Herpes zóster: causas, sintomas e tratamento

Foto do autor

Escrito por: Dr. Pedro Pinheiro

Atualizado em:
Tempo de leitura estimado do artigo: 6 minutos

O que é o herpes zoster?

O herpes zóster (HZ), conhecido popularmente pelos nomes cobreiro ou zona, é uma doença infecciosa provocada pelo vírus Varicella-Zoster (Human Herpesvirus-3 – HHV-3), o mesmo que causa a catapora (varicela).

Apesar de ser o mesmo vírus, tecnicamente o herpes zóster não é catapora. Os sintomas, a epidemiologia e as complicações são bem diferentes. É o mesmo agente infeccioso, mas não é a mesma doença.

O herpes zóster também não tem a ver com o herpes labial ou herpes genital. Os nomes são semelhantes e eles são causados por vírus da mesma família, Herpesviridae, mas herpes zoster e herpes são duas doenças completamente distintas.

Este texto abordará apenas o herpes zóster. Se você está à procura de informações sobre catapora (varicela), acesse o seguinte link: Catapora (varicela) – Transmissão, sintomas e tratamento.

Como surge o herpes zoster?

Quando somos expostos ao vírus Varicella-Zoster pela primeira vez, fato que ocorre habitualmente durante a infância, desenvolvemos catapora, que é uma doença que se caracteriza por febre e erupções avermelhadas por todo o corpo.

Após uma ou duas semanas de sintomas, o nosso sistema imunológico consegue criar anticorpos, controla a replicação do vírus e a doença desaparece espontaneamente.

O problema é que a cura dos sintomas não é necessariamente a cura do vírus.

Durante a fase inicial da catapora, o vírus invade as terminações nervosas da pele e migra até algumas cadeias de gânglios localizadas próximo à medula espinhal e ao cérebro, conseguindo, assim, permanecer “escondido” do sistema imunológico por períodos que podem durar décadas.

O paciente, portanto, cura-se da catapora, mas permanece infectado pelo vírus Varicella-Zoster pelo resto da vida.

Em geral, isso não é um problema, pois toda vez que o vírus tenta sair do seu “esconderijo” nos gânglios nervosos, o nosso sistema imunológico, que agora possui anticorpos específicos contra o vírus Varicella-Zoster, consegue impedi-lo. 

O paciente mantém o vírus encurralado, não apresenta sintoma e nem é capaz de transmiti-lo para outras pessoas.

Entretanto, a nossa batalha contra o Varicella-Zoster depende de um sistema imunológico forte. O vírus pode ficar décadas à espera de um evento que provoque enfraquecimento imunológico para voltar a se multiplicar.

Quando isso ocorre, a reativação do Varicella-Zoster não provoca um novo quadro de catapora, mas sim uma doença diferente, chamada herpes zóster.

Sintomas

Quando o vírus se reativa, ele faz o caminho inverso, viajando do nervo de volta à pele.

Herpes zoster
Herpes zoster – vesículas agrupadas

Ao chegar à pele, o vírus provoca as lesões típicas do herpes zoster: múltiplas vesículas (bolhas) avermelhadas, que ficam restritas a uma pequena zona do corpo, exatamente aquela que é inervada pelos nervos que “escondiam” o vírus.

A forma como as lesões do herpes zóster se agrupam, geralmente em “faixa” e nunca ultrapassando a linha média do corpo, é a característica mais importante para o diagnóstico da infecção.

Para entender o porquê da lesão pelo herpes zóster ter esse comportamento é preciso conhecer um pouco sobre a anatomia da medula espinhal e seus nervos. Explicaremos de forma simples.

A medula espinhal está conectada ao cérebro, possui mais ou menos 45 cm de comprimento e fica dentro da coluna vertebral. Ela vai da primeira vértebra cervical, lá em cima do pescoço, até a segunda vértebra lombar.

Ao longo da medula saem vários plexos de nervos periféricos para todo o corpo, que são responsáveis pela inervação de regiões específicas. Cada região do corpo que recebe um ramo dos nervos oriundos da medula é chamada dermátomo.

Dermátomos
Dermátomos

Cada vértebra lança um par de nervos, cada um inervando uma metade do corpo. A região do mamilo esquerdo e direito, por exemplo, são inervadas por um par de nervos que nasce na altura da 4.ª vértebra da coluna torácica (T4). Já a região do umbigo é inervada por nervos que nascem na altura da 10.ª vértebra torácica (T10).

Portanto, se o vírus Varicella-Zoster estiver escondido em gânglios próximos à raiz do nervo à esquerda da vértebra T10, por exemplo, quando houver reativação, ele viajará até a região do umbigo e causará erupções em uma faixa do abdômen que fica à esquerda do umbigo.

Dermátomo - herpes zoster
Dermátomo – herpes zoster

Na foto abaixo, é possível ver uma lesão de herpes zóster acometendo a região inervada por T1 e T2. Repare que a lesão é “em faixa” e termina exatamente na metade do corpo, já que apenas um par do nervo costuma transportar o vírus.

O dermátomo acometido pelo herpes zóster costuma apresentar sensação de queimação ou formigamento durante um ou dois dias antes das lesões surgirem. Também são comuns sintomas gerais de virose, tais como febre e mal-estar.

Quando o herpes zóster aparece, ele costuma começar como uma erupção bem dolorosa e avermelhada, evoluindo rapidamente para as típicas vesículas (bolhas). A região torácica, abdominal e lombar são as mais acometidas.

Zoster - Lesão em faixa que não ultrapassa a metade do corpo
Lesão em faixa que não ultrapassa a metade do corpo

Novas vesículas vão surgindo ao longo de 3 a 5 dias, geralmente aliviando após 7 a 10 dias, quando as bolhas secam e começam a formar crostas. As lesões e a dor podem demorar até um mês para desaparecem completamente. Em alguns casos, a lesão do zoster deixa cicatriz.

Ao contrário da catapora, que aparece apenas uma vez na vida, o herpes zóster pode recidivar sempre que houver uma queda da imunidade do paciente.

Para ver mais imagens das lesões de pele do herpes zóster, acesse o link: Fotos do herpes zoster.

Complicações

A nevralgia pós-herpética é uma complicação que se caracteriza pela permanência da dor no local acometido, mesmo depois de muito tempo da resolução da lesão. A infecção desaparece, mas a dor fica. Em alguns casos, a dor da nevralgia pós-herpética é tão intensa e contínua, que pode levar o paciente à depressão e à incapacidade física (leia: Neuralgia pós-herpética: o que é, sintomas e tratamento).

Habitualmente, o herpes zóster é autolimitado e acomete uma região pequena do corpo, geralmente só um dermátomo. Se após 7 a 10 dias ainda estiverem surgindo novas bolhas ou se o quadro estiver acometendo vários dermátomos em simultâneo, deve-se pensar na possibilidade de uma doença debilitante do sistema imunológico, como câncer ou AIDS.

A reativação do zóster na face pode ser perigosa, principalmente se acometer a área dos olhos, o que pode levar à perda da visão.

A síndrome de Ramsey Hunt é uma paralisia facial que ocorre pelo acometimento dos nervos faciais pelo herpes zóster. Também é comum nesta síndrome a ocorrência de labirintite.

Formas de transmissão

O paciente com zóster ativo é contagioso apenas para as pessoas que nunca tiveram catapora, ou seja, para aquelas que nunca foram infectadas pelo vírus Varicella-Zoster.

Quem nunca teve catapora, caso entre em contato com algum paciente com cobreiro, irá desenvolver catapora e não herpes zóster, pois a primeira é sempre a forma inicial de contaminação por esse vírus.

As lesões são altamente contagiosas e a transmissão do vírus se dá habitualmente através de mãos infectadas pelas lesões (basta coçar ou tocar na lesão para a haver risco de contaminação das mãos).

É bom reforçar que a doença herpes zóster em si não é transmissível. Ninguém desenvolve herpes zoster sem antes ter tido catapora.

Se você tem cobreiro e julga que nunca teve catapora na infância, o mais provável é que a sua catapora tenha sido tão branda, que ela passou despercebida ou foi confundida com qualquer outra virose comum.

O fato é que para ter herpes zóster, você precisa já ter o vírus Varicella-Zoster escondido no sistema nervoso. Ter contato com alguém com zóster não fará você tê-lo também.

As pessoas que já tiveram catapora ao longo da vida, ou que foram vacinadas, podem ter contato com pacientes com herpes zóster sem risco de desenvolver qualquer doença, pois elas possuem anticorpos contra o vírus Varicella-Zoster.

Fatores de risco

Como já referido, para ter herpes zóster é necessário já ter tido catapora em algum momento da vida. Até 20% dos pacientes com história de catapora na infância apresentarão pelo menos um episódio de cobreiro, que surge, geralmente, após os 50 anos. Entre os pacientes com mais de 85 anos essa taxa sobe para mais de 50%.

O herpes zóster surge quando há uma queda nas defesas imunológicas. Entre os fatores de risco podemos citar:

  • Idade acima de 50 anos.
  • Estresse físico ou psicológico.
  • Privação do sono.
  • Diabetes mellitus.
  • Câncer.
  • Quimioterapia.
  • Doenças crônicas.
  • Uso de drogas imunossupressoras.
  • HIV / AIDS.

Tratamento

Na maioria dos casos, o herpes zóster desaparece espontaneamente após alguns dias.

O tratamento com antivirais por via oral, como o Aciclovir, Valaciclovir ou Fanciclovir, está indicado para acelerar o processo. Esses antivirais são medicamentos que, se iniciados nas primeiras 72 horas de doença, diminuem a severidade, a duração e os riscos de complicações do herpes zóster.

As doses habitualmente usadas para tratar o herpes zoster são as seguintes:

  • Valaciclovir: 1000 mg três vezes ao dia por sete dias.
  • Fanciclovir: 500 mg três vezes ao dia por sete dias.
  • Aciclovir: 800 mg cinco vezes ao dia por sete dias.

Se a doença já tiver mais de 72 horas, mas ainda estiverem surgindo novas lesões, o tratamento com antivirais pode ser tentado.

Não há evidências de que antivirais tópicos, em creme ou pomada, sejam eficazes no herpes zóster.

Em alguns pacientes, a dor do herpes zóster pode ser intensa, e o uso de analgésicos está indicado. Há casos em que a dor é tão intensa, que é preciso lançar mão de opioides (derivados da morfina) para o controle.

Como a dor é de origem neurológica, medicamentos antidepressivos, como a Amitriptilina ou a Nortriptilina, ou anticonvulsivantes, como a Gabapentina ou Pregabalina, também podem ser usados para aliviar os sintomas, principalmente nos casos de nevralgia pós-herpética.

Leia também: Melhores remédios para diferentes tipos de dor.

Vacina contra herpes zoster

Nos últimos anos, a vacinação de crianças contra a varicela (catapora) foi adotada em muitos países e levantou a hipótese de ela também ser eficaz contra o herpes zoster.

As vacinas contra varicela e herpes zóster são basicamente as mesmas, mas para ser eficaz contra o herpes zóster, a vacina precisa ser, no mínimo, 14 vezes mais potente que a vacina contra catapora (i.e. possuir 14 vezes mais partículas virais).

Estudos recentes vêm mostrando que a vacina contra HZ é eficaz na população acima de 50 anos e reduz em até 70% o risco de um episódio de cobreiro.

Além de ser efetiva na prevenção, os pacientes que mesmo vacinados acabam desenvolvendo herpes zóster apresentam uma taxa de complicações bem mais baixa que a população não imunizada.

Portanto, como além de prevenir ela também reduz a incidência de complicações, a imunização com a vacina contra herpes zóster pode ser utilizada em pessoas com mais de 50 anos, mesmo que elas já tenham tido catapora ou mesmo herpes zóster em algum momento da sua vida.

Atenção: a vacina contra o herpes zóster, como qualquer outra vacina, serve para prevenção da doença, não para o tratamento.

Explicamos as vacinas contra herpes zoster com detalhes no artigo: Vacinas Contra Herpes Zoster (Shingrix e Zostavax).

Dúvidas comuns

Herpes zóster é contagioso?

Sim, mas apenas para pessoas que nunca tiveram contato com o vírus Varicella-Zoster. Que nunca teve catapora pode se infectar se tiver contato com algum paciente com herpes zóster. Porém, essa pessoa terá catapora e não herpes zóster, que é uma doença que surge apenas quando o vírus sofre reativação.

Quem já teve catapora antes não precisa se preocupar com um possível contágio, pois o sistema imunológico está preparado para impedir nova infecção.

Herpes zóster é perigoso?

O herpes zóster não costuma ser perigoso para indivíduos saudáveis, embora possa causar grande dor e desconforto durante a fase aguda da doença.

Qualquer pessoa com herpes-zóster na face, principalmente próximo dos olhos, por mais leve que seja, deve procurar atendimento médico devido ao risco de danos permanentes aos olhos.

Uma em cada cinco pacientes com zóster desenvolve neuralgia pós-herpética, um quadro de dor permanente mesmo após a resolução das lesões de pele.

Raramente, o herpes zóster pode provocar pneumonia, problemas auditivos, inflamação cerebral (encefalite) ou morte.

Existe herpes zóster interno?

Sim. Este quadro chama-se Zoster sine herpete.

O Zoster sine herpete é uma das manifestações clínicas atípicas do herpes zóster e deriva reativação do vírus varicella-zoster no nervo craniano, nervo espinhal, vísceras ou nervos autonômicos.

Pacientes com Zoster sine herpete apresentam neuralgia (dor de origem neurológica), porém, não manifestam as lesões de pele típicas do herpes zóster, o que torna o diagnóstico clínico bem difícil.

O Zoster sine herpete não só causa sintomas iniciais, como dor neuropática no nervo afetado, como também paralisia de Bell, síndrome de Ramsay Hunt, neuralgia pós-herpética e complicações potencialmente fatais, como encefalite ou acidente vascular cerebral.

Herpes zóster é uma doença autoimune?

Não, o herpes zóster é uma doença infecciosa que surge quando há algum enfraquecimento do sistema imunológico, mas não tem origem autoimune (para ler sobre as doenças autoimunes acesse: Doenças autoimunes: causas, sintomas e tratamento).

Herpes zóster pode ter origem emocional?

Traumas ou estresses psicológicos podem servir de gatilho para o surgimento do herpes zóster. Exemplos são perda do emprego, falecimento de familiares, vida profissional muito estressante, falta de sono adequado, etc.

Quanto tempo dura a dor do herpes zóster?

Na maioria dos pacientes, a dor dura de 2 a 4 semanas. Em alguns pacientes, porém, a dor pode levar até 3 meses para desaparecer completamente. Se após 90 dias não houver melhora, o paciente provavelmente apresenta um quadro de neuralgia pós-herpética.


Referências


Autor(es)

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Universidade do Porto e pelo Colégio de Especialidade de Nefrologia de Portugal.

Saiba mais

Artigos semelhantes

Ficou com alguma dúvida?

Comentários e perguntas

Deixe um comentário


135 respostas para “Herpes zóster: causas, sintomas e tratamento”

  1. Belina valadão
    Texto muito esclarecedor. Tenho 61 anos e Foi-me diagnosticado herpes zoster no início de setembro de 2023, no membro inferior esquerdo, Ainda faço tomas diárias de tramadol e lírica, tenho momentos de dor dilacerante que me dificulta o andar. Obrigada pelo seu texto, foi uma grande ajuda para compreender melhor uma coisa que me desvalorizam e me dizem “tem de aprender a viver assim” 🙏 bem haja.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado, Belina. Desejo-te melhoras.
  2. Jose Carlos silva
    Obrigado pelas claras informações sobre o assunto, foi muito útil.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado.
  3. ORTEMI
    Tenho 59 anos e tive diagnóstico de herpes zóster; seu esclarecimento superou a consulta presencial clínica médica unimed.
    *parabéns pelo excelente detalhamento da doença*
    Deus abençoe sua profissão!
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado, ORTEMI, fico feliz de saber que o texto ajudou a entender o problema.
  4. Sandra Lúcia Silva dos Santos
    Excelente as explicações!
    Qualquer pessoa consegue assimilar.
    Forma de conhecimento e prevenção.
    Parabéns!
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado, Sandra. Fico feliz de saber que o texto foi de fácil entendimento.
  5. Moacyr Moreira
    Excelente artigo, parabéns Dr pela clareza e didática apresentada!
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado, Moacyr.
      1. Paulo Dias
        Muito obrigado pelo esclarecimento Dr Pedro Pinheiro.
        Parabéns pela clareza e didática das informações.
        Que Deus abençoe o seu futuro.
  6. Jacinta de Almeida Martins

    Não. A explicação foi muito bem detalhada em todos os aspectos.Tenho 77 anos e estou passando por esta situação que realmente é bem dolorosa , incômoda e estressante mas as explicações dadas foram de grande valia.Obrigada por nos transmitir conhecimento sobre o que acontece com o nosso corpo ao longo da vida. No meu tempo de criança não existia vacina para estas doenças. e atualmente muito profissionais não nos dão nenhuma informação, apenas receitam a medicação e pronto e ficamos sem entender nada.

    A detalhação da doença foi muito esclarecedora.

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado, Jacinta. Fico muito contente de ver que o objetivo do site está sendo atingido.
  7. Ana Ferraz

    Maravilhosa explicação.

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado, que bom que ajudou.
  8. Giovanni Azevedo

    Muito obrigado pela explicação, tirou todas minhas dúvidas! Gratidão.

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado.
  9. Paulo Raimundo de Siqueira

    Muito interessante,gostei.

  10. Luciano

    Parabéns pela explicação, acho que com tal matéria as dúvidas foram sanadas.

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado. Fico feliz de ter ajudado.
  11. Francisca Idanésia da silva

    Excelente informação

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado!
  12. Correa

    Herpes zoster afeta os rins?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Não costuma.
  13. Leila Guimarães

    Boa noite, Dr. Pedro Pinheiro! Desde sábado, estou com dor nas costas que irradia para debaixo do seio. A noite a dor é bem mais intensa. Hoje um infectologista diagnosticou como Herpes Zortes, embora não tenha nenhuma erupção na pele. Foi receitado gapabentina, predsim e citoneurin injetável. Lendo seu texto, fiquei preocupada, pois não me foi prescrito nenhum antiviral. Sem a erupção da pele, não é necessário o antiviral? Ainda pode surgir a erupção na pele? Desde já agradeço sua atenção. Parabéns pelo texto.

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Se o médico acha que você tem Zoster sine herpete (herpes zoster sem as lesões de pele), o antiviral está indicado. Por outro lado, se ele achou que era uma neuralgia pós-herpética, realmente não precisa fazer antiviral. O ideal seria tirar essa dúvida com ele.
  14. Walquiria

    Herpes zóster causa manchas roxas e coceiras?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Não é o habitual.
  15. Sebastiana dos Santos Vicente

    Herpes na nádega qual é tratamento

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      É mesmo que está descrito no texto.
  16. Meu pai teve herpes zoster sarou, porém ele sente dores insuportáveis.

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Temos um artigo sobre neuralgia pós-herpética. Veja se ajuda: Neuralgia pós-herpética: o que é, sintomas e tratamento.
  17. Maria Aparecida Farias Holanda

    Coceira dolorosa pode seu um sintoma que vc pode ter herpes hoster??

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Sem as lesões típicas é pouco provável.
  18. Michel Marcos eloi

    Fui ao hospital, por fim constatado pela médica herpes zortes, novidade pra mim.

    Porém ao retornar ao trabalho descubro que mais pessoas estavam com os mesmos sintomas que o meu. Essa manifestação em outras pessoas no mesmo ambiente e normal ?? Achei muito estranho … Gostaria de saber se pode ser por conta de algum contato com algum produto

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Isso não é habitual. Só se for algo que esteja acometendo o sistema imunológico de várias pessoas no mesmo ambiente de trabalho.
  19. Ligia

    Olá dr

    Existe alguma relação entre a vacina de covid (pfizer) e esse monte de casos de zóster que estão acontecendo ultimamente

    Alguma ligação

    Estou com zoster

    Sou jovem e saudável

    Obrigada

    Obs: tomei 4 doses da vacina da Pfizer

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Não há nenhuma relação comprovada. Há estudos com mais de 2 milhões de pacientes e não foi encontrada nenhuma associação da vacina com o herpes zóster. Nos estudos, a incidência de zóster no grupo controle foi semelhante ao do grupo vacinado. O que ocorre é que como a vacina já foi administrada a bilhões de pessoas em todo mundo, é normal que várias pessoas vacinadas apresentem zóster, dado que é uma infecção comum. Mas ela ocorreria da mesma forma com ou sem vacina.
  20. Sonia Maia Rodrigues

    Dr

    Qual a relação entre herpes zoster e avc/infarto?

    Tenho 60 anos e estou com zoster pela primeira vez

    Lesão pequena, pouca dor

    Lesão nas costas

    Já estou medicada

    Tenho transtorno de ansiedade generalizada (TAG) e a pandemia tem sido difícil pra mim

    Existe essa relação?

    Fiquei preocupada:(

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro

      Raramente, o herpes zóster pode complicar e provocar encefalite ou AVC. Mas isso é bem raro e ocorre geralmente me pessoas com imunossupressão.

  21. Oswaldo Rodrigues de lima

    Agradecimento.

    Diante do conteúdo exemplificativo dos pós e contra a “Herpes Zoster´´ deixo nesta os meus sinceros agradecimentos. Desejando também que o criador do universo conti nue iluminando as suas mentes cada vez mais, bem como dando-lhes longos anos de vida com saúde e alegria, que seja extensiva a todos os que lhes cercam.

  22. Aureo

    Dr. Pedro, parabéns pelo conteúdo esclarecedor.

    Tenho 37 anos, e surgiram as tais bolhas na minha panturrilha direita, característica da HZ. Entretanto, sinto queimar a região da panturrilha, uma leve dor na região superior e interna da coxa (virilha) lembrando uma hérnia e também dores na sola do pé. Todos os sintomas estão na perna direita.

    Creio que estou tendo a doença em virtude de esforços físicos intensos, o que causou baixa imunidade.

    Estou tratando com Aciclovir comprimido e creme, também associando uma medicação para dor.

    Mais uma vez, parabéns pelo rico conteúdo, Dr. Pedro!

  23. Nara

    PARABÉNS PELA PUBLICAÇÃO DESSA MATÉRIA DOUTOR PEDRO!!! Muito esclarecedora… Estou com HZ do lado esquerdo das costas , mas só descobri lendo a sua matéria. Nunca imaginaria herpes nas costas aff. Achei que fosse urticária e estava tomando antialérgico. Meu marido comentou que parecia herpes mas sem saber tb. E quando jogamos no google (herpes nas costas) só para ver se existia, veio a sua matéria e as fotos. Amanhã já estarei indo buscar o tratamento devido. MUITO MUITO GRATA! QUE DEUS TE ABENÇOE SEMPRE!

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Fico feliz de saber que ajudei. Esse é o objetivo do site, trazer conhecimento aos pacientes.
  24. Alessandra

    Excelente explicação e de fácil compreensão para a população em geral! Meu esposo está tendo o primeiro episódio de HZ. Ele tem 52 anos, super saudável, surfa, se exercita diariamente, alimenta-se frugalmente, não tem nenhuma doença imunossupressora e inicialmente pensamos que foi um “mal jeito” que ele deu limpando o carro ou malhando pois as dores na região da costela foram incapacitantes e duravam 24h por dias. Depois apareceram lesões que inicialmente pareciam picadas de aranha…mas se alastraram e ficaram horríveis! Talvez pq colocávamos compressa fria, quente, tiger balm….enfim…até descobrirmos que era Shingles!!!! Ele deve tomar a vacina assim que melhorar das lesões. Mas ainda não entendemos o que deprimiu seu sistema imunológico e permitiu que o vírus agisse. Alguma hipótese nesse caso? Nosso corpo é uma caixinha de surpresas por isso aproveite cada minuto que está saudável hehehehe obrigada pela matéria!

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Às vezes a causa não é muito clara. Podem ser coisas bobas, até excesso de exposição solar ou esforço físico exagerado.
  25. Miriam Ramos

    Ola Dr Pedro. A melhor matéria que já li até agora sobre HZ. Iniciei tratamento em 19/07 com aciclovir 800 a cada 4 hs e passei muito mal , e fui para VALACICLOVIR por 7 dias. Hj já perto de completar a mês continuo tomando aciclovir 400 a cada 6 HS. As lesões estão sequinhas pode sinto choques, dores, coceira, muito incômodo ao ponto de não vestir ainda roupa. Vejo muita desinformação na clínica família sobre a doença. Qual médico procurar para saber se estou curada? Neurologista? Dermatologista? O senhor indica algum especialista em HZ aqui no Rio de Janeiro? Estou perdida… Confusa… E triste com meu quadro que não passa… Muito obrigada. Miriam Ramos. Obs: lesões virilha, vulva, coxa , quadril e nádega direita. Dói muito😭😭

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Se as lesões secaram, mas você continua sentindo dor, isso pode ser neuralgia pós-herpética. O ideal era ser avaliada por um neurologista.
  26. Wanda Lúcia Guedes dos

    Quero agradecer pela matéria que me foi muito esclarecedora.

    Acabei de tratar a Herpes, tenho sentido muita dor e espero qur passe logo.

    Gratidão

  27. Jaqueline

    Parabéns!! Dr. Pedro, achei muito esclarecedora sua matéria.

    Tenho um idoso sob meus cuidados ele tem essa Herpes Zóster…

    Aparece somente nos glúteos, ele tem sempre um mal estar quando as bolhas aparecem…

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      É comum haver mal-estar nas exacerbações.
  28. Maria

    Meu pai já teve herpes zoster e sofreu demais. Essa matéria foi completa até hoje ainda explicou nos mínimos detalhes. Parabéns

  29. Morgana

    Somente agradecer por uma matéria tão completa, mesmo para leigos no assunto. Muito grata.

  30. MARIA NOÊMIA ABBUD

    Boa noite! Tive herpes zoster há dois meses. Posso tomar a quarta dose da vacina Covid-19 quando? Obrigada

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Se tem dois meses que você está curada, já pode tomar.
  31. Sandra Meneses

    Quero parabenizar Dr Pedro Pinheiro! Matéria muito esclarecedora, completa pois explica tudo até a medula e os nervos, seu surgimento!

  32. Onde encontro a vacina contra varicela, também conhecida por catapora?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Centro de saúde, farmácias ou clínicas privadas.
  33. Maria paula Marques Barroso

    Posso apanhar sol depois de ter tido zona?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Pode, mas passe bastante protetor 50 na área onde estavam as lesões.
  34. Afonso Eustaquio de Oliveira

    Dia 20/05/2022 vai completar 1 ano q estou sentindo DORES AGUDA proveniente do Herpe Zoster. As dores são na testa na vista na cabeça, lado direito.

    Já consultei com 2 dermatologista, um clínico, 1 oftalmologista, 1 neurologista e um Geriatrico.

    Todos falam a mesma língua sobre o tratamento. GABAPENTINA 300mg.

    Eles estão certos ou estou louco.

    Sinto dores 24hs.

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Gabapentina é uma das opções de tratamento da neuralgia pós-herpética. A dose pode ir até 600 mg 3x por dia (com elevação lenta da dose ao longo de várias semanas). Mas há outras opções de tratamento, caso a gabapentina não funcione. O ideal é procurar um outro neurologista ou um médico especializado em dor crônica.
  35. Patrick
    Dr Pedro Pinheiro, em primeiro lugar venho te dar os parabéns pelo texto totalmente autoexplicativo com bastante informações sobre o assunto. Também lhe dou parabéns pela sua paciência com as várias pessoas que parecem que não leram nada do seu texto e mesmo assim o senhor às respondeu. Li todo o texto, achei interessantíssimo o modo como a doença atua, eu não sabia dessas informações, são ótimas irei repassar para todas a pessoas quanto possível quando eu tiver oportunidade. Só não vi nem no seu texto nem em outros sites dizendo se pode estourar as bolhas (com uma agulha desinfetada) e efetuar a assepsia do local (com povidine ou algum outro bactericida) e remover o líquido, que pelo que li é exatamente onde o vírus fica e infecta outras pessoas. Estou tomando aciclovir 3X ao dia e passando o creme de 4 em 4 horas. Também tenho outra dúvida, uma criança de 3 anos que tomou a vacina corre o risco de pegar catapora, vi no seu texto que diz que não há risco, mas tem uma outra parte do texto que diz que somente em pessoas que já tiveram catapora. Fico no aguardo e desde já agradeço pela sua disponibilidade e sua ótima vontade em ajudar às pessoas. Quanto à pessoa que o criticou é uma insensata, pois pelo que li o senhor respondeu praticamente à todos. Parabéns Dr, o senhor é um exemplo para outros médicos.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Não, não pode romper as bolhas, pois há risco de infectar o local com bactérias da pele.
  36. Edinardo Lima
    Parabéns, Dr. Pedro Pinheiro pelo texto esclarecedor!!! Fiquei com sequelas nevrálgicas que permanecem há quase um ano. Tomei os medicamentos indicados em seu artigo, mas não obtive uma melhora significativa. Existe algum tratamento novo para essas sequelas? Obrigado!
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Tem alternativas, mas você precisa ser seguido por um neurologista ou um médico especializado em dor.
      1. Ana antão
        Boa tarde!É possível ter herpes zoster no interior do corpo? Sem ser na pele?
        1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
          Dr. Pedro Pinheiro
          O vírus da varicela pode causar lesões no fígado, pulmões e sistema nervoso. Essas complicações são mais comuns nos pacientes imunossuprimidos.
  37. volcano
    A ausência de dor pode sugerir que não seja herpes zoster? pode ser confundida com psoríase ou com urticária?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      É bem diferente de psoríase e urticária, é difícil confundir.
  38. volcano
    Parabéns Dr Pedro,excelente texto,muito esclarecedor,fiquei sabendo mais por aqui ,do que com meu médico que apenas olhou e receitou um antiviral.Fui diagnosticado com herpes zoster,tenho 60 anos,durmo pouco e passei por um período de stress recente.Me acometeu o lado esquerdo do pescoço,na parte superior esquerda das costas e no couro cabeludo,bem no centro,logo acima da nuca.Bolhas duras,com coceira,mas para espanto até do meu médico e sorte minha,sem dor alguma.Já estou a 7 dias.e parece que começou a secar.Dúvida: se eu coçar e tocar outra parte do corpo há risco das lesões se espalharem? há alguma pomada ou creme que possa acelerar a cura,além dos antivirais? Obrigado.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não, não espalha assim não. Mas o coçar pode ferir e aumentar o risco de infecção da lesão por bactérias.
  39. Leandro Silva
    Fui diagnosticado com herpes zoster(no lado direito do rosto), porém sou portador do vírus HIV, isso quer dizer que o Aciclovir não vai fazer efeito no meu organismo já que também tomo o remédio para o tratamento do HIV?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não, significa que provavelmente o aciclovir tem que ser feito por via intravenosa no seu caso. Procure o seu médico.
  40. Gabriel
    Eu tenho visto algumas pessoas tomaram esta vacina para aliviar Herpes I e II. Segundo elas melhoraram bastante as crises. Teria verdade nisso?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Eu fui pesquisar e encontrei apenas um único estudo, pequeno e de baixa qualidade, que mostrava que a vacina contra zoster pode prevenir crises de herpes simples. É muito pouco. Além disso, nem o próprio laboratório produtor da vacina, que seria o principal interessado em divulgar essa descoberta, faz qualquer menção a esse assunto. Portanto, no momento, não existem evidências de que a vacina contra o vírus da catapora tenha qualquer efeito contra o vírus da herpes.
  41. dominga Alves custodio
    Dr. Meu pai teve herpes zoastes nasceu as bolhas ele tomou o aciclovir as bolhas secaram ficou a cicatriz, mas o problema é a dor que ele sente não para um minuto, outro sintomas é que no local que passou as bolhas eta bastante sensível ele não consegue nem triscar na pele doí muito. Ele tem 75 anos os medicos nao passa nada somente o aciclovir e a dor não passa o que devo fazer?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Ele pode tomar analgésicos. E há também medicamentos pra dor do tipo neuropática, que ajudam nesses casos. Tem que conversar com o médico dele.
  42. Reinaldo Kramer
    Dr, a dor pode ser intermitente, e tbm não apresentar erupções na pele ?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não costuma ser assim. Herpes zoster que não causa lesões na pele é pouco provável.
  43. Su Reis
    Ótimo texto. Que creme usar para eliminar as manchas causadas pelo herpes zoster? Agradeço a atenção.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não há muito o que fazer, pois na maioria dos casos as manchas são cicatrizes. Se você procurar um dermatologista, ele deve conseguir amenizar bastante as lesões. Mas não vai ser com uma simples pomada.
  44. Alessandro Belluzzi
    Melhor texto que pesquisei sobre esta doença viral, me esclareceu muitas dúvidas; parabéns Dr.!
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Obrigado, fico feliz de ter ajudado.
  45. antónio lopes
    Boa noite, desde já os meus parabéns pelos seus esclarecimentos.
    Como pergunta, gostaria de saber se existem algumas restrições sobre o banho, ou seja, se algum gel de banho ou shampoo é mais indicado, ou se devem evitar-se os banhos.
    Obrigado
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode tomar banho normalmente. Sabão neutro é sempre melhor.
      1. antónio lopes
        Muito obrigado pelo seu esclarecimento.
        É daquelas doenças bem chatas.
        Nada a fazer, resta esperar.
        Bem haja
  46. vagner
    boa noite,
    Herpes zostes, causa coceiras?
    Estou com manchas parecidas, mas não tem dor só muita coceira, ja fui diagnosticado com escabiose, alergia, e por ultimo herpes zostes, fiz os trez tratamentos. E nenhum deu resultado.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não é comum. O sintoma habitual dor herpes zoster é dor.
  47. Edgar santos
    Eu tenho 30 anos e tenho herpes zoste tenho pequenas manchas vermelhas que parte do pescoço até ao peito eu já estou a tomar alguns comprimidos.
    O que eu gostava de saber era o que devo fazer para não infectar as minhas filhas e mulher.
    Elas só ficam infectadas se tocarem ou podem ficar se eu dar um beijo ou um carinho você compreende.
    Obrigado pelo seu tempo.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Se todas elas já tiveram catapora, não há risco de contaminação, pois o vírus é o mesmo.
  48. uda frança
    Excelente o texto. Contribui muito para os leigos e também para os profissionais de saúde de modo geral. Entretanto, sugiro incluir como o vírus herpes zostes hoje surge em alguns casos. Ou seja, em alguns casos há modificação, dores intensas por dias e no final é que aparece as bolhas. Estou passando por isso. Há mais de 2 meses que fazia exames sem identificar o que era a dor intensa na região do tórax. Agora aguardo resultado do exame de sorologia viral de herpes zortes. A dor continua
  49. Andriele Braga
    Pelo que entendi a doença afeta apenas uma faixa do corpo, devido a inervação, porém na colega acarretou em locais diferentes. O que me diz disso doutor?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode ocorrer em mais de um lugar, mas sempre respeitando a linha média do corpo.
  50. Sarah cintia
    Oi meu irmão está com isso, é estou muito preocupada pois o sistema imunológico dele está baixo. Ele sente muita dor e está tomando muito remédio. Oq fazer?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Se já está tratando, só resta ter paciência. Vai melhorar com o tempo.
  51. Vanessa Dirbone
    Meu pai recentemente teve herpes zoster em um lado peito, ele ainda pode se vacinar? A Doença pode voltar?

    O herpes zoster apareceu após uma cirurgia, isso é comum?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não adianta vacina agora.
      Sim, a doença pode voltar toda vez que ele tiver alguma redução do sistema imunológico, como por exemplo, um trauma cirúrgico.
  52. Darlene Dantzger
    Que especialidade médica pode diagnosticar essa doença?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O diagnóstico é bem fácil. O especialista é o dermatologista, mas qualquer médico com boa formação clínica sabe identificar um herpes zoster.
  53. Ana Cícera Alves
    Bom dia! Meu afilhado de 14 anos tem umas bolhas, caroços..sei lá, no pé direito. Já tem algum tempo, porém, não acaba, diminui depois volta a parecer, coça, deixa a pele da região afetada esbranquiçada. E não me recordo se ele já teve catapora. Poderia ser sintoma dessa herpes zoster?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não costuma ser assim. Ele já foi a um dermatologista?
      1. Ana Cícera Alves
        Não. Não foi ao dermatologista ainda, pelo simples fato de pensar ter sido uma picada de inseto (alergia da picada).
  54. Bety Asfora
    Gostei muito do seu esclarecimento sobre HZ! Meu marido há 2 dias com dores mas só hj apareceram as bolhas! Já começou o tratamento e agora a noite está com muita dor e foi indicado pelo médico da urgência, Dipirona de 1g. Obg!
  55. isabel
    querida Elizabet muito boa a sua pergunta para o Dr Pedro eu sou uma cuidadora de uma senhora de 101 anos vc imagina
  56. isabel
    pode dar em criança??/
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode, mas não é comum.
  57. Adriana
    O que posso usar para aliviar a queimação das feridas de herpes zoster Doutor?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Se analgésicos comuns não forem suficientes, há medicamentos específicos que funcionam bem para a dor do herpes zoster. Procure um médico para ele possa prescrevê-los.
  58. Viviane Lopes
    Qual tipo de especialização médica devemos procurar no caso de sintomas como esses?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dermatologista.
  59. Valeria Ferreira
    Muito esclarecedor, parabéns, o medico deu diagnostico de herpes zoster mas passou antialérgico para o meu marido tomar e eu achei muito estranho, pois não vi em lugar nenhum a indicação de antialérgico, e sim antiviral.
  60. Fernando Franco
    Parabéns. Excelente site formativo e informativo …
  61. Maria edarda
    Quais o medicamentos para esa doença isso cura ??
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O texto tem uma seção só sobre tratamento.
  62. Luciene Da Cruz Braz
    Bom dia Dr ,essa lesão pode dar no dedo do pé ,pois estou com esses sintomas e já pesquisei
    muito e os sintomas só se encaixam no Zóster
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Até pode, mas não é o habitual.
  63. André Barbosa
    Bom dia Dr.
    O uso do aciclovir pomada nas lesões, ajuda no tratamento do zóster?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Não, tem que ser em comprimido.
  64. Maria Flor
    Prometo voltar e explorar todo site. Obrigada!!!
  65. Maria Flor
    Magnanimidade, são bem poucos profissionais que a detém. Parabéns Dr. Pedro. E, Continue por favor…O povo necessita.
  66. Maria Flor
    Obrigada! Pelo seu precioso tempo…O povo realmente precisa de esclarecimentos à cerca da própria saúde.
  67. Clara
    Uma pessoa com herpes zoster que trabalha com crianças precisa, em media, ficar quando tempo sem trabalhar?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Até todas as bolhas virarem crostas. As lesões têm que estar secas.
  68. Paula
    Meu marido está com herpes zoster e temos uma bebê de 5 meses. Existe a possibilidade dela pegar catapora se entrar em contato com o pai?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Sim, existe.
  69. Ingrid Peace
    Parabéns, muito esclarecedor.
  70. Eduardo pelaes
    A cada 25 perguntas, o senhor responde uma. Desculpe, Pedro, mas o site/blog nao esta tendo caráter social… So publicitário…
    1. Avatar de Pedro Pinheiro
      Pedro Pinheiro
      Que tal ler as regras do site para entender os critérios e as mudanças do sistema de comentários? Que tal entender como funciona o site antes de criticar? E as centenas de textos que eu já escrevi não servem para nada só porque eu não tenho tempo para responder todas as perguntas que chegam? Você conseguiria responder 200 perguntas por dia?
  71. amanda barata
    Olá dr., tive herpes zóster por 3 vezes no mesmo local ( parte de cima da coxa direita)e gozo de boa saúde. É normal este episódio se repetir tantas vezes e exatamente no mesmo local?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Normal é não ter herpes zoster. Algum você deve estar tendo para ter tantas crises. Nem que seja muito trabalho ou estresse.
  72. Carlos
    por favor doutor, essa doença tem cura?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Depende do seu conceito de cura. O texto explica isso.
  73. Jessika Barros Venancio
    Obrigada DR Pedro, vamos marcar um medico aqui em SP, que pena que voce mora tão longe. Risos. Quanto ao Aciclovir, ela quer saber qual deve tomar de quantas mg e a posologia.?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Lamento, mas não prescrevo nem indico tratamentos pela internet.