Fotos de psoríase (todos os tipos)

Atualizado:

Tempo estimado de leitura: 4 minutos.

Introdução

A psoríase é uma doença de origem autoimune que surge quando o ciclo de vida das células da pele fica muito acelerado, resultando em um rápido acúmulo de células mortas da pele.

Essas células que se acumulam formam escamas grossas e manchas vermelhas e ressecadas que podem provocar coceira ou dor. Em alguns casos, bolhas cheias de pus aparecem.

A psoríase costuma ser classificada em 7 tipos diferentes, de acordo com a aparência e o comportamento das lesões. São elas:

  • Psoríase em placas.
  • Psoríase gutata.
  • Psoríase invertida.
  • Psoríase ungueal.
  • Psoríase no couro cabeludo
  • Psoríase pustulosa.
  • Psoríase eritrodérmica.

Neste artigo, vamos apresentar imagens dos principais tipos de psoríase. Se você procura mais informações sobre a doenças, acesse o seguinte link: PSORÍASE – Causas, sintomas e tratamento.

Imagens

Psoríase em placas

A psoríase em placas, a forma mais comum de psoríase, causa lesões que são placas ressecadas, elevadas, avermelhadas e cobertas com escamas prateadas.

As placas podem coçar e serem dolorosas e são capazes de surgir em qualquer parte do corpo, mas são mais comuns nas superfícies extensoras dos joelhos, cotovelos, couro cabeludo, mãos e tronco.

O paciente pode ter apenas algumas placas ou muitas. As lesões ao redor das articulações podem se abrir e sangrar.


Psoríase gutata

A psoríase gutata é o tipo mais comum em crianças e adultos jovens e geralmente é desencadeada por uma infecção bacteriana, como uma faringite bacteriana.

A psoríase gutata é caracterizada por pequenas lesões avermelhadas em forma de gota, principalmente no tronco, braços e pernas. As lesões são cobertas por uma escama fina e não são tão grossas quanto as da psoríase em placa.

O paciente pode ter um único surto que desaparece por conta própria ou pode ter episódios repetidos.


Psoríase invertida

A psoríase invertida provoca lesões avermelhadas, mas com pouca ou nenhuma descamação, nas áreas de dobras, como axilas, virilhas, glúteos, abaixo dos seios e ao redor dos órgãos genitais.

Essa forma é mais comum em pessoas obesas e piora com a fricção e a umidade do suor. As lesões são frequentemente confundidas com infecções da pele por fungos ou bactérias.


Psoríase ungueal

A psoríase pode afetar as unhas das mãos e dos pés, causando rachaduras, pequenas depressões, crescimento anormal e descoloração. Nos casos mais graves, as unhas podem ficar seriamente danificadas e cair.

A psoríase das unhas geralmente vem acompanhada de outro tipo de psoríase, como em placas.


Psoríase de couro cabeludo

A psoríase do couro cabeludo surge como áreas vermelhas com escamas branco-prateadas que costuma causar comichão. As manchas escamosas podem se estender além da linha do cabelo, aparecendo na testa, nuca e ao redor das orelhas.


Psoríase pustulosa

Esse tipo incomum de psoríase pode surgir como uma reação a uma infecção, estresse, medicamentos ou contato com certos produtos químicos.

A psoríase pustulosa provoca lesões avermelhadas, dolorosas e com pústulas (bolhas com pus) em sua superfície. Quando secam, as lesões tornam-se amarelados e escamosos.

Geralmente aparece nas palmas das mãos ou na parte inferior dos pés. As bolhas podem se romper, deixando a pele rachada e dolorida.


Psoríase eritrodérmica

Essa é a forma mais rara e grave de psoríase. Ela cursa com grandes áreas da pele avermelhadas, como queimaduras solares, que descascam. As lesões podem cobrir praticamente o corpo todo, coçam e doem.

A psoríase eritrodérmica é uma emergência médica, pois a pele toda inflamada perde sua capacidade de agir como barreira contra germes do meio externo, deixando o paciente exposto a infecções graves.

Autor(es)

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Universidade do Porto e pelo Colégio de Especialidade de Nefrologia de Portugal.

Temas relacionados
Erisipela Erisipela e celulite: sintomas, causas e tratamento
Gota: o que é, sintomas, crises e tratamento Fotos da doença gota (artrite gotosa)
Desidrose Disidrose: causas, sintomas e tratamento
Pitiríase rósea Pitiríase rósea: sintomas, causas e tratamento
Dermatite perioral Dermatite perioral: o que é, causas, sintomas e tratamento
Psoríase Psoríase: o que é, sintomas, tipos e tratamento
Fotos de disidrose (eczema disidrótico) Fotos de disidrose (eczema disidrótico)
Eczema numular Eczema numular: causas, sintomas e tratamento
Hiperidrose Hiperidrose (suor excessivo): causas e tratamento
Mau cheiro nas axilas Bromidrose axilar (mau cheiro das axilas)
dermatite seborreica Dermatite Seborreica: causas, sinais e tratamento
Alergia na pele - urticária 6 causas comuns de alergia na pele
Dermatite de contato Dermatite de Contato: causas, sinais e tratamento
Dermatite atópica Dermatite atópica: sintomas, causas e tratamento
Brotoeja Brotoejas no bebê (miliária) – Causas e tratamento
eczema 6 tipos de eczema: causas, sintomas e tratamento
COMENTÁRIOS
Por favor, leia as regras do site antes de enviar a sua pergunta.

Deixe um comentário

22 comentários em “Fotos de psoríase (todos os tipos)”

  1. Boa noite! Moro no nordeste, tenho um filho de 11 anos , seis meses indo de médico em médico e não sabem se meu filho tem psoríase oi dermatite. Preciso de ajuda .Deus esteja com vcs

    Responder
  2. Psoríase na planta dos pés formando rachaduras com dor, minha irmã está sofrendo muito e até agora os os remédios receitados não tem tido efeito

    Responder
  3. Olha só tenho no pé parte interna.si eu retirar a camada grossa ou casca vejo umas bocas aberta por onde sai secreção. Dói e resseca mto

    Responder
  4. Tenho um problema na pele.

    Os médicos dizem que é problemas de circulação.

    As pernas incham do joelho pra baixo.

    Psoríase ou Erizipela?

    Como Saber?

    Responder