Prolapso mitral: o que é, sintomas, causas e tratamento

Atualizado em
Comentários: 126

Introdução

O prolapso da válvula mitral (PVM) é um defeito congênito do coração que afeta a função da válvula mitral.

A válvula mitral é uma das quatro válvulas do coração, e a sua principal função é regular o fluxo de sangue entre o átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo. Este defeito tem origem durante a formação da válvula mitral no útero e pode variar em gravidade.

Enquanto algumas pessoas com PVM podem não apresentar sintomas ou complicações a longo prazo, outras podem necessitar de tratamento médico ou intervenção cirúrgica para resolver o problema.

A importância de compreender o prolapso da válvula mitral é que este pode levar a uma série de complicações se não for tratado adequadamente. Estas complicações podem incluir insuficiência cardíaca, arritmias e outras condições que podem afetar negativamente a qualidade de vida do paciente.

Por isso, é crucial compreender a anatomia das válvulas cardíacas e como o coração funciona normalmente para compreender o prolapso da válvula mitral e como esta pode ser tratada eficazmente.

Coração normal

Conhecer a anatomia das válvulas cardíacas é essencial para entender o prolapso mitral.

O coração possui quatro câmaras: dois átrios e dois ventrículos. O coração também possui quatro válvulas ou valvas: válvula aórtica, válvula mitral, válvula tricúspide e válvula pulmonar. As válvulas são estruturas localizadas na saída de cada uma das quatro câmaras cardíacas e impedem que o sangue bombeado retorne para a câmara que o expulsou. As válvulas agem como comportas.

A válvula mitral, objeto de explicação deste texto, fica localizada entre o átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo.

Quando o átrio esquerdo se contrai, a válvula mitral se abre, permitindo a passagem do sangue para o ventrículo esquerdo. Quando este está repleto de sangue, é sua vez de contrair, empurrando o sangue em direção à artéria aorta. Nesse momento, a válvula mitral se fecha, impedindo que o sangue volte para o átrio esquerdo. Desse modo, o sangue segue sempre em uma direção apenas.

Prolapso válvula mitral

A válvula mitral é composta por dois folhetos. Estes folhetos se abrem como aquelas portas de saloon em filmes de Velho Oeste. Quando o sangue termina de passar, se fecham, encostando firmemente um folheto no outro, vedando completamente a passagem.

  • Quando há algum problema no fechamento de uma das válvulas, permitindo retorno de sangue para uma das câmaras, chamamos de regurgitação ou insuficiência. No caso de um problema no fechamento da válvula mitral, damos o nome de regurgitação mitral.
  • Quando o problema é uma deficiente abertura da válvula, não permitindo a livre passagem de sangue, chamamos de estenose. Portanto, se a válvula mitral estiver calcificada e já não conseguir se abrir totalmente, estamos diante de uma estenose mitral.

O que é o prolapso da válvula mitral?

O prolapso mitral é um defeito congênito no tamanho dos folhetos, fazendo com que a válvula não consiga se fechar corretamente. Um folheto empurra o outro, fazendo a válvula assumir a forma de um paraquedas, causando o prolapso da mesma em direção ao átrio esquerdo.

Prolapso da válvula mitral

O prolapso da válvula mitral é uma das causas de regurgitação mitral, pois os folhetos se empurram e não vedam completamente a passagem de sangue.

Até recentemente, achava-se que o prolapso mitral era uma alteração muito comum, que acometia de 5% a 10% da população. Com o desenvolvimento de ecocardiogramas mais modernos, notou-se que boa parte das pessoas que recebiam o diagnóstico de prolapso mitral, na verdade não o tinham, mas sim discretas alterações na anatomia normal da válvula mitral, que não chegam a causar um prolapso. Estima-se que a prevalência real do PVM esteja abaixo de 2,5% de população.

Classificação

  • O prolapso mitral é considerado primário quando não está associado a nenhuma outra doença e surge sem razão aparente.
  • É chamado familiar quando está relacionado com anomalias cromossômicas hereditárias e mais do que um membro da família tem o defeito.
  • É chamado secundário quando está ligado a outras doenças, tais como a síndrome de Marfan, síndrome de Ehlers-Danlos, osteogênese imperfeita ou doença renal policística.

Sintomas

Nem todos os pacientes com prolapso mitral apresentam sintomas. Na verdade, boa parte das pessoas com PVM são assintomáticas. Quando ocorrem sintomas, estes normalmente são:

A presença de um ou mais destes sinais e sintomas, associados a um sopro cardíaco, indica a síndrome do prolapso da válvula mitral. Portanto, nem todo mundo com prolapso mitral tem a síndrome do prolapso mitral. Para se ter a síndrome é preciso ter o defeito na válvula, apresentar sintomas e ter sopro cardíaco.

Apesar de ser uma alteração benigna na maioria dos casos, até 10% dos pacientes com prolapso de válvula mitral vão apresentar piora progressiva da lesão, precisando de cirurgia de troca valvar no futuro. Quanto maior for o prolapso, maior o risco de evolução para um quadro de regurgitação mitral grave.

Outras duas complicações possíveis, mas pouco comuns, do prolapso mitral são a endocardite infecciosa (infecção das válvulas) e arritmias cardíacas.

O diagnóstico do prolapso mitral é confirmado facilmente pelo ecocardiograma.

Tratamento

Mudanças no estilo de vida, como praticar exercícios aeróbicos, cortar cafeína, reduzir o consumo de álcool e levar uma vida menos estressante, melhoram muito os sintomas da síndrome do prolapso mitral. Pacientes com palpitações frequentes podem se beneficiar do uso de um betabloqueador (medicamento que controla os batimentos cardíacos).

Pessoas com prolapso mitral têm maior risco de desenvolverem crises de pânico e ansiedade, devendo, nestes casos, serem encaminhadas à consulta com psiquiatra, para controle adequado dos sintomas.

A princípio, não há limitações dietéticas (exceto as descritas acima) nem restrições à prática de atividade física para pessoas com prolapso mitral. Porém, uma consulta com um cardiologista é essencial para se ter certeza de que o prolapso não está causando nenhuma regurgitação relevante.

Como já referido, pacientes com regurgitação grave da válvula mitral frequentemente precisam de cirurgia de troca valvar.

Mulheres com prolapso mitral, sem insuficiência mitral importante, não apresentam problemas quando engravidam.

Prolapso mitral e endocardite

Segundo as orientações mais recentes da Sociedade Americana de Cardiologia (American Heart Association), ao contrário do que ocorre em pacientes com outras doenças das válvulas do coração, não há indicação de profilaxia (uso de antibióticos preventivamente) para endocardite em pacientes com prolapso mitral que irão se submeter a procedimentos dentários.


Referências


Autor(es)

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Universidade do Porto e pelo Colégio de Especialidade de Nefrologia de Portugal.


O Artigo te Ajudou? Então nos Ajude Agora!
Se você achou este artigo informativo e útil, por favor, considere compartilhá-lo nas suas redes sociais. Cada compartilhamento não só ajuda outras pessoas a obterem informações de saúde de qualidade, mas também contribui significativamente para o crescimento do nosso site.
Temas relacionados
Sopro cardíaco Sopro cardíaco: o que é, causas e sintomas
Palpitações Palpitação no Coração: Taquicardia e Arritmias Cardíacas
Febre reumática Febre Reumática: causas, sintomas e tratamento
Fibrilação atrial Fibrilação atrial: o que é, causas, tratamento, risco de AVC
Pericardite Pericardite: o que é, causas, sintomas e tratamento
Endocardite Endocardite: o que é, sintomas, tratamento e profilaxia
Miocardite Miocardite: o que é, causas, sintomas e tratamento
Aneurisma aorta Aneurisma da aorta abdominal
Wolff-Parkinson-White O que é a Síndrome de Wolff-Parkinson-White?
Síndrome do coração partido O que é a síndrome do coração partido?
- Publicidade -
COMENTÁRIOS
Por favor, leia as regras do site antes de enviar a sua pergunta.

Deixe um comentário

126 comentários em “Prolapso mitral: o que é, sintomas, causas e tratamento”

  1. Doutor, fui no cardiologista, fiz um eco e constou que eu tenho prolapso, médico disse que é normal, porém estou sentindo pontadas do lado esquerdo do peito, como se fosse pequenas fisgadas ou choques, isso pode ser consequências do prolapso? Comecei a sentir isso de uns tempos para cá, mas o médico não me falou se é referente ao problema.

    Responder
  2. Doutor, no exame está escrito “prolapso mitral mínimo”. Antes, nos exames dava moderado.
    Pode acontecer de meu prolapso/sopro sumir?

    Tenho sopro desde bem novinha, não sei se é de nascença.Tenho 23 anos hoje

    Responder
  3. bom dia ,queria saber se quem tem sopro leve pode fazer musculação,como levantamento de peso,agachamento exercicios que exige um pouco mais de esforço fisico?

    Responder
    • Não há um exame único que sirva para todas as causas. A primeira coisa a fazer é descobrir a origem do trombo. Para isso, o doppler dos membros inferiores costuma ser o mais indicado, pois é lá que surgem a maioria das tromboses que viram embolia pulmonar. Uma vez descoberto o local do trombo, a investigação da sua origem é bem mais complexa.

      Responder
    • Como assim aplicação? Se você se refere ao risco de endocardite, não há indicação de profilaxia com antibióticos antes de procedimentos odontológicos.

      Responder
  4. Minha mãe tem 78 anos, tem insuficiência cardíaca e usa marcapasso há 5 anos. Toma carvedilol, amiodarona, aldactone, sinvastatina e aas diariamente. Não obstante isso, tem falta de ar direto, com crises no qual tenho que procurar o PS para oxigênio (dispneia). Após varios exames, o médico concluiu que não há mais nada a fazer. Pergunto: não há nada mais? Ela vai conviver com isso até … Pode me auxiliar?

    Responder
  5. ola doutor acho muito legal que vc esteja ajudando a todos que tem esse poblema a entender melhor, e deixando a todos mais tranquilos, eu tenho 19 anos e decobri que tenho prolapso no folheto posterior na valvula mitral, e um leve escape mitral. bem fiz o holter e deu 450 extra sistoles supra- ventriculares fiquei encucado com isso um tempo mais agora estou tranquilo, gostaria de saber se arritmias supra-ventriculares podem levar a parada cardiaca, e o que singnifica distubio de condução intra ventricular que apareceu no meu eletro. agradeço desde ja e sucesso com sua carreira

    Responder
    • Há arritmias supraventriculares que são potencialmente graves, como a taquicardia supraventricular. Distúrbio de condução intra-ventricular é um termo apenas descritivo. Ele diz que a condução elétrica pelo ventrículo está alterada, mas não diz qual é a causa.

      Responder
    • Pode, assim como qualquer pessoa pode infartar. Se a sua dúvida é se o prolapso aumenta o risco de infarto, a resposta é não.

      Responder
  6. Olá dr. No meu DIAGNÓSTICO deu prolapso dos folhetos da valva mitral sem disfunção. Gostaria de saber o quê significa?, se tem algum tipo de tratamento? grato.

    Responder
  7. Olá Dr. descobri que tenho prolapso da valva mitral a muitos anos atras, uns 20 anos mais ou menos.
    Na época o médico disse p minha mãe que não era nada grave, que isso não me afetaria. Realmente nunca tive nenhum desses sintomas a não ser dor de cabeça. Agora com 34 anos de idade engravidei e esqueci de falar p o meu obstetra sobre o problema, estou agora com 38 semanas e me lembrei do problema, eu o informei e ele quer me ver, até adiantou o dia da consulta, agora fiquei nervosa, será que não poderei ter parto normal, que é o que eu gostaria? Gostaria da sua opnião antes de conversar com ele. Estou bem e meu bebê tbem, minha gravidêz foi mt boa e tranquila graças a Deus. Me responda por favor. Meu email é luci-leao@bol.com.br

    Responder
  8. olá descobri poucos meses que eu tenho prolapso posso tomar anticoncepcionais?
    eu sinto muito imcomodo e muita vibrações no coração e não tomo medicamento menhum
    devo tomar medicamentos?e esse medicamento e pro resto da vida.obrigada pela resposta.

    Responder
  9. Olá! Numa bela manhã acordei com muita dor no peito quando deitava do lado esquedo meu coração disparava como se fosse explodir, achei que estava dormindo de mau jeito e tentei arrumar uma posição em que não sentisse dor, mas piorou, ficou tonta e a dor aumentava cada vez mais, sentei na cama e liguei para o meu esposo que me alertou para que ficasse calma, porque o nervosismo poderia piorar a situação, resolvi então mesmo estando tonta ir até o banheiro tomar um banho, mas a dor não melhorou, estava muito mal, liguei novamente para ele para que viesse do trabalho me buscar para ir ao hospital, chegando ao hospital pela emergência a médica disse que não era nada sério, fiz apenas um eletrocardiograma e fui medicada, em menos de uma hora voltei para casa, sendo que a médica passou a receita de diclofenaco para que eu tomasse, pois o que eu estava sentido era muscular……???????? Gente, sério mesmo..fiquei péssima, mas aceitei e tomei o remédio, mas de nada adiantou..novamente voltei ao pronto socorro e dessa vez o médico apenas olhou os exames que eu já havia feito e me medicou torsilax……????..desisti de ir para o hospital público, então marquei uma consulta com um cardiologista que mandou que refizesse todos os exames, e logo descobriu uma alteração no meu eletrocardiograma, receitou um remédio e repouso, melhorei?…sim melhorei, porém até hoje sinto um certo desconforto e quando vou me deitar meu coração pulsa muito forte dentro do ouvido…muito forte mesmo??? O que será isso?

    Responder
  10. eu sinto que meu coração bate muito muito forte,sinto ele batendo no pé,na barriga,vejo no meu pescoço. e eu estou tendo umas crises,meu coração parece que da uns pulos,o batimento fica errado,mas por um segundo só,e começa a bater bem rápido de novo. ja fiz teste de esforço,e outros exames,e sempre o medico diz que deram bons os exames,mas pq eu sinto ele batendo errado? e quando eu corro me da isso tamb,as vezes de eu assoprar,pular , tamb me da “esses pulos”. não sei oq fazer,cada dia fico mais assustada,tenho muito medo de ter alguma coisa. alguem poderia me dizer oq tenho? me dar uma luz? por favor

    Responder
  11. parabéns!!! amei o seu texto bem resumido e claro, tenho prolapso da válvula mitral e sempre leio sobre o assunto, gosto de saber bem sobre o problema

    Responder
  12. Bom dia sr. Dr. Pedro Pinheiro, tenho uma amiga que descobriu que tinha PROLAPSO DA VÁLVULA MITRAL e que pioro por conta do uso de anticoncepicional, gostaria de saber se isso corresponde.

    Cordialmente.

    Giacon

    Responder
  13. Olá Doutor! meu médico disse que tenho um relaxamento da válvula mitral, o que ocasiona uma lentidão na passagem do fluxo sanguíneo, ainda de acordo com ele isso e um problema congênito,mas sem nenhuma gravidade e sem necessidade de tomar medicação. Uma vez questionado se o cansaço,as dores nas pernas e dificuldade para respirar poderiam se sintomas do relaxamento da válvula, meu médico descartou essa hipótese.Me de sua opinião. Obrigada.

    Responder
  14. Meu nome é Paula tenho 29 anos a cinco anos tenho prolapso mitral todos os ecos que eu fiz confirmou que tenho os sintomas são dores no peito,ombro,ritimia falta de ar indesposição e sinto um liquido gelado derramando do lado esquerdo do peito sinto fadiga dessenpaciencia e ansiedade estou fazendo tratamento psiquiatrico os cardiologista falaram que é erreditario e que não posso fazer cirurgia tomo propranolol não mim deram nem um atestado médico enquanto isso vivo no mesmo sofrimento o que devo fazer.

    Responder
  15. Boa noite! Gostaria de saber se apos a cirurgia da valvula mitral se continuar fumando qual é o risco?

    Atenciosamente; Marcelo

    Responder
  16. ola doutor,me chamo paula.Ha 8 anos sentir me coraçao bater muito acelerado fiz o ecocardiograma e deu q e tnha prolapso da valva mitrial sem regugirtaçao e desde entao vem sentido todos esses sintomas e ja fiz novamente umas 3 vezes e todos deram a mesma coisa esse voltei a fazer agora no mes de agosto e o medico disse que eu nao tinha prolapso e pediu prara refazer o exame novamente, mas continuo sentido os sintomas:tontura ,dor n peito,coraçao bate acelerado. Então tenho ou nao tenho esse problema o q e faço pois estou sofrendo muito…me responda por favor.

    Responder
  17. Olá, Doutor.
    Descobri que tenho o pro-lapso há cerca de um ano. Mas ultimamente os episódios com dificuldade para respirar tem se agravado. Somando-se a eles fraqueza, enjoo e falta de apetite. Alguma sugestão?

    Responder
  18. Olá Doutor,
    Gostaria de saber se posso tomar o anticoncepcional Repopil, pois tenho Prolápso de Valvula Mitral, corro algum risco se eu tomar esse anti concepicional?

    Responder
  19. Bom dia doutor. Tenho prolapso da valvula mitral e gostaria de saber se posso beber bebida alcoolica de vez em quando, ou seja, martine, tambem gostaria de saber se bebendo aumenta a falta de ar, e a arritmia.
    marina de Piracanjuba.

    Responder
  20. boa tarde Dr: eu sou cardiopata e tenho duas valvula mecanica gostaria de saber como elas sao realmente e como sao colocadas se dentro do coracao ou por fora do coracao.

    Responder
  21. boa noite Dr:,descobri a um ano e meio que tenho problema cardiovascular,valvula mitral fechada,arritimia cardiaca,almento do miocardio,sempre fui uma pessoa muito ativo sempre fiz minha atividade . jogava bola tres vezes por semana e nunca sentia nada de anormal.hoje faço tratamento no hospital francisca mendes em manaus,estou tomando inalapril,20mg,digoxina 25mg,carvedilol 50mg por dia,e faço tratamento anticoagulante estou tomando marival para controlar o sangue,quero saber se este tratamento e eficaz.meu nome e harley

    Responder
  22. Boa Noite Doutor, já tem algum tempo que venho sofrendo com fortes dores de cabeça, o que a principio foi diagnosticado como enxaqueca, de um tempo p cá, venho sofrendo desmaios, muita falta de ar, medo de tudo, vejo coisas que não existem, tenho muita tontura, não consigo mais ficar em locais com muita gente, salivação acima do normal e fortes dores no peito, passei com um neurologista que diagnosticou sindrome do panico, por isso, estou tomando CLONAZEPAN, meu cardiologista me pediu um ECO que teve como conclusão: Valva mitral com movimentação posterior sistólica, responsável por regurgitação evidenciada ao doppler, prolapso da valca mitral com regurgitação, porém não passou nenhum remedio, continuo sentindo muitas dores no peito, não sei se o clonazepan está atrapalhando, o cardiologista me disse que a unica coisa a fazer, é passar menos estresse, gostaria de saber alguma outra forma de cuidar disso, pois está cada vez pior!
    Muito Obrigada.

    Responder
  23. ola dr,gostaria de saber por que que eu tenho uns trancos no coração e um diconforto quando me acontece isto parece que meu coração vai parar,ja fiz ecodoopler,eletro holter e foi indicado um prolapso de valvula mitral sem insulficiencia,mas me sinto muito mau,sinto na minha pulsação e parece que tenho duas batidas ao mesmo tempo e com uma falhano coração não sinto falta de ar, nem cançasso,tenho 50 anos não fumo e bebo socialmente,mas ja rodei todos os hospitais e nada por favor me de um prognóstico muito obrigado.

    Responder
  24. Olá Dr. muita boa a matéria..tenho PVM acompanhada de sopro a exatemente a 6 anos, surgiu do nada e me persegue ate hoje..rs..sinto muito incomodo, como se fosse um pressão e não viesse o ar, sem contar todos os sintomas descritos acima, não é facil pra ninguem quando se trata de “algo” no coração, tenho dificuldades também em exercícios físicos e sofri muita com a sindrome do panico, atualmente quando tenho essas sensações me lembro sempre do médico ao dizer, relaxa isso não mata ninguém..rs é ate dificil de acreditar quando sentimos tais sintomas, mas o que podemos fazer né.. não existe nenhum remédio o qual diminuiria esses sintomas?.. e que possamos a conviver com todas essa dificuldades.

    Um abraço, Bárbara-MG

    Responder
  25. oi sidneia essa tmb é minha duvida,tenho degeneração maximatosa da valva mitral.penso muito em engravidar e qual seria o parto mais indicado.abraços.

    Responder
  26. Olá troquei a valvula mitral ha 9 anos, e o médico fez plastia na aorta, tenho 31 anos e tive que reoperar e trocar a valvula aorta por uma mecânica em 10 de junho de 2011, devido aos problemas que passei a ter, só que tive complicações na cirurgia e não deu para trocar a mitral que é biológica e sei que tenho que reoperar, para piorar a tricuspede está com problema, e a Dra disse que terei que trocar essa também. Enfim, gostaria de saber se é normal eu sentir dores no peito, no braço e nas costas? dói muito… eu convivo com dor, até vou marcar consulta com minha médica. 

    Responder
  27. Bom dia Dr.Pedro.

    Descobri hoje que tenho discreto prolapso da valva mitral, sem sinais de degeneração mixomatosa e com refluxo mínimo.
    Tenho bronquite.
    Eles tem alguma relação? O que significa  discreto prolapso da valva mitral, sem sinais de degeneração mixomatosa e com refluxo mínimo ?
    Tem cura?
    Tem tratamento?
    O que pode causar

    Sinto cansaço e palpitação, dor no peito quando faço exercícios.

    Desde já agradeço;

    Responder
  28. Muito obrigada por sua explicação objetiva e prática, descobri que tinha o PVM em janeiro de 2012, tenhot todos os sintomas citados acima e pior fiz o exame de Holter 24 e o mesmo apresentou duas pausas, a primeira de 02 segundas e a  segunda de 19 segundos, mas a Cardiologista disse para não me preocupar pois o PVM é congênito. 

    Responder
  29. Bom dia Dr. Pedro por favor responda minha pergunta,pois não vivo mais desde q descobri meu problema,estou muito preocupada tenho medo de morrer e deixar minha filha de 8 anos me ajude.Fiz uma eco e a conclusão foi sobrecarga atrial esquerda,regurgitação mitral de grau minimo,regurgitação aortica de grau minimo,na epoca do exame estava bem acima do peso,mas agora ja emagreci 20 kilos..Por favor dr esse problema aumenta,meu cardio disse q isso é normal q posso levar uma vida normal e quando eu estiver no pesso certo a sobre carga atrial normaliza,o q faço me ajudem tenho 31 anos…

    Rs Porto alegre

    Responder
  30. Bom dia Dr. sempre pratiquei esportes porém comecei a sentir falta de ar e tontura por qualquer esforço até o ponto de não conseguir mais fazer esforço fisico, fui diagnosticado com o PVM com uma leve regurgitação mitral.Faço exames do coração anualmente (inclusivel teve uma leve alteração no tamanho) mais o meu cardiologista me diz para fazer esportes, porém não consigo pela falta de ar, tonturas e até ânsia de vômito. O que tenho que fazer, tomar algum remédio, cirurgia?

    Responder
  31. e outra pergunta, com todos os meus sintomas q ja citei aki q são os mesmos que a do PVM, eu gostaria de saber se minha vida sexual pode ser normal, pq eu canço muito, meu coração bate errado e fico com medo de morrer, e sinceramente isso esta afetando meu relacionamento. gostaria de saber se ha risco na hora H??

    Responder
  32. olá, eu tenho 19 anos, e eu sinto meu coração bater errado desde os meus 16 anos, essa época eu senti 2 vezes em um ano inteiro ele bater errado, eu sinto ele pular batidas, e quando ocorreu isso as 2 vezes eu estava correndo muito de bicicleta, e como só occoreu 2 vezes eu nem me importei, quando eu fiz 17 anos eu passei muita raiva, e começou a bater errado, mas com mais frenquencias, tipo, quase todos os dias, então procurei um cardiologista, fiz o ecocardiograma,eletrocardiograma e o holter, o resultado foi tudo normal, com p passar do tempo eu sentia ele bater errado, mas era muito dificil, demorava muito pra bater errado e isso eu sentia que não me prejudicava, e vivia minha vida normal, agora com 19 anos, eu passei outra raiva, e tudo voltou com mais frequencia e com dores no peito, todos os sintomas de PVM, e estou com sindrome do panico, detalhe, eu fui usuaria de maconha por um tempo, não sei dizer ao certo, e fumei cigarro desde muito nova ums 7 anos, e resolvi parar de fumar cigarros uma semana antes de mim ter sindrome do panico, e minha situação do coração piorar..E voltei ao mesmo cardiologista, e ele disse que poderia ser um tipo de arritimia, e me mandou fazer o holter, e estou tento acompanhamento de um psicologa. os meus sintomas são exatamente os mesmo do PVM. acredito q seja isso msm, gostaria de saber se existe uma cura? ou se vou passar a vida toda tomando remedios?

    Responder
  33. Olá  Dr a uns dois anos atrás  fiz o ecocardiogram deu problema na valvula mitral , e uma falsa corda no ventriculo esquerdo , esses dias atras fiz denovo o eco não deu nada, agora não sei o que fazer tem palpitação e falta de aer .
     edna

    Responder
  34. Olá, tenho prolapso de válvula mitral, e recentemente sinto muitas vertigens, sinto o coração dar umas chocalhadas fortes  e uns tremores na garganta que incomoda muito, além de dores no peito. O que faço, pois está ficando cada dia mais forte e incômodo.

    Responder
  35. tenho prolassio na volvula mitral segundo o cardiologista é pequena,mais sinto muitas palpitaçoês forte perto da garganta e tremura por favor diga-me se é normal ou esta piorando penso que vou morre. responda

    Responder
  36. Olá, ha 8 anos descobri que tenho PVM com degeneração mixomatosa e regurgitação minima e sopro discreto, algo que nao lembro o nome leve na tricuspide, e tem dois dias que sinto dores nas dedos das maos e pés, nas articulações, doi muito e minha garganta está inchada e dolorida, nao tenho febre, mas sinto um cansaço enorme, e vertigem, estou aguardando uma vaga com meu cardiologista para a aproxima semana, mas o que  acha? cinseramente deveria ter algo para tomar que agente nao sentisse esses sintomas que são incomodos, e outra coisa, tenho uma filha de 2 anos, tive parto normal, amamentei ela ate os dois anos, vivo uma vida normal, a unica coisa que me encomoda é o cansaço.
    Abraço

    Responder
  37. ola!descobri q tenho um minimo refluxo mitral,mas sinto dor no peito e cansaco o cardio me passou zelozok 25mg mas to com medo de tomar pois minha pressão e baixa o q faco!

    Responder
  38. oii, fiz ecocardiograma conclusão do diagnostico prolapso do folheto anterior da valvula mitral com refluxo discreto;tambémrefluxo valvar tricúspides de grau discreto;ventriculo esquerdo com alteração da função diastólica de primeiro grau.mas agora minha pressão esta as vezes descontrolada, meu coraçao acelera isso é normal.

    Responder
  39. Caro Dr tenho lesão dupla na valvula aortica leve a moderada descobri quando tinha 34 anos
    tomei benzetacil e aas por mais de 5 anos parei de tomar o medicamento por conta propria
    hoje tenho 45 anos faço exame eco cardiograma todo ano sempre no mesmo lugar
    e o resultado do exame  continua igual os anteriores , não sinto piora mais tenho medo as vezes de um
    infarto fulminante isso é pissivel ja que não tomo nenhum medicamento.
    me responda por favor.
    abraços
    francisco luiz

    Responder
  40. oi dr.eu tenho valvala mitral metalica eu posço engavida aida simto falta de ar e cansaso direto presiso ir para o medico de tao rui q fico

    Responder
  41. Olá Dr. Gostei muito da mateia.. Muito esclarecedor. O meu Pai tem prolapso na valvula mitral e por algumas vezes precisou ser internado por causa que o coração acelerava e voltava ao normal acelerava e voltava ao normal. Eu como já sei do problema do meu pai sempre que posso estou fazendo um eco pra saber se ta tudo bem.. graças a Deus meus eco e eletro sempre foram normais apesar que eu tenho um sopro no coração…mas ultimamente tenho sentindo muito cansaço principalmente quando faço exercicios por tempo prolongado (levo uma vida muito sedentaria, não faço atividade fisica, trabalho durante o dia e estudo a noite) quando meu dia é muito corrido e faço muito coisa sem tempo pra descansar..sempre sinto com cansaço muito grande, sinto como meu coração estivesse cansado, sinto tonteiras, e nesse dias meu coração acelera por qualquer esforcinho que eu faça. Vou fazer um outro eco pra ver se ta tudo bem. Mas gostaria de saber se tenho probabilidade de ter já que meu pai tem. Já tive um unicio de sindrome do panico, por estar trabalhando há um tempo sem ferias, e estudando muito, tudo isso gerou um desgaste muito grande em minha mente e fez com que eu surtasse de uma hora pra outra sentia muito medo, uma coisa horrivel, fui parar no hospital por varias vezes por causa do coração muito acelerado e muita dor no peito, sai do emprego e comecei um tratamento tomando antidepressivo, estou parando o tratamento (nao sei se to certa) mas já senti uma mehora muito grande, e por isso decisi ir parando ao poucos de tomar os medicamentos. Ah! tenho uma irmã que mais velha do eu, ela tb já teve sindrome do panico aos 15 anos, e quanse ela fica muito tempo sem tomar os medicamento e muito stressada os sintomas voltam de novo. O meu medo é do meu coração parar do nada… acho que que me deixa mais preocupada. Mas lendo sua materia vi que não há muito o que temer..e sim fazer um acompanhamento… e se cuidar…Já trabalhei num centro cardiologico, então  por ver muita gente com problemas cardiacos fico muito grilada…rs…Bom.. Desde já obrigada pela atenção!

    Responder
  42. Olá doutor, ótimo blog…. só uma sugestão… o senhor poderia fazer algum artigo falando sobre VAB (Válvula Aórtica Biscúspide)! Obrigado

    Responder
  43. Boa tarde, Dr. seus artigos são realmente muito esclarecedor, para quem duvidas sobre algumas coisas.
    Descobri que tenho proplapso a 18 anos, e a 4 anos apareceram alguns sintomas como falha dos batimentos, crise de ansiedade e coração acelerado como no artigo isso é normal. Mas quando fico muito tensa os sintomas pioram.Tb tenho gastrite cronica, quando exagero na alimentação, alem do meu estomago não aceitar meu coração falha isso é normal, E alguns movimentos que faço o coração da uma batida a mais esse sintomas tb não havia sentido ja fiz varios exames e sempre dao a mesma coisa. Tenho 36 anos e sou muito ansiosa
    Tomo atenolol para abaixar os batimentos cardiacos.

    Responder
  44. Estou com 33 anos e descobri que tenho o PVM e uma pequena calcificaçao na valvula aórtica , minha médca disse que ele nao esta interferindo no funciamento do coraçao, mais eu gostaria de saber se o prolapso aumenta com o passar do tempo?

    Responder
      • Ola, Dr. Eu me chamo Miriam e sou moradora do estado do Rio, e meu Namorado tem Prolapso na Valvula Mitral, e ja esta bem avançada, so que algo, o impede de fazer a cirurgia pra fazer a troca, Ele tomou uma varcina, que o impedi disso, o seu cardiologista disse que se fazer a cirurgia ele corre o risco de uma imoragia, O que podemos fazer isso ele tem apenas 15 anos, e e ereditario  que eu saiba seu avo tambem teve , Queria pedir uns conselhos ao, senhos pode me ajudar eu to precisando muito de tudo isso . Obrigada pode falar comigo atravez do meu e_mail que e pequena_otako hotmail.com Obrigado 

        Responder
  45. olha tenho 20 anos e descubri que tenho prolapso mitral e insuficiencia mitral aos 14 anos e gostaria muito que me explicasem o pouco sobre esse problema.

    Responder
    • ola eu tenho esse problema e ja fui operada  sentia-me mt cansada e com tonturas agora tenho de ser operada outra vez pis começei a sentir td de novo mt cansada co mts tonturas  e vou meteruma vavula artifiçial. um conçelho tenha mt calma e n se  enerve pork faze  mt mal e andar.mos mt nervosos tbm n faz nada bem bjs fica

      Responder
  46. Na minha infância tive febre reumática que resultou numa grave lesão mitral. Aos 16 anos tive uma recaída que quase custou minha vida, e aos 18 anos fui submetido a uma cirurgia para troca de válvula, foi implantado em mim uma prótese de válvula mecânica( de disco). Meu médico disse que quando eu completasse 40 anos eu iria parar de tomar a benzetacil.Em setembro de 2011, fiz 40 anos, em dezembro fiz o exame do eco-doppler. Os médicos eletro cardiografista disse que foi baixado um novo decreto que, quem já teve febre reumática no passado e foi submetido a cirurgia de troca de válvula, mesmo depois que continuou se tratando com benzetacil, deve continuar com o tratamento até o fim da vida, já o meu médico disse para mim parar. Gostaria de receber um parecer claro e concreto sobre o assunto, pois por motivo disso, na dúvida, até hoje estou tomando benzetacil.   

    Responder
    • As duas orientações estão corretas. O médico cardiologista é quem decide, baseado em dados individuais do paciente, se a profilaxia acaba aos 40 ou permanece para o resto da vida.

      Responder
  47. Dr. Pedro , tenho prolapso da valvula mitral de grau mínimo , preciso fazer   profilaxia  para tratamentos dentários?
    Obrigada,
     
     
    Eliane
     

    Responder
  48. Caro Doutor, não entendi a relação entre o Prolapso de Válvula Mitral e o corte da Cafeína. Por favor, gostaria de maiores explanações…

    Grato.

    Responder
    • A cafeína é um estimulante que pode aumentar a pressão arterial e os batimentos cardíacos. Pode causar piora dos sintomas da síndrome do prolapso da válvula mitral em alguns pacientes, se tomada em excesso.

      Responder
      • Caro Drº Pedro, caso isso ocorra com um portador de P.V.M. Quais são os procedimentos recomendados pela comunidade médica? E se, de outra forma, isso não acontece com um portador de P.V.M. Mesmo assim é recomendado que interrompa seu hábito de ingerir cafeína?

        Agradeço pela prestatividade.

        Responder
  49. Dr.Pedro sou Sergio 37 anos, tenho enxaqueca, dor no peito, ansiedade e já sofri 3 crises de sindrome do panico. Tenho PVM diagnosticado há 22 anos, tomo ablock plus para a pressao mas as dores no peito nao param há mais de 5 anos. Faço acompanhamento com o cardiologista mas na questão das dores no peito não conseguimos resolver,até ansiolitico já tomei. Enfim, sou sedentarioe vou começar a realizar atividades fisicas, a minha pergunta é: existe correlação entre PVM e morte súbita durante atividade fisica ? Obrigado

    Responder
  50. olá tenho PVM e gostaria de saber se o uso oral do anticoncepcional piora os sintomas? Eu tenho alguns sintoma chatos, e fico muito nesvosa com eles… mais no meu exame não deu nenhuma gravidade no prolapso. Eu gostaria de fazer academia mais tenho muito medo. gostaria de saber mais a respeito!!! obrigada

    Responder
  51. tenho febre reumatica ha bastante tempo .e meu exame acusou regurgitaçao leve/moderada na valvula mitral .profilaxia da endocardite bacteriana.estou com muito medo de morrer,pois tenho 2 filhos e um deles tem apenas um ano.gosteria de ver eles crescerem.esta materia me ajudou muito pois tirou as minhas duvidas .parabens.

    Responder
  52. Dr  suas explicações foi de grande valia pra mim ,tenho o prolapso da via mitral e me assusto as vezes pois sinto meu coração parar uns segundos souo frio e me dá um mal estar abdominal durnte essa parada.me sinto aliviada obrigada.

    Responder