Artigo atualizado em 10/08/2013

LEPTOSPIROSE | Sintomas e tratamento

Publicidade

A leptospirose é uma zoonose, ou seja, uma doença transmitida por animais, causada pela bactéria Leptospira interrogans. (leia também: DOENÇAS CAUSADAS POR BACTÉRIAS)

A leptospirose é uma doença que ocorre no mundo inteiro – exceto nos pólos – mas possui maior incidência nos trópicos. Acomete pessoas de todas as idades e é mais comum nas populações com piores condições de saneamento básico.

Transmissão da leptospirose

A leptospirose é uma doença de animais mamíferos, principalmente roedores. Pode também atingir cães e gatos domésticos, além de animais de criação, como gado, cavalos, porcos, ovelhas, etc.

O animal contaminado elimina a bactéria em sua urina, contaminando o solo e água. A bactéria Leptospira interrogans é capaz de sobreviver por muito tempo em ambientes úmidos, porém, morre rapidamente em ambientes secos.

Um mito urbano muito difundido é o da transmissão de leptospirose em latas de refrigerante ou cerveja. Esta é uma via pouco comum, já que uma vez que as latas estejam secas, a bactéria torna-se inviável. Todavia, essa modo de transmissão é possível se as latas, após contato com a urina infectada, permanecerem armazenadas em locais úmidos até o momento do consumo.

Entre os humanos, a principal fonte de transmissão são os ratos de esgoto. A infecção ocorre geralmente após o consumo de líquidos e alimentos e também por contato direto da pele – principalmente se houver feridas – com água contaminados pela urina destes roedores. Quanto mais prolongado for o contato com a pele, maior o risco de contágio.

Enchente - fator de risco para leptospirose

Enchente – fator de risco para leptospirose

Não há relatos de transmissão de humano para humano, ou seja, o contato com a urina de outras pessoas não transmite leptospirose.

Nas regiões mais pobres, a maioria das infecções ocorre através do contato com águas de chuvas e enchentes contaminadas por urina de ratos. A ineficácia ou inexistência de rede de esgoto e drenagem de águas pluviais, a coleta de lixo inadequada e as consequentes inundações são condições favoráveis às epidemias.

É possível pegar leptospirose ao nadar em rios e lagos de água doce, caso as mesmas estejam contaminadas. Na praia a contaminação é pouco provável devido ao alto teor de sal da água que mata a bactéria (leia também: DOENÇAS TRANSMITIDAS PELA ÁGUA).

Sintomas da leptospirose

Como ocorre em várias outras doenças infecciosas, o quadro clínico da leptospirose varia muito de indivíduo para indivíduo. O paciente pode apresentar desde quase nenhum sintoma até um quadro grave com risco de morte.

O período de incubação pode variar de 2 a 30 dias. A média é 10 dias de intervalo entre a contaminação e o início dos sintomas da leptospirose.

Mais de 75% dos pacientes apresentam febre alta com calafrios, dor de cabeça e dor muscular. 50% apresentam náuseas, vômitos e diarreia. Um achado típico da leptospirose é a hiperemia conjuntival (olhos acentuadamente avermelhados).

Outros sintomas da leptospirose possíveis incluem tosse, faringite, dor articular, dor abdominal, sinais de meningite, manchas pelo corpo e aumento dos linfonodos, baço e fígado.

Como os sintomas da leptospirose são semelhantes aos de várias outras doenças febris, o dado mais importante para o seu diagnóstico é a exposição recente a situações de risco, como enchentes ou contato com água de poços, fossas, bueiros e esgoto.

A maioria dos pacientes melhora em um semana. Algumas vezes a evolução da doença é bifásica, com alguma melhora por 2 ou 3 dias seguido de nova piora dos sintomas.

A maioria dos casos de leptospirose apresenta evolução benigna, entretanto, em cerca de 10% a evolução é mais grave, complicando com insuficiência renal aguda (leia: ENTENDA A INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA), hemorragias, insuficiência hepática e insuficiência respiratória.

Os pacientes que complicam costumam apresentar sinais de icterícia (pele amarelada) após o terceiro dia de doença (leia: ICTERÍCIA NO ADULTO E ICTERÍCIA NEONATAL), um sinal de que o fígado começa a falhar.

O diagnóstico da leptospirose é normalmente feito através da sorologia, um simples exame de sangue.

Tratamento da leptospirose

A imensa maioria dos casos de leptospirose é autolimitada e deve ser tratada apenas com sintomáticos e hidratação. Quando o diagnóstico é feito nos 4 primeiros dias, pode se lançar mão de antibióticos como penicilinas, tetraciclina (ou doxiciclina) e eritromicina (leia: ANTIBIÓTICOS | Tipos, resistência e indicações)

Deve se evitar aspirina e anti-inflamatórios pelo risco de hemorragias (leia: AÇÃO E EFEITOS COLATERAIS DOS ANTI-INFLAMATÓRIOS e ASPIRINA | AAS | Indicações e efeitos colaterais).

Nos casos mais graves pode ser necessário internamento em UTI (leia: ENTENDA O QUE ACONTECE COM OS PACIENTES NA UTI) e instituição de tratamentos mais agressivos como ventilação mecânica e hemodiálise (leia: O QUE É HEMODIÁLISE? COMO ELA FUNCIONA?).

A vacina não confere imunização permanente e só está indicada em pessoas com trabalhos de risco como limpadores de bueiros e fossas.

Publicidade
  • lynn

    o exame de sangue para diagnostico da lectospirose, sem aparescer os sintomas, ja da o resultado da doença?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lynn,
    não.

  • brennda

    como que faz os exames para saber se esta com a leptospirose ? os sintomas da doença aparece logo ou demora um pouco ??

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Brennda,
    1- exames de sangue.
    2- Normalmente 10 dias

  • Priscila Amorim

    Porque se o paciência tomar aspirinas e usar antiiflamatórios pode ocorrer de ter hemorragias?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Priscila,
    porque estas drogas inibem a função das plaquetas.

  • Anonymous

    Meu nome é Leandro, em caso de contato rápido com as fezes com posterior limpeza no local imediata com detergente e anti-bactericida, devo me preocupar e ir buscar um médico antes de qualquer sintoma?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Leandro
    a transmissão é pela urina e não pelas fezes.

  • jackeline

    no caso de eu ter limpado um local e tive um contato rapido com a urina e limpei o local depois devo me preocupar pois estou com varias nausease dor no estomago e dores de cabeça devo me preocupar

  • Ana Carolina

    Pode contrair a leptospirose mais de uma vez?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Ana Carolina
    Sim, é possivel contrair leptospirose mais de uma vez.

  • Diego Martins

    … Não entendi direito isso…
    A Leptospirose tem vetor e reservatório ???

    Qual a diferença entre vetor e reservatório?
    Qual a diferença entre vetor e hospedeiro?
    Qual a diferença entre hospedeiro e reservatório?
    Agradeço, quero muito essas respostas.

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Hospedeiro é quem abriga o germe. Se o germe consegue ficar vivo mas não causa doença, o hospedeiro é chamado de reservatório. Se o hospedeiro É capaz de transmitir o germe, ele é chamado de vetor. Na leptospirose o ser humano é hospedeiro, mas não é nem vetor, nem reservatório, pois a bactéria causa doença e não é transmitida pela urina humana

  • isadora

    interessante..adorei a matéria sobre doenças transmitidas pela agua e as pesquisas sobre essas doenças me ajudaram bastante do dever de casa 

  • Leandrataynara

    para mim leptospirose  e uma doença  bacteriana causada pelas  urina de ratos que ficam  em contatos com:.agua,aguas de esgotos e terrenos baldios. entao temos que ficar atento com a leptospirose, porque  e uma doença muito facil  de se pegar  

  • Rebeca

    essas fotos me ajudou no trabalho de Ciencias e achei nogentas essas fotos

  • Cilee lopes

    quero sabe q alimentos esse paciente q esta com leptospirose pode comer?

  • Maisa

    em todos os casos de leptospirose a pessoa tem febre?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      É o habitual. Mas na medicina não existe o “sempre” e o “nunca”.

  • Maisa

    em todos os casos de leptospirose a pessoa tem febre?

  • Gbercht

    tive o contato com a urina , mas limpei logo apos, nao estou tendo os sintomas. Espero ou procuro atendimento?

    • Bianca

      meu  deus  vc  ja  foi ao  medico

  • gerliane

    como importente isso pre gente
     

  • isadora

    interessante..adorei a matéria sobre doenças transmitidas pela agua e as pesquisas sobre essas doenças me ajudaram bastante do dever de casa 

  • Eliane Torquato

    Dr. Pedro bom dia, gostaria de tirar umas duvidas quanto a contaminação da leptospirose  e se possível o sr. responder pelo meu e-mail que é eliane.torquato bol.com.br. Meu marido tem um supermercado e a um tempo teve uma manifestação grande de ratos que já foi feito o controlada pela zoonose, porem eu havia guardado umas caixas com trabalhos escolares de meus filhos no estoque do supermercado e essa semana meu marido resolveu trazel-as para casa. Porem estavam todas com vestigio de ratos , urina, fezes secas e documentos ruidos. Resolvi então picar todos os papeis q estavam nas caixas pois contiam informações pessoais. O cheiro estava muito forte e coloquei então luvas porem não usei mascara. Gostaria de saber se mesmo a urina seca nos papeis ao inalar o cheiro e usando luvas corro o risco de contaminação e se posso continuar a rasgar  outros papeis  que faltam e quais os cuidados devo tomar? Estou muito preocupada pois como li em seu artigo podemos contaminar pela mucosa e pela pele. Faz 6 dias hoje que rasguei esses papeis.Por favor pode me responder!
    Fico no aguardo de seun retorno.
    Att,
    Eliane Torquato

  • Biel_mts99@hotmail.com

    quando um animal cachorro contrai essa doença leptospirose o  rim  fica debilitado mas quando volta a urinar isso e bom sinal

  • Cilee lopes

    quero sabe q alimentos esse paciente q esta com leptospirose pode comer?

  • Fernanda Aparecida Dias

    oi..a 2 dias estou sentindo dores fortes no abdomen,dores na lateral da cabeça…dores muito fortes ..nauseas,vomitos…urina de cor forte …muito mal star…morro em uma casa antiga e ja presenciei ratos na cozinha…recentimente dentro da pia…sempre lavo td q pego p usar pois tenho medo…mais ah exatamente 2 dias peguei uma colher da gaveta e usei sem lavar…esses sintomas podem ser de LEPTOSPIROSE?????

  • Biancastraub2012

    e eu  cm  isto  deeeeeer

  • suelen barboza

    Achei mutio boa a mtéria parabéns a quem a escreveu…!!!!
    Suélen Barboza.

  • Jairo

    Bom Dia,
    Confirmando, a bacteria então não sobrevive no seco neh? eu fiquei meio pensativo depois que coloquei meu Twister ( ratazana) de criação na mesa do halpendre para brncar, pq suspeito de haver rato andando lá anoite, ai fiquei com medo de dele ter pisado em alguma urina e pegar a bactéria!

  • Kelly

    Bom dia!
    Estou com 38 semanas de gestação,e a dois dias foi constatado que estou com leptospirose.
    Gostaria de saber quais são os riscos que o bebê tem?
    O medico apenas passou amoxilina pra eu tomar está certo?

  • Brendorr13

    vlw aaaae isso m fez eu ganhar 30 pts na materia de ciencias!!

  • RUTIENE bispo

    gostaria de saber se a leptospirose tambem acomete a garganta

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não.

  • roni

    tenho duvidas de ter tido contato com a urina de roedores e em alguns dias, precisamente hoje, amanheci com dores e sinal de inchasso na mandíbula. Doe bastante e está inchado. Pode ser algum sintoma da leptospirose? Grato por sua atenção.

  • Leandrataynara

    para mim leptospirose  e uma doença  bacteriana causada pelas  urina de ratos que ficam  em contatos com:.agua,aguas de esgotos e terrenos baldios. entao temos que ficar atento com a leptospirose, porque  e uma doença muito facil  de se pegar  

  • 213a17324568

    algumas eu percebi que são realmente muito graves em relação com animais domésticos
    “ratos de esgoto”
    não quero pegar não
    pode ser transmitida em humanos

  • 213a17324568

    leptopirose pode ser transmitida por:
    “lagos,rios e ratos de esgoto
    realmente muito graves em relação aos animais domésticos como “cães e gatos”
    pode tambem ser transmitida em humanos sabendo que 75% dos pacientes apresentam febre alta com calafrios, dor de cabeça e dor muscular. 50% apresentam náuseas, vômitos e diarreia. Um achado típico da leptospirose é a hiperemia conjuntival (olhos acentuadamente avermelhados).
    não queiram pegar galera é realmente muito grave!!

  • izabella021011

    No fundo de casa havia urina de rato, logo depois que vi deixei o local contaminado de molho com candida e sabão em pó, depois de 20 minutos lavei o local, e porém vi que tinha um machucado no pé, e tinha entrado em contato, queria saber se mesmo eu ter deixado com a candida e o sabão em pó de molho, e ter tido contato com a água depois de lavar, posso pegar leptospirose… Obrigado e aguardo a resposta

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Provavelmente não.

  • Rubya

    Olá gostaria de saber se em crianças e muito grave pois estou aflita

    • Pedro Pinheiro

      Só se for criança muito pequena.

  • Felipe de Oliveira

    Existe algum sinal ou sintoma que é PATOGNOMÔMICO de leptospirose?

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Que eu saiba, não.

  • Gabriel

    um dia desses pisei na lama ao descer do carro , ai molhou meu pé , mas ao chegar em casa lavei ele num banho bem demorado (15 minutos) pois estava com medo de ter pego ao pisar apenas na lama , kkkk , mas poderia me dizer se realmente é possível alguém pegar só de pisar numa lama , ou se o rato tem que morder a pessoa para que ela pegue!

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Geralmente o contato com a água contaminada deve ser mais demorado do que somente pisar numa poça. É pouco provável a contaminação desta forma.

  • MÔnica Mendes

    Ola eu tenho 15 anos e sem querer entrei em contato com a Urina do Rato na minha Mao e não sei oque fazer porfavor pode me ajudar?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Procure um infectologista para ele ouvir a sua história e decidir se há necessidade de algum tratamento.

  • weslley

    tive leptospirose!
    Gostaria de saber se corro o risco de pegar novamente?
    Obrigado dez de já.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Sim, há risco.

    • MARCUS

      Weslley você fez algum exame para constatar a doença? se fez qual foi?

  • v

    Talvez seja algum sintoma sim, mas você deve consultar o médico se os sintomas forem se intensificar, pois ás vezes é psicológico.