CALCULE O SEU PESO IDEAL E IMC

Descubra qual é o peso adequado para a sua idade e altura e saiba em que faixa de IMC você se encontra atualmente.

Em medicina, o conceito de peso ideal nada tem a ver com estética ou com padrões culturais. O que chamamos de peso ideal é o peso corporal que não está associado a um aumento do risco de desenvolver doenças.

Já há ampla literatura científica demonstrando que o excesso de peso aumenta o risco de doenças e reduz a expectativa de vida. Pessoas obesas ou com sobrepeso, por exemplo, apresentam uma maior incidências de problemas cardiovasculares, diabetes, hipertensão, apneia do sono e até de alguns tipos de câncer.

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

Mas não é só o excesso de peso que é considerado danoso à saúde, pessoas com peso corporal abaixo do normal também apresentam maior taxa de mortalidade. Além disso, o baixo peso não só pode ser um sinal de distúrbio psiquiátrico, tal como a anorexia ou bulimia, como também pode ser um sinal de uma doença grave em curso, como um câncer ou AIDS, a título de exemplo.

Neste artigo, nós vamos explicar o conceito de peso ideal e do IMC (índice de massa corporal). Para facilitar a sua compreensão, vamos fornecer calculadoras para você poder calcular tanto o seu peso ideal quanto o seu IMC.

Ao final do texto vamos falar também um pouco sobre o peso ideal durante a gravidez.

Esse texto faz parte do grupo de artigos sobre o tema obesidade e perda de peso. Não deixe de ler também os outros artigos da série:

Índice de massa corporal (IMC)

O conceito de peso ideal é obtido através do cálculo do índice de massa corporal (IMC). Peso ideal e IMC ideal são conceitos semelhantes. Vamos explicar.

O índice de massa corporal é um indicador adotado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), que é usado para o diagnóstico do baixo peso, sobrepeso e da obesidade. O IMC pode ser facilmente calculado a partir de dois simples dados: peso e altura. A fórmula é simples:

IMC = peso (em quilos) ÷ altura² (em metros)

Caso você queira utilizar uma calculadora de IMC para calcular o seu índice de massa corporal, utilize a nossa versão abaixo:

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

Os resultados do IMC são interpretados da seguinte forma:

  • Baixo peso = IMC abaixo de 18,5 kg/m².
  • Peso normal = IMC entre 18,5 e 24,9 kg/m².
  • Sobrepeso = IMC entre 25 e 29,9 kg/m².
  • Obesidade grau I = IMC entre 30 e 34,9 kg/m².
  • Obesidade grau II = IMC entre 35 e 39,9 kg/m².
  • Obesidade grau III (obesidade mórbida) = IMC maior que 40 kg/m².

Como é fácil deduzir, você deve procurar ter um IMC na faixa normal, ou seja, entre 18,5 e 24,9 kg/m². Valores acima ou abaixo desta faixa estão associados a um maior risco de doenças e uma redução na expectativa de vida. Quanto mais afastado da faixa de IMC ideal você estiver, seja para mais ou para menos, maior é o risco de você desenvolver problemas de saúde.

O índice de massa corporal é um relevante indicador de saúde, cuja utilidade já foi comprovada por vários estudos científicos.

Se você quiser saber mais sobre o IMC, leia o seguinte artigo: COMO CALCULAR O IMC – Índice de massa corporal.

Cálculo do peso ideal

O conceito de um peso ideal vem sendo debatido há décadas sem que tenhamos chegado a um consenso. Na verdade, o peso saudável deve ser individualizado para cada pessoa, de acordo com o sexo, idade, altura, biotipo e existência ou não de doenças associadas.

Diversas fórmulas foram desenvolvidas ao longo dos anos, de forma a tentar encontrar um modo das pessoas saberem qual seria o peso ideal ou o peso saudável. A calculadora abaixo é uma dessas opções:

O problema da maioria das fórmulas é que elas levam pouco dados clínicos em consideração e frequentemente apresentam resultados distintos entre si. Por exemplo: na calculadora que fornecemos acima, um homem de um metro e oitenta tem estipulado como peso ideal 72 kg. Mas as outras fórmulas existentes fornecem os seguintes resultados para esse mesmo indivíduo:

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

– Pela fórmula de Hamwi (1964), o peso ideal seria 77,3 kg.
– Pela fórmula de Devine (1974), o peso ideal seria 75,0 kg.
– Pela fórmula de Robinson (1983), o peso ideal seria 72,6 kg.
– Pela fórmula de Miller (1983), o peso ideal seria 71,5 kg.

Portanto, dependendo da fórmula utilizada, o peso ideal para um homem de 1,80 metro poderia variar de 71,5 kg até 77,3 kg.

Como descobrir o peso ideal

Na verdade, apesar de fornecerem resultados que discordam em quase 6 quilos, nenhuma das fórmulas acima está complemente errada. O conceito atual de peso ideal está intimamente ligado ao IMC. O ideal é que você tente se manter dentro da faixa de IMC normal, ou seja, entre 18,5 e 24,9 kg/m². O que a maioria das fórmulas de peso ideal tenta é encontrar um peso que faça com que o paciente fique mais ou menos ao redor de 22 ou 23 kg/m².

Seguindo essa lógica, para o nosso hipotético exemplo de um homem de 1,80m, qualquer peso entre a faixa de 60 kg e 81kg faria com que ele se enquadrasse dentro do conceito de IMC normal. Obviamente, com algo em torno de 60 kg (IMC = 18,52 kg/m²) ou de 81 kg (25 kg/m²), o nosso exemplo estaria muito próximo do baixo peso ou do sobrepeso, respectivamente, o que de certa forma fala contra o conceito de peso ideal.

Portanto, levando em conta tudo o que foi discutido até agora, faz sentido considerar que o peso ideal seria aquele que mantivesse o indivíduo com um IMC normal, mas com alguma margem de segurança entre os limites. É por isso que a maioria das fórmula de peso ideal mira um IMC entre 20 e 23 kg/m².

Peso ideal não é tudo

É importante destacar que estar no peso ideal é apenas um dos fatores para se ter uma vida saudável. Tão importante quanto o peso são a prática de exercícios físicos, uma dieta equilibrada, uma quantidade adequada de sono por noite e o evitamento de substâncias nocivas à saúde, tais como o cigarro, o álcool em excesso ou outras drogas.

Peso ideal na gravidez

A gravidez é uma situação especial. O ganho de peso não só é esperado como também é inevitável. Não há como uma mulher grávida não ganhar alguns quilos de peso ao longo da sua gravidez. Porém, da mesma forma que ocorre com as mulheres não grávidas, um ganho excessivo ou insuficiente de peso estão ligados a complicações de saúde (da mãe e do bebê).

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

A maior parte do ganho de peso na gravidez ocorre no 2º e no 3º trimestre.

No primeiro trimestre, o ganho de peso é pequeno, variando entre 0,5 a 2,0 kg. Não só não há nenhuma necessidade de engordar nesta fase, como é difícil fazê-lo, já que é nas primeiras semanas de gravidez, a gestante costuma ter enjoos e vômitos frequentemente (leia: ENJOOS E VÔMITOS NA GRAVIDEZ).

A partir do segundo trimestre de gravidez, o ganho de peso acelera-se, devendo ficar em torno de 0,5 kg por semana.

O ganho de peso total durante a gravidez deve variar de acordo com o IMC prévio da gestante. Os valores atualmente indicados são os seguintes:

  • IMC menor que 18.5 kg/m2 (baixo peso) → ganho de peso gestacional desejado entre 12.5 e 18.0 kg.
  • IMC entre 18.5 e 24.9 kg/m2 (peso normal) → ganho de peso gestacional desejado entre 11.5 e 16.0 kg.
  • IMC entre 25.0 e 29.9 kg/m2 (sobrepeso) → ganho de peso gestacional desejado entre 7.0 e 11.5 kg.
  • IMC maior que 30.0 kg/m2 (obesidade) → ganho de peso gestacional desejado entre 5.0 e 9.0 kg.

Explicamos o ganho de peso na gravidez com detalhes no seguinte artigo: GANHO DE PESO NA GRAVIDEZ.