completará um mês que venho sentindo dores ao lado esquerdo do peito, nas costas do mesmo lado, falta de ar, pressão alta (minha pressão que era baixa agora chega a 16/12 ou 17/12 brincando), formigamento nas mãos, nos lábios e lado esquerdo da mandíbula, além da forte intensidade do batimento cardíaco, mas sem taquicardia.

    Estou controlando minha ansiedade e nervosismo, mas estes sintomas não desapareceram nem atenuaram. Pelo contrário, agora sinto atrofiamento dos nervos do braço e da perna, ambos do lado esquerdo, deixando-os parcialmente paralisados, e da mesma forma o abdomem. Para isso, descobri que relaxar os membros inferiores e superiores por alguns minutos os fazem voltar ao normal, assim como se levantar e fazer exercício de respiração anula o enrijecimento do abdomem.

    Os clínicos gerais que venho passando neste período de um mês (é que ainda estou aguardando a data da consulta com o cardiologista) têm diagnosticado apenas como ansiedade, mas está acontecendo sem eu ficar ansioso, sendo que eu começo a ficar a partir do momento que chega a um estágio que considero crítico (aumento considerável do desconforto). Venho também notado há algumas semanas que acontece principalmente quando pessoas em que noto ansiedade estão perto de mim. É possível o meu corpo responder assim devido ao estado de ansiedade de outros?

    Segundo pesquisas minhas, meus sintomas estão parecidos com os de angina, e o médico que passei hoje disse também que pode ser arritmia. Pelos sintomas que passei, qual é sua opinião (lembrando que passarei por um cardiologia e que somente com o resultado dos exames é que o diagnóstico correto será passado)?

    Desde quando começaram estas dores, mudei minha alimentação. Também gostaria que me informasse, se possível, sobre alimentos que ajudam na diminuição do colesterol mau e triglicérides (“precaução” não faz mal a ninguém) e os que servem como vasodilatadores.

  • http://www.blogger.com/profile/12382793248845211182 Beatriz

    Bom dia doutor, meu nome é Beatriz tenho 44 anos,tenho sentido uma pressaõ no peito e nas costas ao mesmo tempo como se alguém estivesse me pressionando, as vezes suportável,mas já aconteceu da dor ser insuportável, uma dor de morte, como se estivessem enfiado uma faca em brasa em mim,e eu percebo que sempre depois disso eu fico solusando, como se eu estivesse chorado muito, com uma sensação de esgotamento, desânimo cansaço. Sinto forte dores de cabeça, as vezes tenho a sensação de que minha cabeça vai explodir, e costantemente sinto como se eu estivesse esgasgada,parece ter alguma coisa parada em meu pescoço, não na garganta, é naquele buraquinho que agente tem no pescoço, mesmo sem ter comido nada, as vezes já acordo assim ( entalada). Já fiz exame para ver se era estreitamento de esôfago, mas deu td normal. Fiquei preocupada depois que conversei com minha mãe,pois ela me relatou que nas duas famílias,( tanto do meu pai, quanto da minha mãe) todos sofrem morte súbita, (dormindo, pescando,comendo…)O que pode estar acontecendo comigo??? Esses sintomas levam a suspeitar de algum problema cardíaco???Agradeço a sua atençaõ e parabéns pelo belo trabalho.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Evandro,
    De longe é dificil fazer um avaliação, mas que a ansiede é o principal fator, isso deu para perceber.

    Agora, pessoas ansiosas também podem ter problemas de coração.

    Acho que a consulta com cardiologista é importantíssima, mas uma psiquiatra também ajudaria muito, porque vários dos seus sintomas não são explicados por uma angina ou arritmia.

    Tenho um texto sobre sobre colesterol, procure por ele na barra de procura no alta página

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Beatriz,

    Até o momento em que vc citou a história familiar, estava achando que tudo poderia ser de fundo emocional. Porém este é um dado importante que obriga uma investigação com o cardiologista.

    A dor pode ser também de refluxo, mas se vc já fez endoscopia, o médico já deve ter pensado nesta hipótese.

    O mais importante agora é descartar causas cardíacas.

    abs

  • Anonymous

    Bom dia Dr Pedro!
    Me chamo Luciana, tenho 36 anos e já faz uns 10 dias que sinto um mal estar na boca do estômago e logo em seguida um mal estar como se fosse desmaiar e as vezes meu braço esquerdo adormece, sinto esses sintomas mesmo quando estou sentada e não fazendo movimentos bruscos. Há 12 anos descobri que tenho refluxo na válvula mitral, sei que não é nada grave, mas será que tem a ver alguma coisa?

    Obrigada
    Luciana

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Luciana,
    Se esse seu pequeno refluxo for por prolapso da vávula mitral, eventulamente esses seus sintomas podem estar relacionados sim. Mas não se preocupe que não é nada de grave. Vou escrever sobre prolapso de válvula mitral nas próximas semanas.

    Se não for este o caso, é importante avaliar refluxo gastroesofágico ou crise de ansiedade, já que pelo o que vc me descreve parece pouco provável ser angina.

    De qualquer maneira vc deve procurar um médico para que ele possa fazer o diagnóstico diferencial.

    abs

  • Juliana Mota

    Bom dia Doutor.

    Meu nome é Juliana, tenho 24 anos e a algum tempo venho sentindo uma dor no peito, como se fosse um aperto, uma sensação de medo, não cheguei fazer exames cardiacos, mas no exames clinicos e físico o meu médico disse estar tudo bem, mas essa dor é incomoda as vezes me dá ânsia, sou fumante e tomo anticoncepcional, não sei se pode haver alguma relação, mesmo assim essa dor me deixa um pouco incomodada e preocupada.

  • Juliana Mota

    Esqueci de mencionar no tópico anterior que essa dor me causa uma certa dificuldade para respirar, me informaram que isso pode ser gases, há essa possibilidade Doutor?
    Desde já agradeço.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Juliana,
    Parece-me ser crise de ansiedade.
    Pela sua idade é difícil imaginar que seja de origem cardíaca, apesar de vc ser fumante.

    Uma hipótese poderia ser um prolapso de válvula mitral, mas se o seu exame físico é normal, é pouco provável(estou escrevendo um texto sobre o assunto que deve ser publica nas próximas 2 semanas).

    Acho que são muitos sintomas para ser só gases. Minha aposta seria mesmo em algo relacionado a ansiedade e estresse.

  • garroto_negro

    mauricio-ma.. ola dr: tenho 26 anos atualmente venho sentindo dores no peito nas costa nos joelhos e e uma fraqueza nos braços.sera q isso é problema cardiaco..a trez meses fiz um eletro.. e estava tudo normal. o que sera…
    hum forte abraços e deste ja agradeço sua resporta

  • Anonymous

    Boa tarde,
    Ivariavelmente venho sentindo formigamento nos braços, aperto no peito, suor frio e moleza nas pernas, além de tremedeira por todo o corpo, como o que ocorreu no dia 29/06/09 às 4:30 da manhã, pensei que estivesse enfartando. Isto durou por volta de 45 minutos.Gostaria de saber se são indicios de enfarte. Tenho 48 anos, meu nome:João Fernandes, moro no ABC paulista.Obrigado email jofeol@bol.com.br

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Mauricio,
    Na sua idade e com multiplas queixas, isso não me parece do coração não.

    Vc não anda muito estressado não?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    João,
    O diagnóstico fica entre pânico e doença cardíaca. Como o 2º é o mais grave, sugiro que vc procure um cardiologista para fazer uma avaliação cardíaca

  • Alessandra

    Olá Dr. Pedro,
    Tenho 31 anos sou fumante, e sofro a mais de 2 anos com dores no peito, são pontadas que vem e vão em cima do seio no lado esquerdo, tenho muito medo que seja angina ou algo grave, já fiz ecodopler, eletro, teste ergometrico, e tudo normal, só que tenho hipertireoidismo, e os médicos me dizem que essa dor é por causa da taquicardia que o hiper provoca, tomo selozok 50 mg e parece que não faiz mais nada, tenho muito medo, que exame tenho que fazer para descobrir se tenho angina !
    Muito obrigada Dr !

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Alessandra,
    Os 2 exaems principais são o eletrocardiograma e o teste ergométrico. Se ainda houver dúvida pode se fazer uma cintigrafia miocardica.

    Agora, a angina é um dor típica, se fosse o caso acho que o seu cardiologista já teria diagnosticado, ainda mais após 2 anos.

    Também não adianta nada ficar deseperada e não parar de fumar. Com certeza o cigarro é um fator mais importante que a tireóide.

  • Fausto

    ola! boa noite!
    dr. eu nao tenho casos de doenças cardiacas, mas sou ansioso, e como muito feijão, batatas e bebo bastante refrigerante. fiz um eletro no inicio do ano e nao acusou nada e sinto dores no peito rapidas e sempre q bebeo algo eu dou um arroto fraco, q as vezes é constante por um perido curto. só q isso me incomoda muito, ja tomei remedio de gases e melhorei, mas quando eu ia no gastrio ele nao podia. eu gostaria de saber se é possivel eu ter algo em relação a doença cardiaca ou nao?
    grato

  • Fausto

    Dr. eu esqueci de informar, que no meu peito esquedo quando eu faço um movimento brusco com o braço ou movimentos rapidos eu sinto uma dor, ou quando abaixo e estico o braço para amarrar os sapatos por exemplo e quando pressiono os peitos com o braço, mas nao é uma dor forte, eu to achando que é dor muscular, mas o que o senhor me diz?
    abração e grato

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Fausto,
    Isso não tem nenhuma característica de dor cardíaca.

    Se vc for jovem e não tiver fatores de riscos, esqueça o coração.

    Isso provavelmente é muscular mesmo.

  • Fausto

    ola
    dr. eu esqueci de informar minha idade que é 27. obrigado pela informação. eu nao tenho parentes com problemas cardiacos. de qualquer forma muito obrigado por responder!
    abração

  • Priscila

    Dr. Pedro,
    eu tenho 19 anos e já fazem quatro dias q eu estou sentindo um pouco de dor no peito, bem no coração. Essa dor se espalha para o ombro e o braço esquerdo. Minha pressão está boa, de todos os sintomas que o infarto apresenta, no momento só senti essa dor q vai e volta e com dificuldade eu respiro fundo.
    Minha avó tem problemas cardíacos e eu não sei dizer se minha mãe também tem.
    Me único problema é ter crescido no meio de fumantes e fumar há 2 anos.
    Queria saber se é algo q devo me preocupar ou não.
    Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Priscila,
    Nesta idade é muito incomum angina e infarto.

    De qualquer maneira acho que vc deveria ser vista por algum médico para ter certeza de que não se trata de nada grave.

    abs

  • robson ferreira

    ola´doutor,faz mais de cinco dias que sinto uma forte dor no peito esquerdo parece que embaixo da costela num ponto fixo e aumenta a dor quando aperto com o dedo. doe quando me viro na cama e quando tosso ou espirro ate mesmo quando respiro fui no pronto atendimento e discartaram a ocasião de ser infarto poderia ser o que então na sua opnião? ah! tenho 32 anos e trato de arritimia abs! robson

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Robson,
    Realmente ela não tem nenhuma característica de dor de infarto.

    Parece dor músculo-esquelética.

    Como é uma dor do tipo pleuritica (piora com respiração) o pulmão deve ser avaliado, o que eu acredito que já tenha sido feito no pronto socorro.

    abs

  • Marcio Santos

    Prezado Dr Pedro
    Meu nome é marcio, no mês de janeiro tive um episódio de taquicardia ,o médico solicitou vários exames como da esteira e o eletrocardiograma e não detectou nada disse q pela minha idade (20 anos) era mto provavel q fosse um disturbio causado por estress, pois bem de lá para cá não tive mais nenhum problema com isso porém noto q quando me deito escuto um zumbido no ouvido direito e há dias em q o coração fica agitado mesmo sem fazer nenhuma atividade,e um desconforto me acompanha na região do peito sem falar da sensação de frio pelo corpo.
    Estou utilizando o Atenolol 25mg 1 vez ao dia, gostaria de saber se esse remédio poderia estar causando esses desconfortos no peito e sensação de frio ou se é algo normal e se isso pode prejudicar a memória de uma pessoa pois desde o acontecido tem dias q não me recordo de coisas q fiz no mesmo dia e ja estou ficando assustado com isso.
    Parabéns pela iniciativa do blog
    se todos os médicos fossem tão dedicados quanto o Brasil seria muito melhor.
    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marcio,
    Os seus sintomas não batem um com o outro. Vc se queixa do coração, de frio, de zumbido, de esquecimento… Não existe uma doença que englobe sintomas em sistemas tão distintos. Isso só ocorre em casos de ansiedade e estresse.

    A culpa não é do atenolol não. Procure um psiquiatra, que é o médico que trata disturbios de ansiedade e estresse. Veja qual a opinião dele.

  • jacqueline20

    ola doutor meu nome é jacqueline tenho 20 anos eu sinto um desconforto a mais de 2meses, e fico todo o tempo neurada pensando que vou infartar a qualquer minuto, sinto uma agonia no peito que vai variando do lado esquerto ao direito, e quando arroto ela passa momentaneamente,sinto meus seios pesados,falta de ar, as vezes uma fraqueza repentina,e um pouco de dor de cabeça e tenho evacuado mais que o normal ,que diagnostico o senhor daria para esses sintomas doutor?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Jacqueline,
    Isso tá com toda cara de crise de ansiedade.
    Além de vc ser muito jovem, os sintomas que me descreve não batem com doença cardíaca.

  • jacqueline20

    entendi,como eu posso cuidar disso doutor? porque na verdade me incomoda muito.
    obrigada!

  • ROBSON F SOUZA

    OLÁ DOUTOR!!!
    POSTEI UM COMENTÁRIO EM QUE EU DIZIA ESTAR SOFRENDO DE UMA FORTE DOR NO PEITO ESQUERDO E FUI MEDICADO COM UM ANTIENFLAMATÓRIO E ANALGÉSICOS E A DOR PASSOU DESCARTAMOS A IPÓTESE DE SER ALGO CARDÍACO E VC MESMO MENSIONOU QUE PODERIA SER DOR MÚSCULO-ESQUELÉTICA ACONTECE QUE TOMEI ESSE MEDICAMENTO “MELOXICAM 7,5mg”
    E ACABOU ESSA DOR E DOIS DIAS DEPOIS VOLTOU UMA DOR DO MESMO GEITO E INTENSIDADE COMO SE FOSSE UMA QUEIMAÇÃO NAS COSTAS LADO ESQUERDO NO MESMO PONTO DA OUTRA DOR SO QUE MAS COSTAS EMBAIXO DAS COSTELAS DA COSTAS CONTINUEI TOMANDO ESSE MEDICAMENTO E ATÉ AGORA DOIS DIAS DE USO, AINDA NÃO ACABOU A DOR SERÁ QUE TEM ALGO MAIS GRAVE HAVENDO? ABRAÇOS!!!!!!!!!!!!!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Jacqueline,
    Psiquiatra é o médico especialista em distúrbios da ansiedade.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Robson,
    Só te examinando para saber.
    Talvez um rx do tórax possa ajudar.
    Procure um médico para que ele possa te avaliar.

  • carla rubya Pinheiro

    Boa Noite Dr. Pedro
    Quarta feira passada a noite dei mal jeito no pescoço e atingui ate o ciatico, no domingo a dor atras do pescoço no nervo que passa lá piorou e mais do esquerdo, fiquei super nervosa, meu coração ate desparou,mas logo voltou ao normal, na segunda agora fui medir minha pressão e para meu espanto estava 13×80 isso cedo a tarde estava 13×90 e a noite 14×80,com medo de morrer ontem medi duas vezes cedo 12×9 a a tarde 13×8 mas sinto dores no peito proximo da axilias e na axilias, costas, ombros e atras do braço a 5 meses fiz eletro.ecodopller e esterira e nao deu nada, e minha pressao sempre deu 12xx8 inclusive senta passada tinha medido e estava 12×8 tenho problema de pressao ou é devido meu nervoso que ela subiu e demora para abaixar mesmo, e essa dores e devido a lessao no musculo do pescoço, por favor me ajuda estou desesperada. Muito obrigada dr Pedro Pinheiro,

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Carla,
    Isso tudo é ansiedade. Além siddo, não se pode medir a pressão sentido dores. É óbvo que ela vai estar mais alta que o de costume.

    abs

  • Daniela

    Boa Noite,
    onem fiquei muito assustada com o que senti.
    Fui andando até um mercado longe da minha casa pq precisava de um produto e já passava das 22:00, como estava com meu marido, fomos caminhando, às vezes ele acelerava o passo, mas nada de mais, derrepente comecei a me cansar muito, foi me dado uma tontura muito forte, sent meu corpo adormercer, e meu coração desparar, sentei no meio fio, e meu marido disse que eu estava muito pálida e com os lábios roxos, fui respirando fundo e voltamos para casa de taxi, só melhorei depois q deitei um pouco… o que pode ter acontecido comigo? tenho 25 anos

  • Luciane Vieira

    Boa noite Dr Pedro e Dra Renata.
    Me chamo Luciane e sofri um IAM em outubro de 2003 e que, apesar de estar infartando, os ECG que fiz na hora nada detectaram, mas como eu cheguei mesmo a desmaiar com a dor, me levaram para a mesa de cateterismo, onde acabaram por fazer, também, uma angioplastia. Até hoje me causa um certo estupor que os exames cardiológicos realizados apenas 2 meses antes me colocaram completamente fora do grupo de riscos, mesmo eu sendo fumante na época (parei completamente com o vício) e existindo doença coronariana em minha família pelo lado paterno (meu pai faleceu aos 44 anos depois de 3 anos de um transplante renal, de um infarto fulminante).
    Hoje sou aposentada, portadora de uma cardiopatia grave, já tendo realizado 10 cateterismos com 5 angioplastias, além de uma cirurgia de ponte mamária… Minhas artérias são frágeis, finas e profundasm, e após o 1º infarto engordei 30 Kg, sem motivo aparente.
    Quanto às Angioplastias, sofro sempre com as reestenoses (nem mesmo o farmacológico consegue se manter desobstruído com a cicatrização que acontece interna…)
    Minha cardiologista é excelente e a medicação sob medida, mas meu caso se complica cada vez mais.
    É normal ter tantas reestenoses? Existem muitos organismos tais quais o meu, onde tudo se complica?
    Hoje, aos 43 anos, só estou realmente livre das dores anginosas quando em repouso, e, mesmo assim, nem sempre o repouso adianta…
    Existem tratamentos alternativos para tais casos?
    Obrigada por sua resposta e boa noite.
    Luciane A. Vieira

  • Anonymous

    Olá Drs, boa tarde.

    Gostaria de saber, se possível, como distingo sintomas de ansiedade de outra patologia qualquer, sem fazer exames médicos.
    Meu nome é Sirlaine, tenho tensão baixa, fumante, tive um problema oncológico, tenho 29 anos, história familiar materna de problemas cardíacos e, desde muito nova, que sofro de ansiedade(estou medicada). Acontece que faz 3 semanas que sinto alguns sintomas muito incomodativos sem motivo aparente (não estou stressada, estou muito calma). Sinto pressão no meio do peito, nas costas zona superior (menor), tenho dois dedos da mão esquerda dormentes e sem força na mão (constante, não passa). Estes sintomas são constantes apesar de as dores no peito, aliviarem um pouco ao longo do dia, exepto, o problema nos dedos.
    Também sinto, nesse caso são episódios diários, rápidos e curtos, forte dor no ouvido esquerdo e lado esquerdo da cabeça.
    O que poderá ser. Não quero ir no médico e ouvir, sem que me faça exame algum, que é ansiedade!

    Obrigada

    Sirlaine

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Daniela,
    Pode ter sido uma hipotensão ou sindrome vagal.
    Dê uma lidinha neste texto:
    http://www.mdsaude.com/2009/05/desmaio-sincope.html

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Luciane,
    Vc relamente é muito nova para estar com tanto problema cardíaco. Vc com certeza tem alguma alteração hereditaria que favorece a coagulação e estenosa suas angioplastias.

    Com certeza o excesso de peso colabora.

    Não tenho como opinar sobre tratamentos alternativos sem conhecer detalhes do seu caso. Mas se a sua cardiologia é excelente, vc pode conversar com ela e até pedir para te encaminharem para algum hospital universitário para ser avaliada por uma junta médica.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Sirlaine,
    Pelo o que vc descreve realmente parece ansiedade. Não bate muito com doença cardíaca.

    Agora vc sozinha não tem conhecimento técnico para fazer esta distinção. Pessoas ansiosas também podem sofrer do coração e é preciso que um médico te avalie para poder diferenciar os quadros.

  • Sylvio Mayort

    DESCULPE POSTAR NOVAMENTE, POIS ASSINEI ANONIMO!

    DR, TENHO 31 ANOS, FAÇO ATIVIDADES FISICAS REGULARMENTE, MAS ULTIMAMENTE VENHO SENTINDO NÓ NA GARGANTA, BATIMENTOS CARDIACOS LEVANTANDO MUSCULO DO PEITO, FIZ ELETROCADRIOGRAMA E DEU NORMAL, SINTO AS VEZES UMA DOR NOS BRAÇOS ( AMBOS) O MEDICO FALOU QUE PODERIA SER LER, POIS SOU DIGITADOR, DR. SERÁ QUE PODER SER ANSIEDADE, SINDROME DO PANICO, AS VEZES PENSO Q ALGO DE RUIM VAI ACONTECER COMIGO, O QUE O SR, ME INDICARIA PARA EU FAZER, OU QUE TIPO DE MEDICO PROCURAR?

    ME AJUDE!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Sylvio,
    Psiquiatra é o especialista em transtornos do pânico e ansiedade

    Em apenas 7 linhas de texto já deu para notar o quanto ansioso vc é.

  • carla Pinhiro

    Boa Tarde, Dr Pedro
    Estou sentindo desde ontem uma ardencia nas costas e formigamento nos braços, pescoço, costas, face e pernas, fico tao nervosa com esses formicamento e ardencia que me da até ansia de vomito, fiz em março o teste de esforço, nao deu nada, fiz em junho ecodoppler so deu pequeno escape na valva mitral que o medico disse que é normal,já fiz um 6 eletro e todos normal, minha pressao sempre foi boa 12×8 de 2 semanas para cá comecou oxilar chegando ate 16×9 fui no pronto socorro e eletro normal,meu pai e mae nao tem problema de pressao alta, a unica pessoa que tinha angina era meu avo,sera que estes formigamentos no corpo e ardencia nas costa é infarto, tenho 30 anos, nao bebo, nao tenho diabete, nao tinha pressao alta agora que esta oxilando, fumo e sou gordinha, por favor estou em panico? lembrando que dei mal jeito na coluna e tive ue fazer ate massagem na cervical pois o meu pescoço doi na lateral ambos os lados, arabens pelo seu trabalho, e me ajuda por favor!!!!!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Carla,
    Não me parece. Seu quadro me parece muito mais ansiedade.

    De qualquer maneira, de longe eu não tenho como afirmar ou descartar nada.

    Agora não faz sentido vc ficar toda apavorada achando que pode ter uma doença cardíaca e continuar fumando. Vc pode até não tê-la agora que é jovem, mas se continuar com o cigarro, o risco de infartar nos próximos anos fica cada vez maior.

  • Telma

    Bom dia doutor(a),
    Meu nome é Telma, tenho 42a., não bebo, não fumo, não pratico atividades físicas e trabalho em casa. Desde a madrugada anterior, comecei a sentir uma ansiedade sem motivo, que me tirou o sono. Ao longo do dia senti uma dor, como que um aperto no meio do peito, que ia mas voltava. Esta “dor” não passa quando me deito para repousar. Agora já é outra madrugada e percebí que na minha testa do lado esquerdo tem uma veia meio saltada. Não sei se estou com medo demais mas os fatos são estes mesmos. Se não melhorar vou procurar um médico, mas gostaria de saber se estes sintomas são motivo para preocupação. Agradeço muito a atenção desde já.
    Telma

  • Diego B. F.

    tenho 28 anos, fumo, não faço muito exercícios e bebo de vez em quando, não tem caso de problemas cardiacos na familia

    sinto dores no peito do lado esquerdo as vezes doi o braço a mais de 1 ano

    a primeira percepção que algo não ia bem ocorreu quando uma noite eu acordei literalmente pulando da cama com o coração a 1000 e muito agitado, depois disto começaram tais dores, estive em um posto de saude e o clinico geral me avaliou ( não passou exames) e me disse que eram gazes e ansiedade, bom não levei muita fé. alguns meses depois tive essa dor mais forte antes um pouco de um ensaio( sou músico) e fui rápido a um pronto socorro lá o medico fez um eletro e me disse que não era nada era só ansiedade, bom com 2 médicos me dizendo a mesma coisa acabei acreditando, mas não totalmente ja que ate hj sinto essas dores, a pergunta é a seguinte é possivel saber se esta tudo bem com meu coração somente me avaliando com um eletro?

    bom como disse sinto isso a mais de 1 ano e me incomoda muito ja que toda semana eu passo pelo menos uma noite em claro por cusa da dor, que incomoda e piora quando tento dormir.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Telma,
    Parece crise de ansiedade.

    Acho que vc deve procurar um clínico para ele descartar doenças orgâncias e se necessário, te encaminhar para um psiquiatra.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Diego,
    Sim, com um bom médico baseado na sua história clínica, no seu exame físico e no ECG é perfeitamente possível excluir causa cardíaca.

    Acho que se vc já recebeu 2 diagnósticos de ansiedade por médicos diferentes, deveria começar a aceitar nesta possibilidade.

  • Patrícia

    Olá, me chamo Patrícia, tenho 26 anos e ontem me aconteceu um episódio incomum. Estava sentada no sofá e de repente senti uma dor muito forte na região escapular do lado esquerdo, como se fosse uma cãimbra muito forte. Tentei me ajeitar no sofá e a dor começou a piorar, passando a doer tb o peito, com a mesma sensação de uma caimbra muito forte. Levantei e tentei deitar na cama para ver se passava e notei que meu braço esquerdo começou a formigar, eu conseguia movê-lo, mas sentia ele gelado e formigando.. estava passando muito mal, com muita dor, e já tinha ouvido falar em um comprimido que ajuda em emergencias no caso de infarto, o sustrate, chamei pela tele-entrega da farmácia, e quando coloquei o comprimido embaixo da lingua, minha dor passou quase instanteneamente, foram segundos apenas. Depois disso fiquei completamente normal, sem dor alguma, sem dificuldade de respirar, nada. Pode ter sido um enfarto? Deveria eu me preocupar com o ocorrido e procurar um médico? Obrigada!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    PAtricia,
    Acho que vc teve uma crise de ansiedade.

    Alguns dados da história são confusos e não batem com a hipótese de enfarto
    - Sua idade
    - Inicio da dor em repouso
    - O tempo de duração da dor e resposta completa e imediata ao sustrate
    - As características dos sintomas

    De qualquer maneira, vc deveria ter ido a um médico e não ficado e casa e se auto-medicado. Marque uma consulta com seu médico de família para se ter certeza que está tudo bem.

  • Cláudia

    Caro Dr. Pinheiro,

    Tenho 38 anos e sou fumante há uns 17 anos, fumando 1 carteira de cigarros por dia. Tenho 2 filhos que quase todas as noites “pulam” pra minha cama, dormindo a noite inteira um em cada braço.
    Bem, ano passado eu comecei a sentir umas dores no peito e cãimbras no braço esquerdo (nem preciso falar que meus ombros, nuca, pescoço, braços são todos tensos). Fiz um ergométrico que não deu nada e uma ultrasom, que deu um refluxo valvar mitral discreto. Este ano consultei uma reumatologista que me diagnosticou com fibromialgia, mas além de me dizer que preciso relaxar, só me indicou usar mirtax, que não uso constantemente, pois tenho receio de ter algo no coração.
    Acontece que de uma semana pra cá, estou sentindo cãimbras quase que constantemente no braço esquerdo, umas pontadas que vêm debaixo do mesmo braço, vão para cima do peito esquerdo e algumas vezes sobem para o meu rosto esquerdo, em cima da maçã do rosto e do olho esquerdo, uma dor de cabeça esquisita só de um lado, o esquerdo.
    Bem, Dr. sei que preciso de ajuda com urgência para parar de fumar e pretendo nesta semana mesmo procurar por isto. Gostaria de saber o que é este refluxo e se ele poderia ter aumentado do ano passado pra cá. E mais, se além dessas dores musculares, eu poderia estar fazendo algum processo circulatório perigoso, tipo angina, avc. Na verdade, não sei se busco ajuda primeiro com um cardiologista ou um neurologista. Hoje mesmo tipo um episódio daqueles e fiquei quase pra desmaiar.
    Desde já muito obrigada pela atenção, Dr.

  • Dson :)

    Meu nome é Rafael. Tenho 15 anos, sinto dores (quando estou em repouso) no peito, braço esquerdo, costas e pescoço. Fiz um eletro, deu normal, fiz um exame chamado troponina, que também deu normal. Pode ser angina instável ? e Esse exame, ‘troponina’ descarta qualquer possibilidade de doença no coração ?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Cláudia,
    Não me parece nada de mais grave como anginae AVC, até pq a sua descrição dos sintomas não é muito semelhante aos desses eventos.

    Acho o seguinte: Primeiro vá a um cardiologista para se ter ceteza de que está tudo bem. Se estiver, procure um psiquiatra e conte tudo a ele. Acho que existe um componente psicológico muito forte nesta sua história. Isso é muito comum em quem tem fibromialgia.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Rafael,
    Com 15 anos vc não tem angina instável. Da onde vc tirou essa idéia?

    A troponina é marcador de lesão cardíaca, mas ela, por exemplo, pode não se elevar em anginas. É um marcador de infarto.

    15 anos + ECG normal + troponinas normais = VC NÂO TEM DOENÇA DO CORAÇÃO

  • L**

    Olá dr, gostaria de saber se pontadas momentâneas abaixo do seio esquerdo seguido de falta de ar é algum sintoma de doença no coração ou pode ser mal jeito.
    Tenho 41 amos, não bebo e nem fumo.
    Obrigada.

  • Concilia

    Dr. Pedro, boa tarde…
    Gostaria se o Sr. puder, de me informar sobre a angina, já li aqui no site sobre o assunto, mas tenho dúvidas ainda…

    Qual é o melhor exame para se detectar a angina?

    Minha mãe ja falecida e safenada, tinha angina, e eu sinto no que me lembro, das mesmas dores que ela.
    Tenho 53 anos, e quando subo uma ladeira, ou faço um esforço maior sinto um aperto, uma dor no peito, uma ardência, não dá para explicar, dizem que o coração não doe, mas para mim é como se doesse,, já fiz vários exames e não constatou nada…
    Mas tenho medo de ser, pq a minha mãe também foi ao médico várias vezes com essa dor e os médicos nunca achavam nada, até que um dia ela caiu em frente a um pronto socorro, só nessa hora conseguiram detectar a angina dela…
    Me desculpe, se não me expliquei bem, é que fui lembrando dos fatos e colocando aqui…
    Desde já agradeço e parabenizo vcs por esse site, essa já é minha segunda vez aqui e já divulguei para meus contatos…
    Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    L**,
    Se forem pontadas que duram apenas seguntos, isso provavelmente não é coração. Mas para se ter certeza, só indo a um cardiologista

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Concilia,
    Existe um protocolo com vários exames para a investigação de angina:
    Ele inclui o eletrocardiograma, o teste de esforço e se necessário, Ecocardiograma, a cintigrafia miocárdica e por último a coronárioangiografia

  • Lucas Matheus

    Dr. Pedro, boa tarde.
    Eu tenho 21 anos e há alguns dias sinto uma dor no lado esquerdo do peito que se estende ao braço esquerdo como uma cãibra (porém sem formigamentos… difícil expressar essa sensação)e estou muito sonolento. Essa dor realmente piora com o esforço repentino, abrupto. Já tive, quando muito pequeno, problemas cardíacos. Porém há pouco tempo passsei por uma grande carga de estresse.
    Ainda não procurei um especialista por pensar, até esse momento, que a dor estava intrinsecamente ligada ao estresse. Mas, depois do texto começo a me “identificar” com os sintomas. Como devo proceder ? Obrigado!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lucas,
    isso tá com toda cara de estresse, mas de longe não tenho como dar uma opinião segura. Procure um médico só para termos certeza de que não é nada de mais.

  • ADRIANA

    oi dr. a 6 meses venho sentindo irritação,dor de cabeça,choro facil,agora dei pra sentir dor fina no peito,já fiz todos os exames e nada consta,o neuro disse que era tenção emocional e ansiedade me receitou um anti deprecivo que não tomei,com sua esperiencia acha que posso me curar sem medicação mudando meus abitos e tomando chás.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Adriana,
    NÃO!

    Não subestime as doenças pscicológicas. Elas devem ser encaradas como qualquer outra. Precisam de acompanhamento médico e muitas vezes remédios.

    Não tente se curar sozinha que a chance dos sintomas piorarem com o tempo é imensa.

  • Ricardo Rosa

    Durante um final de semana a minha pressão arterial subiu para 16×12, 15×10, aproximadamente uns dois dias após comecei sentir palpitações, porém meus batimentos são regulares e minha pressão se mantém entre 12×7, 11×7, mas essas papitações não passam, as vezes sinto até falta de ar.
    Pratico atividades físicas regulares e a alguns meses atrás fiz um teste ergométrico,porém só acusou um pequeno aumento da pressão arterial.
    Ultimamente tenho tido muitos momentos de ansiedade e nessas horas as palpitações se manifestam com mais intensidade. A minha profissão é muito estressante.
    Estou muito preocupado com esses sintomas.

    Desde já, Obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Ricardo,
    Isso provavelmente é ansiedade apenas. De qualquer maneira é importante ser visto por um médico para que se possa descartar causas orgânicas.

  • TIAGO SILVA

    Olá. Bom dia!
    Uma pessoa que tem arritmias durante uns quatro anos, seguido de hipertrofia ventricular esquerda e insuficiência cardíaca diastólica, vem a falecer por INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO, pode-se considerar, para todos os efeitos, uma CARDIOPATIA GRAVE?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Tiago,
    Se essa pessoa faleceu de uma doença cardíaca, ela claramente tinha uma cardiopatia grave.

  • Anonymous

    Bom dia, sou Wilton, 41 anos,apresentou uma tosse seca c/ irritação na garganta, o médico diagnosticou ser uma Pansinusite, tomei os remedios e não melhorou, agoro apresentou um pigarro com uma tosse que não mim deixa dormir, toda vez que tento dormir, aparece a tosse c/ o pigarro c/ um tipo de catarro que fica prese na garganta e q só para quando levanto

  • Roberto

    Parabéns pela matéria publicada, mesmo se considerando a necessidade de que sempre deve haver a avaliação médica, a matéria elimina alguns tabus e temores em achar que todo e qualquer tipo de dor no peito provenha do infarto.
    Novamente Parabéns!!!

  • Anderson Felipe

    Dr. um jovem de 22 anos,bem acima do peso,é normal apresentar problemas de pressão alta?tipo 16/10?

    Muito obrigado,e parabéns pelo blog

  • Anonymous

    Oá Doutor
    Me chamo Eliane..
    Gostaria de saber qual a probalidade de uma pessoa que teve um AVC, ter tbem um infarto.
    O colesterol esta em 295, trigliceres tbem um pouco acima do normal, glicose 111. É sedentaria e tbem esta acima do peso.
    Desde ja agradeço pela atenção.
    um abraço

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Anderson,
    normal não é o termo adequado. Mas podemos dizer que hipertensão em obesos jovens é muito comum sim.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Eliane,
    Como o a fisiopatologia das duas doenças é semelhante, o risco de AVC é considerável em pessoas com antecedentes de infarto, principalmente com tantos fatores de risco.

  • Anonymous

    Dr ,parabéns pelo blog,pois o mesmo é esclarecedor e de fundamental importância para os leitores,uma vez que o Sr aconcelha os visitantes desta página a procurarem um médico para uma melhor avaliação.

  • Anonymous

    Olá Dr.

    Tenho 24 anos, 1,76, 66kg, sedentario, nao bebo nem fumo, Tenho hipotiroidismo controlado. Há 4 dias sinto q meu coração dar 2 ou 3 batimentos bem rapidos e normaliza. Episodio q ocorrer 3 ou 4 vezes ao dia.

    Hoje tive isso de forma intensa. De manhã, apóso banho, esconvando os dente, e do nada meu coração disparou. Minha mãe me ajudou na contagem e obtivemos 129bpm.

    Durou 3 minutos. Sentei, acalmei, controlei a respiração e normalizou.

    Hoje mais tarde voltei a ter de formamais leve, novamente, 2 ou 3 batimentos fortes.

    Na familia tenho historico de avôs com problemas cardiacos.

    Séra que é alguma patologia ou estresse ? Devo procurar cardiologista?

    Obraido
    Daniel Santos

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Daniel,
    antes de mais nada vc precisa voltar no seu endócrinologista para checar se a dose do seu hormônio tireoidiano não está muito alta, sendo responsável por esses sintomas.

  • Andrea

    Bom dia, gostaria de saber o que pode ser uma pessoa com pressão um pouco alta 150/110 apresentar um pouco de taquicardia e dormencia na mandibula do lado esquerdo e no braço esquerdo Desculpe-me se infringi alguma regra do blog…

    Andréa

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Andréa,
    isso é uma queixa muito inespecífica. É impossivel avaliar com tão poucos dados. De qualquer maneira, eses niveis de pressão arterial já indicam seguimento médico.

  • Andréa

    Dr. Pedro,

    Boa tarde. Gostaria que o senhor esclarecesse como podemos identificar a dor da angina. Pergunto isso pois, depois de 5 anos sem praticar atividade física entrei em uma academia em agosto fazendo 30 min esteira e condicionamento leve em alguns aparelhos de musculação (carga mínima). Após uns 04 dias de treino senti horas depois da academia uma pontada fina no peito direito que depois passou para o esquerdo (na altura do decote e um pouco acima tb no esquerdo). Parei com a academia e fui a um cardio que solicitou ecodopler bidimensional colorido, ecg e teste ergométrico. Todos absolutamente normais, só parei o teste aos 7 min pq as pernas não aguentaram. Fiz tb teste laboratoriais e todos foram normais, até ótimos pro meu sedentarismo. Bom, há duas semanas voltei à academia e sinto ainda algumas pontadas mas não sinto dor nas costas ou nos braços e as pontadas acontecem na parte de cima ou de baixo do peito esquerdo e direito. Quando eu aperto o local em que dói, a dor geralmente diminui mas às vezes aumenta. O que eu quero saber é: pode o esforço físico desencadear angina horas depois? podem ser dores do ciclo menstrual? é mais fácil distinguir a dor da angina em homens do que em mulheres?
    Agradeço antecipadamente pela atenção.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Andréa,
    1- Esforço físico desencadeia angina na hora e não depois.
    2- De longe não tenho dizer.
    3- Em geral não, mas nas mulheres a dor pode ser menos característica. Um bom médico não costuma deixar passar.

  • eduardo

    ola doutor demorei para encontrar um blog quem nem sei como falar,o senhor é atencioso num blog imagina no seu consultorio parabéns doutor.
    olha doutor eu tenho 25 anos e minha esposa 23 eu tenho muita ansiedade que as vezes nem consigo durmir e sinto faltar de ar as vezes,a minha esposa estava sentindo uma dor no peito esquerdo a dor vinha vinha quando ela respirava fundo somente isso doutor,tu acha que devemos fazer exames para saber doque se trata doutor,isso pode ser grave? abrços doutor parabéns pelo bolg……..

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Eduardo,
    Dor no peito deve ser sempre avaliada por uma médico. Nesta idade é mais provável que seja relacionado a ansiedade, o que não significa que não mereça tratamento.

  • cicero

    boa noite dr gostei dos relatos queli pois acabei de tirar minhas duvidas que tinha para perguntar
    parabens pelo seu trabalho pois muitos neste pais não tem,a oportunidade de dialogar com um medico como o sr.quando precisamos
    grato cicero dos santos.

  • fernanda

    oi dr.faz tempo q vc naum respondo esse site..desde maio?
    vc ainda acessa?! bjus

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Fernanda,
    entro e respondo perguntas diariamente, contanto que eles estejam dentro das regras do blog, coisa que atualmente 90% dos comentários não estão.

    Só para informar, tenho mais de 200 textos e recebo perguntas em quase todos. Como está bem explicado nas regras do blog, seleciona apenas 10 por dia para publicar e responder.

    Abraços

  • Anonymous

    parabens dr pedro pinheiro sem querer encontrei esta coluna ,seu trabalho é brilhante aprendi muito a reconhecer uma pessoa com infarte obrigada por se importar com as pessoas mais simples ,afinal foi pra isso que deus o designou parabens por cumprir seu papel que deus o abençoe,karina 27 de santos sp

  • Anonymous

    gostei muito dos comentários sobre cardiopatologia valvar. me ajudou muito. sou estudante de fisioterapia e este assunto clareou muito o meu entendimento e tirou bastante dúvida sobre este assunto. este site estar de parabéns.

  • b

    o site é muito bom

  • Anonymous

    Dr Pedro Pinheiro. por este blog,vejo em vc um grande medico, disposto realmente a fazer um trabalho humano e dedicado,que a paz permaneça sempre com vc, e em seu lar. Obrigado!

  • Anonymous

    PARABENS PELO TRABALHO QUE VOCES INFOMAM A SOCIEDADE!!!ADICIONEI ESSE SITE MARAVILHOSO PARA MEUS FAVORITOS!!

  • Anonymous

    Dr. Realmente esclarecedor seu blog, parabéns pelo grande trabalho realizado.