Artigo atualizado em 11/07/2014

H.PYLORI (Helicobacter pylori) | Sintomas e tratamento

O Helicobacter pylori, mais conhecido por H.pylori (diz-se agapilori), é uma bactéria que vive no nosso estômago e duodeno, sendo responsável pela mais comum infecção bacteriana crônica em seres humanos. O H.pylori tem sido reconhecido em todas as populações do mundo e em indivíduos de todas as idades. Estimativas conservadoras sugerem que mais 50% da população mundial possui o estômago colonizado por essa bactéria.

Neste texto vamos abordar os seguintes pontos sobre o H.pylori:

  • O que é o Helicobacter pylori.
  • Como se pega o H.pylori.
  • Doenças causadas pelo Helicobacter pylori.
  • Sintomas do H.pylori.
  • Diagnóstico do Helicobacter pylori.
  • H.pylori e câncer do estômago.
  • Tratamento do H.pylori.

O que é o Helicobacter pylori?

O H.pylori é uma bactéria que possui a incrível capacidade de sobreviver em um dos ambientes mais inóspitos do nosso organismo, o estômago, que apresenta um meio extremamente ácido, com um pH inferior a 4. A acidez do estômago é um dos mecanismos de defesa do nosso organismo contra as bactérias que são ingeridas junto aos alimentos. Poucos são os seres vivos que conseguem sobreviver em um ambiente tão ácido. Porém, o H.pylori apresenta alguns “truques” evolutivos que permitiram a ele se adaptar a um meio tão hostil. A bactéria produz substâncias que neutralizam os ácidos, formando uma espécie de nuvem protetora ao seu redor, permitindo que a mesma se locomova dentro do estômago até encontrar um ponto para se fixar. Além desta proteção, o H.pylori consegue ultrapassar a barreira de muco que o estômago possui para se proteger da própria acidez, aderindo-se à mucosa, área abaixo do muco, onde a acidez é bem menos intensa. Portanto, além de produzir substâncias contra a acidez, o H.pylori consegue penetrar no estômago até locais onde o ambiente é menos agressivo.

Como se pega o Helicobacter pylori?

O modo de contágio do H.pylori ainda não é plenamente conhecido. Sabemos que a transmissão pode ocorrer de uma pessoa contaminada para uma pessoa sadia através do contato com vômitos ou fezes, este último geralmente sob a forma de águas ou alimentos contaminados.

Os seres humanos parecem ser o reservatório principal da bactéria, no entanto, o H.pylori já foi isolado em outros primatas, ovelhas e em gatos domésticos, sugerindo que a transmissão destes para os seres humanos possa ocorrer.

A água contaminada, principalmente nos países em desenvolvimento, costuma servir como uma fonte de bactérias. O H.pylori consegue permanecer viável na água por vários dias. Nos países ainda sem saneamento básico universal, a maioria das crianças é infectada antes dos 10 anos e a prevalência na população adulta chega a ser maior que 80%. Nos países desenvolvidos, como Estados Unidos e na Europa, a contaminação em crianças é incomum, porém a transmissão na vida adulta é frequente, onde mais de 50% da população acima de idade 60 anos encontra-se infectada.

Quando um membro da família se infecta com o Helicobacter pylori, o risco de transmissão para os filhos e conjunge é altíssimo. Esta transmissão é comum mesmo em casas com boas condições de higiene, o que coloca em dúvida se a transmissão ocorre sempre pela via fecal/oral. A transmissão através da saliva ainda não está comprovada. O H.pylori pode ser encontrado na boca, principalmente nas placas dentárias, porém, sua concentração parece ser baixa demais para haver transmissão. Um dado que fala contra esta forma de transmissão é o fato de dentistas não apresentarem maiores taxas de contaminação do que outros profissionais que não lidam constantemente com saliva e placas bacterianas.

Doenças causadas pelo Helicobacter pylori

Como já foi referido no início deste artigo, o H.pylori costuma se alojar na parede do estômago, logo abaixo da camada protetora de muco. Essa camada é essencial para proteção do estomago, impedindo que o ácido clorídrico agrida a sua mucosa. O problema é que o H.pylori produz uma série de enzimas, algumas delas diretamente irritantes para as células do estômago, outras ativas contra a camada de muco, tornando-a mais fraca, deixando a parede do estômago desprotegida contra o conteúdo ácido. Estas ações provocam inflamação da mucosa do estômago, levando à gastrite e, alguns casos, à formação de úlcera péptica (Leia também: GASTRITE E ÚLCERA GÁSTRICA) e até de tumores

Resumindo, a presença do Helicobacter pylori causa lesão no estômago e no duodeno, estando, assim, associado a um maior risco de:

- Gastrite.
- Duodenite (inflamação do duodeno).
- Úlcera do duodeno.
- Úlcera do estômago.
- Câncer do estômago.
- Linfoma do estômago (linfoma MALT).

Sintomas do H.pylori

A grande maioria dos pacientes contaminados pelo H.pylori não apresenta nenhum tipo de sintoma ou complicação. Há cepas da bactéria mais agressivas e há cepas mais indolentes, o que explica, em parte, a ocorrência de sintomas apenas em poucas pessoas contaminadas. É importante salientar que o Helicobacter pylori em si não causa sintomas. Os pacientes contaminados com H.pylori que apresentam queixas o fazem pela presença de gastrite (leia: SINTOMAS DE GASTRITE) ou úlceras pépticas provocadas pela bactéria. Nestes casos, os sintomas mais comuns são:

- Dor ou desconforto, geralmente tipo queimação e na parte superior do abdômen (leia: DOR ABDOMINAL | Principais causas).
- Sensação de inchaço na barriga.
- Saciação rápida da fome, geralmente depois de comer apenas uma pequena quantidade de alimento.

Estes sintomas recebem o nome de dispepsia. Leia: SINTOMAS DO ESTÔMAGO | DISPEPSIA.

No caso de úlceras, os seguintes sinais e sintomas também são comuns:

- Náuseas ou vômitos.
- Fezes escuras.
- Anemia (leia: ANEMIA | Sintomas e causas).

Úlcera no estômago por H.pylori

Se o paciente não apresenta gastrite nem úlceras, a simples presença do H.pylori não pode ser responsabilizada por sintomas como dores estomacais. Apenas como exemplo, estudos mostram que somente 1 em cada 14 pacientes com queixas de queimação estomacal, sem gastrite ou úlcera documentadas na endoscopia, apresentam melhora com o tratamento para o H.pylori.

O H.pylori também parece ser responsável pelo aparecimento de aftas recorrentes em alguns pacientes (leia: AFTA | CAUSAS E TRATAMENTO ), mas esta associação ainda não está comprovada.

Diagnóstico do Helicobacter pylori

Atualmente existem vários métodos para se diagnosticar a presença da bactéria H.pylori. Entretanto, mais importante do que diagnosticar a bactéria é saber em quem se deve pesquisar a sua presença. Como em alguns locais até 90% da população apresenta-se contaminada pela bactéria, os testes serão positivos em quase todo mundo. Portanto, não faz sentido solicitar pesquisa de H.pylori em pessoas sem queixas específicas.

Antigamente a pesquisa do H.pylori era feita somente com endoscopia digestiva, através de biópsias do estômago. Hoje em dia há testes não invasivos, através das fezes, sangue ou da respiração. Porém, nos pacientes que se queixam de dores estomacais, a endoscopia é importante para avaliar o estado do estômago, servindo também para o diagnóstico de gastrites, úlceras ou tumores. Por isso, muitos dos diagnósticos de Helicobacter pylori ainda são feitos pela endoscopia digestiva, através a biópsia e do teste da urease. Os testes não invasivos acabam sendo mais utilizados após o tratamento, como forma de confirmar a eliminação da bactéria.

Pacientes com menos de 55 anos, que apresenta queixas de queimação estomacal, sem sinais que possam indicar um tumor ou úlceras ativos (sangramento, anemia, saciedade precoce, perda de peso inexplicada, vômitos recorrentes, história familiar de câncer gastrointestinal…) podem ser submetidos a um teste não invasivo, visando tratamento caso sejam positivos para H.pylori. A endoscopia fica indicada apenas se não houver melhora dos sintomas com o tratamento.

Helicobacter pylori e câncer do estômago

Sabemos que a maioria da população encontra-se colonizada pelo H.Pylori, porém, apenas uma pequeníssima parte desenvolve câncer de estômago. Logo, podemos concluir que o H.pylori aumenta o risco de câncer, mas não é o único fator. Portanto, não está indicado tratamento contra o Helicobacter pylori para todo mundo que tenha a bactéria. Apenas os pacientes com história familiar de câncer gástrico devem se preocupar com a presença assintomática do H.pylori. Nestes, mesmo que o paciente não apresente nenhum sintoma, indica-se a pesquisa da bactéria e o tratamento visando erradicá-la.

O H.pylori está relacionado ao surgimento de um tipo específico de linfoma do estômago, chamado de MALT. A relação é tão forte que o tratamento deste tumor é feito com antibióticos e a erradicação da bactéria leva à cura desta neoplasia.

Tratamento do H.pylori

Recentemente as indicações para tratamento do H.pylori foram expandidas, englobando grupos que até pouco tempo atrás não eram habitualmente tratados. As atuais indicações para tratamento do Helicobacter pylori são:

- Gastrite.
- Úlcera gástrica e/ou duodenal.
- Linfoma MALT gástrico.
- Parentes de primeiro grau de pacientes com câncer gástrico.
- Anemia por carência de ferro sem causa aparente (leia: ANEMIA FERROPRIVA | Carência de ferro).
- Púrpura trombocitopênica idiopática (leia: PÚRPURA TROMBOCITOPÊNICA IDIOPÁTICA (PTI)).
- Pacientes em terapia de longo prazo com anti-inflamatórios, que têm sangramento gastrointestinal e / ou úlcera péptica.

O tratamento para o H.pylori é habitualmente feito com 3 drogas por 7 a 14 dias com:

- Um inibidor da bomba de prótons (Omeprazol, Pantoprazol ou Lanzoprazol) + dois antibióticos, como Claritromicina e Amoxacilina ou Claritromicina e Metronidazol.

Após 4 semanas do fim do tratamento, o paciente pode realizar os testes não invasivos para confirmar a eliminação da bactéria.

Reinfecção pelo H.pylori

Ao contrário do que se pensava antigamente, a reinfecção pelo H.pylori após o tratamento correto e bem sucedido é pouco comum. Em geral, quando o paciente é tratado, e tempos depois descobre que ainda tem a bactéria, é porque o tratamento não foi bem sucedido e não levou à completa erradicação do H.pylori.

O risco de reinfecção é maior em áreas com saneamento pobre e águas impróprias para consumo ou banho.

H.pylori e cirurgia bariátrica

Apensar de ainda não haver um consenso, a maioria dos médicos solicita uma pesquisa de H.pylori – e o trata em caso de resultado positivo – para os pacientes obesos que serão submetidos à cirurgia bariátrica.

Esta conduta parece diminuir os riscos de lesões do estômago, como úlceras, no pós-operatório.

Vérsion en español:  H. PYLORI (Helicobacter pylori) | Síntomas y tratamiento

Publicidade
  • Anonymous

    Boa noite Dr.Pedro Saraiva
    Tenho H.pylori e foi constatado através de exames que também tenho DRGE, e meu médico me receitou pantoprazol 40mg; amoxicilina1g e claritromicina500mg. Pergunto:
    O tratamento para h.pylori é o mesmo para refluxo?
    Se não curar com esses medicamentos é necessário partir para a cirurgia, ou existe outro tratamento?
    Qual o tempo que devo tomar a medicação?
    Durante o tratamento como deve ser minha alimentação?

    Desde já obrigada!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    O tratamento da DRGE é com pantoprazol ou qualquer outro inibidor da bomba de prótons e alterações de estilo de vida. Estou escrevendo um texto só sobre o assunto. Deve sair nas próximas semanas.

    Se fosse só DRGE não haveria necessidade de antibióticos.

    O tempo de tratamento é aquele prescrito pelo seu médico.

    A alimentação é normal. Só se deve evitar alimentos que favoreçam o refluxo como café, refrigerantes, alcool etc… Evite deitar nas 2 horas seguintes as refeições.

    abraços

  • keline

    Boa noite dr.Pedro ja fiz esse tratamanto com esses tres medicamentos e nada foi resolvido,sinto os mesmo sintomas e tenho medo de virar um cancer.por favor mim ajude

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Keline,
    A primeira pergunta lá em cima é sua?

    Se for, não há indicação formal de se tratar H.pylori para refluxo.

    O tratamento só está indicado naqueles que têm úlcera ou história de cÂncer na família. Há trabalhos inclusive que mostram piora do refluxo com o tratamento da bactéria.

    Escrevi um texto sobre refluxo. Você já leu ?

  • emanuella

    o caso é o seguinte!! eu estava trabalhando, limpando umas peças! estavamos usando um balde com água e sabão em pó!! eu me cortei. qual é a propabilidade de eu pegar aids se alguem se cortou e utilizamos a mesma água do balde!! eu já vi que na piscina n pega!! e nesse caso?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Emanuella,
    Não se pega AIDS em piscina, nem do jeito que vc está perguntando.

  • Anonymous

    porque não se pega aids na água!! tipo, numa piscininha de plastico, agua de torneira, e uma pessoa se corta, e eu tenho um corte!! pq n se pega aids assim???

    Anonimo

  • Anonymous

    complemento:porque não se pega aids na água!! tipo, numa piscininha de plastico, agua de torneira, e uma pessoa se corta, e eu tenho um corte, ambos saia pouco sangue!! se eu apenas mergulhar eu pego? e se eu ficar mais de 10min!! já perguntei p um médico, e ele disse q n era possível!! mais cientificamente, porque??

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    A quantidade de vírus em pequeno volume de sangue é pequena, duluído em uma piscina ela se torna menor ainda. Junte-se ao fato que ele não consegue sobreviver no ambiente.

    É o mesmo motivo pelo qual mosquisto não transmite HIV.

    Se SIDA (AIDS) fosse tão contagiosa assim a humanidade já teria acabado.

    SIDA (AIDS) só se pega no sexo, transfusão de sangue ou ao compartilhar agulhas infectadas.

  • Anonymous

    Obrigado doutor Pedro saraiva!! o senhor tirou uma grande dúvida sobre piscina!! bom trabalho e muito mais sucesso profissional para o senhor!!

  • Anonymous

    boa tarde Doutor!!
    minha dúvida é a seguinte..
    uma pessoa acaba de se corta, lava a mão no balde, e eu faço a mesma coisa segundos depois, posso pegar aids assim? e se o balde tiver com detergente diminui o risco!! outra duvida é se eu colocar um pano nesse balde, o pano vem com o virus, e pode me infectar se eu me cortar??

  • Anonymous

    boa tarde Doutor!!
    minha dúvida é a seguinte..
    uma pessoa acaba de se corta, lava a mão no balde, e eu faço a mesma coisa segundos depois, posso pegar aids assim? e se o balde tiver com detergente diminui o risco!! outra duvida é se eu colocar um pano nesse balde, o pano vem com o virus, e pode me infectar se eu me cortar?? estou eperando ansioso a resposta!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Já respondi uma pergunta quase igual a esta anteriormente, acredito inclusive que também seja sua.

    Não se peha AIDS deste jeito.

    SIDA (AIDS) só se pega no sexo, transfusão de sangue ou ao compartilhar agulhas infectadas.

    Qualquer outra hipótese é extremamente improvável.

  • Anonymous

    não fui eu não doutor!! mais meu caso é parecido, fiquei como medo mesmo pq peguei um pano que estava no balde pra limpar a minha mão, minha mão estava cortada, e eu percebi q a de um cara tambem tava! o balde tinha só uns 5dedos de água! gostaria de saber se a risco dessa forma. estou nervoso a toa??? se o balde tiver qulquer produto de limpeza, diminue o risco?? ou o sangue na agua ja não é capaz de ser transmitido?? essas são minhas duvidas!! desde já agradeço!!

  • Anonymous

    detalhe, eu lavei o pano na agua antes, e ele não pegou nele!!Ele estava com outro, mais utilizando o mesmo balde!!

  • Anonymous

    doutor, depois de quanto tempo um soro positivo pode passar o virus!! acho que é depois de tres meses, por causa dos sintomas!! e esses sintomas sempre aparecem depois de 3meses mesmo??

  • Anonymous

    doutor. sou o mesmo que fez a pergunta sobre a janela imunologica. gostaria de sabaer se é verdade que posso evitar que o hiv desenvolva no meu corpo nos primeiros dias de infectado? se for verdade, que remédio eu tomo, e quantas vezes??

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Em relação a história do balde, não se pega SIDA (AIDS) deste jeito. O HIV é um vírus que não se transmite com tanta facilidade assim. É um vírus muito pouco resistente no ambiente e é necessário contato com uma quantidade razoável do mesmo para se infectar, o que não é possível do jeito que vc descreveu.
    Fique tranquilo que vc não pegou HIV.
    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Não entendi bem a pergunta dos 3 meses. 3 meses depois do que ? E que sintomas você se refere?

    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    A profilaxia para o HIV deve ser realizada nas primeiras horas após o contato com o vírus. Depois de 1 ou 2 dias já não funciona mais.

    Desculpe mas não indico remédios assim para evitar a auto-medicação.

    Se vc suspeita de ter tido contato com HIV nas últimas horas, deve procurar atendimento de um infectologista.

    Abraços

  • Anonymous

    o cloro da piscina não mata instantaneamente o hiv. na verdade n se pega pq é impossivel se transmitir na agua!! muitas pessoas pensam que mata e passa nas seringas para as mesmas serem compartilhadas!! se fosse possível passar aids com agua, ou um pano molhado em balde(mesmo que vc estivesse com um corte) a população em peso estaria com hiv! hiv n é feito o virus da gripe!!
    falei alguma besteira doutor?? ou estou por dentro do assunto??

  • Anonymous

    obs: o cloro mata sim o virus, mais não na mesma hr que sai do corpo!! certo doutor??

  • Anonymous

    eu sou a mesma pessoa que afirmou sobre o virus na piscina!! só tenho uma duvida sobre isso, quanto tempo o virus vive no ambiente externo?? alguns afirmam ser uma hora, outros alguns segundos!! este exemplo recente do balde com sabao mesmo, quanto tempo? e na piscina, quanto tempo? a galera fala muito, +queria saber a opiniao de um profissional!

  • Anonymous

    voce esqueceu de outra coisa.
    Em que lugares do organismo fica hospedado o vírus HIV?
    Esse vírus foi isolado em numerosos fluidos do organismo (sangue, sêmen, secreções vaginais, leite materno, saliva, lágrimas). Para que ocorra o contágio, deve existir suficiente concentração de vírus HIV em alguns deles. A concentração de vírus HIV existente na saliva e nas lágrimas é insuficiente para contaminar outra pessoa. ou seja, quando o sangue entra em contato com a água, torna-se insuficiente para contagio!

    Saulo-BH

  • Anonymous

    eu estou certo doutor??

    saulo!

  • Anonymous

    minha dúvida é a seguinte!! tinha um prego na parede, vi que uma pessoa se cortou nele, quando fui tirar pra ninguem se machucar, eu me feri tambem!! meu dedo ficou sangrando, mais so foi um contato, o prego n ficou preso no dedo!! existe alguma possibilidade de eu te pego hiv, hep.c ou alguma outra coisa?? lembrando que o que aconteceu foi tipo aquela furada que levamos no dedo pra saber se estamos com anemia por exemplo!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Antes de responder as perguntas gostaria de fazer 2 solicitações.

    A primeira é que as pessoas se identifiquem, nem que seja com uma apelido ou nome falso. Tirando o Saulo que assinou o comentário, tenho vários anônimos que não consigo perceber se são a mesma pessoa e não tenho direcionar a resposta.

    Segundo, tenho um texto sobre transmissão de HIV e gostaria que essas questões fossem colocadas lá, deixando este apenas para perguntas sobre H.Pylori.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Bom o risco de contaminação do HIV com feridas com agulhas com sangue é de 0,3% aproximadamente. No caso de um prego, o risco é menor ainda pois se trata de objeto perfurante maciço, ao contrário das agulhas médicas.

    No caso de hepatite B o risco pederá ser um pouco maior dependendo de como foi a lesão e da quantidade de sangue que foi exposto.

    Não se pega AIDS na água. para se contaminar pequenas feridas seria necessário uma quantidade muito grande de sangue em contato com a lesão.

    Não existem números para esse tipo de risco simplesmente porque nunca ninguém se contaminou desta maneira.

    O cloro mata o HIV com mata qualquer outro germe

    Mais uma vez, SIDA só se pega com sexo, transfusão de sangue e lesão por agulha infectada (esta última é bem raro). AInda existe a transmissão mãe-feto.

  • Anonymous

    b.noite doutor!!
    eu estava no intervalo do trabalho, e eu fui p um barzinho p tomar agua com os trabalhadores! tinha apenas dois copos, quando um amigo meu bebeu agua, eu enchi logo meu copo, mas eu enchi o copo sem jogar o resto da agua fora. se ele tiver com a genviva sangrando, eu posso ter pego aids ou hepatite tomando esta agua misturada??

  • Anonymous

    ha doutor, eu pesquisando na internet vi que o suco gastrico mata ate o virus que a pessoa engole com o esperma!! mais n sei s é verdade?? gostaria de saber sua opiniao!!
    desde ja agradeço!!

    Susurim-PE

  • Anonymous

    doutor, ainda sou eu de PE. pesquisando um pouco mais, eu achei um blog “http://apenas-alguem.blogspot.com/2008/12/sexo-oral-seguro.html” que diz que quando o virus vai ate as amigdalas, ela leva o hiv ate o nosso corpo, isso através de uma ejaculação, e através de agua, passa pela amigdalas, me compliquei todo vendo estas coisas!! help me!!

    Surubim

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Atenção, as perguntas sobre HIV devem ser feitas no post apropriado

    http://www.mdsaude.com/2009/01/transmissao-hiv-aids-sida.html

    Este é sobre H.pylori.
    Transferi as últimas perguntas para lá.

  • Anonymous

    Caro Dr. Pedro.

    Fiz cirugia de hiato há aproximadamente 06 meses e de lá prá cá tenho tido muitos problemas na alimentação, ou seja, não consigo me alimentar direito. Mas o problema não e engolir etc. o problema é que não tenho vontade de comer nada, ou seja, perdi o prazer em me alimentar. Por ex. no almoço é uma luta, não tenho vontade de comer feijão, arroz, carne, estou muito chateado, embora esteja me alimentando precariamente, mas sem aquela satisfação que fazia anteriormente, estou ficando deprimido, vou ao médico e ela fala que esta tudo bem, fez endoscopia e disse que estava tudo bem. Conheço algumas pessoas que estão com os mesmos sintomas e peço sua colaboração ou sugestão: o que devo fazer? Muito obrigado e que Deus continue ilumindo seu caminho!

    Claudecir

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Claudecir,
    Não sou cirurgião e não tenho muita experiÊncia com pacientes submetidos a cirurgia de correção de hérnia de hiato.

    Porém, não consigo entender porque a correção de um problema anatômico poderia fazer vocÊ perder a vontade de comer.

    Realmente não faz muito sentido.
    Talvez seja tudo um problema psicológico, já que não se detectou nenhum problema na parte cirúrgica.

    abs

  • Camila

    Dr.Pedro gostaria de saber qual o procedimento quando um paciente esta com suspeita de pancreatite aguda???
    Num pronto atendimento e internação
    quando a cirurgia é indicada?
    Obrigada…

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Camila,
    O procedimento é diagnosticar a pancreatite. ISso pode ser feito através de analises de sangue e pela tomagrafia computadorizada.

    A cirurgia hoje em dia é indicada apenas nos casos mais graves onde há necrose infectada do pÂncreas e instabilidade do paciente.

  • Anonymous

    Olá Dr Pinheiro
    minha mãe teve cancer no duodeno devido a presença da bactéria H. pylori, e a maiorida das pessoas da minha família possuem essa bactéria e problemas de gastrite crônica.

    Não desenvolvi nenhum sintoma até os 15 anos de idade.
    Entretanto, sofri de bulimia severa por 7 anos e comecei a sentir queimações muito fortes após os vomitos induzidos.

    Hoje estou curada da bulimia (fazem 4 anos), entretanto continuo com uma queimação no estômago muito forte, mesmo me alimentando apenas com alimentos leves. Muitas vezes nao consigo dormir pois tenho refluxo! tenho muita tosse pela manha e sensação do peito pesado (provavelmente devido ao refluxo noturno)

    Fiz endoscopia onde foi detecdada a presença da H pilory e esofagite.

    Tomo omeprazol 20 mg todos os dias, pois não consigo ficar sem ou sinto queimação e dores no estomago.

    Qual a sua sugestão?
    será que a bulimia ocasionou a queimação e o refluxo?
    Posso ser curada sozinha, pois parei com a bulimia?
    Se ficar sem tomar omeprazol será que o organismo vai se acostumando a ficar sem, e posso tomar antiacidos mais leves?

    o que eu posso fazer?

    existe risco muito alto de câncer no esôfago?

    muito obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Por favor leiam as regras e assinem os comentários.
    …………..
    A sua esofagite provavelmente é da bulemia mesmo. A tendência é melhorar com o tempo.

    Omeprazol é o melhor remédio para este caso. Não se preocupe em tomá-lo por longos períodos. Não o suspenda por conta própria.

    O risco de câncer de esôfago depende do grau de lesão atual e se o refluxo conseguirá ser controlado.

  • Anonymous

    Boa Noite
    Antes de mais nada parabéns pelo site muito instrutivo me tirou muitas duvidas :D

    Bom a 10 meses atrás estava pensando em fazer uma redução do estomago e me foi pedido uma endoscopia na qual detectou o h pyloris
    tomei os antibioticos e por fim fiz uma bela reducação alimentar e não foi preciso fazer a cirurgia mas agora estou com um quadro (estou para fazer os exames de endoscopia e colonoscopia) de esofagite , será que esse quadro pode ter aparecido pelo fato de ter feito o tratamento para o h pyloris
    agradecido
    Paulo César Fly

  • Anonymous

    Olá Dr. Pedro!

    Eu li as regars dos posts, porém eu realmente preciso de uma atenção um pouquinho maior.

    A quase dois anos atrás, foi identificado a bactéria H-pyloris em meu organismo, pela endoscopia. Fiz uma acompanhamento médico, usando remédios, porém, eu não compri o tempo deterninado pelo médico, no tratamento. Com tudo, as dores, queimações e outros, haviam passado. Sendo que de um mês para cá venho sentido fortes queimações, e agora, (não frequente) tenhu tido até mesmo sangramento pelo canal do reto. Eu estou muito desesperado,Que eu poderia fazer de imediato para melhorar isso. Minha consulta está marcada, mas só para o próximo mês.

    Por favor doutor me de uma orientação.

    att.

    Ronaldo Junior

  • Anonymous

    Só para completar, eu tenhu um namorado que também teve o mesmo problema, e li em algúns lugares que é trasmitido pela salíva essa bactéria. Caso ele esteje contaminado, durante o tratamento, nós não poderiamos beijar? Mesmo eu e ele tratanto junto?

    O semem trasmite a h-pyloris?

    Att.

    Ronaldo Junior.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Ronaldo,
    O H. pylori vive no trato digestivo e é eliminado nas fezes. Por isso, sexo anal pode facilitar a sua transmissão. Já o sêmen não tem nada a ver com isso.

    O que vc tem não parece ter a ver com H.pylori. Isso parece mais uma lesão anal, algo como uma fissura ou hemorróidas.

    Se a dor ou o sangramento estiverem muito exuberantes, o que posso te aconselhar é procurar um serviço de emergência para ser atendido mais rápido

    abs

  • Quesado Ceará

    QUE BACANA ESSE BLOG… VOU POR NO ACOMPANHAMENTO.

  • Estou preocupada, em Abril peguei uma bacteria, fiquei com muita queimação, dores no estômago, até no peito eu sinto dor.
    Fui no médico tomei os medicamentos para combater a bacteria, até já acabou a medicação.
    Mas o que me preocupa é que desde que peguei essa bacteria não sou mais a mesma, meu estômago não é mais o mesmo.
    Tomei omeprazol, mas estava ficando sem ânimo, ao acordar não quero levantar da cama, sinto enjôos, e muitas vezes perco apetite, mas não deixo de comer. Até por que não posso ficar sem comer.
    Não bebo, não fumo e estou mudando a alimentação, mas não melhora.
    Eu vou casar em Outubro e não quero ficar assim, preciso estar bem para esse acontecimento.
    Já passei em dois médicos!
    Peço ajuda, por favor!

    Grata!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Má,
    O H.pylori não causa esses sintomas todos que vc refere.

    Se vc tivesse uma gastrite forte, o enjoo poderia ser justificado, mas o desânimo, a fraqueza e a falta de apetite devem ter outra causa.

    Isso não é estresse pelo casamento? Essa fase de preparação é terrível.

    obs: existe chance de vc estar grávida?

  • Em primeiro lugar, quero agradecer Dr. Pedro Saraiva pela resposta.

    Pesquisei sobre essa bactéria e realmente ela não causa isso e outra descobri em Maio que estava com ela, tomei o medicamento certo e já faz um tempinho que ele acabou.

    Doutor o Senhor pode ter certeza isso tudo pode ser o casamento. As vezes acordo vomitando só liquido. Sinto refluxo eu acho! Passei no médico ele pediu que eu tomasse Pantoprazol, é bom mesmo esse remédio? Doutor você acha que vai ajudar?

    Mesmo não tendo apetite algumas vezes, não deixo de me alimentar, estou comendo muita fruta, mas as vezes acabo comendo algumas besteirinhas, mas lanche do MC uma coisa que adoro não como desde Abril, tenho que melhorar!

    Doutor em relação a gravidez, está descartada, não estou grávida.

    Tenho certeza que vou melhor, tenho que me cuidar e entreguei na mão de Deus e creio que tudo isso vai passar.

    Grata pela resposta!

  • jadson

    Dr. pedro saraiva pinheiro tenho duas perguntas;
    -a primeira é que há 60 dias atras eu tve uma alta de pressão com dor de cabeça,tontura,dor no peito,formigamento no braço esquerdo e ate hoje tenho estes sintomas so que menos por causa dos remedios.
    -a segunda´é que estou com hpilory,pangastrite,gastrite cronica,esofagite,duodenite.então o medico resolveu tratar da hpylori por ultimo gostaria de saber se é certo. o meu email é
    marco1112652009@yahoo.com.br

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Má,
    Pantoprazol ajuda sim.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Jadson,
    Não posso criticar a conduta de nenhum colega, ainda mais sem ter acesso aos seus dados clínicos.

    Se vc não sentiu segurança no seu gastro, sugiro que procure uma sugunda opinião de alguém que possa te examinar e ver seus exames.

    abs

  • Ane

    Dr. Fiz endoscopia a três meses atrás e foi constatada gastrite com h pylori. Fiz tratamento com Pantoprazol 40 mg, duas vezes ao dia. Neste ínterim engravidei, parei de tomar o medicamento há dois meses. Gostaria de saber como será meu tratamento da gastrite daqui para frente, tenho medo da h. pylori evoluir para hérnia de hiato. Obrigada, Ane.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Ane,
    O H. pylori pode causar gastrite e úlceras, mas não causa hérnia de hiato.

    Se os seus sintomas são brandos, vc pode esperar pelo fim da gravidez para retomar o tratamento.

  • Boa Tarde Dr. Pedro Pinheiro.

    Como já mencionei em algumas mensagens de cima, em Abril peguei a H.pylori e tratei em Maio, finalizando o tratamento no final de Maio para o começo de Junho e como disse, sinto muitas coisas ainda.
    Tem como a bactéria voltar novamente? Será que não foi iliminada?
    Hj uma pessoa falou que até sair o efeito dos mediacamentos da H.pylori demora um pouquinho, isso é verídico?
    Acordei novamente vomitando, puara água. Comi, fui escovar os dentes e voltou tudo.
    O pior é ficar de estômago vazio!
    O problema é que tomei o remédio pantoprazol antes de comer e acho que com o vômito ele deve ter ido junto. Não aguento mais acordar assim.
    Será que tenho que fazer novamente uma endoscopia, com quanto tempo pode fazer uma nova endoscopia? Fiz a minha em Maio desse ano.
    Ah Doutor quando fiz a endoscopia em Maio apareceu assim no exame:
    Teste de urease: positivo, que deve ser a bactéria.
    Esofagite erosaiva distal leve(classe A de Los Angeles).
    pangastrite enantemática leve.
    Será que estou assim tb por essa esofagite e a pangrastrite.
    O que é essa pangrastrite?

    Desde já agradeço atenção!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Má,
    acho que vc tem que voltar ao seu gastro. Vc precisa ser examinada. Não nenhum problema em se fazer nova EDA.

    pode ser gastrite sim, e pode ter H.pylori de novo.

    Pangastrite quer dizer que a inflamção é difusa pelo estômago e não só em alguma região

  • Rafael

    Dr.
    Doutor as vezes, gosto de dar beijos no anus de minha namorada. Isso pode ser um meio de transmissão da Helicobacter pylori ?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Rafael,
    Pode sim.

  • Joao

    ola doutor, me chamo joao ricardo, ja fiz tratamento para h pylori,mas acho q n melhorei,ja estou tomando omeprazol a 6 meses mas de uns dias pra ca acho q ele n faz mais efeito.(durante as 3 semanas de tratamento com claritromicina esses sintomas q descrevo haviam desaparecidos). eu sinto mauseas, uma dor chata no lado esquerdo peito,ma digistao e tb fibrilacao no peito,estomago eu acho,q piora qdo deito,(se preciono o peito, ou qdo caminho diminui essa sensacao ruim)notei tb um aumento nos batimentos cardiacos qdo deitado (uns 90)tb tomo atelol 25 e hidroclorotiazina 25 .mas tive q dobrar a dose de atenolol pra conter um pouco os batimentos cardiacos(manter uns 90 por minuto).Sera q estou com problema de coracao ou é td causa do estomago?se for coracao q exame devo fazer, ecodoper,esteira?(fiz um ecodoper a uns 10 anos atras e deu escape sistolico em valvula mitral) (nao bebo,nao fumo,nao faço exercicios,tenho 33 anos,1.65mtros 85kg.)

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Ricardo,
    Primeira coisa é emagracer.

    Segundo, esses seus sintomas parecem um pouco refluxo.

    Terceiro, Se o seu coração tem disparado, vc deveria ser avalaido por cardiologista. O melhor é fazer primeiro um eletrocardiograma.

  • anonimo9

    ola dr.gostaria de saber se uma pessoa com H pylori ao vomitar o virus vai saindo?obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Anonimo9,
    Sai, mas vc pode vomitar a vontade que não vai eliminar ele todo.

  • http://www.blogger.com/profile/01439990821218037199 janynne

    Olá, a pouco mais de uma mes, descobrir que estou com a bacteria h.pylori atraves de uma endoscopia e outros exames. O medico me receitou um tratamento tripice, com omeprazol+claritromicina+amoxilina triidratada (omepramix +14).Tenho muito medo, e gostaria que vcs me falassem se isso tem cura, o que posso fazer pra contribuir para a melhora, mudei meus abtos alimentares, nao bebo e nem fumo. Tambem melhorou muito os incomodos,Quero me livrar dessa bacteria para nao gerar outras maleficios. Tambem deu no exame de endoscopia uma gastrite enatematosa leve no antro. O que é isso. Me ajudem por favor estou desesperada. Grata

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Janynne,
    Os antibióticos matam o H.pylori, mas nada impede que no fututro vc venha a se infectar de novo.

    Enantema significa lesão em uma mucosa, no caso na mucosa do estômago

    Antro é a região final no estômago

    E gastrite é inflamação do estômago

  • Ant

    Dr Pedro

    Tenho H.pylory e gastrite cronica e estou em tratamento há 4 meses, gostaria de saber quanto tempo vai demorar a curar.
    Obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Ant,
    Já era para ter melhorado. Se vc ainda tem sintomas, deve conversar de novo com o seu gastro.

  • Drica

    olá doutor!!!
    meu nome é adriana,a pouco tempo descobri que estou com uma bactéria no estomago e meu duodeno, esofago até o estomago estão com uma inflamaçao leve.
    a poucos dias comesei o tratamento e o meu médico me receitou um remédio e depois que eu terminar esse tenho que tomar o omeprazol por mais 6 meses e fazer o regime.
    queria saber se durante esse tempo eu tenho chances de ficar completamente curada.
    obrigada!!
    e tenha uma boa tarde.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Adriana,
    O objetivo é esse.

  • Anonymous

    Bom dia,

    Dr. Pedro

    Meu nome é Renato.

    Vou fazer uma cirurgia bariatrica e em decorrência dessa mesma estou fazendo alguns exames, e um dos exames é a endoscopia para pesquisar a bactéria H. Pylori, a pós a endoscopia foi constatado que eu estava com a bactéria H. Pylori e uma Esofagite Erosiva Grau A de Los Angeles. O medico me receitou um tratamento com omepramix + 28, pelas minhas contas esse tratamento dura 35 dias, gostaria de saber com quanto tempo apos o término do tratamento eu posso fazer uma nova endescopia para ter certeza de que a bácteria foi totalmente exterminada, pois comecei o tratamento dia 10 de setembro e minha bariatrica esta marcada para 03 de dezembro, desde já agradeço sua atenção.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Renato,
    Em geral a confirmação da erradicação do H.Pylori é feita após 4 semanas do fim do tratamento.

  • Marti

    Boa tarde! Estava lendo que dores no peito também podem ser sintomas de gastrite. Porque? Após comer fico com o coração acelerado, e tenho azia com muita frequencia. Pode ser gastrite?

  • Re

    Olá Dr. Pedro!

    Fiz endoscopia recentemente e a única anormalidade foi o H.Pylori que deu positivo. Sinto muita tosse com uma secreção transparente, principalmente após o café da manhã,isso é decorrente do H.Pylori?

    Obrigada

  • sthefany

    Olá,
    faz um ano q venho sentindo dores no abdomen logo abaixo dos seios dores horriveis q só passam após vomitar muito.já foi diagnosticado como uma “provável” gastrite,mas não foi realizado nenhum exame.A 2 dias vomitei sangue não muito mas dava pra ver q era sangue e as fezes tem sido escuras e com sangue. pode ser a H.pilory?

    Obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marti,
    Pode, mas neste caso parece mais refluxo.

    O estômago fica muito próximo ao tórax e dores nos órgãos nem sempre são bem avaliadas pelo cérebro. Por isso infarto pode dar dor no braço e gastrite dor no peito.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Re,
    Com certeza não

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Sthefany,
    VocÊ esta com hemorragia digestiva, deve ser uma uma úlcera sangrando. Procure ajuda médica logo. Se é H.pilory ou não isso completamente irrelevante agora.

  • Fernanda Ap Nascimento

    Olá Dr Pedro.

    Meu nome é Fernanda.
    Eu tenho a bacteria H. Pylori e estou com uma cirurgia de redução de estomago marcada para o dia 02/10/2009. Gostaria de saber se há a possibilidade de fazer a cirurgia antes de tratar a bacteria, e quais riscos estarei esposta caso tome essa decisão?

    Essa bacteria pode ser tratada após esse procedimento?

    Grata
    Fernanda

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Fernada, até onde eu sei ter H.pylori não é contra-indicação a cirurgia

  • dorydoy

    Dr. a minha pergunta é a seguinte:
    Estou com gastrite cronica e h pilory.Namoro ha 5 anos com a mesma pessoa. Será que eu passei pra ele?
    Se eu fizer o tratamento para matar a bacteria eu vou me recontaminar? por beijá-lo? Ele tem que se tratar?
    Abraços,
    Dory

  • Sara Fabiana

    Dr. Pedro,

    A minha dúvida é parecida com a da Dory. Há 1 mês e meio descobrí através de uma endocospia que tenho uma úlcera duodenal com a bactéria H Pilory, fui a um Gastro tomei a medicação e estou esperando completar as 4 semanas do término dos remédios para fazer a endocospia para ver se estou curada.Meu namorado já teve gastrite fez o tratamento e não refez mais a endocospia, estou com medo de está curada e ser infectada por ele através do beijo ou ter infectado ele.
    Abraços,
    Sara

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Para Dorydoy e Sara

    A contaminação e recontaminação pelo H.pylori é muito comum. Por isso não se indica tratamento somente pela gastrite, já que a chance de se adquirir a bactéria de novo é muito grande.

    Não há provas de que haja benefícios quando se trata a bactéria em casos de uma simples gastrite.

    Quando há úlcera, aí sim deve-se tratar. A taxa de sucesso do tratamento é muito alta, e não é preciso repetir a endoscopia somente para comprovar a erradicação do H.pylori

  • fatima

    fatima
    dr pedro boa noite,estou preocupada um amigo me falou q fez uma endoscopia e acusou o h.pilory e suspeita de cancer,ele está em tratamento com os medicamento pra matar o h.pilory.é possivel ele ser curado.obrigada e parabéns pela sua ajuda!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Fatima,
    Existe um tipo de linfoma do estomago que é causado pelo H.pylori e pode ser curado apenas com a erradicação da bactéria.

    Provavelmente é este o caso.

  • Anonymous

    Oi Doutor
    Qual é o remédio indicado no tratamento do H Pylori?

    Qual especialidade clinica devo procurar?

    Reinaldo – SC

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Reinaldo,
    O médico indicado é o gastro.

    O tratamento é normalmente feito com 3 drogas: um inibidor da bomba de prótons e 2 antibióticos.

    Vá ao médico que ele prescreverá o tratamento adequado se for o caso.

  • Anonymous

    Prezado Dr.,
    Gostaria de saber se é possível para um médico saber se o paciente tem a bactéria h. pylori apenas fazendo aquele exame de apalpação do abdomen (aquelas batidinhas na barriga?) no consultório mesmo?

    Se o paciente não tiver úlcera ou gastrite crônica e mesmo assim tratar a bactéria, existe algum risco da bactéria se tornar resistente ao tratamento no caso de uma recontaminação?

    Existe tratamento da bactéria sem ser com antibióticos, apenas com homeopatia?

    Preciso tirar estas dúvidas urgentemente!

    Desde já, agradeço a atenção

    Lica

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lica,
    Só pelo exame físico é impossível fazer o diagnóstivo de H.pylori

    Não se trata H.pylori se não houver úlcera ou história familiar de câncer de estômago, exatamente pelo risco de criar resistência, uma vez que a recontaminação é muito comum.

    Não existe tratamento homeopático efetivo.

  • anaile trabach

    meu nome é ANILE TRABACH Em 1°lugar gostaria de agradecer por este espaço e pela sua preciosa atenção,
    Dr.gostaria de saber se H.pylori se transmite através de beijo na boca,ou compartilharmos utensílios,como beber no mesmo copo e etc.desde já lhe agradeço por seu esclarecimento

  • maria altoé

    boa noite dr.
    fui diaguinosticada com linfoma malt e positivo para h.pylori estou em tratamento de quimio no hospital do cancer em pernambuco à6 meses, a endoscopia antes de começar meu tratamento diz que 80%do meu estômago estava tomado de linfoma,
    dr quando nós pacientes conhecemos melhor sobre nossa doença,temos mais coragem de enfrentar o problema de frente.so queria saber mais sobre como e essa doença ,tem cura?ou apenas controle,por favor me responda,pois nas consultas aqui no hospital a dra.não tem tempo de me explicar sobre isso,eu venho ganhando peso no decorrer do tratamento só sei que isso é bom sinal.é só o que ela tem tempo de me dizer.
    muitoo obrigada dr.por sua atenção,ainda que não me responda mas pelo simples fato de ler essas linhas.um abraço!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Anile,
    Ainda não se sabe com certeza a via de transmissão do H.pylori. O que se acredita atualmente é que a transmissão de faça por via fecal-oral e oral-oral.

    Não está comprovado que beijo ou talheres transmitam a bactéria, mas sabe-se que pessoas que moram na mesma casa apresentam alto risco de contaminação.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Maria,
    Sim, o Linfoma MALT tem cura e a taxa de sucesso costuma ser alta.

  • Lívia Vitenti

    Boa tarde,
    Comecei hoje o tratamento para gastrite provocada pela bactéria h.pyloris. Minha única dúvida está relacionada à alimentaçao durante o tratamento. Devo evitar café, chocolate, alcool, frituras, condimentos, entre outros, como me indicou a médica. Entretanto, gostaria de saber se existe alguma outra restriçao, e ainda se posso tomar chá de hortela.
    Grata pela atençao
    Livia Vitenti

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lívia,
    Chá de hortelã pode.
    Tem que evitar também cigarro.

  • Anonymous

    doutor estou con h. pylori, quero saber se o leite animal, faz mau. jonas.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Jonas,
    Não.

  • Hans Otto Kurt

    Dr. se dentro da mesma casa tem uma grande chance da contaminação pela H. pylori, se eu fizer o tratamento, as outras pessoas que moram comigo não deveriam fazer o tratamento caso se comprovada sua infecção ? Pois senão logo estarei contaminado de novo. Obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Hans,
    80% da população tem o H.pylori. Não adianta tratar pessoas assintomáticas, porque logo, logo elas voltam a se contaminar. Isso pode induzir resistência aos antibióticos. O tratamento só é feito em casos de úlceras.

  • Juliana

    Boa noite doutor, gostaria de saber se o tratamento com omepramix 28 ,é q ninguem esta sabendo me responder direito!!
    com quanto tempo “DEPOIS”do tratamento, ou seja no final, com “omepramix 28 “a bacteria h pilory é eliminada ???
    e quais são o sintomas, tanto durante o tratamento e após ele??
    sudorese tem a ver com a bacteria????
    Obrigada!
    =)

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Juliana,
    Assim que termina o tempo do antibiótico, já se espera que o H.pylori esteja erradicado.
    Sudorese não tem nada a ver com a bacteria.

  • erica

    Dr. aftas frequentes são sinais de problemas de estomago? hpylorem causam aftas bucais?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Erica,
    Tenho um texto sobre aftas:
    http://www.mdsaude.com/2009/08/afta.html

  • Jeane Silva

    Dr.Pedro

    Adorei seu site, além de esclarecer minhas dúvidas, pude perceber que ele é de grande utilidade pública.
    Parabéns é de profissionais generosos como o senhor que este país precisa.
    OBRIGADO!

    Jeane

  • Yara

    Excelente as informações. Li tudo e me esclareceu bastante.Parabénsn Dr Pedro

  • Anonymous

    Olá doutor.Sou Carlos Ramalho de Brasília e tenho a bactéria helycobacter pylori e gostaria de saber se ela faz perder peso ou impede a recuperação de peso que tenha perdido ao longo do tempo mesmo me alimentando bem para isso e se a transmissão se dá por questões de higiene inclusive quanto a limpeza da casa,principalmente banheiro, e qualidade da
    água que se bebe,pois aqui em casa não uso filtro.Agradeço e aguardo seu retorno.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Carlos,
    A bactéria não causa perda de peso.
    A transmissão entre pessoas da mesma casa é quase que impossível de ser evitada. É preciso haver muito cuidado com a higiene.

  • delcydecarvalho

    Bom dia Dr. Pedro Saraiva Pinheiro! Sou Aldenize do Rio de Janeiro e tenho a bacteria helycobacter pylori e gostaria de saber se ela causa dores na garganta e aftas bucais? já fui medicada e tomei Omeprazol e Amoxacilina, seguindo rigorosamente a orientação medica, mas não obtive o resultado tão esperado, ou seja, nem a cura, e nem a melhorar. Por favor, me dê uma orientação.
    Muito obrigada.

  • http://www.blogger.com/profile/12125155406397808132 luckylucianobm

    Gostei muito desse artigo, esclareceu todas as minhas dúvidas sobre o HP.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Aldenize,
    Não.

  • Anonymous

    Boa Noite!!!
    Muito interessante o Blog Parabéns!!!

    Estou fazendo o tratamento para H.Pylori e surgiram duas dúvidas. A primeira é que eu e meu marido estavamos pensando em começar a tentar ter um filho, mas fiquei sabendo de algumas histórias de crianças que nasceram com má formação por causa de medicamentos, mesmo que eles tenham sido tomados muito antes da gravidez. Então gostaria de saber se o tratamento para H. Pylori traz algum risco, e qual seria o tempo necessário esperar para poder começar a tentar.
    A segunda é que não tenho gastrite nem úlcera, mas sentia enjôos e vomitava pela manhã, posso adquirir gastrite por causa do uso desses remédios?

    Obrigada

    Patrícia

  • Anonymous

    Prezado dr.
    Se a H. Pylori não pode ser erradicada e o convívio em família é inevitável, como fazem os susceptíveis sintomáticos que se recontaminam? Tratamento sempre que necessário?
    Joel

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Patricia,
    1- o ideal é engravidarsomente após o final do tratamento com antibióticos. Quanto menos drogas vc usar no 1º trimestre de gestação, melhor.
    2- Não.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Joel
    Dependendo do caso, pode-se tratar os familiares. Mas isso somente se houver história de úlcera gástrica ou duodenal recorrente pelo H.pylori com dificuldade de erradicação permanente da mesma

  • http://www.blogger.com/profile/03215947419920406860 Kinho

    Leontina

    A bacteria H pilory é a mesma da hepatite A? se não porque as causas são iguais?

    obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Leontina,
    Não. As causas também não são iguais. O que é igual é a via de transmissão fecal-oral.

  • http://www.blogger.com/profile/17159115708685667230 AndréaRabaça

    Boa tarde, Dr. Pedro, quro parabenizá-lo, em primeiro lugar, por esse site. Comecei hoje o tratamento com Omepramix, durante 7 dias. Gostaria de saber se todos que fazem esse tratamento tem os terríveis efeitos colaterais que tanto se fala. Estou muito apreensiva com isso. Obrigada pela atenção! Um abraço.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Andréa,
    A maioria das pessoas não sofre efeitos colaterais do tratamento. E eles tb não são tão terríveis assim.

  • Esloc São Francisco

    otimo esse espaço, vc tem esclarecido muitas duvidas q tenho, PARAbÉNS. Em uma de suas respostas, vc disse q é recomendado tratar a h.pilori somente em casos de ulceras, a quantidade de cruz positivas na biopsia tb tem relevancia para se fazer o tratamento, no caso de 3 cruz deve ser feito o tratamento, possui maior risco de virar cancer ou dá pra ficar sem tratamento?
    PATRICIA!!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Patricia,
    a quantidade de cruzes apenas diz que o teste foi positivo forte, sendo improvável um falso-positivo. Isso não influencia no tratamento ou no risco de câncer.

  • Anonymous

    ae vl mesmo essas converssas me ajudo no meu trabalho de ciências sacuhas muiticima obrigada DR. Pedro Pinheiro

    by : sabrina ferraz

  • Anonymous

    ola doutor!
    fiz o tratamento a 2 meses mais sinto ainda muita dor de barriga e dor no estomago.
    e essa bacteria pega pelo beijo?
    juli

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Juli
    Ainda não sabemos se o beijo pode transmir H.pylori. É possível que sim, mas ainda não se conseguiu comprovar esta via de transmissão.

  • José Carlos

    Dr. Ha um bom tempo atras descobri que tinha gastrite, fiz o tratamento para matar a bacteria, se nao me engano com o remedio pirolipac uma coisa assim, e depois fiz o uso de omeprazol, parei por um bom tempo o tratamento e ate hj nao tomo mais nada so que sinto muito desconforto estomacal, bastante gases, arrotos, flatulencias… sempre me sentindo um pouco cheio… e o pior eu bebo, mesmo sendo socialmete mas bebo… sera se todo esse desconforto e essas gases possasm ser gastrite atacada…? eu tomava omeprazol e na farmacia me disseram que o pantoprazol era bem melhor… isso e verdade?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @José Carlos
    Omeprazol e pantoprazol têm eficácia semelhante. Não há nenhum trabalho que demonstre superioridade de um sobre o outro.

  • Anonymous

    olá…Boa Noite!após algumas pesquisas encontrei este site…tenho dúvidas sobre a bactéria H.Pylori.Há 6 anos atrás fiz endoscopia por achar um encomodo no estômago…pronto!positivo…alguma pequena quantidade.o médico em momento algum disse q eu tinha ulcera…Tomei os medicamentos…ótimo.há 1 semana venho sentindo o mesmo incômodo dos anos atrás…só q o interessante é q não tenho azia…vomitos, mas mto inchaço…saciedade apresentando dores amenas…Será mesmo q estou com esta poderosa bacteria de novo? Se eu nao tinha ulcera…como o medico receitou-me os antibioticos?no meu caso q tenho consulta c um clinico geral…ele pode receitar-me os antibioticos?e como vivo em Portugal seria qual tipo de medicamento?Obrigada pela atençao…Tania

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Tania
    Alguns médicos tratam H.pylori mesmo sem úlceras se há sintomas estomacais. Não é uma indicação plenamente aceita. O clínico pode prescrevê-los se achar que há indicação. O fato de morar em Portugal não muda nada. O tratamento é mesmo no mundo inteiro.

  • silvana

    Bom dia, fiz endoscopia e biopsia e acusou gastrite cronica e h.pylori, gostaria de saber o posso e o que não posso comer.Desde já obrigado, Silvana, MG

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @silvana
    Não há dieta específica para H.pylori. Para a gastrite, evite álcool, cigarro e comidas com muita pimenta ou gordura.

  • rosa

    Essa bactéria causa câncer? Fiz uma endoscopia e descobri q tenho e estou apavorada pq tenho casos na família. Tb estou com uma úlcera e gastrite do antro. O q faço?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @rosa
    O H.pylori está relacionado a alguns tipos de câncer do estômago, mas a maioria esmagadora das pessoas que têm a bactéria não desenvolve câncer. É preciso discutir com o seu gastro se o seu caso tem indicação de tratamento.

  • rosa

    Bo noite! Como deve ser feita a alimentação durante o tratamento? E pode ter cura?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @rosa
    Há cura com os antibióticos. Não há dieta especial.

  • Ray Santos

    Boa noite Dr. Pedro Pinheiro
    Fiz o exame de endoscopia e deu este resultado.
    Esofagite Erosiva Leve
    Pesquisa de helicobacter pylori positiva
    E o medico mandou eu tomar só omeprazol de 20, porque ele não passou os outros remédios já quem tem este helicobacter pylori precisa fazer o tratamento?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Ray Santos
    Só se trata H. pylori se houver úlcera no estômago ou duodeno. A esofagite não é casuada pela bactéria.