Aneurisma: o que é, causas, sintomas e tratamento

O que é um aneurisma?

Aneurisma é uma dilatação de um vaso sanguíneo causada por uma fragilidade da sua parede. Essa fraqueza ocorre habitualmente por doença do vaso, que perde sua elasticidade e torna-se mais frágil.

O grande problema do aneurisma é o risco de ruptura e perda maciça de sangue. Obviamente, quanto maior for o tamanho do aneurisma, maior é o seu risco de ruptura.

Qualquer vaso pode apresentar uma dilatação aneurismática, porém, os dois locais mais comuns são a artéria aorta e os vasos cerebrais, dois vasos de imensa importância no corpo e que podem provocar quadros catastróficos quando seus aneurismas rompem.

Falamos especificamente do aneurisma cerebra le da aorta nos seguintes artigos:

O que é um aneurisma dissecante?

Os nossos vasos são compostos por três camadas de músculos. A dissecção ocorre por uma fraqueza na camada em contato com sangue, criando um falso trajeto entre as camadas da artéria. Conforme o tempo passa, a pressão do sangue vai rasgando esse vaso em todo seu comprimento. O sangue passa a seguir dois caminhos, a luz verdadeira do vaso e a luz falsa.

O aneurisma dissecante é uma emergência médica, pois o seu risco de rotura é imenso.

Além da ruptura, os aneurismas também oferecem risco de formação de trombos em seu interior. Os trombos podem ocluir o vaso ou embolizar para locais distantes.

Causas

Os principais fatores de risco para o surgimento de uma dilação aneurismática são:

Algumas doenças aumentam o risco da formação de aneurismas, as mais comuns são:

  • Síndrome de Marfan.
  • Síndrome de Ehlers-Danlos.
  • Doença renal policística autossômica dominante.
  • Síndrome de Moyamoya.

Sintomas

Em geral, os aneurismas são assintomáticos. Os sintomas só costumam surgir quando o aneurisma está crescendo rapidamente, dissecando ou em vias de romper.

A dissecção do aneurisma da aorta torácica causa uma intensa dor no perto, do tipo pontada, com irradiação para o meio das costas. O doente normalmente fica muito agitado, suado e hipotenso. O quadro clínico pode lembrar o do infarto (leia : SINTOMAS DO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO E ANGINA).

Aneurismas de aorta abdominal causam os mesmos sintomas, porém, localizados na região abdominal.

O aneurisma cerebral também costuma ser assintomático. Os sinais e sintomas ocorrem quando estão surgindo complicações.

O aneurisma cerebral que está prestes a romper costuma se manifestar como uma dor de cabeça intensa, normalmente a pior dor de cabeça da vida do paciente. A dor pode vir acompanhada de sinais neurológicos semelhantes ao de um AVC.

Em geral, os aneurismas são complicações graves e a cirurgia é a única forma disponível de tratamento.

Tratamento

O tratamento do aneurisma varia de acordo com o seu tamanho e localização.

Na maioria dos casos, a correção é feita através de cirurgia. Porém, se o aneurisma for pequeno, não estiver crescendo rapidamente e apresentar baixo risco de ruptura, o tratamento pode ser conservador, com acompanhamento anual do aneurisma através de exames de imagem.


RELACIONADOS

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e pela Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN). Títulos reconhecidos pela Universidade do Porto e pelo Colégio da Especialidade de Nefrologia de Portugal.