Remédios que fazem mal aos rins (nefrotóxicos)

Atualizado:

Tempo estimado de leitura: 3 minutos.

O que é um medicamento nefrotóxico?

Os rins são os principais órgãos responsáveis pela filtração e eliminação de substâncias tóxicas que circulam no sangue.

Porém, apesar de serem um dos principais responsáveis pela “limpeza” do sangue, os próprios rins podem sofrer efeitos adversos de algumas toxinas que eles depuram. Entre essas substâncias estão vários medicamentos usados frequentemente na prática médica, que podem causar lesão renal se forem usados de modo inapropriado.

Damos o nome de fármacos nefrotóxicos a todos os medicamentos que apresentam potencial risco de causar lesão nos rins.

Além da lesão direta de certas substâncias nos rins, existe também um grupo de fármacos que são seguros em pessoas sadias, mas que se tornam perigosas em pacientes que já apresentam doença prévia nos rins, fazendo com que haja piora da doença renal.

Nesse texto, vamos falar um pouquinho das principais drogas nefrotóxicas, ou seja, dos medicamentos que podem fazer mal aos rins.

ATENÇÃO: esse texto não tem como objetivo assustar ninguém, nem fazer propaganda contra medicamentos. O objetivo é mostrar como a automedicação pode ser perigosa e trazer prejuízos que as pessoas nem imaginam que possam acontecer.

Vídeo: Seus rins funcionam bem?

Antes de seguirmos em frente, assista a esse curto vídeo de 3 minutos, produzido pela equipe do MD.Saúde, que explica de forma simples como saber se os seus rins podem estar doentes.

Fármacos nefrotóxicos

Anti-inflamatórios

Quando pensamos em medicamentos que fazem mal aos rins, o primeiro exemplo que vem à mente são os anti-inflamatórios não esteroides (AINES).

O principal efeito maléfico dos AINES é a redução da filtração renal, ou seja, da capacidade dos rins em filtrar o sangue.

Pessoas que possuem rins saudáveis até conseguem tolerar essa redução sem maiores complicações. O problema ocorre naqueles que tem insuficiência renal (principalmente em fases avançadas) e, portanto, já apresentam a filtração renal diminuída de base.

Esse grupo apresenta grande risco de falência renal aguda e, muitas vezes, necessitam de hemodiálise de urgência quando tomam anti-inflamatórios por conta própria. O risco cresce a partir do 3º dia de uso.

O anti-inflamatório é, portanto, uma droga contra-indicada em pacientes com insuficiência renal.

Outra lesão relacionada aos anti-inflamatórios é a nefrite intersticial, uma espécie de reação alérgica localizada no rim. A nefrite intersticial pode ser causada por várias drogas além dos anti-inflamatórios e se apresenta principalmente como uma insuficiência renal aguda, com rápida elevação da creatinina.

No caso da nefrite intersticial dos anti-inflamatórios ela apresenta uma característica especial que é a presença concomitante de proteinúria e síndrome nefrótica.

É bom deixar claro que a nefrite intersticial não é uma reação comum, principalmente se levarmos em conta a quantidade de pessoas que tomam anti-inflamatórios no mundo.

Um terceiro tipo de lesão, mais incomum ainda, é o induzido por uso crônico de anti-inflamatórios, mesmo em pessoas normais. Parece que para pessoas com rins normais desenvolverem lesão renal pelo uso prolongado de AINES , são necessários no mínimo 5000 comprimidos ao longo da vida. Isso equivale a 7 anos de anti-inflamatórios diários em um regime de 12/12 horas.

O AAS (aspirina) também é um anti-inflamatório e deve ser usado com cautela em pacientes com doenças renais.

Para saber mais sobre anti-inflamatórios, leia: ANTI-INFLAMATÓRIOS – AÇÃO E EFEITOS COLATERAIS.

Antibióticos

Os antibióticos também são causa de nefrite intersticial. Diferentemente da nefrite pelos anti-inflamatórios, no caso dos antibióticos a proteinúria é pequena, mas outros sintomas como febre e manchas vermelhas pelo corpo associado a insuficiência renal aguda, ocorrem com maior frequência.

Vários antibióticos podem causar nefrite intersticial, principalmente as penicilinas, rifampicina, ciprofloxacino e trimetoprim/sulfametoxazol (Bactrim®)

Alguns antibióticos são nefrotóxicos por natureza e devem ser evitados em doente renais crônicos. Os mais comuns são:

  • Aminoglicosídeos (ex: Gentamicina, Amicacina, Estreptomicina, Tobramicina e Neomicina).
  • Anfotericina B.
  • Pentamidina.

Leia mais sobre antibióticos em: ANTIBIÓTICOS | Tipos, resistência e indicações.

Analgésicos

A lesão renal renal pelo uso prolongado de analgésicos era muito comum até a década de 80, e caiu vertiginosamente após a retirada da Fenacetina do mercado. Hoje, as lesões relacionadas aos analgésicos são causados pelo uso diário e prolongado (por meses ou anos) do Paracetamol, principalmente se associado ao ácido acetilsalicílico (AAS).

A dipirona (metamizol) é muito pouco usada em vários países da Europa e nos EUA, por isso existem poucos estudos sobre seu toxicidade renal. Aparentemente, esse analgésico é uma opção segura para os pacientes com doença renal.

Contraste de exame radiológico

Doentes com insuficiência renal devem evitar contrastes radiológicos sempre que possível. Se o exame for imprescindível, deve-se realizar uma preparação do paciente para minimizar os efeitos. Os principais exames que usam contrastes nefrotóxicos são:

  • Tomografia computadorizada.
  • Cateterismo cardíaco.
  • Urografia excretora.
  • Angiografia.
  • Ressonância magnética (perigoso apenas em casos de insuficiência renal avançada).

Antipsicóticos

Um estudo publicado em 2014 com 200 mil indivíduos com idade acima de 64 anos mostrou que os pacientes idosos que tomam quetiapina, olanzapina ou risperidona, um grupo de fármacos chamado antipsicóticos atípicos, apresentaram um risco duas vezes maior de hospitalização por lesão aguda do que os pacientes da mesma idade que não tomam nenhum dos três medicamentos.

Outros medicamentos

  • Lítio: usado principalmente no distúrbio bipolar ( antigo distúrbio maníaco-depressivo).
  • Aciclovir: antiviral.
  • Indinavir: antirretroviral usado na SIDA (AIDS).
  • Ciclosporina: imunossupressor usado em transplantes e doenças autoimunes.
  • Tacrolimus: igual à ciclosporina.
  • Ciclofosfamida: imunossupressor usado em doenças autoimunes e algumas neoplasias.

Medicamentos que possivelmente fazem mal aos rins

Há cada vez mais evidências de que os inibidores da bomba de prótons – IBP (omeprazol, esomeprazol, lanzoprazol, etc.) podem causar lesão nos rins, se usados de forma crônica. É comum encontrarmos pacientes tomam um IBP diariamente por vários meses ou anos, muita vezes sem necessidade.

Na maioria dos casos, medicamentos como omeprazol devem ser utilizados de forma pontual, por 4 a 6 semanas para o tratamento de problemas gástricos. Deve-se evitar o uso dos IBP por vários meses seguidos.

O fibratos (fenofibrato, genfibrozil, ciprofibrato, etc) são medicamentos utilizados no tratamento da hipertrigliceridemia. Nos pacientes com algum grau de disfunção renal, esses fármacos podem causar agravamento da lesão renal e devem ser evitados.

Existem cada vez mais relatos sobre casos de lesão renal induzidas pelas chamadas ervas chinesas tradicionais. Já são mais de 150 casos de pessoas que usavam essas ervas para emagrecer e desenvolveram insuficiência renal aguda com necessidade de hemodiálise.

Poucos são os procedimentos médicos isentos de riscos. A automedicação é perigosa e é importante conhecer os principais efeitos colaterais para poder detectá-los precocemente. Não é à toa que a grande maioria dos médicos passa por uma formação de pelo menos 10 anos.


Referências


Autor(es)

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Universidade do Porto e pelo Colégio de Especialidade de Nefrologia de Portugal.

Temas relacionados
Hemodiálise Hemodiálise: o que é, para que serve e como se faz
Nefrolitíase Cálculo renal (pedra no rim): causas, tipos e tratamento
Beber água Quantos litros de água devemos beber por dia?
Nefropatia por IgA Doença de Berger (nefropatia por IgA): sintomas e tratamento
Pielonefrite Pielonefrite (infecção renal): causas, sintomas e tratamento
Cisto no rim Cisto renal (simples, complexo, cortical, Bosniak)
Doença de Fabry Doença de Fabry: o que é, causas, sintomas e tratamento
Glomérulo Glomerulonefrite: o que é, sintomas e tratamento
Diálise - insuficiência renal crônica Insuficiência renal crônica: sintomas e tratamento
Creatinina Creatinina e ureia [exame para avaliação dos rins]
Rins policísticos Rins policísticos: causas, sintomas e tratamento
Vontade de urinar Urina em Excesso – Vontade de urinar a toda hora
Edema com cacifo Inchaço nas pernas (edema – retenção de líquido)
Diabetes insípidus Diabetes insipidus – Causas, sinais e tratamento
Nefrologista O que faz o médico Nefrologista?
Insuficiência renal aguda - hemodiálise INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA
COMENTÁRIOS
Por favor, leia as regras do site antes de enviar a sua pergunta.

Deixe um comentário

134 comentários em “Remédios que fazem mal aos rins (nefrotóxicos)”

    • Sim, é isso mesmo. E não é o único caso. Ciclosporina também é assim. São imunossupressores, ajudam nas doenças de origem imunológica e no transplante renal, mas se usados por muito tempo ou em dosagem mais alta, eles causam lesão renal.

      Responder
  1. Obrigada pelo auxílio.

    Meus rins estão com 60% necrosado. O Lúpus atacou.

    Tomo hidroxicloroquina, corticoide, enalapril há 20 anos.

    Faz 1 mês que estou também com Forxiga e Micofelonato.

    Algum desses remédios afetam o rim negativamente?

    Obrigada

    Solange Vezu

    Responder
  2. Dr. Minha mãe tem sérios problemas de rins. Porém tem artrite artrose sente muita dor e foi proibida de tomar antiflamatorio. Existe algum medicamento que ela possa tomar para amenizar um pouco as dores.

    Não suporto mais ver minha mãe sofrendo tanta dor e não poder fazer nada.

    Obrigada!

    Responder
  3. Dr.tive Nefrite na infância e hoje me mantenho só no acompanhamento…exames anuais normais …..atualmente treino crossfit o que me indicaria para ganho de massa sem prejudicar meus rins …..teria alguma fórmula natural …..desde ja obrigada

    Responder
    • Se a sua função é normal, não precisa de nenhuma restrição. Você pode perguntar para o seu Nefrologista se pode tomar creatina e Whey protein, que são as duas substâncias com mais evidências de eficácia para ganho de massa muscular.

      Responder
  4. Doutor tenho Proteinúria, nenhuma doença de base, não sou diabético e nem hipertenso, minha creatina 1.5 e uréia dentro da referência. Gosto de tomar cerveja regularmente, apenas cerveja, e o álcool que está fazendo eu ter está Proteinúria?

    Responder
  5. Dr, bom dia!! Desparasitacao com tinturas fazem mal aos rins. Comprei um kit da 100verme pra minha mãe. Não encontrei nenhuma contraindicação, porém essa preocupaçao me bateu. Muito obrigada

    Responder
  6. Café faz mal aos Rins? Tenho cálculo renal e bebo bastante café! sinto dores na região renal durante a manhã após acordar todos os dias. . .

    Responder
  7. Meu Caro Doutor Pedro Pinheiro

    Agradeço me informe se o antibiótico cylanic ( amoxicilina + acido clavulânico ) é um medicamento nefrotóxico , isto é faz mal aos rins ?

    Augusto Santos

    São Braz Alportel . PORTUGAL

    Responder
  8. Bom dia Dr Pedro Pinheiro! Minha Uréia deu 128.4mg/dl e minha Creatinina 2.00mg/dl, vou ter que fazer hemodiálise?

    Responder
  9. Ajudou muito a esclarecer, estou com um irmão com insuficiência renal crônica e as juntas inchadas e joelho, está acamado devido a medicação que não deveria ter tomado, hoje só 45% por rins funciona. Obg

    Responder
  10. Meu médico me receitou: furosemida e jardiance, os quais são prejudiciais aos rins, questionei e ele afirma que não tem problema, devo parar?

    Responder
  11. DR. Faço uso de 1gr de rispridona a noite para dormir a mais de 30 anos. Já tenho os rins prejudicados? Tenho 58 anos. Obrigada.

    Responder
  12. Bom dia DR. Pedro.

    Gostei muito das suas informações aqui.

    Tomo um comprimido de Hidrocortiazida por dia durante dois meses e para um mês.

    Tive muitas crises de calculo renal e o medico me prescreveu esse medicamento para diminuir o cálcio na urina. No ultimo exame que fiz de ultrassonografia dos rins não apareceram mais nenhum calculo. Preciso continuar com esse tratamento? Por que li que esse medicamento causa problema dos rins.

    Agradeço pelas informações.

    Responder
    • A hidroclorotiazida, se bem indicada, não faz mal aos rins. Se a causa dos seus cálculos renais é excesso de cálcio na urina, não adianta tomar a HCTZ só por um tempo curto. Assim que você interromper o medicamento, o cálcio urinário voltará a subir e você novamente estará sob alto risco de fazer novos cálculos.

      Responder
  13. Dr.Pedro bom dia, tenho 1 rim tive que há 2 anos retirar 1 por motivo de infecção e muitos cálculos e agora descobrir um lipoma do mesmo lado da retirada do rim é perigoso?

    Responder
  14. Estou expelindo proteína pela urina, não tomo nenhum remédio que possa ter causado isso. Tem como saber o porque deste caso ? Agd.

    Responder
    • O ciprofibrato não é bom para quem já tem doença renal crônica. A furosemida não faz mal diretamente, mas se o medicamento estiver mal indicado ou se a dose não estiver correta, pode haver piora da função renal.

      Responder
  15. Estou com muito dor nos rins, tomei norfloxacino, e antes havia tomado piroxican 20 mg, doutor Pedro pode me explicar. Aqui não consigo médico estou sem condições do particular. muito obrigado. Tenha um bom dia.

    Responder
    • Marinete, lamento, mas é impossível eu conseguir te ajudar à distância. Não sei nem se a dor que você está sentindo vem mesmo de algum rim. E se a dor vier do rim, eu não teria como saber a causa sem poder te examinar e pedir exames complementares. Você precisa ser vista por um médico. Pode ser coluna, muscular, infecção urinária, cálculo renal, hérnia, pancreatite…

      Responder
  16. estou com insuficiencia renal cronica,ainda sendo apenas companhada e me prescreverao fenofibrato por conta dos triglicerides alto, e normal?pois li q esse medicamento causa danos aos rins

    Responder
  17. Boa tarde Dr. minha Médica receitou Prednisona comprimidos para tratar doença de pele, mas se eu tiver algum problema nos rins pode me fazer mal?

    Responder
  18. Boa tarde Dr. Gostaria de saber se victoza usada pra emagrecer afeta ao ruim. Ois do tenho um. Fiz retirada há 10anos e faço controle semestral das taxas. faço uso continuo de alopurinol 100?

    Responder
  19. Tenho problemas renais, a minha creatinina está em 3.2, gostaria de saber se antialérgicos são prejudiciais aos rins, Zina ou Histamim??
    Obrigado.

    Responder
  20. Dr. Sou transplantado renal a 14anos, meu dentista me receitou Dexametasona, gostaria de saber se posso ingerir, se não poderá causar problemas, se posso usar com segurança?

    Responder
    • Manuel, você precisa perguntar ao seu Nefrologista. Não sei quais medicamentos você toma nem o porquê da dexametasona ter sido prescrita. A dexametasona é um glicocorticoide. Como você é transplantado, provavelmente já faz algum tipo de corticoide, como prednisona ou prednisolona.

      Responder
  21. Doutor eu perdi um rins devido um trauma, tenho 27 anos não bebia não fumava, assim hj em dia não sinto problemas renais, queria saber se o buscopan faz mal para os rins

    Responder
  22. Parabéns por responder a seus leitores e orienta-los, algo bastante raro por parte de nossos médicos. É um ato de amor e nobreza. O sr é de fato um exemplo para seus pares.

    Responder
  23. Parabéns Dr. Pedro….esse canal é muito esclarecedor. Recentemente passei por uma nefrectomia total aberta e agora tenho apenas o rim esquerdo e as respostas dadas nesse canal com certeza me ajudaram muito..
    Mais uma vez, Parabéns!!

    Responder