Artigo atualizado em 22/07/2013

CÁLCULO RENAL | Tratamento e duplo J

A pedra no rim, também conhecida como cálculo renal ou litíase renal, é uma doença relativamente comum e uma das condições médicas que mais causa dor no seres humanos.

No artigo de hoje vamos falar sobre o tratamento e a prevenção do cálculo renal,  abordando os seguintes pontos:

  • Tratamento durante a crise de cólica renal.
  • Tratamento das pedras de grande tamanho.
  • Cirurgia para cálculo renal.
  • Utilização do cateter duplo J.
  • Investigação da composição do cálculo renal.
  • Remédios que dissolvem as pedras.

A primeira parte deste texto, abordando as causas e sintomas do cálculo renal, pode ser acessado neste link: CÁLCULO RENAL | Causas e sintomas.

Tratamento da crise aguda de cólica renal

A crise de cólica renal geralmente surge quando uma pedra formada no rim move-se e fica impactada em uma região do trato urinário, obstruindo a passagem da urina. Esta obstrução pode ocorrer dentro do próprio rim, mas é mais comum nos ureteres, o ducto que leva a urina do rim à bexiga.

Cálculo renal

A cólica renal costuma ser uma dor severa, com crises que duram até 60 minutos ininterruptos. Há pessoas que dizem que a cólica renal é a pior dor que já sentiram na vida.

O primeiro passo no tratamento da cólica renal é obviamente aliviar a dor do paciente. As drogas mais usadas são os anti-inflamatórios e os opioides (derivados da morfina).

Uma vez que o paciente encontre-se mais aliviado da dor, deve-se tentar encontrar a causa da cólica renal. Uma radiografia simples de abdômen e uma ultrassonografia geralmente são suficientes para se localizar a pedra. Se o cálculo já estiver no final do ureter, próxima à bexiga, o melhor exame para detectá-la é a tomografia computadorizada.

A localização e o tamanho da pedra são os fatores que definem os próximos passos no tratamento do cálculo renal.

Locais mais comuns de cálculo renal (pedra no rim)

Localizações mais comuns da litíase renal

Cálculos menores que 5 mm (0,5 cm), principalmente se localizados na parte final do ureter, habitualmente saem espontaneamente pela urina sem tratamento. Menos de 20% dos pacientes com pedras menores que 5mm precisam de alguma intervenção médica para retirar seu cálculo renal. O cálculo demora em média 8 a 14 dias para ser expelido. Porém, dependendo da localização, o tempo pode ser maior que 1 mês.

A partir dos 5 mm, quanto maior for a pedra, menor a chance dela ser eliminada espontaneamente. 60% dos cálculos renais entre 5 e 7 mm são eliminados sem tratamento; esta taxa cai para menos de 50% nas pedras com tamanho entre 7 e 9 mm. Já a pedras grandes, com mais de 9mm somente 25% saem espontaneamente, mesmo assim, apenas se já estiverem na parte final do ureter. Cálculos maiores que 10 mm (1cm) localizados no início do ureter, próximo ao rim, não costumam sair sozinhos, pois são até 3x maiores que o diâmetro médio do ureter.

Tratamento expectante do cálculo renal

Uma vez controlada a dor do paciente e diagnosticado um cálculo renal com menos de 10 mm sem sinais de complicações, como hidronefrose (dilatação do rim por obstrução da passagem de urina), o paciente pode ser tratado em casa, à espera da eliminação espontânea da pedra.

Geralmente o paciente é liberado para casa medicado com anti-inflamatórios para controlar a dor e medicamentos que relaxem o ureter, o que facilita a passagem do cálculo em direção à bexiga. As drogas mais usadas para este fim são a Tansulosina (medicamento também usado na hiperplasia benigna da próstata) ou a Nifedipina (medicamento também usado para tratar hipertensão arterial).

Orienta-se também o paciente a ingerir bastante líquidos para que um grande volume de urina ajude a empurrar a pedra.

Se o paciente tiver pedras maiores que 1 cm, dor de difícil controle, sinais de obstrução do rim (hidronefrose), sinais de infecção urinária ou se após 4 a 6 semanas a pedra não tiver saído espontaneamente, a avaliação por um urologista está indicada.

Cirurgias para cálculos renais

Se o cálculo renal for demasiadamente grande ou se surgirem complicações, como infecção urinária ou obstrução do funcionamento de um dos rins, a única maneira de tratar o paciente é através de uma intervenção médica.

O tratamento do cálculo renal evoluiu muito ao longo dos anos e hoje existem várias opções para se eliminar uma pedra no trato urinário.

Grosso modo, os métodos mais usados são:

  • Litotripsia extracorpórea (LECO)- método onde as pedras são quebradas por meio de ondas de choque aplicadas através da pele.
  • Ureterolitotripsia – as ondas de choque são aplicadas diretamente nos cálculos, através de endoscópio inserido pela uretra até o ureter.
  • Nefrolitotomia percutânea – uma pequena cirurgia onde o endoscópio é inserido através da pele até o local onde esta o cálculo.
  • Cirurgia convencional - procedimento onde o rim necessita ser aberto para retirada das pedras. Normalmente usada em cálculos complicados, principalmente nos cálculos coraliformes.

A litotripsia extracorpórea por ondas de choque (LECO) é atualmente o procedimento mais utilizado, principalmente se a pedra estiver dentro do rim ou no ureter proximal (parte inicial, próxima ao rim).

Nos casos de pedras muito grandes, maiores que 15 mm (1,5 cm) ou se a pedra estiver impactada na metade inferior do ureter, a litotripsia extracorpórea não consegue ser tão efetiva. Nestes casos, a Ureterolitotripsia ou a Nefrolitotomia percutânea apresentam melhores resultados.

Cateter Duplo J

Duplo J

Após qualquer manipulação do ureter, este pode apresentar um grau de edema secundário à reação inflamatória, que por si só pode obstruir a passagem de urina e de restos de cálculos que ainda possam permanecer. Por isso, costuma-se inserir um cateter chamado de duplo J, ou rabo de porco (pig-tail em inglês), para garantir a permeabilidade da via manipulada.

O cateter apresenta as duas extremidades em forma parecida com a letra J, daí o seu nome. O Duplo J apresenta furos em seu trajeto que permitem o escoamento da urina

Como funciona o Duplo J

Uma ponta fica dentro do rim e a outra dentro da bexiga. Portanto, mesmo que haja obstrução em algum ponto do ureter, independente da causa, o duplo J garante a permeabilidade da via urinária. Este cateter pode permanecer por várias semanas até que o urologista ache seguro retirá-lo.

Após a colocação do duplo J pode haver dor lombar e abdominal , ardor ao urinar e sangramentos na urina durante alguns dias. Se houver febre, dor excruciante ou sangramento exuberante com coágulos, deve-se contactar o urologista para uma reavaliação.

A retirada do cateter é um procedimento simples e feito por via endoscópica com um cistoscópio. Entra-se pela uretra com esse endoscópio e puxa-se o cateter para fora. Se não houver complicações como aderências ou deslocamentos do duplo J, a retirada é um procedimento rápido, e na maioria das vezes, indolor.

Investigação da composição do cálculo renal

Uma vez resolvido o problema do cálculo, seja de modo espontâneo ou através de uma intervenção médica, o próximo passo é tentar identificar a composição da pedra para que se possa traçar estratégias para prevenir o aparecimento de novos cálculos renais.

Se o paciente conseguir guardar a pedra eliminada, o seu conteúdo pode ser analisado em um laboratório. Mas mesmo que não seja possível recuperar a pedra expelida, um acompanhamento com médico Nefrologista está indicado para que ele, através da avaliação da composição da sua urina, possa procurar por problemas que facilitem a formação de cálculos.

Pacientes que apresentam excesso de cálcio, oxalato, fósforo ou ácido úrico na urina possuem maior risco de formar pedras. Por outro lado, falta de citrato na urina ou uma urina pouco diluída também são fatores de risco. Muitas vezes, a correção destas alterações na composição da urina são suficientes para impedir o surgimento de novos cálculos.

Existem remédios que dissolvem pedras?

Se a pedra de for composta principalmente por ácido úrico, a alcalinização da urina com bicarbonato ou citrato de potássio (Litocit) pode ajudar a dissolver a pedra. Esta é a ÚNICA situação na qual dissolver pedras é possível.

Todavia, a imensa maioria dos cálculos renais é composta por cálcio. Nestes casos, infelizmente, não há modo de dissolver as pedras já formadas.

TOME CUIDADO! Algumas empresas desonestas se aproveitam do fato da maioria dos cálculos saírem sozinhos e de alguns poderem mudar de tamanho espontaneamente para vender “produtos naturais” como milagrosos. Existem dezenas de sites falsos fazendo apologia ao uso de substâncias que supostamente dissolvem cálculos renais. Esses tratamentos não são cientificamente comprovados. Nenhuma Sociedade Internacional de Urologia ou Nefrologia indica o uso de substâncias para dissolver cálculos à base e cálcio.

Quer uma dica para saber se o medicamento contra o cálculo é correto? Antes de comprar qualquer remédio “natural” procure pelo seu registro na ANVISA. Se não estiver registrado, não compre. Se estiver registrado na ANVISA, veja se o registro é apenas como suplemento alimentar ou se o produto tem autorização para ser usado como remédio para cálculo renal. Muitas empresas registram seus produtos apenas como suplemento alimentar e depois usam este registro para fingir que o medicamento é indicado e aprovado pela ANVISA para tratar diversas doenças. Na dúvida, não compre medicamentos sem a orientação de um médico.

E o chá de quebra-pedra?

O famoso chá de quebra-pedra não quebra nenhuma pedra. Mas ele parece ser efetivo na prevenção do cálculo renal. Se o paciente já tem a pedra de cálcio formada, o chá funciona tanto quanto qualquer outro líquido, incluindo água. Porém, se tomado com frequência ele parece diminuir a formação de novas pedras, reduzindo a incidência de cálculos renais.

Publicidade
  • marcos

    Muito boa sua explicação. Não encontrei nada que me explicasse isso em toda a internet. Muito obrigado. Já adicionei o seu blog aos meus favoritos, e vou recomendá-lo aos meus amigos. Parabéns pela clareza!
    Abraços.

  • Sueli-Porto Alegre

    Muito bom o seu Blog Dr.Leio todo dia.
    Abraço

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Gente, obrigado,
    abraços

  • adriana abrahão

    boa noite. meu marido fez uma leco para retirada de uma pedra de 1,7cm no calice D e foi colocado um duplo j. gostaria de saber qual é o tempo máximo que isto pode ficar no corpo e quais suas implicações. já que a cirurgia foi particular e precisamos nos “recompor”e ele precisa retirar mais uma pedra no rim d de 1,3cm. porque o médico não pode retirar as duas na mesma cirurgia. aguardo adriana

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Adriana,
    Em geral o duplo J fica por no máximo 3 meses. Após esse tempo aumentam as taxas de complicações que são principalmente infecções, aderência ao ureter e obstrução.
    Em relação ao procedimento ser feito em 2 etapas, não tenho como fazer nenhuma afirmação sem conhecer detalhes do caso. Deve-se salientar entretanto, que a LECO não é um procedimento inócuo ao rim. Do mesmo jeito que as ondas de som afetam as pedras, elas também lesam o tecido renal que está próximo. Isso causa sangramentos, hematomas e as vezes diminuição da função renal. Isso sem contar com a possibilidade de obstrução pelos resíduos. Provavelmente seu urologista deve ter achado que realizar o procedimento em 2 tempos fosse o mais seguro, preservando mais as partes saudáveis do rim.
    Se a dúvida persistir, pergunte ao seu urologista. É dever dele esclarecer todos os procedimentos que serão realizados.
    abs

  • sara

    Sara disse…
    Boa noite chamo-me Sara e tenho 28 anos e tenho algumas duvidas e gostava que me podesse esclarecer se possível,eu no dia 5 de janeiro fui fazer uma ureterolitrotripsia para retirar um cálculo de 7mm que se tinha alojado no ureter e colocaram-me um duplo j para posteriormente ir fazer leco para retirar um outro cálculo de 6mm que se encontra no rim, a minha duvida é a seguinte , tendo eu um cateter duplo j tenho de ter alguns cuidados especiais ou posso ter uma vida perfeitamente normal?
    Obrigado…

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Sara, quem pode responder melhor no seu caso é o urologista que implantou o duplo J.

    Não sei se no seu caso existe alguma particularidade que necessite de alguma restrição.

    Mas a princípio, é vida normal. Pode trabalhar, ir ao cinema, jantar fora, passear na rua etc…

    abraços

  • Leonardo Melo de Lima

    Olá, Gostei muito da explicação.
    Estou com um cateter duplo-j, a colocação foi meio traumatizante não pela dor, mais pelo medo que tenho mesmo de ficar internado em hospital. Bom gostaria de saber, se o procedimento para retirada demora a mesma coisa para colocação e se é mais simples ou complicado,, e o tempo de recuperação após a retirada.
    Obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Ola Leonardo,
    Em geral a retirada é mais simples que a implantação.

    O tempo de recuperação varia de doente para doente e depende da presença ou não de complicações.

    Com certeza o seu urologista poderá te dar mais informações em relação ao seu caso

    abraços e melhoras

  • Anonymous

    Meu marido irá fazer uma cirurgia para retirada de cálculo no ureter de 1,0cm. Gostaria de saber das complicações possíveis numa cirurgia dessas.

    obrigada.

    Melisa

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Melissa,
    VocÊ me deu muito poucos dados. O calculo está em que local do ureter? Qual é o prcedimento programado? Existem vários, é cirurgico mesmo? É endoscópico ?
    É por litotripsia?
    Esse cálculo é o único? Qual é a função renal do paciente? Qual a idade?
    Esse é o problema de avaliar casos individuais, não existe uma orientação que sirva para todo mundo.Risco cirúrgico é dado caso a caso.
    De qualquer maneira, os procedimentos para remoção de cálculos costumam apresentar baixas taxas de complicação, e um cálculo deste tamanho não sai sozinho.
    Pergunte ao seu urologista, ele com certeza tem mais dados em mãos para uma resposta correta.
    Abraços

  • prandomarcia

    Caro Dr. Pedro.
    Meu marido fez essa cirurgia para remoção de um cálculo renal e colocação de cateter duplo J. Foi tudo bem e já retirou o cateter. O problema que ele tem uma dor constante na uretra. A cirurgia foi realizada em julho de 2008, portanto já são 6 meses que ele sente essa dor. Será que ainda é irritação por causa do duplo J?
    O que o senhor sugere?
    Muito obrigada.
    Jude.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Jude,
    De longe é muito difícl dar opinião.
    Mas acho pouco provável que a culpa seja do Duplo J. Provavelmente ele lesionou o ureter em algum momento. Não sei se ele teve cateter vesical por muito tempo. Mas como vc pode ver no gráfico do texto, o duplo J não fica na uretra e por isso não deve ser a causa da dor. O fato desta dor permanecer por 6 meses causa estranheza. O ideal seria falar com o urologista, porque essa uretra deve estar inflamada ainda. Pode ser por infecção ou por trauma
    abraços

  • Carol

    Bom dia Dr.
    Fiz uma cirurgia dia 31/01/09 para a retirada de um calculo de 5mm no ureter tive que colocar um cateter duplo J devido a obstruções no ureter e ao rim não estar mais funionando, tenho um outro calculo de 4 mm no rim direito.
    Sai do hospital dia 03 de fev tive vários incomodos como dores nas costas (como se estivesse raspando o cateter) não tinha posição para dormir tinha colicas na bexiga….e dia 13/02 começõu a arder muito para urinar e hoje parace que esta cortando tudo para urinar e tb urino constantemente desde que sai do hospital e naum consigo segurar direito a urina, fiz ontem coleta de urina para verificar possivel infecção de urina e d3eu uma infecção muito forte estou tomando norfloxacima + o profenide, dia 16 tenho marcado o ultrassom e dia 17 o retorno no medico para marcarmos a retirada do duplo J e verificar o que iremos fazer com o outro calculo….estou preocupada pois está aredendo demais para urinar parece que está cortando…socorro…naum auguento mais dores….
    Carol

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Carol,
    Você está com uma infecção urinária, que é uma complicação comum do Duplo J. Fique calma que você já está sendo tratada corretamente.
    Às vezes é necessário retirar o Duplo J, mas o seu urologista vai resolver isso.
    Abraços

  • Anonymous

    Boa Noite Dr Pedro, gostaria de saber se posso viajar logo em seguida apos uma Litotripsia extracorpórea e quais cuidados necessários a tomar no pós procedimento.

  • alexandre

    Bom Dia, minha esposa fez um ultrasom em 2003 para verificar cistos no ovario e constou a seguinte obs. adicinal: multiplas formações cisticas em ambos os rins e figado ( seria rins policisticos ?) nos exames atuais de tumografia apareceu cistos ranais bilaterais ? o que é ? obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Caro leitor Anônimo,
    A princípio indica-se repouso e consumo de bastante líquido.
    Para eu poder te orientar sobre uma viagem logo após um procedimento desses, eu precisaria de mais dados. Assim, do outro lado do oceano, sem te conhecer, não dá.
    Explique sua situação e pergunte ao seu urologista
    abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Alexandre,
    Pelo o que você me descreveu parece rins policísticos, sim.
    Procure um nefrologista e leve os exames.
    Abraços

  • Edson

    Caro Dr. Pedro,
    Seu blog é excelente, parabéns pela clareza nas explicações.
    Realizei um procedimento via uretra para retirada de um calculo de 5 mm no ureter médio. Na ocasião, meu urologista colocou um duplo J. Apesar do procedimento ter acontecido há 4 dias, continuo com bastante sangue na urina, que sai também em grande grumos coagulados. Não tenho dor nem ardência na uretra, entretanto.
    Isso é normal? O que pode estar acontecendo?
    Obrigado desde já.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Edson,
    Se o sangramente é muito grande e tem formado muitos coágulos, sugiro que você contacte seu urologia para ele avaliar a situação.
    De qualquer modo, beba bastante líquido para tentar diluir o sangue que ainda sai na urina e evitar obstruções pelos coágulos
    abraços

  • Rondado

    Olá, tenho algumas dúvidas sobre a LECO, eu fiz uma no ultimo sabado (cálculo 7mm)… e no sabado e domingo minha urina saiu escura, com “areia” etc, depois disso ela está cristalina..rs, porém na quarta feira comecei a ter cólicas, a urina continua clara, essas cólicas são normais??? Existe um repouso específico, pois guardei respouso apenas 2 dias… Desde de já agradeço

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Dondado, se vocÊ não tem febre, não apresenta mais sangramentos e não tem dor ao urinar, a principio não deve haver nada de errado. Podem ser os farelos da pedra se movimentando. O repouso significa não fazer esforço.
    Se a dor estiver incomodando muito, fale com o seu urologista.
    Abraços

  • Lourenço

    Olá Dr. Pedro,
    Não consegui entender bem: Para que serve o cateter duplo J colocado em alguem que tem/teve calculo renal?
    Muito obrigado!

  • Anonymous

    Boa tarde!
    coloquei um duplo-j na quinta feita para desobstruir a uretra na quinta feira, irei fazer uma litotripsia na terça porem o que mais me incomoda é o sangue constante ao urinar, gostaria de saber se é normal a presença de sangue na urina ou há algum procedimento que melhore este quadro

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Lourenço,
    O principal objetivo de um Duplo J é impedir que o ureter fique obstruído. Quando se faz qualquer procedimento para retirada de cálculo, ocorre um edema/inchaço na parede do ureter que pode obstruir a passagem de urina. Pedaços pequenos de pedra também podem se mover e obstruir o ureter em algum ponto. O duplo J impede isso e garante um fluxo de urina constante.
    abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Leitor anônimo,
    O sangramento após a colocação do Duplo J é comum. Se for em grande quantidade, vale a pena contactar seu urologista para ele avaliar se está tudo bem.
    O ideal é beber bastante aáua para lavar esse sangue e impedir que coágulos obstruam o duplo J
    Abraços

  • Fabio

    Prezdo Dr.
    acabei de sair do hospital após realizar uma nefrolitotripsia percutânea por ondas de choque, e o médico inseriu um catéter duplo J e um catéter no néfron. O catéter no néfron foi retirado, e o Dr. fez um ponto no local, e deixou o duplo J para ser retirado daqui a 2 semanas. Acontece que toda vez que eu vou urinar agora tenho ardor no pênis e cólica, e a urina acaba “vazando” pelo ponto onde havia o catéter no néfron. O médico disse que isso é comum. Gostaria de saber sua opinião

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Fabio,
    Acho que você não está sabendo se explicar bem. O que você quer dizer com cateter no néfron? O nefron é a unidade básica do rim e é microscópico. É como dizer que tem um cateter no neurônio.
    O que você tinha era uma nefrostomia ?
    Se você explicou seu problema ao médico que te operou e ele disse que está tudo bem, fique calmo. Com certeza ele tem mais condições de avaliar a situação do que eu a distância.
    Abraços e melhoras.

  • Fábio

    Exato, era uma nefrostomia.
    Mas eu ainda estou urinando muito sangue (urina quase com cor de coca cola) e meu rim está muito dolorido e inxado. Essa nefrostomia causa alguma perda de função renal irreversível? Devo me preocupar com esse sangramento?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Não se preocupe com a nefrostomia, ela não faz mal para o seu rim.
    Em relação a dor e ao sangramento, são complicações comuns do Duplo J.
    Se a dor for muito forte ou se o sangramento for intenso, com coágulos, vale a pena você ser reavaliado pelo urologista.
    abraços

  • Marilu

    Olá Dr. Pedro. Lendo aqui tirei muitas dúvidas, pois meu marido fez um procedimento para retirada de uma pedra no ureter. O rim estava com pequeno inchaço e o ureter dilatado para cima e afinado para baixo.Neste procedimento o médico teve que quebrar a pedra e a retirou (ou uma parte dela) pela uretra (a pedrinha achatada que temos aqui em um vidrinho tem maior medida de 4mm). Colocou um cateter duplo J. Meu marido passa bem, sente um pouco de dor quando urina e ela sai meio marron. Tem uma pressão no rim também. Ele esta com medo de urinar e esta com muito medo de como será a retirada deste cateter. Até pode ser psicológico sei lá… O médico disse que tem que tomar anestesia novamente.. depois vai ainda ter que colocar sonda, etc… E também, tem perigo de alguma complicação no rim estando ele inchado e dolorido, e o cateter, pode lesionar alguma parte? Pode complicar? Agradeço se puder me esclarecer. Agradeço muito.

  • Anonymous

    Ola doutor,
    Tambem gostei mto das suas explicacoes. Os medicos nao explicam mto a funcao do Duplo J. Eu jah fiz uma ureterolitotripsia ha ns 3 anos. Ardia mtoooo pra fazer xixi, e aquele fio que ficava pra fora do penis incomodava mto tbm. Eh comum arder tanto assim pra urinar com o cateter?
    E outra pergunta. Sinto que estou com uma pedra na bexiga ha um mes jah, que nao sai. Eu estou com medo q ela seja mto grande pra passar na uretra. Mas ao mesmo tempo, se ela eh mto grande pra passar na uretra, como q passou pelo ureter? Eh possivel que ela cresceu na bexiga? Estou com medo de ter q por o cateter de novo pois fiquei meio traumatizado. E agora tenho dores constantes no rim direito. estou com medo q tem algo intalado em algum lugar e meu rim esta inflamando. Por favor me de sua opiniao.
    mto obrigado!!!

    Matheus

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Matheus,
    A dor é muito comum após implantação do Duplo J. A uretra é um pouquinho maior que o ureter, por isso, se chegou até a bexiga, provavelmente sairá sozinho.
    Calculos formados na bexiga podem acontecer mas são raros.
    Pocure seu urologista para realizar um ultrasom.
    Se vocÊ tem cálculo de repetição está na hora de procurar um nefrologista
    Leia: http://mdsaude.blogspot.com/2009/01/calculo-renal-pedra-nos-rins.html

    abraços

  • Anonymous

    Olá doutor,
    Obrigado pela resposta.
    Eu tenho 19 anos, e tenho pedras nos rins desde os 7. Eu fiz uma densitometria óssea e foi constatado que perco mto cálcio do osso, e minha nefro falou que é por isso que tenho mto cálculos. Ela sugeriu fazer exercício físico, pra eu reter mais cálcio nos ossos, mas não está funcionando. Eu continuo expelindo pelo menos uma pedra por mês, sem exagero. E isso q tomo MTA água. Não sei mais oq fazer! Será uma doença metabólica genética q eu perco tanto cálcio assim?
    Bom, efim, mto obrigado pela ajuda doutor!!
    Matheus

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Você parece ter hipercalciúria. Talvez fosse interessante tomar um remédio chamado de hidroclotiazida que diminui a excreção da cálcio na urina. Pergunte isso a sua nefrologista.
    abraços

  • Anonymous

    Ola dr.,

    retirei um calculo do rim e depois da litotripsia foi colocado em mim um duplo J , segundo o urologista depois de 06 dias ele retirará o duplo J por isso foi deixado um fio para fora do penis,
    gostaria de saber se a retirada é rapida ou nã e ainda se é muito dolorosa.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Sim, a retirada é um procedimento mais simples

  • Pedro

    Olá,
    Fiz uma uretroscopia e coloquei o catéter há 3 semanas mas estou desesperado com os sintomas que se mantém: basta levantar-me ou sentar-me para ficar logo com sensação de vontade de urinar,continuo com a urina avermelhada, tenho dores nos 2 rins e sobretudo um desconforto permanente entre o rim, a bexiga, toda a zona abdominal e até o circuito intestinal está sensivel. não consigo sair de casa e tento estar sempre sentado sem me mexer mas estou a ficar louco com isto. Vou tirar o catéter no próximo dia 9 mas as grandes dúvidas são: acha que estes sintomas horriveis são habituais e vão passar depois de retitar o catéter?

    obrigado.
    Pedro

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Pedro,
    Os sintomas melhoram depois da retirada do duplo J. Se houver muita irritação pela presença do cateter, eles podem continuar por mais alguns poucos dias, mas depois passam

    Abraços

  • Anonymous

    Olá,
    Tive muita complicação após a retirada do meu duplo J após uma cirurgia para remoção de um cálculo renal. Minha uretra, além de ser muito estreita, já estava muito machucada após a colocação, e a retirada irritou muito a minha uretra, houve até bastante sangramento. Estou fazendo tratamento com Pyridium e antibióticos, mas ainda assim sinto muito ardor para urinar e a parte superior dos meus testículos está doendo muito, às vezes a bexiga dói também, para esta dor foi-me indicado o Profenid. Gostaria de saber se essa dor na parte superior dos testículos é uma complicação comum do duplo J ou se isto pode ser sinal de alguma complicação mais grave?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Essa sua dor é pela irritação da sua uretra secundário a lesão por um corpo estranho que era o duplo J.
    Às vezes as dores irradiam para regiões adjacentes não necessariamente significando alguma complicação maior. Dê tempo ao tempo.

    abraços e melhoras

  • Luciana

    Boa noite Dr.
    Li em uma resposta sua que no caso de Cálculo em repetição é hora de procurar um nefrologista… Bem em jan/2008 foi tirado um pequeno cálculo no meu ureter e depois eu tive uma infecção urinária que me deixou 08 dias internada e mais 10 tomando medicamentos. Procurei um urologista que só me indicou muita água, em jan. deste ano fui parar na emergência com dores e os exames constaram infecção urinária e apenas um cálculo no rim esquerdo, outro urogilista da mesma clínica olhando a mesma tomografia disse que eu tinha mais 6 cálculos e um cisto, fiz uma cirurgia agora dia 04/03, o urologista disse que não tirou nenhum cálculo pois eu estava com muito pús, estou com o Duplo J, seria o caso de eu procurar uma opinião de um nefrologista? Eu estou muito abalada, pois tive alta do hospital e o médico só me falou de como foi a cirurgia por celular. Estou tomando remédio para inflamação e dor. Posso confiar nesse diagnóstico?
    Obrigada.

  • Joelma

    Oi Dr,

    ainda bem que existe esse espaço para tirar dúvidas. Parabéns!!!
    tenho várias: coloquei um duplo j no dia 06 para realizar a litrotipsia extra córporea,,num cálculo, de 1,58 cm, que está no ureter direito..tenho sentido um ligeiro incomodo e gostaria de saber quantas aplicações são necessárias para quebrar uma pedra desse tamanho e quanto tempo demora o procedimento de retirada do duplo j..disseram que era alguns minutos é verdade?..o que devo fazer para evitar infecções urinárias enquanto estou com o duplo J???? aguardo suas respostas abs..
    Joelma – Aracaju

  • laerte

    Boa tarde Dr

    Acabei de fazer uma nefro -percutanea para tiras 03 calculos
    fiz dia 02/03/09 e tive alta no dia 05/03.
    Quando sai o medico me disse que seria normal se vaza-se urina pelo corte da cirurgia,para que eu nao me preocupa-se no 01 e 02 dia de alta nao teve vazamento mas no 03 dia começou a minah urina pelo corte e ate agora nao para fica minando direto
    Estou sem dor e tambem urinando pelo jeito normal

    So estou preocupado pois fazer 03 dias que nao para sempre mina urina.

    att,

    laerte Goncalves

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Laerte,
    O mais seguro é entrar em contato com seu urologista pois já faz uma semana do procedimento e ainda há vazamento de urina. À princípio já deveria ter parado. Porém não necessariamente significa algum problema grave. Quem pode responder isso é seu médico.
    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Joelma,

    A retirada é normalmente muito simples mesmo.
    O número de sessões é individual e depende das caractéristicas da pedra e de sua localização. Quem vai decidir isso são os resultados de cada procedimento.

    O único jeito de impedir infeções é com antibióticos profiláticos, que o seu urologista deve ter prescrito após o procedimento.

    abraços

  • Luciana

    Boa noite Dr.
    Li em uma resposta sua que no caso de Cálculo em repetição é hora de procurar um nefrologista… Bem em jan/2008 foi tirado um pequeno cálculo no meu ureter e depois eu tive uma infecção urinária que me deixou 08 dias internada e mais 10 tomando medicamentos. Procurei um urologista que só me indicou muita água, em jan. deste ano fui parar na emergência com dores e os exames constaram infecção urinária e apenas um cálculo no rim esquerdo, outro urogilista da mesma clínica olhando a mesma tomografia disse que eu tinha mais 6 cálculos e um cisto, fiz uma cirurgia agora dia 04/03, o urologista disse que não tirou nenhum cálculo pois eu estava com muito pús, estou com o Duplo J, seria o caso de eu procurar uma opinião de um nefrologista? Eu estou muito abalada, pois tive alta do hospital e o médico só me falou de como foi a cirurgia por celular. Estou tomando remédio para inflamação e dor. Posso confiar nesse diagnóstico?
    Obrigada.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Luciana,
    Neste momento ainda não é a hora de procurar o nefrologista. Nesta fase aguda, ainda com duplo J e muita inflamação na sua via urinária, não há como fazer nenhuma investigação sobre as causas do seu cálculo.

    Primeiro vocÊ tem que curar essa infecção e retirar o duplo J. Quando estiver assintomática, aí sim é hora de ir a um nefrologista tentar descobrir a causa e iniciar tratamento para evitar a formação de novos cálculos.

    Em relação a conduta do seu médico não tenho como fazer nenhum julgamento a distância e sem acesso aos detalhes do seu caso.

    Abraços e melhoras

  • edilene

    estou com um calculo de 1cm no ureter distal,o medico pediu o seguinte procedimento: uretrolitotripia endoscopica,está correto,não pode ser de outro jeito qto tempo demora a cirurgia

  • Nilza

    Olá Dr, efetuei no dia 12/02/2009 uma cirurgia para a retirada de um cálculo de 17mm. O procedimento foi nefrolitotripsia percutanea. Estou com com o duplo jota, não sinto dores, mas tenho vontade de urinar várias vezes ao dia, é normal? Quando vou várias vezes, tenho uma sensação rápida de incômodo. O que realmente quero saber, é quanto tempo permanecemos como o duplo jota após a cirurgia e como é o procedimento da retirada dele. É necessário anestesia local?
    Desde já agradeço sua atenção e aguardo um retorno.
    Nilza de Oliveira.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Edilene,
    seu médico além de ser especilaista no assunto, conhece seu caso com bem mais detalhes que eu.

    Ele tem muitos mais condições de avaliar qual o método mais indicado.

    abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Ola Nilza,
    A retirada do duplo J é simples e é feita através de endoscópio.
    É um procedimento rápido e pode ser realizado somente com sedação, sem necessidade de anestesia.
    Abraços

  • Luiz Paulo R Almeida

    Bom dia Dr, realizei a passagem do Duplo J (aquele que não possui a cordinha para fora, totalmente interno) por ureterolitiase dia 22/01 e uma semana após o procedimento comecei a sentir dores ao andar mesmo que devagar(agulhadas, principalmente, no canal da do penis)… voltei ao ambulatório uma semana depois mas acho que foram negligentes com o que citei e marcaram a retirada apenas para 07/04 e me receitaram pyridium (04 dias), ciprofloxacino (07 dias) e buscopam composto.
    Passados quatro dias ao cortar o pyridium voltei a sentir dores fortes e dobrei o periodo de ambos os remédios.
    Semana passada, dos dias 2 ao 6 passei no médico fiquei internado dois dias, fiz os exames cujos diagnósticos foram:
    Raio-x: aparentemente o duplo j não está deslocado;
    Ultrassom: Tudo normal e presença do cateter duplo j a esquerda;
    Creatina: 1.1; normal
    Potassio:4.3; normal
    Sodio: 143; normal
    Ureia: 23; normal
    Urina tipo I com alteração no aspecto TURVO, cor VERMELHO Proteína 150, Leucocitos 100, Hemacias 250;
    Tentei remarcar a cirurgia de retirada mas não obtive sucesso.
    Estou sobre efeito do pyridium que me arrisquei a tomar por conta própria mas como tenho gastrite acho que ele já está atacando meu estômago pois noto secreção ao defecar.
    Não estou conseguindo ter uma vida normal… foram realmente negligentes ao meu caso? O Duplo J com essas complicações não deveria ser retirado imediatamente?
    Desculpe pelo texto longo e agradeço sua atenção.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Luiz,
    Conforme a política deste blog, não comento condutas realizadas por terceiros. Iso seria além de anti-ético, extremamente irresponsável uma vez que não posso emitir opiniões médicas a distância, baseado em dados fornecidos por leigos.

    O que posso dizer é que estas complicações são comuns ao duplo J e não necessariamente indicam sua retirada. Tem que se avaliar a gravidade dos seus sintomas com os riscos de uma retirada precoce do cateter.

    Se há muito incômodo, deve-se otimizar a analgesia.

    Se vocÊ não está satisfeito com o atenção do médico, tem todo o direito de procurar outro profissional

    Abraços

  • João

    Olá eu só queria dar o meu contributo para descançar as pessoas. Eu já coloquei 3 duplo jota, um em bloco operatório e dois em ambulatório. O que quero dizer é para as pessoas não terem medo, pois os casos de complicações são raros pelo que tenho lido. no meu caso ao retirar o duplo jota´o único senão é o desconforto de ser retirado pela uretra, pois ele ao sair não causa qualquer tipo de dor, nem sentimos que ele já saiu. como ainda tenho 1 que devo tirar dia 30, coloquei para para fazer LEOC, sairam bastantes calculo, pelo que penso que o trabalho está completo. Mas ainda tenho uma pergunta que pedia para me esclarecerem. Porque dói no rim quando vamos urinar? Será que é da bexiga ao esvaziar puxe o rim? Obrigado. João, de Portugal

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá João,
    Obrigado pelo comentário.
    Como o duplo J fica em toda árvore urinária, vai do rim a bexiga, pode haver sempre alguma área de inflamação que pode causar dor desde o rim até a saída da uretra.

    A bexiga ao esvaziar não puxa o rim. O que existe é algo chamado de dor referida. O nosso cérebro não tem a mesma capacidade de localizar dor nos órgãos como tem na pele. O exemplo clásio é a dor no braço durante o infarto. Por isso eventualmente inflamações na bexiga ou ureter podem se manifestar como dor lombar ou dor abdominal.

    Quando se tem o duplo J e se urina, as pressões dentro da bexiga e ureter também se alteram e isso pode causar disconforto.

    abraços

  • Eduardo

    Boa tarde Dr. Pedro, me chamo Eduardo e tenho 22 anos. No dia 13 de fevereiro passei por uma Ureterolitotripsia onde 2 calculos foram fracionados e retirados. Um do lado esquerdo ja havia passado pelo ureter e se encontrava depositado na bexiga e o outro estava empacado no ureter médio direito, os dois com mais de 1 cm cada. Estou com 2 duplo j, um em cada lado(=/). Já estou com os cateters a mais de 1 mês e a retirada está marcada p/ quarta ou quinta-feira da semana que vem (18 ou 19 de março). Aí vem a minha dúvida… Como o sr. mesmo disse nós portadores de duplo j podemos trabalhar, etc, etc.. Tudo normal! O meu urologista sugerio q eu voltasse a trabalhar, só q devido a minha profissão requerer digamos q um perfeito condicionamento e bem estar fisico, expliquei e pedi a ele p/ me deixar de licença. Eu noto que sempre q dirijo um pouco a mais q o normal(mais de 1:30) tenho sangramento ao urinar. É normal urinar sangue só pelo fato de dirigir, quando se pode até trabalhar ?? Expliquei a situação ao mesmo e fiz esse quastionamento. Daí ele me disse q poderia acontecer, q era normal e tal, pediu q eu ficasse de repouso e ainda passou um remédio chamado Transamin (ácido tranexâmico)q pelo q pude ler é um coagulante usado em menorragias. Por favor me explique como é possivel eu me “ferir” internamente ao dirigir e em contrapartida poder trabalhar, jantar fora, passear, etc.. td normalmente ??? Grato. Há cerca de um ano pesquiso sobre esses temas na internet e sem a minima rasgação de ceda o do sr. é de longe o melhor da categoria.

  • Júlia

    Olá Dr. Pedro,
    Irei fazer uma cirurgia na próxima terça feira , +ou – o q entendi vão enfiar um cateter dilatar a ureter e tirar a pedra ,como estou como muita dor é a 1ª vez q isso acontece comigo,demoraram a diagnoticar o cálculo,a 1ª crise aconteceu já tem + de 40 dias,eu ia fazer essa cirurgia na quinta-feira passada foi desmarcada por contra tempos do médico e o hospital,então tive q procurar um outro profissional q me atendesse o + rápido possível GRAÇAS A DEUS encontrei,mas estou com medo da cirugia , vou tomar anestesia “raqui”, depois vou ter q colocar o duplo j ,estou um pouco de medo,gostaria q o senhor esclarecesse esse procedimento e tranquilizasse de alguma forma sobre o duplo j q depois irei ficar alguns dias [PENSO EU].
    Desde já agradeço sua atenção,
    Júlia

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Ola Eduardo,
    Pelos dados que vocÊ me deu não consigo imaginar o porque que vocÊ só tem hematuria após dirigir durante algum tempo.

    Normalmente a hematúria costuma ser mais devido a lesões secundárias a litotripsia do que a presença do Duplo J em si. Provavelmente esse sangramento não é o duplo J ferindo o sua via urinária e sim sequelas de um tratamento agressivo ainda recente. A litotripsia pode não parecer mas é muito agressiva.

    Por que quando vocÊ dirige sangra e quando faz atividades diárias não sangra ? Eu não sei dizer.

    O seu urologista com certeza vê muito mais complicações do duplo J do que eu. Esse é o dia-a-dia dele. Pergunte novamente, peça uma explicação mais detalhada. É um direito seu.

    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Júlia,
    Exatamente o que te assusta ? O que vocÊ gostaria de saber além do que está no texto e nos comentários?

    Não se assuste com o número de pessoas reclamando de sintomas pelo duplo J. A maioria dos pacientes se adapta muito bem. A diferença é que, como nada sentem, não procuram informação na internet e não fazem perguntas em blogs como esse. Portanto, existe um viés de seleção neste blog.

    Não se assuste, não ache que o duplo J é´a pior coisa do mundo.

    Abraços

  • felipefernandes

    Olá dr. fiz a retiradfa de um calculo no ereter tem uns dias, estou com duplo j e vou retira-lo na sexta, o medico deixou a ponta do cateter na uretra entao a urina fica gotejando involuntariamente sempre que eu estou de pé ou sentado, gostaria de saber se existe casos em que a ponta do cateter fica mesmo na uretra, isso é normal? nao sinto dor alguma mais fico preso dos meus afaseres pois a urina n para de sair, abrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Felipe,
    Sim, em alguns casos pode ficar uma cordinha para fora, que auxilia depois na hora da retirada do duplo J.
    Abraços

  • João Alcaide

    Olá Júli, olhe eu tenho o 3º JJ e nunca tive qualquer compliacação graças a Deus, além de um pequeno desconforto ao urinar.

  • Flavinho

    olá DR. primiramente parabéns pela iniciativa do blog.
    meu nome é Flávio fiz uma litotripsia dia 19/03 pela manhã , à 18:00 tirei a sonda e tive alta.
    Fui muito bem atendido pelos médicos mas estou agora com algumas dúvidas e não quero voltar ao hospital antes da data da minha consulta qu é somente dia 26/03.
    Estou tomando Buscopan,Sepurin e Floxacin
    PodeRia me ajudar por favor?
    1-Estou com o cateter no rim esquerdo no qual estava o cálculo ,e hoje dia 21/03 a ardência ao urinar está diminuindo graduativamente , mas sinto dores nos dois rins ao urinar, é normal doer os dois rins?
    2-Estou muito ressecado para evacuar isto tb é normal?
    3-Sinto uma dorsinha de vez em quando 2 dedos abaixo do umbigo isto é normal?
    4- Existe a possibilidade de os médicos terem colocado caterers nos dois rins , para facilitar a saída da urina?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Flávio,
    O duplo só é colocado no lado em que foi feita a litotripsia para evitar que o edema resultante do procedimento obstrua a passage mde urina. Se o outro lado não foi abordado, não faz sentido colocar um cateter lá também.

    As dores são comuns, principalmente no lado da litotripsia que é um procedimento agressivo. Essa sua dor abaixo do umbigo provavelmente se refere a alguma irritação na bexiga, que também pode ocorrer pelo duplo J.

    Se a dor estiver incomodando muito, vale a pena tentar contactar seu urologista.

    Em relação as fezes, sugiro que aumente a quantidade de água e fibras que está ingerindo. À princípio não vejo relação com o procedimento.

    abraços

  • Flavinho

    Muito obrigado pela ajuda Dr.a Dor renal na escala e 10 tb está diminuindo gradadivamente deve , mas a sensação é que a dor do rim esquerdo chega a 5 e acaba refletindo e doendo um pouco o rim direito na escala 2, somente da hora de urinar.
    isto pode existir mesmo que seja psicológico por eu estar com muito medo de sentir novamente as dores renais?

  • Júlia

    OLá!!! Dr.Pedro,
    É… Eu acho q estava exagerando nas preocupações,a o procedimento cirurgico foi ótimo, pior foi as dores depois ,mas tem melhorado gradativamente,só q ñ consigo ficar muito tempo em pé pois a dor começa piorar.Dr.isso é normal?Por causa disso meu marido ñ deixa eu fazer nada, só tenho q a ficar deitada ,ñ aguento +,depois de quantos dias irei ficar “normal”(pois ainda ñ consigo ficar muito tempo sentada ou em pé).
    BEiJÃO, JÙlia

    JOÃO VALEU PELO APOIO>>>>>

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Julia, a dor após o procedimento é perfeitamente normal. Ela vai melhorar com o tempo. O importante é que a cada dia ela diminua um pouquinho.
    Não tenho como te dar uma data, isso é individual e depende de como foi a litotripsia.

    Abraços

  • Raquel

    Boa Tarde Doutor Pedro.

    Minha mãe esta com uma pedra de 8 mm na bexiga. Gostaria de saber se é possivel ela sair espontaneamente, se não, qual o procedimento mais viavel que será indicado pelo médico e quantos dias de internação leva para a realização deste procedimento.

    Muito Obrigada

    Raquel

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Raquel,
    O procedimento é uma escolha do cirurgião de acordo com os dados clínicos do doente. Em geral opta-se pela cistoscopia, uma endoscopia da bexiga com fragmentação da pedra por laser ou ondas de som. Em alguns casos pode ser necessário cirurgia tradicional.
    Isto quem vai decidir é o urologista.

    Abraços

  • bagunça

    coloquei um duplo j no canal entre a urina e a bexiga por q uma pedra tava tampado a passagem e inflamando foi dia 23 e ele falo pra mim ir ao eu consutorio pra mim poder tira o duplo j sera q ja e tempo de tira n entend mas isso faz com q a pedra se elimine?

  • bagunça

    Meu nome e denis coloquei um duplo j no canal entre a urina e a bexiga por q uma pedra tava tampado a passagem e inflamando foi dia 23 e ele falo pra mim ir ao eu consutorio pra mim poder tira o duplo j sera q ja e tempo de tira n entend mas isso faz com q a pedra se elimine?

  • Wanderson

    Dr. Tive em dezembro de 2008 uma crise renal aguda (no rin direito) provocada por calculo renal, não conseguia urinar,fiquei internado o dia todo no hospital com medicamentos buscopam voltarem e etc. As 19:00 o calculo de 5mm foi expelido pela urina, as 23:00 me deram alta.

    Obs: já tive uma cólica renal a 10 anos atrás, mas não espeli a pedra e não tive complicações. Hoje tenho 34 anos.

    No dia seguinte após a alta do hospital fiquei com uma dor entre o rin e a bexiga do lado direito, passou mais 2 dias fiquei sentido íngua na virilha direita, ai fui no médico novamente e fiz exame de urina, constou infecção na urina, o medico me receitou um antibiótico que tomei durante 7 dias (Procsim 500mg) dois comprimidos por dia, acabou os 7 dias e melhorei uns 80%, fiz outro exame de urina e urucultura, para ver se tinha infecção e não gostou nada, somente oxalato de cálcio na urina, fiz ultrasom os rins estavam normais, so que tinha muitos cristais na urina, o médio falou para eu beber muita água( bebo 3 litros por dia, antes disto não bebia quase nada de água).
    Esperei mais uma semana e a dor ficava, uma dor fraca nas costas do lado direito, que vem e passa mas é freqüente, passou mais 15 dias fiz outra ultrasom e acharam um calculo de 3,5mm, e varios microcalculos todos menores que 3mm.

    Minha duvida é a seguinte, eu quando estou defecando e faço força para urinar sai uns resíduos branco junto com um tecido tipo esperma branco.
    Gostaria de saber o que é isto sendo que no ultrasom não acusou nada nem no exame de urina. Isto é os cristais saindo? Mas poque sai este resíduo branco igual esperma junto dos cristais. E sinto uma dor fraca parece ser na uretra perto dos rins.

    O que tenho que fazer?

    Obrigado!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Denis,
    Cada caso é um caso.
    O duplo J impede que haja obstrução ao fluxo de urina. Normalmente ele é implantado após algum procedimento para retirada do cálculo. Se a pedra for pequena pode ser que saia sozinha.

    Abraços.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Wanderson,
    Poderia ser pús o que sai da sua uretra?
    A passagem das pedras pode causar ferimentos e inflamação na uretra. O ideal seria voltar no seu médico para ele tentar descobrir que substância é essa que você está expelindo. Pela sua descrição não me parece que seja somente os cristais.

    Abraços

  • Wanderson

    Dr. sim parece ser pus, so especifiquei o local errado, nãó é na uretra é no ureter a dor, mais intensa 3 centimetros abaixo do umbigo do lado direito.

  • Wanderson

    Outra duvida, vc falou que pode ser inflamação existe remedios para curar inflamação no ureter?
    Obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    O Voltarem é um deles. Se a inflamação for por uma infecção, tem que toamr antibióticos.

  • Renato Sousa

    Dr. Pedro, tive algumas cólicas renais na semana passada e após um TC de abdomem veio laudo a informação que tenho à direita e no grupamento calicial inferior algo de aspecto coraliforme de 10mm de extensão. Neste caso, o tratamento por LECO é uma alternativa? Quais são as chances de sucesso? Obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Renato,
    A escolha do método depende de mais fatores além do tamanho do cálculo. À princípio não se trata cálculo coraliforme com LECO, porém, o seu ainda é pequeno e poderia ser uma opção.

    Seu urologista é quem vai decidir isso baseado nos seus dados clínicos.

    Abraços e melhoras.

  • João

    Olá, após fazer LEOC o meu urologista mandou-me beber 3litros de água por dia. qual o tipo de água melhor? Mineral Natural ou da Nascente? Os meus cálculos são de oxalato de cálcio. Obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    João, tanto faz. O importante é ingerir líquidos para aumentar o volume de urina.

    Abraços

  • Camila

    Boa tarde Dr. Pedro.

    Sexta feira agora fui diagnosticada com pielonefrite no rim esquerdo e me submeti a uma ureterolitotripsia, com colocação de um cateter. Apesar de passar muito bem, gostaria de saber se é normal que ainda saia sangue na minha urina. Também gostaria de saber que tipo de atividade fisica posso fazer ou se devo mater um repouso até a retirada do cateter.
    Obrigada

    Camila

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Camila,
    O sangramento é normal.
    Não se aconselha fazer atividade física enquanto tiver o cateter. Atividades diárias comuns são permitidas
    abs

  • MPA700

    Caro Doutor, gostaria de saber se após uma semana da retirada do cateter duplo J é normal ocorrer muita crise renal com inchaço e dor no flanco e inicialmente foi exepelido vários pedaços de coágulos de sangue, a dor ainda é intensa e ocorre de forma irregular. o que pode ser feito para reduzir o desconforto causado pelas dores, há algum problema nestes efeitos colaterais? ultimamente tenho expelido Hematúria.

    desde já agradeço a atenção despendida.

    Marcos Paulo Alves dos Santos
    Praia Grande/SP

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Marcos,
    O sangramento ainda existe porque sua via urinária ainda deve estar muito irritada e ferida.

    Sugiro beber bastante água e contactar seu urologista para ele acertar a sua analgesia.

    Se há muitoscoágulos, é importante o urologista acompanhar para se ter cetrteza que eles não irão obstruir suas vias urinárias.

    abs e melhoras

  • Anonymous

    Eu sou João…
    Fiz uma Ureterolitotripsia, no dia 10 de abril, no decorrer da recuperação, em casa, no início minha urina estava com resíduos de sangue, mas com o decorrer dos dias ela foi melhorando, porém, ontem quando fui ao trabalho, não fiz tanto esforço, mas quando cheguei em casa a urina havia alterado sua cor de forma regressiva ao que se era encontrado anteriormente, é normal?
    Estou com o catéter duplo J, estou um tanto nervoso, pois ja estou pensado na retirada do mesmo, o processo para retirada é normal, terei que usar sonda novamente, tomarei a mesma anestesia que levei no dia da cirurgia, ficarei internado no hospital por quantos dias, terei que ficar mais alguns dias de repouso em casa?
    Fico desde ja agradecido, bom dia!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá João,
    fique calmo. De tudo o que vc já passou, a retirada vai ser o mais simples e fácil.

    Não é preciso ficar internado, nem ficar de cama.

    vida normal, tomando cuidado apenas com os exageros nos primeiros dias.

    abs

  • Rose

    Boa Tarde, Dr. Pedro Pinheiro,
    Tenho calculo renal há mais de 10 anos, além de o exame de US diagnosticar calculos renais, fiz também a urografia escretora e descobri que tinha uma estenose no ureter(próximo ao rim). O médico que me tratou naquela época, não se importou com este estreitamento e só tratava os calcuilos renais, onde há 5 anos atrás, fazia 2 litotripsia por ano, fiz também a ureterolitotripsia, com colocação de duplo J. Este anos em jan, fiz outra ureterolitotripsia Calculo renal em ureter( próximo ao rim)com colocação de duplo J. Após retirada do cateter, o médico pediu uma tomografia com contraste, onde diagnosticou estenose, o ureter estava com a espessura de um fio de cabelo na parte alta e outro estreitamento próximo a bexiga. O Dr. disse que teria que cortar a parte com estreitamento e reconstituir o ureter e dilatar a estenose próximo a bexiga. No dia marcado, estive em centro cirurgico onde URO disse que, faria antes de qualquer procedimento, a “scopia”, onde ele constatou que onde estava a estenose uretral próximo ao rim, estava tudo grudado (arteria e outras coisas), e que o caso era mais grave que ele pensava, e marcou a cirurgia para outro dia. Então, fiz a cirurgia agora, dia 14/04, foi feito o que ele falou, e disse que o rim ao qual ele fez a cirurgia não estava muito bom ao qual esta bem dilatado, e ele disse que encontrou fibrose. Foi colocado dreno “JP” e foi retirado 2 dias após. Vou retornar dia 24/04, para a retirada dos pontos, estou sentindo muitas dores, dependendo da movimentação do corpo, não consigo ficar muito tempo de pé e nem sentada, se me esforço sinto dores seguido de falta de ar.
    Por gentileza, Dr. Pedro, gostaria que me esclarecesse o que é “fibrose” e se é normal após 6 dias a cirurgia, continuar sentindo estes sintomas. Estou tomando antibiótico e anlagésico.
    Obrigada, Abraço, Rose
    roseneiasousa@terra.com.br

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Rose,
    Fibrose é um tecido com características de cicatriz. É como se os tecido normais tivessem sido substituidos por uma grande cicatriz que acaba por “colar” tudo que fica em volta.

    Provalvelmente isso ocorreu por um processo de inflamação crônica devido aos cálculos, a estenose e as litotripsias.

    Dor na primeira semana de pós- operatório é comum, principalmente se foi uma cirurgia extensa e complicada.

    abs

  • melissa

    DR. Pedro, meu marido retirou um calculo de 1,0 cm no ureter em 10 de março, e está com o duplo j, que será retirado em maio. Ele continua sentindo dores ao urinar. A urina continua com aparência sanguinolenta, mas sem coágulos. Segundo o urologista dele o cálculo era de uma estrutura muito rigida e sua retirada feriu bastante o ureter. Ele teve uma infecção urinária que foi tratada com antibióticos.
    É normal ter todas essas dores mesmo depois de tanto tempo da cirurgia? Agradeço muito sua resposta doutor. Melissa.

  • Melissa

    Dr., no dia 18 de abril fiz a remoção de um calculo, e a colocação do cateter. Hj terça feira ainda estou urinando com sangue? E mimnha barriga ficou muito inchada. Tenhi um incomodo, mas pequeno. Gostaria de saber se essas reações sao normais?
    Obrigada
    Melissa

  • Nilza

    Boa noite Dr.Pedro. Realizei uma cirurgia de retirada de cálculo renal em 12 de fevereiro que foi bem sucedida. Retirei o duplo J em março, prém após a cirurgia minha pressão arterial que sempre foi normal, está oscilando muito e sempre para alta. Estou preocupada. Será que tem alguma coisa a ver com o procedimento cirurgico? No último feriado fui para a praia e notei que no litoral a pressão não aumentou.
    Desde já agradeço a sua atenção.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Melissa, sem acesso aos dados do seu marido fica difícl fazer alguma avaliação.

    De qualquer maneira se o procedimento foi muito agressivo, o processo de recuperação pode ser mais lento mesmo.

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Nilza,
    Essa sua elevação na tensão é provavelemte por estresse.
    Não tem nada a ver com a retirada do cálculo renal.

    Repense na sua vida, na quantidade de trabalho, na alimentação, na quantidade de exerccio fisico e no tempo de lazer que vc tem.

    abs

  • Nilza

    Obrigada por me tranquilizar sobre miha pressão,estou fazendo um controle da medição em casa mesmo para levar ao meu médico no próximo retorno. Aproveitando a oportunidade quero parabeniza-lo por este maravilhoso blog que tem contribuido muito para nos esclarecer duvidas médicas. Abs, Nilza.

  • Rafael

    Bruno Rafael

    Doutor, gostaria de saber se é normal a urina sair com muito sangue após a colocação do duplo j….além disso, se também é normal dar uma pequena cólica no local onde estava a pedra todas as vezes em que vai urinar? Agradeço a atenção.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá RAfael,
    Tanto a dor quanto o sangramento são comuns após o procedimento.
    Beba bastante líquidos.

    abs

  • Michel

    Boa Olá Dr.

    Tenho 27 anos e estou com o mesmo problema de muitos, sangramento após a inclusão do catéter. Ao encontrar esse blog esclareci quase todas as minhas dúvidas, só restou uma…Eu estou com o catéter a mais de 1 mês, e agora vou precisar viajar semana q vem para fora do país e ficarei mais 20 dias fora. Não consegui marcar com o meu médico a retirada do catéter, não sinto dores, apenas esotu com sangramento, e a sensação de estar sempre “inchado”. Posso fazer minha viagem traquilo, há algum prazo máximo para permanência do catéter?

    Parabéns pela iniciativa!!

    Pessoas não tenham medo do duplo J, é super traquilo.

    Abraços

  • Anonymous

    João

    Dr. meu médico pediu um raio-x do abdômem simples, o raio-x detectou além do duplo J
    Grande quantidade de resíduos aero-fecais
    Ausência de visceromegalias
    Ausência de concreções radiopacas ou de calcificações patológicas em topografia biliar
    Sombra dos músculos psoas visíveis bilateralmente
    Estrutura ósseas visualizada de aspecto normal
    Flebolito no oco pélvico
    A critério clínico, sugerimos correlacionar com avaliação pela ultra-sonografia das vias urinárias.

    DR., gostaria que me desse uma luz segundo este diagnóstico do raio-x.
    Desde ja, obrigado!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Michel,
    Seria importante vc contactar seu urologista antes da viagem. O Duplo J teoricamente poderia ficar mais 20 dias sem problemas, o problema é que cada caso é um caso e o seu pode ter algum porém que não indique a permanência por mais quase 3 semanas.

    abs e boa viagem

  • Anonymous

    boa tarde doutor, meu nome e luciano e estou com o duplo j a 3 dias, posso ter relações sexuais? e o que devo fazer para evitar infecçoes urinarias?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    João,
    Não gosto de comentar resultados de exames de doentes que eu não conheço.

    Por acaso neste laudo que vc descreveu não nenhuma alteração, está tudo normal. Mas é preciso correlacionar com os seus dados clínicos para se tirar conclusões.

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Se vc se sentir bem, teoricamente não há problemas. Mas por segurança, pergunte ao seu urologista se no seu caso há algum problema em particular.

    Em relação as infecções, seu médico já deve ter prescrito um antibiótico profilático.

    abs

  • Anonymous

    Dr. Me chamo Allan e coloquei o catéter duplo J a exatamente 1 dia, pós cirurgia foi horrível, mal estar, ancia de vómito, tontura toda vez que levantava e dentre esse um dia continua os sintomas, sinto pontadas na ponta do meu pênis e toda vez que vou urinar arde muito e o lado em qual o catéter foi colocado dói demais.
    Isso é normal Dr.? Irei voltar a ser oquê eu era sem os sintomas daqui a algum tempo? Estou desesperado.
    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Allan,
    Vc está em uma fase muito precoce do procedimento.

    Os sintomas vão melhorar com o tempo e não tem pq vc não voltar a ser o que era.

    abs e melhoras

  • Anonymous

    Olá Doutor,

    Fui diagnosticado com pedras de 4-6mm bilateralmente nos rins. Falaram-me que se eu for far LECO, seria melhor usar um Duplo J (para protejer os rins na LECO), mas não me deram mais explicações. O que me diz disso, por favor? Grato, Clovis

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Clovis,

    A principal indicação do Duplo J é essa mesmo, proteger as vias urinárias após munipulações urológicas.

    abs

  • Si

    DR, na última quarta-feira fui internada com fortes dores e, após exames, foi detectada a presença de um cálculo de cerca de 17 mm. No dia seguinte já passei pela litrotripsia extra-corpórea e recebi alta na manhã seguinte. Fui para casa e voltei de noite para o hospital, devido a dores fortíssimas. Fiz um raio X e o registro é de que a pedra havia apenas lascado, mas não se desfez muito.
    Foi marcado para o sábado de manhã (quatro dias depois que p calculo foi descoberto), a colocação do cateter. Depois disso, não senti mais cólicas e na verdade sinto-me bem melhor desde que as dores começãram. Foi agendado um raio x para a próxima quarta-feira. Minha dúvida é: como a pedra não foi quebrada e o que foi retirado durante a colocação do cateter é menos de 30% do tamanho total da pedra, qual a possibilidade desse cálculo sair, sem mais intervenções, pelo cateter? Em quanto tempo ele pode sair? Se tiver que fazer outra litro, pode ser feita com o cateter dentro?
    Tenho 29 anos e não havia tido nenhum cálculo antes.

  • Anonymous

    Sou Rodrigo,
    Já votei no seu blog dr.
    è uma maneira de retribuir a ajuda que o sr. me deu
    abraços e boa sorte

  • Anonymous

    Olá Doutor,
    meu nome é Diego e gostaria de saber se calculo renal pode causar impotência.
    Tenho cerca de 6 pedras e ultimamente não consigo ter um bom desempenho sexual.
    Tenho 20 anos.

    Obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Si,
    Todas estas respostas dependem do tamanho que a pedra ficou. Se for menor que 0,5 ela provavelmente sairá sozinha. Se tiver menos de 1 cm pode sair ou não, dependendo da onde estiver. Se tiver mais que 1 cm provavelmente vc precisará de novo procedimento.

    O problema é que agora sua via urinária deve estar inchada pela LECO o que dificulta a passagem de qualquer pedra e indica a permanência do duplo J

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Diego,
    Cálculo renal não é causa de impotência, principalmente se eles forem assintomáticos.

    Agora se vc tem dor frequentemente, isso pode ser um estresse psicológico que atrapalhe seu desempenho

    abs

  • Anonymous

    Dr, meu nome é Felipe tenho 21 anos e operei de calculo faz 1 semana, estou morrendo de vontade de ter relação sexual, porém toda vez que fico exitado sinto dor no pênis, assim como quando espirro, ou sento e levanto, a dor é não é bem no pênis e sim no canal, bem lá no fundo, não sei explicar direito.
    Isso é normal Dr? Se for, quanto tempo preciso esperar para me recuperar totalmente e não sentir mais essa dor?

  • Anonymous

    Sou o Felipe que postou logo acima, esqueci de especificar minha cirurgia;
    Foi a colocação de um catéter Duplo J

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Felipe,
    Difícil estabelecer prazos, mas 1 semana é muito pouco tempo. È normal esse desconforto

    A dor deve melhorar até a próxima semana, mas isso é muito individual

    abs

  • Anonymous

    meu nome e marciel.
    minha mae teve problema de calculo renal.no rin direito nao teve mais jeito quando o medico tava tirando os calculos saiu muito puiz e tava muito grande teve que retirar.
    no rin esquerdo esquerdo ela fez cirugia para retirar calculos que eram de 2,3 cm ate maiores, ai ela ficou usando aquela sonda de lado aquela bolsa, depois quando foi retirar ficou sem urinar,teve que fazer outra cirugia o medico que era pra abrir o canal que tinha fechado,foi feita e colocado o duplo j especial,agora foi retirado e ela nao consegue urinar o medico acha que foi o canal da urina que perdeu a contração,o senhor poderia ajudar com algum comentario.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Marciel,
    Esse caso que vc descreve é muito complexo para eu emitir opinião a distância sem acesso aos dados da sua mãe.

    A história não soa estranha. É possível que algo deste tipo aconteça.

    Mas daí, dar uma opinião, fica mais difícil.

    abs

  • Anonymous

    Olá Dr. meu nome e Adriano,

    Gostaria de compartilhar minha experiencia e deixa os leitores despreocupados com o procedimento, tivem calculo no Rim direito e a pedrinha tinha no maximo 4mm so nao saiu por que ficou presa na ureter , intao tive que toma rack para a retirada, posteriormente coloquei o cateter duplo J , pois o minha ureter tinha dilatado um pouco e por segurança optou por ele , fiquei super bem , com um pou de dores ao urinar mais tudo tranquilo , confesso que fiquei mais ansioso para a retirada , mais engano meu foi super tranquilo tomei sedação e quando acordei estava tudo normal, graças a Deus e ao exelente trabalho médico. Fico feliz por existir um blog assim parabéns Dr. Pedro pois tirei muitas duvidas aqui antes de fazer a minha retirada do duplo J.

    Um grande Abraço.

  • Anonymous

    Ola Doutor Pinheiro,

    Estou com o duplo J a uma semana. Me sinto bem e so tenho uma febrinha de exatos 37C. A urnia ta quase na cor normal. Queria saber se ja posso me masturbar de novo. Obrigado.

    Abraco, Marcio Braga.

  • TOCACHI 1990

    Boa noite Doutor, eu tenho uma duvida, eu tenho calculos de 0,6 a 0,8 isso num prazo de 01 ano todos os anos são pelo menos 02 ou 3 já a alguns anos que isso vem acontecendo uns 6 anos, então todo ano eu ja fico esperando e com medo da dor que nunca da para se acustumar, existe algum exame que pode ser feito no calculo para diagnosticar qual e essa subistancia que forma esse calculo. Qual e o nome do exame ??

    Obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Márcio,
    Pode.
    O duplo J fica entre o rim e a bexiga. Não tem nada a ver com o pênis.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Tocachi,
    Vc precisa se consultar com um nefrologista. Existem várias causas para o seu problema de cálculos de repetição. È preciso investigar e tratar. Às vezes um simples remedinho pode evitar que vc tenha pedra p o resto da vida.

  • dario

    Boa tarde!! Realizei em fevereiro de 2009 a Ureterolitotripsia.Ainda estou utilizando a o Duplo J.Tenho uma cirurgia para o dia 30/05/09 para retirada de outro calculo.

    Acontece que nessas ultimas semanas,não tenho conseguido segurar a urina e; alem disso doi muito. O que pode ser??

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Dário,
    Pode ser infecção urinária. Procure o seu urologista.

  • rosiele

    ola dr, minha duvida é o seguinte:estou gravida de 19 semanas e estou tendo infecções urinarias repetitivas, no exame de ultrason não foi diagnosticado nenhuma pedra, mas meu rim direito estava bem dilatado por isso meu medico decidiu por um duploj para tentar solucionar este problema e disse que vou ficar com o jj ate o fim da gravidez, mas não estou segura, pois acho que não vai segurar as infecções e como não posso fazer exames complementares ficamos de mãos atadas, gostaria de saber sua opinião.pois se eu continuar a ter infecções corro risco de ter parto prematuro.
    obrigada rosiele

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Rosiele,
    Seu caso é muito complexo para ser avaliado a distÂncia e com tão poucos dados.

    Algumas gestações relamente são mais complicadas e infecções urinárias de repetição são chatas mesmos. Confie no seu médico. Aliviar a dilatação do seu rim é meio caminho andado para se evitar novas infecções

    abs

  • Rodrigo V.M.

    Dr.
    realizei LECO segunda feira. Fiquei 3 dias urinando sangue, e hj ao acordar estou com dificuldades em urinar, parece que a vontade nao passa, porem ao ir no banheiro, saem poucas gotas e sairam coagulos. Nada da pedra. apesar de ter filtrado a urina. O que pdoe ser?

  • Simone Silva

    Ola Dr. Pedro

    minha mãe esta com um cateter duplo j para retirada de 2 pedras desde novembro de 2008(o tratamento e feito pelo sus)no inicio de maio apos ela se queixar de muito dor e sangramento os medicos desseram que vão marcar para retirar pois rompeu algo que ela não sobe me explicar, ela esta sofrendo muito tem muitas dores.
    venho te pedir orientação caso os medicos adiem novamente a retirada por falta de vaga como posso proceder onde buscar ajuda?(secretaria da saude, prefeitura, policia)
    Desculpe o desabafo, mas preciso muito de ajuda.
    Grata,
    Simone Silva

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Rodrigo,
    Isso pode ser uma infecção da bexiga ou obstrução da urina por coágulos de sangue. Entre em contato com o seu urologista e relato o ocorrido.

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Simone,
    Se vc acha que se trata de negligência, vc pode pedir orientação no Conselho Regional de Medicina da sua região. Outra opção é ir a direção do hospital relatar o caso.

    abs

  • Anonymous

    Olá DR sou Viviane estou bastante preocupada,estou grávida com 20 semanas e passei a sentir muitas dores tanto ao urinar quanto em repouso por todo lado direito do corpo,fiz uma ultra gestacional e o médico diagnosticou a dilatação do rin D,mas como não foi realizada ainda a ultra específica não sabemos a origem da obstrução,a minha obstetra me encaminhou para um urulogista que de imediato falou em colocar um duplo j,gostaria de saber quanto tempo máximo posso ficar com ele em meu organismo, já que o médico quer deixa-lo até o nascimento, gostaria de uma segunda opinião, que problemas isso pode me traser e se posso voltar as minhas atividades normais, desde já agradeço.

  • Joao F.

    Boa tarde. Dr. Pedro, há 5 anos atrás tive uma cólica renal obstrutiva, fui entao encaminhado para fazer um cintigrma. O cintigrama confirmou que o rim direito não estava a funcionar normalmente. Antes de ir ao bloco operatório sairam os cálculos no bloco operatório nada foi encontrado. Até agora além de litíase renal nunca mais tive qualquer sintoma. Em fevereiro e março deste ano fiz dois tratamentos LEOC no rim direito. Na última consulta não tinha quanlquer cálculo, mas queixei-me que tinha uma dor na zona lateral um pouco acima da virilha. O médico fez-me uma ecografia e disse que tinha o rim ligeiramente dilatado e que tinha que fazer o cintigram. O resultado confirmou que o rim não funcionava como o outro. A expressão da médica que fez o exame foi “o seu rim direito é um pouco preguiçoso” mas não adiantou mais nada. será que é devido à LEOC que fiquei assim ou poderá ser uma patologia desde há 5 anos e que não tenha grande importância? Obrigado e peço desculpa pelo post tão grande

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    João,
    Não deve ser culpa da LECO não. Até porque a cintigrafia já havia apontado esse problema há 5 anos.

    Essa lesão pode ter sido pela obstrução nesta época.

    abs

  • Luciana

    Achei muito esclarescedoras as informações, fiz uma Ureterolitotripsia fazem 11 e só soube como foi o procedimento exatidão na inter net!O médico não me falou nem sobre os cuidados pós cirúrgicos e por isso não me cuidei e tive muitas dor e tendo que ir na emergencia fazer medicação! Gostaria de saber como é feita a retirada do duplo J? É da mesma forma que foi colocado? Não encontrei essa informação!Pois estou com um! É dolorido?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Luciana,
    A retirada é simples e rápida. Não dói.

    Na verdade depois de tudo o que vc passou, vais achar a retirada uma sopa.

  • http://www.blogger.com/profile/05499401125181736484 Rosilene Cassia

    Dr Pedro,
    Senti dor abdominal no lado esquerdo , fiz ultra-son e foi diagnosticado um cálculo renal descendo pela ureter , o urologista indicou o procedimento de retirada por pinça e foi colocado em seguida um “duplo jota” que será retirado 5 dias após o procedimento , pra que serve o duplo jota ? Estou de repouso em casa e sinto muita dor na hora de urinar e minha urina está escura , parece sangue , além de sentir vontade de urinar toda hora , estou tomando remédio pra infecção de urina e anti inflamatório , é normal o meu relato ? fiz o procedimento dia 11/06/2009 e está marcado pra tirar o duplo jota dia 16/06/2009 e a pedra retirada foi de 4,8 mm .
    Obrigada,
    Rosilene.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Rosilene,
    A função do duplo J está explicada no texto.

    Em relação aos seus sintomas, pode haver dor e sangue na urina nos primeiros dias após a retirada dos cálculos.

    Quando vc retirar o duplo J, vai melhorar um pouco. MAs desaperecer mesmo provavelmente só depois de mais alguns dias.

  • marcio

    Olá Dr. Pedro meu nome é Márcio
    gostaria de saber por quanto tempo posso ficar com o duplo j dentro de mim