19 de abril de 2014

O QUE É SEPSE | CHOQUE SÉPTICO?

A sepse, também chamada de septicemia ou sepsis, é um problema que ocorre nos pacientes com infecções graves, caracterizada por um intenso estado inflamatório em todo o organismo. A sepse é desencadeada pela invasão da corrente sanguínea por agentes infecciosos, principalmente bactérias ou vírus, por isso, é habitualmente chamada pelo público leigo de infecção do sangue, bactéria no sangue ou infecção generalizada.

Publicidade

O que é sepse

De modo simples, sepse é a doença que surge quando germes, principalmente bactérias, invadem a corrente sanguínea e provocam uma intensa resposta inflamatória por todo o organismo.

Vamos elaborar um pouco mais essa explicação.

Toda a vez que o nosso corpo é invadido por microrganismos, o nosso sistema imunológico é ativado para que possamos combater o agente invasor. Uma das formas usadas pelas nossas células de defesa para atacar agentes infecciosos é através da liberação de mediadores químicos que provocam uma resposta inflamatória. A inflamação que surge em locais infectados não é provocada pela bactéria, mas sim pela resposta imunológica do corpo. Criar um processo inflamatório é uma forma de defesa do organismo. A vermelhidão, a dor, o calor e o pus característicos de feridas infectadas são o resultado da batalha entre o sistema imunológico e os germes invasores.  Para entender melhor o processo inflamatório, leia: O QUE É INFLAMAÇÃO? O QUE É UM ABSCESSO?.

Geralmente, as infecções começam em locais específicos do organismo, como pele, pulmões, vias urinárias, ouvidos, etc. Exemplos de infecções bacterianas localizadas em um ponto específico do corpo:

– Pneumonia = infecção do pulmão (Leia: PNEUMONIA | Sintomas e tratamento).
– Cistite = infecção da bexiga (Leia: CISTITE | Sintomas e tratamento)
– Otite = infecção do ouvido (Leia: OTITE MÉDIA | Dor de ouvido)
– Erisipela= infecção da pele (Leia: ERISIPELA | CELULITE | Sintomas e tratamento).
– Meningite = infecção das meninges e do sistema nervoso (leia: MENINGITE | Sintomas, transmissão e vacina).

Em um primeiro momento, as bactérias estão alojadas em um órgão, como o pulmão, e são combatidas pelos nossos mecanismos de defesa. Se a infecção não for controlada, essas bactérias se multiplicam e começam a migrar em massa para outros pontos, podendo chegar a um vaso e ter pleno acesso à circulação sanguínea. Pequenas quantidades de bactérias podem cair no sangue em situações triviais, como durante a escovação dos dentes ou quando ralamos o joelho no chão. Poucas bactérias no sangue são rapidamente inativadas e controladas pelo sistema imunológico sem que isso provoque qualquer repercussão clínica relevante.

O problema surge quando grandes quantidades de bactérias chegam em massa à corrente sanguínea, espalhando-se pelo corpo. Como as células de defesa precisam agir em vários pontos ao mesmo tempo para combater a infecção, elas acabam desencadeando um processo inflamatório difuso. Todo mundo já teve uma inflamação, seja no dente, na pele ou em qualquer outro ponto do corpo. Imagine esse processo ocorrendo internamente e de modo simultâneo em vários vasos sanguíneos e órgãos. É como uma guerra sendo travada dentro do seu corpo. Isso é a infecção generalizada, chamada de sepse pelos médicos.

Existem graus de gravidade da sepse. Algumas bactérias são mais virulentas que outras, e cada organismo tem uma capacidade maior ou menor de lidar com agentes invasores, provocando mais ou menos inflamação. Pacientes saudáveis com infecções provocadas por bactérias menos agressivas costumam controlar bem suas infecções, não evoluindo para quadros de sepse mais severa. Por outro lado, pacientes idosos, já previamente enfermos por outras doenças, costumam ter dificuldades para lidar com a presença de bactérias no sangue.

Quais são as consequências da sepse grave?

Sepse e choque séptico

O processo inflamatório difuso da sepse grave causa uma dilatação dos vasos sanguíneos, provocando uma queda da pressão arterial, que, em casos graves, pode levar a um estado de choque circulatório (chamado choque séptico). Os mediadores químicos inflamatórios também provocam um aumento da permeabilidade dos vasos sanguíneos, facilitando o extravasamento de líquidos para órgãos como pele e pulmões. O paciente séptico pode ficar todo edemaciado (inchado) e com água nos pulmões.

Essas alterações da permeabilidade dos vasos sanguíneos e da pressão arterial provocam uma redução do aporte de oxigênio e nutrientes aos tecidos, levando à hipóxia (falta de oxigênio) e falência dos mesmos. O sistema de coagulação também pode ser afetado. Um dos eventos mais dramáticos da sepse é a coagulação intravascular disseminada (CIVD), um processo no qual o sistema da coagulação fica descontrolado, ocorrendo simultaneamente tromboses e hemorragias.

Quando a sepse é grave, os rins e o fígado param de funcionar, o coração fica mais fraco, o cérebro funciona mal e os pulmões ficam cheios de água. O paciente pode, então, apresentar a temida falência de múltiplos órgãos.

Quanto mais grave for a sepse, maior é o risco de morte. A sepse severa chega a ter uma mortalidade maior que 50%, mesmo com adequado tratamento médico.

Sintomas da sepse

Qualquer infecção pode levar à sepse. Muitos de vocês provavelmente já tiveram uma sepse em estágio inicial. Para se caracterizar uma sepse basta apresentar uma infecção e 2 dos 4 sinais e sintomas descritos a seguir:

– Temperatura corporal maior que 38ºC ou menor que 35ºC.
– Frequência cardíaca maior que 90 batimentos por minuto.
– Frequência respiratória maior que 20 incursões por minutos.
– No hemograma: leucócitos acima de 12,000 ou abaixo 4000 cel/mm3  (leia: HEMOGRAMA | Entenda os seus resultados).

Na verdade, até uma gripe mais forte pode fazer com que o paciente apresente critérios para sepse. Ter critérios para sepse não significa que o paciente esteja muito grave ou que vá morrer. Esses critérios são sinais de alerta para os médicos, indicando que o paciente deve ser bem tratado para que o quadro não evolua de forma desfavorável. Você pode ter uma amigdalite e ter critérios para sepse, mas basta tratar a infecção adequadamente que a maioria das pessoas irá se recuperar. Por outro lado, se o paciente for negligente e não procurar atendimento médico, a infecção, que inicialmente estava restrita à garganta, pode se espalhar pelo sangue e ficar muito mais difícil de ser controlada. Uma sepse branda pode virar uma sepse grave.

Um paciente com um quadro de infecção com febre alta e calafrios, que começa a ficar mais cansado, mais prostrado, perde o apetite e não consegue sair da cama, apresenta sinais de uma sepse que está se agravando. Idosos com bactérias no sangue podem não ter febre, mas costumam apresentar grande prostração, desorientação e confusão mental. A avaliação médica e o tratamento com antibiótico são importantes para evitar que o quadro evolua de forma catastrófica.

Considera-se sepse grave aquelas que apresentam:

– Hipotensão ou choque circulatório.
– Piora da função dos rins.
– Queda do número de plaquetas.
– Alteração do estado de consciência.
– Dificuldade respiratória.
– Alterações da coagulação.
– Diminuição da função do coração.

A sepse é contagiosa?

Não. A sepse em si não é algo que possa ser transmitido de uma pessoa para outra. A sepse é o agravamento de uma infecção previamente estabelecida. É, por exemplo, uma infecção urinária ou uma pneumonia que está evoluindo de forma perigosa e se espalhando pelo corpo.

Logicamente, se a causa da sepse for uma doença contagiosa, como uma meningite bacteriana, por exemplo, ter contato com este paciente séptico pode ser perigoso, pois há risco de transmissão da meningite.

Portanto, o que é contagioso não a sepse em si, mas sim a infecção bacteriana que a está provocando. Se a bactéria que provoca a sepse não é contagiosa, não há nenhum problema em ter contato com o paciente séptico.

Tratamento da sepse e do choque séptico

O tratamento da sepse deve ser iniciado o mais rápido possível. Quanto maior e mais difusa for a inflamação sistêmica, menor é a resposta ao tratamento e maior é a mortalidade. Além da gravidade da infecção generalizada, outro fator importante no prognóstico é a capacidade do paciente de lutar contra a infecção.

São fatores de pior prognóstico na sepse e no choque séptico:

O tratamento inicial da sepse é com antibióticos para eliminar as bactérias no sangue e interromper o fator de estímulo ao processo inflamatório. Se houver sinais de queda da pressão arterial, é essencial a imediata reposição de líquidos por via intravenosa para reverter a hipotensão. Quanto mais rápido se inicia o tratamento contra a sepse, maior é a chance de sucesso.

Nos casos de choque séptico pode ser necessário uso de medicamentos para estabilizar a pressão arterial. Muitos paciente evoluem com insuficiência respiratória e/ou renal, necessitando de ventilação mecânica e/ou hemodiálise (leia: HEMODIÁLISE| Como funciona, cateter e fístulas). Quanto mais órgãos param de funcionar, maior o risco de evolução para o óbito. Portanto, pacientes que precisam de aparelhos para respirar, hemodiálise, drogas para controlar a pressão arterial, etc., apresentam elevado risco de morte.

Pacientes com sepse grave ou choque séptico devem ser tratados, preferencialmente, em uma unidade de tratamento intensivo (UTI) (leia: ENTENDA O QUE ACONTECE COM OS PACIENTES NA UTI).

"O QUE É SEPSE | CHOQUE SÉPTICO?", 5 out of 5 based on 37 ratings.
Publicidade
ARTIGOS SELECIONADOS PARA VOCÊ:
      
- LEIA ANTES DE COMENTAR -
O nosso site tem recebido mais de 150 mil visitas por dia e centenas de perguntas espalhadas pelos mais de 550 textos que já publicamos. Como o volume de comentários é muito grande, as perguntas podem demorar até 10 dias para serem aprovadas e publicadas. Neste momento, temos mais de 1500 perguntas em fila para serem lidas, aprovadas e respondidas. Infelizmente, é humanamente impossível responder a todos, por isso, selecionamos diariamente apenas um percentual dos comentários para ser publicado. Lamentamos se a sua pergunta não for selecionada.

Não fazemos consultas nem opinamos sobre casos pessoais pela Internet. Antes de enviar uma pergunta ou comentário, leia atentamente as REGRAS DO SITE para entender os nossos critérios de seleção.

Para que possamos dar prioridade aos textos menos comentados, encerramos temporariamente a seção de perguntas dos artigos com mais de 400 comentários publicados. Agradecemos a paciência e a compreensão.
  • Paullo Moraes

    Boa Tarde
    Dr. O choque Séptico e capaz de deixar a pessoa sem lucidez?

    • Dr. Pedro Pinheiro – MD. Saúde

      Sim, é o mais habitual.

  • Daniella

    Boa noite. A mãe de um amigo está na UTI e foi diagnosticada com infecção generalizada a 11 dias atrás. Esse tempo de tratamento sem melhoras é normal?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD. Saúde

      Não, provavelmente indica um quadro de difícil tratamento.

  • Daniella

    Boa noite. A mãe de um amigo está na UTI e foi diagnosticada com infecção generalizada a 11 dias atrás. Esse tempo de tratamento sem melhoras é normal?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não, provavelmente indica um quadro de difícil tratamento.

  • Sandro R. Figueiredo

    Boa noite dr. Minha mãe está na uti, fui hoje informado sobre a possibilidade do choque séptico, lendo percebi que realmente as informações batem, minha mãe foi mastectomizada e faz tratamento contra o câncer, e apresentou metástase na coluna, fígado e pulmão, já teve pneumonia e as taxas sangüíneas estão muito abaixo do normal. Gostaria de saber sua opinião quanto a possibilidade de diminuir a medicação que a induz ao coma (dormind), isso e possível?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Depende do objetivo dela ter sido sedada.

  • joice

    perdi meu bebe a com sete meses agora dia dezenove ele tinha epidermólise bolhosa pegou infeccao e teve choque septico

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Meus pêsames.

  • Hudson

    Excelente site, já estou recomendando a todos meus colégas de faculdade ! Parabéns pelo trabalho Dr Pedro. Abraços.

  • http://andreluisguilherme.com.br André Luís F. Guilherme

    Parabéns! Excelente conteúdo e muito esclarecedor!

  • Giovania

    Quando o intestino é atingido por ferimento à bala o único procedimento a ser adotado é a bolsa de colostomia? Pode de primeira reconstruir o trânsito intestinal?

    • https://plus.google.com/u/0/113288925849694682313/posts Pedro Pinheiro

      Se houver muita inflamação ao redor, a sutura não fixa e acaba cedendo. Por isso, a reconstrução costuma ser feita em um segundo tempo, depois que a peritonite estiver resolvida.

  • Carlucia

    boa noite dr. Pedro adorei o blog, está me ajudando muito em provas .

  • Bruna Medeiros

    Sair da internet e ir consultar um médico presencialmente amigo…

  • liviaol

    Boa tarde, meu irmão estava com dor nas costas e febre e o médico retirou 10 litros de pus de suas costa, mas nao sabe oque causou isso. Seria sintoma de qual doença?

  • cmsc

    Boa Tarde, estou muito preocupada com o meu estado de saude,ultimamente tenho tido muitas infeçoes urinarias, sangramento na narina logo pela manha quando me assoava e por vezes durante o dia,dores de cabeça fortes e o respirar passou a ser mais ruidoso diziam que era da alergia/sinusite;entretanto melhorei mas há poucas semanas apareceu-me uma pontada no peito do lado direito e agora passou para as costas do mesmo lado,tambem me disseram que era da coluna visto já ter uma hernia discal há alguns anos, mas não acho porque nunca estive assim e até dormencia no braço direito me apareceu com perca da força e ja esta a passar para o outro braço e de noite é pior as dores são tipo choques nos musculos. Este dia tive febre,tonturas,má disposiçao cansaço e falta de forças nas pernas recorri ao hospital verificaram que tinha uma infecao urinaria e gripe pelas analises e Rx Torax que fizeram, ja tomei o antibiotico para a infeçao e melhorei mas continuo com a pontada no peito e o formigueiro/dormencia no braço alem de começar a sentir tambem o coraçao + acelarado tipo a picar.O que devo fazer?

  • lealdesan

    Boa tarde, meu irmao entrou no hospital dia 04/11/2012, para fazer uma ecografia e uma endoscopia, posteriormente o medico solicitou uma colonoscopia, apartir da começou, os erros ele foi preparado por duas vezes pois segundo eles na primeira ficou residuos no intestino. Fez a colonoscopia no dia 14/11/2012 e apartir dai começou a ficar mal, teve uma queda na pressao no dia 16/11/2012 que ficou em 7/4, o medico de plantao coletou hemograma e constatou sepse, os leococitos estavam em 58000, o medico nos chamou e nos advertiu da gravidade do quadro e disse que imediatamente iria começar o tratamento com antibiotico e tambem iria coletar hemocultura para saber a bacteria, so que ele NAO PRESCREVEU o antibiotico, e todos os outros medicos de pegaram os plantoes seguintes nao se deram o trabalho de olhar o hemograma, somente no dia 18/11/2012 por nos os familiares estarmos desesperados com a situacao e que a medica de plantao viu o hemograma do dia 16/11/2012, ela ficou apavorada com o grau de infecçao e imediatamente prescreveu o antibiotico, o quadro ja estava gravissimo.
    Pergunto: este caso nao e um caso de negligencia e omissao total? que eu saiba entrar com o tratamento de antibiotico imediatamente, nao e somente fundamental como vital.Agora meu irmao esta em estado gravissimo com poucas chances de sobreviver.

  • Valmir Viana Santos

    prezado Dr. sou cidadão com 60 anos, durante o sono aconteceu de urinar dormindo,
    ficando com a urina froucha, qual é essa consequencia e o que devo fazer?

  • monique17

    Boa tarde… minha avó esta com leucemia, com os tratamentos ocorreram outros problemas tipo infiltração no pulmão, um dos rins parou, e esta com um problema na membrana do coração. 15 dias atras ela teve que fazer uma cirurgia pois estava com uma sub-oclusão intestinal…ontem ela começou a inchar muito, febre 38 e pressão de 20 por 10, ela come bem pouco e quando ela toma algum liquido, ela tem que ir no banheiro pois da tipo uma especie de diarreia. Além das pernas inchadas ela esta com febrite. Hoje os resultados do hemograma deram leucocitos aterados e elevados.
    Ontem o médico deu um diagnostico de que os orgãos dela estariam esplodindo e deu 2 dias no máximo….
    DR. PODERIA ME DIZER ALGUMA COISA SOBRE ISSO…POR FAVOR…

  • Andreia

    boa noite,fiz exame de urna e acusou infecção urinaria,tomei o remédio receitado norfloxacino,por 10 dias,após 2 semanas voltei a vida sexual pois sou casada a 7 anos,e estou pior que antes…está comprometendo meu casamento, dói ,arde muito com a penetração. fico sem graça de ficar reclamando sempre e não sei o que fazer, existe algum outro exame mais especifico,mais avançado????PRECISO DE SOLUÇÃO

  • Isisftelles

    Meu filho esta enternado e respirando com ajuda de aparelhos, os medicos disserao que estava com sespse , agora ele esta saindo do oxigenio e eles disseram que ele esta colonizado por uma bacteria chamada mrsa e que nao preciso me procupar pois quando ele tiver alta ela vai somir. Esta aparecendo umas bolinhas tipo espinha no rostinho dele, devo me procupar ou é normal? Qual atitude deve ser tomada?

  • Aparecidatavares24

    boa noit Dr entendi um poco mais sobre pneumonia pois á dois dia os medicos diaquinodicaran qui minha mae da com pneumonia obrigado por dira minhas tuvida

  • Sabrina

    Obrigada. Entendi um pouco mais sobre as causas da morte da minha mãe. Do fundo do meu coração: muito obrigada!

  • Claudetemenezes

    Olha, se todo profissional da saúde usasse uma linguagem acessível como a sua… Parabéns Dr.!!!

  • Carla Vieira

    minha mãe morreu há um mês de choque septico. ela fez uma cirurgia de apendice no sábado(12/11), saiu do centro cirurgico bem, ficou na uti dois dias pq não tinha vaga nos quartos do ICP(Instituto Cardio Pulmonar em Salvador), na segunda à noite teve vômitos com coloração e cheiro de fezes e o abdomen bem distendido, na terça cirurgião passou para dar uma olhada nela pq a família solicitou, acrescentou algum remédio na prescrição anterior,na quarta ela já estava com a voz bem fraca e sentindo muito incomodo, mandamos chamar o cirurgião novamente – ele não estava – veio o médico responsável pelas cirurgias gerais do hospital, disse que ela estava ótima…tinha que andar para desfazer os gazes.À noite ela passou mal e voltou para a UTI com fezes saindo pela boca e tinha aspirado esse líquido contaminado ocasionando uma grave pneumonia e veio a falecer no sábado 19/11. ASSIM SE PERDE UMA MÃE, SIMPLES ASSIM, RÁPIDO ASSIM.

  • Roberto Pereira

    Olá boa noite, como eu gostaria que a minha irmã tivesse sido atendida por você doutor, ou pelo menos, por colegas seus com essa visão profissional. Ela foi diagnósticada com infecção no sangue e na urina, após a realização de exames, pelo menos nas primeiras 12 horas que estava no hospital.
    Quase 24 horas depois, ela recebeu alta, com o diagnóstico fechado de AVC isquêmico, encaminhamento para neuro, fisioterapeuta e clínico, além das prescrições medicamentosas, AAS, capitopil,dipirona e carbamazepina. No momento da alta a paciente estava muito agitada, inconsciente, confusa, sem fala, e enfim, sem a menor condição de alta. O hospital que fez essa barbaridade foi o Santa Marcelina do Itaim paulista – SP. Eu não entendi o AVC, pois, o laudo da tomografia dizia estar tudo normal.
    Após chegar em casa, o quadro que ela apresentava não deixou outra alternativa, se não buscar ajuda em outro hospital, dessa vez foi o hospital Tide Setubal, também na capital paulista. Lá, não ficou claro que a infecção foi tratada como deveria, até porque ouve uma suposta alta médica, que após questionada, falaram ser um mal entendido. O quadro clínico da paciente só piorou, e a mesma faleceu 8 dias após a sua entrada no Hosp. Santa Marcelina, cuja causa mortis foi broncopneumonia, sepse, com falência múltipla dos órgãos.
    Eu acompanhei parte dessa via crucis, e em vários momentos questionei o combate à infecção, pois os médicos de hospitais públicos não costumam dar informações aos pacientes e familiares, só para completar a total falta de respeito à pessoa humana.
    As explicações,poucas por sinal, não eram claras. Certo momento, eu falei da minha preocupação com o quadro infeccioso dela, e a enfermeira chefe explicou que estava sendo tratada com o aminofilina. Que pelo visto, é broncodilatador. Eles não sabem o que acontece com os pacientes. Ela mais um que se foi.

    Desculpe por ter me alongado. Parabéns pelas informações.

  • Roberto Pereira

    Olá boa noite, como eu gostaria que a minha irmã tivesse sido atendida por você doutor, ou pelo menos, por colegas seus com essa visão profissional. Ela foi diagnósticada com infecção no sangue e na urina, após a realização de exames, pelo menos nas primeiras 12 horas que estava no hospital.
    Quase 24 horas depois, ela recebeu alta, com o diagnóstico fechado de AVC isquêmico, encaminhamento para neuro, fisioterapeuta e clínico, além das prescrições medicamentosas, AAS, capitopil,dipirona e carbamazepina. No momento da alta a paciente estava muito agitada, inconsciente, confusa, sem fala, e enfim, sem a menor condição de alta. O hospital que fez essa barbaridade foi o Santa Marcelina do Itaim paulista – SP. Eu não entendi o AVC, pois, o laudo da tomografia dizia estar tudo normal.
    Após chegar em casa, o quadro que ela apresentava não deixou outra alternativa, se não buscar ajuda em outro hospital, dessa vez foi o hospital Tide Setubal, também na capital paulista. Lá, não ficou claro que a infecção foi tratada como deveria, até porque ouve uma suposta alta médica, que após questionada, falaram ser um mal entendido. O quadro clínico da paciente só piorou, e a mesma faleceu 8 dias após a sua entrada no Hosp. Santa Marcelina, cuja causa mortis foi broncopneumonia, sepse, com falência múltipla dos órgãos.
    Eu acompanhei parte dessa via crucis, e em vários momentos questionei o combate à infecção, pois os médicos de hospitais públicos não costumam dar informações aos pacientes e familiares, só para completar a total falta de respeito à pessoa humana.
    As explicações,poucas por sinal, não eram claras. Certo momento, eu falei da minha preocupação com o quadro infeccioso dela, e a enfermeira chefe explicou que estava sendo tratada com o aminofilina. Que pelo visto, é broncodilatador. Eles não sabem o que acontece com os pacientes. Ela mais um que se foi.

    Desculpe por ter me alongado. Parabéns pelas informações.

  • Claudia Tomé

    Boa noite, eu tive contato com meu pai que faleceu com esse tipo de bactéria. Fiquei ao lado dele o tempo todo no hospital e em casa quando teve alta. Tenho que fazer algum tipo de exame ? Tem algum problema para eu engravidar?

  • Claudia Tomé

    Boa noite, eu tive contato com meu pai que faleceu com esse tipo de bactéria. Fiquei ao lado dele o tempo todo no hospital e em casa quando teve alta. Tenho que fazer algum tipo de exame ? Tem algum problema para eu engravidar?

  • Gracileide

    Boa tarde, sou estudante de fisioterapia, e tenho tirado muitas dúvidas pela internet, principalmente quando vejo seus artigos. Está de parabéns!!!!!!!!!!

  • Gracileide

    Boa tarde, sou estudante de fisioterapia, e tenho tirado muitas dúvidas pela internet, principalmente quando vejo seus artigos. Está de parabéns!!!!!!!!!!

  • Claudetemenezes

    Olha, se todo profissional da saúde usasse uma linguagem acessível como a sua… Parabéns Dr.!!!

  • Marizepita

    eu tive pielonefrite em abril fiquei dez dias internada o medico desse que estava tudo bem desde então não me procurei nova opinião será que devo me preocupar?

  • Aldir Queiroz

    Bom dia Dr.
    Obrigada por esclarecer as minhas duvidas sobre choque séptico, acabei de perder meu esposo com meningite viral, muito triste com tudo que aconteceu!
    Um abraço!

  • Enisolojovas

    eni.
    meu irmao faleceu dia 01/0912 gostaria que me tirasse algumas duvidas, tumor de pulmão estava internado desde 12/05/12 com alguns intervlalos de alta de uma semana em casa e voltava para o hospital so piorava nessas altas, fazia uso do paliativo morfina, dipirona, gabapentina omeprazol.só prostava meu irmão , ele pesava 70 a 80 k e veio a falecer com 43k. impressionante um cadaver, colocou dreno, não fez quimio nem radioterapia, não foi para uti , bom concluindo choque septico ,sepse, pneumonia. por favor me oriente,antes de eu ir atras de tudo isso.obrigado

  • Enisolojovas

    eni.
    meu irmao faleceu dia 01/0912 gostaria que me tirasse algumas duvidas, tumor de pulmão estava internado desde 12/05/12 com alguns intervlalos de alta de uma semana em casa e voltava para o hospital so piorava nessas altas, fazia uso do paliativo morfina, dipirona, gabapentina omeprazol.só prostava meu irmão , ele pesava 70 a 80 k e veio a falecer com 43k. impressionante um cadaver, colocou dreno, não fez quimio nem radioterapia, não foi para uti , bom concluindo choque septico ,sepse, pneumonia. por favor me oriente,antes de eu ir atras de tudo isso.obrigado

  • Denise

    Consegui entender o pq de meu filho não resistir a uma cerebrite. Primeiro o médico não fez o diagnostico correto ( meu filho chegou ao hospital com convulsão) as consequências desse erro foram sérias.Ele fez uma tomo com meu filho agitado, e o resultado foi indefinido depois de 3 dias de demência e febre altíssima foi transferido para o Hospital São Sebastião no Barreto Niterói.Lá a equipe virou ele do avesso .Resultado já era tarde a cerebrite invadiu o cranio e contaminou todo o corpo .Meu filho morreu ao 21 anos, por cerebrite e choque séptico.O triste é que em todo tempo eu falava para os médicos que a febre não passava, eles disseram a neura passa em 3 dias deram diazepam para ele e um antibiotico . Oro a Deus para não errarem outra fez.Abraços!

  • Paulagoecking

    oi tenho uma criança de 2 anos e ele teve uma infecção muito forte,só descbri isso porq ele começou a chorar e dai eu levei ele no medico e fizemos um exame de samgue o resultado foi assustador,ele tava com uma infcção foticima só que ele ñão teve um dia de febre,e isso ja aconteceu mais q uma vez.gostaria de ter uma explicação a respeito….

  • Graciela

    Adorei o blog! Amo medicina e sinto profundamente por não poder ser médica. Sinto-me frustrada por isto. Sempre leio tudo que posso, da área, e com certeza acompanharei os artigos, perguntas e respostas. Um abraço, Dr!

  • Corrinha63

    E muito esclarecedor. Estou com uma pessoa muito especial na uti a mais de 1 mes com esse problema de saude .Com a leitura deste artigo posso entender as melhoras do quadro dele valeu.

  • Regimene77

    Oi? Boa noite?
    Fiz hemograma e meu PCT está em 0,308%.
    Está muito elevado?
    Beijos!

  • Fernando Carmo

    Meu avô faleceu no dia 25 deste mês. Na certidão de óbito concluia que a morte foi causada por SEPSE, PNEUMONIA e DIABETES.
    Pelo quadro de saúde apresentado, haveria alguma hipótese dele sobreviver?
    Grato

  • Helena pinto

    Obrigada Carol e a outros participantes que noticiam estes casos de sucesso de doentres que enfrentaram um quadro de sepse (que aperece ter sido grave), pois a minha mãe nesta altura também está internado há 4 dias em CI e sinto-me impotente perante a situação, sendo que os médicos não garantem nada: nem de bom nem de mau. É preocupante. Peço-vos que peçam vivamente a Deus pela sua recuparação. Bem hajam. Helena 

  • http://twitter.com/vivianduran Vivian

    Uma coisa que não entendo no choque séptico, é como essa bactérias entram no nosso corpo? Outra dúvida, é: Tem algum paciente que consegue reverter o quadro de sepse e não morreu?

  • Celiasimoes 9

     comecei a fazer uma dieta aconselhada pela a clinica corporocin dermostetica e desecadeou uma colica de visicula pode ser uma infeção   o meu nome é celia

  • Adrianabonadia

    Repostando por haver erro de português no comentário anterior..

    Boa Noite..

    Meu irmão faleceu faz uma semana, ficou 11 dias na UTI, complicação: 
    “choque septico.” 
    Decorrente de uma infecção intestinal que ele estava tratando, mas de maneira errada 
    pelo que andei pesquisando nestes horrivéis e interminavéis 11 dias de angústia em ver
    ele no estado que chegou..creio q se “médicos” de 03 hospitais diferentes que passei
    com ele tivessem investigado bem através de exames e diagnosticado ele pelos sintomas que
    apresentava e pelo quadro geral dele que era visivél a olhos nus..sendo que se encontrava 
    pele e osso, com dores abdominais terriveis, vômitos diários, queda de pressão, etc..
    veriam que era sinal de “SEPSE”..mas não, foi ao contrário fizeram total descaso..
    faziam somente administração de buscopan e soro e mandavam ele pra casa.
    Creio que ele não teria chegado ao ponto que chegou do: “CHOQUE SEPTICO”, pra mim foi uma 
    “Total falta de preparo, em outras palavras, “NEGLIGÊNCIA” .
    Enfim faltam médicos, preparados pra esse tipo de diagnóstico, e enquanto isso familias 
    são terrivelmente afetadas por uma perca tão brusca como a do meu irmão um rapaz, de 34 anos,
    com toda vida pela frente, trabalhador, amoroso, que lutou até o último dia pra sobreviver, 
    pois ele amava a vida e me dizia tds dias com dores horrivéis que ele iria melhorar e nos dar
    muito orgulho ainda, coisa que ele já nos dava, mas de tão humilde pensava que não, sem contar
    que não deram a nossa familia a oportunidade de saber que o problema era gravíssimos para nós
    podermos dar o carinho além do que já davamos a ele pois nos achavamos que ele iria melhorar e
    voltar pra casa..”ISSO É LASTIMAVÉL, NADA APAGARÁ ESSA DOR DE SABERMOS SE ELE PODERIA SOBREVIVER
    OU NÃO SE DIAGNÓSTICADO PRECOCEMENTE”.
    Em pleno seculo 21, onde tem toda uma tecnologia a favor de todos..”lastimavél mesmo”, espero que 
    isso diminua e não cause tanta dor para outras familias..:(

    -Parabéns por seu trabalho Dr., se a maioria se interessasse sobre o assunto como o Sr,
    creio que esse quadro de mortes, (que ocupam 25% dos leitos das UTIs no Brasil, e chega 
    a 220 mil mortes por ano) dados que tirei em um estudo sobre sepse ou septicemia,
    - essas mortes diminuiriam bruscamente..que Deus ilumine cada vez mais sua mente e te
    capacite a montar um grupo de estudos sobre o assunto!
    Abraços, fique com Deus, Adriana.

  • Adrianabonadia

    Parabéns pelo seu trabalho, se a maioria se interessasse pelo asunto como o Dr..creio que esse quadro de mortes, (que ocupam 25% dos leitos das UTIs no Brasil e chega a 220 mil mortes por ano) conforme li em um estudo sobre sepse ou septicemia – essas mortes diminuiriam bruscamente..que Deus ilumine cada vez mais sua mente!

  • Adrianabonadia

    Meu irmão faleceu faz uma semana, ficou 11 dias na UTI..choque septico decorrente de uma infecção intestinal que ele tinha e já estava tratando a 5 meses, mas de maneira errada pelo que andei pesquisando nestes horrivéis dias de sua internação, creio q se medicos de 3 hospitais diferentes que passei com ele tivessem diagnosticado ele pelos sintomas que descreviamos e pelo quadro geral dele que era visivél a olhos nu..ele estava pele e osso, com dores abdominais terriveis, e vomitos diarios..já era sinal da sepse mas não derão caso disso muito pelo contrário só davam buscopan na veia e mandavam ele pra casa..então creio que ele não teria chegado ao ponto do CHOQUE SEPTICO, pra mim foi uma total falta de preparo..em outras palavras..NEGLIGENCIA …enfim faltam médicos preparados pra esse assunto e enquanto isso familias são terrivelmente afetadas por uma perca tão brusca como a do meu irmão um rapaz, de 34 anos, com toda vida pela frente, trabalhador, amoroso, que lutou até o ultimo dia pra sobreviver, pois ele amava a vida e me dizia tds dias com dores horrivéis que ele iria melhorar e nos dar muito orgulho ainda..coisa que ele já nos dava,mas de tão humilde axava q não..tbm não deu a familia a oportunidade de saber que o problema era gravissimos para nos podermos dar o carinho além do que já davamos a ele pois nos achavamos que ele iria melhorar e voltar pra casa..isso é lastimavél..em pleno seculo 21, onde tem tda tecnologia a favor de todos..lastimavél mesmo espero que isso diminua e não cause tanta dor para outras familias..um abraço fiquem com Deus! 

  • Sandra

    minha mãe ficou enternada no pronto atendimento do dia 30/07 vindo a óbito no dia 12/08/2012 ela tava bem converssando normal so tava sem apetite,o medico a dopou colocou sonda p alimentar,sonda p urinar e ela começou a inchar e ficar prostada queria saber se foi negligencia se ela tinha chances de sobreviver pq a causa da morte foi choque septico e pq ñ a transferiu para a uti?Espero q possa me ajudar a entender obrigada.obs:já enviei os resultados dos exames dela por favor peço q avalie me responda.

  • Sandra

    continuando creatina3.9 o médico que a avaliou disse que o quadro dela é grave que ela esta com choque séptico minha dúvida é como ela adiqueriu esta infecção,pq ñ a trataram em uma uti?Espero que o Dr. possa me orientar melhor pq eles só dizem q é grave obrigada e boa tarde!

  • Sandra

    Boa tarde  Dr.Pedro estou com duvidas,minha mãe tem 75 anos é diabética,há 6 anos atrás teve um avc q ñ deixou sequelas mas ficou acamada devido ficar com hipoglecemia e atrofiado as pernas.Nos últimos dias ela perdeu o apetite e devido a ñ se alimentar tava tendo hipoglecimia constante dando entrada no pronto atendimento para avaliações no dia 30/07/2012 onde os exames constaram:hemoglobina7.8,hemácias2.84,hematócrito24.5,leucócitos5.000,plaquetas147.000,potássio5,2,sódio132,glicose29,pcr8,4,creatinina4,9,ureia167
    sendo realizado outros exames o último no dia 09/08/2012  hemoglobina8.2,hemácias2.82,hematócrito24.2,leucócitos6.0,plaquetas141,potássio6.8,sódio122,glicose116,creatinina3,9

  • Regimene77

    Oi? Boa noite?
    Fiz hemograma e meu PCT está em 0,308%.
    Está muito elevado?
    Beijos!

  • Vanessa

    Boa noite!Gostaria de saber como e qual as possibilidades de se contagiar com esta doença,pois meu pai faleceu estes dias e o diagnostico é sepse.Tenho uma filha de 2 anos e queria saber se corremos algum risco

  • SAMIRA

    OI MEU NOME É SAMIRA E GOSTARIA DE COMPARTILHAR A MINHA DOR,APOS TER LEVADO MEU BEBE DE 6 MESES AO SAO LUCAS E CONSTATAREM QUE ERA UMA CAXUMBA,MEU BEBE VEIO A OBITO POR NEGLIGENCIA MEDICA,PASSOU POR 3 MEDICOS E NINGUEM NEM SE QUER SUSPEITARAM DE SEPSE.DENTRO DE 24HRS ELE VEIO A OBITO E AGORA NINGUEM VAI TRAZER ELE DE VOLTA,MAS VAI FICAR POR ISSO MESMO……QUEM AGORA PAGA PELO ERRO,MEU FILHO NAO VOLTA MAIS,MAS QUERO JUSTIÇA PARA QUE ISSO QUE ESTOU PASSANDO NAO ACONTEÇA COM OUTRAS FAMILIAS……….

  • Adriano888

    Estou com diarreia com sinais de sangue ,e fiquei muito preocupado,desde segunda a noite,estou fazendo uso de buscopan e repoflora,mas nenhum uso de antibiotico…
    e as cólicas melhoraram,houve somente um dia que tive febre…..
    hoje somente evacuei poucas vezes….
    d
    Doutor,ainda á necessidade de procurar um médico??

  • Ana_marcia_dias

    o diagnostico de morte da minha mae foi septicemia mas o medico que tratava dela disse que ela pode ter tido leocemia por as plaquetas dela estarem muito baixas ela tinha uma doença auto imune tbm  sera possivel ela ter tido uma leocemia aguda

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Existem várias maneiras de uma bactéria entrar no corpo, como através de um corte na pele, secreções respiratórias, alimentos contaminados…
    Sim, muitos pacientes conseguem reverter um quadro de sepse.

  • paloma simoes

    acabei de perder minha tia ela teve uma sepse pulmonar ,agora pude entender o que a levou a óbito bem esclarecedor.

  • Maria aparecida

    obrigado por esse comentário gostei de saber sobre isso pq perdi uma mãe assim pena que descobri tarde demais o significado disso ela morreu apenas dois dia de internada ainda sofro com isso mais hj faz três anos e li isso e pude saber o que e realmente obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não necessariamente.

  • Suzy

    suzzy: em relação ao piercing  eu coloquei um no umbigo, nos primeiros meses não tive complicações, então coloquei na linguá  que tbm não tive problemas, até que mais ou menos 4 meses o do umbigo começou a doer, e com o  passar dos dias inflamou tomei um remédio e melhorou e 15 dias depois estava horrível, ate que eu resolvi tira.
    resumindo hoje não tenho nem um e nem quero mais..
    graças a Deus agora tá tudo bem, e não fiquei com cicatrizes no umbigoo.      
    amei as informações sobre tudo o que li.
    tô fazendo enfermagem e  essa informações me ajudaram bastante. 

  • Eva Fidelis

    Ôla, boa noite, Minha esposa depois de ter feito uma cirurgia de apêndice,passou a ter fortes dores na virilha as mesmas irradiam para a cavidade vaginal e perna, O que pode ser…?

  • Joice

    Boa noite Dr.Pedro, após ler o seu documentário sobre o que é sepse fiquei imprecionada ao saber o quanto é grave a infecção e gostaria de tirar uma dúvida a respeito de um problema que descobri esta semana. Desde 2004, tenho constante infecções urinarias causada pela bactéria Escherichia coli, tratei várias vezes mas ela volta com freqüência, principalmente quando estou com a imunidade baixa (quase sempre). Bem fiz alguns exames e descobri que tenho pielonefrite com febre, estou tratando com antibioticos ( Norfloxacin e macrodantina), tem um porém, como  eu já tomei vários antibioticos inclusive estes indicados, a bactéria encontra-se muito resistente a eles. Vem a dúvida se eu não consegui combater com estes antibioticos, qual será o procedimento,  até porque geralmente quando faço o exame após o tratamento não aparece a infecção, mas depois de duas semanas ou três semanas aparece novamente. É tanto antibiótico que sinto muito enjoos, dor no estômago, acredito que daqui a pouco terei que tratar a consequência de tantos medicamentos (figado?) . Dr. pode passar para uma sepse? Grata! 

  • Josh 13

    Olá.
    no dia 15/05/12 eu tive um choque séptico, tomei 3 tipos de antibióticos diferentes, pois meu corpo rejeitava as drogas, tipo uma infecção nos rins, por causa de um calculo, devido a isso passei 15 dias internado, sendo 6 deles na UTI, graça a Deus e aos médicos que viram meu quadro logo, eu noa fui a óbito, mas sei que o negocio é tenso. a médica falou pra mim, que nasci de novo, pois é raro pessoas que tiveram o quadro que eu tive voltar sem nenhuma lesão, pois tive 1milhão de bactéria no corpo.

    Depois de 10 dias fora do hospital resolvi procurar o que eu realmente tive.

  • Joice

    Boa noite Dr.Pedro, após ler o seu documentário sobre o que é sepse fiquei imprecionada ao saber o quanto é grave a infecção e gostaria de tirar uma dúvida a respeito de um problema que descobri esta semana. Desde 2004, tenho constante infecções urinarias causada pela bactéria Escherichia coli, tratei várias vezes mas ela volta com freqüência, principalmente quando estou com a imunidade baixa (quase sempre). Bem fiz alguns exames e descobri que tenho pielonefrite com febre, estou tratando com antibioticos ( Norfloxacin e macrodantina), tem um porém, como  eu já tomei vários antibioticos inclusive estes indicados, a bactéria encontra-se muito resistente a eles. Vem a dúvida se eu não consegui combater com estes antibioticos, qual será o procedimento,  até porque geralmente quando faço o exame após o tratamento não aparece a infecção, mas depois de duas semanas ou três semanas aparece novamente. É tanto antibiótico que sinto muito enjoos, dor no estômago, acredito que daqui a pouco terei que tratar a consequência de tantos medicamentos (figado?) . Dr. pode passar para uma sepse? Grata! 

  • Marcelo

    Excepcional a forma como o Dr Pedro Pinheiro explica os diferentes temas. Parabéns, os textos são bastante elucidativos, para que nós, leigos, possamos compreender os temas abordados e adotar procedimentos para o restabelecimento de nossa saúde, ou adotar medidas preventivas para cuidá-la. Muito obrigado

  • christiane

    gostaria de saber a resposta pelo obito da minha mae ela tinha cancer e nos ultimos 3 meses descobriu que tinha ascite os medicos fez quimeoterapia e nao resolveu nada gostaria de saber se tinha possibilidade dela sobreviver se mudasse o tratamento dela pois o medico falou que nao tinha nada o que fazer quando ficou internada o medico so colocou no soro e depois dobou ela e que nao ia fazer mais nada foi uma atitude correta dele e colocou no obito dela neoplasia de mama. tenho muitas duvidas pois fazia 6 anos que fazia tratamento do cancer e ela estava bem

  • rose

    boa tarde dr.pedro,estou com gripe á 20 dias,uma tosse que não para.ataca mais a noite,e sinto dores no corpo todo.tenho muito frio.será que estou com uma infecção?

  • rose

    boa tarde dr.pedro,estou com gripe á 20 dias,uma tosse que não para.ataca mais a noite,e sinto dores no corpo todo.tenho muito frio.será que estou com uma infecção?

  • Adao ricardo

    meu pai faleceu de espse eu nao sabia oq era mais pesquisando aqui nesta pagina  encontrei a resposta  q procurava ,e tambem fiquei sabendo mais sobre sepse q Deus abençoe cada dia mais as pessoas da medicina

  • christiane

    gostaria de saber a resposta pelo obito da minha mae ela tinha cancer e nos ultimos 3 meses descobriu que tinha ascite os medicos fez quimeoterapia e nao resolveu nada gostaria de saber se tinha possibilidade dela sobreviver se mudasse o tratamento dela pois o medico falou que nao tinha nada o que fazer quando ficou internada o medico so colocou no soro e depois dobou ela e que nao ia fazer mais nada foi uma atitude correta dele e colocou no obito dela neoplasia de mama. tenho muitas duvidas pois fazia 6 anos que fazia tratamento do cancer e ela estava bem

  • Samuel Carvalho

     Estou sofrendo muito, pois neste exato momento minhamãe se encontra na UTI. Peço muito a Deus para não passar pela dor que vc passou Maria Aparecida. Deus abençoe.

  • Érico Ferreira Lourenço

    Boa madrugada!

    Parabéns pelo texto de fácil compreensão! Minha melhor amiga/ irmã da vida inteira está há quase 1 mês na UTI por conta da sepse, se não fosse o texto mesmo com as visitas que faço e as explicações que me dão não conseguiria entender ao certo pelo que ela está passando, mas com fé em Deus ela irá sair dessa.

    Obrigado Dr. Pedro Pinheiro

  • Luzia_ignez

    Olá Jane, meu nome é inês e perdi meu pai querido no dia 30/01/2012 da mesma forma, com dores abdominais e vômitos sem diarreia e o médico apenas deu soro e buscopan e bromoprida e voltamos pra casa, no outro dia ele voltou ao hospital com a barriga inchada e chorando de dor, o médico disse que ele estava mal e foi pro cti, isso no sabado para o domingo, na hora da visita no domingo ele já estava intubado, no dia seguinte na segunda na hora da visita ele tinha acabado de falecer meia hora antes, foi terrível pra mim, pois ele era o meu chão, o meu tudo e agora fico com a sensação de que não fiz nada para ajudá-lo, peço perdão todos os dias a Deus e a ele por isso, e fico sem entender pois não tive tempo nem de falar com ele, sinto pela sua mãe. O óbito dele foi disfunção multipla dos órgãos, insuficiencia respiratoria aguda, choque séptico e abdome agudo. Ainda não entendi o que aconteceu em seu abdome.Primeiramente o que levou ele ao hospital foi a dor depois dele ter comido comida guardada, pode ser que ele tenha pego alguma bacteria neste alimento,não sei!
    Meus sentimentos.

  • Lídia

    Adorei O blog . Minha prima morreu de choque séptico e eu não fazia ideia do que era isso
    Bbrigada por sanar minhas dúvidas.
    Ela estava enternada no INCA ela já não possuia mais o cancer e nem a trombose . Eu só queria mesmo entender por que aconteceu e aqui eu consegui obrigada mesmo

  • Josh 13

    Olá.
    no dia 15/05/12 eu tive um choque séptico, tomei 3 tipos de antibióticos diferentes, pois meu corpo rejeitava as drogas, tipo uma infecção nos rins, por causa de um calculo, devido a isso passei 15 dias internado, sendo 6 deles na UTI, graça a Deus e aos médicos que viram meu quadro logo, eu noa fui a óbito, mas sei que o negocio é tenso. a médica falou pra mim, que nasci de novo, pois é raro pessoas que tiveram o quadro que eu tive voltar sem nenhuma lesão, pois tive 1milhão de bactéria no corpo.

    Depois de 10 dias fora do hospital resolvi procurar o que eu realmente tive.

  • Marcelo

    Excepcional a forma como o Dr Pedro Pinheiro explica os diferentes temas. Parabéns, os textos são bastante elucidativos, para que nós, leigos, possamos compreender os temas abordados e adotar procedimentos para o restabelecimento de nossa saúde, ou adotar medidas preventivas para cuidá-la. Muito obrigado

  • Jeffersonabreu_3000

    olá, Me chamou Jefferson Abreu! 
    tenho feito alguns exames pq o médico disse que estou com suspeita de estar com Endocardite… estou muito preocupado com minha saúde…tem me dado febre de 39 g, dor de cabeça, quando subo a escada aqui em casa tenho ficado cansado, sinto do lado esquerdo do peito uma dor bem fraquinha de vez em quando e minhas pernas as veses ficam doendo tipo queimando do joelho p/ baixo…  vc tem algum lugar pra me indicar um bom tratamento aqui no RJ?
    tenho 26 anos e sou morador da Cidade de Nova Iguaçu/RJ.
    se souber de algo legal me avisa.. esse é meu e-mail => jeffersonabreu_3000@yahoo:disqus .com.br

    • Adrianabonadia

      Repostando por haver erro de português no comentário anterior..

      Boa Noite..

      Meu irmão faleceu faz uma semana, ficou 11 dias na UTI, complicação: 
      “choque septico.” 
      Decorrente de uma infecção intestinal que ele estava tratando, mas de maneira errada 
      pelo que andei pesquisando nestes horrivéis e interminavéis 11 dias de angústia em ver
      ele no estado que chegou..creio q se “médicos” de 03 hospitais diferentes que passei
      com ele tivessem investigado bem através de exames e diagnosticado ele pelos sintomas que
      apresentava e pelo quadro geral dele que era visivél a olhos nus..sendo que se encontrava 
      pele e osso, com dores abdominais terriveis, vômitos diários, queda de pressão, etc..
      veriam que era sinal de “SEPSE”..mas não, foi ao contrário fizeram total descaso..
      faziam somente administração de buscopan e soro e mandavam ele pra casa.
      Creio que ele não teria chegado ao ponto que chegou do: “CHOQUE SEPTICO”, pra mim foi uma 
      “Total falta de preparo, em outras palavras, “NEGLIGÊNCIA” .
      Enfim faltam médicos, preparados pra esse tipo de diagnóstico, e enquanto isso familias 
      são terrivelmente afetadas por uma perca tão brusca como a do meu irmão um rapaz, de 34 anos,
      com toda vida pela frente, trabalhador, amoroso, que lutou até o último dia pra sobreviver, 
      pois ele amava a vida e me dizia tds dias com dores horrivéis que ele iria melhorar e nos dar
      muito orgulho ainda, coisa que ele já nos dava, mas de tão humilde pensava que não, sem contar
      que não deram a nossa familia a oportunidade de saber que o problema era gravíssimos para nós
      podermos dar o carinho além do que já davamos a ele pois nos achavamos que ele iria melhorar e
      voltar pra casa..”ISSO É LASTIMAVÉL, NADA APAGARÁ ESSA DOR DE SABERMOS SE ELE PODERIA SOBREVIVER
      OU NÃO SE DIAGNÓSTICADO PRECOCEMENTE”.
      Em pleno seculo 21, onde tem toda uma tecnologia a favor de todos..”lastimavél mesmo”, espero que 
      isso diminua e não cause tanta dor para outras familias..:(

      -Parabéns por seu trabalho Dr., se a maioria se interessasse sobre o assunto como o Sr,
      creio que esse quadro de mortes, (que ocupam 25% dos leitos das UTIs no Brasil, e chega 
      a 220 mil mortes por ano) dados que tirei em um estudo sobre sepse ou septicemia,
      – essas mortes diminuiriam bruscamente..que Deus ilumine cada vez mais sua mente e te
      capacite a montar um grupo de estudos sobre o assunto!
      Abraços, fique com Deus, Adriana.

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      HUCFF ou HUPE

      • Adrianabonadia

        Parabéns pelo seu trabalho, se a maioria se interessasse pelo asunto como o Dr..creio que esse quadro de mortes, (que ocupam 25% dos leitos das UTIs no Brasil e chega a 220 mil mortes por ano) conforme li em um estudo sobre sepse ou septicemia – essas mortes diminuiriam bruscamente..que Deus ilumine cada vez mais sua mente!

  • Pfesquerdo

    Simplesmente maravilho, consegui entender tudo continue inteligente assim Deus abençõe.

  • Maria aparecida

    obrigado por esse comentário gostei de saber sobre isso pq perdi uma mãe assim pena que descobri tarde demais o significado disso ela morreu apenas dois dia de internada ainda sofro com isso mais hj faz três anos e li isso e pude saber o que e realmente obrigada

  • Suzy

    suzzy: em relação ao piercing  eu coloquei um no umbigo, nos primeiros meses não tive complicações, então coloquei na linguá  que tbm não tive problemas, até que mais ou menos 4 meses o do umbigo começou a doer, e com o  passar dos dias inflamou tomei um remédio e melhorou e 15 dias depois estava horrível, ate que eu resolvi tira.
    resumindo hoje não tenho nem um e nem quero mais..
    graças a Deus agora tá tudo bem, e não fiquei com cicatrizes no umbigoo.      
    amei as informações sobre tudo o que li.
    tô fazendo enfermagem e  essa informações me ajudaram bastante. 

  • jorge

    olá dr pedro,é verdade que sí atpe 448hs não ouver o óbito na meningite, o paciente si salva?
    Jorge Imbé rs

    • Celiasimoes 9

       comecei a fazer uma dieta aconselhada pela a clinica corporocin dermostetica e desecadeou uma colica de visicula pode ser uma infeção   o meu nome é celia

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não necessariamente.

  • Justine

    Parabéns pela clareza na exposição do tema, com esta explicação, ficou fácil a compreensão do assunto que a princípio parecia tão complexo. 

  • Mônica Nery

    Uma coisa que não entendo no choque séptico, é como essa bactérias entram no nosso corpo? Outra dúvida, é: Tem algum paciente que consegue reverter o quadro de sepse e não morreu?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Existem várias maneiras de uma bactéria entrar no corpo, como através de um corte na pele, secreções respiratórias, alimentos contaminados…
      Sim, muitos pacientes conseguem reverter um quadro de sepse.

  • Lídia

    Adorei O blog . Minha prima morreu de choque séptico e eu não fazia ideia do que era isso
    Bbrigada por sanar minhas dúvidas.
    Ela estava enternada no INCA ela já não possuia mais o cancer e nem a trombose . Eu só queria mesmo entender por que aconteceu e aqui eu consegui obrigada mesmo

  • Aila

    Eu estou preocupada .
    Estou com infecção Intestinal a 4 dias,sinto muitas dores e no braço esquedo sinto choque desde sexta feira-mas só sinto quando o estico,
    isso é sepse??
    Li seu artigo e gostei muito.
    Parabens.
    Aila

  • Meire dagmar ferreira

    meu primo ta enternado no cti  a dois meses com sepse, a infeccao ta acabando, ele teve uma parada respiratoria rapida, ainda nao fala quase nao mexe mais tem reflexo, sera q vai ficar com sequela??
    ele ainda tem risco de morte ?? hj eu visitei ele achei estranho uma nata por cima dos olhos dele, sera o q e isso ??me responda por favor, obrigada meire

  • Isabela

    Com o tratamento da sepse, após a extubação, existem outros efeitos secundários? Como por exemplo: espasmos? 

  • geovanna

    oi bon eu li  o que significava e a minha bisa vo morreu com sepse e pneumonia, nossa isso é muito grava,!OBRIGADO POR TER  ESSE TEXTO EXPLICANDO TAH THAU GEOVANNA

  • Vanessa

    Boa noite!Gostaria de saber como e qual as possibilidades de se contagiar com esta doença,pois meu pai faleceu estes dias e o diagnostico é sepse.Tenho uma filha de 2 anos e queria saber se corremos algum risco

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      A sepse em si não é contagiosa. Depende da doença que a causou.

  • http://twitter.com/vivianduran Vivian

    Uma coisa que não entendo no choque séptico, é como essa bactérias entram no nosso corpo? Outra dúvida, é: Tem algum paciente que consegue reverter o quadro de sepse e não morreu?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Existem dezenas de maneiras de uma bactéria entrar no corpo. Qualquer infecção pode ser a porta de entrada. Sim, muitos pacientes conseguem reverter o quadro.

  • CS

    Boa noite. Ao ler um dos comentarios aqui, fiquei com uma duvida: a sepse pode ser contagiosa de alguma forma?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      A sepse em si não, mas a causa dela sim. Um exemplo é sepse causada por meningite.

  • Marcelo

    ola! Dr. ttive um tempo desses com uma infecção viral por cmv, trasmissão sexual, mas junto tbm tive uma infecção bacteriana na garganta que quase atacou o meu corpo devido esta com a imunidade muito baixa pela infecção viral, senti minha perna ficando muito tempo dormente, falta de ar, tose, febre de 38 graus, nao conseguia dormi, vontade de ir ao banheiro toda hora urina, muito nervoso, com diarréia que durol três dias, mas no inicio fui ao medico, fiz um exame da screção da garganta, pois saia de mais e apresentou bacteria beta hemolitica do grupo c, minha boca vedia a pus, mas eles disseram que eu não tinha nada que estava era apenas nervoso, ai então comecei a tomar antibioticos injetaveis, ceftriaxona, comecei a melhorar, tomei 10 de 1g, 10 dias seguidos, sou de são luis – MA, resolvi então ir a SP, a infectologista confirmou que eu tive uma infecção viral pelo CMV e uma outra pela bacteria, mas achou banal a bacteria ai então não me receitou nada, fui a um amigo da minha tia num posto de saúde da vila madalena, ele disse que realmente tive a infecçaõ pela bact e me receitou benzetacil de 15 em 15 dias melhorei bastante, mas a secreção na gargana aida continua e sinto como se tivesse um corpo estranho na minha garganta e que fica me machucando, ouço bolinhas estourando no ouvido e sentindo como se agua estivasse escorrendo pela minha cabeça e as vezes subindo pelo meu corpo, junto com a benzetacil, estou tomando agora amoxilina com conclavulanato, receitada por um amigo farmaceutico, senti melhoras novamente, já nao ouço tanto as bolinhas estourarem e o corpo estranho parou de mexer, mas ainda sinto as vezes agua escorrendo e a secreção na garganta, todas as vezes que me alimento em especial por alimentos muito nutritivos a secreção aumenta, o que sera que eu tenho? já tomei até remedio de verme, annita, estava com o intestino preso, mas tbm liberol depois que comecei a tomar a amoxilina, peço a sua ajuda para identificar o que eu tenho e me dizer o q devo fazer, fico aguardando. 

  • Riodejaneiro2000

    Meu pai tem cancer avancado de prostata e fez 10 sessoes de radioterapia. No quinto dia apos o fim da radioterapia, de manha, ele reclamou de um incomodo na garganta. No final da tarde ele ja nao podia engollir nada e nem falar. Na emergencia do INCA, os medicos disseram que era mucosite. Um dia depois ele teve parada cardiaca e os rins pararam de funcionar. Ele agora esta respirando com aparelhos, todo entubado e  ninguem sabe se le vai sobreviver. Os rins voltaram a funcionar. Devo ter alguma esperanca de melhora?

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Se você está perguntando é porque não está. A própria pessoa, quando em choque não tem condições de saber nada.

  • Jane Bernardo

    Olá Dr., a minha mãe faleceu dia 27/02/2012, reclamou de dores intensas abdominais, dor de cabeça, náuseas, vômitos e diarréia. Fomos para o hospital, colocaram-na no soro, suspeitaram de pancreatite aguda, no entanto o cirurgião disse que jamais tratava-se de tal, então diagnosticou infecção intestinal e somente lhe prescreveu soro. Depois de três horas após a alta voltamos para o hospital já em outro plantão e o quadro bem pior, em suma ela faleceu no período de 11 horas com sangramento até pelos olhos. No óbito, concluíram pela aterosclerose e edema pulmonar. Mas a minha sobrinha no qual a minha mãe cuidava apresentava os mesmos sintomas mas de forma mais branda, no dia seguinte ao sepultamento minha irmã levou-a ao hospital e é isso Sepse por staphylococcus aureus, está ainda internada, que despreparo…a perdi. Obrigado pelo esclarecimento, hoje consegui entender o que realmente aconteceu. 

    • Luzia_ignez

      Olá Jane, meu nome é inês e perdi meu pai querido no dia 30/01/2012 da mesma forma, com dores abdominais e vômitos sem diarreia e o médico apenas deu soro e buscopan e bromoprida e voltamos pra casa, no outro dia ele voltou ao hospital com a barriga inchada e chorando de dor, o médico disse que ele estava mal e foi pro cti, isso no sabado para o domingo, na hora da visita no domingo ele já estava intubado, no dia seguinte na segunda na hora da visita ele tinha acabado de falecer meia hora antes, foi terrível pra mim, pois ele era o meu chão, o meu tudo e agora fico com a sensação de que não fiz nada para ajudá-lo, peço perdão todos os dias a Deus e a ele por isso, e fico sem entender pois não tive tempo nem de falar com ele, sinto pela sua mãe. O óbito dele foi disfunção multipla dos órgãos, insuficiencia respiratoria aguda, choque séptico e abdome agudo. Ainda não entendi o que aconteceu em seu abdome.Primeiramente o que levou ele ao hospital foi a dor depois dele ter comido comida guardada, pode ser que ele tenha pego alguma bacteria neste alimento,não sei!
      Meus sentimentos.

  • Solange

    Minha mãe está passando mal, teve febre e foi tratada com Bactrim, por haver suspeita de infecção urinária. Há dois dias. Hoje porém, recebo a notícia de que minha mãe estava hipotensa e com hipotermia. Fiquei  asssustada, mas  confiante, pois ela já foi para o hospital e pelos médicos que estão cuidando dela já suspeitarem da sepse, creio que vá ficar tudo bem. Acredito muito em Deus também!!!! Ele vai ajudar.

  • Roseli_mesquita_

    doutor como saber se estou com choque séptico/

  • Iara Silva

    Perdi minha mãezinha  em set/2011 vítima de choque séptico/ peneumonia bacteriana e neoplasia mamária, a mesma se encontrava em tratamento de um câncer de mama haviam 05 anos e havia completado o cliclo de radioterapia.O que não entendo é que ela fez todos os exames possíveis e não havia acusado mais o câncer ou as metástases dele.Foram 14 dias de muita luta pela vida , sem nenhuma evolução do quadro, muito pelo contrário,quando ela chegou na UTI estava com uma pequena perda da consciência, mas respirava  bem sem a ajuda de aparelhos mas no terceiro dia teve que ser entubada e aí foi só tristeza.. Uma das formas de minimizar meu sofrimento, é procurando me informar sobre a sepse, embora nada irá trazer minha mãezinha de volta.Mas percebi que o médico que a atendia, nada fez, para salvá-la, tanto que, no momento da 1ª parada cardiorespiratória da mesma, a equipe nem tentou a reanimar, isto me dói demais, um descaso, com ela.

  • Iara Silva

    Perdi minha mãezinha  em set/2011 vítima de choque séptico/ peneumonia bacteriana e neoplasia mamária, a mesma se encontrava em tratamento de um câncer de mama haviam 05 anos e havia completado o cliclo de radioterapia.O que não entendo é que ela fez todos os exames possíveis e não havia acusado mais o câncer ou as metástases dele.Foram 14 dias de muita luta pela vida , sem nenhuma evolução do quadro, muito pelo contrário,quando ela chegou na UTI estava com uma pequena perda da consciência, mas respirava  bem sem a ajuda de aparelhos mas no terceiro dia teve que ser entubada e aí foi só tristeza.. Uma das formas de minimizar meu sofrimento, é procurando me informar sobre a sepse, embora nada irá trazer minha mãezinha de volta.Mas percebi que o médico que a atendia, nada fez, para salvá-la, tanto que, no momento da 1ª parada cardiorespiratória da mesma, a equipe nem tentou a reanimar, isto me dói demais, um descaso, com ela.

  • Luzia_ignez

    Ola´marciana tambem perdi meu pai no dia 30/01/2012 com choque septico ele tinha 80 anos e tambem acho que poderia ter feito mas alguma coisa, mas na verdade não podemos, o melhor é pensar que enquanto ele estava vivo fizemos tudo por eles e nada pode mudar isso. tambem estou assim inconformada com sua morte, mas o que adianta nossa revolta nao vai mudar as coisas. temos sim que nos revoltar contra esse descaso dos medicos que pensam que fazem tudo quando na verdade o tudo deles não é nada para nós. fique com Deus e que o espirito do Deus altissimomo te console.

  • Luzia_ignez

    Ola´marciana tambem perdi meu pai no dia 30/01/2012 com choque septico ele tinha 80 anos e tambem acho que poderia ter feito mas alguma coisa, mas na verdade não podemos, o melhor é pensar que enquanto ele estava vivo fizemos tudo por eles e nada pode mudar isso. tambem estou assim inconformada com sua morte, mas o que adianta nossa revolta nao vai mudar as coisas. temos sim que nos revoltar contra esse descaso dos medicos que pensam que fazem tudo quando na verdade o tudo deles não é nada para nós. fique com Deus e que o espirito do Deus altissimomo te console.

  • Luzia_ignez

    Meu pai morreu após ter sentido nauseas , vomito e dor abdominal, foi internado no cti com choque séptico e morreu apos uma parada cardiaca. insuficiencia multipla dos orgãos, insuficiencia respiratoria aguda, abdomem agudo e choque septico, não consigo entender ainda o que foi que causou esse choque septico, será que foi alguma coisa estragada que ele comeu? me ajude a entender um pouco isso os medicos não dizem muita coisa. sinto que houve um certo desleixo em sua primeira ida a emergencia na sexta eles medicaram e ele foi dispensado no sabado de madrugada já voltou com a barriga inchada e cheio de dor, mal andava, muito gelado nos pes e nas maos, confuso em falar onde era a dor e diante disso foi internado no cti no sabado no domingo entubado e na segunda morreu.tudo está muito confuso na minha cabeça. me ajude a entender um pouco isso tudo.

  • marciana

    doutor estou em depressao. por causa da perda do meu pai em novenbro. o medico disse que ele faleceu de pneumonia com choque septico o que mais me doi e que ele faleceu comigo no quarto. leio os comentarios da doenca e vejo que nao fizerao nada por meu pai. enternou tres vezes com pneumonia da ultima vez e que foi terrivel . ele gemia de dor nao fizerao nenhum raio x eles usarao o antigo. ficou quatro dias na emergencia. nao fizerao inalacao. no segundo dia o rim parou e ele continuou na emergencia ele parecia que estava desmaiado foi qdo no quarto dia a pressao comecou ficar baixisssima a enfermeira abriu um pouco mais agua pela sonda e mandou ele par o quarto numa cadeira de roda todo largado e com as pernas e calcanhares todo com escara . colocarao na cama depois de meia hora veio medir a pressao que estava baixisssima novamenteo ax enfermagem abriu a sonda para sair mais agua e nao derao nenhum medicamento na veia p subir a pressao. a diabete de estav quatrocentos e oitenta altissima derao insulina e largarao ele no quarto gemendo a noite toda. o pior veio no dia seguinte . ele estava largadinho na cama pressao baissima comecou ficar vermelho com falta de ar chamei o enfermeiro foram atras oxigenio acharao quase vazio colocarao nele e largaro o meu pai estava morrendo era o choque e eles so vierao na hora que eu me desesperei e pedi pela amor de deus meu pai esta morrendo era tardeele foi comigo la que desispero que dor . Todos os dia pesso que ele me perdoa deveria ter feito mais . obrigado o enfermeiro ter dado atencao a ele ele dependia de mir responder por ele ja que ele esta desacordado. estou desabafando quem tiver um enteporque querido briga por ele. porque a dor da perda e triste mais triste e saber nao fizerao nada .como o idoso sofre nesse nosso brasil . meu pai ia fazer setenta e dois anos era uma pessoa maravilhosa e tinha muito medo do hospital .

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marcia,
    esse quadro é indicação para internação hospitalar

  • marcia

    DR o que fazer se uma pessoa com pneumonia o rim parar e ela estiver com escaras e e diabetica principalmente idoso . trabalho co velhinhos aqui o pessoal nao esta nem ai.

  • paloma simoes

    acabei de perder minha tia ela teve uma sepse pulmonar ,agora pude entender o que a levou a óbito bem esclarecedor.

  • Carla Vieira

    minha mãe morreu há um mês de choque septico. ela fez uma cirurgia de apendice no sábado(12/11), saiu do centro cirurgico bem, ficou na uti dois dias pq não tinha vaga nos quartos do ICP(Instituto Cardio Pulmonar em Salvador), na segunda à noite teve vômitos com coloração e cheiro de fezes e o abdomen bem distendido, na terça cirurgião passou para dar uma olhada nela pq a família solicitou, acrescentou algum remédio na prescrição anterior,na quarta ela já estava com a voz bem fraca e sentindo muito incomodo, mandamos chamar o cirurgião novamente – ele não estava – veio o médico responsável pelas cirurgias gerais do hospital, disse que ela estava ótima…tinha que andar para desfazer os gazes.À noite ela passou mal e voltou para a UTI com fezes saindo pela boca e tinha aspirado esse líquido contaminado ocasionando uma grave pneumonia e veio a falecer no sábado 19/11. ASSIM SE PERDE UMA MÃE, SIMPLES ASSIM, RÁPIDO ASSIM.

  • http://www.blogger.com/profile/00919647488579770595 marcosadm

    Isso prova como o corpo humano e muito frágil, qualquer coisa é problema…

  • http://www.ganhar-dinheiro-na-internet.com/ Vivian Assis

    Eu vim ver de novo essa matéria do choque séptico por causa do jogador Sócrates, o caso dele deve ter sido esse mais grave né. No caso dele acredito que o problema tenha se agravado por causa de todos esses problemas que ele teve anteriormente.
    Eu amo esse blog, é muito bom.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @alesantana7
    Sim, é comum haver desorientação e confusão durante uma sepse grave.

  • alesantana7

    Minha esposa desenvolveu septicemia, com origem um uma inflamação renal. Socorremos a tempo e ela esta internada tomando medicamentos atraves da veia. Tem tido alucinações e febre. Gostaria de saber se isso é normal?

  • Anonymous

    Blog, muito bom, bem esclarecedor. Infelizmente perdi meu pai nessas condições, estava com pneumonia e tinha diabetes, entrou em choque, foi para o CTI e faleceu em apenas 1 dia. A vida é assim!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Alexandre
    Dependendo da causa podem voltar, mas o risco de morte é muito elevado nestes casos

  • Anonymous

    OI!!!
    Gostaria de saber, quando á falencia multipla do orgãos, esses orgãos que pararam não voltam mais a funcionar ou existe alguma chance que isto aconteça?

    Desde de ja agradeço.

    Alexandre

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Patricia
    3 a 4 dias. Tenho um texto sobre meningite com várias informações: http://www.mdsaude.com/2009/05/meningite.html

  • Anonymous

    Olá Dr Pedro. Obrigada pelas informçaões.
    Gostaria de esclarecer mais uma dúvida.
    Quanto tempo após o contato com a pessoa que teve meningite a doença pode se manifestar na criança que teve este contato?

    Grata
    Patrícia.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Patrícia
    Neste caso não adianta a vacina, é preciso que ele vá a um posto de saúde ou ao pediatra para se avaliar a necessidade da profilaxia com antibióticos.

  • Anonymous

    Olá Dr. Bom dia.
    Primeiramente, parabéns pelo blog.
    Li o seu texto sobre meningite e fiquei com algumas duvidas.
    Por favor, tenho um filho de 2 anos e outro de 9 e ambos tiveram contato com uma criança que mora ao lado de casa que teve meningite bacteriana, mas a mae da criança só nos avisou 5 dias após a internação.NINGUEM SABIA que ele estava internado e com MENINGITE BACTERIANA.
    O meu filho menor no dia em que o menino foi internado teve muito contato com ele, beijou o menino que teve meningite, abraçou, e eu estou muito preocupada.
    Qual é o período que a doença se desenvolve?
    Após 5 dias ainda da tempo de tomar a vacina?
    E se ele já estiver infectado e tomar a vacina, tem algum problema?
    Eu preciso tomar os remédios para combater a meningite, uma vez que os meus filhos tiveram contato com o garoto?
    Por favor, estou DESESPERADA
    Muito obrigada.
    =Patrícia

  • Anonymous

    Olá Dr. Pedro, me chamo Suélen, sou estudante de medicina,e achei em seu blog formidavel, queria lhe parabenizar pela iniciativa, pois o senhor exemplifica muito bem doenças que antes para os leigos era de dificil acesso ou entendimento, o senhor a transforma em informação clara e direta, não só aos estudantes de medicina, como as pessoas comuns que estão em busca de respostas sobre certas doenças.
    Espero que o senhor continue exercendo essa brilhante vocação que nos cabe de salvar vidas, e dê continuidade aos seus ensinamentos, abraço.

  • Anonymous

    Olá Dr. Pedro
    Gostei mto do blog!
    Eu tive um quadro de sepse grave há uns 2 anos, devido a um câncer.
    Sobrevivi à sepse e me curei do câncer!!!

  • Etelma

    Nao tinha nem idéia do que era sepse, agora com essa materia ficou claro e me facilitou entender algumas situções pela qual passei e vi amigos passarem. Muito bom, continue sempre nos informando. Parabéns e que Deus sempre ilumine vc e sua familia.

  • Wilkr Mendonça

    Parabéns pela iniciativa. Pelo menos já tenho ideia de como é esse inimigo.

    Neste momento, minha esposa está em um CTI recuperando-se da cirurgia de retirada do apêndice. Estou pedindo a Deus que ilumine a todos da equipe e que dê forças a ela para vencer mais este dasafio! Temos um filho – cujo nome também é PEDRO – e preciso dela para fazer dele um homem de caráter. Espero em Deus a recuperação dela!

    Dr.Pedro, amanhã mesmo vou saber se os médicos estão me escondendo alguma coisa ou não. Muito obrigado, mais uma vez! Que Deus abençõe sua família e sua missão!

  • jacomo fernando fonseca

    obrigado por esclarecer minhas duvidas
    pois minha mamae foi vitima
    agora espero que deus possa tela em
    bom lugar

  • Anonymous

    Gostei muito do blog e das respostas às perguntas são educadas e sinceras.
    Parabéns!

  • http://www.blogger.com/profile/08370225607300738798 renci

    doutor tive sepse urinária 29/08/2009 fiquei em coma por 20 dias ,so agora consegui pesquisar o assunto.procuro ficar atenta aos sintomas diante dos comentarios que li, realmente sou um milagre da vida

  • http://www.blog.clacelestial.com/2008/06/fim-do-mundo-segundo-os-maias.html gadarf

    Isso parece doer bastante.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Adriana
    Não.
    Meus pêsames pela sua mãe.

  • Anonymous

    bom dia doutor !!
    Perdi minha querida mae com sepse a 4 meses eu tive contato com o sangue dela enquanto estava no hospital. Gostaria de saber se tem a possibilidade de eu contrair essa doença por contaminação ao ter contato com o sangue contaminado?

    Adriana

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Bruno,
    tenho um texto sobre meningite
    http://www.mdsaude.com/2009/05/meningite.html

    Sim, em alguns casos ela pode levar a morte em questão de 24-48 horas

  • Bruno Calió Carvalho

    Dr. bom dia.

    Oque é meningite aguda ? a meningite pode ocasionar a morte de um dia para o outro em idosos e crianças ?!

    Obrigado.

  • Anonymous

    Dr. Pedro sou acadêmica de enfermagem , mas ao contrário que o senhor orienta gosto muito de ler os seus textos, pois eles são claros, precisos e objetivos. Parabéns pela iniciativa !

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Meus pêsames.

  • denise cristina

    gostei muito de saber de tudo com detalher acabei de perde o meu filho com sepse neonatal e choque séptico

  • Anonymous

    perfeito os testos compreendi e adorei tudo o que li parabens michely

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Diana,
    eu tenho um texto sobre leucemia. Porém, escrever um texto somente sobre LMA-m3 seria muito específico. O objetivo do blog não é bem esse, por ora.
    abs

  • Anonymous

    Parabénsssssssss!!!Adorei o seu blog!Muito claro, principalmente, para leigos como eu!

    Gostaria de sugerir um tema: LMA-M3.
    Sei q talvez o senhor não seja especialista no assunto, mas gostaria de saber especificamente qual seria a minha chance de reincidiva e cura total.
    Estou em remissão a 1 ano e meio.

    E-mail: diufrj@ig.com.br

    Abraços,

    Diana

  • Nayhara

    Olá gostaria apenas de agradecer pela criação do seu blog,tão rico em informações,realmente um meio muito útil para “necessitados” de esclarecimentos,ajuda ou algo do tipo.Estudo pra cursar medicina e interesso-me bastante porque qualquer assuntos relacionados a área da saúde,meus parabéns pela iniciativa Dr..
    Abraços!!

  • Annelisie

    Olá,bom gostaria apenas de cumprimentar pelo blog e pela maneira que foi abordado o tema,sou estudante de enfermagem e amanhã tenho uma prova sobre o assunto,e pra dizer a verdade só entendi de verdade o tema aqui..rs!

    Meus Parabéns e Obrigada!

  • Igor Rodolpho.

    Gostei muito do blog…
    É realmente bem legal,além de conter muitas informações úteis em linguagem “leiga”.

  • Louis Gogol & Troy

    Muito bom o blog parabéns

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Amanda,
    Se após 72 horas não houve melhora, sugiro que vc volte ao médico para ser reavaliada. Pode ser necessário mudar a estratégia terapêutica

  • Amanda

    Olá Dr Pedro,
    Fiz um exame de urina e os resultados me deixaram assustada:

    -Proteina:+++
    -Hemoglobina:+
    -Leucocitos: 2.425.00/ml
    -Hemacias: 19.400/ml
    Filamentos de muco: ++
    Bacterias: +++

    E a urocultura detectou a presença de Escherichia Coli (maior que 500.000 col/ml)

    Levei o resultado ao médico e ele me receitou um antibiotico, que estou tomando há 48 horas..porém continuo com febre alta e dor na região do rim direito! Isso é normal? Tenho muito medo de estar com sepse.
    Aguardo resposta.
    Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Rubens,
    Se os exames de sangue e urina não acusaram nada, vc pode ficar mais tranquilo e aguardar a colonoscopia no dia 1 de Outubro

  • Rubens

    doutor fiquei preocupado com o texto acima, tem mais ou menos
    45 dias que começou um problema intestinal que até já citei ao senhor.
    o exame de colonoscopia é só dia 1/10 porem sinto ardencia nas costas que naum passa, e continua a perda de peso acentuada.
    fui ao medico semana passada e os exames de sangue e urina naum acusaram absolutamente nada.
    oque o senhor me aconselha?
    um grande abraço!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Celia,
    Vc já está medicada com antibióticos. Agora é uma questão de observar a evolução. Sua febre tem que desaparecer em 48h, 72h horas no máximo.

    Se vc notar piora do quadro, começar a ficar mais prostada, tiver vômitos etc… deve procurar o médico novamente.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    O que eu psso dizer é que o gemifloxacino é realmente um dos antibióticos indicados para pneumonia.

    Agora é aguardar o efeito do remédio e a consulta com o pneumologista

  • Família Santana

    Olá,

    Eu nao sei pq mas acho que suspeito que estou com pneumonia, li os artigos, me enquadro em muitos sintomas, menos o da febre, não tenho febre, pelo menos, nao percebo só se ela vem qdo estou dormindo, pq muitas vezes transpiro a noite fui a um medico e ele me encaminhou pra um pneumologista, e me medicou com “Factive gemifloxacino mesilato 320 mg” 1 comprimido ao dia. Há algo a dizer sobre isso? Se sim me amnde no email ailtonsantana@hotmail.com

  • Carol Oliveira

    olá, gostei muito do blog, estava buscando informações sobre sepse, já que meu sogro está internado e sobreviveu a isto… Ele foi internado pra operar a perna que tinha fraturado. No hospital o quadro evoluiu pra sepse, mas o mais estranho é que nenhum médico nos disse isso, falavam apenas que não sabiam o que era e que o estado era gravíssimo… mas lemos em um papel próximo a cama e resolvemos pesquisar, os sintomas bateram… pressão arterial baixa que foi tratada com noradrenalina, insuficiência renal, hemorragia estomacal, respiração insuficiente… voltarei mais vezes, gostei da linguagem de simples entendimento pra pessoas leigas como eu.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Tânia,
    Primeiramente meus pêsames pela sua perda.

    Entendo perfeitamente seus sentimentos, porém seria muita irresponsabilidade minha, aqui do outro lado do oceano (vivo em Lisboa) tecer qualquer comentário ou crítica em relação a conduta do colega médico. Eu não tenho nunhum dado em mãos para poder fazer uma avaliação do que realmente aconteceu.

    Desculpe-me mais não tenho como dizer se a alta dela foi precipitada ou não, e se isso foi determinante para o desfecho trágico.

    abs

  • TaninhÁ

    Bom Dia.. Dr° Pedro
    No dia 27/03/2009..perdi minha mãe c/ FALENCIA MULTIPLA ORGANICA,CHOQUE SEPTICO,SEPSE,HEMORRAGIA DIGESTIVA ALTA..Porem 21 dia antes do FALECIMENTO minha mãe teva uma hemorragia Digestiva,levei-a para o hospital,ficando enternada 8 dias,entretanto o medico q a atendeu mesmo ela não estando ainda totalmente boa deu alta,inssisti pra que ele a mantivesse internada mas ele disse que minha mãe estava boa e podia ir pra casa..em casa notei q ela estava só piorando,levei em outro medico e esse me disse que nunca ela podia ter tido alta do hospital,fez então uma reiternação urgente(msm hospital) do trageto do consultorio ate o hospital(serca de 5 min.) eu vi minha mãe piorar inexplicavelmente,qd chegamos no hospital ela foi direto para o CTI e ficou apenaz 3 dias c/ vida,vindo a falecer.
    E a causa morte foi essa que no inicio descrevi para o Sr°.
    O que não entendo Dr° é porq o 1° medico não entendeu o estado da minha mãe..porq NEGLIGENCIOU e qd fui pedir dele uma explicação ele falou apenaz em termos TECNICOS e ainda me disse que o medico do CTI me explicaria td,e saiu pela TRANGENTE..
    Dr° por favor me explique,pelo amor de Deus..pois estou sendo levada por um sentimento muito forte de RAIVA!
    Um grande abraço..
    Tânia Viana de Carvalho
    OBS: (tania.vianna@yahoo.com.br)

  • Sueli – Porto Alegre

    Vou ver…abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Miguel,
    As sugestões já estão anotadas.
    O da diarréia já estava escrevendo, deve sair brevemente. Em relaação aos outros 2 temas prometo escrever sobre eles. Só peço paciência pois tenho recebido pelo menos 3 ou 4 pedidos todos os dias e não consigo dar conta de tudo.
    Escreverei com certeza, só não posso prometer uma data

    abraços e obrigado pelas sugestões

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Suely,
    Uma das propagandas do blog, quando se passa o mouse por cima, emite uma risada.
    Confira se não é o caso.
    Como é o Google que escolhe quais propagandas são exibidas aqui, ocorre um rodízio dos anúncios, e as vezes ele aparece.
    abraços.

  • http://visaoenfernaldacoisa.blogs.sapo.pt/ Miguel

    Boa noite.

    Mais uma vez felicito-o com a simplicidade do seu discurso e o cuidado que tem com a linguagem para aceder à população em geral.

    Queria sugerir-lhe 3 temas de assunto para o blogue (como autor de um reconheço muitas vezes a dificuldade em criar temas novos para escrita). Daí, e atendendo a que muitos dos pacientes frequentemente sugerem esclarecimentos sobre estas matérias, sugiro:
    “O que é a asma?”
    “Como tratar a diarreia?”
    “O que é um TCE?”

    Continuação do excelente trabalho. Cumprimentos

    E. Miguel

  • Sueli – Porto Alegre

    Dr. acho que o blog tá com vírus…soa uma risada eletrônica.Passei antivirus no meu CP e uns dias parou…ontem voltou!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Obrigado Marcella e Ricardo

    Se tiverem sugestões de assuntos é só escrever.

    Abraços

  • Marcella

    Sou assessora de imprensa de uma empresa da área da saúde e adorei o blog, existem aqui várias informações úteis, com fácil entendimento para leigos. Adorei, parabéns!

  • Anonymous

    Bom dia
    Excelente blog,
    Tava procurando algo assim há muito tempo
    parabens pela inciativa

    Ricardo