Aedes aegypti (fotos): como é o mosquito da dengue?

Autor: Dr. Pedro Pinheiro

61 comentários

Atualizado:

Tempo estimado de leitura: 3 minutos.

O que é o Aedes aegypti?

A dengue, a febre Zika, a febre amarela e a febre de chikungunya são doenças infecciosas, de origem viral, transmitidas através da picada de mosquitos contaminados. Duas espécies de mosquito são responsáveis pela propagação dessas viroses: Aedes aegypti e Aedes albopictus.

Estes dois mosquitos podem receber a alcunha de “mosquito da dengue”, apesar do Aedes aegypti ser a espécie mais famosa e com maior capacidade de transmitir essas doenças.

O Aedes aegypti e o Aedes albopictus só são capazes de transmitir a dengue se estiverem contaminados pelo vírus. Ou seja, ele precisam picar alguém com dengue para adquirir o vírus. Ainda assim, o vírus precisa de mais 10 a 14 dias para se multiplicar dentro do mosquito, para só depois estar apto a ser transmitido para outro indivíduo.

Neste texto vamos mostrar fotos e imagens dos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus para que a população leiga seja capaz de identificá-lo. Reconhecer o mosquito Aedes é importante para que as áreas infestadas pelo mosquito sejam rapidamente identificadas e as autoridades de saúde sejam contatadas.

Se você está procurando informações detalhadas sobre as viroses transmitidas pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus, acesse os seguintes links:

Fotos do mosquito do dengue

O Aedes aegypti é um mosquito que costuma medir menos de 1 cm de diâmetro, é de cor preta ou marrom e apresenta listras brancas distribuídas pelo corpo e patas.

Mosquito da dengue (aedes aegypti)

Ao contrário dos mosquitos comuns, que costumam estar mais ativos no final do dia e início da noite, o mosquito do dengue tem hábitos diurnos; o Aedes aegypti costuma voar baixo, geralmente abaixo de meio metro, picando preferencialmente os pés, tornozelos e as pernas.

O mosquito do dengue não gosta de calor, por isso é mais ativo nas primeiras horas da manhã e no final da tarde.

Mosquito da dengue

O mosquito que pica o ser humano e transmite o dengue é a fêmea. O macho não se alimenta de sangue, pois não tem capacidade de picar outros mamíferos. A fêmea é maior que o macho e apresenta tanto a boca quanto as antenas diferentes.

Aedes aegypti macho e fêmea
Aedes aegypti macho e fêmea

Diferenças entre Aedes aegypti e Aedes albopictus

Os mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus são muito parecidos. A diferença física está no tórax.

O Aedes aegypti apresenta 4 linhas, duas delas retas no centro e duas curvas na periferia. Já o Aedes albopictus apresenta apenas uma única linha reta no centro do tórax. De resto, são semelhantes.

aedes Mosquito da dengue (aegypti e aedes albopictus)

Tanto o Aedes aegypti quanto o Aedes albopictus existem no Brasil, porém, as epidemias de dengue só são causadas pelo Aedes aegypti, que apresenta uma capacidade maior de transmitir o vírus.

Aedes albopictus x Aedes aegypti

Além das diferenças na aparência, o Aedes aegypti e o Aedes albopictus também diferem em alguns comportamentos, que estão resumidos na tabela abaixo:

Aedes aegypti Aedes albopictus
Vive em áreas urbanas próximo das residências.Vivem em áreas com vegetação, mais afastada das residências.
Pica, repousa e põe ovos dentro da casa ou ao redor.Pica, repousa e põe ovos preferencialmente áreas abertas.
Vive escondido.Agressivo.
Pica preferencialmente humanos.Pica mamíferos em geral.
Prefere criadouros artificiais (como água em pneus).Vive em criadouros naturais ou artificiais.

Referências


Autor(es)

Dr. Pedro Pinheiro

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Universidade do Porto e pelo Colégio de Especialidade de Nefrologia de Portugal.

COMENTÁRIOS (por favor, leia as regras do site antes de enviar a sua pergunta).
Temas relacionados
Dengue Dengue: sintomas, transmissão e tratamento
Picada de mosquito Picada de mosquito: riscos e tratamento
Febre amarela Febre amarela: vacina, transmissão e sintomas
Ebola Ebola Vírus – Transmissão, Sintomas e Tratamento
Mosquito Aedes Febre Chikungunya: sintomas e tratamento
Sintomas da dnegue 21 Sintomas da dengue (clássica e hemorrágica)
Zika Febre Zika: sintomas, microcefalia e tratamento
microcefalia Microcefalia: causas, sintomas e tratamento