O QUE É DIABETES?

Diabetes mellitus é o nome dado a um grupo de distúrbios metabólicos que resultam em níveis elevados de glicose no sangue (conhecido popularmente com açúcar alto no sangue). Existem vários tipos de diabetes e várias causas para os mesmos.

Publicidade

O diabetes é uma das doenças mais comuns no mundo e sua incidência tem aumentado ao longo dos anos, devido principalmente à má alimentação e à obesidade.

Neste texto vamos abordar os seguintes pontos sobre diabetes:

  • O que é glicose.
  • O que é glicemia.
  • Como se dá o controle da glicose no sangue.
  • O que é diabetes.
  • Tipos de diabetes.
  • O que é pré-diabetes.

O que é a glicose?

A glicose, também chamada de dextrose, é uma molécula simples de carboidrato (monossacarídeo), cuja principal função é fornecer energia para as células funcionarem. Praticamente todo alimento da classe dos carboidratos possui glicose na sua composição.

A maioria dos carboidratos da nossa dieta é composta por três monossacarídeos: glicose, frutose e galactose. Para ficar mais fácil de entender, pense nessas três moléculas como pequenos tijolos. O modo como esses tijolos se agrupam dá origem aos diferentes tipos de carboidratos que comemos, desde as frutas, até cereais, mel, massas, pão, vegetais, etc. Exemplos: o famoso açúcar de mesa, chamado de sacarose, é a junção de apenas dois monossacarídeos, a glicose e a frutose. Já o carboidrato presente no leite, chamado de lactose, é a junção de glicose com galactose.

O nosso corpo precisa de glicose para funcionar, ela é o nosso combustível. Na verdade, desde bactérias até o ser humano precisam da glicose para sobreviver. A glicose é a única molécula de carboidrato que pode nos fornecer energia. Tanto a frutose quanto a galactose precisam antes serem transformadas em glicose pelo fígado para poderem ser aproveitadas pelas células.

Controle da glicose no sangue – Papel da insulina

Após uma refeição, os carboidratos que foram ingeridos passarão pelo processo da digestão. Digerir um carboidrato significa quebrá-lo em vários micro pedaços até que se libertem todos os “tijolos” de glicose, frutose e galactose. No intestino delgado, estas moléculas serão absorvidas, chegando à circulação sanguínea.

Diabetes

Após uma refeição, uma grande quantidade de glicose, frutose e galactose chegam à corrente sanguínea, aumentando a glicemia  [glicemia = concentração de glicose no sangue]. Sempre que há uma elevação na glicemia, o pâncreas libera um hormônio chamado insulina, que faz com que a glicose circulante no sangue entre nas células do nosso corpo. A insulina também estimula o armazenamento de glicose no fígado, para que, em períodos de necessidade, o corpo tenha uma fonte de glicose que não dependa da alimentação. Estas duas ações da insulina promovem uma rápida queda na glicemia, fazendo com que os níveis de glicose se normalizem rapidamente.

O que é diabetes?

Diabetes mellitus é o nome dado ao grupo de doenças que cursam com uma dificuldade do organismo em controlar os níveis de glicose do sangue, mantendo-os sempre acima do normal. Dizemos que o diabetes é um grupo de doenças porque existe mais de um tipo de diabetes, apresentando causas diferentes e mecanismos distintos para a desregulação da glicemia.

Habitualmente o diabetes surge por falta de produção insulina ou por uma incapacidade das células reconhecerem a presença da mesma, ou seja, existe insulina, mas ela não consegue colocar a glicose para dentro das células. Há casos ainda em que o paciente apresenta os dois problemas, além de produz pouca insulina, ela ainda funciona mal.

O resultado final desta redução da produção de insulina, ou do seu mal funcionamento, é o acúmulo de glicose no sangue. O paciente se alimenta, recebe uma carga de glicose no sangue, mas as células não conseguem captá-lo, mantendo a glicemia elevada constantemente. Esta glicemia elevada, chamada de hiperglicemia, provoca dois grandes problemas. O primeiro, a curto prazo, é a falta de glicose nas células, que precisam da mesma para funcionar adequadamente. O segundo, que ocorre após anos de doença, é a lesão dos vasos sanguíneos. O excesso de glicose é tóxico para as células dos vasos, fazendo com que as artérias sofram progressivas lesões, levando às complicações típicas do diabetes, como problemas renais, cegueira, doenças cardiovasculares, lesões neurológicas, gangrena dos membros, etc.

Tipos de diabetes mellitus

Existem vários tipos de diabetes, mas três respondem pela imensa maioria dos casos, são eles:

  • Diabetes tipo 1
  • Diabetes tipo 2
  • Diabetes gestacional

Vamos explicá-los.

DIABETES TIPO 1

O diabetes mellitus tipo 1 é uma doença autoimune, isto é, ocorre devido a produção equivocada de anticorpos contra as nossas próprias células, neste caso específico, contra as células beta do pâncreas, responsáveis pela produção de insulina (leia: DOENÇA AUTOIMUNE).

Não sabemos exatamente o que desencadeia esta produção equivocada de auto anticorpos, mas sabe-se que há um fator genético importante. Todavia, só a genética não explica tudo, já que existem irmãos gêmeos idênticos em que apenas um deles apresenta diabetes tipo 1. Imagina-se que algum fator ambiental seja necessário para o início da doença. Entre os possíveis culpados podem estar infecções virais, contato com substâncias tóxicas, carência de vitamina D (leia: VITAMINA D | Deficiência e suplementos) e até exposição ao leite de vaca ou glúten nos primeiros meses de vida. O fato é que em alguns indivíduos, o sistema imunológico de uma hora para outra começa a atacar o pâncreas, destruindo-o progressivamente.

Conforme as células beta do pâncreas vão sendo destruídas, a capacidade de produção de insulina vai se reduzindo progressivamente. Quando mais de 80% destas células encontram-se destruídas, a quantidade de insulina presente já não é mais capaz de controlar a glicemia, surgindo, assim, o diabetes mellitus tipo 1.

O diabetes tipo 1 é responsável por apenas 10% dos caso de diabetes e ocorre geralmente na juventude, entre os 4 e 15 anos, mas pode acometer até pessoas de 30 a 40 anos.

Como o diabetes tipo 1 é uma doença que habitualmente surge nos primeiros anos de vida, costuma provocar complicações ainda na juventude. Um paciente com apenas 25 anos pode ter diabetes há mais de 20 anos, sofrendo, assim, as consequências da doença ainda jovem, principalmente se o controle do diabetes não tiver sido bem feito nestes anos todos.

Como o diabetes tipo 1 é provocado pela falta de insulina, o seu tratamento consiste basicamente na administração regular de insulina para controlar a glicemia.

DIABETES TIPO 2

O diabetes mellitus tipo 2 é uma doença que também apresenta algum grau de diminuição na produção de insulina, mas o principal problema é uma resistência do organismo à insulina produzida, fazendo com que as células não consigam captar a glicose circulante no sangue.

O diabetes tipo 2 ocorre em adultos, geralmente obesos, sedentários e com histórico familiar de diabetes. O excesso de peso é o principal fator de risco para o diabetes tipo 2. A associação entre obesidade e diabetes tipo 2 é tão forte, que muitos pacientes podem até deixar de serem diabéticos se conseguirem emagrecer. O modo como o corpo armazena gordura também é relevante. Pessoas com acúmulo de gordura predominantemente na região abdominal apresentam maior risco de desenvolver diabetes.

O diabetes tipo 2 vem muitas vezes acompanhado por outras condições, incluindo hipertensão arterial e colesterol alto. Esta constelação de condições clínicas (hiperglicemia, obesidade, hipertensão e colesterol alto) é referida como síndrome metabólica, sendo um grande fator de risco para doenças cardiovasculares.

Para ler especificamente sobre cada uma delas:
OBESIDADE | Definições e consequências
COLESTEROL HDL | COLESTEROL LDL | TRIGLICERÍDEOS
HIPERTENSÃO ARTERIAL | Sintomas e tratamento

Além da obesidade e do sedentarismo, há outros fatores de risco para o diabetes tipo 2:

  • Idade acima de 45 anos.
  • História familiar de diabetes.
  • Hipertensão arterial.
  • História prévia de diabetes gestacional.
  • Glicemia de jejum maior que 100 mg/dl (pré-diabetes).
  • Ovário policístico.
  • Colesterol elevado.
  • Uso prolongado de medicamentos, como corticoides (leia: INDICAÇÕES E EFEITOS DA PREDNISONA E CORTICOIDES ), tacrolimo, ciclosporina ou ácido nicotínico.
  • Tabagismo (leia: COMO PARAR DE FUMAR CIGARRO).
  • Dieta rica em gorduras saturadas e carboidratos e pobre em vegetais e frutas.

Inicialmente, o diabetes tipo 2 pode ser tratado com medicações por via oral. Geralmente são drogas que estimulam a produção de insulina pelo pâncreas ou aumentam a sensibilidade das células à insulina presente.

Com o tempo, a própria hiperglicemia causa lesão das células beta do pâncreas, fazendo com que haja uma redução progressiva da produção de insulina. Por este motivo, é comum que pacientes com diabetes tipo 2, depois de muito anos de doença, passem a precisar de insulina para controlar sua glicemia.

DIABETES GESTACIONAL

O diabetes gestacional é um tipo de diabetes que surge durante a gravidez e habitualmente desaparece após o parto. Este tipo de diabetes ocorre por uma resistência à ação da insulina.

Durante a gravidez a placenta produz uma série de hormônios, sendo que alguns deles inibem a ação da insulina circulante, fazendo com que a glicemia da mãe se eleve. Imagina-se que parte deste efeito seja para assegurar uma boa quantidade de glicose para o feto em desenvolvimento. É bom lembar que a mulher grávida precisa de glicose para ela e para o feto. Se não existisse essa ação anti-insulina, haveria mais riscos de hipoglicemia durante períodos de jejum, como, por exemplo, durante o sono noturno.

Na maioria das mulheres esta resistência à insulina não causa maiores problemas, já que o pâncreas é capaz de controlar a glicemia aumentando a sua produção de insulina. As mulheres grávidas produzem em média 50% mais insulina que as mulheres não grávidas.

O problema surge nas gestantes que já apresentam algum grau prévio de resistência insulínica ou cujo pâncreas não consegue aumentar sua produção de insulina além do basal. Os principais fatores de risco para o diabetes gestacional são o excesso de peso, gravidez tardia e o pré-diabetes (explico mais à frente, no tópico pré-diabetes).

O diabetes gestacional costuma surgir somente após a 20ª semana de gestação, época em que os hormônios anti-insulina começam a ser produzidos em grande quantidade.

O diabetes gestacional está associado a diversos problemas para o feto, incluindo parto prematuro, problemas respiratório, hipoglicemia após o parto, bebês de tamanho acima do normal e maior risco de diabetes tipo 2 para a mãe e para o filho.

Para saber mais sobre o diabetes gestacional, leia: DIABETES GESTACIONAL

PRÉ-DIABETES

O pré-diabetes é a situação na qual o organismo não consegue manter a glicemia em níveis normais, mas ela ainda não encontra-se elevada o suficiente para o diagnóstico do diabetes.

Em pessoas com funcionamento normal da insulina, a glicemia de jejum (pelo menos 8 horas de jejum) encontra-se sempre abaixo dos 100 mg/dl. Para o diagnóstico de diabetes é preciso uma glicemia de jejum persistentemente acima de 126 mg/dl. Portanto, todos aqueles com glicemia de jejum entre 100 e 125 mg/dl são considerados pré-diabético

Habitualmente, o que ocorre nos pacientes com glicemia de jejum alterada é uma falta de resposta do organismo à insulina produzida. O pâncreas pode funcionar bem, mas as células não respondem como deveriam à insulina presente no sangue, fazendo com que a passagem da glicose para os tecidos fique prejudicada. A principal causa desta resistência à insulina é o excesso de peso e o acúmulo de gordura na região abdominal. As células de gordura têm mais dificuldades em utilizar a insulina do que as células dos músculos. Além disso, o excesso de gordura produz vários mediadores químicos que diminuem o efeito da insulina no corpo. Como podemos ver, os fatores de risco e os mecanismos do pré-diabetes são semelhantes aos do diabetes tipo 2.

Pacientes com pré-diabetes apresentam elevado risco de evoluírem para o diabetes tipo 2 em curto/médio prazo. Na verdade, a cada 100 pacientes diagnosticados com pré-diabetes, 11 desenvolvem diabetes no prazo de apenas um ano. Em 10 anos, mais de 50% dos pacientes terão evoluído para diabetes.

Vérsion en español:  ¿QUÉ ES LA DIABETES?
"O QUE É DIABETES?", 5 out of 5 based on 48 ratings.
Publicidade
  • Mara Lucia dos Santos

    Uma pessoa diabetica ja comprovada, pode tomar cerveja, socialmente?, pessoas q não são obesas , q descobriram pós os 50 anos tambem pode ser tipo 2? pois meu namorado está com taxa de 127 em jejum mas não é obeso, é sedentario.As plaquetas dele estão em 101(baixa) isso pode ser em decorrencia da diabetes, tambem?

    • Dr. Pedro Pinheiro – MD. Saúde

      1- Diabéticos devem evitar bebidas alcoólicas. 1 copo de cerveja eventualmente não tem maiores problemas. Mais que isso pode atrapalhar no controle da glicemia.

      2- Sim, pode.

      3- Não costuma ter relação.

  • Mara Lucia dos Santos

    como se distingue a diabete 1 da 2 , e qual é mais perigosa??

    • Dr. Pedro Pinheiro – MD. Saúde

      Em geral, o DM1 surge em pessoas jovens, geralmente crianças, enquanto o DM2 ocorre em adultos, geralmente com sobrepeso. Em alguns casos, porém, pode ser difícil a distinção. Existem casos de DM1 de início tardio, e com o aumento da incidência de obesidade infantil, há cada vez mais casos de DM2 em jovens.
      O DM1 costuma ser mais difícil de controlar e, como acomete jovens, quando o paciente chega aos 40 anos ele já tem décadas de agressão pela doença.

  • Marcinha

    fiz um check up e deu anormal meus resultados, porem meu retorno ao medico sera somente EM Junho (SUS né) estou bastante preocupada, nao sou diabetica, mas meu exame de glicemia de 91,0 mg/dL porem o exame hemoglobina glicosilada deu 6,6% ja sou considerada diabética?

    • Mara Lucia dos Santos

      claro q não, diabetico é taxa acima de 126 em jejum, e hemoglobina glicosilada abaixo de 7,5 é normal……………..

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não, tenha calma.

  • patricia

    ja comecei fazer atividade fisica e aerobica …alimentação tambem agora e moderada tenho 23 anos e estou acima do peso mas observei que depois que comecei a malhar não sinto mai dor de cabeça…a medica me passou o metformina 850mlg 1 por dia..
    .

  • patricia

    estou com pre diabete estou preocupada de mais com medo de morrer e ficar cega o que faço?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Procure um endocrinologista e siga as orientações dele. Pré-diabetes ainda não é diabetes. É possível que ainda haja muito o que fazer para melhorar.

  • Mauro Ponciano

    DR, fiz exame de sangue e minha taxa de glicemia de 155 e eu estava de jejum 12hs é muito preocupante ?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      É bem provável que você tenha diabetes. 2 exames acima de 126 mg/dl fecham o diagnóstico.

  • gizenaide

    DR ,meu esposo tem diabetes gostaria de saber se tem algum problema termos relação sem camisinha.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Somente pelo diabetes, não.

  • Monteiro

    Dr. Pedro. Muito esclarecedor, objetivo, de fácil leitura, o texto sobre a diabetes. De grande valia. Parabéns.

  • SAMARA

    Por favor, gostaria de saber qual o ano da publicação desse artigo?

    • Pedro Pinheiro

      Este artigo foi escrito originalmente em 2008, mas ele é revisado, e atualizado quando necessário, anualmente.

  • leandro rocha

    doutor pq a dieta pobre em vegetais e frutas pode causar diabetes?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não é diretamente. Pessoas que consomem poucas frutas e outros vegetais costumam ter uma dieta rica em gordura e carboidratos, estes sim relacionados à obesidade e ao aparecimento do diabetes.

  • leandro rocha

    doutor minnha glicemia em jejum está em 101 é preoculpante? obs nao tenho obesidade nunca fumei nao tenho historico nem hipertensão enfim nenhuma das causas citadas por vc acima a não ser a glicemia maior q 100

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      É motivo de preocupação, pois pode se rum sinal de pré-diabetes.

  • Igoroliveira_adv

    ola boa noite, meu pai tem 52 ele trabalha no serviço braçal, e ele já teve problemas com alcool, e a um certo periodo ele parou faz uns quatro meses, e o diabetes dele vai a 400 eu me assusto quando ele tira a taxa de glicemia, acredito também que ele esteja com problemas emocionais sera isso a causa do aumento

  • kelly casanova

    Olá Dr, há algumas semanas fiz o exame de sangue com 12 horas de jejum e minha glicemia teve resultado de 70. Sendo que sou viciada em doces, gostaria de saber se esse é um indice bom ou preciso me preocupar, já que tenho hipotireoidismo e tenho medo de haver alguma relação com a baixa glicemia. Muito obrigada.

  • kelly casanova

    Olá Dr, há algumas semanas fiz o exame de sangue com 12 horas de jejum e minha glicemia teve resultado de 70. Sendo que sou viciada em doces, gostaria de saber se esse é um indice bom ou preciso me preocupar, já que tenho hipotireoidismo e tenho medo de haver alguma relação com a baixa glicemia. Muito obrigada.

  • CL

    Boa tarde, Dr!
    Tenho uma dúvida… Sempre faço meus exames regularmente, até mais de uma vez por ano. Em novembro fiz meus exames ao descobrir que estava grávida, porém, antes de levar o resultado dos exames ao médico, sofri um aborto espontaneo (eu estava com 6 semanas de gestação). Meu médico disse que sou uma pessoa saudável e que nesses casos, é o próprio organismo que interrompe a gravidez, por problemas na formação do bebezinho. Minha glicose em jejum, que sempre deu na casa dos 80, estava em 94. Fiquei bem assustada, mas não fiquei paranoica, pq no exame dizia que era normal até 100. E também, quando peguei o resultado, já tinha sofrido o aborto. O que tenho feito é evitar açúcar e carboidrato. O que me assustou, porém, foi que peguei o exame do sumario de urina, a densidade deu 1020, a reação 6,0, cor amarelo citrino, levemente turvo, tudo estava normal, porém, houve presença de corpos cetonicos.
    Não sou diabética e, embora meu nivel de açúcar estivesse acima do meu habitual, ainda estava na faixa da normalidade… Nao apereceu na urina nem glicose, nem nenhum dos outros itens, só os corpos cetonicos.. Isso pode ser devido ao fato de eu estar gestante qd fiz o exame?
    Meu GO disse para nao me preocupar e repetir os exames em 2 ou 3 meses, mas adiantou que pode ser pela gestação, já que a glicemia nao estava elevada.
    O que o sr acha?

    • Bruno Azuka-san

      CL vc so precisaria se preocupar perante uma quantidade muito grande de corpos Cetonicosa cor esta boa amarelo citrino quer dizer q não esta muito concentrar e vc esta hidratada, agora puxar cores como amarelo escuro, ambar (a cor fala nescessariamente de concentração, claro q temos exceções) o aspecto levemente turvo pode ser causado por piócitos, muco etc.

    • Bruno Azuka-san

      olá, não sou médico, mas sou analista clinico, olha os corpos cetônicos são resultantes da combustão incompleta de gorduras, você deveria ficar mais preocupada se houvesse presença de glicose na sua urina, e se o resultado da urina confirmar glicose e no sangue não confirmar você repete o exame em outro laboratório.

  • Marta8003

    Tenho um irmão com 24 anos, ele fez o exame de urina e sangue, e constatou glicose, no de urina deu esse resultado ++, e o de sangue deu 99, ele já é diabético? fora os outros sintomas que ele já sentiu como pernas e rosto inchados. Obrigada  

  • Erika Moraes

    Boa noite! Fiz exame de sangue há menos de 6 meses e a glicose estava normal. Acontece que tenho percebido um cheiro doce na minha urina e fiquei preocupada. Um grave erro q cometo é o fato de que quase não tomo água. Eu devo estar com diabete? Tenho casos na família. Obrigada!

    • Bruno Azuka-san

      Erika, o bom seria que você repetisse o exame de glicose com rapidez e procurar o endocrino

  • Rita de Cássia do Amaral

    Bom dia doutor
    Me chamo Rita tenho 46 anos e a um mês descobri que sou diabética
    Fui ao medico e ele me receitou metiformina só que tenho sentido muita tristeza
    Vontade de ficar em um canto nao falar com ninguém chorando atoa
    Eu nao sou assim há dois dias parei de tomar o remedio e estou me sentindo
    Bem melhor nao sei okque fazê
    Eu também gostaria de saber que proficional cuida da diabete este que me receitou
    A metiformina e clinico geral mas já me falaram quenquém cuida da diabetes e o cardiologista
    Será que o doutor pode me esclarecer essas duvidas
    Desde já agradeço

    • Bruno Azuka-san

      o profissional que cuida de diabetes é o médico endocrinologista.

  • Rita de Cássia do Amaral

    Bom dia doutor
    Me chamo Rita tenho 46 anos e a um mês descobri que sou diabética
    Fui ao medico e ele me receitou metiformina só que tenho sentido muita tristeza
    Vontade de ficar em um canto nao falar com ninguém chorando atoa
    Eu nao sou assim há dois dias parei de tomar o remedio e estou me sentindo
    Bem melhor nao sei okque fazê
    Eu também gostaria de saber que proficional cuida da diabete este que me receitou
    A metiformina e clinico geral mas já me falaram quenquém cuida da diabetes e o cardiologista
    Será que o doutor pode me esclarecer essas duvidas
    Desde já agradeço

  • R10jampatotal

    minha mãe tem diabetes tipo 2 , ela teve um emagrecimento muito precoçe, a dois anos atras ela era uma pessoa óbesa . de repente ela emagreceu de forma muito rapida . o medico recomendou ela parar de tomar a insulina , parece que foi pior , a glicose dela veio muito alta 392 . ela passa mal precoçemente. preciso saber qual solução tomar para ela ?

    RODRIGO TRAJANO DE LIMA

  • R10jampatotal

    minha mãe tem diabetes tipo 2 , ela teve um emagrecimento muito precoçe, a dois anos atras ela era uma pessoa óbesa . de repente ela emagreceu de forma muito rapida . o medico recomendou ela parar de tomar a insulina , parece que foi pior , a glicose dela veio muito alta 392 . ela passa mal precoçemente. preciso saber qual solução tomar para ela ?

    RODRIGO TRAJANO DE LIMA

  • Luana Castro

    O hemoglucoteste ou glicosímetro nos fornece um diagnóstico fidedigno de diabetes ou somente
    por exame de sangue?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Somente por exame de sangue.

  • Luana Castro

    O hemoglucoteste ou glicosímetro nos fornece um diagnóstico fidedigno de diabetes ou somente
    por exame de sangue?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Somente por exame de sangue.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    O que descontrola o diabetes é dieta errada, excesso de álcool e não tomar a medicação corretamente.

  • Erika Moraes

    Boa noite! Fiz exame de sangue há menos de 6 meses e a glicose estava normal. Acontece que tenho percebido um cheiro doce na minha urina e fiquei preocupada. Um grave erro q cometo é o fato de que quase não tomo água. Eu devo estar com diabete? Tenho casos na família. Obrigada!

  • Igoroliveira_adv

    ola boa noite, meu pai tem 52 ele trabalha no serviço braçal, e ele já teve problemas com alcool, e a um certo periodo ele parou faz uns quatro meses, e o diabetes dele vai a 400 eu me assusto quando ele tira a taxa de glicemia, acredito também que ele esteja com problemas emocionais sera isso a causa do aumento

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      O que descontrola o diabetes é dieta errada, excesso de álcool e não tomar a medicação corretamente.

  • Vanessatpati

    Bom dia Fiz o teste de glicemia glicada no meu filho de 11 anos e deu 5,9 no exame não tem referencias, tenho feito os teste em jejum e sempre dão acima de 100, e acima de 126 só duas vezes, o que está me incomodando é que logo após ele comer principalmente uva maçã, a glicemia dele sobe para mais de 400, sei que tenho que medir uma ou duas horas depois, mas acho muito alta para uma criança mesmo medindo logo após ele comer, essa taxa altíssima abaixa rápido, então quando vou medir uma hora depois esta entre 180 e 160, isso é normal?

    Obs Só tem um médico endócrino aqui que atende criança, mas só tem agenda para daqui um mês.

  • Tatianaejunior

     olá, boa noite !
    estou cursando técnico em emfermagem e adorei tudo que li.Passei por um problema muito sério com minha vó e sofri muito,pois não pude fazer nada.Mas estou desconfiando que minha mãe está com o mesmo problema porque ela está com as taxas de colesterol muito alta e não baixa com nenhuma medicacão.estou muito desconfiada.

  • Tatianaejunior

     olá, boa noite !
    estou cursando técnico em emfermagem e adorei tudo que li.Passei por um problema muito sério com minha vó e sofri muito,pois não pude fazer nada.Mas estou desconfiando que minha mãe está com o mesmo problema porque ela está com as taxas de colesterol muito alta e não baixa com nenhuma medicacão.estou muito desconfiada.

  • Nicinhagrapiuna

    Você tem que conviver com esta doença…meu marido é diabético e não aceitava a realidade,não fazia regime nenhum…também não sentia dor!!!!!! resultado: teve um derrame, os rins pararam de funcionar,teve então de fazer  hemodiálise,já está cego de um olho…. AGORA ele sabe o perigo da doença e faz regime. Não bebe,não come gorduras,come muita salada, pão integral, frutas…deixou os doces e massas para trás.

  • Lelenl1

    eu tenho 15 anos e fiz um isame que deu 110 de glicemia…ja posso ser considerada diabetica ou pre diabetica? por favor responda???

  • Raiza Vieira

    Há um tempo atrás eu estava com alguns sintomas diferente, andando muito cansada, permanentemente tendo sede e urinando muitas vezes ao dia e com alguns sintomas da diabete,no meio das dúvidas fiz o teste e deu 86,0 .
    acima de quanto estou com diabetes  ?
    obrigada.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Assim não tem valor. Você tem que fazer um exame de sangue em jejum.

  • Maria Elisa

    Olá, boa tarde!

    Fiz aqueles testes rápidos e constou 140 mg/dl, mas eu não estava de jejum, fazia apenas uns 10 min que eu havia almoçado e tenho sentido alguns sintomas citados no artigo. Isso pode ser pré-diabetes?

  • Maria Elisa

    Olá, boa tarde!

    Fiz aqueles testes rápidos e constou 140 mg/dl, mas eu não estava de jejum, fazia apenas uns 10 min que eu havia almoçado e tenho sentido alguns sintomas citados no artigo. Isso pode ser pré-diabetes?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Assim não tem valor. Você tem que fazer um exame de sangue em jejum.

      • larissa

        dr fiz exame e deu 97 minha glicose . mas lembrei que no dia anterior comi muito doce chovolate milk shakes e tal . depois que fiz esse exame n consigo dormi direito preocupada com medo de ter diabetes e nem doce assim tou comento mas . so as frutas msm que n parei e comida mas doces tipo chocolate bala churros n comi mas . devo reprtir o exame ?

        • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

          97 tá normal.

      • larissa

        dr fiz exame e deu 97 minha glicose . mas lembrei que no dia anterior comi muito doce chovolate milk shakes e tal . depois que fiz esse exame n consigo dormi direito preocupada com medo de ter diabetes e nem doce assim tou comento mas . so as frutas msm que n parei e comida mas doces tipo chocolate bala churros n comi mas . devo reprtir o exame ?

  • FELIPE

    DR: Bom Dia Tudo bom ?
    Gostaria que voooc tirasse uma Duvida minha Fiz o Exame , e nele mostra assim: 140 a 199: Intolerância de Diabetes
    >: 200 : Sugestivo de Diabetes
    * (1) o Jejum é defenido como a falta de ingestão calorica de no minimo8 hs, com o prazo maximo de 14 hs segundo a OMS.
    *(2) Em caso de Glicemia casual ( realizada a qualquer hora do dia sem obs o intervalo da última refeição ) valor >=200 sugere diabetes.

    esse exame comprova que eu tenho DIABETE DR:?

  • FELIPE

    DR: Bom Dia Tudo bom ?
    Gostaria que voooc tirasse uma Duvida minha Fiz o Exame , e nele mostra assim: 140 a 199: Intolerância de Diabetes
    >: 200 : Sugestivo de Diabetes
    * (1) o Jejum é defenido como a falta de ingestão calorica de no minimo8 hs, com o prazo maximo de 14 hs segundo a OMS.
    *(2) Em caso de Glicemia casual ( realizada a qualquer hora do dia sem obs o intervalo da última refeição ) valor >=200 sugere diabetes.

    esse exame comprova que eu tenho DIABETE DR:?

  • FELIPE

    DR: Bom Dia Tudo bom ?
    Gostaria que voooc tirasse uma Duvida minha Fiz o Exame , e nele mostra assim: 140 a 199: Intolerância de Diabetes
    >: 200 : Sugestivo de Diabetes
    * (1) o Jejum é defenido como a falta de ingestão calorica de no minimo8 hs, com o prazo maximo de 14 hs segundo a OMS.
    *(2) Em caso de Glicemia casual ( realizada a qualquer hora do dia sem obs o intervalo da última refeição ) valor >=200 sugere diabetes.

    esse exame comprova que eu tenho DIABETE DR:?

  • cristina

    o meu marido e diabético a gora esta com ocilaçao na preção é normal em diabeticos

  • Rosana

    Sou diabetica a muitos anos, hoje tenho 48 anos e venho a cada dia me sentindo muito mal, com tonturas , sou obesa, tenho problemas circulatorios, varizes , sinto muita furmigação e angustia no peito.Minha diabete é a 2 tomo mertifumina 850mg 3 x ao dia e glibencamina  2mg x 2 ao dia. .Ela fica em 300 e pouco ate 400 e pouco.Estou tão cansada de me sentir mau isso é muito dezagradavel , na parte da manha ai é pior. Mas mesmo assim tento levar uma vida normal. Se possivel me ajude .
    atenciosamente

  • Marcia Mangeon Werneck

    Minha mãe tem 87 anos, os exames sempre deram taxa normal (84 ou 87,por exemplo), mas no último deu 155 de glicemia. O sangue não foi colhido em jejum. Será preciso fazer novos exames para confirmar?

  • Lelenl1

    eu tenho 15 anos e fiz um isame que deu 110 de glicemia…ja posso ser considerada diabetica ou pre diabetica? por favor responda???

  • Marta8003

    Tenho um irmão com 24 anos, ele fez o exame de urina e sangue, e constatou glicose, no de urina deu esse resultado ++, e o de sangue deu 99, ele já é diabético? fora os outros sintomas que ele já sentiu como pernas e rosto inchados. Obrigada  

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Diabetes é só acima de 126 mg/dl.

  • Raiza Vieira

    Há um tempo atrás eu estava com alguns sintomas diferente, andando muito cansada, permanentemente tendo sede e urinando muitas vezes ao dia e com alguns sintomas da diabete,no meio das dúvidas fiz o teste e deu 86,0 .
    acima de quanto estou com diabetes  ?
    obrigada.

  • Enf Waldemir

    Em uma grávida com rastreamento positivo para diabetes gestacional, qual o exame ideal para fechar o seu diagnóstico de D.G.Nesse caso podemos utilizar somente o teste de tolerância a glicose 75 g ou devemos adicionar outro exame para fazermos o diagnóstico.Waldemir Silva.

  • Rosana

    Sou diabetica a muitos anos, hoje tenho 48 anos e venho a cada dia me sentindo muito mal, com tonturas , sou obesa, tenho problemas circulatorios, varizes , sinto muita furmigação e angustia no peito.Minha diabete é a 2 tomo mertifumina 850mg 3 x ao dia e glibencamina  2mg x 2 ao dia. .Ela fica em 300 e pouco ate 400 e pouco.Estou tão cansada de me sentir mau isso é muito dezagradavel , na parte da manha ai é pior. Mas mesmo assim tento levar uma vida normal. Se possivel me ajude .
    atenciosamente

  • moises

    dr minha mãe esta com problemas no rim por via da diabetes , que tipo de dieta seria bom pra ela ou o que ela deveria comer?

  • moises

    dr minha mãe esta com problemas no rim por via da diabetes dela que tipo de dieta seria bom para ela? 

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    É.

  • cristina

    o meu marido e diabético a gora esta com ocilaçao na preção é normal em diabeticos

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      É comum, principalmente se o diabetes for antigo

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Diabetes tipo 1 pode dar muita fome mesmo se não estiver bem controlada.
    Perda de audição não um dos sintomas comuns do diabetes.

  • Lipeêeh .

    Tenho diabétes a 3 anos desde os 9 anos de idade , ela está sempre muito Alta , eu não Consigo Parar de Comer , Quanto mais eu como , mais vontade de comer me dá , isso é normal ?

    Também Estou percebendo que estou Ouvindo um pouco menos e estou com medo de falar isso com minha mãe , estou com medo de ficar surdo , é póssive em apenas 3 Anos Perder a Audição ?

    Obrigado .  [:

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Diabetes tipo 1 pode dar muita fome mesmo se não estiver bem controlada.
      Perda de audição não um dos sintomas comuns do diabetes.

  • Quinazete

    gostei imenso dr todo o texto , fiquei mais elucidada e mt mais atenta.Obrigada

  • Quinazete

    gostei imenso dr todo o texto , fiquei mais elucidada e mt mais atenta.Obrigada

  • Cidaamador

    Excelente ,linguagem fácil  e simples  para o leigo Parabéns!

  • Fabiana

    Parabéns pelo site, uma linguagem clara gostei muito.  Meu pai é diabético e hipertenso, esse site foi uma das melhores coisas que já encontrei na internet, me ajudou muito.  Que papai do céu continue iluminando o seu caminho.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Telma Scherr
    Jejum é de 8 a 12 horas
    Isso que ocorre com você é sinal de hiperprodução de insulina após a alimentação. Pode ser um sinal precoce de diabetes, o que bate com o fato da sua glicemia de jejum estar alta.

  • Telma Scherr

    Gostaria de esclarecer uma dúvida que já tentei em outras pesquisas e não consegui:

    Meço minha glicose em jejum , dá resultado elevado (até 140)
    Quando meço 2h após o almoço , dá sempre normal.
    Ex.: 140 em jejum
    98 poós prandial

    Outra dúvida- o jejum pra se medir a glicose pode ser de quantas horas ?

    Obrigada pelas informações

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Monica
    Não é verdade que todo paciente com diabetes tem hipertensão. O problema é que os fatores de risco são semelhantes, como sobrepeso, má-alimentação, sedentarismo, etc.
    Além disso, conforme o diabetes progride, há um aumento da incidência e hipertensão devido ao endurecimento das artérias, à retenção de líquido e à lesão dos rins.

  • Monica

    Olá Dr. gostaria de saber qual a ligação entre o diabetes e a hipertensão. Pq quem tem diabetes desenvolve a hipertenção?

  • Lourdes de Almeida – TÉCNICA EM MASSOTERAPIA, formada pelo SENAC-RJ

    Dr. e dra. apenas quero agradecer ao site MARAVILHOSO! Pena que só hoje descobri vocês através de pesquisa sobre diabetes no google. Sou estudante do curso técnico de enfermagem e vocês me ajudarão muito com essas informações maravilhosas. Muito obrigada! Muito obrigada! Lourdes Almeida – RJ

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Cláudia,
    O aumento de tecido adiposo é pelo diabetes e pela inatividade física. Nao é pelo fato da insulina ser administrada barriga.

    Não existe um aumento da secreção de ácido, mas sim uma diminuição nas defesas do estômago contra a acidez.

  • Anonymous

    Dr. Pedro,
    Chamo-me Cláudia. Meu pai é diabético tipo I devido a lesões pancreáticas por etanol. Ele vem fazendo, a vários anos, acompanhamento com um Endrocrinologista. Sua glicemia varia muito ao longo do dia, com isso o médico receitou injeções de insulina 3X ao dia. De manhã, meu pai faz a aplicação na perna e na hora do almoço e a noite na barriga. Nesses últimos anos, sua barriga tem aumentado muito de volume, estando dura. Percebe-se que há depósito de gordura visceral. Ele se sente cansado ao fazer curtas caminhadas, mas não as realiza com frequência.Gostaria de saber se essas injeções abdominais podem contribuir para o aumento do tecido adiposo nessa região ou é uma consequência, quase que inevitalmente, para alguém que é diabético e não faz atividade física rotineiramente. Ele tem sentido também fortes dores estomacais; como se fosse azia. Exames não revelaram nenhuma lesão. Ele vem tomando omeprazol para amenizar, o efeito da secreção gástrica. Outra dúvida! O estômago passa a secretar mais suco gástrico, tentando compensar a perda da glândula? Isso ocorre?

    Felicito ambos pelo site.

    Obrigada.
    Cláudia

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Diana,
    Vc fez tudo errado. Primeiro mediu a glicose logo após comer. Segundo, usou a glicemia capilar, que não serve para fazer diagnóstico, apenas para controlo do diabetes.

    Esse resultado não tem valor nenhum e é impossível de ser interpretado.

    Se vc tem história de diabetes na família, deve fazer uma glicemia EM JEJUM por uma análise de sangue. Este é o exame de rastreio correcto.

  • Diana

    Boa tarde!
    Minha mãe é diabetica, por curiosidade à alguns dias medi a minha glicose no aparelho dela e tinha 180, isto foi 1h dp de ter almoçado.Tornei a medir passadas 2h e deu 97.
    Tendo em conta o historial de diabetes na familia, acha que devo consultar um medico?

    Diana, Portugal

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lucas,
    Realmente um dos efeitos colaterais da isotretinoina pode ser alterações da glicemia

  • Anonymous

    Meu nome é Lucas Henrique, tenho 15 anos e pergunto se o tratamento para acne com isotretinoina de 02 capsulas (15 mg) ao dia poderia ser o causador do aumento no resultado da Glicemia em jejum, no prazo de 07 meses, de 94 mg/dL para 112 mg/dL?

    Obrigado

    Boa noite!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Raquel,
    Se vc quer saber profundamente a relação entre infarto e diabetes, vc deve ler sobre o assunto em livros de medicina. Mas para isso é preciso que vc tenha algum conhecimento da área de saúde.

    Aqui nesta área de comentários é impossível aprofundar qualquer tema. Se vc tiver dúvidas pontuais me escreva que eu te ajudo.

  • Anonymous

    Boa tarde, Dr. Pedro e Dra. Renata gostaria de saber aprofundamente qual a relação da diabetes mellitus com o infarto do miocárdio.
    Grata,
    Sem mais no momento,
    Raquel Araújo
    e-mail: raqfi03@ig.com.br

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Cláudia,
    Sim, principalmente se o diabetes não for bem controlada, há sempre maior dificuldade de cicatrização.

  • Anonymous

    Cláudia de Goiânia Goiás. Olá Dr Pedro foi citado no texto uma das principais complicaçães diabética ( lesães nos membros inferiores). Gostaria de saber ao contrário: lesões nos membros superiores ex: lesão no bíceps braquial causado por possível distensão muscular tornando-se um abcesso, sendo necessário uma círurgia pra remoção das secreções). Sendo essa pessoa diabética como será o processo de cicatrização? Toda pessoal diabetica tem problema de cicatrização? Grata pela atenção

  • marcya

    Obrigada Dr. Pedro pelo retorno…
    Hoje resolvi que vou procurar outro especialista por achar que meu problema não é ginecológico. Mesmo pq o exame de sangue que pedi referente a diabetes descobri que não foi feito. Embora tenha recebido o resultado do exame em mãos ficou muito difícil a leitura por estar em caracteres japoneses, o qual eu não domino.
    Abraços Dr!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marcia,
    Se não havia jejum, o resultado do exame não serve para nada.

    Se vc tinha infecção urinária pelo E.coli, então deve ter sido cistite mesmo, vc não estava errada.

    Acho que se vc não se sente a vontade com o seu médico, deve procurar outro.

  • Marcia

    Olá Dr. Pedro! Muito obrigada pelo retorno e ajuda…
    Eu ando com suspeita a respeito do exame de sangue que fiz nesta clínica, pq nem perguntaram se estava de jejum e nem nada – eu não tinha jejum de 12 hs, pois não sabia deste fator relevante.
    Suspeito tb do primeiro exame de urina, que segundo o Dr. disse-me que estava limpa, constatando daí a candidíase. Qdo fiz o segundo exame de urina uma semana depois foi detectado infecção urinária por Escherichia coli (+2), aí ele me receitou os remédios que por ignorância eu pensei que fosse para cistite, perdão! Qto os remédios que estou tomando não dá pra saber e nem dizer quais são, pq aqui não vem bula e nem na caixa, eles dão somente a quantidade exata a ser usada durante o tratamento, no meu caso, uma semana.
    É isso Dr. Pedro, continuo urinando muito, mais à noite qdo estou deitada. Sinto meu organismo todo estranho, nem a minha menstruação que é regular este mês ainda não veio, o intestino funciona só 1 X por semana, e tudo começou depois que parei de fumar. Só para constar tenho 43 anos.
    Sábado vou voltar para nova consulta – aqui não temos direito a retorno, cada vez que se vai é preciso pagar, mesmo o tratamento não surtindo efeito – com a sensação de que estou no médico errado.
    Abraços, desculpe a extensão do texto!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marcia,
    Se vc fez exaem de sangue e a glicemia veio normal é pq vc não tem diabetes.

    Só não entendi a história da cistite, vc a teve ou não?

  • marcia

    Olá Dr. e Dra.!
    O meu caso é um pouco semelhante ao da Joana. Sinto uma vontade constante ao urinar, a cada 15 min. Toda vez que vou o volume da urina sai normal. Não apresento nenhum outro sintoma como ardência, coceira, etc. Mas, tem me incomodado bastante a noite e amanheço sempre cansada devido as idas ao banheiro. Estou ingerindo muita água não pq tenho sede, pq meu intestino está preso – depois que parei de fumar – vale dizer que tomei durante 15 anos o chá de sena, e agora não faz mais efeito Tem 2 semanas que estou em tratamento com ginecologista, no qual foi detectado candidíase, na segunda para cistite. Os remédios já estão terminando e não estão fazendo efeito, foi feito exame de urina, sangue e Papanicolau – foi constatado colesterol alto(281mg/dl)apenas. Mas confesso que estou ficando preocupada, pq meu pai faleceu recentemente de diabete adquirida. Não sei o que fazer, moro no Japão e gostaria de uma opinião/orientação se devo procurar um outro especialista.
    Muito obrigada pelo espaço e atenção!
    Abraços!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Nal mus,
    Não tem a ver não.
    Para saber se vc tem diabetes é muito simples. É só fazer uma glicemia em jejum (exame e sangue)

  • nal mus

    OLÁ, TUDO BEM? MEU NOME É SELMA, TENHO 38 ANOS E TENHO HISTÓRICO DE DIABETES NA FAMÍLIA.
    ULTIMAMENTE TENHO URINADO MUITAS VEZES E EM GRANDE QUANTIDADE,PORÉM NÃO BEBO MUITA ÁGUA.
    FUI DOAR SANGUE RECENTEMENTE, E NO EXAME ACUSOU HEPATITE B.
    UMA COISA TEM A VER COM A OUTRA? SERÁ QUE TENHO DIABETES?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    O diabetes é definido por dois valores acima de 126 colhidos em jejum e em dias diferentes.

    Um valor acima de 200 associado a sintomas típicos de diabetes também define o diagnóstico

    abs

  • VIEIRA

    Dr. Pedro,
    Existe algum nivel de glicose que confirme a diabetes?
    Por exemplo, podemos definir a diabetes por um resultado acima de 150?

  • Rafael

    Muito obrigado pelo esclarecimento!

    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Rafael,
    Isso não é indicado.
    O que se deve tratar é a hiperglicemia que é a causa da poliuria. Se não há hiperglicemia, não há glicosuria, logo, não há poliuria. O diabetes bem controlado não causa poliuria.

    A diurese do diabético é osmótica e portanto não adianta niveis elevados de ADH. Na verdade, o diabético descompensado costuma estar desidratado e já com níveis de ADH endógeno elevado.

    abraços

  • Rafael

    Dr., por favor, tire-me uma dúvida. Um sintoma de diabetes é a poliúria. Este é um sintoma que, sem dúvida, incomoda os diabéticos na hora, por exemplo, de sair a um lugar com banheiro de difícil acesso. É indicado, em alguma ocasião, usar anti-diuréticos (ou o próprio ADH sintetizado) para amenizar o incômodo? Obrigado!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Joana,
    Não costumo comentar casos individuais, mas vou abrir uma exceção por ser uma caso raro e da minha área de interesse (nefrologia)
    Pelo o que você me descreveu, seu quadro sugere um distúrbio chamado glicosúria renal. Pode ser causada por várias doenças como síndrome de Fanconi e doença de Wilson, por exemplo. Mas como você já me disse que se trata de uma situação descoberta há mais de 20 anos, e até agora nada mais foi detectado, provavelmente você tem glicosúria renal benigna. É uma alteração genética dos túbulos renais que não tem tratamento, mas também não causa mais nenhum outro achado além da glicose na urina e dos sintomas que você já tem há tantos anos. É beningo.
    O que eu posso sugerir é que volte a procurar um nefrologista só para ter certeza de que não há outras alterações do túbulo renal. Se nada for detectado, fique tranquila, nada de mais grave acontecerá.
    Obs: Se tiver filhos, pode ser que eles também tenham essa alteração.
    Abraços

  • joana

    Dr. eu não sou diabética, já fiz vários exames de sangue, de todo tipo, mas o açucar está sempre normal no sangue. Na urina porém, sempre dá açucar. isso acontece desde a minha adolescencia e hoje estou com 43 anos. Então é isso: não sou diabética,mas meus exames de urina sempre dá glicose positiva e urino com constância, urina com cheiro adocicado. Tenho a sensação de que estou sempre com vontade de urinar, embora consiga controlar a vontade e ficar horas sem fazer quando estou na rua, mas se eu for ao banheiro de 10 em 10 minutos faço em todas as vezes. A vontade é mais forte na posição deitada. Gostaria de saber que problema é esse e se tem solução.Consultei dois nefrologistas quando era jovem e eles disseram não saber exatamente o que eu tinha e que eu teria que conviver com isso. Gostaria de ouvir sua opinião a respeito e fico-lhe grata desde já e aguardando resposta.

    Abraços.

    Joana.

  • Sueli-Porto Alegre

    Pois é Dr.Ele se recusa a ir,e somente segue as regras nutricionais do Endócrino dele!
    Bem, já mandei trocentas vezes,já que o endócrino dele não indica nenhum, e ele não quer nem saber,acho que está na fase da negação.Como não sou e nem devo ser psicoterapeuta dele ( ele nem tem…acha besteira) pedi: Maridão,deixa os Seguros em dia !

    “Assim que um de nós morrer,Eu Vou Para a Europa ” ! velha ,mas sempre atual…

    Abraçoo

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Suely,
    Em relação ao diabetes, o açúcar mascavo não apresenta nenhuma vantagem sobre o açucar comum. A diferença é que o primeiro não é refinado e por isso possui maiores concentrações de vitaminas e sais minerais. Mas ambos possuem a mesma quantidade de carboidratos e calorias (por volta de 380kcal por 100g). Portanto, é mito essa história de que o mascavo é mais indicado para o diabético que o refinado.
    Os carboidratos não são contra-indicados no diabetes, eles apenas devem ser melhor controlados, assim como as calorias. Não sei se vocês já tem um nutricionista, mas a presença desse profissional ajuda muito na mehora do controle glicêmico e da qualidade da alimentação do diabético.
    abraços

  • Sueli-Porto Alegre

    Oi Dr.Gostaria de confirmar se o aç~ucar mascavo é melhor do que o refinado.
    Meu marido tem diabetes tipo II,e pelo que entendi,só usar adoçante???
    ou ele tb poderá usar às vezes o mascavo?

    abraçooo

  • Henrique

    Parabéns pelos artigos, eles são bem esclarecedores.
    Uma pena tantas pessoas não se darem o mínimo trabalho de ler.