Dieta mais adequada para quem tem colesterol alto

Introdução

Mudanças no estilo de vida, incluindo a prática regular de exercícios físicos e uma dieta adequada, são importantes medidas para o controle dos níveis de colesterol. Em indivíduos com níveis de colesterol apenas um pouco elevado, simples alterações na dieta  podem reduzir ou até mesmo evitar o uso de medicamentos contra o colesterol.

Qualquer grau de redução no colesterol é bem-vindo, já que a cada 1% de redução dos níveis de colesterol LDL no sangue diminui-se em 2% o risco de doenças cardiovasculares. É importante salientar que além da dieta, para reduzir o colesterol também são essenciais o controle do peso corporal e a prática de exercícios físicos regulares.

Neste artigo faremos uma rápida revisão sobre a dieta mais indicada para o controle do colesterol. Sugerimos também a leitura de outros textos nossos sobre colesterol alto, onde explicamos as diferenças entre os tipos de colesterol (HDL, LDL e triglicerídeos) e as opções de tratamento com medicamentos: ARQUIVO DE TEXTOS SOBRE COLESTEROL

Quem deve fazer dieta para baixar o colesterol?

Uma dieta saudável é indicada para qualquer indivíduo, mesmo aqueles com níveis de colesterol controlados. Entretanto, quanto maior for o valor do colesterol LDL, mais importantes se tornam as mudanças de hábito de vida. Uma dieta voltada para controle do colesterol está indicada para todos aqueles com colesterol LDL acima de 130 mg/dL. No caso de pacientes com antecedentes pessoais de doença coronariana (leia: INFARTO DO MIOCÁRDIO | Causas e prevenção) a dieta deve ser feita de modo a ajudá-lo a manter o LDL abaixo de 100 mg/dL.

O que segue abaixo são dicas gerais sobre alimentos e suplementos no controle do colesterol. Para se otimizar os resultados é sempre importante ter uma consulta com um nutricionista, para que este possa traçar uma estratégia apropriada para o seu caso em particular.

Alimentos que interferem com o colesterol

Regra geral, deve-se evitar gorduras saturadas, principalmente as saturadas do tipo trans. As gorduras mais saudáveis são as gorduras insaturadas, principalmente as monoinsaturadas, encontradas em alimentos como o azeite, canola, abacate, amendoim e nozes. Vamos explicar com mais detalhes.

Carnes

Não é preciso cortar carnes da dieta, mas dê preferência a peixes. Carnes de aves sem pele também são uma opção. Carne de boi ou porco somente se forem cortes magros. A quantidade ideal de carne por dia é de 150 a 200g. Deve-se evitar:

  • Carnes com cortes gordos, entrecosto, carne de órgãos e carnes fritas (inclusive peixes).
  • Linguiça, salsicha, mortadela, salame, presunto e bacon.
  • Camarão, polvo e lulas.

Deve-se sempre dar preferência à proteína vegetal em vez da proteína de origem animal. A carne de soja é um ótimo substituto para as carnes de origem animal.

Para saber sobre os riscos do consumo de carne vermelha, leia: CARNE VERMELHA CAUSA CÂNCER?

Ovos

Pode-se comer ovos, porém, não mais do que 4 gemas por semana nos casos mais leves e não mais do que 2 gemas por semana nos casos de colesterol mais elevado ou alto risco cardiovascular. Nesta conta inclui-se alimentos que levam ovos, como bolos e massas. A clara não tem colesterol e pode ser consumida sem medo.

Leite e derivados

O leite deve ser sempre desnatado. O mesmo vale para queijos e iogurtes. Dê preferência ao queijo cottage, o mais magro de todos. Queijo Minas light também é uma boa opção. Evite queijo gorgonzola, cheddar, provolone e parmesão.

Ao contrário do muita gente pensa, a muzarela de búfala não é um queijo magro. Na verdade, ela é mais gordurosa até do que a muzarela comum.

Se quiser usar creme de leite na preparação de algum prato, use o à base de soja, cujo sabor é muito parecido. Também tenha cuidado com sorvetes cremosos.

Há alguns estudos novos que desafiam a nossa atual noção de que laticínios ricos em gordura saturada são maus para o colesterol, porém, isso ainda é motivo para debate e de forma alguma há evidências suficientes para mudança no atual consenso.

Margarina

Não se deve usar manteiga, mas sim margarina especiais. Já há no mercado margarinas com esteróis vegetais (fitosteróis) que comprovadamente ajudam a baixar os níveis de colesterol LDL. As duas marcas mais famosas são Becel pro-activ® e Benecol®.

Óleo de peixe (Omega 3)

O omega 3 é um tipo de gordura encontrada em peixes gordos, principalmente salmão, nas sementes de linhaça, óleo de linhaça, óleo de canola, óleo de soja e nozes. O óleo de peixe também pode ser encontrado em cápsulas. O seu consumo regular reduz a incidência de eventos cardiovasculares e ajuda a reduzir os níveis de triglicerídeos. Sugere-se o consumo de no mínimo duas refeições por semana com peixes ricos em omega 3.

Para saber mais sobre o ômega 3, leia: ÔMEGA 3 – Benefícios para a saúde

Soja

A proteína de soja apesar de não baixar diretamente os níveis de colesterol é indicada nos pacientes com colesterol alto por ser uma fonte de proteína com baixa quantidade de gordura saturada e grande quantidade gorduras insaturada.

Nozes

Nozes, amêndoas, avelã, pistáchio e castanha são boas opções para redução do colesterol LDL.

Alho

Apesar da crença popular, não há evidências de que o alho tenha ação direta na redução do colesterol LDL.

Chá verde

O chá verde comprovadamente reduz os níveis de LDL. É uma boa opção.

Fibras

O consumo regular de alimentos ricos em fibras ajuda a reduzir os níveis de LDL. Coma o máximo de alimentos com fibras que conseguir.

Frutas e vegetais

Ajudam a reduzir o colesterol LDL e devem ser a base da alimentação.

Óleos vegetais

Os óleos vegetais, como azeite, soja, girassol, canola, milho, algodão e arroz não possuem gordura saturada e são ótimas fontes de gordura saudável (gorduras insaturadas). Mas atenção, eles não devem ser fervidos, pois altas temperaturas mudam sua estrutura química transformado-os em gordura saturada (gordura ruim).

Chocolate amargo

Enquanto o chocolate comum costuma aumentar os níveis de colesterol, o chocolato amargo é rico em flavonoides, substâncias que diminuem o LDL.

Pão

Pão integral e cereais de aveia, milho ou trigo são indicados. Deve-se evitar: croissants, pães nos quais ovos, gordura ou manteiga sejam os ingredientes principais, biscoitos com alto teor de gordura, bolos, muffins contendo leite integral, gemas de ovos ou óleos saturados.

É importante salientar que a dieta e os exercícios conseguem baixar os níveis de colesterol em até 20-30%, sendo muitas vezes o suficiente para se atingir níveis adequados. Mesmo naqueles pacientes que precisam de remédios para controlar o colesterol, a dieta é importante pois potencializa a ação das drogas, fazendo com que seja necessário o uso de doses menores, diminuindo os custo do tratamento e a incidência de efeitos colaterais.

RELACIONADOS

Regras para Comentários

Antes de comentar, clique no link a seguir para ler as REGRAS PARA COMENTÁRIOS.
Perguntas fora das regras serão descartadas.

Deixe um comentário

87 comentários em “Dieta mais adequada para quem tem colesterol alto”

  1. Otima materia ,doutor meu colesterol total esta na casa dos 200.Gostaria de saber se ha risco de infarto nesse patamar,pois jogo bola e me esforço muito porque corro muito.Meu pai tinha doença do coraçao e diabetes e morreu por isso.Meu peso e normal e a pressao é controlada uso so o hidroclorotiazida 25 4 vezes na semana.Minha glicemia tambem é controlada nunca passou dos 90.Sera que tenho risco de infarto?

    Responder
    • Procure no Google pela calculadora de risco de Framingham. Essa é a forma que a gente atualmente utiliza para estimar o risco de infarto nos próximos 10 anos.

      Responder
  2. ola,estava procurando alguns documentos,e encontrei meus exames,e realmente ,corri para pesquisar sob colesterol,e encontrei esta materia que me ajudou muito,vou voltar ao medico e solicitar novos exames.fiquei sim muito satisfeita com esta orientação,para mim foi maravilhoso,agradeço muito., pois me ajudou esclarecer e tbm me cuidar mais.

    Responder
  3. Boa tarde! Li a matéria sobre colesterol e confesso que fiquei assustada pois não sabia que era tão perigoso o colesterol alto. Meu filho de 33 anos está com 299 de colesterol, sendo 234 colesterol ruim e ele simplesmente não quer ir a médico, morre de medo, e cada dia está engordando mais! A última vez que foi a um cardiologista, há uns 3 anos atrás, o mesmo lhe disse que achava que seu coração parecia estar maior que o normal! Ele, com medo não foi tirar essa dúvida, O colesterol alto pode fazer com isso aconteça ao coração?
    Um abraço dessa mãe muito preocupada!

    Responder
    • Não diretamente. O coração grande é um sinal de insuficiência cardíaca. A causa mais comum é hipertensão arterial, mas há várias outras. Quanto mais ele evitar o médico, pior vai ser quando os sintomas se agravarem e ele já não puder mais fugir.

      Responder
  4. Meu LDL deu 119 e o HDL deu 88.. triglicerídeos deu 85.. Tô preocupada com o LDL,tá muito alto? Devo me preocupar??

    Responder
  5. Gosto muito das informações desse site, artigos bem feitos que tiram realmente nossas dúvidas sobre o assunto.

    Responder
  6. Dr. sou o Rafael Jr, e meu colesterol HDL 39, LDL 152,8, Colesterol total 216. Meu IMC é normal e tenho 25 anos. não estou praticando atualmente exercício físico pq meu tempo é corrido na faculdade

    Responder
  7. Dr meu esposo esta em tratamento contra o colesterol alto só que ele tem muitas tonturas ele passa muito mal fica muito branco a senssasao e de desmaio dr e normal em virtude do colesterol já fez 19 tipos de exames tudo OK só o colesterol mesmo mas ele não pode nem sair sozinho PK as crises de tonturas e fortes a pressão sobe ele fica desfalecido alguem pode me ajudar por favor

    Responder
  8. Boa noite. Meu hdl 62, ldl 200, triglic. 119.Se eu fizer exercícios, e mudar radicalmente minha alimentação com dieta, será que consigo baixar meu ldl sem medicamentos? Esse valor de LDL é muito grave? Obrigada.

    Responder
    • É um valor muito alto, é pouco provável que você consiga normalizá-lo sem remédios. Porém, não custa tentar e os benefícios pra saúde da dieta saudável e da atividade física não se restrigem a abaixar o colesterol.

      Responder
  9. Olá,faço tratamento com roacutan há 3 meses,meu colesterol de 171,8 mg/dl foi para 223,0 mg/dl.Sera q terei que suspender o tratamento??

    Responder
  10. um amigo, disse-me que um chá de “Casca de Salgueiro” durante 15 dias era bom para reduzir o Clesterol aos valores normais e que não tinha efeitos negativos ?há algum estudo sobre isso ?.
    obrigado

    Responder
  11. Muito legal, achei interessante o chá verde diminuir o LDL. Emagreci e graças a Deus me livrei do colesterol e trigliceres.

    Responder
  12. Boa tarde, Doutor. Estou um pouco assustada com meus resultados: HDL 63,4 / VLDL 14,5 / LDL 192,1 / TOTAL: 270. Pois sou atleta profissional de taekwondo e pratico exercícios aerobicos e anaerobicos 5x na semana, no mínimo. Ou seja, teoricamente meu colesterol deveria ser normal, correto?

    Responder
    • Sim, mas você deve ter um componente genético muito forte. Sua alimentação é excessivamente rica em proteínas?

      Responder
  13. Bom dia Dr. Pedro, meu esposo fez exame deu o trigliceres deu 466, ele faz dieta, execicios fisicos, todos os dias, e o cardiologista passa medicação, eh sempre da alta

    Responder
  14. Boa noite Dr. Pedro sofro de hipotiroidismo, tento emagrecer mas não consigo,tenho extrema necessidade por causa dos joelhos, sinto muita dor, minha alimentação é light, além disso apareceu uma artrite nos braços pergunto essa doença estaria ligada ao hipotiroidismo?agradeço atenção que dispensar a esta. aguardo retorno

    Responder
  15. Boa Tarde Dr. Fiz analises no dia 6 janeiro onde reparei alguns niveis acima dos parametros normais. Como de momento não tenho médico se me pode-se ajudar agradecia:
    Glisémia » 69 / Colestrol Total » 233 / Colestrol LDL » 155 / Cloestrol HDL » 63 / Analise Urina_ Densidade » 1.028 » Todos estes valores estão acima dos valores de referência.
    Hemograma – Eritrócitos » 5,95 ( VR 4.50 – 5.50 ) / Leucograma – Linfócitos » 40,4 ( VR 20.00 – 40.00 )
    Tenho 32 anos costumo fazer desporto com regularidade e tenho refeições normais, nada de muitos abusos. Será que ao fazer os exames a seguir a passagem de ano teve consequencias? Pois cometi alguns exessos de alcool e doçes no natal, e estive praticamente 2 semanas sem fazer exercicio fisico.
    Grato pela colaboração!

    Responder
    • Pode ter agravado sim, mas não deu tempo de ser uma alteração muito relevante, pois o efeito da dieta no colesterol não é tão imediato.

      Responder
  16. meu colesterol hdl 35 mg colesterol total 169 colesterol ldl 123 colesterol não hdl 133 e o trigliceres 54 isso é muito grave por eu estou fazendo dieta ja perde 25k e tenho que perder 13k e queria saber o que é um exercicio regular

    Responder
  17. Doutor,
    Meus exames deram: Colesterol total: 258 // Triglicerídeos: 95 // HDL: 60
    Isso é muito grave??? Tenho consulta para janeiro de 2015.
    Abraço

    Responder
    • O seu colesterol está alto, mas não é nenhuma urgência. Você pode aguardar pela consulta em Janeiro.

      Responder
  18. Dr. Pedro Pinheiro – MD. Saúde uma vez o colesterol alto tem como ele voltar ao estado normal ? OBS: fiz uso de anabolizante,
    e isso fez com que meu colesterol total fosse a 188,sendo que o desejável e 200 de colesterol total.. deis de já grato

    Responder
  19. oi dr. bom dia minha filha tem 2 anos e 8 meses esta com trigliceridios de 219.4 e eu estou preucupada por ela so toma mamadeira obg

    Responder
    • Por que ela só toma mamadeira nessa idade? Ela tem quase 3 anos, já era para estar comendo de tudo.

      Responder