11 de julho de 2013

BACTÉRIA Escherichia coli | E.coli

 
173 COMPARTILHAMENTOS

A Escherichia coli, também chamada de E.coli, é uma bactéria que vive habitualmente dentro dos intestinos dos mamíferos. Todos nós eliminamos diariamente nas fezes trilhões de bactérias do tipo Escherichia coli. Quem nunca ouviu falar na pesquisa de coliformes fecais para avaliar a qualidade da água e dos alimentos? Quando procuramos por coliformes fecais, estamos à procura da E.coli, cuja presença indica contaminação da água ou dos alimentos por fezes.

Publicidade

Mas se a Escherichia coli vive normalmente nos intestinos de todos os mamíferos, por que de tempos em tempos ouvimos falar de doenças causadas por esta bactéria?

Existem duas explicações para a pergunta acima. A primeira está no fato de que a maioria das cepas da E.coli costuma ser inofensiva quando restrita aos intestinos. As doenças surgem quando a bactéria consegue alcançar outros órgãos do nosso corpo, como por exemplo a bexiga. A maioria das infecções urinárias são causadas pela Escherichia coli, que devido a proximidade da uretra feminina com o ânus, frequentemente consegue passar do trato digestivo para o trato urinário.

Temos dois textos sobre infecção urinária em que explicamos com detalhes como se dá a infecção da bexiga e dos rins pela E.coli:
INFECÇÃO URINÁRIA | CISTITE | Sintomas e Tratamento
PIELONEFRITE | INFECÇÃO URINÁRIA | Sintomas e tratamento

A infecção urinária é a infecção mais comum causada pela Escherichia coli, todavia, esta bactéria também pode causar vários outras infecções como abscesso no fígado, pneumonia, meningite, artrite, colecistite (infecção da vesícula) etc…

Um quadro gravíssimo de sepse (leia: O QUE É SEPSE E CHOQUE SÉPTICO?) costuma ocorrer nos pacientes que apresentam  perfuração do intestino, o que permite um grande afluxo de bactérias intestinais para dentro da cavidade abdominal, causando grave peritonite.

Escherichia coli

Bactéria Escherichia coli

A segunda explicação reside no fato de que existem diferentes cepas de Escherichia coli, sendo algumas delas capazes de causar doenças mesmo quando restritas aos intestinos. Existem várias cepas diferentes de E.coli responsáveis por quadros de diarreia, com diferentes graus de gravidade. Todas elas são adquiridas após ingestão de água contaminada com fezes. A contaminação através de alimentos também é comum e se dá por vegetais regados ou lavados com água contaminada ou alimentos crus ou mal cozidos preparados por cozinheiros ou açougueiros que não lavam as mãos adequadamente após avacuarem. A carne também pode se contaminar no momento do abate, ainda antes de chegar ao açougue ou supermercado.

Entre as diarreias causadas pela Escherichia coli, podemos destacar as seguintes cepas:

a) EPEC - E.coli Enteropatogênica: Causa comum de diarreia em crianças

A E.coli Enteropatogênica é uma cepa capaz de se aderir à parede do intestino, causando inflamação e alterando a capacidade deste em absorver água e alimentos, o que resulta em diarreia aquosa. Adultos costumam ganhar imunidade contra esta cepa, daí o motivo desta diarreia ser mais comum em crianças e bebês.

b) ETEC – E.coli Enterotoxinogênica: Causa a diarreia conhecida como diarreia dos viajantes

A E.coli Enterotoxinogênica é uma cepa que produz uma toxina semelhante à da bactéria da cólera, que causa uma diarreia aquosa profusa. Esta Escherichia coli é comum nos países tropicais, sendo causa frequente de diarreia em crianças nativas ou em turistas vindos de países de clima temperado. Geralmente o paciente desenvolve imunidade após a infecção, motivo pelo qual ela só costuma acontecer uma vez.

c) EIEC – E.coli Enteroinvasiva: Causa quadro semelhante à disenteria

A E.coli Enteroinvasiva é uma cepa com uma virulência parecida com a bactéria Shigella, causadora da disenteria. O quadro clínico desta infecção é de profusa diarreia, geralmente com sangue, intensa dor abdominal e febre alta.

d) EHEC – E.coli Enterohemorrágica: Causa grave diarreia e síndrome hemolítica urêmica

A E.coli Enterohemorrágica é uma cepa que também se comporta de modo semelhante à bactéria Shigella, sendo capaz de produzir uma toxina altamente agressiva que leva à colite hemorrágica. O quadro da E.coli Enterohemorrágica é também de diarreia sanguinolenta e intensa dor abdominal, porém, com um fator agravante: esta cepa de Escherichia coli pode levar a um quadro de síndrome hemolítica urêmica, uma complicação grave que cursa com anemia e queda das plaquetas por destruição maciça das mesmas, além de insuficiência renal aguda (leia: INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA | Sintomas e tratamento) que em muitos casos requer a realização de hemodiálise (leia: HEMODIÁLISE | Como funciona, cateter e fístulas).

A E.coli Enterohemorrágica é frequentemente a responsável por surtos de grave intoxicação alimentar, levando até à morte de alguns pacientes. Somente neste ano de 2011 já foram descritos 3 surtos de infecção por E.coli Enterohemorrágica, dois nos EUA (em Março e Abril) e um muito noticiado em Junho na Alemanha, com pelo menos 520 casos e 11 mortes.

Como evitar contaminação pela Escherichia coli?

No caso da infecção urinária a contaminação ocorre quando bactérias das fezes alcançam a entrada da uretra. Isto pode se dar durante o ato sexual, principalmente se houver relação anal precedendo a vaginal, por descuido na higiene após evacuação, por ducha vaginal etc… No texto sobre cistite (INFECÇÃO URINÁRIA | CISTITE | Sintomas e Tratamento) explicamos com detalhes como evitar a infecção urinária.

Em relação às diarreias causadas por cepas mais virulentas da E.coli, a transmissão pode se dar dos seguintes modos:

– Entre humanos: é uma forma pouco comum e se dá por pessoas contaminadas que não lavam as mãos após evacuarem.É mais comum em creches e asilos.
– Por contato com animais: geralmente ocorre em fazenda após contato com gado ou porcos sem a devida higienização das mãos.
– Por alimentos: É a forma mais comum. Como a E.coli costuma ficar no alimento por alguns dias antes deste ser ingerido, há tempo das bactérias se multiplicarem. Quanto maior a quantidade de bactéria ingerida, maior as chances de intoxicação alimentar. A contaminação imediatamente antes do consumo por mãos contaminadas (geralmente do cozinheiro) também é possível.

Dicas para prevenção da E.coli:

– Lave bem as frutas e verduras antes de consumi-las.
– Evite comer carnes mal passadas (o cozimento mata a E.coli).
– Não consuma leites ou sucos em caixa que estejam fora da geladeira há muito tempo após abertos.
– Lave bem as mãos antes de preparar alimentos ou após ir ao banheiro.
– Lave bem as mãos após contato com animais, principalmente porcos e vacas.
– Lave bem os talheres que foram usados para cortar alimentos crus.

Temos um texto somente sobre as causas de diarreias que sugerimos que vocês leiam: DIARRÉIA | Causas, sinais de gravidade e tratamento

"BACTÉRIA Escherichia coli | E.coli", 5 de 5 baseado em 1 votos.
Publicidade
  • profelianelisboa@gmail.com

    olá existe cirurgia na bexiga para exterminar com a coli? faz anos que tenho e não consigo curar.masi de 100.0000 qque faço?? estou resistente a quase tudo..

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não existe cirurgia para infecção urinária recorrente.

  • Yanni

    Olá Dr. Pedro, meu nome é Yanni, tenho 19 anos; espero que o senhor responda a minha mensagem pois me encontro num grande problema.

    É o seguinte, o problema com meus rins começaram quando eu tinha 18 anos, estava grávida de 3 meses e tive uma infecção urinaria simples na qual não me tratei direito com a Cefalexina.

    Depois este problema voltou com 8 meses de gravidez e veio muito mais forte com febre de 39 e me diagnosticaram PIELONEFRITE, fui internada por 4 dias com o tratamento de Cefalexina por veia, e já de alta mais 10 dias via oral. Terminei meu tratamento como foi mandado, mas o problema persistiu até o dia de hoje, fui tratada com diferentes antibióticos como : Nitrofurantoina, Bactrim, Ciprofloxacino e Cefuroxima (Via ORAL) e nenhum deles fez efeito.
    Agora me encontro com febres há mais de 3 semanas, estou tomando td dia Paracetamol e mesmo assim a febre não vai embora, os médicos não conseguem deter a infecção do rim. Eu tenho muito medo de acabar precisando de hemodiálise ou tendo uma sepse.

    Por Favor o que o senhor me recomendaria? Preciso uma internação e ser tratada por veia com o Ciprofloxacino?

    O que o senhor acha que eu devo fazer? Nenhum hospital público tem vagas para me internar.

    A solução seria a internação mesmo? Me sinto muito preocupada, pois sou muito nova e este mal não passa por nada.

    É urgente preciso sua ajuda!

    Grata e aguardo resposta por gentileza, Yanni

  • Fernanda Stofella

    Ola, sou veterinaria! Trabanho em um pet shop , onde na analise microbiologica das banheiras de banho deu E. coli. Gostaria de saber se algo pode ser feito além de desinfecção das banheiras. Por ser uma bacteria do trato gastrointestinal e a alta rotatividade de animais, pelo meu conhecimento, é natural que exista E. coli ali, mas gostaria de saber quais produtos posso ultilizar para ´´ combater´´. Obrigada

  • Fernanda Stofella

    Ola, sou veterinaria! Trabanho em um pet shop , onde na analise microbiologica das banheiras de banho deu E. coli. Gostaria de saber se algo pode ser feito além de desinfecção das banheiras. Por ser uma bacteria do trato gastrointestinal e a alta rotatividade de animais, pelo meu conhecimento, é natural que exista E. coli ali, mas gostaria de saber quais produtos posso ultilizar para ´´ combater´´. Obrigada

  • Ana Simões

    Olá! É possível ter uma infecção urinária por ingestão de água contaminada com a bactéria? Obrigado

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Não. Água contaminada causa vários problemas, principalmente infecções gastrointestinais, mas infecção urinária, não.

  • Ana Simões

    Olá! É possível ter uma infecção urinária por ingestão de água contaminada com a bactéria? Obrigado

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não.

  • PUPINHA

    Ola, meu nome é Solange, tive um infecção urinaria à três dias, senti muita dor nas costa do lado direito e pontadas no abdome no lado direito tb, calafrios náuseas e fraqueza, fiz ultrassonografia exames de sangue e urina e tb urocultura e estou com a E.Coli, já estou um pouco melhor com o antibiótico, pelas pesquisas que fiz parece que essa bactéria no rim pode trazer muitas complicações, estou insegura isso pode ser grave? Ja tive infeções no rim outras vezes porem não desse jeito com esses sintomas se puder me responder agradeço….

  • PUPINHA

    Ola, meu nome é Solange, tive um infecção urinaria três dias, senti muita dor nas costa do lado direito e pontadas no abdome no lado direito tb, calafrios náuseas e fraqueza, fiz ultrassonografia exames de sangue e urina e tb urocultura e estou com a E.Coli, já estou um pouco melhor com o antibiótico, pelas pesquisas que fiz parece que essa bactéria no rim pode trazer muitas complicações, estou insegura isso pode ser grave? Ja tive infeções no rim outras vezes porem não desse jeito com esses sintomas se puder me responder agradeço….

  • PUPINHA

    Ola, meu nome é Solange, tive um infecção urinaria três dias, senti muita dor nas costa do lado direito e pontadas no abdome no lado direito tb, calafrios náuseas e fraqueza, fiz ultrassonografia exames de sangue e urina e tb urocultura e estou com a E.Coli, já estou um pouco melhor com o antibiótico, pelas pesquisas que fiz parece que essa bactéria no rim pode trazer muitas complicações, estou insegura isso pode ser grave? Ja tive infeções no rim outras vezes porem não desse jeito com esses sintomas se puder me responder agradeço….

  • http://twitter.com/123Andinha Andrielly Granata

    olá,meu nome é larisse
    Uma amiga minha tem essa bactéria eschrichia coli
    e ela gostaria de saber oque ela pode causar
    Muito Obirgado

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      O texto é exatamente sobre isso.

  • Gustavo lima

    Oi meu nome é Gustavo, a um tempo atras minha namorada estava com um corrimento vaginal e ela havia se consultado no médico e foi receitado metronidazol, depois de tomar duas caixas de metronidazol o problema continuou. Ela não sabia mais o que fazer e eu fui a uma farmácia e o atendente passou clindamicina. Ela tomou a clindamicina e o problema na vagina foi embora. Só que um dia depois ela desenvolveu uma diarreia cronica que ja dura mais de um mês. Pelo menos ela não está com sangramento nas fezes, O pior que moramos em uma cidade que o atendimento médico é precário, você marca um exame hoje e um medico especializado só irá aparecer daqui a um mês. Eu não sei o que fazer e tenho muito medo que o pior aconteça a ela.

  • Leledelicia21

    oi meu nome e leticia qndo tinha dois anos minha mae fez um exame de urocultura em mim e nele acusou q eu tinha esse germe isolado escherichia coli qria saber se essa bacteria tem cura se ainda possuo ela em meu organismo

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Essa bactéria vive nos nossos intestinos. A princípio, se você se tratou, ela não deve mais estar na sua urina.

  • Marcia

    Márcia o que faço estou Escherichia coli AUTOBIOGRAMA- material urina… amicacina sensivel ampicilina resistente acido pipemidico sensivel acido nalidixico sensivel cefazolina sensivel cefalexina resist. cefotaxina sensi.. cefriaxonasensi.. cefalotina resis. ciprofloxacina sens.. clindamicina resis clorafenicol resis eritromicina resis.. gentamicina sens nitrofurantoina sens norfloxacina sens penicilina resis suflametoxazol resis tetraciclina resis tobramicina sens estava tomando monuril e não estou 100% e não tenho sinal de sagramento ou febre o que faço vou para um urologista mas ja fui para uma ginicologista dia 11/10

  • Karinesevero

    Dr. Pedro, a E.Coli é sensível ou resistente à Cefalotina? Agradeço a atenção desde já. Abs.,

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Depende do perfil de sensibilidade da E.coli. Em geral pode ser uma opção, mas há cepas resistentes.

  • Beto A Moura

    Já tinha protese peniana há + de 5 anos e em julho deste ano fui para Los Angeles e lá coloquei com o Dr James Elist outra protese (aumentar e engrossar o penis). A cirurgia e o pós correu tudo bem e em 7 dias retornei ao Brasil com acompanhamento do meu médico aqui q continuou os curativos e acompanhamento, inclusive retirada dos pontos. Acontece que dias depois percebi que um dos pontos não fechava e por ele vazava líquido.Depois de alguns dias fiz alguns ultrason e constatou-se certa região onde se acumulava liquido,causando gde preocupação do meu médico aqui no Brasil que tinha receio de que o liquido se alastrasse nas duas proteses. Um exame de “cultura” constatou a bacteria “escherichia coli”. Fui de novo para a mesa de cirurgia e o resultado foi que tive de “arrancar” a protese recente que tinha colocado em LA., pois já estava comprometida. A outra protese (implante peniano) não chegou a ficar comprometida. Relato tudo isso pois estou inconformado com o ocorrido, haja vista que pelo menos 10 dias antes dessa cirurgia em LA, já vinha tomando uma carga enorme de antibioticos (e depois também) e não consigo entender como fui atingido por esse problema. Em questão de higiene considero-me também super “atento”.
    Hoje, segundo meu medico, tudo está OK. comigo.Continuo não entendendo o que devo ter feito de errado para ter sido atingido por essa bacteria, Se possivel, gostaria de sua resposta.
    Obrigado, Antonio.

  • zara

    estou fazendo tratamento urinario ja faz 1 ano , ate ja me internei para tomar antibiotiotico + forte e sempre a mesma bactecia escherichia coli , tenho a impressao que meu urulogista nao sabe o que me da + atualmente estou tomando + 01 antibiotico porque sera que nao consiguo combater essa bacteria

    • Giselekelen

      o meu problema também é parecido, doutor. Gostaria que respondesse essa pergunta pois é também o meu caso

      • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

        Lamento, mas conforme está claro nas regras do site, comentar sobre casos particulares na internet fere o código de ética médica.

  • Almiro

    ola douto estou com eschechia coli to muint mal porq ela pasou para prosta ja fui medicado mais o remedio nao resove oq eu faso

  • Almiro

    eu to com esse ploblema dotor e ja fis o esame sequesao o medico me receito um azitromecina mais nao resovel to com muinto medo porq a infequisao pasou d canal para a prosta e doi muinto me ajuda oq eufaso por favor

  • Marcia

    quando se estar com escherichia coli e estar 600.00 colonia é perigoso…

  • Potier_jrf

    ref,Escherichia coli de 100.000 UFC/Ml e uma doença grave, como podemos curar a mesma

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Há várias cepas de E.coli nos intestinos que não causam doenças intestinais e não precisam ser tratadas.

  • Rafael

    Boa tarde. Após a leitura do texto me restou uma dúvida:
    1- Quanto a Escherichia coli não enteropatogênica. Quais males pode causar? É necessário uso de antibióticos? É normal apresenta-las em uma coprocultura?

    Atenciosamente

    Rafael

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Há várias cepas de E.coli nos intestinos que não causam doenças intestinais e não precisam ser tratadas.

  • http://profile.yahoo.com/43OGQHLYMFDVNFUJRA35XBJAMU Elizabeth

    Essa eschirichia coli e streptococcus bovis grupo é contagiosa a quem manipula um doente com elas?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não.

  • Mayaramelo

    Doutor Pedro está de parabéns.
    Um artigo simples e totalmente esclarecedor !
    Você me ajudou bastante,parabéns pelo trabalho !

  • Helena lucia

    Estou com cistiti ja vai pra uma semana ,fui medica passou remedios melhorei mais e so eu me prender por não ter um lugar pra urinar ja me da muita dor ..semama do feriado acabei indo pro hospital que no final da urina saia uma raio de de sangue mais ele não se misturava a urina..era como se ele estive com uma pelicula

  • Edinuzia santos

    interessante oarquivo.

    • Vitortina-

      e verdade

  • Carolzinha-sfs

    Parabéns pela matéria muito boa.

  • lucia

    adorei super esclarecedor ,parabéns!

  • carolina

    achei muito interessante e que as pessoas de hoje em dia vejam a gravidade e a cituaçao da agua contaminada

  • carolina

    achei interessante mas tambem um pouco sem graça

  • Cristiane

    ótima matéria bem elaborada,tirei todas as minha duvidas,pois estou tendo infeção  na urina desde dezembro de 2011,após exames de cultura e antibiograma ,foi detectado a bactéria (escherichia coli).sou resistente a vários antibíoticos,porem acho que agora vai dar certo.muito obrigado!!!

  • marcileni silva

    voces estaõ de parabens pois ajudam atira as duvidas”””

  • Sabrinagatinha

    coisa ruim nao fala nada o que eu quero [tempo de vida das bacterias]

  • Carolzinha-sfs

    Parabéns pela matéria muito boa.

  • http://www.alessandrapires.com.br/ Alessandra Pires

    Parabéns pelo blog. Muito claro e informativo.

  • Anonymous

    Parábens pelo site. Eu e minha colega de faculdade achamamos muito pertinente a ideia deste sítio eletrônico principalmente devido ao esclarecimento de dúvidas referentes a área. Cursamos Farmácia e gostamos muito do Website. Mas uma vez parabéns aos Doutores que ajudam a estruturá-lo.

    Rafael Cintra – Formação Interdisciplinar pela UFOPA /Farmácia; Biotecnologia