DIU (dispositivo intrauterino): tipos e indicações

Foto do autor

Escrito por: Dr. Pedro Pinheiro

Atualizado em:
Tempo de leitura estimado do artigo: 5 minutos

Introdução

Os anticoncepcionais intrauterinos, mais conhecidos pela sigla DIU (dispositivo intrauterino), são, atualmente, um dos métodos mais seguros e eficazes para evitar uma gravidez. Estudos mostram que em 5 anos de uso, a taxa de sucesso contraceptivo do DIU é de 99,3%, mais elevada que a maioria dos outros métodos anticoncepcionais reversíveis, incluindo a pílula e a camisinha. Apenas métodos não reversíveis, como a laqueadura tubária, apresentam eficácia.

Quando o DIU contém o hormônio progesterona, ele costuma ser chamado de SIU, sigla para sistema intrauterino. O SIU também é conhecido como DIU hormonal ou DIU Mirena, que é o nome comercial do SIU.

Como o DIU e o SIU têm mecanismos de ação muito semelhantes, a partir deste ponto vou usar preferencialmente o termo DIU para descrever ambos dispositivos. Quando houver alguma particularidade do DIU que não se aplique ao SIU ou vice-versa, eu deixarei isso claro.

O que é o DIU?

O dispositivo intrauterino é um pequeno dispositivo de plástico em forma de T que costuma ser revestido com o metal cobre. No caso do SIU (DIU Mirena), o dispositivo é revestido com o hormônio progesterona, motivo pelo qual ele também é conhecido pelo nome alternativo de DIU hormonal.

Imagem do DIU de cobre e do DIU hormonal
DIU de hormonal e DIU de cobre

O DIU (ou o SIU) deve ser implantado dentro do útero da mulher através da vagina pelo médico ginecologista durante uma consulta. O procedimento é simples e rápido, mas precisa ser feito por alguém com treinamento próprio. Nenhuma mulher deve tentar implantar o dispositivo intrauterino em si mesma.

Uma vez implantado, o contraceptivo intrauterino pode permanecer no útero por até 5 anos no caso do DIU Mirena, ou 10 anos no caso do DIU de cobre. O dispositivo intrauterino é um método contraceptivo de longa duração, mas rapidamente reversível com a retirada do mesmo, caso seja necessário.

O dispositivo intrauterino é um método contraceptivo altamente confiável, com mais de 99% de eficácia, com poucos efeitos adversos e seguro para a maioria das pacientes, incluindo adolescentes e mulheres que nunca estiveram grávidas.

DIU implantado no útero
DIU implantado no útero

O dispositivo não interfere com o sexo, tem elevada taxa de aceitação a longo prazo e pode ser usado por mulheres que querem ou precisam evitar a administração de estrogênio, como ocorre com o uso dos anticoncepcionais hormonais, sejam eles em comprimidos ou injetáveis. Além de todas essas vantagens, o DIU é uma das opções contraceptivas com melhor custo-benefício.

A quantidade de cobre ou progesterona liberada pelo DIU é muito baixa e fica restrita ao útero, havendo mínima absorção para a circulação sanguínea.

Problemas históricos com o DIU

O DIU tornou-se nos últimos anos o método de contracepção reversível mais usado no mundo. Cerca de 1 em 4 mulheres que utilizam métodos anticoncepcionais fazem uso do dispositivo intrauterino.

Apesar de ser um método contraceptivo disponível no mercado desde a década de 1950, a sua popularização só ocorreu nas últimas décadas.

Vários fatores limitaram o seu uso de forma extensa até a década de 1990, incluindo uma história da publicidade negativa, desinformação sobre os riscos de gravidez ectópica, maior risco de infecção com os materiais usados antigamente, falta de um exame que pudesse detectar previamente a presença da bactéria Clamídia nas mulheres que iriam implantar o DIU e a falsa fama de ser um método abortivo.

Os dispositivos intrauterinos modernos são bastante seguros e não têm sido associados a um risco aumentado de infecções ginecológicas.

Mecanismo de ação

Ao contrário do que muita gente pensa, o DIU não é um método abortivo. O mecanismo contraceptivo preciso ainda não foi totalmente elucidado, mas sabemos que o dispositivo intrauterino exerce seu efeito anticoncepcional de diversas formas, como, por exemplo:

  • Alterações no muco cervical (muco do útero), estimuladas pelo cobre ou pela progesterona, que inibem a mobilidade dos espermatozoides, dificultando a sua chegada ao óvulo.
  • Irritação crônica do endométrio (parede do útero) e das trompas de Falópio, que têm efeitos espermicidas, inibem a fertilização e a implantação do ovo no útero.
  • Atrofia e adelgaçamento glandular do endométrio, que inibe a implantação do ovo ao útero.
  • Efeitos diretos no ovo, impedindo sua evolução para embrião.

O dispositivo intrauterino, portanto, age inicialmente impedindo o encontro do espermatozoide com o óvulo. Caso haja falha nesta parte, o dispositivo intrauterino também atrapalha o processo de fecundação do óvulo. Se também houver falha nesta segunda fase, o DIU consegue impedir que o ovo fecundado evolua ou se implante no útero.

É exatamente por agir em mais de uma fase do processo de geração da gravidez, que ele é um método contraceptivo tão eficaz.

Antes que alguém torça o nariz e ache que esta última parte da ação do DIU é abortiva, é preciso lembrar que para ser considerado aborto, o ovo tem que ter sido implantado no útero antes de ser expelido. Se o ovo não chegar ao útero, não há gravidez em curso.

Por exemplo, nos pacientes com infertilidade que fazem fertilização in vitro do óvulo, só se considera gravidez em curso quando o ovo implantado artificialmente no útero consegue evoluir. Quando a fertilização in vitro não vai para frente, ninguém considera isso um aborto.

Quem pode usar?

O DIU é um método contraceptivo indicado para quase todas as mulheres, mas ele é o ideal para aquelas que desejam um anticoncepcional de longa duração e que possa ser “esquecido”, já que, uma vez implantado, não é preciso fazer mais nada para que ele funcione adequadamente.

O dispositivo intrauterino também deve ser o método de escolha para as mulheres que desejam um método anticoncepcional reversível, mas que apresentem contraindicações ou graves efeitos adversos com uso da pílula anticoncepcional.

O DIU previne a gravidez, mas não tem nenhuma ação contra as doenças sexualmente transmissíveis, por isso, não é o melhor método, pelo menos não isoladamente, para mulheres que terão múltiplos parceiros sexuais nos próximos anos. A presença de uma DST é indicação para remoção imediata do dispositivo intrauterino, por conta do risco de complicações.

Mulheres que pretendem engravidar em um prazo menor que um ano também devem dar preferência a outros métodos anticoncepcionais de duração mais curta.

Mulheres com acne moderada a grave, caso não haja contraindicações, devem preferir o uso da pílula anticoncepcional, pois o estrogênio presente nelas ajuda a controlar os cravos e espinhas.

Contraindicações

Existem poucas contraindicações absolutas ao uso do dispositivo intrauterino. As principais são:

Anormalidades anatômicas do útero: útero bicorno, estenose cervical e grandes miomas que distorçam a cavidade uterina são fatores que impedem o uso do DIU.

Nota: miomas que não causem distorções relevantes do útero ou que não atrapalhem a implantação do DIU não são contraindicações.

Infecção ginecológica ativa: mulheres com infecções do tipo DIP (doença inflamatória pélvica), endometrite, cervicite, tuberculose pélvica, vaginose, gonorreia ou clamídia não podem utilizar o DIU até que estejam plenamente curadas por, pelo menos, 3 meses.

Gravidez presente ou suspeita: mulheres grávidas não podem usar dispositivo intrauterino, pois há elevado risco de aborto.

Câncer uterino: mulheres com câncer do endométrio ou do colo do útero não devem utilizar o DIU.

Sangramento ginecológico de origem não esclarecida: antes da implantação do DIU, qualquer sangramento anormal deve ser investigado.

Câncer de mama: mulheres com câncer de mama não devem utilizar o DIU Mirena (SIU), que contém o hormônio progesterona.

Doenças do fígado: mulheres com doenças hepáticas também não devem utilizar o DIU Mirena (SIU).

Alergia ao cobre: mulheres com alergia conhecida ao cobre não devem utilizar o dispositivo intrauterino revestido por este metal.

DIU de cobre ou DIU Mirena?

Para a maioria das mulheres, tanto o DIU quanto o SIU são excelentes opções de contracepção. Porém, dependendo das características pessoais, em alguns casos um tipo pode ser mais vantajosos que o outro. Exemplos:

Quando dar preferência ao dispositivo intrauterino de cobre

  • O DIU de cobre é a melhor opção para mulheres que precisam evitar hormônios exógenos, como nos casos de pacientes com câncer de mama nos últimos 5 anos.
  • O DIU de cobre deve ser a escolha para a mulheres que não querem ter redução do seu fluxo menstrual habitual. O SIU, por conter progesterona, pode alterar o fluxo menstrual e provocar sangramentos de escape.
  • Mulheres que desejam uma contracepção muito longa, podem preferir o DIU de cobre, pois este, após implantado, pode permanecer no útero por até 10 anos, ao contrário do DIU Mirena que precisa ser trocado com 5 anos.
  • O DIU de cobre pode ser usado como contraceptivo de emergência se for implantado dentro dos 5 primeiros dias após a relação sexual desprotegida. O DIU de cobre é mais efetivo que a pílula do dia seguinte.
  • O DIU de cobre é muito mais barato que o DIU Mirena.

Quando dar preferência ao dispositivo intrauterino hormonal (SIU)

  • O DIU Mirena deve ser o preferido das mulheres com grande fluxo menstrual, que desejam reduzi-lo, pois a progesterona tem esse efeito. Em algumas mulheres, o SIU consegue interromper totalmente a menstruação.
  • O DIU Mirena também ajuda a controlar as cólicas menstruais, principalmente naquelas mulheres com dismenorreia moderada a grave.
  • Mulheres com endometriose também se beneficiam do uso do DIU hormonal.
  • O DIU Mirena também parece ter efeito protetor contra o câncer de endométrio, sendo uma boa opção para as mulheres que fazem uso de estrogênio ou análogos, como o tamoxifeno, que são hormônios que aumentam o risco deste tipo de câncer

Como é feita a implantação no útero?

O DIU pode ser inserido em qualquer momento do ciclo menstrual, contanto que se tenha certeza de que a paciente não se encontra grávida. A sua eficácia é imediata, independentemente do momento do ciclo.

Em geral, porém, para evitar a implantação do dispositivo em mulheres que engravidaram recentemente, mas desconhecem a situação, a maioria dos médicos opta por implantar o DIU dentro dos primeiros 7 dias após o início da menstruação.

Nas mulheres que usam pílula, o dispositivo intrauterino deve ser implantado dentro dos primeiros 5 dias após interrupção da mesma.

Antes da implantação, o ginecologista deve fazer um exame ginecológico para descartar a presença de alterações anatômicas e de infecção ginecológica.

O procedimento é rápido, sem necessidade de anestesia ou sedação, e tem uma duração total de poucos minutos desde o preparo até a implantação em si. A maioria das mulheres refere um leve desconforto, tipo cólica menstrual, no momento da implantação, que pode permanecer ao longo do primeiro dia.

O DIU fica implantado dentro do útero e uma fina cordinha ligada à extremidade inferior do dispositivo fica localizada dentro da vagina para servir de suporte no momento da extração do DIU. Esse fio é muito fino e fica muito próximo à saída do colo do útero, não sendo, portanto, perceptível pelo parceiro em caso de relação sexual.

Efeitos adversos e complicações

Em cerca de 3 a 6% das pacientes, o dispositivo intrauterino pode sair espontaneamente no primeiro ano de uso. Este problema é mais comum em mulheres muito jovens, que nunca tiveram filhos e ou que apresentem intenso fluxo menstrual.

A perfuração do útero durante a inserção do DIU ocorre em cerca de 0,1% das pacientes. Na maioria dos casos que isso ocorre é devido à falta de experiência do médico ou por implantação inapropriada do DIU em úteros com alterações anatômicas.

Um agravamento das cólicas menstruais pode ocorrer nos primeiros meses de uso do DIU de cobre. Se não houver melhora até o fim do primeiro ano, pode-se trocar pelo DIU hormonal, que não costuma apresentar esse tipo de efeito adverso.

Nos pacientes com DIU de cobre, pode haver um aumento do volume de sangue menstrual sem que isso tenha qualquer relevância clínica na maioria dos casos.

No caso do DIU hormonal, apesar da absorção sistêmica da progesterona ser muito baixa, algumas mulheres queixa-se de dor nas mamas, agravamento da acne e alterações de humor. Ausência de menstruação e sangramentos de escape no meio do ciclo são outros efeitos que podem ocorrer com o SIU.

Mulheres com dispositivo intrauterino podem se submeter a realização de ressonância magnética, mesmo aquelas com DIU de cobre. A quantidade de metal é mínima e não provoca complicações.

Onde comprar e preço

O dispositivo intrauterino pode ser comprado em qualquer farmácia. O DIU de cobre custa entre R$ 50,00 e R$ 150,00. O DIU hormonal é bem mais caro, saindo por cerca de R$ 600,00 a R$ 750,00.


Referências


Autor(es)

Dr. Pedro Pinheiro

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Universidade do Porto e pelo Colégio de Especialidade de Nefrologia de Portugal.

Saiba mais

Artigos semelhantes

Ficou com alguma dúvida?

Comentários e perguntas

Deixe um comentário


129 respostas para “DIU (dispositivo intrauterino): tipos e indicações”

  1. Kety
    O diu de cobre estando no lugar, pode causar gravidez mesmo assim? Faço exames de 06 em 06 meses mas com tantos relatos na internet fico apreensiva.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      A taxa de sucesso do DIU de cobre é de 99,2%. Até há casos de falhas, mas se o DIU estiver bem posicionado, eles são bem raros.
  2. Elaine Cristina da Silva
    Boa tarde,tenho alergia a lactose,e estou com dores de cabeça e já fui várias vezes no banheiro,ele contém lactose?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      O DIU? Não.
  3. Cíntia
    O Diu Mirena é melhor do quer o Diu de cobre por ser mas caro e qual é a diferença entre os dois?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro
      Dr. Pedro Pinheiro
      Cíntia, o texto explica as diferenças entre os dois.
  4. Jeane
    Quanto tempo depois do parto posso colocar o diu hormonal?
    1. Avatar de Pedro Pinheiro
      Pedro Pinheiro
      Entre 30 e 40 dias após o parto.
  5. Graci
    Tenho o Diu de cobre , e preciso fazer cirurgia de hiper-hidrose ,0 cobre pode interferir em alguma coisa
    1. Avatar de Pedro Pinheiro
      Pedro Pinheiro
      Não.
  6. Fernanda
    Mesmo não tendo filhos eu posso colocar o Diu de cobre ?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Sim, pode.
  7. Maria Flach
    Queria colocar o diu mirena, mas fiz cirurgia ortognatica, e o cirurgião dentista disse que eu deveria evitar hormônios. Pois eles poderiam provocar um encurtamento do osso.
    Estou em dúvida se coloco com hormônios, porque meu ciclo é só de 21 dias.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      É uma questão de discutir com o ginecologista. Tem que ver quais hormônios atrapalham mais (o DIU é de progesterona) e em que doses.
  8. Mariana Gonçalves
    Gostaria de saber se o DIU é indicado como método anticoncepcional de urgência mais efetivo do que a pilula do dia seguinte.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Sim, o DIU de cobre é considerado o método contraceptivo de urgência mais eficaz.
  9. Daisy Motta Santos
    Li no texto acima ” O SIU, por conter progesterona, pode alterar o fluxo menstrual e provocar sangramentos de escape.” O que seria sangramento de escape? Neste caso, o DIU de cobre pode ocasionar este tipo de sangramento?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Sangramento de escape é um sangramento bem pequeno, que a paciente só nota porque mancha a calcinha. Ele só é comum no SIU.
      1. Daisy Motta Santos
        Obrigada pelo esclarecimento. E qual é a causa?
        1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          Flutuação hormonal.
  10. Fernanda
    Olá Dr. usei o DIU de cobre durante 1 ano (formato de ferradura) porém na revisão ele estava “baixo” sendo necessário a sua remoção.
    Vou colocar novamente outro modelo do DIU de cobre (T) pois me adaptei muito bem ao método.
    Mudando o modelo do DIU ainda há risco dele deslocar?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O risco sempre existe, mas não é habitual.
  11. Daniela
    Coloquei o diu de cobre semana passada…tenho q esperar a próxima menstruação pra fazer o ultra e confirmar a posição certa do diu? Ou posso antes?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Geralmente, o ultrassom, quando feito, é logo depois da colocação.
  12. Aline Campos
    Coloquei o Diu Minera ha 4 meses e tive uma queda de cerca de 30 a 40 % do meu cabelo,gostaria de saber se ha como manter o Diu sem continuar com a queda ou se devo tirar imediatamente?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O ideal é você ser avaliada por um dermatologista para ter certeza de que a causa da queda é mesmo do DIU, pois esse método não costuma causar perda de quase metade do cabelo.
  13. iara
    uso o mirena a dois anos, gostaria de saber se eu tomar anticoncepcional irá interferir na eficácia do mirena?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não. Mas se você tem o mirena, não faz sentido tomar a pílula. Vai estar apenas consumindo hormônios além do necessário.
  14. Noeli Macena
    Gostaria de saber se eu usar o DIU mirena tira a libido?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não tira.
      1. Alëna Citrus
        Oficialmente pode ser que não tire, mas relatos episódicos variam. Eu coloquei o Mirena com 27 anos de idade, sem filhos. Mirena matou minha libido mais ou menos depois de 6 meses de uso, na mesma época que ele parou minha menstruação.
  15. Marcelle
    Após a colocação do DIU é preciso ficar alguns dias sem ter relações sexuais?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não precisa.
  16. Meire
    Oi. Gostaria de saber se o SIU impede a fecundacao ou a nidação? Considero a vida desde a concepção e estou na dúvida se coloco ou não.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Meire, o artigo explica isso com detalhes na seção “como age o DIU”. Releia-o com calma.
  17. Cristiana dos Reis Saldanha
    Gostaria de saber quanto os médicos cobram em média pra colocar o Diu de cobre? E também gostaria de saber se eu parar de tomar a pílula com estrogênio a oleosidade da pele e cabelos pode aumentar?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      1- Cristiana, eu não moro no Brasil e só trabalho com medicina pública. Não sei o preço de nenhum procedimento privado.
      2- Pode.
  18. Christiano C Miranda
    Uma vez implantado, o contraceptivo intrauterino pode permanecer no útero por até 5 anos no caso do DIU Mirena, ou 10 anos no caso do DIU de cobre. O DIU é um método contraceptivo de longa duração, mas rapidamente reversível com a retirada do mesmo, caso seja necessário.

    O Dr. O Sr não invertou o prazo e modelo não? Não seria ao contrário?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O texto está certo: 10 anos para o DIU de cobre e 5 anos para o DIU Mirena.
  19. Ana Paula de Oliveira
    Faço uso do anticoncepcional mercilon e ele tirou toda a minha libido. Com o DIU vou ficar sem libido também? Ou vou voltar a ter?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU não interfere na libido.
  20. Carolina Gregoletto
    Olá !! No mês seguinte que o DIU for retirado já há possibilidade de engravidar ?? Ou tem uma expectativa / prazo como no uso de anticoncepcional ( engravida-se de 1 a 12 meses após parar com o uso) ???
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
      Depois que tira o DIU, você já pode engravidar no próxima ovulação.
  21. Meire Santos
    O convenio cobre esse procedimento?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Se ele cobrir a consulta, sim.
  22. Maria
    Parabéns pelo site.
    Quanto ao DIU de cobre, existe alguma contraindicação para quem já faz uso de pilula anticoncepcional? Há algum problema em utilizar os dois métodos ao mesmo tempo?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não é contra-indicado, mas por que você usaria ambos?
  23. juliana Ribeiro
    Ola vou colocar o diu de cobre,gostaria de saber se posso colocar sem estar menstruada,e qual a forma mais indolor??Obrigada!!
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU pode ser colocado em qualquer momento do ciclo menstrual. A implantação não dói.
  24. Clara Silva
    olá, eu tomo pilula, e sei q o a libido diminue (some), e o DIU “traz” ele de volta, e qual o melhor? Obrigada!
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU Mirena é o mais eficaz.
  25. Daiane Oliveira
    Olá,tenho enxaqueca e o neurologista orientou a parar de tomar pílula.Notei que melhorou muito.Gostaria de saber se o DIU Mirena é indicado nesses casos.Obrigada.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU de cobre é uma opção melhor para quem tem enxaqueca.
  26. CLEONICE
    O diu mirena pode ser usado por mulheres que tenha HPV?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode.
  27. Tamiris Manhães Eleutério
    Olá doutor… Comecei a usar o mirena e depois de 4 meses comecei a ter muitas espinhas… O que eu faço para solucionar isso?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Talvez tenha trocar pelo DIU de cobre. Outra opção é você procurar um dermatologista e ver se ele consegue controlar a acne sem tirar o DIU mirena
  28. Iara Maia
    O Diu mirena atrapalha no ganho de massa muscular pela quantidade de hormônios?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Nunca li nenhum estudo que diga isso.
  29. RENATA
    Dr. Pedro preciso comprar o Mirena nas estou com medo de comprar na internet, conhece um site confiavel?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Os sites das grandes redes de farmácias costumam ser confiáveis.
  30. Joaquina
    Olá coloquei mirena em Junho deste ano meu cabelo não parou mais a queda. Terá a ver com o mirena?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Apenas 1% das mulheres que utilizam o DIU Mirena apresentam relevante perda de cabelo.
  31. Isabela Fernandes
    Tem alguma contra indicação para mulheres mais novas ( 20 anos ) que nunca tiveram filhos?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não tem contraindicação.
  32. Telma almeida
    Gostaria de saber quem tem herpes pode colocar o diu mirena?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode, mas o ideal para quem tem uma DST é utilizar um método contraceptivo de barreira, para diminuir o risco de contágio para o parceiro.
  33. Raquel Pereira Melo
    Tenho 34 anos gostaria de saber se o diu com hormônio engorda?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode causar algum ganho de peso, mas isso não ocorre na maioria das mulheres.
      1. Marcely Duany
        “algum ganho de peso” significa quanto mais ou menos?
        1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          1 ou 2 quilos.
  34. Meire Santos
    Olaaaa,tenho 25 anos, muitas espinhas e acnes, colicas, e irei colocar o DIU. Vai melhorar as espinha e colicas??
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Se for o DIU com hormônio (DIU mirena) pode agravar. Se for o DIU de cobre, não tem problema.
  35. rosamariano viravirou
    Tenho 51 anos. Há um mês retirei meu Diu, por findar seu prazo e estar há uns 3 anos na menopausa.
    Coincidentemente, há alguns dias, venho sentindo sintomas depressivos que antes não sentia.
    Pode haver relação entre a retirada do diu e os sintomas?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não costuma haver.
  36. Camila
    No caso de quem tem hipertensão qual seria mais recomendável cobre ou progesterona?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não tem muita diferença. Se for uma hipertensão grave, o DIU de cobre é ligeiramente melhor, mas ambos são seguros para mulheres hipertensas.
  37. Vitória
    Olá, tenho doenças crônica chamada Espondiloartropatias, que tipo de anticoncepcional posso tomar?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU de cobre costuma ser uma boa opção para a maioria das mulheres com doenças reumáticas. O ideal é conversar com o seu ginecologista e com o reumatologista.
  38. Nívea
    Fatores como ansiedade e nervosismo podem prejuducar a eficácia do DIU ?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não.
  39. Luana
    Boa tarde, o DIU de Mirena pode interferir no resultado do exame de sangue em caso de uma suposta gravide?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não.
  40. Eliete Torquato
    Em março fez 5 anos q uso diu mirena. O medico disse q nao tem problema q eu posso marcar a retirada com calma, mas nao corro risco de gravidez? Quaus as chances?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não é urgente. Não precisa retirar exatamente no dia que faz 5 anos.
  41. Adryeny Amaral
    Olá tenho o Diu mirena gostaria de saber se posso tomar algum anticoncepcional para acne, pois já fiz vários tratamentos com cremes e ácidos e não resolveram
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não tem problema.
  42. kelem
    Boa Tarde! Tenho o DIU de cobre e quero trocar pelo minera tem como tirar um e colocar o outro no mesmo dia?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Sim.
  43. Vânia Ester Hillebrand NIenow
    OI, uso Mirena a nove anos. Tirei ele a primeira vez em 2008 e em 2009 engravidei e logo em seguida ao nascimento do meu filho, especificamente em novembro, coloquei outro. Agora já se passaram 5 anos e ainda não tirei. Existe problema em deixá-lo mais tempo?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU Mirena costuma ser trocado por um novo depois de mais ou menos 5 anos, mas isso deve ser conversado com o seu ginecologista.
  44. Aline
    Faço uso de anticocepcioal oral e nao tenho muito problema de acne, o diu de mirena pode dar espinhas??
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode, mas necessariamente dará. Ele costuma ser pior em quem tem predisposição à acne.
  45. Fernanda
    oiii tenho endometriose ja possuo o DIU MIRENA mais mesmo assim as dores continuam ja tenho filho e as dores continuam eu posso fazer a retirado do útero e ovários com 23 anos pois não quero mais ter filhos
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Acho pouco provável que encontre um ginecologista disposto a fazer uma histerectomia total em alguém de 23 anos. Há opções de tratamento, não é preciso recorrer a algo tão drástico.
  46. Lívia Gomes
    Oi. Tenho 20 anos, sofro muito com os efeitos colaterais da pilula, nunca tive filhos e nem quero ter em mmento algum. Meu ginecologista disse que eu não posso colocar o Diu justamente pelo fato de eu não ter filhos, dizendo que poderia prejudicar meus ovários e que isso dificultaria uma possível gravidez no futuro (desconsiderando a minha vontade de não ser mãe). Eu não gostaria de tomar hormônio pelo próximos 40 anos, nem confio 100% nas camisinhas. Elas estouram, e eu não estou disposta a brincar com a sorte. Devo procurar outro ginecologista? O Diu é indicando para o meu caso?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU não é contra-indicado em mulheres que nunca tiveram filho. Quem já teve filho e quem nunca teve podem usar DIU do mesmo modo. Procure uma segunda opinião.
  47. Ivanildes
    ola boa tarde, tenho 34 anos e a 11 anos uso Diu, a mais de 02 anos tento tirar-lo do meu útero e os médicos não conseguem. Queria muito engravidar novamente o que faço?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Tem que tirar. Existem técnicas para retirar um DIU de difícil remoção. Em casos realmente complicados, tem que se fazer uma histeroscopia. Se nem assim der certo, retira-se por cirurgia.
  48. mirele
    oi.. há dois anos fui diagnosticada com ENDOMETRIOSE e por esse motivo emendava cartelas pra evitar colica.. há 6 meses tive TROMBO IMBOLISMO PULMONAR e tive que parar com a pilula, estou lotada de acne… gostaria de saber qual melhor DIU pra mim? e se ele ajuda na diminuição de acne?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU Mirena pode agravar a acne. O de cobre não costuma ter influência. É uma questão de conversar com o seu médico.
  49. monique
    Oi. Tenho 28 anos e no começo deste ano infartei. Fui proibida pelo cardio dw usar pílulas. Gostaria de saber se poderia usar o Diu?!
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU costuma ser uma boa alternativa para as mulheres que não podem ou não querem tomar a pílula anticoncepcional.
  50. Jaqueline Araujo
    Dr.Pedro,
    Tenho um casal de filhos de 21 e 8 anos.Já usei o DIU de cobre e estou pensando em colocar o Mirena mas a minha dúvida é se realmente a liberação de progesterona é local ou sistêmica pois faço parte da IFBBRJ (Federação de Culturismo – Wellness Master ) e tenho receio que possa interferir no ganho de massa muscular. Minha testosterona é sempre muito baixa e por isso faço reposição de testosterona bioidentica 5%, 4x na semana. Queria o Mirena por reduzir o fluxo menstrual. O que vc me sugere?
    Abraço,
    Jaqueline
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      A liberação é local, mas há sempre alguma quantidade que cai na circulação. Como você faz reposição de testosterona, os efeitos colaterais do DIU Mirena relacionados aos androgênios podem ser exacerbados, como a acne e o hirsutismo. Você deveria conversar com o ginecologista e um endocrinologista antes de fazer a troca.
  51. Marisa
    Boa tarde, Eu tenho mirena á 3 anos, mas não me sinto nada segura, tenho imenso receio de engravidar e das complicações que essa gravidez me pode trazer. Como não tenho menstruação não tenho nenhum tipo de controlo. Posso tomar a pilula oral mercilom normalmente?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU é mais efetivo que a pílula. Não faz sentido você se submeter aos efeitos colaterais da pílula já tendo um DIU implantado.
      Sugiro que você converse com o seu ginecologista.
  52. Renata Nory
    Muito obrigada!!!
  53. valdelucia
    Oi bom dia
    tem quatro meses que coloquei o diu mais apartir do dia que coloquei venho sentindo muita dor na bexiga como se fosse uma colica e nao to suportando mais estou pensando em tirar acho que meu corpo esta rejeitando o diu .
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      O DIU não é para causar dor. Você já foi no seu ginecologista ver se ele está bem posicionado?
      1. THIAGO
        oi e verdade que o DIU mirena engorda ?
        1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          DIU não engorda.
        2. Boa noite, dr.!
          Há pouco mais de um mês, o cardiologista me mandou suspender o uso do anticoncepcional (que já tinha uma dosagem baixa), por estar me causando hipertensão. Neste caso, devo optar pelo DIU de cobre, uma vez que o MINERA contém hormônio, ou pode ser este com progesterona também?
          grata!
        3. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          Tanto faz. Nenhum dos 2 tem efeito relevante na pressão arterial.
  54. Mila
    Minha ginecologista tentou colocar o DIU de cobre há 3 anos atrás e não obteve sucesso pois não conseguiu introduzi-lo no colo do útero. Meu ginecologista atual me recomendou o Mirena, comprei, mas estou com medo de ele não conseguir introduzi-lo e ter que inutilizá-lo, já que foi bastante caro. Tem alguma coisa que ele possa fazer para introduzi-lo com mais facilidade?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Mila, eu não sou ginecologista, com certeza o seu médico tem muito mais experiência em colocar o DIU do que eu.
  55. Fernanda
    mais ja conteceu com alguma muler de usar e ter engravidado
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Sim, não existe método contraceptivo 100% eficaz. O DIU é quase 100% eficaz, mas ele pode falhar.
  56. Fernanda
    Bom dia uso diu de mirena e gostaria de saber se com o uso eu posso engravidar pois tenho endrometriose
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      A taxa de falha do DIU é extremamente baixa. É muito pouco provável que você engravide.
  57. lilly
    Boa noite! Uso o diu mirena há quatro anos e meio e faz uns dias que venho me sentindo fraca e um pouco nauseada, esses sintomas podem ser porque ele está vencendo? Neste prazo é normal não menstruar mais?

    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Não acho que seja do DIU.
  58. Júlia Karla
    tenho alergia a bijuterias,ferrinhos em roupas,sandalias e etc…posso ter alergia ao cobre do DIU ?
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode, mas não é tão comum quanto alergia na pele. Porém, se as reações alérgicas que você tem ao cobre são graves, o ideal é conversar com o ginecologista antes de implantar o DIU de cobre.
      1. Magda Lazarin
        Essa informação também equivale para o SIU MIRENA?
        1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
          O SIU Mirena não tem cobre.
        2. Magda Lazarin
          Obrigada
  59. Eliana
    Siu o que souta remedio la dentro.
    1. Avatar de Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
      Pode ocorrer, mas não é o esperado. É preciso ver se não há algum motivo oculto para o sangramento. Às vezes, a troca do DIU ajuda. Tem que conversar com o seu ginecologista.