Artigo atualizado em 09/06/2014

CÂIMBRAS | Causas e tratamento

Publicidade
A câimbra, ou cãibra, é um espasmo ou contração involuntária do músculo, normalmente muito dolorosa, que pode durar de alguns segundos até vários minutos. A câimbra pode atingir um ou mais músculos de uma vez, sendo os episódios mais comuns nos músculos da perna ou dos pés.

Neste texto explicaremos o que é a câimbra, por que ela surge e como fazer para evitar o seu aparecimento. Abordaremos temas como câimbras noturnas, câimbras nas pernas, câimbras em grávidas, banana para câimbras, etc.

O que é a câimbra?

A maioria dos nossos grandes grupamentos musculares funciona de forma voluntária, ou seja, contraem e relaxam de acordo com a nossa vontade. Quando um ou mais músculos se contraem subitamente de forma involuntária, chamamos de espasmo muscular. Se o espasmo for intenso e persistente, damos o nome de câimbra.

A câimbra é, portanto, uma contração muscular súbita,  não desejada, dolorosa e não reversível espontaneamente. Quando o seu pé sofre uma câimbra e se contrai todo, não adianta simplesmente tentar relaxá-lo com a “força da mente”, é preciso ir lá com as mãos e reverter a contração à força.

As cãibras musculares são extremamente comuns. Estima-se que até 95% das pessoas irá experimentar uma cãibra em algum momento da sua vida. As cãibras são mais comuns em adultos do que em crianças e vão se tornando cada vez mais frequentes conforme o indivíduo envelhece.

Qualquer músculo de controle voluntário pode apresentar essas contrações. Os mais comuns são:

- Panturrilhas (batata da perna).
- Músculos anteriores e posteriores da coxa.
- Pés.
- Mãos.
- Pescoço.
- Abdômen.

Causas das câimbras

Acredita-se que a causa básica da câimbra seja uma hiperexcitação dos nervos que estimulam os músculos. Esta alteração nos nervos pode ser provocada por:

- Atividade física vigorosa (câimbra pode ocorrer durante ou após o esforço físico).
- Desidratação (importante causa em idosos e em quem usa diuréticos).
- Alterações hidreletrolíticas, principalmente depleção de cálcio e magnésio.
- Gravidez (normalmente a câimbra é secundária a níveis baixos de magnésio).
- Fratura óssea (como autoproteção, os músculos ao redor da lesão se contraem involuntariamente).
- Alterações metabólicas como diabetes, hipotireoidismo, alcoolismo e hipoglicemia.
- Doenças neurológicas, como doença de Parkinson, doenças do neurônio motor ou doenças primárias dos músculos (miopatias).
- Insuficiência venosa e varizes nas pernas (leia: VARIZES | Causas e Tratamento)
- Longos períodos de inatividade (ficar sentado em posição inadequada, por exemplo).
- Alterações estruturais, como pé chato e o genu recurvatum (hiperextensão do joelho).
- Hemodiálise.
- Cirrose hepática.
- Deficiência de vitamina B1, B5 e B6 (leia: MITOS E VERDADES SOBRE VITAMINAS).
- Anemia.

Muito se comenta sobre depleção de potássio como causa de câimbras. Na verdade, a hipocalemia (baixos níveis sanguíneos de potássio) pode até causar contrações involuntárias, mas seu principal sintoma é fraqueza ou paralisia muscular. Alterações dos níveis de cálcio ou magnésio são causas mais importantes e comuns de câimbras do que falta de potássio.

Algumas drogas podem ser a causa das câimbras:

- Diuréticos, principalmente a furosemida (Lasix®).
- Donepezila (usado na doença de Alzheimer).
- Neostigmina (usada na miastenia gravis).
- Raloxifeno (usado para osteoporose e câncer de mama).
- Remédios para hipertensão, principalmente a nifedipina (Adalat®).
- Broncodilatadores para asma, como Salbutamol.
- Remédios para colesterol, como o clofibrato e lovastatina.

Em pessoas acima dos 60 anos, câimbras frequentes podem ser sinal de aterosclerose, processo de obstrução dos vasos por placas de colesterol, que leva à diminuição do aporte sanguíneo para determinado grupamento muscular (leia: COLESTEROL BOM (HDL) E COLESTEROL RUIM (LDL)).

Nas grávidas, as cãibras podem ser causadas pelo ganho de peso adicional (que impõe estresse aos músculos das pernas) e por alterações na circulação sanguínea e no aporte de sangue aos músculos. A pressão do bebê que está crescendo no útero também pode atuar sobre os nervos e vasos sanguíneos que vão em direção às pernas, facilitando o aparecimento das câimbras.

Um quadro de câimbras generalizadas pode ocorrer nos pacientes com tétano, sendo esta doença uma emergência médica, pois pode afetar até os músculos responsáveis pelos movimentos respiratórios e levar o paciente ao óbito. Felizmente, com a vacinação em massa da população, o tétano tornou-se uma doença pouco comum. Falamos detalhadamente sobre tétano neste artigo: TÉTANO | Vacina e sintomas.

Câimbras noturnas nas pernas

Cãibras noturnas são um evento extremamente comum, mas que, curiosamente, são raramente reportadas aos médicos. Por motivos diversos, muitos pacientes acabam não procurando ajuda médica, preferindo usar tratamentos caseiros para câimbras, que muitas vezes não são efetivos.

Câimbras nas pernas

As câimbras noturnas estão presentes em quase 50% das pessoas com idade superior a 50 anos. Boa parte desses pacientes relatam ter esses sintomas, pelo menos, três vezes por semana.

As câimbras durante o sono atacam de forma súbita e acometem tipicamente os músculos dos membros inferiores, geralmente pé, coxa ou panturrilha. As contrações duram de segundos a vários minutos, e são aliviadas por um alongamento dos músculos afetados. A maioria dos indivíduos tem câimbras nas pernas apenas durante a noite, permanecendo livres de contrações involuntárias durante o dia.

A causa para as câimbras noturnas nas pernas costuma ser uma daquelas já descritas no tópico anterior. É importante prestar bastante atenção às medicações que o paciente usa, principalmente os anti-hipertensivos, diuréticos e drogas para o colesterol, que são frequentemente prescritas para idosos.

Em muitos casos, porém, a câimbra noturna é idiopática, ou seja, não apresenta causa identificável. São indivíduos que habitualmente têm história familiar de câimbras e que, por mais que se investigue, não conseguimos detectar nenhum tipo de alteração que justifique o quadro.

Como evitar as câimbras?

Para se evitar a câimbra deve ser realizada uma boa sessão de alongamento antes e após exercícios, principalmente para indivíduos sedentários. Também são importantes uma boa hidratação antes, durante e depois do esforço. Se possível, evite exercícios físicos em dias muito quentes.

Pessoas sedentárias costumam ter mais câimbras, por isso, manter-se ativo costuma ser uma boa solução para preveni-las.

Nos pacientes com câimbras noturnas nas pernas, recomenda-se um programa de alongamento de 15 minutos antes de dormir, dar preferência para alimentos ricos em cálcio e magnésio, manter uma boa hidratação ao longo do dia e evitar o sedentarismo. Algumas pessoas precisam de sapatos especiais que evitam contrações involuntárias e câimbras nos pés.

Os alongamentos parecem ser o melhor método para prevenir câimbras, principalmente quando estas ocorrem nas pernas. É importante salientar que não vai ser de um dia para o outro que o alongamento trará resultados. É preciso, pelo menos, algumas semanas com alongamentos diários para o músculo ter mais resistência às contrações involuntárias.

Outra opção para os pacientes sedentários com câimbras noturnas é praticar bicicleta ergométrica por alguns minutos antes de dormir. Deixar o lençol solto, sem prendê-lo na cama também ajuda porque mantém os pés livres. O lençol preso pode ficar forçando a flexão ou extensão dos pés, favorecendo a ocorrência das contrações involuntárias.

Hidratação adequada e alongamentos frequentes resolvem os problemas da maioria das pessoas com câimbras idiopáticas. O melhor modo de controlar o grau de hidratação do corpo é através da cor da urina. Pessoas desidratadas apresentam urina muito amarelada e normalmente com cheiro forte, enquanto que um corpo hidratado produz urina clara e sem cheiro (leia: URINA COM CHEIRO FORTE). Quem tem câimbras frequentes deve evitar excesso de álcool e cafeína, pois ambas são substâncias diuréticas, que favorecem a desidratação.

Existem alguns medicamentos, como vitamina E, complexo B, verapamil, diltiazem, cloroquina e gabapentina que podem ajudar em casos específicos, mas que só devem ser tomados após avaliação médica.

Água tônica possui pequenas quantidades de quinina uma substância que também parece prevenir câimbras. Existem relatos de melhora das cãibras noturnas após alguns dias ingerindo água tônica à noite.

Nos pacientes com problemas de saúde que propiciam o surgimento das câimbras, como varizes, lesões ortopédicas, anemia, excesso de medicações, etc., o tratamento deve ser direcionado à causa, quando possível.

Banana evita câimbras?

Essa história da banana é um pouco confusa. A fruta é rica em potássio, carboidratos (glicose) e água. Durante o esforço físico existe uma grande demanda dos músculos por energia (glicose). Depois de algum tempo de exercício, o músculo gasta suas reservas de glicose e passa a utilizar outros meios para gerar energia. Uma das causas de câimbras é o acumulo de ácido láctico, que é o “lixo” metabólico após a geração de energia com baixa utilização de glicose. Uma boa hidratação ajuda a “lavar” esse excesso de ácido láctico da circulação e evita as câimbras.

Portanto, teoricamente, a banana ajuda porque repõe os níveis de potássio, hidrata e fornece energia (glicose) para os músculos. Isso é verdade para câimbras induzidas por exercício. Porém, essa dica não funciona com muita gente. A resposta parece ser individual, mas como banana não faz mal a ninguém, não custa testar.

Câimbras na hemodiálise

Pacientes com insuficiência renal em hemodiálise são um caso à  parte. A câimbra é um sinal de redução do fluxo sanguíneo para o músculo acometido. Em geral, ocorre por retirada excessiva de líquidos durante as sessões de hemodiálise ou por doses elevadas de anti-hipertensivos. Pacientes com câimbras que não usam anti-hipertensivos devem aumentar seu peso seco (peso após a sessão de hemodiálise). Aqueles com câimbras, mas que usam remédios para hipertensão, devem tentar suspendê-los ou reduzir a dose, mesmo que a pressão ainda esteja mal controlada.

Tratamento das câimbras

Quando as câimbras atacam, a primeira atitude é tentar reverter imediatamente as contrações alongando o membro acometido. Mobilize com as mãos (ou com a ajuda do chão ou da parede) os músculos na direção contrária a que eles estão contraindo, até que a dor e o espasmo desapareçam. Uma massagem suave e compressas de água quente nos músculos acometidos ajudam a relaxar a musculatura.

No momento das câimbras, não é preciso tomar nenhum remédio. Uma vez que a cãibra tenha desaparecido, basta hidratar-se e descansar para evitar recaídas.

Vérsion en español:  CALAMBRES | Causas y tratamientos

Publicidade
  • Paulo

    Dr. Pedro, é verdade que podemos evitar câimbras comendo bananas, devido a quantidade de potássio que essa fruta apresenta?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Paulo, vc foi rápido, ainda estava fazendo a revisão do texto quando chegou seu comentário.
    Acho a pergunta importante e vou acrescentá-la ao texto.
    abraços

  • Ricardo

    Dr, Obrigado pelo texto.
    E quanto a bebidas tipo Gatorade, servem para alguma coisa?
    abraços
    Ricardo

  • Paulo

    Dr. Pedro obrigado pela resposta. O certo é que melhor que banana, só água mesmo.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Ricardo,
    Gatorade e similares apresentam o mesmo raciocínio da banana. São fontes de carboidratos, eletrólitos e água.
    Essa bebidas são recomendadas para exercícios, também porque no suor perdemos não só água, mas sódio, cloro, potássio etc…
    abraços

  • Lina

    Rio de Janeiro

    Dr. Pedro
    Obrigada pelo esclarecimento sobre câimbras.Vc tocou nos pontos fundamentais de quem as tem, mostrou alguns caminhos importantes para serem seguidos.

  • Valéria

    Dr. Pedro

    Ultimamente venho tendo muita caimbra na cabeça,chego a acordar durante a noite de dor,durante o dia chego a pensar que vouter alguma coisa mais grave quando sinto a dor pois a sinto quase o dia inteiro.
    O que eu poderia fazer para melhorar.??

    Obrigada pela atenção.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Valeria,
    Me explica melhor os seus sintomas. Câimbra na cabeça, mas exatamente aonde? É na nuca? Na fronte? Na face? Parece uma dor de cabeça ?
    Do jeito que você descreveu parece cefaleia tensional. A cabeça não é um local comum para câimbras. É câimbra ou é dor de cabeça ?
    Dê uma lida no meu texto sobre cefaleia tensional e veja se é algo parecido.
    abs

  • Ullisses Kazumi

    Dr. Pedro,
    Tenho 44 anos e saudavel, mas recentemente tenho tido cãimbras noturnas diariamente, em horarios variados, 3, 4, 5, 6 horas da manhã. gostaria de consultar um médico para eliminar causas mais graves, qual especialidade devo procurar?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Ulisses,
    Como as cãimbras tém inúmeras causas, eu aconselho você procurar um clínico geal primeiro. Dependendo do que for descoberto, ele poderá te encaminhar a um especialista.
    Posso te dar 2 dicas: Tente fazer alongamentos à noite e repare na cor da sua urina. Se ela estiver muito amarelada, você precisa melhorar sua hidratação.
    abraços e melhoras

  • Amanda

    Oi Dr. Pedro

    Olha, eu também tenho caimbra na cabeça. Comigo foi a noite também, uma dor muito forte acho que é na nuca. Não é no pescoço, é acima.
    Parece muito com caimbra, já faz umas 2 ou 3 semanas e ainda sinto dor na mesma parte. O que eu posso fazer? É normal?

  • jaime

    Olá Dr. Pedro

    Minha esposa tem 23 anos e costuma ter cãimbras seguidas nas pernas. O problemas é que parece que de dois meses pra cá, o problema se intensificou. Já a levei em dois clínicos geral e eles dizem apenas que isso é normal

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi jaime,
    Procure seguir os conselhos do texto: peça para ela beber mais líquidos, praticar exercícios e alongamento.
    Se não houver melhora, talvez fosse interessante procurar um 3º médico para solicitar umas análises de sangue.

    abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Amanda,
    É muito difícil avaliar sem poder te examinar. Tem que diferenciar entre cefaleia tensional, torcicolo, câimbras e problemas da coluna. Procure um clínico geral para ele avalia-la

    abraços

  • Anonymous

    Oi Boa noite a todos!!!
    Eu tenho muitas caimbras nas batatas da perna e principalmente nos pés q eu tenho q seguralos por muito tempo p/ eles não intronchar, fiquei com medo porque me disceram que pode ocorrer paralisia em alguma parte do corpo porque faz muito tempo que me dá essas caimbras!
    Então gostaria de saber se é possível haver paralisia mesmo ou se é possível algo pior? Qual o melhor tratamento ? Sim já tive anemia muito forte , forte mesmo…
    Agradeço se me responderem!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá,
    Câimbra não leva a paralisia. Se ela tem aparecido com muita frequência e intensidade, sugiro que procure um clínico geral para realização de alguns exames.
    O memso vale para anemia. Tenho um texto sobre o assunto. Procure por anemia no box de procura na parte superior da barra à direta
    abraços.

  • Anonymous

    Olá, Tenho problemas frequentes com câimbras, periódos que chegam a 2 vezes por dia. O aparecimento da dor ocorre nos braços e antebraços, peito ao mesmo tempo. Isso pode ocorre do lado direito e esquerdo separadamente. Ocorre também atráz nas costas quando a dor é muito profunda. Tenho tido várias crises dessas, fora a perna que é muito frequente. Tenho esse tipo de problema a muito tempo, oscila de tempo em tempos. Quando faço exercício diminiu a intensidade. Quando estou preocupada, ansiosa o problema vem rapidamente. Que exames devo realizar, e que cuidados devo ter? porque comer banana…já faz parte do meu cardápio.

    Grata,

    Liane

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Liane,
    Se nenhuma das dicas do texto servir, procure um clínico geral para realização de exames. Uma dosagem dos principais eletrólitos como magnésio, potássio e cálcio é bom começo.
    Procure manter-se bem hidratada e pratique exercícios
    abraços

  • Ana

    Olá, Doutor!

    Tenho tido cãibras há cerca de dois anos. Nos ultimos meses, algumas caibras chegaram a durar dias. A grande última que tive durou mais de 20 dias. Já cheguei a bater com o carro. Fiz vários exames. Cálcio e potássio normais. Suspeitaram de esclerose múltipla, mas as imagens não condizem, apesar de ter atrofia cerebral. FAN positivo baixo. Já fui em mais de 8 médicos e até agora nada. O último acha que pode ser sintoma da ritalina, mas já tinha isso antes de começar a tomá-la. Agora, sem ritalina há mais de 20 dias, tenho câibras nas pálpebras. Também perdi a sensibilidade óptica, e por isso, meu campo visual está afetado, pois não consigo enxergar muito bem à minha volta. O ácido lático deu aumentado, na casa dos 650. Hoje, meu filho de 16 anos teve uma câibra forte, o que ele jamais teve. Há cerca de 5 meses ele teve uma dor torácica, levei-o ao hospital, fizeram um eletrocardiograma e disseram que estava tudo bem. Como isso parece ter um fundo genético, estou escrevendo para saber se o senhor teria alguma sugestão sobre possibilidades nesse caso? Obrigada pela atenção.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Ana,
    Um caso complicado como o seu fica muito difícil de avaliar a distância e com tão poucos dados em mão. Realmente a primeira coisa que me veio a cabeça foi esclerose múltipla.
    Procure um hospital Universitário para investigar seus sintomas. Casos de difícil diagnóstico costumam ser melhor avaliados neste tipo de hospital. Garanto que você receberá muita atenção.
    Abraços e melhoras

  • Melody

    Ola Dr,
    Parabens pelo conteúdo do site , mto esclarecedor e completo. Venho aqui para comentar meu caso: tenho 27 anos, Curitibana, Veterinaria e nao faço exercicios fisicos regularmente (sou “atleta de final de semana”) , tenho um trabalho muito estressante , tomei um diuretico ( 1/2 comp de furosemida) na segunda pela manha ( pois estava muito inchada = sei que a auto-medicação nao é certa) e ontem a noite, iniciei em uma academia,(aula de Hidrobike) no começo ate fiz os exercicios, mas no meio da aula, tive caimbras violentas, cheguei a travar as pernas, na região das panturrilhas e pés. Apos massagem e extensão do membro, melhoru, mas hj tenho uma dor horrivel. Será mesmo consequência de : sedentarismo , falta de alongamento + diuretico ? OU preciso investigar causas renais de perda de sódio/ potassio? tenho colesterol alto (em tratamento com Crestor)Obrigada por sua opiniao medica.

  • Melody

    Desculpe, esqueci de pedir sua opiniao também , sobre o que fazer para evitar …. Tenho aula terça que vem, e estou com medo de ter caimbra novamente. Estou com exames de chek-up em dia. Devo fazer alongamentos antes da aula/ tomar gatorade/sal na hora do exercicio? obrigada mais uma vez!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Melody,
    Seguinte:
    1-A furosemida com certeza favoreceu o apareciemento das suas cãimbras.
    Tenho um texto sobre diuréticos e outro sobre inchaços e edemas, procure por eles.

    2- É comum ficar doida após reiniciar atividade física. VocÊ provavelmente fez algum estiramento leve da musculatura.

    3- Remédios para colesterol, como o Crestor, podem causar algumas lesões musculares e favorecer dores.

    Minhas dicas?
    Hidrate-se bem antes, durante e depois de exercícos
    Evite diuréticos por conta própria.
    Continue a praticar exercícos, mas o faça gradualmente, para não ter lesões musculares.
    Se as dores musculares permanecerem por muito tempo, procure saber se o Crestor não é o responsável por elas.
    Naõ vejo, a princípio, indicação de investigar causas para sua cãimbra. Siga os conselhos do texto.
    abraços

  • Danielle

    ola Doutor Pedro, é o seguinte, meu nome é Dany tenho 26 anos e ja fui alcolatra, estou limpa a 5 anos. Ha anos tenho caimbras nas “batatas” da pernas, isso so ocorrem a noite, e posso te dizer que eu grito de dor,são intensas. Mas o que esta me preoculpando, é que onde ocorrem as caimbras esta ficando uma mancha roxa(como se fosse uma batida), gostaria de saber se isso é normal e qual o tratamento correto. muito obrigada! tenha um otimo dia!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Danielle,
    Sugiro que você visite um clínico geral para realização de algumas análises de sangue por via das dúvidas. Essas manchas roxas se chamam equimoses e não deveriam ocorrem espontaneamente ou após crises de câimbras.
    abraços

  • Kalvin Marchetti

    Bom dia doutor.
    Eu sou cantor e guitarrista…
    Eu reparei que, ás vezes, durante meus shows e ensaios, eu tenho sentido cãimbras nos pés… Mais específicamente no meu pé direito que é o pé que eu uso pra me apoiar… A cãimbra ocorre nos dois dedos que sucedem o dedão do pé, quando acontece, eles começam a se repuxar para o lado direito, em direção ao dedo mindinho… Daí, eu tenho que levantar meu pé e ficar apoiado só nos dedos, como se estivesse alongando os dedos… Fico uns dois ou três minutos assim e passa… Só que eu gostaria de saber quais prevenções eu posso tomar para que não ocorra esse tipo de cãimbra durante meus shows… Fica feio eu com cara de dor no pálco… Perco completamente a concentração na música…
    Eu transpiro muito durante os shows… Não é em todo show que isso ocorre… Mas pra te dar maiores detalhes, eu trabalho o dia inteiro sentado no PC, pois além de músico, eu sou técnico em informática e faço mixagens e edições de video e áudio… Você poderia me dar algumas dicas?

    Desculpe pelo enorme texto, atenciosamente e já agradecido,

    Kalvin Marchetti.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Kalvin,
    Faça algumas experiÊncias:
    1.) Faça alongamentos para os membros inferiores por 15 minutos antes dos show
    2.) Use tenis confortáveis
    3.) Beba bastante líquidos durante o show, pode ser água , pode ser algum tipo de Gatorade. Teste comer bananas também.
    4.) procure reparar que tipo de posição costuma desencadear as contrações. Deste modo vocÊ pode evitá-las
    abraços

  • Anna Paula

    Olá Dr Pedro,
    Tenho 16 anos e costumo ter caimbras na batata da perna com frequencia e com horarios diferentes, mas sempre quando eu estou dormindo, já tive caimbra 8 da noite, 2 da manhã, 3 da manhã e assim por diante…São muito fortes, minha batata da perna fica doendo por dias sempre com muita dor…Gostaria de saber o que eu preciso fazer pra pelo menos aliviar um pouco.

    Obrigada

  • Anonymous

    Dr Pedro tudo bem?

    gostei muito do sei]u site, cosegui sanar varias duvidas, o meu caso é que trabalho sentada das 8: até as 18:00 realmente nao faco alongamentos, com suas dicas vou investir nisso, obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Anna,
    A dicas estão todas no texto. É preciso seguí-las e ter paciência pois os resultados só aparecem depois de algumas semanas

    Abraços e melhoras.

  • Anna Paula

    Olá Dr Pedro,
    Eu sei, mas eu queria saber se é normal na minha idade ter caimbras toda semana, as vezes até mais de 2 vezes por semana, se eu não preciso fazer alguma fisioterapia..

  • Aline Fiel

    Bom dia Dr. Pedro,

    Tenho 18 anos, e desde ontem (10/03) de manha, estou com cãimbras frequentes nos dois pés, nao sei o motivo dessas dores frequentes, o Sr. tem alguma sugestão do que posso fazer para aliviar essas dores?

    Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Anna,
    Cãimbras são normais, porém quando elas se tornam muito frequÊntes e atrapalham a qualidade de vida, devem ser investigadas e tratadas.

    Não há necessidade de fisioterapia, mas seria interessante sessões de alongamentos e pelo menos uma consulta a um clínico geral para se ter certeza que não há nenhuma causa secundária para as cãimbras.

    abraços e melhoras

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Aline,
    Beba bastante líquidos e faça alongamentos. Se não houver melhora, procure um médico para ele avaliá-la

    abraços

  • Eckart

    Dr. Pedro,

    O Sr. comenta da lovastatina. Eu faço uso da atorvastatina cálcica, 10 mg em dias alternados. Vinha tendo caimbras à noite e com uma melhor hidratação melhorei. Agora, à noite, são raras. No entanto, tenho tido caimbras nos exercícios de yoga. Neste caso não acredito que seja falta de alongamento, é? É conseqüência da atorvastatina? Pode ser minimizada com mais hidratação ou só com a suspensção da atorvastatina?
    De antemão,
    Grato pela atenção,
    Eckart

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Eckart,
    A atorvastatina pode também ser causa de câimbras.

    Pode se tentar suspender a droga temporariamente para avaliar se há alguma melhora. Talvez trocar de estatina possa solucionar.

    Converse com o médico que prescreveu a droga para vocÊs encontrarem uma solução que não cause câimbras e nem prejudique seu controle do colesterol.

    Abraços

  • Anonymous

    Excelente texto sobre câimbras doutor.
    obrigado
    Sérgio

  • Keyla

    Doutor, no momento da dor da cãibra, que sinto freqüentemente nos pés, qual o paliativo que o senhor recomenda?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Keyla,
    No momento da crise a única coisa a fazer é alongar o musculo acometido. Assim que a câimbra melhorar procure se hidratar tomando algum líquido, que pode ser água ou um Gatorade da vida.
    abs

  • Gisele

    Dr. Pedro
    Minha mãe teve AVCI faz uns 8 anos com sequelas no lado direito (sem mobilidade). Recentemente após um corte mal feito das unhas, o pé direito inflamou e abriu uma ferida pequena, que vem sendo tratada e já está praticamente fechada. O problema é que ela passou a ter contraturas involuntárias na perna direita, principalmente a noite e que são extremamente dolorosas. Parece que são caimbras de origem neurologica (é possível ? ). Ela não consegue dormir e, as contraturas são em pequenos intervalos de tempo. Consultamos vários especialistas (Clínico geral, dermatologista, angiolista) e atualmente ela faz uso de Vasogard, Tylex, Cymbalta, Rivotril, Ancoron, Marevan, Enalapril de 10mg, furosemida 1/2 comprimido ao dia, Citalopran de 10mg, omeprazol e motilium. Não sei o que fazer. Vou leva-la ao neurologista mas, até lá, voce poderia me dar uma orientação que pudesse aliviar estas terríveis contrações que pioram tanto assim á noite?
    Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Doenças neurologicas são causas conhecidas de câimbras.

    Infelizmente não vou poder ajudá-la. Sua mãe usa muitos medicamentos, o que significa que ela tem várias doenças associadas, que podem colaborar para o quadro.

    Não tenho como fazer qualquer avaliação a distância. De qualquer maneira, acho que realmente o neurologista é o especialista mais indicado para o caso

    abs

  • Maria Soledade

    Exmº Snr.Dr.Pedro Saraiva:

    Fiquei encantada por encontrar aquilo que há muito procurava na Net.Explicações sobre cãibras.

    São muitas e variadas as que vejo aqui dadas pelo Snr. Dr.Paulo.Há já muitos anos que sofro de cãibras(desde os 14)mas o tempo tem-se encarregado de as piorar.Hoje, com 56anos mal sei o que é dormir uma noite sossegada porque tenho cãibras fortíssimas.A dor é insuportável e só me abranda com a pomada(gel)que uso-VOLTAREN-posso dizer aos quilos pois já perdi a noção da quantidade de tubos que gastei.Já fiz muitos exames no hospital e todos são inconclusivos.Não consigo fazer exercício físico porque não suporto depois as dores.Não consigo andar muito porque começo a ficar cheia de cãibras:Dançar que eu adoro é impensável, e conduzir tem os seus limites porque as cãibras nos pés são tão dolorosas que não posso percorrer longas distâncias.Estou a ficar muito limitada em termos de trabalho porque qualquer gesto que não seja estudado me provoca logo dores horriveis e fico pareço uma aleijadinha, toda tortinha…Esta situação limita uma vida normal mas o mais frustante é fazer exames e não se chegar a uma conclusão.A minha filha hoje com 22 anos já se queixa muito de cãibras.Sinto-me culpada, pois parece-me ser genético e eu devo ter-lhe transmitido esta “doença”.

    MUITO OBRIGADA pela atenção que o Snr Dr. deu a este problema que muitos médicos substimam e desculpe a extensão do meu comentário.

    Maria Soledade Alves

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Realmente o seu problema não é um caso simples câimbras. Vc provavelemtne tem alguma doença muscular.
    Às vezes os processo de investigação médica pode ser muito demorado, principalmente em casos complexos como o seu.
    Espero que dê tudo certo no final
    abs

  • Jucelie

    Ola Dr. Pedro.
    Meu nome é Jucelie.
    Minha sogra tem 63 anos, tem sentido muita caimbra nas pernas e nos braços, ela teve cancer do tipo linfoma não hodgkin, no estomâgo, fez quimioterapia no ano passado,e esta tomando omeprazol, o que poderiamos fazer para amenizar essas caibras?
    Obriga!!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Jucelie,
    Beber mais água, fazer exercícos e alongamentos e procurar o médico para uma melhor avaliação do caso.
    abs

  • ana luiza marques teixeira

    Dr.Pedro,tenho tido caimbras no queixo,nas maõs,nos braços;Tenho 34 anos.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Ana,
    tente seguir as orientações do texto. Se não resolver procure um clínico geral.
    abs

  • Suéli

    ola Dr. Tenho 18 anos e sofro imenso de cãimbras principalmente durante a noite a dormir… ja fui ao hospital porque andei 4 dias seguidos com dores e contraçoes no musculos. Receitaram-me umas ampolas e uma pomada, e a partir daí posso dizer que fiquei descansada durante uns meses,mas resolveram voltar e eu ja exprimentei de tudo, desde as bananas ao mel… sei que nao pode fazer nada mas será que me pode aconselhar a algo em especifico? Acerca de desporto pouco faço, somente muitas caminhadas a pé. Muito Obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Suéli,
    VocÊ já fez algumas análises de sangue para tentar saber se há alguma alteração ? O que mais funciona é a combinação do trio: boa hidratação – exercícios -alongamento

    abs

  • Anonymous

    Olá Dr. Pedro, parabéns pelo texto, muito bem escrito e esclarecedor! Mas quero tirar uma dúvida com o Sr. Por acaso há possibilidade de intensas câimbras, quase que diárias, estarem relacionadas a Epilepsia? Tenho essa dúvida pelo fato de que há um certo tempo venho sofrendo com câimbras terríveis em diversos músculos do corpo. Na análise dos meus exames laboratoriais constatou-se uma leve queda do nível de Sódio e Potássio, o médico me receitou Slow-K que venho tomando desde então. Intensifiquei minhas sessões de alongamentos e também a hidratação durante e posteriormente as atividades físicas. Contudo, de nada adiantou, elas sempre aparecem! Tenho questionado a relação entre câimbra e epilepsia pelo fato do meu ultimo EEG ter detectado uma anormalidade nas ondas teta. E já que nunca tive convulsões, gostaria de saber se as câimbras podem estar relacionadas a isso.
    Desde já agradeço a atenção, tenha um ótimo trabalho!
    Mírian

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Mirian,
    Normalmente epilepsias podem se manisfestar com abalos musculares e contrações involuntárias.

    Câimbras propriamente ditas eu nunca vi, porém, acho que a opinião de neurologista seria interessante, até para saber se deve-se valorizar esses achados na EEG

    abs

  • Anonymous

    Oi, Dr Pedro, conheci seu blog hoje e já adicionei nos meus favoritos. Queria uma orientação. Venho sentindo espoadicamente, uma dormência, não uma câimbra propriamente dita no meu abdomen, do lado esquerdo, uns quatro dedos abaixo de meu seio esquerdo e na direção do mesmo; sinto um desconforto ao deitar desse lado ou ficar de bruços. Tem algum órgaõ importante nessa posição? Pode ser muscular? Nosso intestino chega a essa altura? Estou tão impressionada que olho e vejo um inchaço…não sei se é psicológico. Que médico devo procurar..Sou obesa, hipertensa e meus exames de sangue normais: colesterol, triglicerides e diabetes…O senhor pode me dar alguma luz? Tenho uma teoria, mas de tão ridicula, não tenho coragem de falar ainda…desde já agradeço!
    só preenchi como anônimo, por que não consigo passar com meu email do google.Meu nome é Antonia Santos.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Antônia,
    Suas queixas são muito inespecíficas. Difícl de dizer algio sem examiná-la.

    VocÊ é uma pessoa muito ansiosa ?

    Dormências localizadas normalmente são queixas de pessoas ansiosas.

    O melhor para começar nestes casos é um clínico geral. Ele fará uma primeira avaliação para ver se há indícios de doença física ou se pode ser apenas psicológico.

    abs e melhoras

  • rogerio

    olá dr. pedro gostaria de uma ajuda de vez enquando ao dormir me dá uma caimbra na batada da perna que fica difícil de voltar, chego a pensar que não vai voltar ao normal, mas isso acontece, às vezes uma vez no mes às vezes passa mais de um mes sem acontecer nada, gostaria de uma explicação para isso.

  • Anonymous

    Caro Doutor, Conheci hoje o seu blog e, talvez, seja melhor começar pelo diagnóstico. Tenho 40 anos. A minha saúde é normal. Ultimamente, tenho sofrido de câmbrias no peito, às vezes do lado esquerdo, outras vezes do lado direito. As dores podem durar um dia ou dois dias. Subitamente passa, mas podem voltar a reaparecer. Será stress? Será fadiga? Gostaria que me ajudasse e, talvez, aconselhasse em termos de alimentação (miguelbotelho77@gmail.com)

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Rogério,
    Para eu poder te dar uma explicação era preciso uma consulta médica para que eu possa ter mais dados para uma melhor avaliação.

    De qualquer maneira, sugiro que siga as orientações do texto, que podem aliviar seu quadro.

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Miguel,
    Pode ser um monte de coisas, inclusive os diagnóticos que vc citou. Procure melhorar sua hidratação e se as câimbras forem muito incômodas, procure um clínico geral para uma melhor avaliação do quadro.

    abs

  • Tadeu Mendonça

    Caro Doutor Pedro Pinheiro.

    Há tempos não faço exercícios físicos, sou sedentário.

    Ultimamente ao acordar tenho tido caimbras na barriga, próximo as costelas, principalmente quando me espreguiço, variando de lado, ora o esquerdo, ora o direito. Ou mesmo durante o dia quando faço um movimento mais brusco.
    Semana que vem inicio as atividades físicas através de uma academia de musculação.

    Há algum alimento ou remédio para prevenir delas? Quando tomo “TRANDRILAX” ou qq outro relaxante muscular me alivio da dor residual.

    Caimbra na barriga é o problema ou sintoma de algo?

    Qual especialidade médica devo procurar primeiro?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Tadeu,
    Acho que vc não precisa se preocupar.
    Comece a praticar exercícios e faça alongamentos. Em 2 a 3 meses garanto que notará melhora.

    abs

  • nilza

    Oi Dr. quando era adolescente sempre tinha muitas caimbras nas pernas.Hj muito raramente, mas estou tendo com frequencia na sola dos pes, sempre na hora do banho quando vou lavá los. è uma dor horrivel, que fica por um bom tempo é eu fazer o mesmo movimento e ador volta. o q pode ser??
    Nilza PR

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Nilza,
    Nem sempre há um fator identificável para as câimbras.

    Normalmente as câimbras são desencadeadas por algums movimentos que estiram a musculatura e causam a contração involuntária.

    Procure melhorar a hidratação e fazer alongamentos. Se não houver melhora em 2 ou 3 meses, procure um médico para descartar causas secundárias.

    abs

  • Tony

    Olá Dr. Pedro.
    Parabéns pelo texto. É realmente muito rico em informações.
    Tenho uma dúvida, espero que o Sr. possa me ajudar.
    Minha mãe tem diabetes e o médico dela receitou o Crestor (rosuvastatina cálcica). No entanto, nos últimos 15 dias, ela acordou com caimbras na panturrilha esquerda, em 2 ocasiões.
    Será que é o medicamento que está lhe causando tais caimbras?
    Assim que li seu texto, eu disse à ela para fazer alguns alongamentos antes de dormir. Talvez ajude.
    Gostaria de saber qual a opinião do Sr. a respeito disso.
    Agradeço antecipadamente sua atenção.
    Forte abraço e que Deus o ilumine sempre. Sua iniciativa é deveras louvável.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Tony,
    Pode ser do Crestor sim. MAs o próprio diabetes também favorece o aparecimento de cãimbras.

    Fala com ela para aumentar a ingestão de líquidos e fazer os alongamentos. É importante ter a glicemia controlada.

    Se não houver melhora, talvez fosse interessante reduzir a dose do Crestor.

    abs

  • Anonymous

    Bom dia Dr. Pedro!

    Eu sinto mta caimbra na mão direita quando estou dormindo principalmente independente da posição, de dia eu tambem sinto como agoraestou digitando sem sentir meus dedos, estou mto preocupada, o q pode ser?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Se vc está com diminuição da sensibilidade dos dedos é preciso ver se não há lesões dos nervos.

    Se vc trabalha digitando, pode estar fazendo lesão por esforço repetitivo
    …………………
    Solicito a todos que leiasm as regras dos comentários e os assinem. Comentários fora das regras podem ser deletados.

  • cezar

    Ola Dr Pedro ; gostaria de saber o que posso fazer para evitar as crises de caimbras que tenho . são crises exporadicas, mas muito fortes chega dar caimbras até na mandibula.
    sou hipertenso e diabético tomo
    os remedios lisinopril bensafibrato sivastatina sem mais agradeço

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Cezar,
    Siga as orientações do texto.
    Se não houver melhora, procure ajuda médica. Diminuir a dose da sinvastatina pode ser uma opção, mas quem deve decidir isso é o seu médico.

    abs

  • ana simone da hora souza

    olá doutor,
    no momento trabalho com digitação e estou grávida de 35 semanas de uns tempos para cá tenho sentido muita cãimbra na mão direita e a toda hora para o meu trabalho. até mesmo em casa para pegar no garfo ou colher par me alimentar tenho sentido essas cãimbras. já não sei o quew faço e estou com medo que interfira no meu parto.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Ana,
    Isso não deve interferir com seu parto não. Mas se é algo tão frequente talvez valesse a pena uma análise de sangue

    abs

  • julio cesar

    Bom dia Dr. Pedro, dr tenho 37 anos me chamo Julio e sou soropositivo e faço tratamento a 9 anos, graças a Deus e aos medicamentos estou muito bem , minha carga viral é indetectível e meu CD4 está em 900, mas de uns dias pra cá venho sentindo muitas câimbras noturnas, na panturrilha esquerda , faço tratamento com o Kaletra+laimvudina+viread, será que estes medicamentos estão causando isso ? sou obeso , estou prestes a fazer a cirurgia bariátrica, mas não suporto mais estas cãimbras noturnas, existe algum medicamento que previna isso? Grato

  • Anonymous

    Dr Pedro. Tenho lido textos sobre o assunto, pois eu pratico corrida e sofro com as cãibras quando participo de provas mais longas. Nas 2 últimas provas fiz o que é recomendado, como boa hidratação, água de côco, isotônicos, etc nos dias que antecedem as provas. Além de ingestão de cápsulas de sal durante o exercício. Porém, li também, que há tratamento para eliminar as cãibras. Gostaria de saber um pouco mais sobre esse tratamento. Se o sr quiser, te passo o endereço onde li. Obrigado!

    Rodrigo

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Julio,
    Pode ser da medicação sim, mas emagrecer realmente vai ajudar muito.

    Para tratar, é preciso identificar a causa da câimbra primeiro.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Rodrigo,
    me passa o endereço então, que eu leio e dou minha opinião.

    abs

  • Anonymous

    Prezado Dr.
    Conheço uma jovem que tem caimbras horríveis, de dar pena. E são quase que diárias. Ela pratica esportes frequentemente e outro dia percebi que ela certamente sofre de um disturbio alimentar, provavelmente Anorexia. Gostaria de saber se essas caimbras podem estar relacionadas a esse distúrbio. E o que fazer para amenizar? Pois pelo visto ela não vai melhorar a alimentação. O quê fazer?!
    Desculpe, esqueci a identificação. Ianna

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Ianna,
    Pode ter a ver sim, já não é incomum pessoas com anorexia/bulemia terem distúrbios eletrolíticos como baixa de potássio.

    abs

  • Edson Hanate

    Prezado Dr. Pedro,

    Parabens pela matéria,

    Ultimamente venho sentindo muitas dores na perna e um cansaço muito grande, principalmente ao jogar aquele futebolzinho de fim de semana, mas faço exercícios regularmente de 3 a 5 vezes na semana faço musculação, esteira e spinning, seria fadiga muscular? As vezes tenho caimbras na panturrilha. O que posso fazer para melhorar?
    Obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Edson,
    Pode ser fadiga, pode ser estresse, pode ser várias coisas.

    Vc não me disse sua idade nem seus antecedentes médicos.

    Para as câimbras o ideal é manter uma boa hidratação pré, per e pós exercícios. Um bom aquecimento e alongamento antes também ajuda muito.

  • Marcelo

    Dr,

    há umas duas semanas que venho sentindo pequenos tremores em diferentes partes do corpo, como perna, abdome, pescoço, dorso.
    Não chega a doer, só são tremores mesmo. Tenho 20 anos, possuo uma vida sedentária, ando mto estressado ultimamente… isso tem a ver?

    O que o senhor acha que se trata?

    que especialidade médica devo procurar pra me tratar?

    grato

  • Sandra

    Ola Dr. Pedro,

    Tenho 27 anos, e a 2 anos atras senti uma contração muscular intesa na região toraxica (lado direito), a dor começou leve, pareciam gases, mas ao decorrer do dia a intensidade aumentou, no dia seguinte eu nao conseguia mover direito esta parte do corpo, fui p a emergencia muito assustada, pois até p/ encher os pulmoes de ar doia bastante.

    Na emergencia, o clinico geral, me diaginosticou com sindrome do panico. Não fiquei satisfeita com esse diagnostico, mas fiz o que ele suregiu e tomei uma medicação na veia, infelizmente nao me recordo qual, instantaneamente a dor passou.

    Depois desse dia nunca havia sentido mais nada.

    Ontem (2 anos depois), ao dormir senti o inicio da mesma dor novamente, fiz um alogamento e fui dormir na melhor posição possivel. Acordei pior, e agora a tarde me automediquei com um Sedilax, que melhorou um pouco.
    Trata-se da mesma dor anterior, no torax, que aos poucos vai piorando que me atrapalha fazer certos movimentos ou deitar por cima, abaixar até o chão.

    Gostaria de uma luz do que pode ser isso.
    Existem caibras desta forma que durão dias?

    Se eu houver esqueçido alguma informação importante por favor me avise.

    Faço exercicios moderados a 2 meses.
    Obrigada desde já pelo espaço.

    Atenciosamente,
    Sandra

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Marcelo isso parece muito com mioclonias.

    Pode ser desencadeada por estresse.

    Procure diminuir com os estresse diários.

    Se isso não for possível, uma ajuda com psiquiatra ou psicólogo pode ajudar.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Sandra,
    isso pode ser muscular. Parece uma contratura.

    Câimbras não são assim não.

  • leandra

    tenho uma filha de 08 anos q de um mes pra ca tem tido constantes caimbras, q chegam a ocorrer 2 vezes por dia.Antes (ha uns 15 dias) eram nos pes e agora nas mãos. Isso é normal em crianças?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Leandra,
    Normal não é não. O que não quer dizer que necessariamente seja algo preocupante.

    Se as cãimbras são tão constatntes assim, acho que ela deveria ser avaliada pelo pediatra

    abs

  • pedro-varoto

    Dr. Pedro
    Gostaria de uma informação, meu pai tem 52 anos e toda noite sente um estiramento muito forte na região plantar e lateral do pé, posse se tratar de uma caimbrã? O unico medicamento que ele toma é Pressotec -maleato de enalapril, pode ser por algum efeito adverso desse medicamento? Qual medicamento ele pode tomar? Desde já grata.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Pedro,
    Pode ser sim e o enalapril pode estar contribuindo.

    3 dicas:
    - Ver se a dose do remédio não está muito alta.
    - Beber mais água
    - Alongamentos a noite antes de dormir (efeito a longo prazo)

  • Ana Beatriz

    Dr. Pedro,
    tenho 15 anos, sou atleta e tenho com uma certa frquencia caimbras, e elas são fortes… queria saber se possivelmente eu poderei ter algum problema em decorrencia disso.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Ana,
    Pode facilitar estiramentos musculares. Siga as dicas do texto e veja se melhora.

    Fique atenta a sua hidratação e reforce seus alongamentos. Se não houver melhora, procure ajuda médica.

  • Anonymous

    OLa doutor e doutora

    Tenho 23 e uma ou duas vezes por mes acordo com fortes dores numa das pernas (na direita ou esquerda), elas se concentram mais entre o começo da perna e a bacia. São como pontadas e apenas doem quando me movo. Todavia, com o tempo, quando o sangue vai esquentando, elas vão diminuindo até na maioria das vezes desaparecer por completo. POrém na manhã seguinte elas retornam. isso dura cerca de uma semana. Parece ser na musculatura, pq ate quando eu espirro doe. Tem alguma pista do que seja dr e dra?

    abraço

    João Paulo

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    joão,
    Isso provavelmente é muscular mesmo. Durante a próxima crise, procure um ortopedista para que ele possa te examinar no momento da dor.

  • Anonymous

    Grato pelo esclarecimento doutor
    parebéns pelo trabalho

    joão paulo
    fique com Deus

  • Anonymous

    Olá doutores,

    Gostaria de saber se é normal apos ter uma caimbra noturna na panturrilha, se ao longo do dia é normal ela se manter rigida e ter sensações de calor, como se tive colocando fogo na panturrilha.
    É normal estes sintomas?
    Obrigado pela atenção.
    Patrícia

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Olá Patrícia,
    Isso pode acontecer sim. A contração muscular da câimbra é muito intensa e pode inclusive causar contraturas. É como se vc tivesse se submetido a um esforço físico extenuante no dia anterior. Isso deve passar nas próximas 48horas.

  • Carol

    Olá Doutores,
    Sempre tive caimbra nos pés, mas ultimamente elas estão muito frequentes e fortes, hj tive uma que durou + ou – 15 min., achei que não ia parar mais. Sou sedentária e há 8 anos eu tive uma TVP (devido ao uso de anticoncepcional) no membro inferior esquerdo (que é o pé que eu mais sinto caimbra),fiz recentemente vários exames de sangue (inclusive reumatológicos) e está tudo bem. Será que essas caimbras podem ser algo mais sério? Preciso procurar algum especialista? Tenho 30 anos. Obrigada pela atenção!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Carol,
    Essas cãimbras podem ser alguma sequela da TVP. Siga os conselhos do texto e se não houver melhora depois de alguns dias, procure o seu médico para uma avaliação.

  • Eliseu

    oi dr. pedro meu nome é eliseu tenho 30 anos não pratico nem um tipo de exercicios estou tendo muitas cãimbras na hora do sexo doi muito na parte de traz das coxas ñ sei oq fazer o sr poderia me ajudar desde ja eu agradeco obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Eliseu, passe a praticar exercícios e comece a fazer alongamentos diários para as pernas. Vai melhorar.

  • rijus

    Dr Pedro Pinheiro
    tenho 52 anos e
    Muito preocupado com as caimbras que venho tendo resolvi dar fazer uma pesquiza sobre este poblema e cheguei até aqui, pois sinto caimbras por todo o corpo, a noite de dia não tem hora ja não sei oque fazer, hontem tive uma diarréia danada o dia todo e hoje não consegui ficar meia hora sem caimbras principalmente no abdome, torax,nos braços dedos e nas costas pegando as costelas, pernas e pés. ja não sei oque fazer.
    Por favor me de um caminho pora poder solucionar esse poblema
    Desde ja Agradeço
    Atenciosamente
    João

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Rijus,
    Isso pode ser por distúrbios hidroeletrolíticos pela diarréia. Sugiro que procure um médico.

  • Tatiana

    Caro Doutores, existe relação entre caimbras no abdomen e a Doença óssea de paget?

  • natalia

    Olá doutores!
    Costumei apresentar caimbras noturnas no ano passado, que chegavam a ser diárias, mas gradativamente elas sumiram.
    Essa semana tive um espisódio novamente na panturrilha (há 3 dias atrás) e continuo com a dor e a panturrilha rigida, que me dificulta a marcha e o ato de subir/descer escadas.
    Já li sobre hidratação e exercícios, mas gostaria de uma orientação sobre o q fazer na hora da crise, e o que fazer nessa situação prolongada de dor. Já tentei calor local, mas não adiantou muito e a massagem é bem dificil e dolorosa…o q fazer nesses casos?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Tatiana,
    Que eu me lembre não há associação de Paget com cãimbras. Porém, o tratamento com os bifosfonados (alendronato por exemplo) pode causar uma queda no cálcio sanguíneo e aí sim provocar cãimbras.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Natalia,
    Na hora da crise o ideal é alongar o musculo acometido. Às vezes cãimbras severas podem causar uma contratura da musculatura e manter o musculo dolorido por vários dias.

    Se a cãimbra é muito intensa e frequente, vc deve procurar um médico.

  • Anonymous

    Dr Pedro, boa noite – venho lhe pedir uma orientação. Minha tem problemas serios de rins, policistos – insufiência renal – não se é a mesa coisa, pois qnd ela vai no médico ñ sabe explicar direito o q é. Sei que se ela não seguir um rigoroso regime vai ter q fazer hemodiálise. Hoje ela veio dormi na minha casa e se reclamou de muitas dores de caimbra, fortes dores e com constância.Porém nada que falamos q é bom ela aceita. Não está fazendo o regime, reclama dos remédios pq diz q afeta seu estômago, se for natural então ela já diz q a faz mal antes mesmo de tomar, e os remédios q os medicos passam ela reclama do preço e diz q tds fazem mal ao seu estômago e não os toma, seu colesterol está altissímo. O que posso fazer para ela qnt as caimbras?
    Por favor , me ajude
    Rejane

  • Apache

    Dr.Pedro e Dra. Renata, meu pai tem 80 anos, é diabético, tem insuficiencia renal, hipertensao e aterososclerose dos membros inferiores, e tem sentido muitas cãibras a noite, tanto nas pernas, como nas mãos. E, com isso, tem estado muito debilitado, sentindo muitas dores, sem dormir e sem poder andar sozinho. O que voces podem sugerir para diminuir essas cãibras?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Rejane,
    Se ela é pouco aderente ao tratamento não há o que fazer. É um direito dela não querer se tratar, mas também ela não pode reclamar dos sintomas. Provavelmente essas cãimbras são secundárias as doenças que ela tem e não trata.
    Nós médicos só conseguimos ajudar a quem quer ser ajudado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Apache,
    Esse é o tipo de cãimbra que deve ser investigado. Para poder melhorar, é preciso antes saber o qual o fator desencadeante.

    Enquanto isso, posso apenas sugerir as dicas que já estão descritas no texto.

  • jessica cat

    Oi Doutor me chamo Jessika tenho 18anos aos 17 tive Trombose e frequentimente tenho Câimbras noturnas.Gostaria de saber se essas Câimbras que tenho é relacionada com a Trobose?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Jéssika,
    Pode estar relacionado sim. Não é incomum pessoas com quadro de trobose passarem a ter cãimbras no membro acometido.

  • jediroma

    Excelente texto sobre o assunto!! Eu não tinha certeza se a dor que eu sentia ultimamente era cãibra. Mas todos os sintomas bateram! Dores noturnas frequentes na panturrilha e nos pés, e os dedos se deslocando para o lado. Depois passava e voltava ao normal. E recentemente eu fiquei desidratada e ainda estou me recuperando. Não pratico exercícios no momento, mas tenho pé chato. As dores não voltaram mais agora que o tempo esquentou, será que também pode existir relação? Pensei que poderia ser muito mais grave, tinha pensado em voltar ao ortopedista. Mas essa reportagem ajudou muito mais que o médico anterior que eu fui. Obrigada!!!

  • Poeta de Plantão

    Dr. Pedro
    Ultimamente tenho sofrido com cãimbra em qualquer caminhada por mais de 5 mim. Sou sedentário e ontem fui fazer caminhada (alonguei p/ 5 mim) e em pouco tempo estava com cãimbra. Ainda assim parei um pouco mas as dores persistiam. Foi uma crise mto forte ontem. Cheguei em casa com dores nas pernas e tive febre durante toda a noite.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Poeta,
    Isso pode ser sinal de má circulação sanguínea nos membros inferiores. Procure um médico para avaliar essa hipótese.

  • Marcos

    Dr. Pedro, existe histórico de câimbras repentinas e que que causam dores e ardência por alguns dias em pessoas com trombose (TVP)? O senhor fala em alongamento, o mesmo pode ou deve ser feito utilizando meia de alta compressão? E quanto a exercícios como caminhada ou pedalar, pode ou deve ser feito utilizando meia de alta compressão?
    Agradeço pela atenção.

  • jessica

    Dr. Pedro e Dr. Renata

    Tenho sofrido cãibras freqüentemente nas últimas semanas(aproximadamente 5 sessões no mínimo por dia).Não sou sedentária mas também não sou uma atleta, tenho uma alimentação rica em potássio e bebo bastante água mas a cada dia está mais intensa, ontem eu acordei com cãibra em toda perna esquerda e não conseguia andar (toda vez que forçava o pé no chão todo o meu corpo caia).

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marcos,
    Não há problema nenhum em se alongar ou caminhar com as meias.

    Quem já teve TVP pode ter cãimbras no membro sim.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Jéssica,
    É preciso procurar um médico para saber o porquê dessas cãimbras

  • Jojo

    Dr. Pedro,
    Bom dia, + ou – de 1 ano pra cá tenho sentido caimbras noturnas quase todos as noites, as vezes em 1 das pernas ou até nas 2 ao mesmo tempo. Eu tomei o remedio prednisona durante 2 anos, gostaria de saber se isso que sinto é efeito do medicamento.Por que antes eu não sentia isso.
    Grata
    Joélia

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Joélia,
    Depende de quanto tempo que vc parou com a prednisona. Se foi há muito tempo, não deve ter relação. Acho que o seu caso deve ser avaliado por um médico.

  • Anonymous

    Dr. Pedro,
    Meu pai é hipertenso, tem 68 anos e vem sentindo câimbras nas pernas e nas mãos diariamente, e sempre no meio da noite. Além da hipertensão ele foi diagnosticado com Sindrome Sideroblástica, há três anos, e faz tratamento com o hematologista. Estamos muito assustados com isso. Qual a especialista ele precisa procurar?
    Muito obrigada.
    Patricia

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Patricia,
    O próprio hematologista pode iniciara investigação.

  • s.h.pimentel

    Doutores, minha avó tem 82 anos e ela tem muitas caimbras principalmente a noite, além das orientações dadas no texto, há alguma orientação mais expecifica para a idade dela? Ela faz controle de hipertensão e tem muitas varizes.
    Muito obrigada,
    Sabrina

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Sabrina,
    Não. Na idade dela a desidratação é muito comum, por isso o consumo de líquidos deve ser bem controlado.

  • manoela

    Ola Dr. gostaria de saber se existe qualquer relacao entre lombalgia de qualquer origem e caimbra??
    obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Manoela, Não diretamente

  • Anonymous

    Muito Bom, tirou todas as minhas dúvidas e está me ajudando em um trabalho de escola. Parabéns

  • Ana Paula

    Olá doutor,
    meu pai tem diabetes tipo 2, e está tendo muitas caimbrãs,em grande sequência, o que a dibetes está relacionada com as caimrbãs?
    Boa Noite

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Ana,
    Diabetes é uma das causas de câimbras crônicas

  • Emília

    Adorei seu comentario

  • Juliana

    Parabéns pelo blog, tirou todas as minhas dúvidas! Espero que minhas caimbras noturnas desapareçam! Há realmente uma relação direta entre beber pouca água e ter caimbras, pois sempre acordo com sede quando tenho as caimbras.

  • Anna Luiza

    Muito utéis as informações que encontrei aqui no blog, especialmente esta sobre caimbras e sobre o choque septico. Sofro com caimbras noturnas e as vezes doem tanto que parece que a dor não acabará mais. Vou começar a alongar antes de dormir!!
    Essa semana perdi uma prima de 21 anos que sofreu o choque septico. É inacraditavel como uma infecçao pode acabar com a vida dela em questão de 2 ou 3 dias. Ela não tinha nenhuma doença e pelo que tudo indica ela contraiu a infecçao ao fazer uma cirurgia para colocar “pinos” na perna recém quebrada. Vale de alerta para nos cuidarmos muito com qualquer coisa q envolva a nossa saude e nossa VIDA! Parabéns pelo blog!

  • aline

    Olá dr Pedro, tenho 38 anos e tomo pílula anticoncepcional ha 8 anos. nas minhas ultimas viagens ao exterior tive seguidas caimbras nos pés. o engraçado é q elas apareceram horas depois q saí do avião. isso tem a ver com o uso da pilula? usar meias de baixa compressão no avião pode ajudar? obrigada. aline.