Artigo atualizado em 11/07/2014

H.PYLORI (Helicobacter pylori) | Sintomas e tratamento

O Helicobacter pylori, mais conhecido por H.pylori (diz-se agapilori), é uma bactéria que vive no nosso estômago e duodeno, sendo responsável pela mais comum infecção bacteriana crônica em seres humanos. O H.pylori tem sido reconhecido em todas as populações do mundo e em indivíduos de todas as idades. Estimativas conservadoras sugerem que mais 50% da população mundial possui o estômago colonizado por essa bactéria.

Neste texto vamos abordar os seguintes pontos sobre o H.pylori:

  • O que é o Helicobacter pylori.
  • Como se pega o H.pylori.
  • Doenças causadas pelo Helicobacter pylori.
  • Sintomas do H.pylori.
  • Diagnóstico do Helicobacter pylori.
  • H.pylori e câncer do estômago.
  • Tratamento do H.pylori.

O que é o Helicobacter pylori?

O H.pylori é uma bactéria que possui a incrível capacidade de sobreviver em um dos ambientes mais inóspitos do nosso organismo, o estômago, que apresenta um meio extremamente ácido, com um pH inferior a 4. A acidez do estômago é um dos mecanismos de defesa do nosso organismo contra as bactérias que são ingeridas junto aos alimentos. Poucos são os seres vivos que conseguem sobreviver em um ambiente tão ácido. Porém, o H.pylori apresenta alguns “truques” evolutivos que permitiram a ele se adaptar a um meio tão hostil. A bactéria produz substâncias que neutralizam os ácidos, formando uma espécie de nuvem protetora ao seu redor, permitindo que a mesma se locomova dentro do estômago até encontrar um ponto para se fixar. Além desta proteção, o H.pylori consegue ultrapassar a barreira de muco que o estômago possui para se proteger da própria acidez, aderindo-se à mucosa, área abaixo do muco, onde a acidez é bem menos intensa. Portanto, além de produzir substâncias contra a acidez, o H.pylori consegue penetrar no estômago até locais onde o ambiente é menos agressivo.

Como se pega o Helicobacter pylori?

O modo de contágio do H.pylori ainda não é plenamente conhecido. Sabemos que a transmissão pode ocorrer de uma pessoa contaminada para uma pessoa sadia através do contato com vômitos ou fezes, este último geralmente sob a forma de águas ou alimentos contaminados.

Os seres humanos parecem ser o reservatório principal da bactéria, no entanto, o H.pylori já foi isolado em outros primatas, ovelhas e em gatos domésticos, sugerindo que a transmissão destes para os seres humanos possa ocorrer.

A água contaminada, principalmente nos países em desenvolvimento, costuma servir como uma fonte de bactérias. O H.pylori consegue permanecer viável na água por vários dias. Nos países ainda sem saneamento básico universal, a maioria das crianças é infectada antes dos 10 anos e a prevalência na população adulta chega a ser maior que 80%. Nos países desenvolvidos, como Estados Unidos e na Europa, a contaminação em crianças é incomum, porém a transmissão na vida adulta é frequente, onde mais de 50% da população acima de idade 60 anos encontra-se infectada.

Quando um membro da família se infecta com o Helicobacter pylori, o risco de transmissão para os filhos e conjunge é altíssimo. Esta transmissão é comum mesmo em casas com boas condições de higiene, o que coloca em dúvida se a transmissão ocorre sempre pela via fecal/oral. A transmissão através da saliva ainda não está comprovada. O H.pylori pode ser encontrado na boca, principalmente nas placas dentárias, porém, sua concentração parece ser baixa demais para haver transmissão. Um dado que fala contra esta forma de transmissão é o fato de dentistas não apresentarem maiores taxas de contaminação do que outros profissionais que não lidam constantemente com saliva e placas bacterianas.

Doenças causadas pelo Helicobacter pylori

Como já foi referido no início deste artigo, o H.pylori costuma se alojar na parede do estômago, logo abaixo da camada protetora de muco. Essa camada é essencial para proteção do estomago, impedindo que o ácido clorídrico agrida a sua mucosa. O problema é que o H.pylori produz uma série de enzimas, algumas delas diretamente irritantes para as células do estômago, outras ativas contra a camada de muco, tornando-a mais fraca, deixando a parede do estômago desprotegida contra o conteúdo ácido. Estas ações provocam inflamação da mucosa do estômago, levando à gastrite e, alguns casos, à formação de úlcera péptica (Leia também: GASTRITE E ÚLCERA GÁSTRICA) e até de tumores

Resumindo, a presença do Helicobacter pylori causa lesão no estômago e no duodeno, estando, assim, associado a um maior risco de:

- Gastrite.
- Duodenite (inflamação do duodeno).
- Úlcera do duodeno.
- Úlcera do estômago.
- Câncer do estômago.
- Linfoma do estômago (linfoma MALT).

Sintomas do H.pylori

A grande maioria dos pacientes contaminados pelo H.pylori não apresenta nenhum tipo de sintoma ou complicação. Há cepas da bactéria mais agressivas e há cepas mais indolentes, o que explica, em parte, a ocorrência de sintomas apenas em poucas pessoas contaminadas. É importante salientar que o Helicobacter pylori em si não causa sintomas. Os pacientes contaminados com H.pylori que apresentam queixas o fazem pela presença de gastrite (leia: SINTOMAS DE GASTRITE) ou úlceras pépticas provocadas pela bactéria. Nestes casos, os sintomas mais comuns são:

- Dor ou desconforto, geralmente tipo queimação e na parte superior do abdômen (leia: DOR ABDOMINAL | Principais causas).
- Sensação de inchaço na barriga.
- Saciação rápida da fome, geralmente depois de comer apenas uma pequena quantidade de alimento.

Estes sintomas recebem o nome de dispepsia. Leia: SINTOMAS DO ESTÔMAGO | DISPEPSIA.

No caso de úlceras, os seguintes sinais e sintomas também são comuns:

- Náuseas ou vômitos.
- Fezes escuras.
- Anemia (leia: ANEMIA | Sintomas e causas).

Úlcera no estômago por H.pylori

Se o paciente não apresenta gastrite nem úlceras, a simples presença do H.pylori não pode ser responsabilizada por sintomas como dores estomacais. Apenas como exemplo, estudos mostram que somente 1 em cada 14 pacientes com queixas de queimação estomacal, sem gastrite ou úlcera documentadas na endoscopia, apresentam melhora com o tratamento para o H.pylori.

O H.pylori também parece ser responsável pelo aparecimento de aftas recorrentes em alguns pacientes (leia: AFTA | CAUSAS E TRATAMENTO ), mas esta associação ainda não está comprovada.

Diagnóstico do Helicobacter pylori

Atualmente existem vários métodos para se diagnosticar a presença da bactéria H.pylori. Entretanto, mais importante do que diagnosticar a bactéria é saber em quem se deve pesquisar a sua presença. Como em alguns locais até 90% da população apresenta-se contaminada pela bactéria, os testes serão positivos em quase todo mundo. Portanto, não faz sentido solicitar pesquisa de H.pylori em pessoas sem queixas específicas.

Antigamente a pesquisa do H.pylori era feita somente com endoscopia digestiva, através de biópsias do estômago. Hoje em dia há testes não invasivos, através das fezes, sangue ou da respiração. Porém, nos pacientes que se queixam de dores estomacais, a endoscopia é importante para avaliar o estado do estômago, servindo também para o diagnóstico de gastrites, úlceras ou tumores. Por isso, muitos dos diagnósticos de Helicobacter pylori ainda são feitos pela endoscopia digestiva, através a biópsia e do teste da urease. Os testes não invasivos acabam sendo mais utilizados após o tratamento, como forma de confirmar a eliminação da bactéria.

Pacientes com menos de 55 anos, que apresenta queixas de queimação estomacal, sem sinais que possam indicar um tumor ou úlceras ativos (sangramento, anemia, saciedade precoce, perda de peso inexplicada, vômitos recorrentes, história familiar de câncer gastrointestinal…) podem ser submetidos a um teste não invasivo, visando tratamento caso sejam positivos para H.pylori. A endoscopia fica indicada apenas se não houver melhora dos sintomas com o tratamento.

Helicobacter pylori e câncer do estômago

Sabemos que a maioria da população encontra-se colonizada pelo H.Pylori, porém, apenas uma pequeníssima parte desenvolve câncer de estômago. Logo, podemos concluir que o H.pylori aumenta o risco de câncer, mas não é o único fator. Portanto, não está indicado tratamento contra o Helicobacter pylori para todo mundo que tenha a bactéria. Apenas os pacientes com história familiar de câncer gástrico devem se preocupar com a presença assintomática do H.pylori. Nestes, mesmo que o paciente não apresente nenhum sintoma, indica-se a pesquisa da bactéria e o tratamento visando erradicá-la.

O H.pylori está relacionado ao surgimento de um tipo específico de linfoma do estômago, chamado de MALT. A relação é tão forte que o tratamento deste tumor é feito com antibióticos e a erradicação da bactéria leva à cura desta neoplasia.

Tratamento do H.pylori

Recentemente as indicações para tratamento do H.pylori foram expandidas, englobando grupos que até pouco tempo atrás não eram habitualmente tratados. As atuais indicações para tratamento do Helicobacter pylori são:

- Gastrite.
- Úlcera gástrica e/ou duodenal.
- Linfoma MALT gástrico.
- Parentes de primeiro grau de pacientes com câncer gástrico.
- Anemia por carência de ferro sem causa aparente (leia: ANEMIA FERROPRIVA | Carência de ferro).
- Púrpura trombocitopênica idiopática (leia: PÚRPURA TROMBOCITOPÊNICA IDIOPÁTICA (PTI)).
- Pacientes em terapia de longo prazo com anti-inflamatórios, que têm sangramento gastrointestinal e / ou úlcera péptica.

O tratamento para o H.pylori é habitualmente feito com 3 drogas por 7 a 14 dias com:

- Um inibidor da bomba de prótons (Omeprazol, Pantoprazol ou Lanzoprazol) + dois antibióticos, como Claritromicina e Amoxacilina ou Claritromicina e Metronidazol.

Após 4 semanas do fim do tratamento, o paciente pode realizar os testes não invasivos para confirmar a eliminação da bactéria.

Reinfecção pelo H.pylori

Ao contrário do que se pensava antigamente, a reinfecção pelo H.pylori após o tratamento correto e bem sucedido é pouco comum. Em geral, quando o paciente é tratado, e tempos depois descobre que ainda tem a bactéria, é porque o tratamento não foi bem sucedido e não levou à completa erradicação do H.pylori.

O risco de reinfecção é maior em áreas com saneamento pobre e águas impróprias para consumo ou banho.

H.pylori e cirurgia bariátrica

Apensar de ainda não haver um consenso, a maioria dos médicos solicita uma pesquisa de H.pylori – e o trata em caso de resultado positivo – para os pacientes obesos que serão submetidos à cirurgia bariátrica.

Esta conduta parece diminuir os riscos de lesões do estômago, como úlceras, no pós-operatório.

Vérsion en español:  H. PYLORI (Helicobacter pylori) | Síntomas y tratamiento

Publicidade

Comentários

  1. Giovane Baia diz

    Olá dr, gostaria de saber se doenças no estômago podem provocar outros sintomas como por exemplo, dor de cabeça

  2. salete ap. segalla diz

    Dr boa noite!
    meu medico disse pr eu tomar os antibióticos de 12 em 12 hs.
    Qual seria o melhor horario pr esses dois que são mais fortes?
    Os outros eu sei. Desde ja agradeco.

  3. juliana duarte diz

    quem fez a endoscopia a 6 meses ja pode começar o tratamento de h.pylori,ou precisa repetir a endoscopia outra vez antes de começar.

  4. Liege Gissei diz

    Parabéns !!!! Texto com informações claras. sou uma paciente com reincidência desta bactéria , estou em tratamento. Meu pai foi diagnosticado com cancer no estômago e esofago, o mesmo faleceu no último fevereiro.A médica que esta me acompanhando disse para eu me preocupar e me cuidar, já a médica da minha irmã disse que como foi descoberto a do meu pai aos 66 anos e ele levou uma vida desregrada, nós não precisamos nos preocupar pois levamos uma vida sem bebidas alcoólicas nem tabaco, e agora !!! Devemos nos preocupar ?

  5. Adriane Lobato diz

    Dr. Pedro, parabéns pelo site. Agradeço também, porque me ajudou muito. Abs e sucesso.

  6. Barbara diz

    Estou com gastrite e tenho o H. pylori. Tenho tido muitos refluxos e eles tem me deixado rouca (sou cantora). Tratando o H. Pylori os refluxos vão parar? Tenho tomado omeprazol como fui orientada pelo médico, mas não houve nenhuma melhora.

  7. Fábio diz

    Porque o cônjuge não é tratado também no caso de h. Pylori positivo se a contaminação é tão fácil?

  8. Priscila Alves diz

    Boa tarde Dr Pedro,meu exame de endoscopia deu Gastrite Enantemática Discreta porém a urease deu negativo como interpreto esse resultado? É gastrite ou não?

  9. _Robson_Ehmke diz

    O Tratamento com Antibióticos podem Afetar as Bactérias que são Benéficas para o nosso Organismo? E pode Fazer com que elas (bactérias benéficas) não se instalem novamente no nosso Aparelho Digestivo?

  10. Lucimar Martins Borges diz

    Depois de usar o coquetel de medicamentos ,para tratar H pylori ,ela pode voltar ???

  11. Viviane Antunes diz

    olá hoje fiz uma endoscopia e descobri que tenho hérnia hiatal por deslizamento de pequeno porte
    e gastrite endoscópcia enantematosa leve do antro com bactéria
    ai o médico me receitou esomex 20 mg esse remédio trata da bacteria também…..obrigada

  12. Dulci Hansen diz

    Boa Noite! Dr. Pedro, estou com a bacteria, tenho muito refluxo e apneia do sono,
    a causa pode ser a bacteria?

  13. janaina diz

    boa noite DR PEDRO estou com a bactéria gostaria de saber se trasmite pelo beijo? desde já agradeço.

  14. alisson oliveira diz

    boa noite Dr Pedro. minha mãe estar com inflamação no fígado e tem essa bactéria, tem alguma ligação

  15. Wallyson Araujo diz

    Doutor, na minha endoscopia deu gastrite aguda moderada pré-pilórica e teste de urease deu positivo. O que isso significa ? Estou preocupado!

  16. Menezes diz

    Dr. Pedro, acho que você já me operou uma vez no Hospital Pedro Ernesto em Vila Isabel. Onde você fez seu sua residência médica, foi lá?

  17. Tete Miranda diz

    Dr nao consigo ingerir alimentos solidos, apenas liquido. Seria por causa dessa bacteria ja que a contrai?

  18. Francine Ribeiro Da Costa Migu diz

    Dr., a H. pylori pode ter ligação com problemas intestinais, diarréia, viroses frequentes?

  19. Patricia Luna diz

    Tenho a bactéria. Fiz o primeiro tratamento , e não funcionou. Irei para segunda tentativa. Isso é comum? Pois é um coquetel de comprimidos, achei que resolveria.

  20. Nailton Assis Rodrigues diz

    boa tarde constou urease positiva o tratamentonde 7 dias de antibioticos seria suficiente p matar essa bacteria

  21. Gabriela diz

    Boa tarde, em 2010 fiz endoscopia e descobri que tinha a bactéria além de gastrite e esofagite. Não fiz o tratamento. Ainda tenho a bactéria?

  22. Jhonny Sea diz

    Parabéns pela Exposição do assunto, fui diagnosticado com a tal bactéria fiz o tratamento de sete dia com um remédio do laboratório ACHE não lembro o nome, apos um ano continuo tomando remédio para ao estomago o Esomeprazol Magnésio triidratado 20 1 vez ao dia? já não devia ter parado?

  23. Maria Lima diz

    Pode ter a bactéria e não apresentar gastrite nem úlcera? E se pode ter gastrite e não apresentar nenhum sintoma?

  24. Pedro diz

    Oi doutor tenho a bactéria e hiv e sinto muito mal estar, mas o infecto me disse que e do h.pilory e gastritre.

  25. Jucilene Alves diz

    Olá Dr. Estou em tratamento de H. Pylori. Os antibióticos já acabaram, mas continuo tomando lansoprazol. Ainda tenho sintomas. Quanto tempo demora para eles desaparecerem?

  26. Gessimara Arruda diz

    Oi Dr queria saber se essa bacteria faz a pessoa ficar enchada e se dificulta no emagrecimento. obrigada!

  27. Adriana Machado diz

    Dr. Pedro, gostaria de saber se a medicação para erradicar a H.Pylori pode afetar a qualidade do sêmen e resultar em má formação do feto ou isso serve apenas para mulheres grávidas?

  28. Milton Vaz diz

    Dr. Pedro, de antemão lhe parabenizo pelos escritos, são muito utéis e esclarecedores. Gostaria de saber se a H.Pilory provoca uma senssação constante de “estufamento” e fígado como se estivesse inchado? Grato.

  29. Maycom diz

    Dr. Pedro, Se eu tratar a H Pylori, fizer uma dieta, largar o cigarro, não beber alcool, a úlcera ou a gastrite serão curadas?

  30. erismar diz

    Dr.Pedro tenho queimação no estômago depois da refeição uns 2 horas depois do almoço,se tomar café, coca,farinha,etc…será que tenho essa bactéria ou gastrite,já pessei no médico mim receito omeprazol,quando tava tomando tava beleza, mas quando terminou o medicamento,volta as queimações devo fazer a udoscopia…desde já agradeço.escelente trabalho.

  31. Denise Francisco Reisdorfer diz

    Dr. Pedro, poderias informar qual o tratamento indicado (nome dos medicamentos e dosagem) para tratar e erradicar a bacteria H. Pylori?

    • diz

      Denise, eu não costumo descrever o tratamento com esses detalhes para não estimular a automedicação. Se o paciente, por exemplo, tiver problemas do fígado ou do rins, a dose habitual pode ser tóxica. Quem decide dose é o médico após criteriosa avaliação do paciente.

  32. Marcos Silva diz

    Quando acabar o tramento pode logo continuar tomando o Omeprazol ou precisa aguarda algum tempo?? Sendo que a pessoa tem Gastrite Crônica

  33. pedro isaac diz

    ola, gostaria de saber quais alimetos devo comer pq tenho H.Pylory e doi muito quando como dr. sinto dores do lado também nas costelas gostaria de saber obg.

  34. paulo diz

    A bactéria H.Pylory em paciente com gastrite diagnosticada provoca como sintoma a eructação ?,
    pois fui diagnosticado com a presença desta bactéria e estou com arrotos constantes, que começam
    após a refeição com o acompanhamento de dores abdominais e barriga estufada.

  35. Sabrina diz

    Oie, é comum quando vcê descobre que está com a bactéria, o emagrecimento involuntário?
    Obrigada e boa tarde

  36. carmem moura da silva diz

    Dr. eu tomei todos esses antibioticos mais tem algumas coisa que eu como que ainda doi meu estomago . será que eu ainda estou com a bacteria?

  37. I.Maciel diz

    já havia algum tempo que minha boca armagava com frequencia, fiz uma série de exames e só deu um resultado positivo para h.pylori, esse tipo de sintoma é constante a todos os portadores?

  38. aruane diz

    Minha irmã esta com essa bactéria ela emagreceu muito, e meu sobrinho de 1 ano e 4 meses ainda mama, através da amamentação é possível passar para ele.

  39. Marcia diz

    Dr. Se uma pessoa contaminada pelo hpylori convive com outras no mesmo ambiente, é possível a contaminação? E de que forma se dá essa contaminação?

  40. Raphaela diz

    Corro algum risco, fazendo a redução de estomago sem ter tomado remédio para combater a bactéria? Pois nunca senti nada, não tenho sintomas como dores de estomago e estufamento, mas na endoscopia deu positivo a biópsia…. Corro risco sério, se operar?

    • diz

      A taxa de complicações pós-operatória é mais alta nos pacientes com H.pylori. O recomendado é fazer o rastreio e tratar, se positivo, antes da cirúrgia.

  41. Waldir diz

    Tratando com o levofloxacino, de 500 mg, por 10 dias, em conjunto com omeprazol, por um mês, existem estudos de resultados positivos.

  42. Diamile diz

    Olá!!! Minha amiga foi diagnosticada pelo virus H pilori pela segunda vez e a medica disse que não ia passar tratamento, pois ela já fez uma vez… isso é normal???

  43. saburo aita diz

    Dr. Boa noite Dr. Pedro. a minha esposa tem tudo esta sintoma no estomago, porém ela tem medo de fazer o exame de endoscopia. tem outro método de detectar esta bactéria ?

    • Pedro Pinheiro diz

      Até tem, mas a endoscopia é necessária para diagnosticar lesões do estômago, como úlceras e tumores. Às vezes, só a identificação do H.pylori não basta.

  44. angelica maria barros diz

    Dr. minha filha tem 9 anos constatou a presença da bactéria no duodeno acompanhada de uma úlcera começou tratar com apenas amoxilina 4 capsulas de 500 por dia não seria nescessário outro antibiótico como li
    acima ? Dr . fui pega de surpresa tenho uma bebe encasa de 2 anos as duas passam o tempo td juntas existe o risco de contágio ?

    • Pedro Pinheiro diz

      Não posso opinar à distância sobre tratamentos.
      É impossível impedir a contaminação pelo H.pylori. Quase todo mundo já teve contato com a bactéria durante a infância.

  45. Wlademy Damasceno diz

    Olá Dr., Bom Dia.

    Tenho uma amiga que foi diagnosticada com a H.Pylori (via endoscopia). Ela fez o tratamento indicado pelo médico que pediu para ela retornar em 06 meses para fazer novos testes. Ela já terminou o tratamento, contudo ainda faltam 3 meses para retornar ao médico. Contudo, ela me informa que alguns sintomas ainda estão presentes. Nesse caso ela deve tomar novamente a medicação? Caso contrário, o que podemos fazer para amenizar essa situação? Obrigado.

    • Pedro Pinheiro diz

      Se ela ainda tem sintomas gástricos, deve voltar ao gastroenterologista para ser reavaliada

  46. Elina vieira diz

    Dr. boa noite como devo fazer para nao pegar mais uma vez a h.pylori , qual o tipo de alimentacao que devo co9mer e como evitar a pegar dinovo a h.pylori.

    • Pedro Pinheiro diz

      Não tem a ver com alimentação. É através do contato próximos com pessoas infectadas que se contrai a bacteria.

      • ana lucia teixeira rodriges diz

        bom dia DR. o que deve come em quando estou fazendo o tratamento ??? por favor se voce ler mim responda pq já comecei o tratamento …obrigado

  47. Tulio diz

    Boa tarde! Dr,fui diagnosticado com a bactéria após endoscopia iniciei o tratamento com o kit de três remédios, mas tive forte alergia a claritromicina,não pude continuar e meu médico não sabe qual medicamento pode substituir, agradeço se puder ajudar.

  48. luciana diz

    Descobri o h pylori em 2012 mais ainda não comecei o tratamento, só tomei omeprazol só que tenho muito refluxo e gazes faço hemodialise sou diabetica e estou tendo mais sintomas como agora não sinto fome quando como, faço vómitos e e vomito tudo que como por isso minha glicose sobe e desce e minha presão tambem o que devo fazer? e sou alérgica a pelicilina.

  49. diz

    Boa noite Dr, inicialmente gostaria de parabenizar pelo site. Tenho uma dúvida, alguns médicos dizem uma coisa, outros dizem outra, Gastrite causada pelo h pylori, com a realização do tratamento para a erradicação da bactéria, essa gastrite tem cura ? Não aparecendo mais na endoscopia ?

  50. Jamilly diz

    e quando acontece de vc fazer tratamento por mais de uma vez e não conseguir matar e porque ela volta na maioria dos casos.

  51. Andrigo Mota diz

    Boa noite!
    Já tenho gastrite há uns 10 anos (contrai também o H.Pylori) e venho tentando controlar. Semana passada fiz uma nova endoscopia e alem de estar crônica, indicou que tenho o H Pylori.
    Gostaria de saber qual é a gravidade disso? Duas vezes Hplory?

  52. Rosineida Mendes diz

    Boa noite, Dr. Fui diagnosticada com H. pilory recentemente. Tenho intoxicações frequentes sem que haja um alimento específico que desencadeia o processo de intoxicação (na maioria das vezes tenho ingerido alimentos diferentes) Em média de 20 a 30 minutos após a ingestão tenho os primeiros sintomas da intoxicação que envolvem o aparecimento de urticária, edema no rosto de mãos, falta de ar e queda da pressão arterial além de perda de consciência. Pode haver relação entre minhas intoxicações e a presença de H. Pilory?

  53. mibmartins diz

    Bom dia Dr. Existe alguma relação da h pylori com quantidade de gases excessivos, muita salivação, halitose…

  54. Danilo Fava diz

    Muito bacana esse artigo. Vou fazer meu TCC relacionado a infecção por H. pylori. Ajudou bastante.

  55. diz

    Dr. Pedro Pinheiro,

    Gostei muito do seu comentário sobre H. Pylori, pois meu marido está com essa bacteria já constatada
    por endoscopia. Como o Senhor se encontra o R. de Janeiro, poderia me indicar um médico em São Paulo – capital? Grata pela atenção naydeweber@yahoo.com.br

  56. Delba Sales diz

    Bom dia Dr. eu estou com esofagite erosiva e tambem na biopsia deu Hpylori, meu medico receitou o kit de lazoprazol 20mg + dois antibióticos, como Claritromicina(500mg) e Amoxacilina(1000mg), para mim tomar de manha e a noite 4 comprimidos desses medicamentos, mas gostaria de saber se posso tomar couve batida e batata tambem se ajuda na cicatrização dessa ulcera pequena que esta em meu esofago, e se o senhor tem alguma sugestão para o meu tratamento. e se me de diarreia com esse tratamento o que deve tomar, começei hj dia 29 de janeiro de 2013 minha boca esta amarga e normal dr.
    Delba

  57. Cris Ferreira diz

    Boa tarde, fui diagnosticada com o H. Pylori, gastrite moderada, tenho muito enjoo e azia constante. Minha médica não receitou nada. E disse que o tratamento tem 70% de chance de dar certo e que não vale a pena todo transtorno. Li muito a respeito e não entendo, alguns médicos dizem que é melhor não tomar remédio, outros dizem que é melhor acabar logo com a bactéria que pode virar cancer! Por favor me ajude! não sei o que fazer.

    antecipadamente grata
    Cristina

  58. Elane Oliver diz

    Bom dia Dr. fui diagnosticada com o H.Pilory através de uma endoscopia, onde também foi diagnosticada uma gastrite cronica leve a moderada, fiz o tratamento com fiz o tratamento com omeprazol + dois antibióticos a azia continua só as dores que acabaram , agora irei começar a usar o Pyloripac por sete dias, gostaria de saber se este tratamento é mesmo eficaz na cura desta bactéria ou tem outro melhor, pois fiquei um pouco preocupado pois em minha família já teve casos de morte por ulcera gástrica.
    Elane

  59. diz

    Dr., fui diagnosticado com a H.Pilory através de endoscopia e tomei, por 7 dias, o lanzoprazol mais os antibióticos, sendo que atualmente faço o uso somente do Omeprazol. Mas as dores no estomago e a sensação de desconforto e inchaço nao passam. O que devo fazer?

  60. diz

    Bom dia Dr. Pedro Pinheiro, meu nome e Carla e a muito tempo sofro com aftas grandes e bem inflamadas ao ponto de meus lábios ficarem inchados e quente, dava umas 6 ou 5 espalhadas em toda boca, linguá, em baixo da linguá, gengiva e mucosa da boca, quase não consegua falar de tanto que doía e a noite me levantava umas 3 vezes para enxaguar a boca de tão acidas que estava minha saliva, a impressão que eu tinha era que se eu cospir-se na parede ela ia derreter. Fui ao um Gastroenterologia, ela pediu para mim fazer endoscopia com biopsia e foi diagnosticado bactéria no estomago, Helicobacter pylori e uma leve gastrite, fiz o tratamento com o remédio pyloritrat, por 7 dias tomei 2 amoxicilina de 500mg 1 Claritromicina 500mg e 1 Omeprazol, de manha e de noite a mesma dosagem, bom dei uma melhorada considerável, passei a dar aftas com menas frequência e mais pequenas e menos inflamadas e menas quantidades também, mas agora tenho observado que estou começando a dar com mais frequência e esta inflamado mais. Gostaria que você me esclarece-se mais desta minha situação e porque que eu tomei os remédios e la não acabou de vez? E porque parece que esta começando a voltar a ficar como antes? Dr. eu ja sofri muito muito mesmo com aftas a ponto de chorar de dor gostaria muito de sua ajudar para dar um ponto final a isso e desde ja agradeço sua atenção. JESUS TE ABENÇOE !!!

  61. Wanessa Cristina diz

    Doutor gostaria de uma ajuda. Em agosto fiz uma endoscopia e foi constatado uma gastrite cronica acentuada, com acentuada atividade e foco de erosão com h pylori positiva (2+/4+).
    Levei ao médico,fiz o tratamento e não obtive melhora. Descobri que tomei o remédio de forma errada por 4 dias pois não estava tomando em jejum. Meu avô e minha mãe já tiveram úlcera. Devo me preocupar?

  62. Kiara Lopes diz

    boa-noite eu sou a kiara!sinto muita dor no meu estômago e estou com ulcera e uma bactéria no estômago chamada Hpylori e eu queria saber se teve alguém já que passou por isso?ou até mesmo se tem cura tô muito triste com isso!

    • Wanessa Cristina diz

      Kiara não se preocupe, minha mãe teve assim como você, tomou o remédio,fez o tratamento certinho, vc deve fazer a dieta corretamente, e hj ela não sente mais nada. Eu tbm estou,só q no meu caso é uma gastrite e não úlcera. Mais não precisa ficar triste , vc só tem q levar o tratamento a sério que logo estará curada. Abraço e Deus está com vc! ;)

  63. Rui carlos Sousa diz

    Boa tarde Dr. estou com sérios problemas como arrotos o dia inteiro, salivação excessiva, queimação do estomago, halitose. pode ser a tal bactéria h. pilory? o que me sugere?

  64. Jorge Campos diz

    Excelente artigo! estava com carência de ferro sem causa aparente e uma gastrite leve, ao fazer a biopsia deu positivo!

  65. Marcelle diz

    Olá, minha mãe fez todo o tratamento ja e não consegue eliminar a bactéria, tomou giarlan, levofloxacino, nexium, oque devemos fazer agora?

  66. Dany diz

    Dr sou uma candidata a cirurgia bariatrica, e a endoscopia que fiz com biopsia acusou H pylori, sera que vou poder fazer a cirurgia ainda?

  67. Katia santos lucio diz

    Gostaria de saber se a bactéria não ser eliminada oq pode acontecer com o paciente?

  68. Tony Madureira diz

    Olá Dr.,
    Meu irmão acaba de ser Diagnosticado com:

    A biopsia gástrica revelou adenocarcinoma moderadamente diferenciado, gastrite cronica e corpo infeção por H.pylori
    Ou seja, tem um adenocarcinoma moderadamente diferenciado do antro gástrico, estadioIV

    Sei que é grave, mas poderia me elucidar melhora situação.

    Obrigado.

    Abraço

    Tony

  69. Elainegouveiaed diz

    Foi constatado que tenho a bactéria H.PYLORI, mas já estou tomando um medicamento para alergia (fluconan 150mg- tomar 1 comprimido por semana) e o outro médico me indicou para matar a bactéria (pyloripac ibp-4comprimidos antes do almoço e jantar e Calman-1comprimido 2x ao dia às 7H e 19h). Algum desses remédios não deixarão de fazer efeito?, nunca tomei tanta medicação ao mesmo tempo? Aguardo e muito obrigado pela atenção!

  70. diz

    Outro caso: Uma amiga, residente na Cidade de Gramado, começou a sentir queimação, fraca, moderada, até que não conseguia engolir líquidos ou sólidos sem sentir fortes dores. Procurou médicos, realizou exames, resultado negativo. Começou a perder peso, até 14kg em 40 dias, buscou ajuda médica novamente, refez exames e lá estava a bactéria, sofreu por incompetência do lugar onde fez o exame e porque o médico poderia ter averiguado melhor as imagens e diagnosticado a enfermidade. Até hoje ela faz tratamento, tempo este de seis meses já. Nem sempre o que parece verde é apenas um único tom de verde.
    Obrigada.

  71. diz

    Boa tarde, senhor Pedro.
    Tenho 35 anos, desde a infância tive sensações de queimação, entretanto, não dispendia tempo com estes sintomas, porque a maioria das pessoas sentem o mesmo. Há aproximadamente 3 anos, após as refeições meu estômago expelia ( enviava de volta para boca) uma espécie de granulo, que possuía um cheiro fétido e textura de gordura;mais uma vez despreocupei-me. 2011 Fiz uma viagem para Itália ( 30 dias), bebi muito de uma água que sai pelas diversas torneiras espalhadas pelos bairros, após o retorno, qualquer comida, frutas legumes que levasse ao estômago, recebia em “troca”, 2 e ou 3 granulos. Procurei um médico especializado, realizei o exame de EDA ( Endoscopia digestiva Alta) e lá estavam as imagens que revelaram a presença ativa da bactéria. O tratamento foi finalizado há um mês, em Dezembro farei novos exames. Acredito que precisarei de uma reeducação alimentar, considerando que já cuido de minha alimentação, no entanto, com H Pylori não se brinca.
    Minha intenção é, mostrar que os sintomas possuem comportamento além dos até aqui apresentados.

  72. Licecamilo diz

    Bom dia Dr. descobri que estou com Hapilorye antes da descoberta tomei medicamentos para eliminar protozoários, após isso senti um forte mal estar tem alguma relação com isso.

  73. andrea falcão diz

    oi Dr. estou fazendo exames pre operatorios para bariatrica…fiz a primeira edae constou h pylori, tomei claritro 5oomg de 12 em 12hs e amoxilina de 500mg de 8 em 8 hs durante 7 dias mais pantroazol, depois de quinze dias fiz nova eda e oh.pylori permanece…é normal isso acontecer…que dificil matar essa bacteria

  74. Taniamariamaciel diz

    Desde fevereiro faço tratamento para eliminar a bacteria H. Pilori. Após tomar as medicações que são as de sete dias, com 3 meses faço a endoscopia e a biopsia, mas o resultado é assim: quando a endoscopia dar negativa a biopsia dar positiva e vice e versa. Agora fiz outra vai ser preciso refazer todo tratamento porque a endoscopia deu resultado positivo e a biopsia negativa. Já estou muito preocupada, que coisa dificil.tomei o pariet também.

  75. Danielle Sanches diz

    Dr. Pedro, estou com gastrite e H. Pylori e tenho problemas de cancer de estomago na familia. Estou tomando omeprazl e domperidona.

  76. Ricardo Queiroz2012 diz

    meu avo pegou uma infecçao no hospital e li deran esse tal de pylory esse tratamento de inibidor da bonba de protons e dois antibioticos resolve meu problema

  77. Rosy Paiva diz

    boa noite doutor, meu esposo fez endoscpopia e acusou que esta com uma bacteria ele pode tomarclaritomicina,amoxilina,omepramix sendo hiperteso

  78. Vanessa Fonseca diz

    Dr. Pedro, sou alérgica á amoxicilina. Foi recomendado Pilorypac para meu uso, mas como sou alérgica, foi indicado que eu trocasse para o Pletil. Fará o mesmo efeito? Grata.

    • diz

      Somente o tinidazol (Pletil)? Não conheço este esquema. A troca da amoxicilina nos alérgicos é geralmente feita com Metronidazol. O tinidazol poderia ser até um opção, mas como troca simples pela amoxicilina e não pelo 3 medicamentos do pyloripac.

  79. Kaka-souza20101 diz

    boa tarde doutor eu estou cm essa bacteria h.pylori e gastrite cronica ja fiz o tratamento 2 vezes amoxilina ,claritromicina,e omeprazol ms nao ta adiantando nada o que eu faço e continuo com dores.

  80. jaqueline diz

    meu esposo fez uma endoscopia e foi diagnostica com a bacteria h pylori no estomago qul seria o tratamento correto e dieta?

  81. Lucielen dias da costa diz

    Oi Willian, olha meus sintomas começaram assim, eu fiquei desesperada achando que estava infartando, era uma dor no peito esquerdo e axila esquerda, dor nas costas, ai então fui no médico, fiz varios exames, inclusive eletro, quando deu normal relaxei, pensando q era so gases, que dão essas dores mesmo.
    Mais o tempo foi passando e as dores piorando, ai comecei a sentir dor no estomago, um pouco abaixo do peito esquerdo, arrotando sem parar, sensação de barriga cheia e muitos ruidos na barriga, sabe quando a gente ta com fome, mais sem estar. Fui no medico denovo ai ele me pediu pra fazer mais exames, endoscopia com biopsia, ai sim, deu a bacteria h pilory e gastrite.
    Hoje fui comprar os remedios e vou começar a tomar amanha.
    Portanto, cuide-se.

  82. Guilherme Felipe diz

    boa noite doutor.estou com queimação no estomago pois ja tenho gastrite, mas agora esta mais fotrte as doresno estomago. alem disso estou tambem com muitos gases o medico disse q pode ser H.Pylori será? e o que devo tomar pois o medico ja me recitou 6 semanas de omeprazol e uma semana de cloridrato de ranitidina mas nao melhorou nada ainda.

    • Silvinho diz

      cara voce tem de fazer uma enodoscopia e colonoscopia e aproveitar e realizar uma biopsia do estomago ,a i se for diagnosticado h pylori existe um tratamento especicico.

  83. Edneymangrich diz

    Acabo de fazer endoscopia com biópsia. Tenho gastrite crônica, e presença do H. Pylori. Vou iniciar o tratamento.
    No laudo do exame, também apareceu “Pequena hérnia de hiato por deslizamento”.
    Estou com uma tosse infernal há mais de 30 dias. Pensei que fosse alergia, ou outra coisa. A médica me disse que é devido à essa hérnia de hiato, e que tratando a gastrite, vou tratar a tosse.
    Achei muito estranho, pois tenho gastrite há mais de 15 anos, já fiz um tratamento há 5 anos atrás e agora voltou. Mas nunca tive tosses por causa disso…

  84. Ana diz

    tente tomar os remedios para o h. pylori quase morri nao consegui tomar os dias certos ,foi tanta reaçao que emagreci em uma semana 5 k minha boca ardia demais nao conseguia comer tenho duvidas porque t6em medico que falou p mim que nao precisa tratar e tem medico que me falou que tem que tratar
    mas como se quase morri?

    • Flavia diz

      Amiga Ana, eu tb tomei os remédios Pyloripac e quase morri tb. Foram 35 dias de cama, pois além da primeira semana cumpri certinho os 28 dias de tratamento. Tomei tudo com ajuda de Plasil, Caso contrario vomitaria até o cérebro. O que venho dizer neste momento é trágico, pois, mesmo com toda dieta, tratamento intensivo, quase que reclusa por total, para minha surpresa, a nova endoscopia ainda acusa a bactéria H Pylori. Estou desesperada, mas é importantíssimo que seja eliminada. Isso é uma questão de lógica até. Vamos a luta amiga e procura um especialista de sua confiança e deixa que ele cuide, Não fique pulando de galho em galho. Deixe seu médico de confiança trabalhar e tape os ouvidos e os olhos dessa net. Venceremos nem que seja pra passar por tudo novamente. Abçs

  85. Carolina Pires diz

    Tenho a H.Pylori á dois meses comecei com dores de barriga e prisão de ventre, fui ao hospital, fizeram-me RX, ecografia, análises, inemas e clisteres.
    Nada disso me fazia ir á casa de banho, nem mesmo a medicação que me receitaram fazia efeito.
    Mandaram-me fazer um estudo para ver se tinha algum problema, o despiste contra a doença celíaca,
    teste ao suor, teste respiratório, despiste contra a fibrose quística.O único que deu resultado foi o da Halicobacter Pylori.
    Na altura fui ao médico de família e este disse que não queria que eu fizesse o tratamento, pois tinha perdido 3 kg numa semana e meia.
    Agora voltou-me a acontecer o mesmo no entanto não estou obstipada.
    Tenho estado cheia de dores em casa. Na Terça-feira passada fui ao Hospital, fizeram-me análises, 1 ecografia e disseram que era a bactéria que estava novamente reativa.Na Sexta fiquei pior e fui novamente ao hospital, voltaram a fazer análises, ecografias, e clisteres.
    Numa da ecografia acusou uma dilatação no rim devido á bactéria,de resto estava tudo normal.
    Fui vista por 2 cirurgiões, pois pensavam que poderia ser a apendicite.Fui vista por 5 pediatras, e todos eles não sabiam o que se passava, de seguida fiquei internada, e no Sábado já estava melhor por isso deram-me alta, disseram para fazer o tratamento da bactéria e tomar benuron para as dores disseam que tinha também gorgoleijo, por isso deram-me mais clisteres e receitaram-me Movicol.
    Já é Terça-feira dia 09/10 e continuo na mesma, cheia de dores e em casa .
    O que acha que devo fazer para melhorar?

    Obrigada!

  86. Pr_meryvan diz

    Fiz uma endoscopia digestiva e a conclusão foi: Esofagite Erosiva (grau 1), Gastrite Erosiva (grau leve) e H-Pylori. Gostaria de saber quais alimentos podem ajudar no tratamento. Recebi da clinica a lista do que pode e o que não pode comer.

  87. Ve-nilo14 diz

    Bom dia, só queria esclarecer uma dúvida, deixei minha pergunta “Se h. pylori tem cura só em casos de ulcera” o dr. respondeu dizendo que não, que tem cura em qualquer caso, ai outra pessoa perguntou se na endoscopia der apenas h. pylori precisa ser tratada, o dr. respondeu que se não houver sintomas relacionados a doenças não é preciso tratar. Fiquei com dúvidas, aliás essa bactéria deve ser eliminada? Obrigada

  88. Ledir Martins de Oliveira diz

    (Ledir Martins) Eu já perdi dois irmãos e um primo com câncer, sendo dois deles no estômago e um no intestino. Por prevenção, eu faço todo ano consulta para verificar o estômago e intestino. Tenho feito por várias vezes endoscopia e tratamento com antibióticos para eliminar o H-Pylori. Gostaria de saber porque tenho que fazer todo ano pela existência da bactéria????? Por que a bactéria já não foi eliminada?????
    Obrigado.

  89. william diz

    Boa noite Dr Pedro. Fui ao médico para realizar um check up, sendo que ele pediu alguns exames de sangue(exames de rotina). Quando realizei o exame(14/08) comecei sentir uma dor na axila esquerda.
    Depois com o passar dos dias essa dor se extendeu para axila direita. Uns dois dias depois parei de sentir dor na axila e começou no pescoço, tipo na amígdala e por ultimo na virilia(senti até um caroço).
    Com o resultado em mãos fui ao médico. Depois do exame clínico ele pediu para repetir o hemograma(pois tinha algumas alterações) e um rx torax.
    Retornei com o médico, o hemograma estava normal e o rx também. Ele pediu para voltar daqui um mês(vai completar um mês 24/10)
    Estranho que no mesmo dia que retornei com ele não sentir mais as dores.
    Acontece que desde quarta feira(03/10), voltou do mesmo jeito. Primeiro com a dor na axila esquerda, depois direita e etc….do mesmo jeito que anteriomente.

    Não estou entendendo nada.
    Pode me dizer algo?
    Obrigado!

  90. william diz

    Boa noite Dr Pedro. Fui ao médico para realizar um check up, sendo que ele pediu alguns exames de sangue(exames de rotina). Quando realizei o exame(14/08) comecei sentir uma dor na axila esquerda.
    Depois com o passar dos dias essa dor se extendeu para axila direita. Uns dois dias depois parei de sentir dor na axila e começou no pescoço, tipo na amígdala e por ultimo na virilia(senti até um caroço).
    Com o resultado em mãos fui ao médico. Depois do exame clínico ele pediu para repetir o hemograma(pois tinha algumas alterações) e um rx torax.
    Retornei com o médico, o hemograma estava normal e o rx também. Ele pediu para voltar daqui um mês(vai completar um mês 24/10)
    Estranho que no mesmo dia que retornei com ele não sentir mais as dores.
    Acontece que desde quarta feira(03/10), voltou do mesmo jeito. Primeiro com a dor na axila esquerda, depois direita e etc….do mesmo jeito que anteriomente.

    Não estou entendendo nada.
    Pode me dizer algo?
    Obrigado!

  91. Patrícia diz

    Bom dia! achei de extrema clareza as explicações, mas quero só ressaltar que li as regras e o
    Doutor ª “disse” que acha feio ou ofensivo escrever com letras maiúsculas, correto? e concordo plenamente mas, no seus comentários que não serão respondidos o Senhor digitou com letras enormes, na minha opinião foi um pouco indelicado, pois acho que fugiu das regras. Mas deixo claro que concordo com todas elas.
    Parabéns pelo blog !

    • diz

      Não sei se entendi bem a sua colocação, mas acho que você se refere ao texto das regras dos comentários, não é isso? O problema é escrever tudo em caixa alta. Usar letras maiúsculas para dar ênfase a uma palavra ou frase é um recurso legítimo e não significa que a pessoa esteja sendo indelicada. Como as regras são extensas, o uso de negrito, caixa alta ou pontos de exclamação têm o propósito de realçar certas partes do texto.

  92. Adreilcinha diz

    A h. pylori é causadora de outras doenças como: gastrite, refluxo e esofagite? é que no inicio eu tinha apenas h. pylori agora estou com essas doenças, é possivel ela ser a causadora?

  93. Rutedefreitascb diz

    Descobri que tenho h. pylori..mas meu médico disse que não preciso tomar antibiótico..pelo fato de não ser uma bactéria acompanhada de ulcera…é correto isso???

  94. Ve-nilo14 diz

    Boa noite…só queria esclarecer uma duvida…Tenho h. pylori há 1 ano, ja tomei pyloripac… mas não resolveu….h.pylori só tem cura em casos de ulceras?

  95. Flavia Mg diz

    Boa noite.
    Dr. fiz tratamento com Pyloripac. Foi terrível, mas consegui seguir corretamente. No entanto, há uma semana terminei de tomar e minha médica apenas disse que não tenho mais a bactéria, mas não pediu nenhum tipo de exame.
    Falei que ainda estou com pequena indisposição estomacal e principalmente intestinal.
    Em que casos é dispensada a endoscopia no final do tratamento e como saber se houve a cura sem qualquer tipo de exame?
    É normal dar alta sem exames?
    Tenho 40 anos e a bactéria já tinha avançado inclusive o duodeno?
    Tenho histórico de carcinoma na família.
    Devo providenciar, mesmo sem o pedido dela a endoscopia com biopsia?
    Obrigada desde já

  96. Keroleneromanocoelho diz

    Olá Dr. acabei de fazer um endoscopia e deu positivo h-pylori, como faço para saber se ela já esta em estado avançado?

  97. Jocila_sales diz

    boa noite,
    Dr. minha subrinha tem 8 anos e foi descoberto recentemente que ela tem gastrite e h-pylori como devo proceder estamos muito preocupados.

  98. Nike Amor diz

    com a alimentação correta e tomando direitinho os medicamentos a gastrite cronica pode ser curada ou tem outras indicações para que ela seja curada?

  99. Ana Paula diz

    Boa tarde Doutor!
    Tenho 24 anos e tenho gastrite leve de antro, mas depois de tratar nunca mais sentir dores nem azia. Esse ano senti uma dor muito forte e fui no médico que solicitou a endoscopia. Foi constatado
    H Pylory, fiz o tratamento com o Pyloripac, logo depois do tratamento fiz nova endoscopia e a bacteria ainda deu positivo. Fiz novo tratamento com Pyloripac Retrat e fiz nova endoscopia. Nessa ultima endoscopia não deu mais gastrite mas ainda assim deu positivo para a bactéria. O meu médico até riu porque a gastrite sumiu e a bacteria não, e disse que não ia mais pedir endoscopia, já que fiz 3 nos ultimos meses, me passou outro remédio para tomar por 3 dias que não me recordo o nome e disse para só voltar no gastro se eu sentir alguma coisa. De lá para cá já se foram uns 3 a 4 meses e não senti mais nada, nenhum desconforto. Gostaria de saber se tem algum problema essa bacteria continuar no meu estomago e porque a minha não teve cura, já que tomei tantos remédios fortes.
    Obrigada,
    Ana Paula

  100. Sueli Militão diz

    Olá dr. o resultado da minha endoscopia foi; PAN-GASTRITE FOLICULAR, tomei claritromicina com amoxicilina e estou tomando omeprazol como não estou tendo muita melhora, não seria o caso de reiniciar outro tratamento com outros remédios?? Sou muito ansiosa e nervosa, esses fatores podem influenciar? Estou me alimentando muito pouco e já perdi 6 kilos, é normal?? Pode ser alguma coisa mais grave?? Por favor me ajude. obrigada

  101. joelma diz

    oi dr pedro gostei muito do seu artigi,fui diagnosticada o hp,o medico me receitou claritromicina e amoxicilina,mas a claritromicina é muito caro tem um mais barato que faça o mesmo efeito no tratamento.me ajude eu não tenho condicões no momento de fazer o tratamento.mas os sintomas tem piorado muito. joelma.

  102. maria gracinete diz

    bom dia dr eu sofro com essa doença e queria saber qual remedio eu devo tomar para eliminar ela ?

  103. Elane Guerra diz

    Boa noite! Sinto fortes dores no estômago estou tomando omeprazol que um doutor me passou,mais eu me sinto pior as dores aumentarão,qualquer coisa que eu coma me faz mal e eu já estou com 4 dias que estou com a mesma dor e não passa,ate mesmo a água .

    Elane

  104. Marcos leonardo cardoso diz

    Bom dia Dr Pedro, tomei os medicamentos para combater o H. Pylori, mas, ainda sinto dor e queimação. O que devo fazer?

  105. DerlyBarbosa diz

    Boa noite Dr. Pedro, meu exame du H, Pylori positivo, gostei do artigo e consegui entender algumas coisas, meu pai teve câncer no esôfago/estômago, ele faleceu já tem 18 anos, e antes dele ter câncer sempre teve problemas estomacais, chegou a fazer duas cirurgias. Quando descobrimos o câncer ele já estava em fase terminal, quero saber se o meu caso tem a ver com o do meu pai, e se minha chances para câncer são grandes?. Descobri que uma irmã que mora no interior, teve esse problema, e se tratou, mas ela é uma sobrevivente do câncer de mama, são três anos curada, os casos tem alguma ligação? O que me aconselha?
    Desde já obrigada

  106. Michele Souza diz

    Boa tarde Dr Pedro.
    Já constatei duas vezes que ainda tinha HP, sendo assim tomei a medicação e ainda continuo com a bactéria, já fazem 6 anos.
    Sinto muita dor, e todos os sintomas que apresentam neste artigo como saciação rápida da fome e dor ao final da refeição.

    Pelo período que tenho já de bactéria, tem algum sintoma específico para se colocar a hipótese de cancer no estomago?

    Obrigada

  107. Lucia diz

    oi, eu estou com esta bacteria e já estou fazendo o tratamento. Meu marido também não teria que fazer o mesmo? Visto que posso ter pego dele ou passar para ele.Assim não conseguiremos matar o mal pela raiz.

  108. Ana Cristina Caetano Alves diz

    Dr Pedro,gostei muito do seu artigo,mais ainda tenho duvidas .Tenho 49 anos e desde criança tenho aftas na boca,até os dias de hoje sofro disso mas agora elas estão se agravando ainda mais não sei se por causa da idade ;chega a ficar meses ferida e agora ela esta saindo na garganta também,lendo o seu artigo. Isso pode ser H pylore?Cheguei a ir ao medico e ele me disse que eu tinha que tomar 300 comprimidos de complexo B para combater as aftas isso significa que eu estou com a imunidade do corpo muito baixa,recentemente descobri que estava com cistosoma pensei ser isso a causa, mas já tomei o remédio dado pelo SESPE,já fiz tudo isso mas continuo com as aftas e me incomoda muito agora vou investigar o H-PYLORE. Muito OBRIGADO!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 Caracteres disponíveis - Leia as regras do site antes de comentar