14 causas de sangue nas fezes (hemorragia digestiva)

Atualizado em
Comentários: 111

Sangramento digestivo

A presença de sangue nas fezes, seja ele vivo ou de cor escurecida, é um sinal de que há uma lesão sangrante em algum ponto do trato gastrointestinal, podendo a origem ser desde o esôfago até o ânus.

Apesar de ser um evento benigno na maioria dos casos, a presença de sangue nas fezes sempre causa grande apreensão ao paciente e a seus familiares.

O sangramento digestivo pode ter várias causas, desde lesões simples, como as hemorroidas ou fissura anal, até hemorragias digestivas mais graves, como aquelas provocadas por úlceras do estômago ou tumores do intestino.

O sangramento digestivo costuma ser divididos de duas formas, de acordo com a sua origem:

  • Hemorragia digestiva alta: sangramento que ocorre no trato gastrointestinal superior, ou seja, duodeno, estômago ou esôfago. Costuma dar origem a fezes moles, bem escuras e com odor forte (sangue digerido).
  • Hemorragia digestiva baixa: sangramento que ocorre no trato gastrointestinal inferior, isto é, intestino delgado, intestino grosso, reto ou ânus. Costuma causar sangramento vivo nas fezes.

Características do sangramento digestivo

Além da localização, também podemos classificar o sangramento digestivo de acordo com as suas características. São três os tipos mais comuns:

Hematoquezia (sangramento retal)

Também chamado de sangramento retal, hematoquezia é o nome dado à presença de sangue vivo em pequena ou moderada quantidade que fica envolto às fezes e só aparece quado o paciente defeca.

A hematoquezia é um sinal típico dos sangramentos digestivos baixos, que são aqueles que ocorrem no cólon, reto ou ânus.

Toda vez que o paciente perde pequena quantidade de sangue pelo ânus, dizemos que ele teve um sangramento retal, mesmo que a origem da hemorragia não seja necessariamente o reto, porção final do intestino grosso.

Melena

Melena é o nome dado às fezes negras, habitualmente pastosas e com odor muito forte, que surgem nos sangramentos digestivos altos, em geral, de origem no estômago ou duodeno.

Essa aparência ocorre porque, como a origem do sangramento é no inicio do trato digestivo, o sangue passa por todo o processo de digestão antes de ser eliminado nas fezes.

A melena só ocorre em sangramentos de moderado a grande volume. Sangramentos de pequena monta do trato digestivo alto geralmente se misturam às fezes e passam despercebidos pelos pacientes, sendo detectados apenas por exames laboratoriais, como a pesquisa de sangue oculto nas fezes.

Quando o sangramento é pequeno, porém constante, a longo prazo ele pode provocar anemia por carência de ferro. Muitas vezes, essa forma de anemia é a única pista que temos para um sangramento digestivo oculto.

Enterorragia

Enterorragia é o nome dado à presença de sangue vivo em grande volume e habitualmente associado à dor abdominal.

Nesse caso, o paciente pode evacuar somente sangue, sem a presença de fezes. A enterorragia é um sinal de hemorragia digestiva grave, que pode ter origem em qualquer ponto do trato gastrointestinal.

Sintomas

O sangramento digestivo pode ter várias apresentações distintas, as mais comuns são:

  • Sangue oculto nas fezes, ou seja, ausência de sangramento visível, que é detectado apenas através de exames de fezes feito por laboratórios de análises clínicas.
  • Anemia por carência de ferro sem mais nenhum outro sinal ou sintoma.
  • Sangramento detectado após limpeza do ânus com papel higiênico.
  • Pequeno sangramento retal após evacuar, que se caracteriza por pingos de sangue nos vaso sanitário.
  • Pequenas quantidades de sangue ao redor das fezes.
  • Fezes com moderada quantidade de sangue ao redor.
  • Fezes pastosas, negras e com odor muito forte.
  • Sangramento retal com sangue vivo em grande quantidade, com oo sem fezes.

Causas de sangramento retal de pequena quantidade

Pequenas quantidades de sangue nas fezes ou sangramentos detectáveis somente após a limpeza do ânus com papel higiênico são as formas de sangramento retal mais comuns. Em 90% dos casos, a etiologia é benigna.

As principais causas de sangramento retal de pequeno volume são:

As duas causas mais comuns de sangramento retal de pequena quantidade são as hemorroidas e as fissuras anais. Essas duas respondem por quase 90% dos casos de sangramentos de pequeno volume nas fezes.

As hemorroidas se manifestam tipicamente como dor ao evacuar e sangramentos de pequena quantidade que envolvem o final das fezes, pingos de sangue que surgem após a evacuação ou manchas de sangue no papel higiênico após a limpeza do ânus. As hemorroida quando grande pode ser facilmente vista pelo próprio paciente.

A fissura anal também costuma causar dor à evacuação (geralmente mais intensa que nas hemorroidas) e pequena quantidade de sangue ao redor das fezes ou após limpeza do ânus. A distinção entre fissuras anais e hemorroidas é feita através do exame visual do ânus.

Apesar do pequeno volume, esses pequenos sangramentos retais das hemorroidas ou das fissuras, quando ocorrem de forma crônica, podem provocar anemia.

Causas de sangramento digestivo de volume moderado a grande

Quando a quantidade de sangue nas fezes é moderada a grande, ou quando há melenas, a origem do sangramento costuma ser é mais interna, geralmente cólon, duodeno ou estômago.

As principais causas de sangramento retal de grande volume são:

  • Úlcera gástrica ou úlcera duodenal.
  • Lesões do esôfago, como varizes esofagianas.
  • Doença diverticular do cólon.
  • Câncer do intestino.
  • Infecção intestinal (disenteria).
  • Doença inflamatória intestinal.
  • Angiodisplasia.

Úlcera gástrica ou úlcera duodenal

As úlceras gástricas ou duodenais são erosões da mucosa destes órgãos, que podem progredir até atingir vasos sanguíneos, provocando sangramento digestivo.

O sangramento por uma úlcera gástrica ou duodenal pode ser pequeno o suficiente para passar despercebido, mas também pode ser volumoso, provocando melenas. Se a perda de sangue for muito grande, o paciente costuma apresentar vômitos sanguinolentos como principal manifestação do sangramento.

As principais causas de úlceras do estômago e duodeno são o uso crônico de anti-inflamatórios e/ou infecção pela bactéria H. pylori.

Pacientes sob grande estresse físico, como nos casos de grandes queimados, cirurgias de grande porte, hospitalizações prolongadas, etc., também podem desenvolver úlceras.

Falamos sobre a úlcera gástrica com mais detalhes no artigo: Sintomas da úlcera do estômago e duodeno (úlcera péptica).

Lesões do esôfago

Problemas no esôfago, como nos casos de esofagite grave ou varizes de esôfago podem também provocar sangramentos.

A apresentação mais comum é a de vômitos com sangue, mas em alguns casos, a presença de sangue nas fezes pode ser a única manifestação do sangramento. Assim como no sangramento do estômago, sangue nas fezes com origem no esôfago costuma ser apresentar como melena.

Doença diverticular do cólon

Divertículo é uma protusão da parede do intestino. São pequenos sacos, semelhantes a dedos de luvas, que ocorrem principalmente na parede do cólon por enfraquecimento da musculatura do mesmo. É muito comum após os 60 anos e normalmente são lesões múltiplas ao longo do intestino grosso.

Os divertículos são alterações benignas, não têm nada a ver com câncer, mas podem sangrar ou inflamar se ficarem obstruídos por fezes.

Os divertículos costumam causar sangramentos vivos, súbitos e de grande volume. Em geral, não provocam dores, exceto por uma cólica ou desconforto abdominal provocada pela presença de sangue vivo dentro do cólon.

A doença diverticular é uma das principais causas de sangramento vultuoso em pacientes idosos.

Para saber mais sobre divertículos, leia: Diverticulite e Diverticulose – Sintomas, Causas e Tratamento.

Câncer do intestino

Aproximadamente 10% das hemorragias digestivas em pessoas acima dos 50 anos são secundárias a tumores do intestino. Os sangramentos tumorais costumam ser de pequena quantidade e podem passar despercebidos.

Além da perda de sangue pelas fezes, perceptível a olho nu ou não, os pacientes com tumores malignos do cólon também costumam apresentar outros sinais, como fezes em fita (fezes finas), constipação intestinal de início recente ou agravamento de um quadro de constipação crônica, dor abdominal, emagrecimento e/ou anemia.

Para saber mais sobre o câncer de cólon: Câncer de Cólon e Reto – Sintomas, Causas e Tratamento.

Infecção intestinal

Infecções pelas bactérias Salmonella, Campylobacter, Shigella ou E.coli podem provocar quadros de infecção intestinal grave, com febre, prostração e diarreia sanguinolenta.

Infecções por amebas e vermes também podem causar quadro semelhante (Leia: Parasitoses – O que é, sintomas e exame parasitológico de fezes).

Doença inflamatória intestinal

A doença de Crohn e a retocolite ulcerativa são doenças inflamatórias intestinais de origem imunológica que também  se manifestam com sangramentos na fezes. O quadro costuma ser de cólicas e diarreia sanguinolenta que surge periodicamente (leia: Doença De Crohn – Retocolite Ulcerativa.).

Angiodisplasia

Angiodisplasias são coleções de vasos sanguíneos dilatados que surgem sob o revestimento interno do cólon. Embora as angiodisplasias possam ocorrer em qualquer parte do cólon, elas são mais comuns no cólon ascendente (cólon direito). As angiodisplasias são vasos mais expostos e mais frágeis, que se rompem com mais facilidade.

O sangramento das angiodisplasias é mais comum após os 60 anos, sendo habitualmente indolor e com sangue vivo ao redor das fezes. Todavia, a angiodisplasia pode causar desde sangramentos volumosos até um quadro assintomático, onde o paciente apresenta apenas perda oculta de sangue.

Diagnóstico

A investigação das hemorragias digestivas é normalmente feita com um método endoscópico.

Se a suspeita for de sangramento nas regiões mais baixas do trato gastrointestinal, a retossigmoidoscopia ou a colonoscopia são os exames mais indicados.

Se a suspeita for de sangramento no trato digestivo superior, a endoscopia digestiva alta deve ser o exame de escolha.

Em casos de hemorroidas ou fissura anal, o exame físico, com visualização direta do ânus pode ser suficiente para o diagnóstico. Em alguns casos, o toque retal é necessário para encontrar sangramentos dentro do reto, que não são visíveis através da visualização simples do ânus.

Em alguns pacientes, o sangramento gastrointestinal pode ser de pequeno volume, não sendo suficiente para deixar as fezes sanguinolentas. Porém, se a perda de sangue for contínua, mesmo que pequena, ela leva ao surgimento de anemia.

Para investigar essa possibilidade, um exame simples é o chamado exame de sangue oculto nas fezes. Explicamos esse exame com detalhes neste texto: Pesquisa de sangue oculto nas fezes.


Referências


Autor(es)

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Universidade do Porto e pelo Colégio de Especialidade de Nefrologia de Portugal.


O Artigo te Ajudou? Então nos Ajude Agora!
Se você achou este artigo informativo e útil, por favor, considere compartilhá-lo nas suas redes sociais. Cada compartilhamento não só ajuda outras pessoas a obterem informações de saúde de qualidade, mas também contribui significativamente para o crescimento do nosso site.
Temas relacionados
Hemorroidas Hemorroidas: sintomas, causas, remédios, pomadas e cirurgia
Coceira anal Coceira no ânus: 12 causas, prevenção e tratamento
Hemorroidas Fotos de hemorroidas (externas, internas e trombose)
Plicoma anal Plicoma anal (pele no ânus): o que é, riscos e tratamento
prisão de ventre Prisão de ventre (constipação): causas e tratamento
Colonoscopia Colonoscopia: o que é, preparo, sedação e riscos
Doença inflamatória intestinal Doença de Crohn: sintomas, causas e tratamento
Dor anal Fissura anal: sintomas, causas e tratamento
Cisto pilonidal Cisto pilonidal: o que é, sintomas e cirurgia
Sangue oculto nas fezes Pesquisa de Sangue Oculto nas Fezes
Câncer de cólon Câncer de Cólon e Reto – Sintomas e tratamento
- Publicidade -
COMENTÁRIOS
Por favor, leia as regras do site antes de enviar a sua pergunta.

Deixe um comentário

111 comentários em “14 causas de sangue nas fezes (hemorragia digestiva)”

  1. Pegamos virose aqui em casa e todos estamos com vomitaram e estão com diarreia, somente fico segurando pra nw vomitar, então estou com muita diarreia, e agora saiu sangue nas fezes, será melhor procurar uma urgência? Obg Dr.

    Responder
    • Se for muito sangue, o ideal é ir a uma urgência. Se você acha que o sangramento vem do ânus, o ideal é proctologista. Se acha que o sangramento vem do intestino, o ideal é um gastroenterologista. Mas novamente, se for muito sangue, vá uma urgência para ser avaliado logo.

      Responder
  2. A uma semana eu faço cocô mas não sai nada mais quando eu vou limpar sai sangue vivo. Toda vez e assim. Não sei o que fazer. Estou preocupada pois já tive câncer no útero.

    Responder
    • Não necessariamente é. Pode ser sangue vivo, sangue digerido, sangue coagulado, sangue com muco, raias de sangue em volta das fezes…

      Responder
    • Você precisa ser vista por um médico. Três dias seguidos de sangue vivo nas fezes não é uma coisa trivial. Você pode inclusive já estar com anemia.

      Responder
  3. Perdi minha mãe no último dia 07 . A causa foi choque cardiogênico/anemia.

    Ela começou com uma forte diarréia,depois passou a evacuar melena. Não tinha apetite e quase não comia. Foi enfraquecendo e acabou tendo uma anemia profunda . Precisava de uma transfusão de sangue urgente mas não fizeram e ela veio a óbito. Não conseguiu fazer a endoscopia por causa do estado de fraqueza, então ficamos sem saber o que de fato ela tinha. Tenho lido muito e tudo indica que ela estava tendo uma hemorragia digestiva. Foram exatamente 21 dias desde a primeira melena até o dia da morte.

    O que provavelmente ela tinha?

    Responder
  4. Bom dia duas vezes fiz minhas necessidades e notei quando me limpar sangue,mais hj quando fui me limpar notei que era só sangue e notei tambm tipo um pedaço de sangue coagulado,estou assustada pode me esclarecer? obrigado 🙏

    Responder
    • Vera, alguma lesão do ânus ou do reto você deve ter. O mais comum é ser hemorroida, mas você precisa ser vista por um médico para ele poder fazer o diagnóstico mais correto.

      Responder
  5. Olá Dr. o meu esposo está tomando Esogastro IBP para o tratamento de uma bactéria no estômago que causou uma gastrite moderada, mas agora está apresentando fezes escuras e sangramento, isso é normal? ele já está no final do tratamento. Agradeço sua resposta.

    Responder
    • Não tem a ver com o medicamento. Ele pode estar sangrando do estômago. Tem que entrar em contato com o médico dele.

      Responder
    • Não dá pra saber à distância. Existem várias causas possíveis. Mas a pergunta que eu lhe faço é: se ele perde tanto sangue assim, por que ainda não procurou ajuda médica?

      Responder
  6. Olá Doutor,
    Rapaz fui ao banheiro hoje e saiu uns pingos de sangue vermelho vivo, no papel Higienico, uma quantidade insignificante mas que me preocupou. o que pode ser? “não senti dificuldade nem dor!”

    Responder
    • Pequeno sangramento ao evacuar costuma ser hemorroida ou fissura anal. Ma para saber a real causa, só indo ao proctologista.

      Responder
  7. Olá Doutor,

    Tenho observado presença de sangue vivo (vermelho) ao redor das fezes há uma semana. Não sinto nenhuma dor, e não tenho nenhum sintoma.

    Responder
  8. Boa Noite, à cerca de uns 5 meses notei sangue ao redor das fezes, era muito sangue, tanto que vermelhou a água, fiquei muito preocupada pois nunca havia me acontecido isso antes. As vezes isso ainda me acontece não frequentemente e nem com tanto sangue assim, pensei que podia ser o intestino, má alimentação algo assim, e hoje lendo algumas matérias acho que posso ter hemorroida, pois tenho um pequeno caroço ao redor do ânus. O que pode ser? Pode me indicar algum especialista ?
    Desde já, obrigada!

    Responder
    • Realmente pode ser só hemorroida, mas sem fazer um exame é impossível ter certeza. O ideal é que você procure um proctologista.

      Responder
  9. Olá Dr. Gostaria de tirar uma dúvida, há dois meses, tive
    sangue ao redor das fezes e com as fezes normais, não estavam negras e nem
    secas, quando vi, entrei em um dieta de fibra, o sangramento ao redor parou de
    acontecer, quando fui ao banheiro hoje, apareceu sangue ao redor novamente, o
    que pode ser, já tive a dois anos atrás caso de hemorroida.

    Responder
  10. Ola, Dr. Gostaria de tirar uma dúvida, sempre que vou ao banheiro fazer xixi, passo o papel no ânus, mesmo sem eu ter feito coco, esta sujo de fezes. Será o o intestino grosso sempre fica expelindo as fezes?
    Grata,
    Maria Gomes

    Responder
  11. Boa noite Doutor. Tenho ultimamente prisao do ventre,enjoos,e faco foca para sair algo. Bom tem saido poucas fezes com um pouco de sangue. Estou preocupado.

    Responder
  12. Olá Dr. Pedro tenho 21 anos, as vezes quando defeco sai um pouco de sangue no final, mais isso não é direto. O que pode ser isso? Eu não sinto nenhum tipo de dor e nem coceira.

    Responder
  13. Olá Dr. Pedro tenho 21 anos, as vezes quando defeco sai um pouco de sangue no final, mais isso não é direto. O que pode ser isso? Eu não sinto nenhum tipo de dor e nem coceira.

    Responder
  14. Dr.Pedro tenho 39 anos e tem 5 dias que estou defecando sangue em quantidades moderada,.primeiro fasso um pouco de fossa sai sangue e depois sai as fezes sem sangue ou no finalzinho das fezes, as vezes nao sai sangue, e estou com prisao de ventre o que pode ser, por favor me responde

    Responder
    • Pode ser hemorroida, pode ser fissura, pode ser alguma outra lesão no reto… Sem fazer um exame é impossível saber.

      Responder
  15. Dr.Pedro tenho 39 anos e tem 5 dias que estou defecando sangue em quantidades moderada,.primeiro fasso um pouco de fossa sai sangue e depois sai as fezes sem sangue ou no finalzinho das fezes, as vezes nao sai sangue, e estou com prisao de ventre o que pode ser, por favor me responde

    Responder
  16. Como vai doutor, tenho 45 anos de idade, nos últimos 15 dias estou percebendo um sangramento quando defeco, sendo que não ocorre constantemente, mas é uma quantidade visível inclusive escorre pela pernas e pinga no chão. Gostaria de saber o que poderá ser e qual a especialidade que devo procurar?

    Desde já agradeço

    claudio santos

    Responder
  17. Como vai doutor, tenho 45 anos de idade, nos últimos 15 dias estou percebendo um sangramento quando defeco, sendo que não ocorre constantemente, mas é uma quantidade visível inclusive escorre pela pernas e pinga no chão. Gostaria de saber o que poderá ser e qual a especialidade que devo procurar?

    Desde já agradeço

    claudio santos

    Responder
  18. Ei bom dia… a filha da minha amiga tem 3 meses de idade, e em uma troca de fralda, notou uma pequena manchinha, um pingo de sangue de cor vermelho normal,vivo. As fezes estavam de cor e aspecto normal. Ela so mama no peito. Acha que vale a pena investigar, ou e normal.. obrigada.

    Responder
  19. ha tres dia me sinto mal,com dores pelo corpo principalmente dor no estomago,cansaço,mal estardor de cabeça e hoje comecei a evacura sangue anal.o que eu faço.

    Responder
  20. Tenho hemorroide externa e ontem senti um aumento desta. Hoje, ao defecar, notei um pouco de sangue no papel higiénico, e pelo facto de as fezes serem duras doeu-me um pouco ao evauar. Devo procurar um médico, ou esperar mais um dia ou dois para ver se o sangue se mantém? Tenho 25 anos

    Responder
  21. ja faz uma semana pelo menos que ao defecar cai pingos de sangue bem avermelhados não misturado as fezes,começou derepente e pareçe que esta diminuindo,o que pode ser?

    Responder
  22. DR. Ja vai para um mes,que minhas fezes saem com Sangue misturado nelas, mais parece uma tripinha, e nao sinto nada, nao faço força e nao tem mal cheiro, alias nem fede, nao sinto nada. qual medido procurar e oque imagina ser , por favor me responda preciso de alguma resposta” 

    Responder
  23. Doutor(a), fiz o exame de sangue oculto nas fezes e deu positivo. Tenho um histórico de anemia, pode estar relacionado a esse sangue nas fezes. Não
    seria bom investigar a causa dessa anemia? Qual médico devo procurar para isso? Obrigada

    Responder
  24. Dr. comer muita uva pode ocasionar fezes de cor avermelhada? Porque as minhas sairam com cor de sangue, mas eu tenho uma dieta e nivel de atividade fisica excelentes…

    Responder
      • Ah, já voltaram ao normal, eu estava comendo cerca de 2 cachos médios (uma mão fechada) durante os treinos (ginástica artística)… Minha mãe já queria me levar no médico, exame de sangue, etc hahaha

        Responder
  25. boa noite
    estou fazendo fezes com sangue normal nao sinto dor ou qualquer coisa estou fazendo o uso de creatina a algo a ver
    obrigado

    Responder
  26. Olá Doutor, há um ano e meio atrás, fui defecar e quando fiz a limpeza notei um pouco de sangue no papel higiênico, fui ao médico e ele me disse que se ocorresse o mesmo novamente, deveria marcar alguns exames… Depois disso nunca mais ocorreu o fato. Mas há uns dias atrás, o mesmo voltou a ocorrer… Não sinto dor, mas me preocupei com o sangue no papel novamente. Devo procurar qual médico? 

    Responder
  27. Bom dia Doutor. Começou aos poucos sair sangue nas minhas fezes e agora ta cada vez mais. Sinto dores tbm nos intestinos. Qual médico procuro e que exame faço?

    Responder
  28. Oi Doutor, boa noite. Comigo sai sangue nas fezes mas a impressão que tenho é que é tipo uma “gosma” não chega a ser sangue líquido… Quem trata disso é gastro ou procto?? Obrigada.

    Responder
    • Acho que vale a pena começar pelo proctologista. Se a causa não estiver no ânus ou reto, ele te encaminhará para o gastro.

      Responder
  29. Doutor eu comi esfihas e pizzas no dia 17 de feveireiro de 2012 e estou sangrando ao evacuar o que devo fazer, minha familia me diz que foi as esfihas mas estou com medo de coisa pior, me ajude pelos menos com uma opiniao por favor, obrigado

    Responder
  30. me chamo hugo tenho 17 anos e a algum tempinho venho percebendo pequenas quantidades de sangue quando vou ao banheiro , mas nao é sempre , é uma vez ou outra …. mas nao comentei com ngm , nem da minha familia , logo mais faço 18 anos e vou ao medico pra me informar melhor …. que tipo de medico devo procurar?

    Responder