OBESIDADE – Síndrome metabólica

A obesidade já se tornou uma das mais importantes epidemias do mundo moderno. Engana-se quem a trata apenas como um problema estético ou de aceitação social. A obesidade é uma doença com mortalidade proporcional ao grau de sobrepeso. Quanto maior, mais grave.

Vamos iniciar uma série de artigos sobre a obesidade, explicando suas consequências e opções de tratamento. Este artigo é a primeira parte da série, que ainda é composta pelos seguintes temas:
CALORIAS PARA EMAGRECER
COMO EMAGRECER DE FORMA SAUDÁVEL
DIETA PARA EMAGRECER
REMÉDIOS PARA EMAGRECER
CIRURGIA PLÁSTICA APÓS GRANDE PERDA DE PESO

Diagnóstico de obesidade

O método mais usado para avaliar obesidade é o índice de massa corporal (IMC). É um cálculo simples onde dividimos o peso pelo quadrado da altura, ou seja:

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

IMC = Peso (em quilos) ÷ altura² (em metros) 

Exemplos:
a) Uma pessoa de 110kg e 1,60m:
– IMC = 110 kg ÷ (1,60m x 1,60m) = 42,96 kg/m²

b) Uma pessoa de 75kg e 1,80m:
– IMC = 75kg ÷ (1,80m x 1,80m) = 23,14 kg/m²

A classificação baseada no IMC é a seguinte:

Baixo peso = IMC menor que 18,5 Kg/m²
Peso normal = IMC entre 18,5 e 24,9 Kg/m²
Sobrepeso = IMC entre 25 e 29,9 Kg/m²
Obesidade grau I = IMC entre 30 e 34,9 Kg/m²
Obesidade grau II = IMC entre 35 e 39,9 Kg/m²
Obesidade mórbida = IMC maior que 40 Kg/m²

O exemplo “a” se enquadra no diagnóstico de obesidade mórbida, enquanto que o exemplo “b” é de uma pessoa com peso normal.

Obs: a fórmula acima não se aplica a pessoas com grande massa muscular, pois a mesma costuma enquadrá-las na categoria de sobrepeso, ou até obesidade, mesmo apresentando baixo percentual de gordura no corpo.

Existem hoje no mundo 1,6 bilhão de pessoas com sobrepeso e 400 milhões de obesos. A principal causa é o sedentarismo associado a uma alimentação rica em calorias. Apenas um percentual muito pequeno dos obesos apresenta alguma doença que os predispõe a tal situação.

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

Alguns medicamentos podem levar ao ganho de peso, os principais são:

– Antipsicóticos: Olanzapina, Clozapina e Risperidona
– Antidepressivos: Amitriptilina e Paroxetina (leia: ANTIDEPRESSIVOS: Escitalopram, Citalopram, Fluoxetina, Sertralina e Paroxetina)
– Antiepiléticos: Ácido Valpróico e Carbamazepina
– Corticóides (leia: INDICAÇÕES E EFEITOS DA PREDNISONA E CORTICÓIDES )

É importante ressaltar que existe diferença entre ganhar peso e ficar obeso. Não se pode colocar a culpa de um IMC de 35 kg/m2 nas drogas descritas acima.

Todas as pessoas com IMC maior que 25 kg/m² devem ter a circunferência abdominal medida. Homens e mulheres com cintura maior que 102 cm e 88 cm respectivamente, apresentam maiores riscos de desenvolver doenças relacionadas a obesidade.
Obesidade central
A chamada obesidade central é a que traz maior risco de doenças cardiovasculares e morte precoce. Pessoas com acúmulo de gordura na região abdominal apresentam a chamada gordura visceral, que é o excesso desta em volta dos órgãos. O acúmulo de gordura predominantemente nas coxas e quadris oferece menor risco, pois apresenta menor acometimento dos órgãos internos. É o corpo em forma de maçã versus o corpo em forma de pera.

Uma outra maneira de avaliar a gordura central é através da relação entre o comprimento da cintura e do quadril. Valores maiores que 1 em homens e 0,8 em mulheres indicam maior risco de doenças relacionadas a obesidade.

Cintura
———— = Maior que 1 em homens ou maior que 0,8 em mulheres
Quadril

A partir de 35 Kg/m² essas medidas perdem valor já que todos apresentam maior incidência de doenças.

Uma das consequências é o desenvolvimento da síndrome metabólica, também chamada de síndrome x.

Para saber mais sobre o índice de massa corporal e o cálculo do IMC, acesse o seguinte artigo: IMC | cálculo do índice de massa corporal.

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

O que é a síndrome metabólica?

É considerado portador desta síndrome quem possui pelo menos 3 dos 5 critérios abaixo:

  • Circunferência abdominal maior que 102 cm em homens e 88 cm em mulheres
  • Níveis de triglicerídeos sanguíneos maiores que 150 mg/dl
  • Colesterol HDL (colesterol bom) menor que 40 mg/dl em homens e 50 mg/dl em mulheres
  • Pressão arterial maior que 130 /85 mmHg ( leia sobre valores da pressão arterial em Hipertensão)
  • Níveis de glicose em jejum maiores que 100 mg/dl Pessoas obesas e/ou portadoras da síndrome metabólica apresentam maiores riscos de desenvolver diabetes e doenças cardiovasculares.

Pessoas com excesso de peso apresentam maior morbidade (existência de doenças associadas) e maior mortalidade do que pessoas com peso normal. A simples presença de sobrepeso já é suficiente para reduzir a expectativa de vida. O risco de morte chega a ser 3x maior em obesos do que em pessoas com IMC normal.

Ao contrário do que se possa pensar, o tecido adiposo (gorduroso) não é simplesmente um monte gordura inativa. É na verdade um tecido metabolicamente ativo produtor de enzimas que causam resistência ao funcionamento da insulina, elevação da pressão arterial, aumento do depósito de colesterol nos vasos e outras ações que elevam a morbidade do doente obeso.

Para se ter uma idéia dos malefícios do sobrepeso, além da síndrome metabólica, as seguintes doenças estão associadas a obesidade:

– Hipertensão (leia: SINTOMAS E TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO (PRESSÃO ALTA))
– Diabetes tipo 2 (leia: DIAGNÓSTICO E SINTOMAS DO DIABETES MELLITUS)
– Colesterol alto (leia: COLESTEROL BOM (HDL) E COLESTEROL RUIM (LDL))
– Infarto do miocárdio (leia: SINTOMAS DO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO E ANGINA)
– insuficiência cardíaca (leia: INSUFICIÊNCIA CARDÍACA – CAUSAS E SINTOMAS)
– Arritmias (leia: PALPITAÇÕES, TAQUICARDIA E ARRITMIAS CARDÍACAS)
– AVC (leia: ENTENDA O AVC – ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL)
– Trombose venosa
– Insuficiência venosa e varizes dos membros inferiores (leia: VARIZES | Causas e Tratamento)
– Demência
– Incontinência urinária (leia:INCONTINÊNCIA URINÁRIA | Causas, tipos e diagnóstico)
– Doença do refluxo gastro-esofágico (leia: HÉRNIA DE HIATO E REFLUXO GASTROESOFÁGICO)
– Câncer de esôfago, cólon, rins, fígado, pâncreas e linfoma (leia: CÂNCER (CANCRO) – SINTOMAS E DEFINIÇÕES)
– Osteoartrite e lesões articulares, principalmente joelhos (leia: ARTRITE e ARTROSE | Sintomas e diferenças)
– Glomerulonefrite e Síndrome nefrótica (doença das células renais) (leia: O QUE É UMA GLOMERULONEFRITE ?)
– Insuficiência renal (leia: VOCÊ SABE O QUE É CREATININA ?)
– Cálculo renal (leia: CÁLCULO RENAL (PEDRA NOS RINS))
– Apnéia do sono
– Síndrome do túnel do carpo (leia: SÍNDROME DO TÚNEL DO CARPO | Sintomas e tratamento)
– Crescimento de pêlos nas mulheres
– Gota (leia: GOTA E ÁCIDO ÚRICO)

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

Deixe um Comentário

Antes de comentar, leia as REGRAS PARA COMENTÁRIOS.

Seu email não será publicado.

31 Comentários

  1. Ygor

    Bom dia Dr, fui diagnosticado com esteatose hepática leve, sinto desconforto ao respirar e peso na região abdominal, apenas alimentação regulada e prática de exercícios físicos resolverão minha situação?

  2. Helen

    Bom dia Dr.! Estou com obesidade grau 1, IMC 33,7. Faço exercícios físicos regularmente, faço dieta com acompanhamento de nutricionista, mesmo já tendo uma alimentação balanceada há muito tempo. Não consigo emagrecer nada. Será que preciso fazer algum tipo de tratamento? Que tipo de profissional devo procurar? Recentemente fiz exame de sangue completo e não tive nenhum resultado alterado. Não tenho problemas de tireoide. Estou desesperada não sei mais o que fazer.

  3. André

    Dr Pedro, minha mãe está com esteatose hepática moderada, qual o primeiro passo que ela deve fazer para controlar esse problema o que o SR indica??

  4. maria eduarda

    DR PEDRO tenho 16 anos 1,72 de altura e 98 kilos
    eu ja posso fazer a cirurgia bariatrica?

  5. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

    Exercícios físicos e controle do consumo de calorias.

  6. 28052010

    Bom dia Dr Pedro ,estou com sobrepeso,o que devo fazer para voltar e mater o meu peso?

  7. Kassandra Duarte

    Boa Tarde Drs Renata e Pedro, tomo medicamento para hipertensão há algum tempo. Como estou com obesidade grau II(IMC 36,87), resolvi fazer um tratamento para resolver esse problema de vez. Tem um clínico geral, especialização no tratamento da obesidade, que receitou Sibutramina para compor meu tratamento, além do Bromazepan e Fluoxetina, tudo com a dieta de 1.200 calorias e exercícios. Lendo algumas coisas na Internet, queria saber se é realmente seguro tomar a Sibutramina sendo hipertensa. Todo o tratamento será realizado conforme orientação do médico.

    Agradeço quaisquer comentários a respeito para iniciar um tratamento de forma eficaz e segura.

  8. Kassandra Duarte

    Boa Tarde Drs Renata e Pedro, tomo medicamento para hipertensão há algum tempo. Como estou com obesidade grau II(IMC 36,87), resolvi fazer um tratamento para resolver esse problema de vez. Tem um clínico geral, especialização no tratamento da obesidade, que receitou Sibutramina para compor meu tratamento, além do Bromazepan e Fluoxetina, tudo com a dieta de 1.200 calorias e exercícios. Lendo algumas coisas na Internet, queria saber se é realmente seguro tomar a Sibutramina sendo hipertensa. Todo o tratamento será realizado conforme orientação do médico.

    Agradeço quaisquer comentários a respeito para iniciar um tratamento de forma eficaz e segura.

  9. Roberta_star_girl

    estou sentindo fortes dores no peito mas fiz todos exames necessarios : abdome total , ecocardiograma,eletrocardiograma,endoscopia digestiva alta,de sangue:lipidograma,raio x do torax ,diabetes, e hiv…Mostrei a minha médica e ela disse que eu não tenho nada pois não deu problema algum. Mas essas dores me assustam pois sou obesa tenho 115kg e tenho 1,57 de altura , estou muito assustada e com muito medo de morrer apesar de não ter dado nada minha médica me alertou que posso ter um infarto a qualquer momento pois pra saber realmente das arterias do meu coração eu precisaria de um exame de contraste e como não deu nada em meus exames eu não preciso fazer esse exame .Estou desesperada pois o medo de morrer me apavora e eu choro muito por isso , sou muito nova ! a minha pergunta é : estou mudando meus habitos alimentares e emagrescer a arteria q caso esteja entupida ela se obstrui sozinha?

  10. Paulo Anjos

    gostaria de saber algo sobre leite de alpiste, divulgado na internet como auxiliar na alimentação vegetariana.
    obrigado

  11. jussara

    olá DR; meu é jussara tenho 28 anos e ando sentindo umas dores esquesitas nas costas na direçao do torax e no torax,e sensaçao de q estou entalada,a dor  começa na costa e se espalha em forma de raios, q vem e some repentinamente sem deixar sequelas estou preucupada pois ja procurei o medico ,fiz alguns exames e nada o q pode ser.desde ja obrigado!!!!!!!!

  12. SM

    Boa noite Drs. Renata e Pedro.

    Mais uma vez, muitíssimo obrigada pela vossa atenção!

    Estou aguardando este novo artigo!

    Abraços,
    SM

  13. Dr. Pedro Pinheiro

    Sm,
    tenho um colega meu endocrinologista que deve escrever sobre o tema nas próximas semanas.

  14. SM

    Boa noite Drs. Renata e Pedro,

    Gostaria, se fosse possível, que explicassem o que ocorre numa cirurgia bariátrica.

    Sei que existem vários tipos, com balão, radical, com anel,… mas gostaria de entender mais sobre elas e quais os perigos envolvidos em cada uma delas e indicações para a realização das mesmas.

    O que muda na vida (saúde) de quem é submetido a essa cirurgia?? Quais são as vantagens e desvantagens de se fazer uma cirurgia dessa?

    Se puderem escrever algum artigo a respeito (não achei nenhum no vosso blog) ou então me indicar algum site confiável e de fácil compreensão, ficaria muito agradecida.

    Desde já muito obrigada,

    Abraços,

    SM

    P.S.: Estou cada vez mais “viciada” no vosso blog, gosto de ficar por dentro daquilo que ocorreu ou está ocorrendo em termos de saúde ao meu redor, por isso já estão nos meus FAVORITOS.
    Abraços,
    SM

  15. Dr. Pedro Pinheiro

    Keren,
    O que já existe é irreversível. O tratamento visa impedir a progressão.

  16. Anonymous

    Dr Pedro,

    A pessoa que tem osteoporose e comeca a tomar suplementos de calcio e magnesio tem a opcao de reverter o quadro ou apos instalada a osteoporose eh irreversivel?

    Obrigada,

    Karen

  17. Dr. Pedro Pinheiro

    Neusa,
    Acho que é um caso para ser seguido pelos 2 especialistas. A nutricionista n tem conhecimento para indicar ou alterar remédios

  18. Anonymous

    Sindrome metabolica.
    Dr , uma crianca obesa de 12 anos, tdah e que toma ritalina,com colesterol e triglicerides altos,tem os indices da tireoide normais,tem alguma tratamento que um endocrinologista poderia fazer ou neste caso somente uma nutricionista.?Obrigada /neusa.

  19. Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Sheila,
    Isso parece palpitação. Procure um cardiologista.

    Tenho um texto sobre o assunto. Procure por ele na caixa de procura no alto da página e veja se esclarece algumas dúvidas.

  20. Anonymous

    Dr. Pedro,

    Gostaria que me ajudasse com orientações sobre que especialidade médica procurar para descobrir a causa de um tremor que sinto na região do peito(como se um coração estivesse batendo no pescoço,na altura da garganta) principalmente em repouso ,faço uso diário de enalapril e alprazolam, estou na menopausa e tenho 48 anos.
    Desde já agradeço sua atenção.

    Sheila

  21. Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Fala Flávio,
    Já está corrigido.

    Cara, o que vc quiser escrever para mim tá ótimo.

    Vou te mandar um e-mail

    abs

  22. Flavio

    Pedro,
    Sei que é preciosismo, mas de acordo com a nomenclatura da Associação Americana da Diabetes (ADA), a classificação do diabetes mellitus deve ser feita com algarismos arábicos, e não romanos. A justificativa é ótima: tipo II poderia ser confundido com 11. Mas onde já se viu diabetes tipo onze? Mas isso está escrito ipsi literis no consenso da ADA.

    Você tem algum texto sobre cirurgia bariátrica? Não achei… Interessa que eu escreva um?

    Abraço!

  23. Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    O que exatamente vc gostaria de saber ?

    A pergunta ficou meio genérica.

    abs

  24. Anonymous

    gostaria de saber sobre metabolismo da obesidade.

  25. Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Sylvia, já tenho uns 4 textos sobre o assunto. è escrito por um colega meu cirurgião plástico.
    No último link, ao final do texto você pode achar todos eles. Caso não consiga, escreva “lipoaspiração” na barra de procura no canto superior direito da página.
    Abraços

  26. Sylvia

    Doutor, sei que vocÊ não é cirurgião, mas seria possível o sr. falar um pouco sobre lipoaspiração ?
    Agradeço desde já.