Ressonância Magnética: indicações e riscos

Foto do autor

Escrito por: Dr. Pedro Pinheiro

Atualizado em:
Tempo de leitura estimado do artigo: 4 minutos

Introdução

O exame de ressonância magnética nuclear (RMN) é uma técnica que envolve a utilização de campos magnéticos e ondas de rádio, de forma a criar imagens computadorizadas do interior do corpo humano com grande definição.

A grande vantagem da ressonância magnética em relações aos outros exames de imagem radiológicos é a sua capacidade de gerar imagens nítidas sem precisar recorrer à radiação ionizante (raio X), como são os casos da tomografia computadorizada, da angiografia e da radiografia comum.

Desenvolvida nos anos 70, a ressonância magnética vem ganhando popularidade nas últimas 2 décadas, conforme o aperfeiçoamento da sua tecnologia tem permitido reduções no seu custo e um maior conforto do paciente durante a realização do exame.

Neste artigo vamos explicar como é feito o exame de ressonância magnética, quais são suas contraindicações e qual é o preparo necessário.

Como é feita?

Na maioria dos casos, não é preciso nenhum preparo especial para a realização de um exame de ressonância magnética nuclear. O único cuidado básico é evitar que o paciente entre na máquina portando algum objeto metálico consigo, pois durante o exame, um campo magnético extremamente forte é gerado, criando um poderosíssimo ímã, que pode atrair de forma violenta qualquer material que seja de metal. Para se ter uma ideia da força magnética gerada, uma cadeira de metal ou mesmo um tanque de oxigênio podem se transformar em projéteis, sendo atraídos em direção à máquina.

Máquina de ressonância magnética
Máquina de ressonância magnética

Entre os objetos pessoais que devem ser removidos antes do exame de RMN estão a carteira, relógio, brincos, anéis, dentadura, aparelhos auditivos, óculos, grampos de cabelo, etc. Em geral, o mais seguro é deixar o paciente apenas com a roupa de baixo (sutiã com arame também não pode ser usado) e vesti-lo com um avental fornecido pela clínica.

A maioria das máquinas de ressonância magnética ainda são em forma de túnel, com abertura em ambas as extremidades. O paciente deita-se em uma maca que move-se em direção ao interior do aparelho na hora do exame. O procedimento dura entre 15 a 90 minutos, dependo do tamanho da área que será abordada e do número de imagens necessárias para o estudo. Durante o exame, o paciente precisa manter-se imóvel para que as imagens não saiam tremidas ou desfocadas.

A ressonância magnética é um exame indolor, mas o fato do paciente ter que ficar imóvel dentro de um túnel fechado por vários minutos pode ser extremamente angustiante para algumas pessoas. Já existem máquinas abertas, como exemplificada na imagem abaixo, mas, em geral, elas são menos potentes e não costumam gerar imagens com definição tão boa quanto as máquinas fechadas.

A máquina de ressonância magnética também costuma ser muito barulhenta, o que pode colaborar para o mal estar dentro da mesma. Para diminuir o incômodo do barulho, protetores de ouvido serão fornecidos. Algumas clínicas fornecem fones de ouvido para o paciente ouvir música durante o processo. Crianças e pessoas claustrofóbicas e/ou ansiosas precisam ser sedadas para conseguirem permanecer imóveis dentro do aparelho de RMN. Na maioria dos casos, o técnico costuma deixar na mão do paciente uma espécie de controle que pode ser acionado caso você precise se comunicar durante o exame.

Para que serve?

A ressonância magnética é atualmente o exame de imagem que nos fornece as mais nítidas imagens do interior do corpo humano. Se fosse um exame barato e fácil de ser realizado, ele provavelmente seria a primeira escolha de exame de imagem na maioria dos casos. Porém, essa não é a atual realidade.

Apesar da RMN ser muito superior à radiografia convencional e à ultrassonografia, esses exames são muito mais baratos e simples de serem realizados. Uma radiografia simples basta para identificar uma pneumonia e uma ultrassonografia é mais do que suficiente na maioria dos casos para identificar pedras na vesícula ou nos rins. Portanto, a utilização da ressonância magnética acaba ficando restrita aos casos em que os outros exames de imagem não conseguem ser suficientemente bons.

Atualmente a ressonância magnética tem sido utilizada para todo o corpo, mas ela tem especial importância na Neurologia e na Ortopedia. A RMN costuma fornecer imagens com informações do cérebro, da coluna vertebral, de ligamentos e de articulações, que outros exames de imagem não são capazes. O estudo dos vasos sanguíneos também tem sido cada vez mais realizado com ressonância magnética, chamado neste caso de angiorressonância. Nos últimos anos, a avaliação do coração e seus vasos pela RMN também tem evoluído bastante.

É preciso usar contraste na ressonância magnética?

Nem todo exame de ressonância magnética precisa de contraste, especialmente aqueles feitos na área ortopédica. Na maioria dos casos, contudo, a administração de contraste, seja ele por via oral ou via intravenosa, melhora muito a qualidade das imagens fornecidas.

O contraste utilizado na RMN costuma ser à base de gadolínio, que é um metal raro. O gadolínio é um contraste com baixa frequência de efeitos colaterais, sendo rara a ocorrência de reações alérgicas. Como o contraste da RMN não contém iodo, ele é mais seguro que a maioria dos contrastes usados por via intravenosa.

O grande problema do gadolínio é que ele é extremamente tóxico para os pacientes com insuficiência renal avançada, principalmente para aqueles com taxa de filtração glomerular abaixo de 30 ml/min (leia: INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA). Neste grupo de pacientes, a administração de gadolínio pode provocar uma grave complicação chamada fibrose sistêmica nefrogênica.

Contraindicações

A imensa maioria das pessoas pode se submeter ao exame de ressonância magnética sem nenhum risco à sua saúde. Há algumas situações especiais, porém, que podem impedir a realização do exame. A situação mais comum é quando o paciente é portador de algum dispositivo metálico que possa sofrer influência do poderoso campo magnético gerado pelo aparelho de ressonância magnética.

Avise o seu médico e o técnico que irá realizar o exame se você for portador dos seguintes dispositivos:

  • Marca-passo cardíaco.
  • Desfibrilador cardíaco implantável.
  • Implante coclear.
  • Clipes vasculares metálicos.
  • Prótese vascular.
  • Stent vascular.
  • DIU
  • Próteses ortopédicas.
  • Fragmentos de metais no corpo (como projéteis de arma de fogo).
  • Tatuagens (antigamente as tintas possuíam traços de metais).

Nem todos os dispositivos listados acima contraindicam a realização da RMN. Por exemplo, stents ou próteses vasculares implantados há mais de 6 semanas costumam ser seguros. Também já existem marca-passos que podem ser usados na ressonância. Todavia, é sempre importante informar a equipe médica sobre qualquer  dispositivo artificial presente no corpo, para que eles possam decidir com segurança quais situações são de risco e quais são seguras.

Próteses ortodônticas (aparelhos de dente) não costumam ser um problema, mas podem atrapalhar a qualidade da imagem gerada.

Para quem sabe inglês, esse site contém uma lista com milhares de dispositivos seguros e inseguros para o exame de ressonância magnética: http://www.mrisafety.com/List.html.

Ressonância magnética e gadolíneo durante a gravidez

A ressonância magnética pode ser feita em mulheres grávidas. Em relação ao contraste gadolínio, ele costuma ser evitado nas gestantes, porque ainda não há grandes estudos comprovando a sua segurança. Por outro lado, também não existem evidências de que ele seja danoso para o bebê.

Portanto, se já soubermos que a paciente está grávida, por precaução, o contraste costuma ser evitado. Porém, se a paciente fizer o exame antes de saber que estava grávida e for exposta ao gadolínio, não há evidências de que isso possa causar qualquer mal ao bebê.

Conclusão: a ressonância magnética é segura na gravidez, e o gadolínio provavelmente não faz mal.

A ressonância magnética é melhor que a tomografia computadorizada?

A ressonância magnética nuclear (RMN) e a tomografia computadorizada (TC) são exames com eficácia semelhante. Em algumas situações, a TC costuma ser a técnica preferida, enquanto em outras, a RMN é o exame que fornece mais informações. Por exemplo, a pesquisa de lesões ósseas, doenças do pulmão e o rastreio de tumores malignos são habitualmente feitos pela TC. Situações traumáticas, que exigem um diagnóstico mais rápido de lesões de órgãos internos, também são geralmente investigados pela tomografia, que é um exame que demanda menos tempo que a RMN para ficar pronto. Pelo mesmo motivo, pacientes com suspeita de hemorragia intracraniana também devem ser avaliados preferencialmente pela TC.

A ressonância magnética é o exame de escolha para investigação de lesões de ligamento e tendões, para problemas na coluna vertebral, para tumores do sistema nervoso central para a a investigação de doenças neurológicas, como a esclerose múltipla (leia: ESCLEROSE MÚLTIPLA).

As vantagens e desvantagens da TC e da RMN estão resumidas abaixo:

Vantagens da tomografia computadorizada:

  • A TC é um exame realizado de forma muito mais rápida que a RMN, tornando-se o estudo de escolha em casos de trauma ou outras emergências neurológicas agudas.
  • O custo de uma TC é consideravelmente menor do que a RMN.
  • A TC é menos sensível ao movimento do paciente durante o exame, uma vez que a imagem pode ser obtida mais rapidamente.
  • A TC pode ser mais fácil de realizar em pacientes claustrofóbicos.
  • Os aparelhos de TC costumam aguentar melhor pacientes com obesidade mórbida.
  • A TC pode ser realizada sem qualquer risco para o paciente com dispositivos médicos implantáveis, como marca-passos cardíacos ou clipes vasculares ferromagnéticos.

Vantagens da ressonância magnética nuclear:

  • A RMN não utiliza radiação ionizante (raio X), sendo, portanto, preferível à TC em crianças, grávidas e pacientes que necessitam de exames de imagem repetidamente.
  • Até o momento não se identificou nenhum efeito colateral ou dano à saúde pela exposição ao campo magnético e às ondas de rádio gerados pela RMN.
  • A RMN tem uma gama muito maior de contrastes disponíveis  para tecidos moles, retrata a anatomia com mais detalhes e é mais sensível e específico para anormalidades dentro do cérebro.
  • A RMN é capaz de gerar imagens em mais planos e pode reconstruir órgãos e regiões anatômicas em 3D.
  • Os contrastes utilizados na RMN têm um risco consideravelmente menor de causar reação alérgica grave.

Autor(es)

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Universidade do Porto e pelo Colégio de Especialidade de Nefrologia de Portugal.

Saiba mais

Artigos semelhantes

Ficou com alguma dúvida?

Comentários e perguntas

Deixe um comentário


76 respostas para “Ressonância Magnética: indicações e riscos”

  1. Bruna
    Demorei pra tomar água depois da ressonância com contraste, o contraste é eliminado mesmo assim?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Sim.
  2. Roselita Silva Ferreira
    Excelentes informações sobre o assunto. Muito proveitoso.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Obrigado.
  3. Aurora braga

    Faço muitas ressonâncias por ano infelizmente e custa me tanto estar quasse uma hora dentro dela sou claustrofica mas tenho aguentando mas fico muito tensa e passando um dia tenho crise ansiedade as maquinas deveria ser mais largas

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Sim, é difícil para quem tem claustrofobia. Já há algumas máquinas mais abertas, mas nem todas as clínicas têm.
  4. Heloise Oliveira

    Estou com atraso menstrual depois de ter passado por uma ressonância magnética da Pelve. É normal?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Não. Na verdade, nem faz muito sentido imaginar que a ressonância seja a culpada pelo atraso menstrual.
  5. Elisamara leocadio

    Qual as indicações para um exame de ressonância magnética?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Existem centenas de indicações. É um exame de imagem que não expõe o paciente à radiação. Serve desde avaliação do sistema nervoso à investigação de nódulo na mama, passando por lesões de foro ortopédico.
  6. Anderson Silva

    É verdade que a ressonância magnética com tempo pode causar câncer?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Não.
  7. Silvana

    Holla Dr

    Tenho hérnia de disco e ja fui operada duas vezes

    e so esse ano ja fiz umas cinco vezes RMN

    gostaria de saber quantas vezes pode fazer RMN sem prejudicar a saúde

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      A RMN não faz mal à saúde. Não há problema em fazer o exame várias vezes. É diferente da tomografia computadorizada, por exemplo, que tem radiação ionizante.
  8. Aparecida

    Boa noite Dr!

    Fiz uma tomografia de crânio no dia 15/8 tem algum problema se eu fizer uma ressonância de crânio no dia 30/08?

    Aguardo e muito obrigada

    Aparecida

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Não.
  9. Maria Helena Saldanha M. Lipes

    Bom dia Dr. Pedro!

    gostei muito do seu artigo e gostaria de saber se o senhor atende pacientes e como eu poderia ter uma consulta de nefrologia pois há 22 anos sofri uma cirurgia de retirada de um rim . Aguardo um contato. Muito obrigada!

    Atenciosamente.

    Maria Helena

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Olá Helena. Lamento, mas eu não vivo no Brasil. Não tenho como te atender.
  10. Ivan de Assis Borges

    Minha esposa fez um exame na ressonância! Ela disse que abriu um pouco os olhos! Isso aconteceu hoje dia 27/05/2022 e ela está sentindo dores nos olhos! Essas dores é efeito da ressonância?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Não há nenhum problema de abrir os olhos durante o exame. A sugestão de manter os olhos fechados é apenas para reduzir a sensação de claustrofobia. Fazer o exame de olho aberto ou fechado não muda nada.
  11. Lúcia Linhares
    Boa tarde, pode-se fazer duas ressonâncias à coluna cervical e lombar no mesmo mês?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Sim.
  12. M A O
    Boa tarde
    Realizei ressonancia do cranio e nao sabia que estava gravida.
    Quais os riscos que isso pode ter para mim e para o bebe?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Não costuma haver nenhum problema.
  13. Fabia
    Boa noite! Realizei uma ressonância para o controle da esclerose múltipla! E não entendo o porque senti choques do lado esquerdo do corpo! Os enfermeiros não souberam explicar! Já fiz umas 10 vezes, mas essa foi traumática! Alguém disse la, que poderia ser energia estática?! Procede?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      É mais provável que tenha sido algum problema com a máquina. Eram choques de verdade ou apenas sensação de choque?
  14. Fangel
    Boa noite ! Dr. hoje , pela manhã ,fiz ressonância da mama com sedação. Fique o resto do dia meio grogue …até aí tudo bem … Ma estou me sentindo super mal … Com angústia , medo (infundados) e com uma sensação muito ruim de pânico . É normal se sentir assim ? Isso passa normalmente ?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Isso não tem a ver com a ressonância. É provavelmente uma crise de ansiedade.
  15. Maria Rosa
    Olá boa noite! Em uma tomografia de tórax mostrou uma mancha densa no rim direito, tenho medo e não quero fazer com contraste . Preciso saber se posso fazer ressonância por ser mais detalhada sem contraste ou a tomografia sem contraste para ver melhor qualidade melhor opção?! Obrigada
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Por que você não quer fazer contraste?
  16. Wirla
    Boa noite. É feito um teste de alergia ao contraste previamente?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Rotineiramente, não. Só se houver motivo para isso.
  17. Ana
    Pode fazer ressonancia do encefalo tomando anticoagulante?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Sim.
  18. Carlos Freier
    Um paciente que apresente taxa de creatinina = 2, portanto com algum risco de fazer RMN, pode optar por TC para diagnostico de cancer no aparelho digestivo? O contraste usado , iodado ou não, faz diferença?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      O mais importante não é o valor da creatinina, mas sim a taxa de filtração glomerular. Se o paciente tem uma TFG maior que 30 ml/min, o risco de fibrose sistêmica nefrogênica é muito baixo. Porém, como nesses valores, a lesão do contraste iodado da tomografia costuma ser reversível, a decisão pelo melhor exame de imagem deve ser discutida com o médico, pesando riscos e benefícios.
  19. Thelma
    Fiz um RM com contraste a pedido da endocrinologista . A uma semana. Hoje descubro que estou grávida. Há riscos?. Li nas respostas que não há. Mas e o contraste? Oferece algum risco ? Obrigada
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Se a gente já sabe que a paciente está grávida, por precaução o contraste costuma ser evitado. Porém, não há, no momento, evidências que apontem para risco para o bebê caso a paciente tenha feito contraste com gadolínio, como no seu caso. Em princípio, não há porque ficar preocupada.
  20. Fernanda Silva
    Ontem fiz uma ressonância lombar. Além de dores nas pernas entre outras andava a sentir dor no cócix há uns dias, Após 8 horas da RM fiquei com dores graves no cócix sem poder sentar e quase andar.Poderá ter sido derivado da RM?
    1. Avatar de Pedro Pinheiro
      Pedro Pinheiro
      Não, a ressonância magnética não tem nenhum efeito sobre o corpo, nem para o bem nem para o mal.
  21. Cristina
    Bom dia
    Tenho de fazer uma ressonância mamária contudo além de ter dois implantes dentários sou claustrofóbica.
    Gostaria do seu aconselhamento pf .
    Ob .
    Cristina Chaves
    1. Avatar de Pedro Pinheiro
      Pedro Pinheiro
      Implantes dentários costumam ser seguros. Você pode procurar na sua cidade se há alguma máquina de ressonância aberta.
  22. Ana Maria Nogueira
    Tenho uma prótese no ouvido direito não sei de qual material e feito, preciso fazer uma ressonância magnética,

    como isso pode ser feito?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Tem que falar com o seu otorrinolaringologista pra saber se há algo de metal na prótese.
  23. Ana Claudia Pedroza Della Last
    Boa tarde.
    Fiz uma ressonância na lombar e descobri que estou gravida de 6 semanas.
    Qual o risco pro bb
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      A ressonância não costuma trazer riscos para o bebê.
  24. Julio Oliveira
    Dr. Pedro, não entendi a frase: “Nem todo exame de ressonância magnética precisa de contraste, especialmente aqueles feitos na área ortopédica”. Significa que os exames da área ortopédica precisam ou significa que não precisam de contraste?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Nem sempre precisam.
  25. Sonia Moussalli
    Prezado Dr. Pedro,
    Tenho implante dentário na arcada superior esquerda. Ontem, durante uma ressonância de coluna cervical e lombar, senti muito desconforto na região do implante e dor na cabeça do lado do implante. Hoje, meu ouvido esquerdo está tampado e sinto muitas fisgadas. Isto pode ser consequência da ressonância?
    Sônia
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode ter causado alguma inflamação no local.
  26. miguel
    A RM é oncogênica ?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não.
  27. Carla
    Fiz limpeza de pele que utilizou ácido salicílico, posso fazer ressonância magnética do crânio?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode, uma coisa não tem nada a ver com a outra.
  28. CRISTIANE JUNQUEIRA
    Fiz uma RM da hipófise e xtravazou um pouco do contraste, meu braço inchou um pouco e doía, tomei biprofenid 4 dias e estou colocando compressas de agua morna. Pode acarretar em algo isso?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Em princípio, não.
  29. Li
    Doutor posso estar gravida, fiz o exame no joelho, o feto corre risco?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não há evidências de que a ressonância cause algum mal ao feto.
  30. Vanessa
    Fiz micropigmentação na sobrancelha no início de julho, quando fui realizar a RM fui alertada dos riscos e optei por nao fazer. Quanto tempo depois da micropigmentação/maquiagem definitiva posso fazer o exame com segurança?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não existe um limite e na maioria dos casos não ocorrem reações. Não é preciso cancelar o exame.

      De qualquer forma, o mais indicado é que o radiologista seja informado antes do exame para que qualquer sintoma possa ser rapidamente identificado.

  31. marcela
    boa noite ! fiz uma ressonância no joelho , logo depois quando sai da sala que fui ao sanitario pessebi um escorrimento que eu não estava ? pode ter cido por causa da ressonância ?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não, é apenas coincidência.
  32. Nando Moreno
    Doutor, possuo um “clip” no meu intestino. após fazer a cirurgia da apendicite, no RX aparece um clip metálico. existe algum risco quanto ao exame de ressonância magnética? Forte abraço.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode existir. Isso precisa ser discutido com o radiologista antes do exame.
  33. elaine
    De quanto tempo se pode fazer com segurança a ressonância craniana..?.Um tempo de intervalo…
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não tem limite. Pode fazer sempre que for necessário.
  34. meire
    Olá preciso fazer ressonância de pelve e estou amamentando, posso fazer sem o contraste?…se caso sim..mesmo assim,causa algum problema na amamentação?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não é contraindicado utilizar o contraste na amamentação. Dependendo do que o médico deseja ver, o contraste pode ser necessário ou não.
  35. Vivianne Aragão
    Boa tarde,
    tenho um dúvida quanto a quantidade de Ressonâncias Magnéticas que podem ser feitas por paciente. Tenho condromalácia patelar, no qual foi diagnosticada por meio deste exame, já o fiz duas vezes. no entanto terei que fazer agora de outra parte do corpo, tenho dúvidas quanto a exposição e seus feitos no organismo.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Ao contrário da tomografia computadorizada, que emite radiação ionizante, a ressonância magnética não causa nenhum problema e pode ser repetida quantas vezes for necessária.
      1. Jaqueline Souza
        Dr, qual contraste usado no Ressonância magnética e como ele é administrado e qual sua contra indicação é sua reação alérgica qual exame mais usado com por contraste no Ressonância magnética
        1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          O contraste é gadolínio. A administração é por via intravenosa. Não é comum haver alergia e a principal contraindicação é insuficiência renal avançada. Todos os exames de ressonância costumam usar o gadolínio.
        2. Jaqueline Souza
          Obrigada Dr!
        3. dino cesar
          pode fazer ressonancia magnetica menstruada
        4. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          Sim.