Artigo atualizado em 23/08/2013
Share on Google+Share on FacebookTweet about this on Twitter

STAPHYLOCOCCUS AUREUS | Quais os riscos desta bactéria?

Publicidade

O Staphylococus aureus, ou Estafilococos aureus, em português é uma das bactérias mais comuns na prática clínica uma vez que costuma colonizar a pele de até 15% dos seres humanos. Chamamos de colonização quando uma bactéria se adere a uma tecido e começa a multiplicar-se, criando literalmente colônias. A colonização não significa que haja infecção e não é necessariamente uma coisa ruim. Nossa pele, nossa boca e nosso intestinos, por exemplo, estão cheios de bactérias que não nos causam doença enquanto permanecem restritas a estes sítios.

Existem 33 tipos de estafilococos, alguns mais virulentos que outros. O tipo mais comum na nossa pele é o Staphylococcus epidermiditis, uma espécie de estafilococo bem mais branda que o Staphylococus aureus, o mais virulento da espécie.

O problema da colonização é o fato desta ser um reservatório de bactérias pronto para invadir outros pontos do nosso corpo toda vez que uma das nossa barreiras de defesa sofre enfraquecimento. Os estafilococos que vivem na pele estão apenas esperando o aparecimento de uma pequena lesão para poderem penetrar dentro do nosso organismo. Este é o motivo pelo qual devemos sempre lavar bem nossas feridas. Qualquer lesão na pele é uma porta de entrada para as bactérias que vivem no meio externo (leia: TRATAMENTO DE FERIDAS E MACHUCADOS). É também pelo fato da nossa pele ser colonizada por bactérias que a implantação de piercings ou qualquer outro procedimento que perfure a pele pode levar a infecções graves (leia: BODY PIERCING | PERIGOS E COMPLICAÇÕES).

Ter bactérias na pele não significa que a pessoa esteja doente ou seja suja. Nós temos uma flora natural de germes e é impossível não ter bactérias na pele. Porém, pessoas com maus hábitos higiênicos apresentam uma quantidade e uma variedade maior de bactérias colonizando sua pele, ou boca, como nos casos de pessoas com dentes em mau estado de conservação.

Além das pele, o Staphylococus aureus pode invadir nosso organismo através da ingestão de alimentos contaminados. Além de atacar diretamente nosso corpo, o S.aureus também produza uma série de toxinas, que quando ingerida, provocam uma intensa infecção intestinal com vômitos e diarréia (leia: DIARRÉIA | Causas, sinais de gravidade e tratamento)

O Staphylococus aureus é responsável por vários tipos de infecção em nosso organismo. As infecções de pele são as mais comuns, e qualquer porta de entrada, mesmo uma mordida de inseto, pode ser suficiente para o desenvolvimento destas. As infecções de pele mais comumente causadas pelo S.aureus são o impetigo (leia: IMPETIGO COMUM e IMPETIGO BOLHOSO | Sintomas e tratamento), foliculite, terçol (leia: TERÇOL (TERSOL) | HORDEOLO | Causas e tratamento), furúnculo (leia: FURÚNCULO | Causas e tratamento), síndrome de pele escaldada estafilocócica, mastite puerperal (leia:MASTITE DA AMAMENTAÇÃO | Sintomas e tratamento) e a celulite (leia: ERISIPELA E CELULITE – Sintomas e tratamento).

Staphylococus aureus

Staphylococus aureus

O Staphylococus aureus, após a entrada no organismo, pode não ficar restrito a pele, invadindo o sangue e  levando a infecções graves, sepse e choque séptico (leia: O QUE É SEPSE / SEPSIS E CHOQUE SÉPTICO ? ).

Uma vez no sangue, o S.aureus pode atingir qualquer órgão. A infecção das válvulas do coração, chamada de endocardite é uma temida complicação das infeções pelo Staphylococus aureus (leia: ENDOCARDITE| Sintomas e tratamento). Outras infecções possíveis pelo S.aureus são a pneumonia (leia: PNEUMONIA | Sintomas e tratamento), a pielonefrite (leia: PIELONEFRITE | INFECÇÃO DOS RINS | Sintomas e tratamento) e a osteomielite (infecção dos ossos).

As infecções por Estafilococos aureus são tratadas classicamente com derivados da penicilina, como a Oxacilina, Cefazolina e Cefalotina. Infecções restritas a pele podem ser tratadas com antibióticos por via oral. Infecções mais graves devem ser tratadas com internação hospitalar e antibióticos venosos.

Estafilococos aureus MRSA

Ultimamente, um subtipo de Staphylococus aureus chamado de MRSA tem ganhado muito destaque na mídia, geralmente com textos alarmistas e cheio de erros de conteúdo.

A sigla MRSA que dizer Methicillin-resistant Staphylococcus aureus, em português, Staphylococcus Aureus Resistente à Meticilina.

A meticilina é um antibiótico da família das penicilinas. O MRSA é portanto, um Staphylococus resistente ao tratamento convencional através das penicilinas. A primeira descrição de MRSA é de 1959, logo após a invenção da meticilina. Com o uso cada vez mais difundido, e muitas vezes desnecessário, de antibióticos, as infecções por MSRA têm sido cada vez mais frequentes em todo mundo.

O Staphyloccus aureus MRSA não é mais agressivo do que o Staphylococus não MRSA. O seu problema está nas opções reduzidas de antibiótico e não na virulência da bactéria.

A transmissão é feita pelo contato entre pessoas, principalmente através das mãos. Isto é um grande problema no meio hospitalar onde os profissionais de saúde têm contato com vários doentes no mesmo dia, podendo levar o MRSA de um para outro. O simples ato de lavar as mãos após examinar os pacientes diminui muito o risco de transmissão da bactéria.

Em geral, o doente hospitalizado com MRSA é colocado em isolamento de contato (uma espécie de quarentena) para evitar propagação da bactéria. Pessoas saudáveis não desenvolvem nenhuma doença se tiverem contato com pacientes infectados ou colonizados por MRSA, como por exemplo, os familiares que visitam o hospital. Mas para o doente da cama ao lado, essa contaminação pode ser fatal.

O MRSA é uma bactéria tipicamente de hospital, mas pode ocorrer na comunidade também. Neste caso costuma responder a um espectro mais amplo de antibióticos alternativos, sendo de mais fácil tratamento. A transmissão do S.aureus MRSA pode ocorrer em academias, após uso conjunto de toalhas, roupas, uniformes e inclusive escova/pente de cabelo.

O tratamento do MRSA hospitalar é feito com antibióticos potentes como Vancomicina, Linezulida e Teicoplamida. O problema é que alguns hospitais já apresentam casos de MRSA resistente também a Vancomicina.

Não há necessidade de se tratar ou investigar familiares de doentes com MRSA. Bastam os cuidados básicos de higiene, principalmente se houver alguma lesão na pele que sirva de porta de entrada para a bactéria.

Como eu já escrevi, o risco de doença por MRSA em pessoas saudáveis é muito baixo. Muitos entram em contato com o MRSA mas não ficam colonizadas porque a bactéria não consegue se fixar devido a competição por alimento com as milhões e milhões de outras bactérias já existentes na pele.

Publicidade
  • Anonymous

    Dr. Pedro
    Gostaria de sugerir um tema: Endocardite.
    Tenho uma tia minha que está internada com esse diagnóstico e gostaria de saber mais infomações sobre o assunto
    obrigada
    Cecília

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Cecília,
    Já tinham me pedido esse assunto, e brevemete escreverei algo.
    O que tenho pedido a todos é um pouco de paciência pois recebo vários pedidos de assuntos por semana. Prometo escrever sobre todos. Alguns dão mais trabalho, outrs menos, e tenho escrito de acordo com minha disponibilidade de tempo.
    Mas o pedido está anotado, é só aguardar
    abraços

  • Anonymous

    Olá doutores.
    Gostaria de saber se é possível permanecer colonizado com o estafilococos aureus mrsa, sem ser sintomático mesmo após tratamento com vários antibióticos, como mupirocina, rifampicina e cefalexina ( creio até que vancomicina)?
    Obrigada, Luciana

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Luciana,
    A colonização por MRSA pode ser assintomática sim.

  • tianeusa

    Dr.Pedro,meu marido em2004 apos fazer uma cirurgia de colocação de valvula aortica metalica,contraiu uma endocardite pelo estafilococos aureus mrsa,não fez troca valvar e reverteu o quadro com 8 semanas de vancomicina.hoje 09.03.2010 ele estar no cti do mesmo hospital com infecção e os exames constataram mrsa na corrente sanguinea,foi feito ecodopletransesofagico para ver se a valvula estar contaminada ,mais graça a Deus com a valvula estar td bem.a minha pergunta é;
    Se a mrsa estar na corrente sanguinea o paciene corre risco de sepse?
    Sou de niterói-Rj e meu pai CELMO PEIXOTO tem 74 anos estar no CTI do hospital Quinta D’or no Rj. Aguardo resposta pelo meu email tianeusadoces@hotmail.com
    Um abraço

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Neusa,
    Sim. Qualquer bactéria na corrente sanguínea pode levar a sepse.

  • sergio azevedo

    Boa tarde
    Cerca de 5 meses atrás fui sujeito a cirurgia para reparar uma ruptura total do tendão de Aquiles. Após a cirurgia desenvolvi uma infecção por stafilococus aureus. Floxapen foi ineficaz e agora estou a tomar clindamicina. se este antibiotico for ineficaz presumo que ainda me restam alternativas podem indicar se estou certo ou não
    Muito obrigado
    Sergio Azevedo
    P.S. Sou saudável sem patologias que possam adiar a cicatrização

  • http://www.blogger.com/profile/04393336581392706630 Dra. Renata Campos

    Sergio,
    Sim, existem ainda várias alternativas.

  • Rejane

    Bom dia!!! Trabalho em Home Care e desde o primeiro exame da paciente de secreção traqueal dá positivo para S. aureos, só que o último deu positivo para MRSA, como ela está na residencia desde fevereiro e só agora foi dado positivo para MRSA e tb só agora colocaram-na em isolamento de contato, nós profissionais da saúde e os familiares teríamos que fazer algum exame para saber se estamos colonizados? P.S. Desde o hospital, cliente mantém quadro febril diário no período da tarde.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Rejane,
    à principio, não.

  • Anonymous

    Dr.gostaria de saber se a combinaçao de vancomicina+gentamicina e geralmente usada para infecçao por mrsa hospitalar.grata.Ana

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Ana,
    é uma opção comum.

  • Anonymous

    Dr.a associaçao de vanco+genta tambem e usada p/ infecçao hospitalar por S.aureus comum.grata.Ana.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Ana,
    a princípio, este é um esquema muito forte para S.aureus não MRSA. Ele pode até ser escolhido inicialmente, dependendo do quadro clínico do paciente, mas após o resultado das culturas e do antibiograma ele deve ser reavaliado. O ideal é usar sempre o esquema de antibiótico menos amplo possível para evitar a criação de bactérias multirresistentes.

  • Elisangela

    Dr.Pedro,meu pai fez cirurgia da coluna,teve alta e teve que retornar ao hospital,foi detectado q ele esta com estafilococus aureus e tera que ficar internado por 2 mêses.Esta bactéria tem cura?
    Elisangela Filizola.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Elisangela
    Sim, antibióticos curam o S. aureus

  • fernanda mesquita

    boa tarde!
    meu tio tem uma ulcera no MIE a 6 meses começou a complicar,ele teve que se afastar do trabalho só então foi procurar um tratamento clinico
    o medico pediu para colherem swab da lesão e hoje foi constatado que ele esta com stafilococos aureus
    o medico passou cipro esse antibiotico mata o s aureus?
    ele esta fazendo o curativo com dermazine e rifocina em casa
    obrigada! fernanda

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @fernanda mesquita
    Em geral o S.Aures é sensível a Cipro. Mas é preciso avaliar caso acaso.

  • Anonymous

    estou preocupada pois essa bacteria apareceu no meu olho direito.

  • Lugavronski

    como tratar essa bactéria??
    obg luana

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Antibióticos, geralmente derivados da penicilina ou vancomicina (quando resistentes)

  • Elaine

    meu esposo fez um exame  de secreção uretral  cultura e antibiograma foi o resultado foi microrganismo isolado: klebsiella ozaenae / staphylococcus aureus gostaria de saber como se adquire essa bactéria nessa região genital e qual o problema que ela pode causar p ele ou até p mim que sou esposatudo indica que quando eu engravidei ele ja tinha essa bactéria tenho que fazer algum tipo de exame pra prevenção ou não há nessecidade sou leiga nesse asunto aguardo um resposta. obrigada elaine

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      A Klebisiella é uma bactéria que vive no trato gastrointestinal e o S.aureus vive na pele.
      A princípio nenhuma das duas causa doenças sexualmente transmissíveis.

  • Cleudiomar

    Gostei muito das informações contidas neste site. Obrigado pela palavras claras e de fácil entendimento.

  • Edkinha

    Boa tarde Dr., Sou mãe de uma menina de 1 ano e soube hoje na creche que um coleguinha veio a falecer por complicações causadas por uma bactéria. Não souberam me dar detalhes, o que me disseram foi que começou com uma feridinha, tipo uma picada de mosquito, no peito do neném, a qual não deram muita importância, mas foi ficando avermelhada mesmo com a pomada que o pediatra havia receitado, o que aconteceu em seguida não sei, parece que veio a ser internado, ficou 1 mês, salvo engano em CTI, teve falência dos rins, depois passou para os pulmões, chegou a ser feita uma traqueostomia, mas ele não resistiu…além do meu enorme pesar, estou preocupada com possíveis formas de contágio, já que ele e minha neném dividiam os mesmos espaços e objetos…o Sr. pode me esclarecer? E de que forma posso me precaver? Muito obrigada.

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Essa bactéria já vive naturalmente em nossa pele. Ela só causa doença quando há um ferida e ela consegue invadir noso organismo. Daí a necessidade de cuidar bem das feridas para que elas não infeccionem. O S.aureus não é uma bactéria contagiosa.

  • Edkinha

    Boa tarde Dr., Sou mãe de uma menina de 1 ano e soube hoje na creche que um coleguinha veio a falecer por complicações causadas por uma bactéria. Não souberam me dar detalhes, o que me disseram foi que começou com uma feridinha, tipo uma picada de mosquito, no peito do neném, a qual não deram muita importância, mas foi ficando avermelhada mesmo com a pomada que o pediatra havia receitado, o que aconteceu em seguida não sei, parece que veio a ser internado, ficou 1 mês, salvo engano em CTI, teve falência dos rins, depois passou para os pulmões, chegou a ser feita uma traqueostomia, mas ele não resistiu…além do meu enorme pesar, estou preocupada com possíveis formas de contágio, já que ele e minha neném dividiam os mesmos espaços e objetos…o Sr. pode me esclarecer? E de que forma posso me precaver? Muito obrigada.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Essa bactéria já vive naturalmente em nossa pele. Ela só causa doença quando há um ferida e ela consegue invadir noso organismo. Daí a necessidade de cuidar bem das feridas para que elas não infeccionem. O S.aureus não é uma bactéria contagiosa.

  • Regina Celia Moreto

    Existe uma vacina pra ajudar a pessoa a criar anti corpus para o  Staphylococcus aureus? Como proceder para conseguir a vacina.

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não.

  • Regina Celia Moreto

    Existe uma vacina pra ajudar a pessoa a criar anti corpus para o  Staphylococcus aureus? Como proceder para conseguir a vacina.

  • Regina Célia Ribeiro Moreto

    Minha filha, após usar desodorante em bastão, aos 20 anos adquiriu esse virus. Já fizemos vários tratamentos com antibióticos e dermatologistas e só vem piorando. Agora está dando entre as coxas, ela está muito depriida, com as marcas que as lesões deixam, são horríveis. O que fazer.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não.

  • juliana

    minha filha tem seis anos hoje quando tinha trez anos ela começou com um corrimento vaginal com um cheiro ruim fizemos os exames e deu que era uma bacteria staphysococcus aureus ja tomou varios antibioticos nesses trez anos mas nada mudou os sintomas sempre voltam e nenhum medico se interessou realmente pelo caso quais os riscos para ela o que devo fazer me ajude por favor me responda ju

  • maria

    estou c 1 familiar c isso e sente dores terriveis,esta enternado e ñ consegue andar por causa das dores.isso é grave? to muito preocupada ja fazem 12 disa q começou tudo é do lado no quadril,.me
    responda

  • cidinha dallacosta

    meu sobrinho fez uma artroscopia de joelho depois  de alguns dias começou a desenvolver ganglios aumentados na virinha acompanhada de febre, no sitio cirurgico nao havia indicios de uma inf. hospitalar, mas quando se fz hemograma deu staphylococus aureus na corrente sanguinia, pulmão e trato urinario, ficou na uti por 15 dias tratando com oxa e penicilina, foi pro quarto teve alta ontem porem ainda com febre, e ant. vo.pergunta ele é considerado pc. colonizado agora, stp. aureus tem chance de se tornar MRSA, quais os cuidados que devemos ter com ele, se ele for internado novamente,será em isolamento?obgd.

  • Regina celia dos anjos

    meu nome regina celia dos anjos tenho osteomielite a treis anos estou com medo de morrer eu me cuido e tomo antibioticos para controlar meu quadril tem dois burracos que vaza muito estou preocupada me de uma luz

  • Regina celia dos anjos

    estou com osteomielite a treis anos e estou com medo de perder minha perna ou ate mesmo morrer me mande um email dissendo quais os riscos e tratamento me ajude por que estou sem tratamento ate ,momento

  • sandra salles

    há quatro meses realizei uma cirurgia neurológica e  após 20 dias apareceram ínguas no meu pescoço e com 25 dias surgiram fistulas que drenavam bastante,apos dois tipos de medicações fiz uma cultura que confirmou estafilococos áureos,entrei  com a segunda medicação de 30 dias,quando acabou ficou uma pequena fistula que continua drenando e agora com um caroço que não some,são 4 hs da manhã e eu estou desesperada procurando uma solução,por favor me oriente como proceder a respeito. sandrinhadaunimed@bol.com.br ou sandramariasalesoliveira0@gmail.com

  • veronica nogueira custodio

    Boa tarde Dr. descobri fazendo um exame admissional feita nas vias nasais que estou com
    bactéria staphylococcus aureus. Estou muito preocupada pois nao pude ficar na empresa por isso
    pediram que eu fosse me tratar. Essa bactéria pega? O que seria essa bactéria na verdade? Como contrai? Tem cura? E de facil tratamento? Tenho muitas duvidas. Por favor me ajuda estou um pouco
    perdida. Espero atenciosamente sua reesposta. Obrigada!!!

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Isso não está bem explicado. Ter S.aureus nas vias nasais não é doença. Que tipo de emprego é esse?

  • Karina Etiquetas

    boa noite DR. minha filha de 3 anos, fez alguns exames essa semana, no qual apareceu na CULTURA DE SECRECAO VAGINAL Staphylococcus aureus…. ao ler o seu texto, fiquei muito preocupada, pois a 1 mes atraz mais ou menos, ela estava com uma fissura entre os grandes e os pequenos labios. a medica disse que foi devido ela ter ficado muito tempo na praia com a calcinha cheia de areia. receitou uma pomada, e a fissura acabou. nesse mesmo exame, ela teve uma alteraçao no AST/TGO que está em 44u/l… estou desesperada…. será que tem aguma coisa a ver com essa bacteria??? espero sua resposta… obriagda desde já.

  • Jessica

    Staphylococus aureus pode causar infertidade masculina?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      A pergunta está muito vaga. Que tipo de infecção pelo S.aureus vc se refere?

  • Jessica

    Staphylococus aureus pode causar infertidade masculina?

  • Ligiakaplar

    Tenho a bacteria à mais ou menos 17 anos, começou  na axila esquerda, a qual já fiz 7 cirurgias, não acabando com o foco, agora começou na virilha esquerda e direita indo para tras, tem dia que não consigo nem andar, pois enche de secreção e doi muito, o que fazer para amenizar?
     

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Vc já foi avaliada por um infectologista?

  • Ligiakaplar

    Tenho a bacteria à mais ou menos 17 anos, começou  na axila esquerda, a qual já fiz 7 cirurgias, não acabando com o foco, agora começou na virilha esquerda e direita indo para tras, tem dia que não consigo nem andar, pois enche de secreção e doi muito, o que fazer para amenizar?
     

  • Wrj Net

    O que é estafilococos sp, venho muito se falar em estafilococos e sei que existem diversos tipos mas especificamente o que seria estafilococos sp e como trata-lo?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      sp significa espécie. Estafilococo sp. engloba todos os tipos de estafilococos.

  • Jana

     Há algum tempo comecei a sentir como se tivesse bichinhos andando no meu corpo ( tipo uma formiguinha) mas não vejo nada, meu colchão foi infestado, comprei outro, mas não demorou para que eu tornasse a sentir o mesmo ( maior incidência à noite), pensava ser mosquito ou algum ácaro. Após uma reação alérgica que me causou coceira e irritação (maior foco nas coxas, costela e barriga) passei a dormir no sofá, cujo estofado é de couro. Porém, o que eu antes sentia apenas a noite no colchão, começou a me incomodar durante o dia e — piorando a noite — nas roupas. Fui ao alergista e ele falou que era sarna, o que me intrigou, visto que, além de eu ser uma pessoa muito higiênica e ter cuidados de não usar roupas de outrem etc, ninguém mais em minha casa sente, apenas eu, e também não tenho lesões na pele nem coceira constante, apenas a sensação de que bichinhos estão andando na minha pele, o que causa certo desconforto. Usei por conta própria o “escabin” e sabonete Dettol, senti alívio, mas ainda não me sinto 100%, minha casa está em obra, não temos animais e lavo minhas roupas de cama e pessoais quase todos os dia. Por favor podem me ajudar? Já fui a dois médicos que nada resolveram. Grata.

  • Alexandre Trrs

    Dr., tive uma série de furúnculos nas axilase um no cotovelo e parei de usar antitranspirante e me tratei com cefalexina 500 mg, em uma semana a infecção regrediu…Dois meses depois de não ter mais nada, resolvi fazer um swab nasal e apareceu a MRSA.Como é possível ? se ela é resistente à esse tipo de antibiótico?Um detalhe importante: Trabalho em hospital, mas não em contato direto com pacientes.

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não necessariamente o seu furúnculo foi causado por um MRSA.

    • ALEXANDRE TRRS

      Dr., continuo tendo furúnculos e fiz um swab da secreção,o antibiograma deu resistente à oxacilina, e sensível à cipro, cefalexina, cefalotina, .Como pode? se é resistente à oxacilina,
      é MRSA, e ao mesmo tempo ser sensível às cefalosporinas???Detalhe : A cefalexina realmente combate os meus furúnculos. Existem MRSA mais resistentes q outras???A
      descolonização funciona ????Muito obrigado Dr.

      • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

        Não faz sentido. Se você obtém reposta com cefalosporina é porque o S.aureus não é verdadeiramente um MRSA.
        Sim, a descolonização funciona.

  • Anonymous

    Olá Dr.
    Gostaria de saber quais são os riscos que uma criança de 3 anos corre tendo esse tipo de bacteria: A Staphylococcus aureus. Obrigada

  • I.M.

    Doutor, hoje tive contato com uma paciente com MRSA, elaa estava em isolamento por contato. Porem tive de usar minha tesoura para cortar um micro polio que estava na paciente, na hora de lavar a tesoura eu me cortei, tem algum problema?? 

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Tem que lavar bem ferida e ver se ela não vai infeccionar. Se você for uma pessoa saudável, a princípio não haverá grandes problemas.

  • Anonymous

    ola dr pedro tenho um filho com mielo meningocele lombar e hidrocefalia aum ano e meio vem tratando de uma osteomilite cronica veio a passar por cirurgia plastica em escara nos gluteos so que nesse tempo ele apresenta febre de 10 em 10 dias pediram exames do local da escara por que mesmo fasendo a plastica ele veia a inflamar e vazar como se fosse um frunculo depois de meses rerolveram colher amostras do liquido da ferida ele contatou que esta com staphylococcus areus e necessario internar denovo para faser tratamento no hospital ele ja ficou uma ves 42 dias tratando com antibioticos no hospital me responda por favor obrigada

  • Clarice Morais

    Olá Dr. Descobri que estou com S. aureus na garganta, após dores na garganta fiz uma cultura. Meu Dr. receitou 4 doses de Benzetacil achei muito forte sendo que existem medicamentos menos dolorosos e mais suaves. Porém pode ser essa injeção tambem? Gostaria de saber quais as causas de S.A na garganta. Obrigada, Clarice Moraes.

  • janaina

    boa noite dr. tive estafilococos b+ quando estava graviadana hora do parto tomei antibiotocos e mesmo assim depois de dez dias meu filho quase moreu, hoje estou gravida novamente gostaria de saber se a cura durante a gravidez? se meu filho pode chegar a adoecer igual ao meu primeiro filho mesmo tomando os antibiotocos na hora do parto? existe algum outro tratamento? obrigada janaina.

  • Erikal_porto

    espremi uma espinha no torax e ja tem meses que ele se tornou uma ferida que a casca é superficial, por dentro quando aperto parece que tem um espinho. ja passei pomada antibiotico, mas nao resolve e estou esperando um consulta no dermatologista pelo SUS mas so pra agosto. o que faço? 

  • Erikal_porto

    espremi uma espinha no torax e ja tem meses que ele se tornou uma ferida que a casca é superficial, por dentro quando aperto parece que tem um espinho. ja passei pomada antibiotico, mas nao resolve e estou esperando um consulta no dermatologista pelo SUS mas so pra agosto. o que faço? 

  • Silvia Moura

    Boa tarde Dr.
    A minha irmã está com uma ferida aberta á cerca de um ano e meio no peito direito. Neste momento foi-lhe diagnosticado uma colunização de bacterias. A ferida continua a profundar e nós já não sabemos o que fazer. A médica fala agora em tirar o peito mas alguns colegas da médica dizem que é um risco muito grande fazer uma cirurgia agora.
    Já não sei a quem recorrer. Necessito da orientação de alguem que tenha conhecimentos sobre este tema.
      
    Agradeço a quem possa ajudar sobre este assunto.

  • anna

    dr., essa bacteria tem cura sim ou não? de que ela é causada? e se é comum em lugares mais intimos,dr. ,tenho muitooo medo, meu médico disse que preciso fazer uma pequena cirurgia mas não tenho coragem, sou muitoo medrosa… e ai?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      1- Sim tem cura.
      2- Ela normalmente vive na nossa pele.

  • anna

    dr., essa bacteria tem cura sim ou não? de que ela é causada? e se é comum em lugares mais intimos,dr. ,tenho muitooo medo, meu médico disse que preciso fazer uma pequena cirurgia mas não tenho coragem, sou muitoo medrosa… e ai?

  • anna

    e ai?

  • vivian pessanha

    minha filha de 8 anos tem piolhos já faz +/- 3, 4 anos e já tratei com todo tipo de medicamentos, e nunca acaba,porém agora ela está com a cabeça,nuca e atrás da orelha com feridas grandes e inflamadas, chegando a ficar com febre, essas feridas podem ser essa bactéria e o que eu faço, estou completamente desesperada,me ajude!!! Vivian

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    1- Sim tem cura.
    2- Ela normalmente vive na nossa pele.

  • Pedro Carrapito

    Dr. fui operado a uma fractura dea L1,levei 2 placas e 4 parafusos e na operaçao apanhei o estalifococos aureus  Estive 3semanas a levar vancomicina nas veias de 6 em 6 horas,passado 1 mes ,depois de fazer fisio no trem inferior,com o calor reapareçeu ,estive mais 1 mes a fazer ciprofloxacina junto com gentamicina(nas veias)de 8 em8 horas e agora ,com o calor, ao fim7 meses e meio reapareceu(dizem que estava refugiada nas placas)Apareceu agora um produto-ALLIGIN baseado numa mistura do coraçao de alho com gengibre que vai directamente a bacteria ea elimina ,sera verdade? 

  • Girlane_araujo

    rd estou muito preocupada pois fiz um exame vaginal e deu staphylococcus spp e me disseram que é muito dificil de tratar por ser vaginal.minha medica passou cefalexina de 500 e um creme vaginal a base de clindamicina. me responda por  favor

  • Rjunior_tavares

    fiz uma cirurgia de hernia, e apos deu infecção , exames levaram a staphylococos aureos, isso pode ser  infecção hospitalar?

  • jose luis augusto da silva

    FOI FEITA EM MIM UMA CIRURGIA DE TENDAO DE AQUILES POR ROMPIMENTO TOTAL DE 1,5 CM  HA 76 DIAS E ME DEU 2 INFEÇÇOES COM VAZAMENTO COM FIBRINA E O EDICO AGORA POR FINAL QUER FAZER OUTRA CIRURGIA DE LIMPEZA EM MIM O QUE O SR. ACHA DOUTOR?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    sp significa espécie. Estafilococo sp. engloba todos os tipos de estafilococos.

  • Pedro Carrapito

    DR. fracturei a L1 em 10 julho 2011 fui operado ,colocaram-me uma placa e parafusos e apanhei na operaçao o estafilococos aureus.Estive 3 semanas internado a levar  vancomicina nas veias de 6 em 6 horas ,mandaram-me para casa e passado 1 mes reapareceu.Mais 1 mes internado a levar gentamicina e ate agora nao apareceu.Pesava 84 kilos e agora 67(tenho 61 anos)Li que ha um produto Alligin(extracto de alho com alloevera) que mata a bacteria.Gostava que o dr. me dissesse qualquer coisa

  • Billijota

    ola Doutor tive uma infecção no organismo onde tive varias bacterias como H. pilori e minha esposa teve S. aures vaginal, e, coli na urina e gostaria de fazer um exame para ver se to como esta bacteria pois meu penis ta vermelho e não sara faz um  ano, minha esposa é alergica a penicilina que medicamento tomar para curar esta bacteria S, aures..

  • Billijota

    ola Doutor tive uma infecção no organismo onde tive varias bacterias como H. pilori e minha esposa teve S. aures vaginal, e, coli na urina e gostaria de fazer um exame para ver se to como esta bacteria pois meu penis ta vermelho e não sara faz um  ano, minha esposa é alergica a penicilina que medicamento tomar para curar esta bacteria S, aures..

  • Karine lima

    Minha filha pegou este tipo de bactéria na garganta e está sendo tratada com amoxilina de 250mg e eta bem melhor! não entendo como ela pegou essa bactéria pois eu tomo todos os cuidados necessários para se ter uma boa higiene….. 

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    As infecções pelo S.aures não estão relacionadas à falta de higiene.

  • Lugavronski

    o dr ainda não respondeu a minha outra pergunta:minha mãe fez uma cirurgia de hernia inguinal e depois de dois anos descobriu que contraiu essa bactéria.quais são os riscos que ela corre?e como será seu tratamento?

    obrigado luana gavronski

  • Cristiane Paiva

    Dr., um amigo meu está internado por ter sofrido um acidente de moto, no qual teve traumatismo craniano. Assim que ele acordou, passaram ele para um quarto, onde ele pegou a MRSA… Ele estava sendo tratado com Vancomicina, a 7 dias. Hoje mudaram a medicação, passando a usar polimicina B. Este mediamento é indicado nestes casos?

  • Billi

    DOR NO PULMÃO E COSTAS E LADO DIREITO DO CORPO PROXIMO AO FIGADO PARA SER BACTERIAS QUE TIPO DE EXAME FAZER

  • vivian pessanha

    olá dr. informei na escola da minha filha sobre essa bactéria, que ela esta, segundo o pediatra que a medicou. porém a escola pediu um laudo para saber o nome da bactéria e se tem risco de contágio a outros alunos, há esse risco ? a qual especialista a levo para pegar esse laudo?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      O S.aureus é uma bactéria que todo mundo tem na pele. Não provoca doenças contagiosas.

  • aleksandro lima

    Dr, quero saber se é contagioso, em caso de minha filha estar em contato com os colegas da escola, pois a direção da escola está preocupada.

  • salete

     Dr meu marido contrai essa bacteria depois de uma cirurgia de pulmao ja tinha cicratizado agora começou ficar avermelhado foi no medico teve que abrir fez  limpeza pode ser essa bacteria  nao deixa  cicratizar

  • Rosana Hidalgo

    Dr. Meu nome Rosana tive CA colon do Instestino e outro no endrometrico, mas estou curada, só faço controle, mais tive hermes coloque tela e rejeitou, depois  já fazei por 07 cirurgia com seroma e vária infecções, faz todas as cirurgia não fechava.,
    agora fiz uma exame de cultura e Staphylococcus aureus.
    Antiograma com vária sensível e resisteste.

    Me ajude já estou na 08 cirurgia.

  • salete

     Dr meu marido contrai essa bacteria depois de uma cirurgia de pulmao ja tinha cicratizado agora começou ficar avermelhado foi no medico teve que abrir fez  limpeza pode ser essa bacteria  nao deixa  cicratizar

  • Rosana Hidalgo

    Dr. Meu nome Rosana tive CA colon do Instestino e outro no endrometrico, mas estou curada, só faço controle, mais tive hermes coloque tela e rejeitou, depois  já fazei por 07 cirurgia com seroma e vária infecções, faz todas as cirurgia não fechava.,
    agora fiz uma exame de cultura e Staphylococcus aureus.
    Antiograma com vária sensível e resisteste.

    Me ajude já estou na 08 cirurgia.

  • Pc Marra

    Caro Dr.
    Tenho um amigo no interior de São Paulo, que apresenta este diagnóstico Por Estafilococos Aureos.
    Ele teve problemas no coração e com parada do funcionamento dos rins, Ficou em UTI aproximadamente 60 dias , e agora está no quarto. O sistema renal esta funcionando, mas ele ainda apresenta o quadro de bactéria no sangue.

    Ficou preocupado com o estado de saude dele , pois esta muito debilitado.

    Qual o melhor tratamento para ele. Tem algum especialista em São Paulo que poderia avaliar ele ?

    Abraços

    Paulo Marra

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Vc já foi avaliada por um infectologista?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    A pergunta está muito vaga. Que tipo de infecção pelo S.aureus vc se refere?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Tem que lavar bem ferida e ver se ela não vai infeccionar. Se você for uma pessoa saudável, a princípio não haverá grandes problemas.

  • I.M.

    Doutor, hoje tive contato com uma paciente com MRSA, elaa estava em isolamento por contato. Porem tive de usar minha tesoura para cortar um micro polio que estava na paciente, na hora de lavar a tesoura eu me cortei, tem algum problema?? 

  • Thelsley

    minha filha de 1 ano e 3 meses teve um arranhao no dedo e atravez desse arranhao teve uma sepse e choque septico.Ficou 12 dias intubada na u.t.ios exames constaram essa bacteria STAPHYLOCOCCUS. foi tratada e teve alta. 3 dias depois o dedo voltou averrnelhar e inchar, teve febre e voltei ao hospital, a medica decidiu interna novamente devido o caso anterior,ja estamos a 10 dias ela esta tomando vancomicina na veia, mas estou preocupada porque o exame constou a mesma bacteria.o estado dela e muito bom alimentaçao boa, esta corada,brinca e voltou ate a andar.mas mesmo assim queria muito saber sua opiniao arrespeito e que tipo de tratamento seria indicado pelo o senhor, so pra ter uma segunda opiniao. a vancomicina secou as veias dela e ainda falta 11 dias de medicaçao. a doutora responsavel nao acha viavel um ascesso central,ela esta sofrendo muito com as picadas .obrigada desde ja. thelsley sakugawa.

  • Elaine

    meu esposo fez um exame  de secreção uretral  cultura e antibiograma foi o resultado foi microrganismo isolado: klebsiella ozaenae / staphylococcus aureus gostaria de saber como se adquire essa bactéria nessa região genital e qual o problema que ela pode causar p ele ou até p mim que sou esposatudo indica que quando eu engravidei ele ja tinha essa bactéria tenho que fazer algum tipo de exame pra prevenção ou não há nessecidade sou leiga nesse asunto aguardo um resposta. obrigada elaine

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    A Klebisiella é uma bactéria que vive no trato gastrointestinal e o S.aureus vive na pele.
    A princípio nenhuma das duas causa doenças sexualmente transmissíveis.

  • Cristiane Paiva

    Dr., um amigo meu está internado por ter sofrido um acidente de moto, no qual teve traumatismo craniano. Assim que ele acordou, passaram ele para um quarto, onde ele pegou a MRSA… Ele estava sendo tratado com Vancomicina, a 7 dias. Hoje mudaram a medicação, passando a usar polimicina B. Este mediamento é indicado nestes casos?

  • Lugavronski

    essa bacteria surgiu 2 anos depois de uma cirurgia de hernia inguinal. sai inflamação e a pele fica vermelha. como sera meu tratamento?

  • Lugavronski

    a bacteria s aureus surgiu 2 anos depois de uma cirurgia de hernia inguinal e consta  no exame que tem varias colonias.isso é grave? como tratar?obrigada se puderem me responder.

  • Lifilizola

    Dr Pedro o meu pai fez a quinta cirurgia da coluna,e desde q fez a quarta foi detectada a bactéria stafilococus,essa bactéria poderia ter ficado a esse tempo encubada no organismo dele (1 ano de diferença entre as 2 cirurgias) Estamos muito nervosos e apreensivos pois o médico não da previsão de alta.

  • Cymazieiro

    Boa noite! Tenho histórico de furunculos no mesmo local, virilha, a muitos anos, no ano passado fui a vários médicos até uma uma dermatologista me indicou um exame de cultura de secreção e outro de bactéria pra ver a qual remédio era sensicel, foi me receitado o bactrim, durante 2 meses, mas não adiantou. Gostaria de saber se não existe um tratamento em que seja aplicado o remédio no local, paa que morram e nunca mais voltem. uma vez que essa bactéria parece estar somente nesse local?

  • verônica custodio

    Boa tarde Dr., fiz um exame laboratorial, colhendo com um auxilio de um cotonete
    das minhas narinas para fazer o exame e constatou esse tipo de bactéria STAPHYLOCOCCUS AUREUS. Fiquei preocupada pois, não tenho informação nenhuma sobre essa bactéria e quais são as 
    consequências causadas. o que faço? obrigada!

  • Patriciasilvafelipe

     ola dr.fiz uma cultura de secreção vaginal e deu esta bacteria, o medico disse se normal  fiquei com duvidas. qual sua opinião?

  • Patriciasilvafelipe

     ola dr.fiz uma cultura de secreção vaginal e deu esta bacteria, o medico disse se normal  fiquei com duvidas. qual sua opinião?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Antibióticos, geralmente derivados da penicilina ou vancomicina (quando resistentes)

  • Luciana

    Quando uma fistula se fecha em uma osteomielite cronica, e a pessoa apos alguns meses começa ter febre constante e dor, quanto tempo é possível uma  a pessoa suportar sem tratamento adequado ou melhor o que se deve fazer em um caso como este?

  • Felipewebberbol

    Doutor, a Síndorme de furnier e causada, dentre outras, pela Staphylococcus aureus?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Sim, é uma das bactérias envolvidas.

  • Rodrigo

    Doutor nao para de nascer em meu braço Staphylococcus aureus,tenho tatuagens nos dois braços será q é por causa das tattoo ou pela minha profissão,sou cabeleleiro, o cabelo sujo pode ter trazido a bactério pelo póro?

  • Rodrigo

    Doutor nao para de nascer em meu braço Staphylococcus aureus,tenho tatuagens nos dois braços será q é por causa das tattoo ou pela minha profissão,sou cabeleleiro, o cabelo sujo pode ter trazido a bactério pelo póro?

  • maria de Jesus

    Dr. fiz um tratamento de canal ja esta aberto a 3 meses nao sara e sinto dor todos os dias o meu medico disse que é uma infecção no osso. devo tirar esse dente?

  • Maria Palmeiras

    DR meu marido tem essa bactéria, constada pelo exame de esperma, estavamos tentando engravidar, ai ocorreu a descoberta, ele me disse que seu urologista comentou que as atividades sexuais podem ser normais. Há algum risco de contagio sem uso de camisinha, uma vez que a bacteria tem se mostrado resistente ao tratamento e aparece no exame de esperma. Obrigada Att. Rê

  • maria raimunda de oliveira

    oi me chamo maria e tenho essa bactéria e meu problema e na verilha e problema de furunculo e doi de mais gostaria de saber se tem como acabar ou melhor dizendo eliminar qual o melhor tratamento
    pra acabar de vez isso, eu vir no discovery que um medico tava falando de um coquitel de antibioticos e também vir sobre fazer uma raspage no local e também vir o medico falar sobre o leise o que o sr. me indicaria doutor obrigado

  • Lincoln

    tive essa bactéria depois de ser submetido a uma cirurgia de coluna, fiquei dois anos e meio tentando curar tomando um monte de anti-biótico como tetraciclina entre outros, ai desisti depois de um ano e meio, parei com os anti-bióticos, ai não tratei mais, então vi em um outro site sobre evitar o consumo de trigo, leite e açúcar , e tomar vinagre, então passei a fazer essa dieta reduzi a zero o consumo de derivados de trigo (tudo que contém glúten) açúcar e laticínios em geral e tomava 10 ml de vinagre duas vezes ao dia uma na hora do almoço e outra antes de dormir, resultado: curado em uma semana continuei o tratamento até completar 15 dias e a vários meses que estou curado,
    conclusão: se o médico me desse o anti-biótico e me mandasse evitar trigo, leite e açúcar , tinha ficado curado logo…, mas enfim com coisas simples fui curado

    • marildaazambuja

      boa noite doutor Fabio.sou paulo estive estafilococos aureos nos testicolos bexiga e prosta e por dez anos tomei antibioticos e nao me fizeram e feito algum e me debilitou o meu organismo e tive problemas serios de garganta e cada vez mais aumentava a bacteria.ai eu descobri uma vacina especifica para estafilococos aureos se chama latigeD e tomei por dois anos e fiquei curado.sao tres tipos de vacinas latigeE para estafilococos elbios e latigePLUS para conococos e alergias de pele e garganta e do laboratorio irasa montevideo uruguai que e importada da australia o material para fabricar a vacina.desde ja lhe agradeço e estou a sua disposicao para mais informacoes.

  • Lincoln

    tive essa bactéria depois de ser submetido a uma cirurgia de coluna, fiquei dois anos e meio tentando curar tomando um monte de anti-biótico como tetraciclina entre outros, ai desisti depois de um ano e meio, parei com os anti-bióticos, ai não tratei mais, então vi em um outro site sobre evitar o consumo de trigo, leite e açúcar , e tomar vinagre, então passei a fazer essa dieta reduzi a zero o consumo de derivados de trigo (tudo que contém glúten) açúcar e laticínios em geral e tomava 10 ml de vinagre duas vezes ao dia uma na hora do almoço e outra antes de dormir, resultado: curado em uma semana continuei o tratamento até completar 15 dias e a vários meses que estou curado,
    conclusão: se o médico me desse o anti-biótico e me mandasse evitar trigo, leite e açúcar , tinha ficado curado logo…, mas enfim com coisas simples fui curado

  • DudaM

    Boa tarde doutro! Excelentes colocações sobre STAPHYLOCOCCUS AUREUS. Tenho 26 anos e há mais ou menos um ano, comecei com um quadro de tosse e febre, seguido por uma infecção de urina muito forte e por pielonefrite, pronto, não preciso dizer mais nada, não é mesmo? rs
    Prato cheio para as bactérias!! Adquiri a Staphyloccus aureus MRSA. Mas até se chegar ao diagnóstico dessa bactéria, eu já estava com septicemia, rins paralisados e em coma no C.T.I.
    Fiquei sem andar, sem falar, só conseguia movimentar o pescoço.
    Como foi dito pelo senhor, essa bacteria é agressiva, mas com tratamento adequado pode ser facilmente controlada, no entanto, o diagnóstico dela não é tão simples, pelo menos foi isso que os diversos médicos que cuidaram de mim explicaram para minha família. E como esse diagnóstico não é simples e a bactéria ataca rapidamente, a situação se complica. No meu caso, o problema não era mais apenas tratar a bactéria e sim, tratar o meu organismo, que estava completamente comprometido, para que ele pudesse voltar a funcionar e aguentar o tratamento contra a bactéria, talvez por isso, ela seja tão milindrosa para os médicos. Estou certa doutor?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Sim, é mais ou menos isso.

  • Cmcolares

    Boa tarde doutor. Antes de mais, os meus parabéns pela publicação deste artigo. Fiz exame nasal e deu staphylococcus aureus positivo, pode dizer-me se devo preocupar-me. Não sou de adoeçer com facilidade, mas as situações não batem só na porta dos outros. Obrigada.

  • jco

    eu estou com chulé que dermatologista nenhum conseguiu tratar, ja usei de tudo mas não resolveu, por fim fiz um exame de raspagem nos pés que apresentou essa bactéria ja usei antibioticos mas a população bacteriana não diminui, o que eu posso fazer por favor me ajude.

  • Edimilsons

    onde encontrar a vacina

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não há vacina para S.aureus.

  • jco

    Boa noite doutor, por que o senhor não respondeu a minha pergunta eu estava ansiosa para ver a resposta, eu realmente estou com esse problema de chulé por causa dessa bactéria e não sei mais o que fazer isso está atrapalhando muito minha vida.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Quem te disse que é o S.aureus que provoca seu chulé?

      • jco

        Depois de tantos tratamentos com antibióticos, antipespirantes para diminuir a população bacteriana a última dermatologista que eu fui passou o exame de cultura de fungos micológica ( que não apresentou nada ) e cultura bacteriológica que apresentou staphylococcus aureus ela me informou que era uma bactéria normal da pele mas que poderia está em grande quantidade por isso o mau odor. Fizemos vários tratamentos após o exame mas até agora nada resolveu.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Quem te disse que é o S.aureus que provoca seu chulé?

  • Gilson figueredo

    Bom dia Dr., estou com um problema de com o staphylococcus na prostata que esta me causando uma especie de impotencia, estou ejaculando muito rapido e percebi que meu penis não fica muito firme na relação, gostaria de saber sua opnião e como tratar o problema

    Aguardo com ansiedade o seu parecer
    já agradeço

    Gilson

  • Gilson figueredo

    Bom dia Dr., estou com um problema de com o staphylococcus na prostata que esta me causando uma especie de impotencia, estou ejaculando muito rapido e percebi que meu penis não fica muito firme na relação, gostaria de saber sua opnião e como tratar o problema

    Aguardo com ansiedade o seu parecer
    já agradeço

    Gilson

  • Allen Júnior

    Boa noite, doutor. Eu tenho um problema que me acompanha desde minha adolescência. Após a ejaculação, sentia dor na uretra, e essa dor aumentava a cada seguida ejaculação, chegando ao ponto de sentir dor na micção e quando passava muito tempo sem ejacular, no momento da ejaculação sentia dor, uma ardência muito grande. Achava que era tudo normal. Até que, já adulto, conversando com um colega de trabalho, ele me disse que isso não era normal e que achava melhor eu procurar um médico. Fui a um urologista, que me indicou exame de espermograma, quando foi detectado o staphylococcus aureus no meu sêmen. Me receitou um antiobótico, que enquanto do tratamento, as dores pós-ejaculação na uretra findaram. E então perguntei para o médico se era necessário um outro exame, para certificar se a bactéria realmente tinha desaparecido do sêmen, o qual respondeu que não, que estava tratando os sintomas, e se a dor tinha sumido, isso não era necessário. Mas após alguns meses as dores voltaram, não fortes como antes, mas voltaram. Qual sua opinião, doutor? Devo procurar outros médicos para novas opiniões? Abraços!!!

  • ANONIMO

    Boa noite doutor,
    tenho um menino de 8 anos que tem dermatite atópica, ha pelo menos 2 anos q está com o s.aureos e nenhum médico conseguiu resolver o problema, Já levamos em dermatologistas, alergistas e homeopatas. Fez um exame de sangue, e tomou vários antibioticos, nenhum resolveu, gostaria de uma ajuda, solução,,, sei lá…. não sei mais o q fazer.

  • ANONIMO

    Boa noite doutor,
    tenho um menino de 8 anos que tem dermatite atópica, ha pelo menos 2 anos q está com o s.aureos e nenhum médico conseguiu resolver o problema, Já levamos em dermatologistas, alergistas e homeopatas. Fez um exame de sangue, e tomou vários antibioticos, nenhum resolveu, gostaria de uma ajuda, solução,,, sei lá…. não sei mais o q fazer.

  • jco

    Depois de tantos tratamentos com antibióticos, antipespirantes para diminuir a população bacteriana a última dermatologista que eu fui passou o exame de cultura de fungos micológica ( que não apresentou nada ) e cultura bacteriológica que apresentou staphylococcus aureus ela me informou que era uma bactéria normal da pele mas que poderia está em grande quantidade por isso o mau odor. Fizemos vários tratamentos após o exame mas até agora nada resolveu.

  • Cmcolares

    Boa tarde doutor. Antes de mais, os meus parabéns pela publicação deste artigo. Fiz exame nasal e deu staphylococcus aureus positivo, pode dizer-me se devo preocupar-me. Não sou de adoeçer com facilidade, mas as situações não batem só na porta dos outros. Obrigada.

  • DudaM

    Boa tarde doutro! Excelentes colocações sobre STAPHYLOCOCCUS AUREUS. Tenho 26 anos e há mais ou menos um ano, comecei com um quadro de tosse e febre, seguido por uma infecção de urina muito forte e por pielonefrite, pronto, não preciso dizer mais nada, não é mesmo? rs
    Prato cheio para as bactérias!! Adquiri a Staphyloccus aureus MRSA. Mas até se chegar ao diagnóstico dessa bactéria, eu já estava com septicemia, rins paralisados e em coma no C.T.I.
    Fiquei sem andar, sem falar, só conseguia movimentar o pescoço.
    Como foi dito pelo senhor, essa bacteria é agressiva, mas com tratamento adequado pode ser facilmente controlada, no entanto, o diagnóstico dela não é tão simples, pelo menos foi isso que os diversos médicos que cuidaram de mim explicaram para minha família. E como esse diagnóstico não é simples e a bactéria ataca rapidamente, a situação se complica. No meu caso, o problema não era mais apenas tratar a bactéria e sim, tratar o meu organismo, que estava completamente comprometido, para que ele pudesse voltar a funcionar e aguentar o tratamento contra a bactéria, talvez por isso, ela seja tão milindrosa para os médicos. Estou certa doutor?

  • Patriciasilvafelipe

     ola dr.fiz uma cultura de secreção vaginal e deu esta bacteria, o medico disse se normal  fiquei com duvidas. qual sua opinião?

  • anonimo

    boa tarde doutor meu marido recentemente fez um espermograma e a cultura deu S. aureus. no espermograma tambem deu que a produção do esperma esta abixo do normal , entre outras alterações. essa bacteria poderia ser responsavel por esses achados? se negativo, ela poderia atrapalhar em mais alguma coisa estando alojada neste orgao?
    grata
    att

  • anonimo

    boa tarde doutor meu marido recentemente fez um espermograma e a cultura deu S. aureus. no espermograma tambem deu que a produção do esperma esta abixo do normal , entre outras alterações. essa bacteria poderia ser responsavel por esses achados? se negativo, ela poderia atrapalhar em mais alguma coisa estando alojada neste orgao?
    grata
    att

  • FÁTIMA

    OIEEE OBRIGADO PELA DICA VALEU DR

  • ALEXANDRE TRRS

    Dr., continuo tendo furúnculos e fiz um swab da secreção,o antibiograma deu resistente à oxacilina, e sensível à cipro, cefalexina, cefalotina, .Como pode? se é resistente à oxacilina,
    é MRSA, e ao mesmo tempo ser sensível às cefalosporinas???Detalhe : A cefalexina realmente combate os meus furúnculos. Existem MRSA mais resistentes q outras???A
    descolonização funciona ????Muito obrigado Dr.

  • ALEX

    Dr., eu estou tendo furúnculos à quase 1 ano, resolvi fazer um swab da secreção e o antibiograma
    deu resistente à oxacilina(MRSA) e ao mesmo tempo sensível à cefalexina, cefalotina,cipro e `as
    outras cefalosporinas.Detalhe: a cefalexina realmente cura os meus fúnculos, como pode isso ????
    Será que existem vários tipos de MRSA???A descolonização funciona??? O organismo com uma boa imunidade é capaz de erradicar sozinho essa bactéria ???Desde já agradeço, Dr.

  • Quelen Baggio

    Ola meu filho Douglas de 17 anos tem Staphilococus aureos a 2 anos e a cada 2 meses aparece nos olhos ja fez cirurgia nas 4 pálpebras dos olhos quando estava com as bolsas de sangue muito grande que nem consegguia fechar os olhos. No momento ele usa uma pomada chamada terramicina quando começa aparecer os primeiros índicios nos olhos mas crescem rápido e a pomada não contém mais.
    Existe algum outro tratamento?
    Obrigado, fico no aguardo do retorno

  • Quelen Baggio

    Ola meu filho Douglas de 17 anos tem Staphilococus aureos a 2 anos e a cada 2 meses aparece nos olhos ja fez cirurgia nas 4 pálpebras dos olhos quando estava com as bolsas de sangue muito grande que nem consegguia fechar os olhos. No momento ele usa uma pomada chamada terramicina quando começa aparecer os primeiros índicios nos olhos mas crescem rápido e a pomada não contém mais.
    Existe algum outro tratamento?
    Obrigado, fico no aguardo do retorno

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não faz sentido. Se você obtém reposta com cefalosporina é porque o S.aureus não é verdadeiramente um MRSA.
    Sim, a descolonização funciona.

  • Fabio

    ola sou a cintia meu irmao esta com a suspeita de estar com essa doença staphilococus aureos ja fez 5 biopcia nao deu nada mas os medicos estao achando que e ele ja operou 4 vezes pra fazer uma limpeza pra ver se o antibiotico consegue chegar lar nos nao sabemos o que fazer o medico falou que ele tem risco de vida por favor nos ajude ele so tem 23 anos esta com esse soflimento tem 6messes

  • Fabio

    ola sou a cintia meu irmao esta com a suspeita de estar com essa doença staphilococus aureos ja fez 5 biopcia nao deu nada mas os medicos estao achando que e ele ja operou 4 vezes pra fazer uma limpeza pra ver se o antibiotico consegue chegar lar nos nao sabemos o que fazer o medico falou que ele tem risco de vida por favor nos ajude ele so tem 23 anos esta com esse soflimento tem 6messes

  • Cleudiomar

    Gostei muito das informações contidas neste site. Obrigado pela palavras claras e de fácil entendimento.

  • Caio11

    Dr, estou muito preocupado. Estou com balanopostite e depois do médico me receitar Trok n e, posteriormente, Omcilon M, o problema apenas piorou. Depois de mais de 1 mês e meio com essas pomadas, foi solicitado um exame de cultura e antibiograma de secreção da glande e prepúcio, cujo resultado detectou a presença de stafilococus aureus resistente a oxicilina. Enquanto eu estava aguardando o resultado do exame, parei com as pomadas por conta própria e passei 4 dias lavando as lesões com água e sabão e expondo a glande durante todo o dia ao vento (fiquei deitado nu debaixo do ventilador por 4 dias). As lesões secaram e estão diminuindo, mas ainda persistem (se bem que está bem melhor). Com o resultado do exame, comecei um tratamento de garamicina de 160mg intra muscular (uma injeção por dia, por 7 dias). Mas tem uma dúvida que não me sai da cabeça e não me deixa dormir: essa bactéria está na minha corrente sanguínea e acabou atacando a glande ou está apenas na minha pele? Se qualquer lesão na pele é uma porta de entrada para a corrente sanguínea, e por minha glande ter ficado lesionada por tanto tempo, devo me preocupar da bactéria ter atingido minha corrente sanguínea? Estou me sentindo muito tenso com tudo isso… Agradeceria muito qualquer resposta. Obrigado.

  • Caio11

    enfim, generalizando mais a pergunta: quando há uma lesão de pele infectada pelo stafilococus aureus isso quer dizer que a bactéria veio do exterior e está ali, naquela infecção, ou significa dizer que a bactéria já circulou na corrente sanguínea e se alojou naquele ponto do corpo? Ou ainda… Se a lesão da pele está infectada e é a pele que nos protege, isso significaria dizer que a bactéria já rompeu a primeira defesa do nosso organismo (a nossa pele) e já caiu na corrente sanguínea…?

  • Anielle83

    Bom dia Dr. Sou farmacêutica e o quadro do meu pai a cada me preocupa mais. Ele fez uma cirurgia da coluna e depois de 3 dias recebeu alta, foi para casa e depois de 5 dias começou com forte dores e febres. Voltou ao hospital e foi detectado que estava com infecção por Estafilococos Aureus. Está a 15 dias no hospital recebendo VANCO 1g/dia e até o momento não estamos vendo melhoras no exames de proteína C reativa e hemossedimentação. A questão é a seguinte, convém continuar com Vanco? o médico vai conversar com o infectologista, mas procuro informações por todos os lados, pois tenho um bom contato com o médico. Será que uma associação não seria mais recomendada? No antibiograma foi detectado resistencia apenas por clindamicina, eritromicina e penicilina, porém o q me assusta é q a cirurgia verte muita secreção e os exames estão muito irregulares. Gostaria de uma luz, alguma idéia, alguma sugestão por experiência clinica. Estamos bem aflitos, pois nao queríamos que fosse aberto novamente a cirurgia para uma limpeza, a recuperação cada vez fica mais complicada.

    AGUARDO CONTATO.

  • Anielle83

    Bom dia Dr. Sou farmacêutica e o quadro do meu pai a cada me preocupa mais. Ele fez uma cirurgia da coluna e depois de 3 dias recebeu alta, foi para casa e depois de 5 dias começou com forte dores e febres. Voltou ao hospital e foi detectado que estava com infecção por Estafilococos Aureus. Está a 15 dias no hospital recebendo VANCO 1g/dia e até o momento não estamos vendo melhoras no exames de proteína C reativa e hemossedimentação. A questão é a seguinte, convém continuar com Vanco? o médico vai conversar com o infectologista, mas procuro informações por todos os lados, pois tenho um bom contato com o médico. Será que uma associação não seria mais recomendada? No antibiograma foi detectado resistencia apenas por clindamicina, eritromicina e penicilina, porém o q me assusta é q a cirurgia verte muita secreção e os exames estão muito irregulares. Gostaria de uma luz, alguma idéia, alguma sugestão por experiência clinica. Estamos bem aflitos, pois nao queríamos que fosse aberto novamente a cirurgia para uma limpeza, a recuperação cada vez fica mais complicada.

    AGUARDO CONTATO.

  • Christian Fonseca

    Boa tarde Dr. Meu filho de 4 anos faleceu com sidrome do choque toxico, e os médicos disseram q mesmo c eles realizasem um exame de sangue ou outro a dois antes eles não identificaria a o q ele tinha. Meu filho estava com muita dor na barriga e chegou a vomitar sangue, isso na quinta-feira e eles não fizeram nenhum tipo de exame, alegavam q meu filho estava com virose. E 4 dias depois ele piorou e veio a obito. Tinha como identificar essa doença com exames?
    Desde ja obrigada, por favor me responda!

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Muito difícil julgar a conduta de outros médicos à distância e sem ter visto o caso. Teoricamente há como identificar a presença do estafilococos, mas fazer diagnóstico retrospectivamente é muito fácil. O problema é que os pacientes precisam do diagnóstico antes da doença se tornar muito grave.