10 de julho de 2014

MACONHA | Efeitos no organismo

A marijuana ou maconha é uma droga produzida a partir da planta da espécie Cannabis sativa. A substância psicoativa presente na maconha e no haxixe é o delta-9-tetrahidrocanabinol (THC). O THC pode ser consumido através do fumo, da inalação, por via oral ou até intravenoso. A biodisponibilidade do THC quando fumado é de cerca de 20%, ou seja, se cada cigarro de maconha possui algo em torno de 30mg de THC, apenas algo em torno de 6mg serão absorvidos.

Publicidade

Além da maconha existem outras 2 formas comuns de se processar a cannabis: o haxixe que também é fumado e apresenta maiores concentrações de THC, e o Hashoil ou óleo de cannabis, que é a forma líquida e mais potente da droga.

Existe muita emoção e pouca informação no debate sobre a legalização da maconha. Se por um lado existe o falso mito da sua relativa inocuidade, também faz pouco sentido aceitar o uso indiscriminado de álcool e cigarro e demonizar apenas a maconha.

Foto da Maconha - Cannabis sativaAs informações que darei serão principalmente sobre os efeitos deletérios da maconha sobre o organismo.

Desde já deixo registrado que sou contra o uso da maconha, mas não contra a descriminalização da mesma. Assim como também não indico o uso de álcool a nenhum paciente mas não sou contra a sua comercialização, e nem sou hipócrita de dizer que não bebo um chope (imperial, em Portugal) de vez em quando.

Tenho minhas dúvidas sobre a eficácia da proibição da maconha sobre o seu consumo. Qualquer pessoa que tenha contato com jovens sabe que o seu consumo é altíssimo em qualquer classe social. Talvez a legalização transformasse um problema policial em um problema médico, com os recursos dos impostos cobrados sobre sua venda voltados para a saúde e esclarecimento do público.

Existem estimativas no Rio de Janeiro que para cada morte diretamente associada ao uso de drogas, existem 40 mortes pela criminalidade gerada pela tráfico. Quer dizer, a proibição é muito mais danosa que a própria droga.

Em vários países da Europa o porte da maconha já foi descriminalizado, criando-se serviços de acompanhamento dos usuários. Trata-se a droga como caso de saúde e não exclusivamente de polícia. O crime caiu e não houve aumento no número de usuários.

Mas esse texto não sobre a liberação ou não da maconha. É sobre os seus efeitos no organismo. A partir de agora, todos as minhas opiniões serão deixadas de lado e as afirmações que seguem abaixo serão todas baseadas em resultados de trabalhos científicos publicados nas mais conceituadas revistas médicas do mundo.

Maconha causa dependência?

O termo dependência em psiquiatria é aplicado:
– Quando há consumo repetido de uma substância mesmo sabendo que ela está trazendo consequências físicas ou psicológicas.
– Quando um indivíduo consome grandes quantidades de uma substância durante longos períodos de tempo.
– Quando o usuário tem dificuldades em reduzir a quantidade ou a frequência do consumo desta substância.
– Quando começa a surgir tolerância ao princípio ativo, sendo necessárias maiores doses para se atingir os efeitos desejados.
– Quando o usuário despende grande parte do dia tentando obter a droga, usando-a, e/ou se recuperando dos seus efeitos.
– Quando o tempo de lazer e de atividade física é substituído pelo tempo de uso da droga.
– Quando o paciente sente sintomas físicos ou psicológicos se ficar muito tempo sem usar a droga.

Ao contrário do que algumas correntes divulgam, a maconha pode causar dependência, sim. Cerca de 30% das pessoas que experimentam a droga tornam-se usuários regulares e 10% criam dependência. Portanto, 1 em 10 cada usuários se tornará dependente, uma taxa semelhante ao que ocorre com o álcool, mas bem menor do que com o cigarro.

Usuários pesados podem apresentar síndrome de abstinência quando interrompem o seu uso crônico. Os sintomas podem durar semanas e incluem insônia, depressão, náuseas, agressividade, anorexia e tremores.

A maconha apresenta cerca de 60 derivados canabinóides diferentes sendo o tetrahidrocanabinol (THC) a substância mais psicoativa. Ao longo dos últimos 50 anos as concentrações de THC na maconha vêm aumentando progressivamente, saindo de cerca de 5% na década de 1960 para até 15% nos dias de hoje, o que justifica uma maior taxa de pacientes dependentes atualmente, apesar do pico de consumo ter ocorrido no final da década de 70, época em que mais 60% dos jovens admitiam usar a droga.

Também há clara relação entre o uso de maconha e uma maior chance de consumo de outras drogas. A maconha é a chamada porta de entrada para drogas mais pesadas. Um trabalho realizado na Alemanha em 2001 com jovens entre 14 e 24 anos consumidores regulares de maconha evidenciou que os mesmo também consumiam outras drogas em taxas percentuais mais altas do que na população geral:

Álcool – 90%
Nicotina – 68%
Cocaína – 12%
Estimulantes – 9%
Alucinógenos – 6%
Opióides – 3%
Sedativos – 1%

Quanto mais cedo se começa a fumar maconha, maior é o risco do consumo de outras drogas. Este raciocínio vale também para o cigarro e o álcool.

Efeitos agudos da Maconha

A chamada “onda” que o consumo de maconha causa recebe em medicina o nome de intoxicação aguda pelo THC. Quando fumado, o THC é rapidamente absorvido pelos pulmões, chegando ao cérebro em poucos minutos. O pico de euforia costuma acontecer em 10 a 30 minutos e a intoxicação pode durar por até 4 horas.

A maconha é uma das drogas que causam intoxicação mais branda, não havendo relatos de mortes induzidas unicamente pelo seu consumo. Porém, é muito comum encontrar níveis de THC sanguíneos naqueles que chegam aos hospitais com overdose por outras drogas.

Logo após o seu consumo, surge a sensação de estar “alto”, com euforia, sensação de prazer, diminuição da ansiedade, relaxamento e aumento da sociabilidade. Porém, em pessoas que a usam pela primeira vez ou naquelas com predisposição para distúrbios psiquiátricos, como ansiedade e depressão, os sintomas podem não ser tão prazerosos, ocorrendo ataques de pânicos, profunda sensação de tristeza, crises de ansiedade e isolamento do grupo.

Outros sinais psicológicos que podem ocorrer durante a intoxicação são:

– Distorções do tempo.
– Perda da memória recente.
– Diminuição da atenção e concentração.
– Paranoia.
– Pensamentos míticos.
– Sentimento de grandiosidade.
– Despersonalização.

Além dos efeitos psicológicos, o consumo de maconha também desencadeia uma série de efeitos físicos que incluem:

– Taquicardia (aceleração dos batimentos cardíacos).
– Aumento de pressão arterial (em doses muito elevadas pode causar queda da pressão).
– Aumento da frequência respiratória.
– Hiperemia conjuntival (olhos vermelhos).
– Boca seca.
– Aumento do apetite.
– Letargia e redução dos reflexos.

O mais importante é saber que alterações da concentração, dos reflexos e da performance motora podem durar até 24h, muito tempo depois do fim da sensação de estar “alto”. Os efeitos da maconha consumida na noite anterior podem estar presentes nos usuários que vão dirigir ou trabalhar no dia seguinte, apesar dos mesmos, muitas vezes, não terem consciência disto. Este fato pode ser especialmente perigoso em profissionais como pilotos, cirurgiões, motoristas e pessoas que manuseiam maquinaria pesada.

Efeitos da maconha na pressão arterial e no coração

A maconha apesar de agir diretamente nos vasos sanguíneos causando relaxamento do mesmos e, consequentemente, diminuição da pressão arterial, também age aumentando a liberação de adrenalina, aumentando a frequência cardíaca e do volume de sangue bombeado pelo coração a cada batimento, ações que colaboram para a elevação da pressão arterial.

Quanto maior for a dose, maior será o efeito de vasodilatação. Em doses baixas a tendência é a pressão subir. Em doses elevadas pode ocorrer até mesmo hipotensão. O problema é que este efeito vasodilatador da maconha tende a ficar menos evidente com o uso crônico, fazendo com que os efeitos que elevam a pressão sejam mais efetivos a longo prazo.

A liberação de adrenalina, o aumento da frequência cardíaca e a vasodilatação aumentam o consumo de oxigênio pelo coração podendo desencadear eventos isquêmicos em pessoas com doença cardíaca prévia. Estes pacientes podem ter seu quadro agravado pela maconha e o risco de infarto é 5x maior nos primeiros 60 minutos após o seu consumo. O consumo da maconha também pode desencadear arritmias cardíacas, como a fibrilação atrial (leia: FIBRILAÇÃO ATRIAL).

Efeitos da maconha no sistema respiratório

Outro dado pouco divulgado é que a fumaça da maconha possui 4x mais alcatrão e 50% mais substâncias carcinogênicas que o cigarro, além de ser fumado sem filtro e ser muito mais tragado, o que causa uma maior inalação de partículas irritativas para as vias aéreas e pulmões. O consumo de 3 cigarros de maconha parece equivaler ao de 20 cigarros comuns. A grande diferença é que a maioria das pessoas usa a maconha em menores quantidades e normalmente abandona o hábito com a idade.

Pessoas que fumam mais de 3 cigarros de maconha por dia costumam apresentar problemas respiratórios semelhantes aos fumantes comuns, incluindo tosse, catarro e diminuição da capacidade para exercícios. O uso crônico de maconha esta relacionado a um maior risco de DPOC (enfisema pulmonar/bronquite crônica) (leia: DPOC – ENFISEMA E BRONQUITE CRÔNICA).

Fumar maconha também aumenta o risco de pneumotórax espontâneo (leia: O QUE É UM PNEUMOTÓRAX?).

Maconha e câncer

Como o consumo concomitante de cigarro é extremamente comum, é muito difícil de se estabelecer a magnitude dos riscos do uso da maconha isoladamente. É difícil encontrar pessoas que fumem apenas maconha durante um período de tempo suficiente para o desenvolvimento de um câncer.

O consumo de cigarro está relacionado a inúmeros cânceres (leia: CONSEQUÊNCIAS DO CIGARRO), mas o uso de maconha, baseado nos atuais trabalhos científicos, só pode ser atribuído aos cânceres de pulmão e bexiga. Isto não significa que a maconha isoladamente não cause outros cânceres, como os de cabeça e pescoço. Significa apenas que este fato ainda não foi 100% comprovado, apesar de haver fortes indícios para tal.
Um exemplo destes fortes indícios está no fato de que usuários apenas de maconha apresentam alterações moleculares nas vias respiratórias semelhantes às lesões pré-cancerígenas que os fumantes comuns desenvolvem antes do aparecimento do câncer de pulmão, sendo, portanto, altamente provável que a maconha também seja causa deste tipo de câncer. Outro dado importante é que indivíduos que fumam cigarro e maconha comprovadamente apresentam um risco ainda maior de câncer de pulmão quando comparados com fumantes apenas de cigarro. Logo, se por um lado o risco de câncer com o uso isolado de maconha é difícil de ser quantificado, por outro, já se sabe que o seu consumo regular potencializa os riscos de câncer do cigarro.

Maconha na gravidez

Devido a falsa crença da inocuidade da maconha, esta é a droga ilícita mais usada durante a gravidez.

Até o momento não há evidências de que o consumo de maconha aumente o risco de má formações, abortos ou partos prematuros. Porém, em gestantes que fumam mais de 6 cigarros de maconha por semana, os filhos apresentam, a partir dos 2 anos de idade, menor aptidão verbal e menor capacidade de memória que outras crianças. Estas crianças também apresentam maior risco de hiperatividade e depressão. Existe também trabalhos que mostram um maior risco de leucemias em crianças cuja mães fumaram cigarros comuns e maconha durante a gravidez (LEUCEMIA | Sintomas e Tratamento).

Outros problemas de saúde causados pelo uso crônico de maconha

– Redução dos níveis de testosterona.
– Diminuição da motilidade dos espermatozoides e infertilidade.
– Redução da libido.
– Impotência (leia: IMPOTÊNCIA SEXUAL | Causas e tratamento).
– Alterações do ciclo menstrual.
– Ginecomastia (crescimento de mamas em homens) (leia: GINECOMASTIA (mama masculina)).
– Galactorréia (secreção anormal de leite pelas mamas).
– Alterações de memória.
– Aumento da incidência de periodontites.
– Síndrome dos vômitos cíclicos (leia: SÍNDROME DOS VÔMITOS CÍCLICOS).

Pacientes portadores de hepatite C que fumam maconha apresentam maior risco de evoluírem para cirrose e câncer de fígado (leia: CAUSAS E SINTOMAS DA CIRROSE HEPÁTICA e ENTENDA A HEPATITE C).

O uso crônico de maconha também aumenta os riscos de se desenvolver doenças psiquiátricas como esquizofrenia e depressão (leia: O QUE É DEPRESSÃO?).

Existe hoje uma síndrome chamada em inglês de “chronic cannabis syndrome”. Descreve usuários pesados de longa data que apresentam dificuldades cognitivas e menores conquistas profissionais e acadêmicas. Normalmente, são pessoas com menos ambições profissionais e que acabam em empregos que exigem menor capacidade de raciocínio e concentração.

Uso medicinal da maconha

Apesar de todos esses problemas, a maconha também pode ser usada com agente medicinal. O THC e derivados podem ser encontrados em comprimidos, inaladores e adesivos para pele. Seu uso inclui:

– Tratamento de vômitos incoercíveis.
– Tratamento de soluços de difícil controle.
– Tratamento da caquexia em SIDA (AIDS) e cânceres (leia: SINTOMAS DO HIV E AIDS (SIDA)).
– Tratamento do Glaucoma (leia: GLAUCOMA | Sintomas e tratamento).
– Redução dos sintomas da esclerose múltipla (leia: ESCLEROSE MÚLTIPLA | Sintomas, diagnóstico e tratamento).
– Tratamento da dor crônica.

Quanto tempo depois de consumida, a maconha ainda pode ser detectada por exames?

Esta é uma pergunta que tem me sido feita com frequência, principalmente por aqueles que vão realizar exames admissionais em empresas.

Normalmente o doseamento do THC é feito através de uma análise de urina, mas também pode ser feito pelo sangue. A metabolização do THC é muito individual, e portanto, não existe um número de dias de intervalo que seja seguro para todos os usuários. A pesquisa é feita pelo principal metabólito do THC, o delta-9-tetrahidrocanabinol (D9THC).

Em média 90% do D9THC é eliminado do organismo nos primeiros 5 dias após o uso, porém seus níveis podem ser detectados por mais de 1 mês em caso de usuários assíduos. Usuários esporádicos podem ficar livres do THC em apenas 3 dias.

É preciso saber que análises simples de urina e sangue não costumam investigar a presença de THC. O laboratório só fará essa pesquisa se na solicitação médica houver um pedido específico para tal.

Referências:

Devido aos inúmeros comentários de leitores questionando a origem dos dados relatados neste texto, vou listar todos os trabalhos científicos usados como referência para elaboração desta postagem. Reafirmo que nenhuma informação foi tirada da minha cabeça. São todas baseados em estudos científicos de conceituadas revistas médicas publicadas nas últimas décadas.

1. Compton, WM, Grant, BF, Colliver, JD, et al. Prevalence of marijuana use disorders in the United States: 1991-1992 and 2001-2002. JAMA 2004; 291:2114.
2. Stinson, FS, Ruan, WJ, Pickering, R, Grant, BF. Cannabis use disorders in the USA: prevalence, correlates and co-morbidity. Psychol Med 2006; 36:1447.
3. Agrawal, A, Neale, MC, Prescott, CA, Kendler, KS. Cannabis and other illicit drugs: comorbid use and abuse/dependence in males and females. Behav Genet 2004; 34:217
4. Tarter, RE, Vanyukov, M, Kirisci, L, et al. Predictors of marijuana use in adolescents before and after licit drug use: examination of the gateway hypothesis. Am J Psychiatry 2006; 163:2134.
5. Guxens, M, Nebot, M, Ariza, C. Age and sex differences in factors associated with the onset of cannabis use: a cohort study. Drug Alcohol Depend 2007; 88:234.
6. Gold, MS, Tullis, M. Cannabis. In Galanter, M and Kleber, HE (Eds) Textbook of Substance Abuse Treatment, 2nd Ed. Washington, DC: American Psychiatric Association, 1999
7. Naditch, MP. Acute adverse reactions to psychoactive drugs, drug usage, and psychopathology. J Abnorm Psychol 1974; 83:394.
8. Tomaszewski, C, Kirk, M, Bingham, E, et al. Urine toxicology screens in drivers suspected of driving while impaired from drugs. J Toxicol Clin Toxicol 1996; 34:37.
9. Marquet, P, Delpla, PA, Kerguelen, S, et al. Prevalence of drugs of abuse in urine of drivers involved in road accidents in France: a collaborative study. J Forensic Sci 1998; 43:806
10. Brookoff, D. Testing reckless drivers for cocaine and marijuana. N Engl J Med 1994; 331:518
11. Wu, TC, Tashkin, DP, Djahed, B, Rose, JE. Pulmonary hazards of smoking marijuana as compared with tobacco. N Engl J Med 1988; 318:347.
12. Henry, JA, Oldfield, WL, Kon, OM. Comparing cannabis with tobacco. BMJ 2003; 326:942
13. Ferguson, RP, Hasson, J, Walker, S. Metastatic lung cancer in a young marijuana smoker (letter). JAMA 1989; 261:41.
14. Sridhar, KS, Raub, WA Jr, Weatherby, NL, et al. Possible role of marijuana smoking as a carcinogen in the development of lung cancer at a young age. J Psychoactive Drugs 1994; 26:285
15. Fligiel, SE, Roth, MD, Kleerup, EC, et al. Tracheobronchial histopathology in habitual smokers of cocaine, marijuana, and/or tobacco. Chest 1997; 112:319.
16. Barsky, SH, Roth, MD, Kleerup, EC, et al. Histopathologic and molecular alterations in bronchial epithelium in habitual smokers of marijuana, cocaine, and/or tobacco. J Natl Cancer Inst 1998; 90:1198.
17. Mehra, R, Moore, BA, Crothers, K, et al. The association between marijuana smoking and lung cancer: a systematic review. Arch Intern Med 2006; 166:1359.
18. Firth, NA. Marijuana use and oral cancer: A review. Oral Oncol 1997; 33:398
19. Zhang, ZF, Morgenstern, H, Spitz, MR, et al. Marijuana use and increased risk of squamous cell carcinoma of the head and neck. Cancer Epidemiol Biomarkers Prev 1999; 8:1071.
20. Kolodny, RC, Masters, WH, Kolodner, RM, Toro, G. Depression of plasma testosterone levels after chronic intensive marihuana use. N Engl J Med 1974; 290:872
21. Hembree, WC, Nahas, GG, Zeidenberg, P, et al. Changes in human spermatozoa associated with high-dose marijuana smoking. In: Nahas, GG (ed) Marijuana and Medicine, Humana Press, Totowa, NJ, 2001.
22. Tetrault, JM, Crothers, K, Moore, BA, et al. Effects of marijuana smoking on pulmonary function and respiratory complications: a systematic review. Arch Intern Med 2007; 167:221.
23. Beshay, M, Kaiser, H, Niedhart, D, et al. Emphysema and secondary pneumothorax in young adults smoking cannabis. Eur J Cardiothorac Surg 2007; 32:834.
24. Tashkin, DP, Coulson, AH, Clark, VA, et al. Respiratory symptoms and lung function in habitual heavy smokers of marijuana alone, smokers of marijuana and tobacco, smokers of tobacco alone, and nonsmokers. Am Rev Respir Dis 1987; 135:209
25. Herning, RI, Better, WE, Tate, K, Cadet, JL. Cerebrovascular perfusion in marijuana users during a month of monitored abstinence. Neurology 2005; 64:488.
26. Bolla, KI, Brown, K, Eldreth, D, et al. Dose-related neurocognitive effects of marijuana use. Neurology 2002; 59:1337.
27. Davies, SN, Pertwee, RG, Riedel, G. Functions of cannabinoid receptors in the hippocampus. Neuropharmacology 2002; 42:993.
28. Andreasson, S, Allebeck, P, Engstrom, A, Rydberg, U. Cannabis and schizophrenia. A longitudinal study of Swedish conscripts. Lancet 1987; 2:1483.
29. Bovasso, GB. Cannabis abuse as a risk factor for depressive symptoms. Am J Psychiatry 2001; 158:2033.
30. Patton, GC, Coffey, C, Carlin, JB, et al. Cannabis use and mental health in young people: cohort study. BMJ 2002; 325:1195.
31. Henquet, C, Krabbendam, L, Spauwen, J, et al. Prospective cohort study of cannabis use, predisposition for psychosis, and psychotic symptoms in young people. BMJ 2005; 330:11.
32. Beaconsfield, P, Ginsburg, J, Rainsbury, R. Marihuana smoking. Cardiovascular effects in man and possible mechanisms. N Engl J Med 1972; 287:209.
33. Mittleman, MA, Lewis, RA, Maclure, M, et al. Triggering myocardial infarction by marijuana. Circulation 2001; 103:2805.
34. Aharonovich, E, Liu, X, Samet, S, et al. Postdischarge cannabis use and its relationship to cocaine, alcohol, and heroin use: a prospective study. Am J Psychiatry 2005; 162:1507
35. Haney, M. The marijuana withdrawal syndrome: diagnosis and treatment. Curr Psychiatry Rep 2005; 7:360.
36. Gurley, RJ, Aranow, R, Katz, M. Medicinal marijuana: A comprehensive review. J Psychoactive Drugs 1998; 30:137.
37. Tramer, MR, Carroll, D, Campbell, FA, et al. Cannabinoids for control of chemotherapy induced nausea and vomiting: quantitative systematic review. BMJ 2001; 323:16
38. Nelson, K, Walsh, D, Deeter, P, Sheehan, F. A phase II study of delta-9-tetrahydrocannabinol for appetite stimulation in cancer-associated anorexia. J Palliat Care 1994; 10:14
39. Green, K. Marijuana smoking vs cannabinoids for glaucoma therapy. Arch Ophthalmol 1998; 116:1433.
40. Campbell, FA, Tramer, MR, Carroll, D, et al. Are cannabinoids an effective and safe treatment option in the management of pain? A qualitative systematic review. BMJ 2001; 323:13.
41. Jones, RT. Human effects in marijuana research findings: 1976. NIDA Research Monograph 14. Rockville, MD: National Institute on Drug Abuse, 1977; 128.
42. Mendelson, JH, Babor, TF, Kuehnle, JC, et al. Behavioral and biologic aspects of marijuana use. Ann N Y Acad Sci 1976; 282:186.
43. Nocon, A, Wittchen, HU, Pfister, H, et al. Dependence symptoms in young cannabis users? A prospective epidemiological study. J Psychiatr Res 2006; 40:394.
44. Von Sydow K; Lieb R; Pfister H; Hofler M; Sonntag H; Wittchen H. The natural course of cannabis use, abuse and dependence over four years: a longitudinal community study of adolescents and young adults. Drug Alcohol Depend. 2001 Nov 1;64(3):347-61

"MACONHA | Efeitos no organismo", 5 de 5 baseado em 4 votos.
Publicidade
Publicidade
  • lucas

    ola dr. ja faz mais de um mes que fiz o uso de maconha por umas 3 vezes e continuo com distorçao do tempo,diminuição de concentração e atenção,e perda da memoria recente.isso é normal

    • Dr. Pedro Pinheiro – MD. Saúde

      Se você for usuário crônico há muito anos, pode ter alguns desses problemas.

  • Rodrigo

    Boa noite doutor, fumei direto 12 anos, parei de fumar 3 anos, agora retornei a fumar apenas nos fins de semana, porem descobri que minha pressão arterial esta alta, mas não queria parar de fumar, fumo em média 2 baseados por final de semana, sera que devo parar de vez? abraços!!!

    • Dr. Pedro Pinheiro – MD. Saúde

      O consumo regular pode atrapalhar no controle da pressão arterial.

  • Joana

    Ola, eu consumi há cerca de um mes, mas fiz um exame para ver se posso doar sangue, especifico, sera que aparece dr ?
    Mas nao consumia diariamente era um por semana e nao o fumava sozinha, aguardo resposta

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Se o uso é esporádico, um mês é um intervalo suficiente para a droga já ter saído do organismo.

  • Jessica

    Olá dr. gostaria de saber se em um exame de sangue ou urina que todas as gestantes devem fazer, consta o uso da maconha? Fumei faz um mês e fiz o exame semana passada, gostaria de saber se vai aparecer. E deixando claro, não estou fumando constantemente, fumo só de vez em quando!

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não aparece. Mas se você está grávida, qualquer tipo de fumo é prejudicial ao seu bebê.

  • Murilo Matos

    Olá doutor eu ingeri maconha ontem, mais ja tinha ingerido umas 6 vezes antes em algumas festas, so que ontem foi totalmente diferente, eu passei muito mal, meu corpo tremia e pensei que ia morrer, foi horrivel, depois melhorei so que agora estou totalmente nervoso, inquieto e ansioso, isso é normal?! Oq devo fazer?!

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Algumas pessoas podem ter esse tipo de reação à maconha. Geralmente é auto-limitado, mas se isso persistir por vários dias, procure um psiquiatra.

  • Orlando Cardoso

    Mais um maconheiro postando mentiras, contradizendo as últimas pesquisas, e ainda se diz doutor e usa nom de clínica. Voce é um grande irresponsável!

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      INTOLERÂNCIA: Ausência de tolerância ou falta de compreensão. Comportamento – atitude odiosa e agressiva – de caráter político ou religioso, daqueles que possuem diferentes opiniões. Intransigência a diferentes opiniões.

      O irônico da história é que meu texto não é nem um pouco pró-maconha. Pelo contrário. Mas você não deve ter nem sequer lido-o por completo. Já tem a opinião formada na sua cabecinha e não vai deixar ninguém mudá-la, não é mesmo? Aposto que quando chegou na parte que eu disse ser a favor da descriminalização, você achou que já tinha lido o suficiente.

      Que tal elevarmos o nível e criarmos um debate no qual você me mostra quais são as tais “últimas pesquisas” que contradizem as minhas 44 fontes bibliográficas? Sairemos todos ganhando. Na verdade, existe o risco de você ficar meio confuso, pois se as suas pesquisas contradizem o meu texto, então elas só podem afirmar que a maconha não faz mal algum, pois eu passo boa parte do artigo listando os efeitos adversos da droga.

      Debata os argumentos em vez de querer bater no argumentador. Procure entender aquilo que vai criticar. Para quem usa a bíblia como referência de vida, fica muito feio sair atacando os outros só por conta de divergências de opinião.

      • Orlando Cardoso

        O crack misturado à maconhaqui, 15/07/2010 – 17:07 – Atualizado em 08/02/2013 – 20:07NeyLimaDo Jornal do BrasilTraficantes adicionam crack à maconha para viciar mais genteCaio de Menezes, Jornal do BrasilRIO – [...]

        • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

          Orlando, editei o seu texto porque ele era gigantesco.

          Eu não entendi o que tem a ver notícias que saem no jornal sobre de crack sendo misturado com a maconha com o fato de você ter me chamado de “maconheiro que posta mentiras”.

          Aliás, essas notícias de que traficantes misturam crack à maconha só reforçam o meu ponto de vista de que é mais seguro liberar a venda de maconha para que esta possa ser controlada pelo estado e seus impostos possam ser revertidos para a saúde.

  • Eduardo Matos

    Doutor, fumo maconha há menos de um ano, fazendo só o uso da mesma, mais nenhuma droga (lícita ou não). Faço o seu uso de maneira bastante eventual: às vezes, fico meses sem fumar, depois fumo dois baseados na mesma semana. Acontece que quando fumo, passado a “onda”, ou intoxicação, tenho dores de cabeça (algumas, fortes). Gostaria de saber do que se trata e se eu deveria me consultar com um medico.

    Desde já, agradeço.

    • Rafael

      Oi, Eduardo. Geralmente, essa dor de cabeça ocorre porque seu fumo tem muita amônia.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não acho que isso seja um sinal de doença. Parece ser somente uma reação ao uso da maconha.

  • Azevedo

    Dr. Pinheiro…. fiz uso da substância e estou sentindo parte dos efeitos 3 dias após o uso. Isso é normal?? Será que meu organismo é frágil mediante Cannabis?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Pode ocorrer alterações psicológicas após o uso da maconha, como crises de ansiedade. O que você está sentindo não é necessariamente a presença da droga no organismo.

      • Azevedo

        Sinto perda de memória recente, estou sem noção do tempo, e as vezes sem noção de espaço. Não uso constantemente, uma vez por mês. Tenho medo de isso ser sequela irreversível. Não quero procurar um médico ainda, mas estou com medo.

        Isso também é ansiedade?? Essas sintomas vão passar??

        • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

          Provavelmente é ansiedade. A maconha pode piorar os seus sintomas neste caso.

  • Guest

    Fumo maconha todos os dias e no momento estou tomando o antibiótico benzetacil injetável para tratar sífilis e gostaria de saber se a maconha diminui a eficácia ou corta o efeito do referido remédio…pode me informar?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não.

  • Marcello

    Olá, acho que você se esqueceu de mencionar estudos que tem sido relatados a todo momento, muitas vezes não veiculados na grande mídia da utilização da cannabis para tratamento não apenas nos sintomas de tratamento para cancer como para o tratamento de alguns tipos de cancer em si. Eu também ja vi estudos afirmarem que o cigarro faz muito mais mal a saúde do que a maconha, até porque a qualidade da maconha no Brasil por exemplo varia demais, se você plantar a sua ou comprar uma livre de toxicos ja muda tudo, e afinal o cigarro é a segunda droga que mais mata pessoas e a indústria do tabaco e do alcool financiou várias pesquisas científicas contra a maconha. Logo no início, nos modos de uso você não mencionou a utilização de vaporizadores onde não há combustão portanto não agride o pulmão e também na utilização como ingredientes para comidas. Outra coisa, esse negócio de porta de entrada para outras drogas se aplica apenas para a questão de ela ser proibida e portanto a pessoa compra na favela onde há vendas de outras drogas mais pesadas, ja foi comprovado que não é a planta em si que é uma porta de entrada para drogas pesadas. Os benefícios do uso da cannabis tanto para a saúde quanto para a economia são muitos também além dos que você postou, acho legal postar aqui também. Seria legal também contar um pouco de história e dizer o porque as drogas foram proibidas e por quem elas foram proibidas com qual interesse (alcool e tabaco). Seria interessanta também destacar que a cannabis tem aplicações na indústria quase que infinitas e é a substancia que mais tem aplicações diretas para a industria e consequentemente na economia. Um outro mito que poderia ser esclarecido aqui é de que a maconha não mata neuronios, pelo contrário ela prolifera neuronios, e temos nosso principal sistema em nosso cérebro chamado sistema cannabinoide. O Neurocientista brasileiro Sidarta Ribeiro fala bastante sobre isso.

  • Lucas

    Dr. Boa Noite primeiramente parabéns pelo conteúdo
    No meu caso tenho 21 anos pratico musculação a 4 anos tenho os meus momentos de 1 ou 2 meses sem ir treinar mais muito raro então me considero como uma pessoa que pratica exercício regularmente e a cerca de 2 anos vinha fumando maconha em grandes quantidades cerca de 3 a 4 cigarros de maconha por dia estou a 2 meses sem fumar umzinho mais não gostaria de parar porque assim como as pessoas que curtem um happy hour eu acho bem menos prejudicial tentar fumar aos finais de semana porem meu trabalho tem exames periódicos então será que se eu fumar em pequenas quantidades não serei pego nos exames? ( é claro que vou fazer um estudo sobre o cronograma de quando vão ser os exames ) mas o medo é o tempo que a toxina fica no organismo será que existe alguma hipótese da toxina ser liberada mais rápido por eu malhar regularmente e enjerir uma quantidade menos? ( todos os dias )

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Se você fumar com alguma frequência, cedo ou tarde vai acabar sendo pego nos exames. O que eu não sei é se legalmente a empresa pode te obrigar a realizar exames toxicológicos regulares. Malhar não muda nada. Ingerir menos, sim.

  • renato

    ola bom dia gostaria de saber se eu fumar maconha de finais de semana quando tomo uma cerverjinha faz mal pois eu tomo remedio de pressao e ja fui viciado mas hoje consigo fumar e nao me viciar so que tenho medo da pressao subir e infartar tenho 31 anos pode acontecer isso ? as vezes passo mal ate sem ela sera que e abstinencia sem eu saber ?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Se você sente falta da maconha, se sente-se mal sem ela, isso já é um sinal de dependência. Não dá para dizer que você não é viciado. Se eu fosse você, procuraria parar com a droga.

  • Joana

    Olá, experimentei maconha há uns 5 anos e depois nunca mais usei. No dia 9 de agosto de 2013 acabei dando 2 tragos (só isso mesmo) em um cigarro de maconha. Estava passando por problemas e esqueci totalmente que tenho um exame toxicológico pra fazer até o fim de outubro. O exame exige uma janela mínima de 60 dias, neste caso já estarão passados os 60 dias, mas esses exames normalmente pegam 90 a 180 dias, né?. Com essa quantidade, o exame pelos cabelos pode detectar o uso? Gostaria de fazer o exame o quanto antes, mas estou com medo. O que devo fazer? Grata.

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Depois de 60 dias não vai aparecer nada no exame, ainda mais 2 tragos isolados.

  • Vanderley

    Tenho um depoimento interressante.
    Tenho 43 anos. Sou usuário assíduo desde os 25 anos. Todos os meus 4 irmãos têm problemas de pressão alta, um deles é mais da minha idade, já tem pressão alta a muitos anos. Porém eu sempre que media, dava normal 12×8. Eu fazia academia. Tudo normal.
    Ha 14 dias parei d fumar. Quando parei, 3 dias depois, fui à uma consulta com uma médica de clinica geral para consultar sobre um problema dermatológico, quando ela mediu minha pressão, e então deu 16×10,6.
    Eu tinha consultado com um cardiologista ha mais ou menos 50 dias atrás, para saber exatamente se eu tinha pressão alta. Ele mediu minha pressão, fiz exames de sangue, urina, ecocardiograma e o teste na esteira. Deu tudo normal.
    Pergunto:
    Será que a maconha estava controlando minha pressão esse tempo todo?
    Como você me explicaria isso?

    Sobre a dependência
    Sinto-me mais agressivo por causa da abstinência, pela falta de fumar.
    Estou cobrando(falando) mais o que antes, quando não tinha coragem de falar. Menos tímido(passivo).
    Eu já fiquei 3 meses sem fumar em 2009. Naquela vez que parei, sentí esta agressividade, tinha pesadelos terríveis. uma vez aconteceu d’eu acordar me sentando na cama, gritando.
    Minha memória sempre foi ruim, mesmo antes de fumar, antes dos 25 anos.

    Sobre a pressão alta, estou tomando apenas um comprimido de losartana 25 mg de manhã. Está embrulhando meu estomago. Estou sentindo tipo um amargo querendo subir do estomago para a boca.

    Será que eu poderia voltar a fumar como uma forma de controlar minha pressão alta?
    hehehe!!!

    obrigado,
    Vanderley

  • COELHO

    Pedro achei muito interessante a reportagem , pois mostra os efeitos da maconha e seus problemas ao uso continuo, contudo o Brasil não está preparado para a legalização de qualquer droga , temos um serio problema com as leis.No Brasil o que é legalizado é liberado , ninguém pede identidade para quem compra bebida alcoólica e cigarro, estes itens são vendidos livremente , sem qualquer controle , as outras drogas vão seguir o mesmo caminho e o governo não tem a minima condições de oferecer atendimento medico para estas pessoas, o nosso sistema de saúde é falido.

  • Mónica

    Boas !

    Vim partilhar a minha experiência pois gostava de saber se alguém sente o mesmo que eu. Já por duas vezes bebi um copo de vodka e fumei maconha, passado uns 10 minutos comecei a ficar muitooo quente, a ferver e depois a transpirar ! Comecei a ficar com uma enorme dor de cabeça, em certas zonas da cabeça, e com falta de ar, senti-me quase a desmaiar. Comecei a ver as pessoas às pintas pretas e brancas, só me apetecia deitar e dormir, parecia que o cérebro ficava bloqueado e eu não conseguia falar nem dizer o que estava a sentir, achei que fosse morrer, é uma sensação simplesmente HORRÍVEL ! Minhas amigas disseram que quase não sentiam o meu pulso, estava mesmo a apagar, além disso, tenho taquicardia.

    Alguém sabe que nome tem isto? Se beber só, não me acontece nada, e se só fumar também não, a primeira vez que me aconteceu isto, desmaiei duas vezes seguidas e os sintomas foram os mesmos. Desta vez não desmaiei mas enquanto estava mal, minhas amigas deram-me run para o coração bater mais rápido. Este episódio durou uns 20 minutos e depois de beber run, uns 30 segundos depois, comecei a ver as pessoas normais e já fiquei bem, dentro de pouco tempo.

    Aprendi uma lição, nunca mais !!!! Pelo menos até me lembrar disto.

  • bruno garbin da silva

    Bom dia Dr.
    Gostaria de saber como é pedido por um medico um exame para poder detectar o THC?
    E um exame de sangue pedindo: Hemograma, glicemia, creatinina, T4, TSH, dosagem de vitamina D, Vitamina B12, ácido fólico, TGO, TGP, Gama-GT, eletrofase de proteinas
    Gostaria de saber se um exame de sangue desses é capaz de saber se tem THC ou nao no sangue?
    Obrigado

  • Antony Anschau Barcelos

    Bom dia Dr. eu tenho uma duvida, minha mãe tem reumatismo e sente muita dor o uso do thc seria analgésico, mas por acaso cortaria o efeito dos remédios que ela utiliza?
    Obs: Ela faz um tratamento para estacionar o reumatismo, mas até agora ainda nao funcionou e só se agrava =/

  • Antony Anschau Barcelos

    Bom dia Dr. eu tenho uma duvida, minha mãe tem reumatismo e sente muita dor o uso do thc seria analgésico, mas por acaso cortaria o efeito dos remédios que ela utiliza?
    Obs: Ela faz um tratamento para estacionar o reumatismo, mas até agora ainda nao funcionou e só se agrava =/

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Dependendo do reumatismo o THC poderia até piorar.

  • Guilherme Pinheiro

    Bom dia, Dr vou fazer uma cirurgia de ginecomastia.. Queria saber, se depois da cirurgia, depois de 1 mes mais ou menos, eu posso fazer uso de maconha? Queria saber se corre risco da ginecomastia voltar denovo…

  • http://profile.yahoo.com/SK33N7QBELWDT2EIAJ3FCUARRY Jésus

    Ola, boa tarde, esse ano eu experimentei a Cannabis, e depois disso fiz um uso regular dela, aproximadamente 2 vezes por semana durante, 6 meses, logo depois que parei, fiquei com gastrite, o farmaceutico me disse que esta gastrite seria “emocional”, mas não comentei nada com ele sobre o uso do THC, vc acha que tem qualquer tipo de ligação ?

  • DBG4

    Vou fazer uma cirurgia dia 20 de dezembro agora, e dei 3 tragadas em um baseado, foi a primeira vez que eu fiz isso e acredito que nem tenha dado efeito direito, porém li em algum lugar que pode ser perigoso misturar anestesia com o THC. Isso é verdade? Obs.: Fumei no dia 1 de dezembro, ou seja, são 20 dias e já li que a substância sai do organismo com cerca de 4 a 5 dias.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Assim não tem problema.

  • DBG4

    Vou fazer uma cirurgia dia 20 de dezembro agora, e dei 3 tragadas em um baseado, foi a primeira vez que eu fiz isso e acredito que nem tenha dado efeito direito, porém li em algum lugar que pode ser perigoso misturar anestesia com o THC. Isso é verdade? Obs.: Fumei no dia 1 de dezembro, ou seja, são 20 dias e já li que a substância sai do organismo com cerca de 4 a 5 dias.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Assim não tem problema. No dia da cirurgia o THC já não estará mais no seu organismo.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Eu não sou usuário e sou a favor da legalização. Essa sua visão da questão é simplista e estereotipada. Você está fazendo várias afirmações baseadas apenas em opinião sem embasamento. Você tem algum estudo que comprove que a liberação da maconha será pior que o cigarro? Que haverá mais mortes no trânsito? Que os gastos se elevarão? Que o consumo será maior? Aqui em Portugal eles fizeram o oposto do que você sugere. Aliviaram o lado do usuário e permitiram o porte da droga, apesar de toda gritaria dos setores mais conservadores da sociedade. Resultado após 5 anos: o consumo e a criminalidade caíram, e o número de pessoas procurando apoio médico dobrou. Deixaram de ver a maconha como um problema de polícia e passaram a tratá-la como uma questão de saúde, o que realmente ela é. O que você diz é “achismo” baseado em preconceitos. Felizmente a realidade é muito diferente daquilo que sai nas páginas da Revista Veja.

    • COELHO

      Pedro: Acho interessante o seu ponto de vista , mas vamos situar na realidade , qual o tamanho de Portugal ( menor que o estado da Bahia), vamos olhar o sistema educacional , o nivel de analfabetismo , o sistema publico de saúde e principalmente a cultura do povo.Acho que devemos tratar o uso da maconha como uma questão de saúde e de policia , a maior parte dos usuários não são agressivos , mas sustentam o trafico e bancam a violência. Acho que temos que fazer as nossas escolhas e nos responsabilizar com as consequências, que o simples prazer de ficar relaxado com um uso de um baseado merece gastos públicos e vidas de pessoas em sua maioria não tiveram escolhas.

  • D AMS

    Esta porcaria não será legalizada ou descriminada como os usuarios preferem. Quem usa quer que se legalize, contudo, quem usa não entende o problema estrutural, social e profissional que pode ocorrer. Não vou muito longe, imaginam este bando de usuarios no trânsito, do jeito que está, ja não está bom, os efeitos para o Brasil a longo prazo será pior da atual situação no que tange o cigarro, com varios gastos. E com muita morte no trânsito e no momento da abstinência, por que vai haver quantidade, e para passar esta angustia, vai correr atras dos traficantes para comprar, ou seja, só piorará o que ta ruím. O Brasil não tem estrutura para fiscalizar. E tem outra, nos países de primeiro mundo, a população é educada, e o Estado tem o controle, diferentemente do Brasil. Prisão mais severa para os usuários, pois se não estivesse procura não haveria oferta.

  • D AMS

    Esta porcaria não será legalizada ou descriminada como os usuarios preferem. Quem usa quer que se legalize, contudo, quem usa não entende o problema estrutural, social e profissional que pode ocorrer. Não vou muito longe, imaginam este bando de usuarios no trânsito, do jeito que está, ja não está bom, os efeitos para o Brasil a longo prazo será pior da atual situação no que tange o cigarro, com varios gastos. E com muita morte no trânsito e no momento da abstinência, por que vai haver quantidade, e para passar esta angustia, vai correr atras dos traficantes para comprar, ou seja, só piorará o que ta ruím. O Brasil não tem estrutura para fiscalizar. E tem outra, nos países de primeiro mundo, a população é educada, e o Estado tem o controle, diferentemente do Brasil. Prisão mais severa para os usuários, pois se não estivesse procura não haveria oferta.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Eu não sou usuário e sou a favor da legalização. Essa sua visão da questão é simplista e estereotipada. Você está fazendo várias afirmações baseadas apenas em opinião sem embasamento. Você tem algum estudo que comprove que a liberação da maconha será pior que o cigarro? Que haverá mais mortes no trânsito? Que os gastos se elevarão? Que o consumo será maior?

      Aqui em Portugal eles fizeram o oposto do que você sugere. Aliviaram o lado do usuário e permitiram o porte da droga, apesar de toda gritaria dos setores mais conservadores da sociedade. Resultado após 5 anos: o consumo e a criminalidade caíram, e o número de pessoas procurando apoio médico dobrou. Deixaram de ver a maconha como um problema de polícia e passaram a tratá-la como uma questão de saúde, o que realmente ela é. E aqui diziam a mesma coisa, que o povo é mal educado, que o Estado não tem condições de controlar, que isso só funciona na Holanda, etc.

      O que você diz é “achismo” baseado em preconceitos. Felizmente a realidade é muito diferente daquilo que sai nas páginas da Revista Veja.

  • edu

    artigo tendencioso, contaminado por preconceito pessoal acho sim que tudo demais nao é bommas da forma que foi feito é tendencioso nao a informaçao suficiente dos beneficios e os malificios que é o foco do artigo tem informaçao superficial

  • Daniel Schutz Ferreira

    Daniel

    Dr.. eu queria uma explicação.. se você puder me ajudar.

    Fui usuário de crack 3 anos ai no Brasil.. me internei.. fiquei 6 meses abstnencia sai hoje estou bem.
    Resido hoje em Amsterdam, ontem completei 4 anos de sobriedade.
    Consumo cannabis em vaporizador a uns 2 anos compro sempre o limite de 5g por dia.. em um coffe shop aqui perto de casa.. eu acredito que consegui largar do crack por uma inversão mental que fiz.. com cannabis.. o primeiro ano ai no Brasil em abstnencia foi muito dificil… pois sentia muita vontade de usar o crack.. depois fui embora dai com minha tia pra cá.. foi ai que comecei a consumir cannabis… acho um pouco estranho dizer que maconha é porta de entrada… pois antes nunca tinha fumado.. eu gostava de alcool e do alcool cai no crack.. o que você tem a dizer sobre isso ? Depende do organismo ? Da vontade de cair em outras drogas ? Porque hoje uso cannabis medicinal.. e me sinto bem… pratico esportes.. tenho uma vida normal.. fui em alguns grupos de apoio aqui em Amsterdam a maioria deles consomem cannabis e estão em sobriedade de outras drogas a anos.. não sei se o Dr vai gostar do que vou dizer.. mas não penso em parar de consumir cannabis.. assim como várias pessoas daqui. Vou diariamente em centros terapeuticos.. e em um hospital aqui de Amsterdam OLVG Hospital em holandês é: Onze Lieve Vrouwe Gasthuis Ziekenhuis.. o meu médico diz que meus pulmões estão mais sadios do que de um que consome tabaco.. não tenho sequelas do crack (por sorte acredito) pois me livrei a tempo.. mas quando o Dr fala que prejudica mais que cigarro.. me desculpe não posso concordar. Ou será que meu médico estaria sendo leviano comigo a 1 ano e 3 meses mais ou menos ? Bom só sei que cannabis me fez 70% digamos esquecer o crack o resto foi mais eu que superei mas com ajuda da planta… pode até parecer que estou querendo justificar meu uso… mas acredite nunca me senti tão bem na vida… Me Desculpe mas a medicina aí é muito atrasada.

    Obs: Consumo cannabis, e não tenho vontade de usar outras drogas.. porque ? Milagre ? Opnião Própria ? Para o Dr Cannabis ajuda Dependente Químico ?? Quando digo cannabis.. não é o que vocês veem ai no Brasil.. é planta ! Germinada,Florida, Secada, Curada .. Examinada por laboratórios daqui e colocada para a venda em Farmácia de Cannabis que tem por aqui.

    Grato!

  • Marcelo

    Poderia ser falado sobre o uso da maconho com vaporizadores. Particularmente, não consigo ver muitos riscos de se usar desta forma. Inclusive, é assim que eu utilizo, já que não fumo cigarro e odeio respirar qualquer tipo de fumaça.
    Dr. Pedro, gostaria de vê-lo comentar a respeito desta forma de utilização (vaporizando).

  • Marcelo

    Poderia ser falado sobre o uso da maconho com vaporizadores. Particularmente, não consigo ver muitos riscos de se usar desta forma. Inclusive, é assim que eu utilizo, já que não fumo cigarro e odeio respirar qualquer tipo de fumaça.
    Dr. Pedro, gostaria de vê-lo comentar a respeito desta forma de utilização (vaporizando).

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Possíveis uso do THC.

    - Tratamento de vômitos incoercíveis
    - Tratamento de soluços de difícil controle
    - Tratamento da caquexia em SIDA (AIDS) e cânceres
    - Tratamento do Glaucoma
    - Redução dos sintomas da esclerose múltipla
    - Tratamento da dor crônica

  • Douglasferreirarocha

    Quais sao os beneficios da maconha ?

  • Douglasferreirarocha

    Quais sao os beneficios da maconha ?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Possíveis uso do THC.

      – Tratamento de vômitos incoercíveis
      – Tratamento de soluços de difícil controle
      – Tratamento da caquexia em SIDA (AIDS) e cânceres
      – Tratamento do Glaucoma
      – Redução dos sintomas da esclerose múltipla
      – Tratamento da dor crônica

  • http://profile.yahoo.com/2EPVYB43ZYTQQUIVMGVGJPLIAQ San

    Fumei maconha esporadicamente dos 19 aos 23 anos (durante a faculdade), parando por 1 ano (para estudar para a OAB). Depois passei a fumar diariamente mas em doses pequenas, equivalente a 1/5 de um cigarro de maconha por dia durante 1 ano, essa foi uma das melhores fases da minha vida, tanto no sentido profissional quanto emocional, usava como remédio mesmo, não como droga recreativa como na época da faculdade, em seguida ocorreu uma falta de oferta na cidade e passei 6 meses sem fumar, o que me fez não suportar minha rotina de emprego, procurei ajuda psiquiátrica e me já me passaram diversos remédios estabilizantes de humor, ansiedade, depressão, etc.. nenhum deles teve bons resultados, me sinto com as mesmas angústias de quando era adolescente, de médico em médico atrás de solução sem resultados confortadores, será que o uso da maconha em pequeninas doses diárias não seria em alguns casos saudável? 

  • convidado

    Dr.
    Meu namorado fuma a muitos anos! Percebo que ele não tem “vontade” na hora da relação, que acontecem uma vez a cada 15 dias… Sera que essa falta de apetite sexual tem a ver com o tempo que ele fuma?

  • convidado

    Dr.
    Meu namorado fuma a muitos anos! Percebo que ele não tem “vontade” na hora da relação, que acontecem uma vez a cada 15 dias… Sera que essa falta de apetite sexual tem a ver com o tempo que ele fuma?

    • Arthurbittencourt

      eu acho que nao

  • Evertonlima963

    Leia com a tençao
    eu usei maconha a 7 ano para agora em 2012 por causa que estava dandfo muita aceleração no coração…..falta de ar dor no peito sempre quando eu usava a maconha…..resolvi fazer um teste de ficar um mes sem fumar para ver se não dava mais esta tal aceleração….Resposta não SEnti nada durante este mes…..Resolvi fumar um para ver se era a maconha msm…..foi dito e feito a aceleração voltou em dobro ficava com moooo falta de ar dor fraca no peito do lado esquerdo…..fiz varios enxame eletro do corção eco cardiograma….nenhum deu nada graças a Deus…..era realmente a maconha faz 6 meses que não fumo e durante este tempo não estou sentindo nenhuma aceleração…..aconcelho a todos os usuarios que caso tenha alguma acelerão assim faça o teste pare por um tp e ve se é msm a maconha e ve o que é melhor para vc….o uso ou sua saude (VIDA)

  • Evertonlima963

    Leia com a tençao
    eu usei maconha a 7 ano para agora em 2012 por causa que estava dandfo muita aceleração no coração…..falta de ar dor no peito sempre quando eu usava a maconha…..resolvi fazer um teste de ficar um mes sem fumar para ver se não dava mais esta tal aceleração….Resposta não SEnti nada durante este mes…..Resolvi fumar um para ver se era a maconha msm…..foi dito e feito a aceleração voltou em dobro ficava com moooo falta de ar dor fraca no peito do lado esquerdo…..fiz varios enxame eletro do corção eco cardiograma….nenhum deu nada graças a Deus…..era realmente a maconha faz 6 meses que não fumo e durante este tempo não estou sentindo nenhuma aceleração…..aconcelho a todos os usuarios que caso tenha alguma acelerão assim faça o teste pare por um tp e ve se é msm a maconha e ve o que é melhor para vc….o uso ou sua saude (VIDA)

  • Evertonlima

    Usava maconha dos 15 ao 22 dois ano até este ano de 2012 msm mais ultimamente veio me dando muita acelerção no coração apos um trago que eu davo no cigarro de maconha acelerava meu coração resolvi parar faz 5 meses que não fumo e graças a Deus tb não senti mais acelerão e nem falta de ar nem dor no peioto acho que era msm o uso da Droga…..Vontade da mais antes minha vida do que o prazer de usar…..apesar que é tudo uma iluzão praque ficar lezado….que vou ganhar com isto acho que nada então espero parar d vez msm…..e aconcelho aquele que saentirem palpitação aceleração no coração faça um teste fique um mes ou 2 sem fumar e ve se vai dar aceleração

  • Evertonlima

    Usava maconha dos 15 ao 22 dois ano até este ano de 2012 msm mais ultimamente veio me dando muita acelerção no coração apos um trago que eu davo no cigarro de maconha acelerava meu coração resolvi parar faz 5 meses que não fumo e graças a Deus tb não senti mais acelerão e nem falta de ar nem dor no peioto acho que era msm o uso da Droga…..Vontade da mais antes minha vida do que o prazer de usar…..apesar que é tudo uma iluzão praque ficar lezado….que vou ganhar com isto acho que nada então espero parar d vez msm…..e aconcelho aquele que saentirem palpitação aceleração no coração faça um teste fique um mes ou 2 sem fumar e ve se vai dar aceleração

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Combata o estresse com atividade física regular. É saudável, ajuda no controle da hipertensão, glicose e colesterol, e diminui os risco de doenças cardiovasculares. Uma opção infinitamente melhor que jogar fumaça para dentro dos pulmões.

  • Fernandoterra

    Dr.obrigado pelas informações ,mas tu já pito um brow?

  • Fernandoterra

    Dr.obrigado pelas informações ,mas tu já pito um brow?

  • Alexsandro Remanso

    Boa tarde, sou hipertenso, dei um tempo no consumo da maconha por conta deste problema, mas os estresses do cotidiano me “obrigam” a querer fumar, e aí o que eu faço?

  • Alexsandro Remanso

    Boa tarde, sou hipertenso, dei um tempo no consumo da maconha por conta deste problema, mas os estresses do cotidiano me “obrigam” a querer fumar, e aí o que eu faço?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Combata o estresse com atividade física regular. É saudável, ajuda no controle da hipertensão, glicose e colesterol, e diminui os risco de doenças cardiovasculares. Uma opção infinitamente melhor que jogar fumaça para dentro dos pulmões.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não é comum.

  • pedro henrique

    O uso cotidiano de maconha, pode desenvolver hepatite, ou inflamação renal? como esse uso prejudica o sistema excretor e endócrino?

  • pedro henrique

    O uso cotidiano de maconha, pode desenvolver hepatite, ou inflamação renal? como esse uso prejudica o sistema excretor e endócrino?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não é comum.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    A resposta é muito individual, mas naquelas que ficam com alterações psiquiátricas o uso prolongado só piora. Quanto mais se fuma, maior o risco de doenças no futuro.

  • erick

    amiga aline a maconha para remedios para depressao , nao é uma boa uzar poorque no brazil ela não é liberada e com isso nao podemos fazer calculos de quanto uma planta tem de thc e cbd se tivesse uma quantia grande de cbd nossa maconha para depressa seria o remedio exato , mas como noss maconha tem mais THc do que cbd não é uma boa usar para casos de depressao e sim de dores cronicas , a maconha é uma planta muito complexa cada especie dela pode ser usada para um tipo de coisa mas sem a liberação dela nao conseguimos distinguir qual é melhor pra isso ou qual e melhor para aquilo, diferente do que encontramos na California que cada especie e usada para uma determinada doença , intao cuidado em se automedicar com maconhas prensadas e depois colocar a culpa na coitada que nao tem nada a ver so esta sendo usada de forma errada.

  • aline

    Bom dia. Gostaria de saber se a maconha diminui o efeito de alguns remédios ou interage com eles, assim como o álcool? Mais especificamente remédios antidepressivos e homeopáticos. Gostaria de saber também se a maconha pode piorar as dores musculares em pacientes com dores crônicas.

  • aline

    Bom dia. Gostaria de saber se a maconha diminui o efeito de alguns remédios ou interage com eles, assim como o álcool? Mais especificamente remédios antidepressivos e homeopáticos. Gostaria de saber também se a maconha pode piorar as dores musculares em pacientes com dores crônicas.

  • angelo

    Eu tenho dores crônicas nas costas, pescoço e braços. Tomo remédio controlado (antidepressivo). Minha médica disse que o uso da maconha prejudica minha situação, diminui o efeito do remédio e aumenta as minhas dores musculares. Ela quer que eu pare urgentemente. Mas sou usuário crônico, fumo há 10 anos todos os dias… Não é nada fácil! Estou realmente preocupado. Gostaria muito de uma opinião médica. Realmente a maconha aumenta as dores e diminui o efeito do remédio?

  • angelo

    Eu tenho dores crônicas nas costas, pescoço e braços. Tomo remédio controlado (antidepressivo). Minha médica disse que o uso da maconha prejudica minha situação, diminui o efeito do remédio e aumenta as minhas dores musculares. Ela quer que eu pare urgentemente. Mas sou usuário crônico, fumo há 10 anos todos os dias… Não é nada fácil! Estou realmente preocupado. Gostaria muito de uma opinião médica. Realmente a maconha aumenta as dores e diminui o efeito do remédio?

  • diego

    Doutor
    cm o passar do tmpo fumando maconha a paranoia e a aceleração vai diminuindo ou vai ficando pior podendo levar a morte ou até ter problemas de saúde logo a frente?
    abraços.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      A resposta é muito individual, mas naquelas que ficam com alterações psiquiátricas o uso prolongado só piora. Quanto mais se fuma, maior o risco de doenças no futuro.

  • Quick

    Olá. estou com um problema de circulação de sangue nas arterias da perna esquerda…está passando muito pouco sangue…eu fumava 1 carteira de cigarro por dia e fumava macoha também…digamos q uns5 a 6 baseados no dia. Gostaria de saber se a maconha atrapalha ou pode agravar essa situação…lembrando desde já que eu parei de fumar os dois. Grato!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Em pessoas saudáveis, não.

  • Convidadiegodo

    ola!

    qria saber se amaconha pode levara uma parada cardiaca e logo após levar a morte?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Em pessoas saudáveis, não.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não conheço casos descritos de maconha causando perda de proteína urinária.

  • Cudlt

    gostaria e saber quem fuma maconh a muitos anos, altera o resultado o exame de urina 24 hraa, se o consumo diário faz com que a proteína seja elevada por exemplo.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não conheço casos descritos de maconha causando perda de proteína urinária.

  • Rafael.

    Boa noite Dr. ou Dra,

    Eu gostaria de saber o seguinte, existe algum remédio que acabe ou reduza os efeitos negativos pós uso da maconha?

    Abraço e aguardo a resposta!

  • Ro

    Olá Doutor,
    Fumo maconha de vez em quando, e teve uma 3 vezes seguidas que não curti a “brisa”. 2 vezes deu reações, mas não me sentia feliz. Na outra surgiu uma “brisa” ruim, foi como tristeza, ansiedade, me senti estranho e logo após fumar fui pra casa e dormir para passar a brisa. Prometi não fumar  mais,  mas após um tempo, até que foi bastante, fumei de novo e deu uma brisa muito boa. Estava com meu irmão, que fuma a mais tempo e é mais novo. Depois senti fumei mais umas três vezes. Só que na penúltima senti muita euforia, ansiedade, respirava todo o ar a minha volta, mas me sentia sufocado, como se este ar não tivesse Oxigênio. Não consegui ficar parado e fazer umas das coisas que mais gosta, ficar na cama vendo filmes no notebook. Não conseguia ficar parado. Falei pro meu pau me levar no hospital pq estava com falta de ar, e estava mesmo, mas queria remédio para a euforia, ansiedade ou sei lá o que era aquilo. Okay. Prometi não fumar e fumei de novo. E me deu euforia novamente. Não conseguia ficar parado e durou 2 dias. insuportável e desesperador. Falei pros meus pais que sentia falta de ar, mas fiquei com medo de desconfiarem, e disse que era pouco e dava para aguentar, e depois iria fazer exames.
    Eu quero saber o que é isso que eu sinto?É normal?
    Outras pessoas sentem isto que eu senti?
    Meus amigos dizem sentirem vontade de fumar mais!
    E um amigo que usa cocaína sempre diz “usa mais que passa”, para coca e maconha. É verdade? Usar mais passa esta sensação, eles dizem ser vontade de fumar mais, mas não sinto isto! Pelo contrário, penso que nunca mais vou fumar pra não sentir este sentimento horrível e desesperador de novo.
    E porque tenho uma sensação não tão boa quando fuma com colegas?
    E uma sensação melhor e mais leve, livre, sem preocupação, quando fumo com meu irmão mais novo(um ano mais novo que eu, mas que fuma já faz tempinho, e era assíduo nisto, agora deu uma amenizada)?
    Será que tenho predisposição a alguma doença psicológica?

  • Isabela Zenna

    Meu Pai Quer me levar para fazer o tal exame de sangue e de urina para ver se estou conssumindo drogas quanto tempo a maconha fica no organismo? pf ajuda ae

  • Ro

    Olá Doutor,
    Fumo maconha de vez em quando, e teve uma 3 vezes seguidas que não curti a “brisa”. 2 vezes deu reações, mas não me sentia feliz. Na outra surgiu uma “brisa” ruim, foi como tristeza, ansiedade, me senti estranho e logo após fumar fui pra casa e dormir para passar a brisa. Prometi não fumar  mais,  mas após um tempo, até que foi bastante, fumei de novo e deu uma brisa muito boa. Estava com meu irmão, que fuma a mais tempo e é mais novo. Depois senti fumei mais umas três vezes. Só que na penúltima senti muita euforia, ansiedade, respirava todo o ar a minha volta, mas me sentia sufocado, como se este ar não tivesse Oxigênio. Não consegui ficar parado e fazer umas das coisas que mais gosta, ficar na cama vendo filmes no notebook. Não conseguia ficar parado. Falei pro meu pau me levar no hospital pq estava com falta de ar, e estava mesmo, mas queria remédio para a euforia, ansiedade ou sei lá o que era aquilo. Okay. Prometi não fumar e fumei de novo. E me deu euforia novamente. Não conseguia ficar parado e durou 2 dias. insuportável e desesperador. Falei pros meus pais que sentia falta de ar, mas fiquei com medo de desconfiarem, e disse que era pouco e dava para aguentar, e depois iria fazer exames.
    Eu quero saber o que é isso que eu sinto?É normal?
    Outras pessoas sentem isto que eu senti?
    Meus amigos dizem sentirem vontade de fumar mais!
    E um amigo que usa cocaína sempre diz “usa mais que passa”, para coca e maconha. É verdade? Usar mais passa esta sensação, eles dizem ser vontade de fumar mais, mas não sinto isto! Pelo contrário, penso que nunca mais vou fumar pra não sentir este sentimento horrível e desesperador de novo.
    E porque tenho uma sensação não tão boa quando fuma com colegas?
    E uma sensação melhor e mais leve, livre, sem preocupação, quando fumo com meu irmão mais novo(um ano mais novo que eu, mas que fuma já faz tempinho, e era assíduo nisto, agora deu uma amenizada)?
    Será que tenho predisposição a alguma doença psicológica?

  • Rafael.

    Boa noite Dr. ou Dra,

    Eu gostaria de saber o seguinte, existe algum remédio que acabe ou reduza os efeitos negativos pós uso da maconha?

    Abraço e aguardo a resposta!

  • http://profile.yahoo.com/2EPVYB43ZYTQQUIVMGVGJPLIAQ San

    Fumei maconha esporadicamente dos 19 aos 23 anos (durante a faculdade), parando por 1 ano (para estudar para a OAB). Depois passei a fumar diariamente mas em doses pequenas, equivalente a 1/5 de um cigarro de maconha por dia durante 1 ano, essa foi uma das melhores fases da minha vida, tanto no sentido profissional quanto emocional, usava como remédio mesmo, não como droga recreativa como na época da faculdade, em seguida ocorreu uma falta de oferta na cidade e passei 6 meses sem fumar, o que me fez não suportar minha rotina de emprego, procurei ajuda psiquiátrica e me já me passaram diversos remédios estabilizantes de humor, ansiedade, depressão, etc.. nenhum deles teve bons resultados, me sinto com as mesmas angústias de quando era adolescente, de médico em médico atrás de solução sem resultados confortadores, será que o uso da maconha em pequeninas doses diárias não seria em alguns casos saudável? 

  • Rogerio Zeni

    Doutor, usei maconha por varios anos e nunca tive nada, a algum tempo atras, tive meus batimentos cardiacos acelerados e muito apos o uso, dai para a frente nao tive mais coragem de usar, apesar de ter muita vontade, fiz exames no coraçao e nao deram em nada( TUDO no PADRAO ); o que pode ter acontecido, grato desde ja zeni.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não encontrei esta informação para poder te responder. O melhor é perguntar ao seu endocrinologista.

  • Tamaraa_saless

    doutor gostaria de saber o tempo que leva para a maconha sair do organismo, pois irei fazer o teste toxicologico atraves de amostras do meu cabelo… gostaria de saber tambem se ao ir em algum medico… ele possa me receitar algum remedio que possa tirar o thc do meu sangue..
    atenciosamente.
     

  • Vinicius

    Isso é claro, deve-se aplicar a pessoas sedentarias, eu sou atleta, vivo na correria da vida, e sempre que posso ( e quando n tem campeonato por perto) dou aquela escapadinha pra fumar 1 que e´um ótimo relaxante muscular e até alivia o over-training, até meu mestre fuma comigo.
    Sou usuario a um longo periodo de tempo, nunca tive 1 colateral se quer, deve ser por que vivo bem :D

  • Léo !

    é normal ficar no efeito da maconha 3 dias ?

  • Rickzberwanger

    fumar antes de dormi e acordar com dor de barriga, logo em seguida diarreia… isso tem have com a maconha?? acho que quando eu fumo acaba influenciando em algo na minha digestao, mas ja me falaram que nao tem have com maconha. alguma explicaçao? Obrigado

  • Jlligalive

    doutor estou sentindo dor no peito esquerdo  e nas costas fumo todos os dias mas antes quando fumava só maconha n sentia nada hj uso cocaina e cigarro  o q pode ser

  • Celsolima026

    Doutor é Celso novamente, e se uma pessoa tiver lesão hepática com valores TGO=51 U/L e TGP=104U/L ocasionada por álcool (9 anos consumindo álcool em excesso praticamente todos os dias) piora o quadro se consumir só maconha (nada de álcool e medicamentos) numa freqüência de 3 a 4 vezes por semana? Faz 1 mês e meio que não ingiro nada de álcool devido a essas alterações hepáticas, mas uso maconha… e fiquei com vergonha de abrir o jogo com o gastro…
    Desde já agradeço. Ótimo blog!
    Att.
    Celso

  • Kayran_campos

    Texto muito bom. Foi o melhor que eu já li na internet sobre a maconha. Texto totalmente neutro. Parabéns.

  • Taniagottberg

    O uso da maconha piora a agressividade em uma pessoa com tendência a ser mais irritada e impulsiva??

  • angela souza

    nossa meu namorado entro nessa de maconha ja ha tres anos o que fasso

  • Lucas

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Dr. Muito bom esse seu artigo aee…
    ele fala por tudo que eu ja passei xD

    Obrigado, é muito bom saber!
    Mas.. ainda tem aquela duvida..
    quem é pior, maconha ou cigarro ?
    E se maconha fosse fumada com filtro, éla seria menos prejudicial ?
    espero respostas.. obrigado !

  • anonimous

    nunca acredite npas pesquisas que não tem um fundamento real comprovado porque nunca ouvi ninguém dizer que ficou impotente porque usa maconha isso realmente só pode estar diretamente ligado a outras drogas comoo o cigarro faço uso de maconha no para tratar de depressão e realmente sinto que minha vontade de fazer sexo aumenta muito mesmo quando fumo 

  • Joao

    Boas sou de portugal , eu costumo fumar haxixe ( ganza ) , fumo com mais ou menos , eu e mais 2 amigos ou mais 1 , tipo um charro a rodar pelos 3 , ja deixei de fumar desde o dia 30 do mês passado , e tenho bebido muita agua , sumo de limão , iogurtes de beber , vários liquidos , tenho comido sempre sopa , porque provavelmente dia 6 de agosto irei realizar exames medicos , agora não sei é se vou fazer exames á urina e ao sangue , estou-me a prevenir , será que dia 6 , ainda dá para detetar haxixe no sangue ou na urina ?
    OBRIGADO

  • Junior15_furacao

    Dr! passar dez dias sem fumar maconha atrapalha algo no exame de sangue? quanto tempo tenho que passar sem fumar pra fazer meu exame de sangue?

  • Vinny

    Olá Drl,
    Tomo um suplemento de para academia chamado Mega Pack Darkness, da Integralmédica, a mais ou menos 2 semanas…ontem a noite saindo da academia, encontrei com uns amigos que estavam fumando um cigarro de maconha, não tenho costume de fumar, nem cigarro, peguei e dei um (um unico) trago..peguei o carro e quando voltava para casa começei a tremer, ter confusão mental, falta de ar, concluindo cheguei ao pronto socorro (não sei como dirigindo) e a minha pressão estava 20×14 e os batimentos cardiacos 203…Já estou bem, porém estou com medo de continuar tomandor o Mega Pack…e tbm de fumar novamente..sera que o problema foi a mistura dos dois ou algum em especifico ?? …sou viciado em academia..treino..nunca tomei anabolizantes..Grato,Leia mais: http://www.hipertrofia.org/blog/2011/10/18/os-efeitos-colaterais-dos-suplementos-pre-treino/#ixzz22RVG4ieC

  • Joao

    Boas sou de portugal , eu costumo fumar haxixe ( ganza ) , fumo com mais ou menos , eu e mais 2 amigos ou mais 1 , tipo um charro a rodar pelos 3 , ja deixei de fumar desde o dia 30 do mês passado , e tenho bebido muita agua , sumo de limão , iogurtes de beber , vários liquidos , tenho comido sempre sopa , porque provavelmente dia 6 de agosto irei realizar exames medicos , agora não sei é se vou fazer exames á urina e ao sangue , estou-me a prevenir , será que dia 6 , ainda dá para detetar haxixe no sangue ou na urina ?
    OBRIGADO

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    O tempo de permanência do THC no organismo é individual e depende do tempo, da frequência e da quantidade de maconha usada. Impossível prever com exatidão. Não há remédios que tirem o THC do sangue, só o tempo.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Tanto a maconha quanto o cigarro atrapalham no processo de cicatrização.

  • Douglas

    a maconha atrapalha na cicatrização?

  • Douglas

    a maconha atrapalha na cicatrização?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Tanto a maconha quanto o cigarro atrapalham no processo de cicatrização.

  • Matheus

    uso maconha a 3 meses sozinho !! tenho 16 anos estou afim d parar d usar mas não consigo toda hora eu quero fumar mais e mais !! doutor será q eu já fiquei viciado com 3 meses ??

  • Matheus

    uso maconha a 3 meses sozinho !! tenho 16 anos estou afim d parar d usar mas não consigo toda hora eu quero fumar mais e mais !! doutor será q eu já fiquei viciado com 3 meses ??

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Se você deseja parar, mas não consegue, isso já é um dos sinais de vício. Você pode ser uma pessoa com grande predisposição a ficar viciado. O ideal é procurar ajuda.

  • Biiel4i20

    Dr. Pedro.
    Tenho 15 anos, uso maconha a 6 meses e fumo em média 3 baseados por dia. Hoje acordei com um incômodo na garganta e na nuca. Queria saber se isso pode ter sido causado pelo uso da maconha.. Obs: nunca ouve esse tipo de acontecimento, tenho IMC dentro dos padrões e não sofro de nenhuma doença.Agradeço desde já, Gabriel.

  • Lili_1527

    Parabens pela incrivel pesquisa, eu gsotei muito de saber sobre tudo isso, ate porque estou na 8ª série e tive um trabalho de ciencias sobre as drogas. eu e minhas amigas escolhemos a maconha, e eu usei a sua pesquisa, foi muito util e reprodutiva, todos gostaram e tudo graças a voce! muito obrigada, e continue assim bjs

  • Paulocba00

    seu estudo foi muito bom para mim ,brigado

  • Paulocba00

    seu estudo foi muito bom para mim ,brigado

  • Igorholandah_

    Doutor, estou tomando 20mg de Roacutan por dia, se eu fizer o uso da maconha posso ter complicações?
    obrigado.

  • Celsolima026

    Doutor, é pior o uso de maconha para quem sofreu lesão hepática alcoólica? Quais conseqüências traria (se traria) na recuperação do fígado?
    Att.

  • Val

     eu to gravida eu queria saber se meu bebe vai nacer  com problema que o pai do meu filho usava maconha por muito tempo

  • Val

     eu to gravida eu queria saber se meu bebe vai nacer  com problema que o pai do meu filho usava maconha por muito tempo

  • sandoval martins

    doutor,tenho 45 anos e fumo maconha desde os 16 anos,agora descobri que estou com o colesterol e o trigliceridios altos,sinto comichoes nos braços e em determinadas horas uma pontada no peito,qual a possibilidade de continuar usando a canabis,

  • thiago marley

    eu q escrevi os comentário de cima

  • thiago marley

    como beba com moderação fome com moderação foi assim q o governo consegui libera o álcool e o tabaco e esses dois são os q mais mata no mundo e quem toma conta disso é o governo coloca veneno de rato pras pessoas fuma e morre será q eles faz isso com moderação também vem fala q é só pra bebe depois dos dezoito será q isso é uma propaganda pois as pessoas ficam esperando fica de maior pra começar a bebe por eles não coloca
    nunca beba
    por q você pode morre ou mata alguém pense nisso aí você vai saber o q é moderação por q se moderação for mata as pessoas por causa do dinheiro você vai ver as propaganda de outra maneira eu q escrevi o comentário de baixo

  • Anonymous

    Como o cara fala q a maconha é natural sendo q o d.r falou mais de 5x do thc sem conta com o papel q também é inalado

  • Kayran_campos

    Texto muito bom. Foi o melhor que eu já li na internet sobre a maconha. Texto totalmente neutro. Parabéns.

  • Rogerio Zeni

    Doutor, usei maconha por varios anos e nunca tive nada, a algum tempo atras, tive meus batimentos cardiacos acelerados e muito apos o uso, dai para a frente nao tive mais coragem de usar, apesar de ter muita vontade, fiz exames no coraçao e nao deram em nada( TUDO no PADRAO ); o que pode ter acontecido, grato desde ja zeni.

  • Gabriel Santos

    vlw doutor ta td legal me ajudou na pesquiza do meu trabalho

  • Deividporfirio

    Doutor tenho osteomielite causada pela bacteria estafilococos aureus.E estou tratando com tecoplamina IM uma vez ao dia.Gostaria de saber se o uso da maconha pode interferir no tratamento?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Pode, nesta fase sugiro abstinência.

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    O tempo de permanência do THC no organismo é individual e depende do tempo, da frequência e da quantidade de maconha usada. Impossível prever com exatidão. Não há remédios que tirem o THC do sangue, só o tempo.

  • Tamaraa_saless

    doutor gostaria de saber o tempo que leva para a maconha sair do organismo, pois irei fazer o teste toxicologico atraves de amostras do meu cabelo… gostaria de saber tambem se ao ir em algum medico… ele possa me receitar algum remedio que possa tirar o thc do meu sangue..
    atenciosamente.
     

  • Celsolima026

    Doutor, gostaria de saber se o consumo de maconha altera TGO e TGP mesmo se o paciente não tiver histórico de infecção por hepatite.
    Att.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não é habitual lesão hepática pela maconha. Isto é mais comum com álcool.

      • Celsolima026

        Dr. e em pessoas com lesão hepática alcoólica (não aguda) o consumo de maconha altera em algo na recuperação do fígado?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Qualquer droga pode interferir nos efeitos dos anestésicos. É impostante relatar o uso da maconha para o anestesista.

  • http://twitter.com/JulianaRosaS_ Juliana Salvador

    o uso da maconha pode causar resistência do organismo a anestesia?

  • http://twitter.com/JulianaRosaS_ Juliana Salvador

    o uso da maconha pode causar resistência do organismo a anestesia?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Qualquer droga pode interferir nos efeitos dos anestésicos. É impostante relatar o uso da maconha para o anestesista.

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não encontrei esta informação para poder te responder. O melhor é perguntar ao seu endocrinologista.

  • Camilamoreno126

    Doutor tenho hipotireoidismo e gostaria se os efeitos da maconha pode interferir no controle da minha doença.
    Att.

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Pode piorar.

  • Taniagottberg

    O uso da maconha piora a agressividade em uma pessoa com tendência a ser mais irritada e impulsiva??

  • Marlibrenda

    Ola Drº  não s ei que fazer pra convencer meu filho de 16anos a não usar ,ele  quer me convencer é bom que não vai dar  em nada,se  fosse Deus mataria todos este maconheis ferrados.

  • joão doidão

    mt bom este site,sou maconheiro….adoorooo…rsrs…mas mesmo assim é sempre bom voce saber no que vc esta envolvido e fou um dos sites com mais informações e claras..adorei…abçs joao e o pe de maconha

  • Beniasgomes

    antonio,
    drs,em primeiro lugar gostaria de agradecer pelo trabalho de vcs nesse site,que e de grande utilidade p nos maconheiros.minha situaçao e bastante complicada,pois tenho 47 anos e fumo desde os 17,ou seja fumo maconha ha 30 anos,e mole?nao e dependencia mesmo.nunca tentei parar deverdade,mas agora estou pensando,pois estou ficando velho e nesses 30 anos de maconha nao ganhei nada,pelo contrario,perdi.umas tres namoradas quando descobriram que eu usava,prometia que ia parar e nada dai perdia elas.estou sentindo alguns efeitos colaterais do uso cronico da erva.dor no peito,garganta dolorida e irritada.pior faz uns 25 anos que fumo diariamente uns 2 ou 3.final de semana,credo parece que vou despedir do mundo de tanto fumar,segunda de manha estou ate com ressaca de maconha,mas a tarde nao tem jeito fumo outro e a noite outro.prometo p mim que vou diminuir,mas nao consigo.so consigo ficar sem fumar quando acaba.dai bate o desespero,subo morros,pergunto todos os amigos se sabem quem tem p vender,agonia.so ta bom se tiver maconha.fumei cigarros por 18 anos,começou a fazer muito mal dai decidi parar,nao foi facil mas consegui,ja faz 11 anos que deixei o careta,mas a maconha eu nao consigo me ver sem ela,nao sei mais oque fazer,pois ja estou sentindo vergonha de fumar tanto assim.preciso parar e nao sei como.sou trabalhador,honesto,reponsavel,bem sucedido finaceiramente,pago meus impostos e cumpro meus deveres.espero que meu depoimento sirva de exemplo p os outros que fumam ha menos tempo,talvez seja mais facil deixar,mas depois de 30 anos,sei nao,fica bem mais dificil.vamos orar e rezar uns pelos outros p DEUS nos ajuda a deixar isso de lado,mas nao sei se vou conseguir.desculpem-me pelo desabafo.um abraço a todos.obs.nao peço e nem dou conselho a ninguem,pois e uma decisao individual,creio que uma boa dose de vergonha na cara pode ajudar e muito.fiquem com nosso misericordioso DEUS.

  • Beniasgomes

    antonio,
    drs,em primeiro lugar gostaria de agradecer pelo trabalho de vcs nesse site,que e de grande utilidade p nos maconheiros.minha situaçao e bastante complicada,pois tenho 47 anos e fumo desde os 17,ou seja fumo maconha ha 30 anos,e mole?nao e dependencia mesmo.nunca tentei parar deverdade,mas agora estou pensando,pois estou ficando velho e nesses 30 anos de maconha nao ganhei nada,pelo contrario,perdi.umas tres namoradas quando descobriram que eu usava,prometia que ia parar e nada dai perdia elas.estou sentindo alguns efeitos colaterais do uso cronico da erva.dor no peito,garganta dolorida e irritada.pior faz uns 25 anos que fumo diariamente uns 2 ou 3.final de semana,credo parece que vou despedir do mundo de tanto fumar,segunda de manha estou ate com ressaca de maconha,mas a tarde nao tem jeito fumo outro e a noite outro.prometo p mim que vou diminuir,mas nao consigo.so consigo ficar sem fumar quando acaba.dai bate o desespero,subo morros,pergunto todos os amigos se sabem quem tem p vender,agonia.so ta bom se tiver maconha.fumei cigarros por 18 anos,começou a fazer muito mal dai decidi parar,nao foi facil mas consegui,ja faz 11 anos que deixei o careta,mas a maconha eu nao consigo me ver sem ela,nao sei mais oque fazer,pois ja estou sentindo vergonha de fumar tanto assim.preciso parar e nao sei como.sou trabalhador,honesto,reponsavel,bem sucedido finaceiramente,pago meus impostos e cumpro meus deveres.espero que meu depoimento sirva de exemplo p os outros que fumam ha menos tempo,talvez seja mais facil deixar,mas depois de 30 anos,sei nao,fica bem mais dificil.vamos orar e rezar uns pelos outros p DEUS nos ajuda a deixar isso de lado,mas nao sei se vou conseguir.desculpem-me pelo desabafo.um abraço a todos.obs.nao peço e nem dou conselho a ninguem,pois e uma decisao individual,creio que uma boa dose de vergonha na cara pode ajudar e muito.fiquem com nosso misericordioso DEUS.

  • thiago

    muito obrigado dr. a tirar minhas duvidas o senhor me ajudou muito

  • thiago

    muito obrigado dr. a tirar minhas duvidas o senhor me ajudou muito

  • tiago

    preciso fazer um exame toxicologico
    fumo canaabis todos os dias a mais de 1 ano…

    em quanto tempo posso eliminar ela do meu organismo?
    ;)
    obrigado desde ja!ok!

  • Igor Lopes

    COMO VOCE PODE AFIRMAR ISSO?!?
    -Uso banalizado?!
    -Nóias
    por favor, reveja seus conceitos e suas informações

  • Soniia Maria

    Preciso ajudar meu filho, não sei como lidar com está questão, já conversei por farias vezes com elel
    mais ele quer me convencer que é bacana, que não tem problema nenhum !!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    A fumaça pode irritar mais.

  • Surf

    e se eu tiver com  a garganta inflamada , se eu fumar maconha vai me prejudicar ?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      A fumaça pode irritar mais.

  • Vinicius

    Isso é claro, deve-se aplicar a pessoas sedentarias, eu sou atleta, vivo na correria da vida, e sempre que posso ( e quando n tem campeonato por perto) dou aquela escapadinha pra fumar 1 que e´um ótimo relaxante muscular e até alivia o over-training, até meu mestre fuma comigo.
    Sou usuario a um longo periodo de tempo, nunca tive 1 colateral se quer, deve ser por que vivo bem :D

  • cinha

    Como a maconha pode interferir no sistema vascular?
    Ela atua como fator de risco para tromboses?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não.

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não interfere diretamente no anti-inflamatório, mas pode atrapalhar sua recuperação.

  • Parksulveiculos

    a maconha interfere se estiver usando antiinflamatorio ?? (corta o efeito do remedio?).

  • Parksulveiculos

    o uso de maconha interfere se eu estiver tomando um medicamento antiinflamatorio?

  • Parksulveiculos

    o uso de maconha interfere se eu estiver tomando um medicamento antiinflamatorio?

  • luli

    fumo maconha ja há cinco anos,a dois fumo umzim diariamente ja parei durante 5 mese e ñ vi dificuldade,eu ñ sinto atrapalhar meus estudos acho que agnt fortalece cada parte do nosso corpo,a mente vc fortalece com leituras eu acho que é prejudicial qndo ñ se tem uma vida ativa e a pessoa passa a viver em função de um baseado.

  • Lucas

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Dr. Muito bom esse seu artigo aee…
    ele fala por tudo que eu ja passei xD

    Obrigado, é muito bom saber!
    Mas.. ainda tem aquela duvida..
    quem é pior, maconha ou cigarro ?
    E se maconha fosse fumada com filtro, éla seria menos prejudicial ?
    espero respostas.. obrigado !

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não há estudos que comparem diretamente a maconha com o cigarro para se ter certeza de quem é pior. Atualmente a impressão que se tem é de que o cigarro é pior, porém isso pode ser somente pelo fato deste ser usado em muito maior escala e já ter mais de 50 anos de estudos apontando todos os seus malefícios.

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Bom, fique à vontade para rebater as informações com artigos científicos que digam o contrário. Aliás, há uma extensa lista de bibliografia para você consultar.

  • edu

    artigo tendencioso, contaminado por preconceito pessoal acho sim que tudo demais nao é bommas da forma que foi feito é tendencioso nao a informaçao suficiente dos beneficios e os malificios que é o foco do artigo tem informaçao superficial

  • Rafafek

    Dr. Pedro. Tenho pressao alta e sou usuario de maconha a mais de 10 anos. Gostaria de saber se talvez eu tenha desenvolvido esta doença pelo uso continuo? E se eu continuar a usar o que pode vir a acontecer? 

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      1. Pode ser que sim, mas é difícil afirmar.
      2. Pode tornar o controle da pressão arterial mais difícil.

  • Calebe

    Parabéns pelo seu artigo, ficou ótimo. Pude tirar muitas informações daqui, obrigado!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Cássio
    1- Sim, vc apresenta sinais de vicio.
    2- não e não

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @TOMMY
    1- Sim, já não há mais essas substâncias na seu corpo.
    2- Sim, são inúmeras, principalmente no sistema nervoso central e pulmão
    3- Não encontrei essa informação em uma rápida pesquisada. Mas com certeza devem existir dados sobre isso
    4- Não há o que fazer, é uma ação do THC no sistema nervoso central.

  • Cássio

    Olá doutor, li o artigo e achei realmente interessante, tenho 14 anos e fumo maconha a um ano e meio, eu fumo em média 5 vezes por semana mas no entanto não fumo um cigarro de maconha inteiro por dia, um cigarro de maconha para mim dura em média 2 a 3 dias, as vezes fico uma semana sem fumar, não por vontade mas sim por não ter acesso. Quando fico muito tempo sem fumar maconha, fico um pouco mais irritado do que o normal, queria saber se com base nesses dados posso ser considerado um viciado, e também gostaria de saber se o uso de colírio e comer quando se esta sobre os efeitos de maconha cortam o efeito da mesma.
    Muito obrigado.

  • dddddddddddddd

    Dr. Excelente artigo. Quanto à liberação, o que vai ocorrer é que o tráfico continuará sendo financiado pelos nóias, que não terão condições de comprar maconha legal (cara). O número de usuários aumentará devido o uso banalizado. Os cd’s e dvd’s originais estão à venda, mas quase todos nós compramos o pirata. Assim será a maconha aqui no Brasil, país subdesenvolvido com salário mínimo de 600 reais

  • TOMMY

    Olá Dr. Pedro Pinheiro,passando para parabenizá-lo pelo blog,tenho certeza q esse assunto nunca foi tão bem esclarecido como está sendo feito por você…
    Tenho 25 anos,sempre tive meus quilos a mais,atualmente estou com cerca de 20kg a mais do ideal… sou usuário de maconha a 5 anos,tive várias fazes durante todo esse tempo… época apenas da maconha,época em q usava maconha,cocaína(em momentos diferentes),época q usava maconha,cocaína(em momentos diferentes),época q usava maconha e crack(misturados), o crack e a cocaína sempre em menores quantidades q a maconha(lembrado q o uso dessas drogas n era diário,eram em momentos q se intercalavam em dias,semanas e por raras vezes chegava a 1 mês),nos últimos 18 meses estou usando apenas a maconha(não sinto a mínima vontade de usar cocaína e crack novamente,sinto até um graaaaaande arrependimento por ter feito uso de tais substâncias) e por 6 meses uso a maconha praticamente todos os dias…

    1ª pergunta: meu corpo já está totalmente desintoxicado pelas substâncias presentes na cocaína e crack?

    2ª pergunta: posso ter adquirido alguma(s) patologia(s) proveniente(s) dessas substâncias? qual(quais)?

    3ª pergunta: existe algum estudo mostrando a porcentagem de ex usuários de cocaína e crack que por ventura voltam a usar essas drogas após 2 anos afastados das mesmas?

    4ª pergunta: O que fazer para controlar a vontade inescrupulosa de comer,comer,comer após o uso da maconha?

    P.S álcool e cigarro desde 17 anos faço uso… o cigarro esporadicamente, já o álcool praticamente todo final de semana.

    obrigado pelo espaço…

  • Anonymous

    Amigo, gostei bastante do texto, apesar de ser usuário, é sempre bom ter informações, fumo há 6 anos, boa parte dos sintomas eu tenho de descordar, como o da diminuição do libído e sobre os usuários serem maus profissionais e sem ambição, mais como este estudo é em cima de pesquisas, acredito que tenha sim sentido. Já que os organismos são bastante singulares, destes sintomas o único que realmente posso perceber é a perda de memória curta, eventualmente ocorre realmente, porém acredito que o principal malefício da droga seja a parte social, já que o tráfico provoca muitas mortes, gostei bastante do artigo, pois fala é realista, e todos devemos saber que apesar de ser uma planta, também traz malefícios, só que como opinião pessoal, a sua proibição traz bem mais problemas do que se fosse controlada pelo governo, assim como as demais drogas lícitas. Parabéns pelo artigo!

  • walter

    o pior maleficio que a maconha pode causar a uma pessoa é esse exclusão que faz um ser que tem uma carreira bem sucedida socialmente e ter que se esconder pôs a sociedade aceita um viciado em álcool mas não aceita o usuário de maconha devemos rever nossos conceitos.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Leoeddy
    Muito pouco.

  • Leoeddy

    Bom dia Dr.

    Fazendo exercício físico diariamente e bebendo bastante líquido ajuda a diminuir o tempo de THC no sangue, no cabelo e no organismo?

  • Anonymous

    Dr. nunca ouvir falar que a pessoa morreu por uso de maconha,fumo desde os 15 e tenho 22, desde os 15 que eu fumo pelo menos 3 veses ao dia. dias de domingos chego ate ultrapassar essa meta.
    maconha so me faz mal quando eu fumo estando com gripe fazendo com que eu me sinta um pouco pior , mesmo não deixo de fumar pois se não teria muita dificuldade de dormir.
    as veses eu gostaria de parar de fumar por causa do mal que ela me casa (efeitos colaterais causa conspiração aguda)e horrível se taxado como maconheiro parece até que vc e pior que ladrão.
    não consigo parar de fumar não que doa algo mas, se eu não fumar o mundo se torna muito chato e eu não vejo sentido em continuar vivendo de cara.

  • Oswaldo Cunha

    Fazer uso regular de maconha altera o resultado de exames para detectar glaucoma ?

    Grato.
    Oswaldo Cunha

  • Anonymous

    Com relacao aa mensagem acima advertindo que o uso da maconha pode causar aumento da pressao sanguinea, nos meus quase 30 anos fazendo uso frequente da droga (2-10 baseados por dia) minha pressao nunca saiu dos tradicionais 8-12. Eu cuido da minha dieta e sempre estou me exercitando, a pessoa que fez a relacao com o aumento de pressao e consumo da droga deveria descrever sobre sua dieta e frequencia de exercicios fisicos antes de culpar a maconha por isso. Com relacao a depencia, ha uns 10 anos atras acreditei que era dependente, pois queria parar e nao conseguia, pois os amigos sempre me apresentavam um e eu nao resistia. Mas foi so passar alguns anos fora do pais, sem contato com os amigos maconheiros, que passei tranquilo alguns anos sem fumar. Gente, a maconha eh boa, os traficantes eh que sao maus. Viva a maconha organica e a liberdade de se plantar um pe em casa: alem de nao fazer mal a ninguem, ajuda fazendo o mundo mais verde e consequentemente diminuindo o aquecimento global. Parabens Dr. Pedro, o blog eh otimo.

  • Anonymous

    Tenho 44 anos e fumo desde os 17. Tenho mestrado, doutorado, sou casada, tenho dois filhos e a maconha me faz sentir mais calma e suportar melhor situações de stress comum no dia a dia das pessoas. Na época da graduação adorava fumar antes das provas pelo estimulo que a planta causa no cerebro: nunca reprovei, pelo contrario, sempre me sobresaia nelas. A maconha estimula minha vida sexual e minha mente. Minha atividade profissional envolve elaboração/criação de textos e a maconha me ajuda muito nisso. Eu parei de fumar quando tive vontade por alguns anos, mas a vontade voltou e eu adoro fumar. Eu evito consumo excessivo de acucar, gordura e outros produtos daninhos a saúde humana e nao encontro provas de que a maconha e mais prejudicial do que o acucar (ou frituras) que grande parte da população consome sem nenhum criterio. Por estas razoes, sou a favor da liberacao do uso da maconha, desistimulando o trafico e as atividades ilegais geradas pela proibicao desta planta que vem sendo usada pela humanidade ha milenios. Nao aos traficantes e bandidos, sim a liberdade de plantar e consumir maconha.

  • Anonymous

    Lucas

    Oi para mim a maconha é uma substância que altera as funções do cerebro, quanto maior for seu consumo mais evidentes o sinais negativos como:crise amotivacinal,facilita a depressão em pessoas que são deprimidas ou com o uso abusivo da substância, esquecimentos recentes,vontade de comer,paranóia sensações diversas como estar sendo observado, em alguns casos causa até algum determinado pânico, taquicardia etc …
    Geralmente a pessoa viciada em cannabis sofre pra largar o vicío com sençações como insônia,ansiedade,estiga pra fumar,mais erritadas,sonhos estranhos.Porém seus danos não são tão fortes mais com o tempo de uso vão se aumentando os riscos decorrentes do consumo intenso.Acho que deviria ser descriminalizada aqui no Brasil para talvez desestimular em parte o tráfico e ocasionalmente os danos causados por este.

  • http://www.leoradnas.yolasite.com/ Leandro Raphael

    Tomarei a liberdade de expor em meu blog esse assunto muito importante para os que dizem saber de tudo! Muito obrigado palavras fáceis de se entender e muito explicativas! Adorei seu blog!!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Veronica,
    Antes de tudo, acho que vc não deveria usar a gravidez como desculpa para parar. Pode ser que não funcione e vc irá prejudicar seu feto.

    Sugiro que vc pare de consumir a maconha com pelo menos 3 meses de intervalo antes de engravidar. Lembre-se que o primeiro trimestre é complicado com cansaços, hipotensões, náuseas etc… Não vai ser nada bom ainda juntar os possíveis sintomas de abstinência à maconha.

    Acho que vc só deveria engravidar depois de ter certeza que controlou seu vício.

  • Veronica Santos

    Olá Dr., primeiramente gostaria de agradecer pois este blog com certeza ajuda muitas pessoas, assim como me ajudou.
    Comecei a fumar com 16 anos, por ter um irmão que sempre fumou. Uns dois anos depois após ter fumado um baseado “misto” passei mal, desmaiei e parei de fumar pelo trauma.
    Porém após o falecimento da minha mãe, voltei a usar maconha, e não consigo mais parar. Fumo de três a cinco vezes por dia há três anos e me sinto muito bem. Porém sei que me faz mal, frequentemente sinto minha garganta arranhar, e não me sinto motivada para trabalhar.
    Hoje sei que sou dependente pois já tentei parar quatro vezes e não consegui, mesmo ficando mais de um mês sem fumar, a vontade sempre ganha.
    Acredito que somente quando resolver engravidar que vou conseguir parar mesmo, assim eu gostaria de saber quanto tempo antes de tentar engravidar devo parar, e limpar completamente meu organismo para ter certeza que terei filhos 100% saudáveis?
    E tb se existe alguma quantidade que não faça mal, pois penso que as vezes o estresse e ansiedade da abstinação façam mais mal do que uso?
    Obrigada!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Bruno,
    Não é aconselhavel misturar antibióticos com nenhuma outra droga. Além do mais, a última coisa que vc precisa, estando com pneumonia, é jogar gases irritantes para dentro do seu pulmão.

  • Bruno Caloi

    Boa noite Dr. Pinheiro, tudo bem?

    Sou usuario frequente de maconha, tenho 25 anos fumo desde os 12, realmente percebo os efeitos colaterais gerados por ela.

    Acho hipocrisia, defender veementemente a ideia de que essa droga nao faz mau, uso com a frequencia de 1 cigarro por dia, acendendo-o de manha e fracionando-o ate a hora de dormir.

    Desta forma de administracao da droga, consigo relaxar, ser criativo, comunicativo e expressivo com meus clientes.

    Nao aconselharia ninguem a comecar a usa-la, mais na atual situacao em relacao a todas as drogas licitas e ilicitas, a maconha ser taxada como principal porta de entrada para outras drogas e uma afirmacao irreal, sendo na minha opniao o ALCOOL,causador de 95% da ligacao com outras drogas. Como TODOS SABEMOS, da sua ligacao com a COCAINA. Consumida em quase sempre em conjunto.

    TODAS AS DROGAS FAZEM MAU, INCLUSIVE A MACONHA, MAIS SE OPTAR EM USAR, USE A MENOS PREJUDICIAL, A MACONHA!

    Dr. neste momento, estou diagnosticado com bronco pneumonia, hoje eh o terceiro dia de btratamento com remedios, antibioticos e antinflamatorios, o medico disse que nao e nada grave mais devo seguir corretamente o tratamento, NAO CONSIGO FICAR SEM O MEU CALMANTE. rs

    Gostaria de saber se como o Alcool, O THC tambem corta efeito dos remedios?

    Gostei bastante do seu BLOG eu MACONHEIRO sei dos MALES, e sinto alguns dos sintomas, mais ainda não tenho vontade de parar de usa-la.

    Ps. Não uso mesmo nenhuma outra substancia licita ou ilicita.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Sócrates, isso é uma votação simbólica. Se no Estado ainda é ilegal, então não muda nada.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    evinhu,
    Os malefícios da maconha ocorrem devido ao uso frequente e prolongado. Uso recreacional, uma vez ou outra, não traz consequências. O raciocício é semelhante ao álcool.

  • sócrates menezes

    “A cidade de Breckenridge, no Colorado legalizou o uso de Cannabis para qulaquer adulto e a venda de parafenalia especifica para Cannabis.
    Eh a primeira cidade nos Estados Unidos a legalizar a Cannabis para o uso recreacional.
    Os cidadoes de Breckenridge votaram a favor com uma margen de 73% de votos a favor e apenas 27% contra.
    “Este voto demonstra que a vasta maioria dos cidadoes de Breckenridge acredita que adultos nao devem ser punidos por tomarem decisoes de usar subsatncias mais saudaveis e menos toxicas que o alcool.” Dizem que no Estado ainda eh illegal, mas o Sherife da cidade ja disse que usaria discricao em casos involvendo a Cannabis.”
    O SR°, o que tem a dizer sobre essa atitude?
    levando em consideração que, os EUA é o país mais conservador em se tratando de assuntos relacionados com drogas!
    comenta aí, p/ galera!
    abraço DOCTOR!

  • Evinhu

    “Desde já deixo registrado que sou contra o uso da maconha, mas não contra a descriminalização da mesma. Assim como também não indico o uso de álcool a nenhum paciente mas não sou contra a sua comercialização, e nem sou hipócrita de dizer que não bebo um chope (imperial, em Portugal) de vez em quando.”

    Olá Dr. Pedro!

    Sou acadêmico de medicina (6º período) e já fui usuário de maconha durante +ou- 1 ano (cerca de 3 a 4 cigarros/semana) e já não fumo (se não me engano) desde o meu 2º perído.

    Gostaria de saber se em relação à citação acima(opnião do Dr.) o Dr. quis dizer que de vez em quando também gosta de fumar “um”.

    Se sim, o Dr. acha que seria possível que um consumo esporádico (cerca de 1 cigarro/semana ou 2 cigarros/mês) seja capaz de atrapalhar um bom médico em sua profissão?

    Obs.: Tendo esse consumo como um momento de reflexão (“Será que fiz tudo oque poderia ser feito em relação àquele paciente que parou?”; “O paciente evoluiu muito bem com aquele tratamento que fiz com ele.”; “Como será que foi a reação da família diante do prognóstico do sr. J.P.C.?”; etc…) sobre toda a semana de trabalho.

    Espero ter me expressado claramente.

    Não poderia deixar de parabenizá-lo pela iniciativa do blog.

    Se possível, me adicione no msn. evinhu@hotmail.com

    Abraços!

    Everson P. Cerqueira

  • Anonymous

    ola !me chamo thiago sou de fortaleza ce .queria deixar claro que o consumo do thc pra mim tem uma certa importancia me sinto auto reflexivo de meus atos tento corrigir os que estao errados penso ate melhor tenho ideias de criar reverter situaçoes me sinto culto e ate tenhomais desenpenho no surf vejo a essencia da natureza as celulas do meu corpo fazendo parte desse mundo da materia ,o espiritual quando estou em harmonia no momento da “cana” dou consselhos para advogado ao nescessitado de uma opiniao justa e franca minhas doses é umzim a cada tres dias .estou ate diminuindo o consumo acho ate bom mas naum penso em deixar definitivamente.obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Edson,
    a frequência influencia, sim

  • Edson

    Dr. gostaria de saber se quando a pessoa passa a fumar com frequencia os efeitos são mais fortes e mais duradouro. Eu fumei a terceira vez na semana e em menos de 24 horas do ultimo baseado eu ainda estou meio lento. isso nunca tinha acontecido. Isso é pela frenquencia de consumo ou por outro motivo?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lukinha,
    Sim, a maconha atrapalha sua coordenação motora, e muitas vezes o faz sem que vc tenha plena consciência disto. Se vc jogar bola tendo fumado até 24 horas antes, com certeza isso influenciará no seu desempenho. Além do que, se vc for profissional, poderá ser pego no antidoping com facilidade.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Barbara,
    se vc usa maconha há muito tempo e nunca parou de vez, apesar de já reconhecer alguns efeitos danosos da droga sobre o seu organismo, isso é uma dependência. Vc pode achar que controla totalmente o seu consumo, mas na verdade, vc já tem critérios para dependência.
    A sua memória provavelmente ainda não foi muito afetada pelo fato do seu consumo ser muito baixo e porque vc exercita a mente.

  • ‘ lukiinha oliveira

    Dr eu sou um atleta jogo futebol, mais de uns tempo pra cá eu envolvi com sertas amizades e comecei a fuma maconha.. isso atrapalha minha carrera ? o que atrapalha ?

    me ajuda Dr por favor

    obrigado, abrass ;)

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Adriano,
    Se no seu pedido não estiver solicitado explicitamente a dosagem do THC, não faz sentido o laboratório realizar esta pesquisa.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Luiz,
    Assim como no cigarro, o uso frequente de maconha pode diminuir a qualidade do seu sêmen, diminuindo a sua capacidade fértil.

  • Barbara

    Doutor, parabens pelo texto publicado, achei incrivel! Sou usuária, mais fumo quando quero, já fui usuária de fumar todos os dias. Mais sempre conseguia parar quando achava que estava ultrapassando, hoje tenho 19 anos, e comecei a fumar quando tinha 15 anos. Sou usuaria de tabaco tambem, e sei o mal que causa tambem. Hoje apos te lido seu texto, reparei que eu passei por todos os sintomas, e devo ter sido viciada, muito mais que sou hoje. Vim procurar sobre a maconha, porque sempre gostei de saber o que causa em nosso organismo, e nao sabia que causava tudo isso. Ja tive crises de hipotermia, já cheguei a desmaiar, mais nunca ive problemas de reduzir o consumo ou parar por um longo periodo, claro, sinto vontade, mais hoje consigo ficar sem. Tambem nunca afetou na minha vida pessoal e profissional, a minha memória foi afetada um pouco hoje sinto as consequencias. Gostaria de saber se a dependencia da maconha se instala em nosso organismo por muito tempo, pois como eu disse ja fiquei sem por longos periodos, mais nunca parei de vez. Totalmente, desde dos meus 15 anos. Posso nao fumar todos os dias, mais fumo 1 a cada 1 mes por exemplo. Gostaria de saber tambem, se a minha memória ainda nao foi afetada totalmente devido ao fato, de nunca ter parado de estudar, ou exercitar a mente. Desde já agradeço.

  • Adriano Fonseca

    Doutor, passei em concurso recentemente e agora na convocação vou fazer os exames admissionais. Entre eles se encontra o de Urina de Rotina. Sou usuario de maconha já a algum tempo e fumo uma media de 2 a 3 cigarros de maconha por dia. Gostaria de saber se corro risco de ser pego pelo THC no exame, visto que para a area nao eh necessario eu usar ou deixar de usar drogas, nada que envolva atletismo. Sei que se pego posso entrar com ação pertinente por danos morais em desfavor da companhia, mas nao é a intenção. Exame de rotina de urina pega THC?
    Desde já grato!

  • Anonymous

    tenho 16 anos e fumo maconha com freqüência de 3x por semana.. tenho noção dos problemas que podem ser causados pela maconha,acho que a maconha é descriminada e seus problemas alguns inventados ou aumentados, mas gostaria de saber se é capaz de se tornar estéril ? legalização já;D 420 -luiz felipe

  • Mag.diel Bra$il

    ola moro em porto alegre e tipo assim tenho 24 anos e fumo desde os 21 e estou morando com minha esposa que sabia q eu fumava mas nao quer q eu fume fumo escondido dela e é foda parar… pois eu gosto da sensaçao sei lah… mas no blog tem muitas informaçoes bem especificas que irao me ajudar a parar valew abraço

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Carlos,
    Não. Quanto maior o consumo, maior os riscos de desenvolver os sintomas descritos acima.

    Qualquer ripo de fumo pode causar redução do desempenho sexual a longo prazo.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Maria,
    nenhum desses exames que você descreveu indica dosagem do THC.

  • Anonymous

    doutor eu fumO muitO quase todo o dia eh a melhor coisa do mundo fico bem fico feliz e nada pode ser melhor me dou bem com aminha familia e sou o cara mais feliz do mundo nao tenho sintomas como falta de ar e nada disso ou falta de memoria! fumar eh bom legaliza nao sei devo parar ou continuar neste mundo distante que vivo todo o dia! se nao fumar fico triste e nao me sinto bem!

  • Anonymous

    doutor eu faço uso da maconha todo fds esses sintomas citados acima é na mesma proporção para quem fuma só fds??? E essa redução de testosterona é uma redução significativa pode aconteçer de eu brochar por causa do uso da maconha??? Carlos Andrade/PR

  • Anonymous

    Dr, vou fazer um exame admissional, e a empresa pede os seguintes:
    exame de urina e.a.s
    exame de fezes, parasitologico
    exame de sangue , hemograma completo e o exame clinico.
    Esse exame de urina pode acusar a quantidade de thc???
    obrigada
    Maria

  • Sara Paiva

    Boa tarde Dr.
    Chamo-me Sara, tenho 22 anos, sou portuguesa, finalista do curso de enfermagem.

    Encontrei o seu post, após ter lido o “Por que ficamos bêbados e de ressaca”. Gostei bastante de ambos e li uma grande percentagem dos comentários deste.

    Venho-lhe falar um pouco da minha situação pois vai ao encontro dos sintomas que descreveu, os quais eu já conhecia muito antes de fumar e nos quais não acreditava.

    Começei a fumar haxixe aos 15 anos. Sou fumadora de tabaco desde os 13. Até aos 18 tive um consumo esporádico, centrado maioritariamente nas férias escolares. Tinha as minhas capacidades mentais demasiado em conta para querer dar cabo delas.

    Aos 17/18 a situação intensificou-se. No ano anterior tinha feito psicoterapia por bulimia durante 6 meses e acabei por não estar tão empenhada na escola (arruinando a minha média de 17,5). Entrei na faculdade mas não no curso que queria.

    Durante 2 anos e pouco, fumei todos os dias. O consumo escalonou; só optava por fumar o que chamamos de “bolota” que contém uma percentagem de ópio. Alienei-me do mundo e encontrava-me muitas vezes isolada socialmente mesmo estando no seio de um grupo. Mantive contacto com o meu namorado e o nosso melhor amigo; todos estavamos na mesma situação. Não falar, entrar em grandes mocas silenciosas mas mentalmente ruidosas era bem aceite.

    Dada a minha personalidade, marcadamente idealista, sentia-me muitas vezes a viver no mundo perfeito; nós os três componhamos o mundo perfeito pois, acima de tudo, comunicavamos abertamente. No entanto, era apenas entre nós.

    No ano passado, fiz estágio de saúde mental numa equipa comunitária. Existe muita gente jovem em portugal com esquizofrenias resultantes do consumo de THC, com predomínio da sintomatologia positiva, nomeadamente, delírios persecutórios. Na altura, já tinha deixado de fumar há 6 meses e não tinha essa percepção.

    Quando parei de fumar, apercebi-me que a minha dicção estava arruinada, tinha perdido vocabulário e enganava-me muitas vezes a escrever. Tive de trabalhar arduamente para recuperar essas capacidades. Mas, isso foi apenas uma gota no trabalho de desenvolvimento que tive de, ao fim ao cabo, reiniciar.

    Eu deixei de saber quem era. Para parar de fumar, afastei-me do namorado (com o qual tinha terminado há uns meses) e do melhor amigo e do restante grupo que, afinal, nunca me dei. Começei a trabalhar, passando 16horas por dia fora de casa com pessoas que não conhecia. Passado seis meses a energia desvaneceu-se e deixei de ir à faculdade, tendo passado a exames finais. Encontrei-me sem amigos e arranjei outro namorado, ao qual se seguiu outro. Em Dezembro passado parei e comecei a ler sobre desenvolvimento espiritual e a reaprender o que chamo de mundo real. Mergulhei na física quântica e saia todos os fim-de-semana para estudar. Já me reconheço em certos interesses e formas de estar mas, mesmo assim, é difícil recuperar as competências sociais; um savoir faire que já muito bem dominei às custas de negar emoções. Já tenho mais contactos, saio e convivo com maior regularidade e tolero bem o estar sozinha comigo.

  • Hemp Guy

    É bem perceptível neste debate sobre a maconha que àqueles que são usuários e sentem-se bem hoje, justificam o uso e acreditam não haver problema para o corpo e a mente no futuro.
    Pela quantidade de erros gramaticais parece que a erva também afeta a escrita, pois há erros absurdos em alguns comentários.

  • RGDS

    …LEGALIZE JAH…

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Kramnio e advogado,
    O efeito cardiovascular da maconha é complexo e difícil de explicar sem usar termos médicos. O corpo humano não é um máquina onde as coisas acontecem linearmente. Um mesma substância pode causar aumento da pressão e queda da pressão ao mesmo tempo. Do mesmo modo a pressão arterial depende de vários fatores que não só a vasodilatação.

    Vou tentar simplificar.
    O uso ocasional de maconha aumenta a atividade simpática e reduz a parassimpática, o resultado disso é uma aumento da frequência cardíaca e do volume de sangue bombeado pelo coração. Isso é um efeito que aumenta a pressão arterial. Porém, a maconha age diretamente em receptores dos vasos, causando um relaxamento dos seus músculos o que contribui para baixar a pressão. O resultado final depende deste balanço e das condições individuais de cada organismo em responder a estes estímulos.

    Existem trabalhos que mostram que estes efeitos vasodilatores podem desaparecer com o uso crônico da droga o que aumentaria o risco de hipertensão a longo prazo.

    Outro problema é que a maconha quando usada em doses elevadas apresenta efeito inverso, inibindo o sistema nervoso simpático e ativando o parassimpático, podendo causar hipotensão e bradicardia, o que pode desencadear isquemia cardíaca em pessoas com doença prévia.

    Quando se cria substâncias sintéticas, o objetivo é conseguir isolar apenas parte dos efeitos da droga. Se for possível criar uma substância análoga ao THC mas que produza apenas determinados tipos de efeitos do THC, pode-se sim chagar a uma droga para hipertensão. É isso que acontece com praticamente todas as drogas usadas hoje na medicina.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Laura,
    desconheço a relação entre maconha e ovários policísticos assim como com o desenvolvimento de hemorróidas.

  • Anonymous

    Prezado DR.

    Parabéns pela iniciativa.

    Gostaria que o Sr. esclarecesse se a Maconha é ou nao um vasodilatador.
    O aumento da pressão em usuários nao se daria pela grande ingestão de comidas e bebidas após o uso?

    Gostaria de saber mais sobre hipertensão e uso da droga.

    Muito Obrigado.

    Me abstenho de apostar meu nome, pois sou advogado e acho prudente nao ser identificado.

  • Marcelo D2

    Nada , dependencia ? haha””’ tenho que rir desses hipócritas que axam que sabem e numk fumaram 1 basiado na vida

  • Kramnio

    Caro Dr., Parabéns pelos esclarecimentos.

    Gostaria de saber sobre o potencial vasodilatador da maconha. Elá é hipotensiva ou não?

    A respeito do assunto saiu na Folha Online:Maconha sintética criada por brasileiro reduz pressão arterial (http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u14820.shtml)

    ” O brasileiro Yehoshua Maor, 35, conseguiu controlar a pressão arterial de ratos usando uma versão sintética alterada do canabigerol, uma outra molécula que a planta Cannabis sattiva produz. O fármaco obteve êxito sem causar efeitos psicotrópicos, o “barato” da maconha.”
    Ora, se é usada para controlar a pressão não pode ser uma substancia que aumenta a pressão.

    Pode nos ajudar nesta controvérsia Doutor?

    Obrigado!!!

  • Anonymous

    Dr.Pedro,
    parabéns pelo trabalho esclarecedor e por aguentar os ‘maconheiros conscientes’e os mal-educados também… gostaria de saber se os efeitos da maconha nas alteraçoes eventuais do ciclo menstrual podem ocasionar problemas de ovário policístico ou outros problemas mais graves do aparelho reprodutivo feminino. Além disso, gostaria de saber se existe alguma pesquisa mostrando correlação com uso de canabis e hemorroidas. Agradeço sua atenção.
    Laura Salette

  • walter

    Esse papo deque faz mal não dá se fôssemos parar de fazer tudo que faz mal vamos morrer do mesmo jeito. Se fosse por conta da violência causada pela ilegalidade ou pro conta da falta de conhecimento. Mas porque faz mal.

  • walter

    acho que para estar disposto a fazer criticas temos que estar disposto a ouvilas tambem DR.Pedro será que é verdade que só tem maleficios na tal da maconha torno a bater na mesma tecla a da legalização , a ilegalidade traz maleficios que a medicina não estuda e quando se toca nesse asunto sempre se expressa da mesma forma

  • Jose eduardo

    BOM…. DPOIS D TER FALADO OS MALEFICIOS AGORA FALA OS BENEFICIOS

    TUDO TEM SEU LADO BOM E RUIM

  • gonehempp

    Não vamos sair mais daqui a debater este assunto, mas ok li o que disse e aceito algumas coisas, mas como disse.. gostava que procurasse ver o documentario que eu referi, e depois me dizer algo sobre isso. Muito obrigado pela atenção prestada e simpatia

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    gonehemp,
    Só porque um estudo é antigo, não significa que ele seja desatualizado ou que seja errado.

    O conhecimento científico sempre se aprimora baseado nos trabalhos anteriores. A medicina de hoje não seria nada se não existissem os trabalhos sobre antibióticos de Alexander Fleming da década de 1920, as vacinas de Jonas Salk, na década de 1950 e mesmos os estudos sobre o raio X de Wilhelm Röntgen no século XIX.

    Os achados realizados nas décadas passadas são sempre a base para novos estudos. Eliminá-los por serem antigos não faz o menor sentido. Aliás, vc não encontrará nenhum trabalho científico, em nenhum área da ciência, que não use trabalhos antigos como referência.

    Se grande parte do que eu digo é mentira, como vc explica a mais de 1 centena de comentários de usuários relatando sentirem os efeitos colaterais descritos em todos esses trabalhos científicos?

    Como vc explica os inúmeros pacientes que eu e vários outros clínicos já atendemos com problemas relacionados a maconha?

    Medicina não é feita baseada no indivíduo. O ser humano é muito heterogêneo. Se vc acha que a maconha é ótima para vc, isso não significa que ela também será para o resto da população. Tem gente que fuma a vida inteira e não morre de câncer. Isso significa que cigarro não causa câncer? Claro que não. O discurso do “eu faço isso e não sofro nada”, não tem nenhum valor científico.

    Se vc não acredita em estudos científicos, então nunca mais tome um remédio e nem procure um médico quando estiver doente, pois as mesmas publicações que vc chama de mentirosas são as responsáveis por toda a divulgação do conhecimento médico nas últimas décadas.

    Interesses da indústria farmacêutica existem em todo canto. Na verdade o lobby em relação a diversas outras áreas da saúde é infinitamente maior do que com a maconha.

    Vc pode ser a favor da liberação da maconha, e eu também sou, mas não querer acreditar que a mesma possa fazer mal é ser um pouco radical. O foco do seu discurso está errado. Álcool e cigarro fazem muito mal e são liberados. Não é por aí que vcs vão ganhar essa guerra.

  • gonehempp

    vivo em portugal, e fumo maconha todos os dias com regularidade, faz-me sentir calmo, ajuda-me a dormir, e quando passo tempo sem fumar nao sinto a falta, pois ja experimentei, de qualquer maneira os estudos de que você fala aqui são desactualizados, muito antigos e errados. Claro que nem tudo o que diz é mentira, mas uma grande parte é mesmo! Gostaria que se informasse mais e nao largasse informaçao assim por ai. Veja o documentario: ‘The Union: the Business behind getting High’ tem muita informaçao verdadeira e util também. Viva marijuana (:

    PLANET HEMP!

  • Erickdnt

    Dr . Rocomento o sr ler este site http://www.jackherer.com esta ingles se usar o google chroe ele jah traduz simultaneo pra vc ..

    A maconha e benefica em varios aspectos era usado a muito tempo antes mesmo do sr nascer , o canhamo pode ser usado para corda, roupas ,navios,Papel e outras coisas .
    A planta tambem pode se tirar oleos , que sao muito beneficos para fadiga, acessos de tosse, reumatismo, asma, delirium tremens, enxaquecas e cólicas e depressões associadas à menstruação.

    Além disso, o cânhamo destinado à produção de biomassa poderia abastecer um trilhão de dólares por ano da indústria energética, melhorando a qualidade do ar e distribuir a riqueza para as zonas rurais e suas comunidades vizinhas, e longe de um monopólio de poder centralizado. Mais que qualquer outra planta na terra, o cânhamo tem a promessa de uma economia sustentável e ecologia.

    Se todos os combustíveis fósseis e seus derivados, bem como árvores de papel e construção foram proibidos, a fim de salvar o planeta o canhamo seria um otimo substituto .
    Mas como por tras de tudo isso esta as grandes industrias textil , petrolificas o dinheiro que rola em torno disso é mais facil falar aaaaaa mas a mesma planta tem a maconha que te deixa locaoooo..pois é pra mim a maconha deveria ser legalizada para o consumo propio e plantio assim bateria de frente com o trafico de drogas que movimenta blhoes por ano com o uso da droga de pessima qualidade que encontramos na boca de fumo do brasil .. Por isso eu Defendo o Auto -cultivo . Se Proibiu é pq tem interesses em cima disso ..agora falar que a maconha acaba com os neuronios e esse neuronios morrem fazendo experiencia com macacco com uma mascara de gas na cara fica facil queima neuronios quando se falta oxigenio no cerebro .
    Chega de Ipocrezia LEGALIZAAAAAA

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Godô,
    Isso é meio controverso. Na imensa maioria dos casos a dependência é mesmo psicológica, porém, em usuários pesados pode haver dependência física, sim.

  • Gabrielli

    adorei a materia quase todos os meu amigos fumam vou mandar por e-mail tudo isso pra eles… acho q eles num sabem nem a metade dessas coisas!
    Um ótimo trabalho o Sr. fez!
    Nada contra quem fuma mais TODOS nos sabemos que faz mal neh… Me preocupo com todos e espero do fundo do meu coração que todos eles parem… pode demorar mais espero que eles consigam! Vou continuar orando Mais o senhor ajudou MUITO! Deus Abençoe

  • Anonymous

    Dr. parabéns pelo texto, até agora é o mais completo que achei.

    Estou com 40 anos, e sou usuário a pelo menos 15, mas nos últimos 3 anos venho usando uma vez por dia e sinto que tenho a maioria dos sintomas acima citados, mas um baseado dá para semana toda pois apenas puxo umas 3 ou 4 vezes “prenço bem” e apago, mas acredito que esta “prençada” está me fazendo muito mal pois sinto dores no peito e desenvolvi uma esofagite (que acredito seja causado por isto) e também sinto alguma dificuldade na respiração a noite como se minha garganta estivesse fechando me forçando a algumas vezes usar um bronco dilatador, também estou com hipertenção e tiroide alta.
    Mas a maconha me ajuda muito a controlar minha ansiedade, o que me judou na minha vida pessoal e profissional pois com ela consigo separar banalidades de prioridades e me torno uma pessoa mais controlada, gostaria de diminuir muito (1x p semana) e estou preocupado com minha saúde pois quero viver muito ainda.
    Gostaria de fazer um check up mas queira saber qual seriam os pontos principais para eliminar probabilidades de cancer e outros possiveis problemas causados pelos meu ecxessos.
    Acredito q seu conselho seja: pare de fumar, faça terapia, faça exercicios, controle sua alimentação etc..
    Mas caso tenha mais alguma coisa pra me falar estou as ordens, e foi muito bom compartilhar.

    Abraço

    Pedro.

  • Godô

    Dr, meu professor de química, que estava dando aulas sobre drogas nesse último mês disse, claramente, que maconha não causa dependência química ou física, apenas psicólogica. No seu texto você se refere apenas à dependência; você se referia à citada depêndência psicológica ou meu professor estava enganado? Se sua resposta for a segunda, como decidirei quem diz a verdade, cientificamente?
    Obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Alguém de Porto Alegre,
    pode ser definitivo se o uso for crônico e pesado.

  • Anonymous

    R.R 29 anos.

    Quem pensa que é uma droga inocente está completamente enganado…

    fiz uso contínuo e prologando por mais ou menos 10 anos da erva, quase todos os dias, nunca me senti mal, pelo contrário só me sentia bem, minha visão sobre o mundo ficou 10x ampliada conseguia enxergar além, as vezes um simples pensamento me levava a ter idéias geniais, porém a mais ou menos 5 meses atrás eu acordei de madrugada com uns pensamentos ruins, sensação de que ia morrer e medi minha pressão 18 por 9, fiquei em pânico, quando tentava relaxar a pressão baixava, quando eu pensava q ela tava alta começa a aumentar bateu 19 por 10 ai comecei a suar friu o coração acelerou achei que eu ia ter um infarto, cheguei a querer ir no pronto socorro ( detalhe 4 da madruga ) fui no ps e lá relatei apenas que passei mal de madrugada, como tenho pânico de hospital a pressão continuou alta então fui medicado, parei de pensar em desgraça e melhorei, voltei pra casa e durmi, acordei no dia seguinte e pensei que nunca mais queria passar por aquela situação de ter q deitar numa maca com um médico me examinando e medindo minha pressão, resolvi que pelos meus filhos que dependem muito de mim, que era hora de parar, como sou 8 ou 80 parei de vez, não fumei mais e tb cortei a cerveja, nas primeiras semanas eu me senti muito mal, sempre na hora de durmir ou de madrugada me dava insônia e começava a vir pensamentos negativos e se eu não me controlasse a pressão aumentava, durante o dia sentia tontura, ansiedade nem se fala, mas estou resistindo, são 5 meses e não tenho intensão de usar essa droga novamente, ainda sinto um pouco de tontura e de vez em quando um aumento de pressão mas nada de pânico, eu não acredito muito nessas matérias pesquisadas sobre a maconha pq os testes são sempre em laboratório e feito em ratos, mas posso garantir por experiência própria que os efeitos colaterais não compensam todo prazer que ela oferece, se sentir bem e sóbrio é a melhor coisa do mundo, é fato de que o uso causa graves modificações no celébro pois com o uso estamos o tempo todo liberando substâncias que nos dão a sensação de prazer, quando paramos o cerébro não entende e causa esse “curto circuito” não é DR. ? ele busca outras formas de compensar esse prazer, meu conselho para quem nunca fumou e é que nunca fume mesmo, e quem fuma deve parar mas não faça como eu, tente parar gradativamente assim vc acostumará seu celébro a se desvincular dessa droga e seu efeito colaterál será mais “suave”.

  • Rafael vaz.

    sou usuario e sei o mau q a maconha pod fazer no organismo de quem a usa, e isso não é o maior dos problemas , maconha é natural.. mais não quer dizer q foi feita pra ser fumada.. e tmbm não quer dizer q deus é legalize..rs deus é amor.. maconha é problema.. tira o animo.. acaba com o corpo.. com a mente.. e com a dignidade.. no meu caso mesmo acabo com minha vida..me atrapalhou no meu trabalho.. em geral com minha vida.. aceitem a jesus.. se purifiquem.. e vão ver o q é bom nessa vida !

  • SÓCRATES, BUERAREMA, 28 ANOS!

    aí, deixa eu comentar sobre o assunto do postado por marcelo.meu caro, você faz questão de enfatizar que “parou” à 10 anos, parece-me que com, 26 anos, ou seja, tens 36 agora, pois bem, gostaria de saber se, quando você usava ELA,você usou por mais tempo ou menos, no que diz respeito à parada de usar, trocando em miúdos, faça uma relação entre, o tempo que usou e o tempo que está sem usar.porque, vejo que pode ter uma enorme relação nesse ponto, reveja seu comentário e comente essa!abração!!
    VIVA À ERVA DOS PRAZERES!
    LEGALIZE JÁ!
    HUHUUUUUUUU!!!
    SÓCRATES, BUERAREMA, 28 ANOS!

  • ALGUÉM DE PORTO ALEGRE

    Dr. Pedro:

    Quanto aos sintomas referentes a capacidade cognitiva, dificuldade de aprendizado e perda de memória, são sintomas definitivos por causarem alguma lesão cerebral ou reversíveis conforme o tempo de abandono da droga?

  • Anonymous

    Dr.eu sou usuario,e na minha o piniao a maconha tinha que ser liberada..é natural e eu adoro fumar
    abraço

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Hemp guy,
    Procure um psiquiatra especializado em abusos de substâncias. Ele poderá opinar sobre a necessidade ou não de terapia medicamentosa no seu caso.

  • Hemp Guy

    Parabéns pelo site livre de preconceitos e com uma abordagem clara do assunto. Isto é raro, principalmente no Brasil.
    Fumei maconha durante mais de 20 anos e resolvi parar agora. No começo da abstinência tinha sonhos estranhos, nervosismo, dôr de cabeça; mas estes sintomas acabaram após algumas semanas. Estou a quase 2 meses abstinente mas as vezes ainda sinto vontade de fumar. Quero saber se há alguma medicação com prescrição médica que possa diminuir a “fissura” nestes momentos.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Amadeo,
    qualquer tipo de fumo pode causar lesões nas cordas vocais, porém nódulos são mais comuns de aparecerem por abusos crônicos da voz.

  • Anonymous

    Fumar maconha pode causar nódulos nas cordas vocais? Abraços e parabéns pelo blog, Amadeo Gottliebe.

  • Carolina

    Dr. Pedro primeiramente gostaria de agradecer e muito pelo site, pois as informações que leio estão me ajudando a ajudar meu marido que está sem fumar há quase 10 dias. Parece pouco, mas para mim é algo muito importante, e sigificante, pois ele sempre dizia que o que ele fumava não era muito, mas depois que comecei a ler o site percebi que a quantidade de cigarrro que ele fumava era muito grande. Estou tentando engravidar há 5 meses, sem êxito. Acredito que o nivel de THC em seu organismo ainda seja alto e demorará algum tempo para ser excretado. Hoje a nossa vida está muito melhor…sem medo…estress…Seria uma decepção muito grande para minha familia se soubesse desta situação. Uma vez que é uma pessoa muito querida por minha familia e que não imaginam esta situação.
    Ler os depoimentos me dão esperança…principalmente, depois de ler o comentário do Marcelo..me renovam…e acalmam meu coração.
    Deus abençõe ao senhor Dr. Pedro….

  • MARCELO

    Eu parei de fumar maconha a muitos anos. Mas depois de 10 anos fumei um cigarrinho e fiquei muito ruim. Fiquei com muito medo e achei que iria morrer.Nunca tinha sentido isso antes quando fumava a 10 anos atras, quando tinha 26 anos de idade.Chamei o meu vizinho e pedi para me levar para o hospital porque nao estava ageuntando a sensação de terror que estava sentido. Falei para o médico, doutor eu fimei uma maconha e to achando que vou morrrer seu eu dormir, uma coisa louca demais. Bom, eu fui medicado e depois fui para casa. Não fumei mas a maconha deste entao.
    Eu fumei como se estivesse acostumado a 10 anos atras, mas parece que meu corpo não estava acostumado pois ja se passaram muito tempo, acredito que a dose foi alta para mim e fiquei muito alucinado, como hoje sou casado e tenho filhos pequenos, acho que fiquei tenho medo de morrer e deixa-los, acredito que com o uso da maconha esses medos se intensificaram e ponto de eu nao aguentar de perder o senso de realidade, foi um experiencia muito terrivel para mim.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Chico,
    Não trabalho nesta área. Não sei te dizer se há trabalhos em curso à procura de usuários. Se vc realmente estiver interessado em ajudar, procure o serviço de psiquiatria de alguma universidade local e se informe sobre os trabalhos em andamento.

  • chico

    Dr.lendo seu texto notei que em certa parte vc relata que é muito dificil achar usuarios continuos que estariam dispostos a se submeter a certas pesquisas relacionadas ao uso continuo, eu sou usuario continuo e me submeteria a tal pesquisa em prol de aprimorar e ajudar a ciencia em certos estudos ao uso da maconha, caso haja tal pesquisa sendo feita ou visando fzr futuramente, gostaria de saber como faço para ser um voluntario e como procedo para que seja realizada. Favor me informe , aguardo resposta atentamente.

  • Anonymous

    estou pensando em usar maconha com os meus amigos, e antes vim fazer uma pesquisa, na minha opinião, uma fumadinha de vez em quando não faz mal a ninguem!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Rodrigo,
    Pelo o que vc relata, não.

  • Rodrigo César

    Boa tarde, doutores.
    Não sou usuário, mas consumi maconha no final de semana passado.
    Esta semana, devo fazer um teste admissional para pose de bancário no BB. Com efeito, os exames são “hemograma completo”, “glicemia em jejum” e “EAS – Exame de Rotina de Urina”.
    Existe a possibilidade de eu enfrentar algum percalço em razão do consumo relatado?

    Att.,

    Rafael Lisboa

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Fernanda,
    A maconha pode sim influenciar em estados psiquiátricos. A boa noticia é que existem psiquiatras especializados em dependências de drogas. Ele pode te ajudar com os 2 problemas.

  • Fernanda

    Ola Dr. fumo diariamente de 1 a 2 cigarros de maconha por dia ja quase 3 anos . Recentemente fui diagnosticada com sindrome do pânico. Quero muito parar de vez, mas infelizmente está muito dificil.. A maconha pode piorar o meu quadro psiquico? tem algumas dicas de como parar de vez ?
    Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Samuel,
    Nunca tive problemas familiares com drogas.

    Eu afirmo no texto que sou a favor da liberação e acho que o cigarro é pior que a maconha.

    Onde é que vc viu discriminação nas minhas respostas?

  • Anonymous

    olha DR(a) percebi en suas respostas uma descriminação sobre a Maconha..

    Talves porque vc ja deve ter tido problemas familiares,e de (certa forma) vc tentar iludir ou convencer a não uzar.

    é claro que fas mau, isso todo mundo sabe, pois é uma (Droga)e tudo que é considerado(droga)uzado exescivamente fas mal a saude.

    o que eu estava procurando assim como a maioria que ja posto aqui é informação não descriminação.

    me chamo SAmuel,moro na Holanda a mais de 10 anos, aqui igual a varios paises ja bem mais evoluidos que o Brasil ,ja esta liberado o consumo a muitos anos.

    mas ta o negocio ne ,o governo arrecada muito mais proibino do que liberano.

    tabaco industrial tem 100% mais substancias quimicas que a Canablis (maconha) somente isso corrigindo .

    descupe os erros de portugues .

  • Victor

    Dr. também sou Dr. e acredito que nessa vida, além da saúde, existe muito mais qualidades que fazem voce viver eternamente, ou até mesmo se morrer contentemente, que se resumem a felicidade.Então no meu mode de ver as coisas e de viver, acredito que se você fuma, bebe e nao estrapola e fica cheirando usando coisa pesada quem nem um inconsequente sem objeticos e faz um equilibrio com a sua rotina e seja tranquilo e feliz, está ótimo… garanto que voce será um sucesso em tudo que voce fizer, pondo Deus acima de tudo, fazendo disso coisas boas, positivas.Eu vejo que o que move as comorbidades como cancer, displasias celular, desequilibrios doenças… são muito da psique, nao contando a genetica, ou seja se voce leva uma vida cansada, estressada, infeliz, angustiada e etc.Então resumindo, faça oque te faz feliz aproveite a vida, pq amanha vc já pode nao fazer parte dela… fumando ou nao ! Muito Obrigado e viva o Bob Marley “Para que levar a vida tão a sério, se a vida é uma alucinante aventura da qual jamais sairemos vivos.” B.M.

  • ane

    dr. pedro, muito obrigado.
    abrçs
    ane

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    h.m
    Vai te prejudicar mais do que nunca fumar e menos do que fumar todo dia. É igual ao cigarro, ao álcool ou qualquer outra droga social.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Ane,
    Não encontrei essa relação não. Na verdade o que está descrito é a cocaína inibir a motilidade intestinal, favorer quadros de úlceras e perforação.

  • Anonymous

    ola á doutor
    tenhu 18 anos e já fumei maconha uma vez …fumei nu narguille intende..
    queria saber se tipo fumar..umas vez por mes irá mi prejudicar muito?
    obrigada..

    anoninma h.m

  • ane

    boa trd, gostaria de saber se a dor de barriga (diarreia) ou a dor na barriga é proveniente do uso da maconha, cocaina (já ouvi de usuarios q dizem qnd a droga é boa dá a diarreia) ou do crack…outra coisa tbm q queria deixar citado é que algumas pessoas hj em dia costumam batizar a maconha com cocaina e alguns com crack. luto pela conscientização dessas pessoas, a começar pelo meu marido, q fez uso da coca durante anos, hj está bem menos,vamos conseguir.
    abrçs
    ane

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Pedro,
    Se vc é usuário esporádico de pequena quantidade, provavemente em 3 semanas o exame já estará negativo.

    Mas a questão é saber pq alguém te pediria para dosar o THC na urina ou sangue se o objetivo é avaliar um fungo no pé.

    Não se faz essa pesquisa nos exames de urina ou sangue a não ser que seja solicitado. E não vejo pq o médico solicitaria essa doagem.

  • Pedro Henrique Borges Paranhos

    Primeiramente venho elogiar o excelente blog de vocês, que com certeza já prestou ajuda a uma grande quantidade de pessoas, e admiro muito o trabalho voluntário que fazem por aqui para ajudar pessoas presas nessa questão que sofre preconceito ético e portanto é dificilmente respondida em várias ocasiões.

    Tenho 13 anos de idade, e experimentei com amigos uma vez em julho desse ano, não senti muito bem o efeito, dividi com 3 amigos e não era de grande tamanho.

    Na manhã dessa sexta (La pra 1 da manhã) dividi um baseado pequeno com 3 amigos, o qual acabamos rápido, mas apesar do tamanho, meu amigo disse que era “de qualidade” e confirmei isso ao ficar muitas horas sobre um efeito “doidão” que confesso, ter achado muito bom.

    Fui informado hoje que terei que fazer, não sei quando, um exame de sangue pra ver coisas relacionadas ao crescimento, e um possível fungo na unha do pé, é possível que se eu usar maconha amanhã, em quantidade pequena, somada a quantidade pequena (porém “de qualidade” e ambas são da mesma fonte) de hoje, apareça em 3 semanas no exame de sangue?Quanto tempo demora para o THC sair de meu sangue sem deixar vestígios dadas as quantidades, e eu ter usado apenas duas vezes em minha vida (E talvez uma terceira) ?

    Grato desde já.
    Pedro H. Borges Paranhos.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    totalflex,
    A maconha pode mascarar os efeitos do álcool. Ela de modo algum inibe sua ação. Vc está tão bêbado quanto qualquer outro, só não consegue perceber isso. Se fizer testes de coordenação motora e raciocínio, com certeza a intoxicação estará evidente, por mais que vc ache que não.

  • Totalflex

    Dr. O que acontece quanto ao uso de maconha + bebida acólica + sexo? E porque qdo uso maconha fico mais consciente ( aumenta a vontade de fazer sexo )mesmo fazendo uso de bebida alcólica, tenho a sensação de que a maconha inibe os efeitos do àlcool, e não fico tão bêbado, fico bem + louco e consciente de tudo? Sofria muito de ansiedade e hoje, estou bem + tranquilo…uso no máximo 2x por semana principalmente pra jogar futebol, no qual consigo pensar bem + rápido num espaço curto de tempo? depois que comecei a usar a maconha deixei o vício do cigarro e diminui muito o uso de bebidas alcólicas quase não bebo+.

    Abraço!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Andre,
    Se vc para de vez, sim.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Ricardo,
    1- pode, mas normalmente o usuário não se apercebe disso.

    2- Não, isso não existe, a não ser que o indivíduo faça uso contínuo e pesado da maconha por muitos anos.

  • Anonymous

    Oi Doutor fumo maconha há 2 anos desde que fumei a primeira vez, mas chego a ficar 3,4 ou ate6 meses sem fumar depois devido a problemas volto a fumar e depois paro, será que se este ano parar de vez estou livre dos estragos que a droga fez em min?
    Ass: Andre

  • Ricardo

    o efeito da maconha pode durar mais de 24h ?
    e pode ocorre de o celebro não volta totalmente ao normal ?
    tenho 17 anos
    valeu

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Gabriel,
    Sequela não deixa. Mas algumas pessoas podem ter crises de pânico após uso de substâncias pscioativas como a maconha.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Tiago,
    Pode. Nesta fase inicial quanto menos drogas vc misturar, melhor.
    Seja álcool, maconha ou outros medicamentos não prescritos.

  • Gabriel

    uma pergunta
    eu fumei no máximo umas 5 vezes
    mais na ultima tive sensação de panico desespero
    que durou mais ou menos 24 horas
    eu queria saber se a reação pode dura isso tudo mesmo
    e se pode deixar alguma saquela
    obrigado

  • Anonymous

    Dr. Pedro, fiz a cirurgia refrativa lasik, estou fazendo uso de alguns colirios e o medicamento via oral arcoxia.

    O uso da maconha nessa fase de recuperação pode prejudicar a eficácia da cirurgia ou cortar o efeito de algum desses medicamentos?

    obrigado
    tiago

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Mauricio,
    Isso de lesão mental irreversível com cigarro de maconha não existe. Nem ficar sob efeito para sempre.

    Porém, em pessoas com distúrbio psiquiátricos, a maconha pode desencadear um surto.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lucas,
    Se você inala muita fumaça de maconha existe sim o risco ter um teste positivo.

    Não conheço trabalhos sobre o fumo passivo passivo de maconha. Mas se formos extrapolar os resultados dos trabalhos com cigarros comuns, podemos imaginar que a inalação frequente de fumaça, mesmo que passivamente, pode levar a danos a saúde.

  • Mauricio

    Dr. Pedro ou Dra. Renata,

    Existe alguma possibilidade de alguem fumar um cigarro de maconha e ter algum dano mental irreversivel? Um surto que transforme pra sempre a vida do paciente? Tive uma criação bastante repressora, e das rarissimas vezes que uso maconha com um amigo(2x num mes), em algumas das vezes tenho alguns pensamentos de medo de enlouquecer, ou ficar sobre efeito da droga pra sempre, coisas desse tipo. Isso eh um medo irracional ? Se sim, por causa da propria droga ou por causa da minha criacao ? Se nao eh um medo irracional, se eh realmente possivel enlouquecer assim, poderia falar sobre isso ? Obrigado!

  • Anonymous

    Dr.,

    Meu nome é Lucas e eu moro em uma república onde o uso de maconha é frequente. Não sou usuário, nem nunca fumei maconha. Mas acabo sendo um fumante passivo da droga. Gostaria de saber se os prejuízos à minha saúde são muito grandes e se eu fizesse um teste de urina a presença de THC seria confirmada.

    Grato.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lucas,
    É sim. Na verdade vc pode ter algum distúrbio psiquiátrico que a maconha tenha apenas estimulado a aparecer. Uma vez presente ele evoluiu independente de vc ter parado ou não com a droga. se os sintomas persistirem sugiro uma avaliação com um psiquiatra.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Thais,
    Eu não entendi bem sua história. Sua mãe quer que vc faça testes laboratoriais para avaliar presença de maconha no organismo?
    Ou na verdade ela quer que vc faça analises de sangue de rotina? Se for o segundo caso, ninguém vai pedir dosagem de drogas na sua urina. Exames comuns não incluem “screening” para drogas.

    De qualquer modo, se vc se considera um usuária leve, depois de um mês de abstinência dificilmente ainda terá THC detectável na urina.

  • Lucas

    Dr.
    Parei de fumar maconha ha 3 dias , pois estava sofrendo com crises de ansiedade e despersonalização quando usava grande quantidade , mas agora sem ela parece que a despersonalização tem piorado , é normal ?

  • Thais

    bom Dr. sou usuaria á mais ou menos dois meses, e enrrolo minha mãe para fazer exames pedidos recentemente, so que o meu enrrolamento tem um certo medo dela descobrir que sou usuaria . parei mais á um mês para poder fazer outro pedido de exame. tem como ela descobrir que sou usuaria de maconha ? senso que faz um mês que eu parei ?
    Atenciosamente Thais

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Silvia,
    De jeito nenhum vc pode usar maconha, cigarro ou qualquer outra droga. SAF é uma doença muito séria.

  • Anonymous

    Olá,
    Eu tive um AVC isquemico há anos e fui diagnosticada como portadora de SAF (Sindrome do Anticorpo Antifosfolipide).
    Faço uso de anticoagulante e nunca fumei. Tenho muita vontade de experimentar. Gostaria de saber o grau de risco de experimentar (se é q existe já q é vasodilatador). nunca tornaria isso um hábito

    Obrigada,
    Silvia (30 anos)

  • Anonymous

    Pai / Mãe

    Li todos os comentarios em nenhum observei o que os usuarios sentem o pensam em relação aos seus pais, estou escrevendo pois tenho um filho que esta viciado nesta droga, criamos os filhos para ser homens responsaveis e formarem suas familias, hoje me sinto impotente amo de paixão meu filho e não posso fazer nada para mudar esta situação, conto apenas comigo e não sei o que fazer, penso e repenso mas não vejo uma saida para o problema porque os jovens não pensam em seus pais e os magoam desta maneira já fui jovem e não erra carreta gostava de aventuras de viajar mas viajar conhecendo novos lugares novas pessoas, me ajudem senhores usarios que são filhos a unica solução é na consumir e nunca esqueçam que voces estão se matando aos poucos e reduzindo a vida de seus pais.

    Obrigado

    Pai / Mae

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Sosó,
    Não entendi bem o que vc quer saber. Que episódio vc se refere?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Renan,
    Todo preconceito e discriminação nascem da falta de informação. A maconha faz mal a saúde, porém, o cigarro e o álcool são tão ou mais maléficos e são aceitos livremente.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Tamara,
    Pode ter efeito na sua libido sim. Não é nada de estranho. Mas a longo prazo o efeito pode ser o oposto.

    Acho pouco provável a legalização à curto prazo. Vejo muito pouco debate e estudos sobre o assunto.

    O que se vê somente são manifestações demagogas como a do ex-presidente FHC que quando tinha mandato sempre agiu para aumentar a criminalização da maconha e agora, que não é mais candidato a nada, posa de defensor da sua liberação

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Paulo,
    Vc pode até ter a sensação de broncodilatação após fumar, mas na verdade a fumaça inalada é irritativa para as vias aéreas. Faz pouco sentido imaginar que a maconha ou qualquer outro tipo de cigarro possa fazer bem para sua asma.

  • SOSÓ

    olá doutores; li essa informação e mts dos comentários dos leitores, resolvir relatar algo que acontece comigo qnd fumo e se puder, receber suas interações acerca.
    Então, à cerca de 7 anos, sofrir um acidente automobilístico, fiquei em coma por 30 dias, TCE, depois de 60 dias fumei “um”, já era usuário antes do acontecimento, desde então, fumo sempre, as vezes vários diariamente, outras vezes alguns, mensalmente, relativamente.
    o fato é:que depois de 2 anos, após o acidente, fui aprovado num vestibular, passei 2 anos na facul, “isso me orgulhou mt e a minha família”,fato que me proporcinou um maior consumo. Saiba que, quando ia p/ sala, após ter usado, rendia o mesmo ou mais nas aulas, não me causava nenhum impecilho,estresse ou coisa parecida, muito pelo contrário, debatia, perguntava, respondia. Durante o tempo de estadia na facul perdir em algumas disciplinas, normal, mas, qnd ia fazer a prova final passava, ou seja, não fiquei devendo nada na facul,em relação a disciplinas, passava de semestre p/ outro, livre de depedências,”se é q os sr°s me entendem”, até provas ia fazer sob o efeito e costumava me dava mt bem. Minha relação interpessoal com tds, era das melhores, apesar de alguns saberem de meu uso, prof°s me elogiavam, colegas me veneravam, funcionários me respeitavam, enfim, nada anormal, tanto social, qnt psicológico, a não ser, em alguns pontos, que pelo fato de eu ter passado por um TCE, fiquei um pouco sequelado, motoramente e minha voz ficou um pouco enfadonha,DICÇÃO, p/ quem ouve, não sinto muita difernça.Minha relação familiar continua das melhores, salve um irmão, mais velho, mas, no mais, tudo bem.
    o fato do THC ser uma substância psicoativa, penso que, me fizera um pouco melhor, qnd sob o efeito dela, penso que, pelo fato do acometimentos cerebral do TCE ter deixados algumas lacunas em meu cérebro, isso é fato, o uso da cannabis faz essa ponte entre os ELOS, entre as lacunas, sendo assim, me sinto mais aberto p/ discursões, debates, conversar, trocas de informações, ensinamentos,apredizagens, enfim, sinto-me mais, CABEÇA! Penso q os SR°s me entendem.
    pergunto: a que os SR°s atribuem esse episódio?
    alguma explicação palpável?
    detalhe, sou sedentário, pois, não pratico nenhuma atividade física e ainda mais, sou fumante e de vez em qnd, uso cocaína!
    por favor, responda-me!
    agradeço pela compreensão e continuem assim, as pessoas tem o direito de serem informadas, quem sabe faz o que achar melhor e não o que acham melhor sem saber!
    desculpem por alguns erros de concordância, mas, vendo alguns dos outros comentários, penso que, fui bem!rs!
    abraços!
    se cuidem!

  • Anonymous

    Caro Dr. esse seu site é porreta !
    ahsuhauhs pois as pessoas vem aqui e nao tem vergonha de perguntar as coisas relacionadas as drogas especialmente a maconha pois fiko indignado com aqueles q so sabem criticar . bom so queria saber pelo senhor q nos ajuda muito (“maconheiros”)pq os usuario são tao discriminados? pois sincera mente sei q pode at fazer um poko de mal a saude mais pra mim Dr. fumo a 5 anos jah fikei numa boa sem fuma quaze 1 ano e nunka senti nada de diferente so isso ^^

    ass:Renan-Pr

    at + Dr.

  • Anonymous

    Dr. parabens pelo site, me chamo tamara e queria perguntar apena uma coisa a voce,sei que é meio embaraçoso mais quando eu faço o uso da erva é como se fosse um estimulante sexual pois me da muita vontade queria saber se isso é normal ?
    e mais uma coisinha o senhor acha q a legalização da maconha no brasil esta proximo?e pq?

    ass:tamara

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    DuHh,
    É impossível afirmar uma data segura à curto prazo. Em usuários pesados já foi descrito testes positivos após mais de 60 dias de abstinência. Quanto mais tempo sem fumar, maior a chance da droga ter sido eliminada completamente do organismo.

    No seu caso, acho que antes de 1 mês existe risco de teste positivo.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Gabriel,
    Acho que vc deveria parar com maconha por um tempo e procurar ajuda de um urologista.

    Como vc é muito jovem, isso provavlemente é temporário e deve melhorar com a suspensão da droga. 3 dias é muito pouco, levando-se em conta que o THC pode circular no seu corpo por várias semanas se vc é usuário frequente.

  • Paulo – RJ

    Olá Doutor,
    primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelo site, é muito incomum pessoas respeitáveis tirarem qualquer dúvida em relação a drogas (exceto quando são pagas para isso. A minha dúvida é quando a relação da maconha em pessoas com asma, bronquite. Eu faço uso de tratamento com fluir e clenil, duas vezes ao dia, será que a maconha atrapalha o desenvolvimento do tratamento? Outra coisa, eu quando fumo, a droga funciona como broncodilatador, sei que pode parecer estranho, mas minhas vias aéreas ficam liberadas após o uso. Será que traz algum benefício no tratamento? ou só piora. E agora meu alergista me passou um tratamento a base de injeções para tratar a alergia a ácaros (uma por semana durante 3 anos). Já fico agradecido antecipadamente !

  • Anonymous

    Dr. sou usuario de maconha fais 1 ano
    fumando quase todos os dias.
    fui encaminhado para fazer o teste de canabonoides (aquele de urina)e fiquei 19 dia sem fumar para fazer esse teste e deu positivo.
    depois disso fumei umas 4,5 vezes ao decorrer de 1 mes e 1/2 , e estou sem fumar ja faz 24 dias e quero saber se vou ser pego no teste novamente? ou devo esperar mais um pouco ?

    obrigado…

    ass:DuHh

  • Gabriel

    Dr.Pedro, primeiramente dou os parabens ao senhor pelo o conteudo e a sua interação com este blog.

    Agora por favor me tire uma duvida.

    Sou Usuário da Cannabis a 5 anos, fumo diariamente e estou tendo problemas com o Libido e Ereção quando não utilizo a Cannabis no dia, e assumo ao Senhor que isso me assustou muito, pos tenho uma vida sexual ativa.

    Parei de fumar tem 3 dias e sinto muito pouca evolução, queria saber se meu corpo vai se normalizar sozinho, ou e inrevercivel, ou preciso de algum tratamento medicamentoso?
    (obs.: Tenho 21 anos)

    Muito grato pelas informações que o senhor está dando a todos.

    Espero sua resposta anciosamente.

    Gabriel

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Aline,
    Não conheço nenhum pessoalemtne para indicar. Sugiro que entre em contato com o CRM da sua cidade e peça alguma orientação.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Wesley,
    Usar pouco faz menos mal que usar muito, mas, faz mais mal do que não usar nunca.

    Se esse uso mensal vai te trazer algum problema futuramente, não há como afirmar, nem que sim, nem que não.

  • A LIINE ;]

    Dr. Pedro,
    Simplesmente adorei o post sobre os efeitos da maconha, pois sou totalmente contra a qualquer tipo de droga ilícita.
    Eu tenho problemas com drogas na minha família e gostaria de alguma indicação de alguma instituição que pudesse me ser útil. Desde já agradeço.

    Aline Gonçalves,
    liinecunha@hotmail.com

  • wesley

    Dr. Pedro Pinheiro

    intam, eu tenho uma banda eu uso sempre antes de subir no palco, para me sentir “altoooo”

    usava semanalmente, agora to usando masis ou menos 1 vez ao mês para compor musicas….

    sendo assim, meu uso é bem pouco,assim mesmo ainda posso correr riscos de saude??

    brigadão

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    marianna,
    além de somar os diferentes riscos das duas drogas, os efeitos cardiovasculares são pontecializados pois as duas drogas (principalmente a cocaína) estão associadas a maior risco de infarto.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Isabel,
    Procure ajuda em grupos de apoio a dependentes químicos. Eles podem te orientar sobre a melhor abordagem e como convencê-lo a se tratar.

  • Marianna

    Dr. Pedro
    Gostaria de saber quais sao os riscos se misturarmos o consumo da maconha com cocaina?

    Desde ja agradeço!

    obs:(Otimo Blog,estao de parabéns!)

  • Isabel

    Prezados Doutores,
    Meu marido, que fazia uso esporádico de maconha, tem aumentado substancialmente o consumo e tido graves crises de ansiedade, insônia e agressividade, mas se recusa a reconhecer os danos que está sofrendo e rejeita totamente a possibilidade de ter se tornado dependente. Qual a abordagem indicada para convencê-lo a buscar ajuda médica ou psicológica?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Felipe,
    Nunca li nada sobre o assunto. MAs também não custa nada vc ficar uma semana sem fumar para ajudar na recuperação da sua infecção, ainda mais se for de vias aéreas uma vez que a fumaça da maconha pode irritá-la ainda mais.

  • felipe

    a maconha corta o efeito do antibiótico benzetacil??

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Cristine,
    Primeiro vc deve pensar se a sua reação seria a mesma se ele fumasse “apenas” cigarro e não maconha. Se vc acha que não seria tão mau o cigarro, antes de conversar com ele, vc deve reavaliar seus conceitos. Talvez haja algum preconceito por trás dos seus sentimentos.

    Em relação ao seu namorado o que chama a atenção é o fato de ele usar maconha desde os 12 anos. Provavelmente ele já apresenta algum tipo de alteração, nem que seja algum grau de falta de memória. Isso pode ser usado como argumento.

    Acho que usar ou não maconha é uma decisão pessoal. O usuário tem apenas é que ter conhecimento dos malefícios que ele está sujeito. O problema é achar que a maconha é uma droga inócua que não traz prejuizo nenhum à quem usa.

    Peça para ele pelo menos procurar se informar sobre o assunto e procure abordá-lo sem estigmas ou preconceitos. Tente mostrar que a sua preocupação não é a maconha e sim a saúde dele.

  • CRISTINE

    OI dr. Bem eu conheci um garoto mas nao sabia q usava maconha ,eu fui me envolvendo e gosto bastante dele ,a dois dias fique sabendo q ele fuma e a um dia ele me conto ,antes disso algumas vezes tinhamos falado sobre e eu falei q nao era afavor q nao achava legal q fazia mal e tal ,tudo sem saber q ele fumava e ele negava sempre ,mas tinha dito q se caso acontecese eu nao sairia de perto dele e ajudaria se fosse o caso ;tinha minhas duvidas mas so ficaram 100% depois q ouvir dele , nao quero deixar ele axo q precisa d mim ,gostaria q me aconselhace com isso nao sei como ajir nem como da apoi a ele para q sigua outro caminho um mas saudavel sem vicios e complicaçes posteriores com a sociedade com a lei ,para q possa ser mas consiente e ver q tudo nao passa de uma fantasia proporcionada pela maconha uma viaje algo q nao e real q so atrasa e tem maleficio ,me oriente a falr com ele mas sem assustar sem achar q nao o compriendo q nao o intendo ,bem minha reaçao foi um pouco critica com ele ,e o problema e q ele acha q nao faz mal a nimguem ,e gosta q se sente bem e acha q quando quise para se ele tiver com vontade ainda por cima fuma a 8 anos e so tem 20 anos ,quero orientaçao para saber dizer q tudo isso e perda de tempo viver no mundo da alucinaçao nao e viver ,alem d edeixar apessoa “boba”.Obrigada quero muito ajudalo mas nao sei como orientar e nao ser radical e acabar me afastando dele alem dele tar sustentando o trafico ne sabemos q usuarios sustenta esse meio q acaba com tamtas familias ,e ainda por cima me preocupo de mais com ele fiquei sabendo e so sabia chorar ,fiquei meio perdida e sem açao ,alem de tudo meus pais jamas a poiaria uma relaçao com um pessoa usuaria ,nao e discriminaçao ,pos nao falo so da maconha falo de qualquer tipo de droga obrigada estou muito aflita espero uma resposta beijo o obrigada !! CRISTINE

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Mário,

    Segundo o dicionário:
    Produzir = Criar, dar origem, ter como resultado, causar, fabricar.

    A maioria das pessoas que fuma maconha começou com alcool, mas a maioria das pessoas que bebe álcool não fuma maconha.

    Se vc for comparar, verá que o percentual de pessoas que começa a beber e termina com drogas pesadas é menor do que que os que fumam maconha e acabam usando drogas pesadas.

    Isso pode ser um comportamento social e psicológico pela ilegalidade da maconha. O fato de vc iniciar uma droga ilegal pode diminuir sua resistência a experimentar outras. Isso não necessariamente é algo ligado a maconha em si.

    Talvez se a droga fosse legalizada, ela com o tempo perdesse essa característica.

  • marioalbuquerque1979

    “A marijuana ou maconha é uma droga produzida a partir da planta da espécie Cannabis sativa.“
    A maconha eh a floracao da planta, nao se produz maconha e sim se colhe.
    Sobre que a maconha eh a porta de entrada para drogas mais pesadas por qual motivo que a maioria das pessoas que fumam maconha, como eu, sua primeira droga foi o alcool, nao seria essa a paorta de entrada para drogas “pesadas“ ?
    Essa eh minha opiniao , a materia esta boa, para as pessoas que querem mais informacoes existe um blog muito bom, chama-se Hempadao, la tem informacao de monte.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Michel,
    Que eu saiba não. Mas o Roacutane por si só pode causar lesão no fígado. Não encontrei descrições sobre uma maior risco quando se associa maconha. Porém, é sempre bom lembrar que por ser uma droga ilegal, há poucos estudos sobre a maconha e seus efeitos em outras drogas. É possível que essa interação exista e apenas não tenha sido estudada.

  • Anonymous

    Dr e Dra

    Meu nome eh michel
    ja escrevi outras vez
    estou com uma duvida.

    Queria saber se a maconha
    Altera os esames de sangue do tipo:
    TRANSAMINASE OXALACÉTICA (TGO)
    TRANSAMINASE PIRUVICA (TGP)

    Fasso uso de Roacutan – Isotretinoina
    e costumo Fumar de vez em quanto
    Será que a combinação dessas duas drogas podem alterar o TGO e TGP?

    Obrigado
    Michel

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Li,
    Acho que não há relação não. Se houvesse, esperaria qe a dor de cabeça começasse com 2 ou 3 dias no máximo. Mas de longe é dificil afirmar qualquer coisa.

    A dor de cabeça pode ser só de uma gripe. De qualquer maneira se ela permancer, te aconselho a procurar um médico para que vc possa ser avaliada.

  • Li

    Olá Dr. Pedro!

    Gostei muito do blog, o conheci hoje e tem uma variedade de informações muito importante!
    Sobre este assunto em especifico é muio interessante esta discussão on line, traz esclarecimentos a quem é leigo e quem também não é.
    Sobre o Fábio(não podia dexar de comentar), este usuário resistente a informações, não é de espantar, pois o que mais há são pessoas deste tipo que usam sem saber das consequencias se achando o máximo, são pessoas ignorantes e sem nenhum senso crítico(irritante).
    Aproveitando queria tirar uma duvida, recentemente estava utilizando maconha quase todos os dias a noite, e comecei a tomar pipula YAS também depois de aproximadamente 10 dias tive uma crise de dor de cabeça. uma céfaleia bem intensa, pode ter alguma correlação? Pois parei o uso há uma semana mas as dores de cabeça só tem aumentado e inclusive acho que acabei ficando resfriada… enfim… =S

    Obrigada,
    Abçs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Grydão,
    Não há nenhum grande trabalho que comprove segurança e eficácia destes suplementos a longo prazo. E o thermo fire têm guaraná que é um estimulante e pode influenciar na pressão.

    A maioria das pessoas é hipertensa pela genética. A maconha, o cigarro, o sal e a obesidade apenas contribuem, mas nem sempre são os únicos responsaveis.

  • Lanna Dioum

    Boa noite a ambos!

    Muito bom o blog. Principalmente pelas perguntas que são realmente respondidas e pelo teor das respostas.
    Sobre a maconha e sua legalização, na verdade não tenho oipinião formada, mas se isso pode provocar políticas públicas específicas a usuários e facilitar o atendimento à saúde dos mesmos. Concordo!!!!!!!!
    Tenho uma filha de 15 anos, usuária desde os 13. 2 anos sem estudar. Agora esta matriculada num supletivo à distância, onde também tem dificuldades. Apresenta perda de memória recente, tentativa de suicídio, depressão, ansiedade, agressividade, oscilação terrível de humor. Já foi internada. É acompanhada por psiquiatra. Se recusa fazer psicoterapia. Usa rivotril nas crises de agressividade e também fora delas. Tem asma e fuma 2 carteiras de hollywwod-dia.

    Ela defende a maconha com unhas e dentes. Claro, imagina, a maconha não faz mal nenhum à vida dela.

    Só a minha, talvez. Tive depressão, nunca tive uma dor de cabeça na vida, agora vivo em prontos socorros, com dores e infecções. A família olha torto. Os vizinhos idem. Várias vezes acionaram a polícia nas crises de agressividade dela pra com o irmão de 9 anos. Meu filho caçula faz análise.

    Sinto-me refém, dentro da minha própria casa.

    Mas imagina, doutor, a maconha não faz mal nenhum. É o complô do mundo contra eles.

    Obrigada por ouvir-ler meu desabafo.

    Lanna

  • grydao

    Dr. de uns tempos pra ca comecei a ter problemas de pressao alta.. algo em torno de 14,8… dps de ter lido todos esses comentarios ae, resolvi parar de fumar maconha.. fumava cigarro e parei tem uns 8 meses..
    maconha tem uns 4 dias.. nem to sentindo falta, ainda. mais o q eu quero saber agora é o seguinte…
    estou tomando alguns suplementos para malhar, sao esses: thermo fire, CA linoleic acid 1000 mg.. E TBM NOXPLODE AKG.. ahh e um emagrecedor q eh o piruvato de calcio. estes produtos n costumam fazer mal agum a saude, pelo contrario ne? mais estou meio preocupado com essa parada da minha p[ressao estar alta ultimamente, intao queria saber se pode estar relacionado tbm.. a maconha em 4 dias q parei ja senti melhoras.. esse locao ae desse Fabio eh um ignorante, eh looooogico q maconha faz mal!! eu sempre soube disso.aguardo sua ajuda em relacao aos suplementos naturais, pq em relacao a maconha sinto eu q ja esta resolvido. obrigado e parabens pela iniciativa de ajudar as pessoas de graca.

  • Larissa

    O uso contínuo de cigarros de maconha traz problemas seríssimos sim! Câncer de boca é um deles, depressão e esquizofrenia, fora a tal da bipolaridade tão comentada ultimamente. Infecção nos pulmões, sinusite, alergias em geral. Quem não acredita nesses estudos científicos aguardem e sentirão! É sério isso daqui. Gostei muito das informações, mandei o link para várias pessoas! Mais uma vez, fiquei fã do blog! :)

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Michel,
    Não encontrei nenhum relato específico sobre isso. À princípio não há interações conhecidas. MAs volto a afirmar, o Roacutae é uma droga chata, com vários efeitos colaterais. Quanto menos interações vc puder associar melhor.

  • Anonymous

    Opa Dr.

    ja fumei durante o tratamento
    costumo fumar pouco, raramente
    Nao senti nenhum efeito diferente

    A minha duvida seria em relação a maconha cortar o efeito do remédio
    no seu combate a acne.

    Sobre cigarros normais sei que nao tem problema em fumar durante o tratamento.

    Espero resposta
    Um abraço
    Michel

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Eduardo,
    Não cosegui acessar o endereço que vc mandou. Pelo menos durante este final de semana a página estva fora do ar.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Michel,
    Não encontrei nenhum trabalho que relatasse especificamente alguma interação. Porém é bom lembrar que as duas drogas apresentam efeitos colateraias psquiátricos e uma pode excerbar o efeito da outro.

    Não acho que seja a melhor opção

  • Anonymous

    Dr.
    Muito bom o Blog!
    Uma duvida, fasso uso de Isotretinoína oral(roacutan) tratamento para acne. gostaria de saber se fumar maconha interfere no tratamento.
    Quero muito saber

    Obrigado e parabéns!
    Michel

  • Eduardo – São Paulo

    Gostei bastante do que li, mas tenho pesquisado sobre os efeitos da maconha e vejo que esta questão transita mais no campo das paixões que no da ciência, o que é uma pena. Há os que defendem o uso, e escavam argumentos para tal, igualmente os que condenam. Criou-se uma (pseudo)ciência passional.
    Estou pesquisando porque sou usuário a muitos anos (pode colocar uns 17 anos aí), e faz uma semana que decidi parar. Gostaria de falar sobre essa experiência. Tenho crescido muito profissionalmente e assumidos muitas responsabilidades, o que faz com que a maconha seja uma barreira para esse desenvolvimento.
    Ja saí de um vício de cocaína (muito difícil) e de cigarro (ainda mais difícil). Perto destes o da maconha tá moleza. Ainda hoje um amigo fumou um baseado na minha frente e eu nem cogitei um pega. Lógico que sinto uma vontade, mas ta dando pra segurar tranqüilamente. Porém já faz uns 5 anos que estou querendo parar e não tomo a iniciativa, o que prova que não é tão fácil assim.
    Pela minha experiência, maconha é muito legal, mas atrapalha sua vida. Viver sob o efeito da maconha (full time), como tenho vivido, não me parece uma boa, mas quem sou eu para falar sobre qual caminho uma pessoa deve seguir. Faça sua escolha, mas não engane a você mesmo fingindo que maconha é uma maravilha, não é. Tem um preço.

    Para o doutor gostaria de perguntar sobre as afirmações desse site, elas parecem bem mais graves do que as que eu li aí a cima. São verídicas?
    Segue o link
    http://www.professorrafaelporcari.hpgvip.com.br/006efeitosnocivosdamaconha.html

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lucas,
    Ganhar peso não vai mudar nada. Te explicaram mal. O biotipo da pessoa magra e alta é que é mais propenso a fazer pneumotórax espontâneo. É pela conformação do seu tórax e pulmões. Engordar não muda nada. Eu tb tenho esse biotipo, mas nunca tive pneumotórax. Não é por aí.

    Algumas pessoas com esse biotipo nascem com pequenas bolhas na pleura que ao se romperem podem causar o pneumotórax. O fumo como causa irritação dos pulmões favorece esse rompimento.

    Parar de fumar é meio caminho andado.

  • lucas

    pois é Dr., era o que eu pensava.Eu li o seu texto sobre pneumotorax porque meu pai pesquisou sobre isso enquanto eu estava no hospital e me mostrou depois.Queria pedir uma ultima explicaçao relacionando o ganho de peso para evitar futuros pneumotorax,já que os que tive entao tem a ver com meu peso(ja estou ganhando mais) e fumo(ja parado).

    abraço e agradecido desde já, Lucas.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lucas,
    Tenho um texto sobre pneumotórx, vc já o leu
    http://www.mdsaude.com/2008/09/pneumotrax.html

    O seu pneumotórax foi espontâneo, e o seu porte físico é o mais comum em caos como esse. Porém, qualquer tipo de fumo, seja cigarro, charuto, maconha etc… favore o aparecimento de bolhas que podem estourar e causar o pneumotórax.

    A associação entre pneumotóroax e fumo é antiga e plenamente estabelecida.

  • lucas

    Olá, parabéns pelo blog que é realmente muito bem feito e esclarecedor.

    Queria ter certeza de algo que já venho pensando a respeito do uso da maconha.Eu fui usuário por 3 anos, fumava uns 3 baseados por dia e tive um pneumotorax ano passado onde disseram que nao era pelo uso da maconha, e sim pelo meu porte físico por ser alto e magro.Esse ano tive de novo e precisei fazer uma microcirurgia.do primeiro pneumotorax me recuperei sem cirurgia ou drenagem,mas continuei fumando.Agora devido ao segundo parei de vez mesmo.E mesmo assim converso com meus médicos pra ver se foi do uso da maconha e eles dizem que foi expontâneo do meu porte físico como escrevi.Creio eu que tenha sido por causa do uso si, já que nunca tive outra doença pulmonar ou algo relacionado.Queria a confirmação de algum especialista para tirar realmente essa dúvida.

    Obrigado desde já, Lucas.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Rosany,
    Existem várias associações que tratam dependentes químicos. São grupos semelhantes aos alcoólicos anônimos.

    Porém, ele sendo maior de idade, é preciso que ele se conscientize do problema e queira procurar ajuda. Não há como obrigá-lo a ser tratar se ele não quiser.

    O que não adianta é entrar em conflito. Se ele usa drogas, principlamente injetáveis, ele deve ser tratado como uma pessoa doente, pois é isso que ele é.

    Essas associações têm pessoas para te orientar a como lidar com o caso e te ajudar a ajudá-lo.

  • Rosany

    Doutor por favor me ajude!!
    sou casada a 27 anos
    descobri que meu esposo é usuario de maconha mas quando meu filho tinha 2 meses meu esposo estava com hepatite B hoje meu filho tem 24 anos de idade
    achei bituca de cigarro de maconha no bolso dele e tb descobri que ele usava drogas ingetaveis ele me disse que não usa mais somente a maconha!!estou com medo o que devo fazer a respeito a minha convivencia com ele anda pessima depois que descobri tudo devo deixar ele?ja dei conselhos para deixar a droga mas não adianta ele fuma mais de 3 x ao dia agora ja nem sei se usa outros tipos de drogas poderia me ajudar obrigada.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Fábio,
    Não me lembro de ter vetado nenhum comentário seu. E se o fiz, era porque estava fora das regras.

  • vitor

    kkkkkkkkkkkkk esse fabio é um coméédia….mais um maconherozinho que se acha um pensador a frente da sociedade(é típico deles)..kkkkk fumei um ano…tempo perdido…macoonha é pra MULEKE, MULEKE……em vez de fica fumano igual um babaaca vai lê e se informar das coisas rapá….ta de parabéns Dr.

  • fabio

    Desconhecia o vaporizador, e não divulga mais os meus comentarios…
    Depois o arrogante, desinformado e sem capacidade de argumentação sou eu…
    Lamentavelmente…

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Binho, Vou procurar me informar.
    Não conhecia isso.

  • binho

    que senhopr tem a falar sobre o vaporizador

  • binho

    bom dia dr. pedro sou usuario e particupei de uma espreiencia muito boa usamos um vaporisador para volatizar o thc a 250º onde ficou no recipiente a belota desidretada e o balão não tinha cheiro da bagas será que o fato de não ter a carbonização e não ter o calor de 350º fazendo com que a fumaça tenha menos alcatrão por exemplo.
    a sensação foi uma delicia e o sabor de belotas nõ de bagas.

  • ana

    doutor parabéns por sua resposta ao usuário iluminado!!! tb sou da área da saúde e concordo em td… seria interessante levar os usuários de drogas pra ver um programa de reabilitação de doenças pulmonares ou ainda levar aos que consomem álcool a uma enfermaria de pacientes vítimas de acidentes automoblisticos e deixarem q os mesmo passem só um dia cuidando desses doentes… um forte abraço…

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Fábio,
    O problema é que não se faz ciência na base da opinião, ainda mais quando a pessoa tem interesse em que sua opinião seja a correta.

    Ainda bem que o criador foi bom com você. Mas isso não tem nada a ver com mídia. Eu não estou escrevendo o que a Globo ou a Veja dizem. Estou escrevendo resultados de vários trabalhos científicos, publicado em vários países nos últimos 30 anos. Não sei que revista famosa é essa que vc anda lendo, mas com certeza eu não usei ela como referÊncia.

    Se vc acha que a comunidade científica toda mente e tem rabo preso com a industria do tabaco, é um direito seu. Mas aí eu começo a discordar que o criador tenha sido tão bom assim contigo.

    Você é médico? Quantos doentes com síndrome de Guillain-Barré vc já viu? Quantos doentes com sindrome nefrótica? Quantos com Lúpus? E com purpura trombocitopênica idiopática? Então pelo seu raciocínio, se vc não vê um monte deles por aí, é pq essas doenças não existem.

    O cigarro pode dar uma doença chamada de Tromboangiíte Obliterante. Vc já viu algum fumante com isso? Ah não? então essa complicação já pode ser cortada dos livros de medicina. Afinal de contas, nem vc, nem seus amigos fumantes já tiveram ela.

    Aliás, imagino que vc deva visitar hospitais todos os dias para dizer que é raro haver “maconheiros” doentes.

    E se eu te disser que já tive mais de um doente hipertenso que só conseguiu controlar os níveis pressóricos após diminuir sensivelmente o uso da maconha? Vc deve estar pensando que eu estou mentindo ou então sou ligado a indústria do tabaco. Não é esta sua lógica?

    Vc podia ao menos ler os comentários de outros usuários, por sinal bem mais educados, e notar quantos deles referem ter os sintomas que eu descrevo no texto. Vc diz que não se escuta os usuários, mas aqui há vários relatos.

    E até onde eu sei, os trabalhos científicos sobre maconha só pdoem ser feitos com os chamados “maconheiros”. E boa parte deles são baseados em sintomas descritos pelos próprios.
    Acho que podemos dizer que os usuários não só são ouvidos, como examinados e avaliados com exames complementares.

    O mais engraçado é que vc afirma que tudo é besteira mas não apresenta nenhuma evidência para dar um mínimo de suporte aos seus argumentos.

    - Ah… mas em mim e nos meus amigos nada disso acontece. Então tudo que está publicado é mentira.

    Vc poderia ser oferecer para a ciÊncia, afinal de contas, é só usar uma droga em vc e ver o que acontece. Se tal sintoma não ocorrer em vc é pq não vai acontecer com mais ninguém, porque vc é um ilumindado por Deus.

    Eu tive um tio-avô que fumou até os 80 anos e morreu por um acidente de carro. Pela sua lógica ele poderia então afirmar que cigarro não causa câncer, infarto, AVC…

    Se vc acha que queimar um monte de substÂncias químicas e jogar a fumaça para dentro do seu pulmão é saudável, problema seu. Se vc lê um artigo baseado em estudos e se irrita pq eles não refletem a sua opinião pré-formada, problema seu. Se vc acha que existe um complô da comunidade científica mundial contra a maconha, problema seu.

    Mas não venha aqui desrespeitar quem quer trazer um pouco de informação à um assunto que não é tratado como deveria. E não é só por culpa dos conservadores, mas também de usuários arrogantes e com pouca capacidade de argumentação como vc.

  • fabio

    Engraçado…
    O doutor disse que a maconha causa impotencia, mas há registros do seu uso como remédio pra impotência.
    Falou tambem que a maconha aumenta a pressão arterial, dificil acreditar uma vez que a maconha é vasodilatador. Eu mesmo as vezes fumo um e minha pressão fica até baixa demais.
    Bom, se maconha fosse tão ruim como vc escreveu aí, eu iria ver um monte de maconheiros doentes, e, isso é a coisa mais dificil de se ver, um maconheiro doente…
    Agora dentre todas as besteiras que vc disse, a pior que maconha causa ginecomastia. Acho que isso remete aquela época em que os americanos tinham mais medo da maconha doque do próprio capeta !!!
    lembro que saiu numa revista famosa que maconha fazia crescer seios em homens, inclusive aparecia a foto de um cara de bigode com uma tarja preta nos olhos com 2 belos seios… Pronto !!! Basta agora os travestis pararem de tomar hormônio e fumarem maconha que ficarão peitudinhos…
    Aff… ainda bem que o Deus criador me deu uma cabeça muito boa que não deixa eu acreditar em 95% doque a mídia diz.
    Quer saber qual é o principal problema relacionado a maconha????????? É o fato de ninguem escutar oque os maconheiros tem a dizer !!!
    Pesquisas são compradas, manipuladas, corrompidas… tudo devido aos interesses da indústria farmaceutica e da industria de tabaco e bebidas.
    E, num meio tão controverso, os maconheiros ficam entregues a própria sorte…
    Ainda bem que a maconha não é nada doque dizem por aí, senão iriamos precisar de muito mais que sorte !!!
    Enquanto isso… fogo na babilônia !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Não. O máximo que eu já vi relatado foram 60 dias.

  • Anonymous

    a ok Dr. ouvi falar que para sair do sangue demora 6 meses quer dizer que não é tudo isso não? muito obrigado. Ass: Thiago.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Thiago,
    Como vc usava maconha diariamente, pode ser que demore por volta de 30a 40 dias.

  • Anonymous

    olá Dr. exelente esclarecimento sobre a maconha, fumei 1 ano e meio todos os dias e faz duas semanas que eu parei(consegui parar numa boa e estou me sentindo muito bem), agora gostaria de saber quando meu organismo (sangue e urina) ficara livre da presença do THC.. nao vou ter de fazer exame nenhum , só gostaria de saber quanto tempo leva para meu sangue ficar 100% livre…Obrigado….Ass: Thiago Sales.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Juliana,
    Não existe como enganar o exame. Dependendo da quantidade e da frequência com que fumas, o THC pode ficar detectável por muitos dias.
    Em geral após 5 dias 90% do THC já foi eliminado, mas se vc fuma muito, ele pode ainda ser detectado por algumas semanas na sua urina.

  • Anonymous

    Anônimo disse…
    Olá, fumo maconha diariamente e acabei de descobrir que terei q fazer um exame toxicologico admissional. O exame está marcado para segunda feira e a ultima vez que fumei foi na madrugada de segunda para terça. Sei q nao eh uma pergunta politicamente correta, mas gostaria de saber se existe algum meio de passar por esse exame (de urina) sem ser pega. AGradeceria muito a ajuda.

    Ass: Juliana

  • http://www.blogger.com/profile/00657162460469105058 gabhriel

    Gabhriel….. Doutores eu fumo maconha desdo meus 12 anos e tenhu apenas 18 so novo mais fumo a tempos fiz 1ano e meio de tratamento ante drogas naum adianto nada fiquei esse tempo sem fuma e logo que sai do tratamento fumei logo em seguida… alguns efeitos sao dados conforme o sistema nervoso e do piscologico da pessoa. Efeitos cardiacos sao mais provaveis da em pessoas que jah tem tendência a ter problemas no coraçao eu concordo com os efeitos no pulmao por causa da fumaça e o excesso de THC no organismo quanto a testosterona eu continuo com toda corda nas minhas atividades sexuais …. Eu sei que agora a maconha naum ira me fazer mal imediatamente ;…. Eu acho que os efeitos colaterais vem surgindo com o tempo …Gostei do blog um Abraço

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Fernando,
    Eu não estou aqui para ficar dando lição de moral. Cada um tem sua consciência e, contanto que não prejudique ninguém, faz o que bem entender da vida. Eu não tenho nada com isso.

    Qualquer quantidade faz mal. Obviamente que quanto mais vc fumar, mas riscos sofre. Viciar ou não é muito individual, tem gente que fuma muito e consegue parar sem dificuldades e tem gente que quase não fuma mas não consegue interromper de vez

    abs

  • fernando

    Dr. eu sei que é errado mas eu e meusamigos queremosesprementar algo diferente intaum resolvemos fumar maconha e eu queria saber se pra fumar maconha é do mesmo jeito que fumar cigarro.

    e.. se fumar tipo umas 4 vezes por mês fais mal e vicia.

    obs:por favor me responda e ñ me diga que estou errado ou coisa assim.

    obrigado deide já…

    abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Pri,

    Como eu disse, todos os dados são baseados em trabalhos científicos, publicados na literatura mundial.

    Um deles inclusive (nº3) é um trabalho que saiu na New England Journal of medicine, que é a revista de medicina mais importante do mundo.

    Se vc souber inglês, as referências estão aqui:

    1.) Respiratory symptoms and lung function in habitual heavy smokers of marijuana alone, smokers of marijuana and tobacco, smokers of tobacco alone, and nonsmokers.

    Tashkin DP; Coulson AH; Clark VA; Simmons M; Bourque LB; Duann S; Spivey GH; Gong H

    Am Rev Respir Dis 1987 Jan;135(1):209-16.

    2.) Tracheobronchial changes in habitual, heavy smokers of marijuana with and without tobacco.

    Gong H Jr; Fligiel S; Tashkin DP; Barbers RG

    Am Rev Respir Dis 1987 Jul;136(1):142-9.

    3.) Pulmonary hazards of smoking marijuana as compared with tobacco.

    Wu TC; Tashkin DP; Djahed B; Rose JE

    N Engl J Med 1988 Feb 11;318(6):347-51.

    abraços

  • Pri

    Dr. Pedro, tens certeza que esse dado sobre um cigarro de maconha corresponde a 20 cigarros por dia (uma carteira inteira)? Qual a fonte segura que lhe fornesse essa informação? Isso é em relação a uma maconha “pura”(plantada em casa) ou as maconhas encontradas nas ruas? Obrigada.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Paulo,
    A diferença entre inalação e ingestão é que neste último os efeitos demoram mais a surgir e também a desaparecer. Comendo é possível consumir quantidades maiores de THC do que fumando

    Há uns 3 ou 4 anos houve um caso no Rio de Janeiro de intoxicação aguda por THC oral em uma festa onde o rapaz precisou ficar internado por 3 semanas devido a um quadro de surto psicótico. Ele teve níveis elevadíssimos de THC no sangue por vários dias.

  • Anonymous

    Parabéns por ser mente aberta Doutor! Quisera eu que todos fossem assim.

    - Sou pró, porém admito que faz mal para saúde. Nunca encher os pulmões de fumaça será algo saudável. Você tem que usar e admitir que está prejudicando sua saúde e tomar algumas medidas como praticar esportes, alimentar-se direito e ingerir muita vitamina C para redução dos radicais livres causadores do câncer. (Eu particularmente tomo Chá Verde duas vezes ao dia).

    - Aproveitando, qual o risco da maconha cultivada ingerida? (Nem leve as de morro em conta porque estas estão cheias de amônia).

    - A abstinência existe sim, porém se extingüe em 3 dias, conhecimento empírico e incontestável, quem nunca usou não vai saber exatamente como é. Façam o teste. É dor de cabeça, falta de apetite, ansiedade, náuseas e insônia. É o efeito rebote, tudo que a maconha te deu (apetite, sono, etc.) deixará uma lacuna no seu organismo. Passados os 3 dias a dependência será absolutamente psicológica: querer ficar relaxado, querer “pirar”, querer sentir o gosto das coisas. Isto realmente dá saudades.

    -O cigarro e o álcool são portas para a maconha (porém existem pessoas que nunca usaram os outros 2 e foram direto). Então antes de mais nada, o ÁLCOOL e o CIGARRO são portas para as outras drogas. Sem essa visão cretina e bitolada de que a culpa de tudo no mundo é da maconha.

    -Eu uso maconha e prejudico minha saúde, isso é problema meu. Eu uso maconha e vou dirigir meu carro, isso é problema de todos. Uso consciente acima de tudo.

    -Maconha é uma das poucas drogas que não deixa o usuário violento. Você nunca verá um chapado brigando em festas ou quebrando as coisas. Dê álcool e cocaína e você verá violência. Talvez seja porque a maconha reduz a testosterona.

    -Se você já é uma pessoa deprimida, não use maconha. Espere estar de bem com a vida para fazê-lo. A tendência de querer viver no “mundo dos pensamentos” o tempo todo é muito grande. Use a maconha para refletir sobre os seus problemas e não fugir deles.

    -Fernando Gabeira não deixou de atingir suas conquistas profissionais e acadêmicas por causa de maconha e ele é só um de vários. Uso consciente. Não passe o dia inteiro “high”. É a mesma coisa que passar o dia todo bebendo álcool, sua vida vira uma merda.

    Por hora é só isso. Abraços.

    Paulo

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Anderson,
    Existem psiquiatras especializados em tratar vícios.

    Vc pode também ligar para o CRM local e pedir informações.

  • Anderson-são paulo

    Em relação a liberação sou a favor porque assim como o cigarro o governo alem de arrecadar imposto controlar a dosagem também poderia desmistificar a falsa impressão que a maconha faz menos mal que o cigarro,porque até hoje eu também tinha essa falsa impressão 3 cigarros de maconha fazem o efeito de 20 cigarros de tabaco vixi então eu to fodido mesmo rsrsrs,será que existe os maconheiros anonimos…rsrsr

  • Anderson-São Paulo

    Obrigado doutor pela informação, já havia lido algumas coisas sobre a maconha mais no seu blog tem informções que eu não sabia principalmente que a maconha vicia e também que demora tanto para sair do organismo estou fazendo a maior força para parar de fumar depois do que li mudou meu jeito de pensar e espero que ajude outras pessoas porque para muitas pessoas que fumam veem a maconha como uma droga inocente e realmente não e bem assim ,fumo a quase 15 anos e agora estou vendo que não e uma droga inocente porque estou com todos os sintomas que vc relacionou. Qual a ajuda que poderia procurar para parar de fumar já que a maioria acha que a maconha não faz mal?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Anderson,
    Sim. Tanto a maconha quanto o cigarro podem atrapalhar o efeito de remédios para a pressão.

    O melhor é vc abrir o jogo para o seu médico. O objetivo dele é te tratar e não julgar seus atos. Não precisa ter vergonha. O importante é controlar sua pressão e impedir que vc venha a ter problemas de saúde futuramente.

    abs

  • Anderson- São Paulo

    Obrigado e ate aproxima!!!

  • Anonymous

    Meu unico vicio e a maconha não bebo e nem uso outras drogas será que terei que a me separar da maconha definitivamente????

  • Anderson São Paulo

    Boa tarde doutor Pedro primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelas informações prestadas, sou usuario de maconha a muito tempo sempre fiz exames periodocos e a mais ou menos 2 meses venho tendo problemas de pressão alta e o medico me receitou um remedio para pressão mais continuo fumando e fiquei com vergonha de perguntar isso a ele parece que o remedio não esta fazendo mais efeito isso pode ser relacionado á maconha e o thc tira o efeito de medicamentos? fumo todos os dias!!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Em todo exame de sangue e urina só se dosa o que é solicitado pelo médico. Não se pede dosagem de THC em exames comuns adimissionais.

    Até onde eu sei, é proibido fazer este tipo de doseamento sem autorização do paciente.

    Provavelemente vc deve ter tido em mãos a lista dos exames pedidos. Se não constava nada sobre doseamento de THC, então isto não foi feito.

    ………….
    Por favor solicito que sempre se identifiquem. Mensagens anônimas poderão ser apagadas. Leiam as regras antes de comentar.

  • Dúvida

    Olá Dr. os exames convencionais de sangue e urina, apontam a presença do THC, pois fiz uso eventual de maconha e dois dias após fiz um exame admissional para uma empresa pública, qual a base legal para ser fazer um exame que conste a presença de THC.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Rafael,
    Se for pela maconha, o único tratamento é parar com a droga.

    Falta de memória em jovens (admitindo que vc é um jovem), está relacionada a consumo de drogas e bebidas além de estresse e sono de má qualidade.

    Não existe um remédio específico neste caso.

  • Rafael Ruhoff

    Dr. minha memória também é um caos… Você saberia um bom remédio para memória?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Rafael,
    O problema é que vc está fumando muito. 3x por dia é muita coisa.
    O ideal é parar de vez, mas se vc diminuir bastante, algo tipo 1 ou 2x por semana pode ser que já note alguma melhora. Do jeito que está, vc fica sob efeito da maconha praticamente durante 24 por dia, 7 dias por semana.

    Agora na boa, se vc fuma tanto e já está tendo esses efeitos colaterais seria interessante procurar ajuda de um psiquiatra acostumado a lidar com dependÊncia química. Os seus sintomas podem piorar e isso pode começar a prejudicar sua vida social e profissional.

    abs

  • Rafael Ruhoff

    Não mencionei acima, queria falar que faço o uso umas 3 vezes por dia, não só na hora de dormir…

  • Rafael Ruhoff

    E ai dr, blz?..
    aqui, estava lendo o texto, que por sinal achei super interessante. Estou com uma dúvida. Sou usuário, fumo há 3 anos mais ou menos… só que pra mim, é difícil parar, sempre tento e não consigo, sempre fumo um antes de dormir.. Eu reparei que estou com alguns sintomas mencionado no texto, como: ansiedade, perda de memória, agressividade, paranóia e principalmente pensamentos míticos.. hahahaha.. Se eu diminuir o consumo, continuará a mesma coisa? ou eu teria que parar definitivamente pra voltar ao normal?… Desde já agradeço!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Joana,
    DE JEITO NENHUM !

    LES é uma doença muito séria e que pode se descontrolar a qualquer momento. VC deve procurar ter a vida mais saudável possível.

    Te garanto que não vale o rsico

    abs

  • Joana

    Joana. Rio Grande do sul.
    Bom, vou direto ao assunto. Sou portadora de LES, e estou na fase de surto e em tratamento. Tenho algumas duvidas que nao consigo perguntar ao meu medico.. por vergonha ;)
    eu posso usar drogas (incluindo alucinogenos (LSD, maconha), depressores(alcool) e estimulantes (anfetaminas, tabaco)). há tenho tenho o LES diagnosticado e controlado.. desde os 14 anos.. e somente 5 anos depois vim a ter o surto.. e sempre consumi tudo com limites..
    obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/14667503718049406821 Eric

    vlws =]] reduzi bastante mais ficar sem fumar é foda :P

    dica para homens parar de fumar: arrumen uma namorada que não fuma ;) meu caso =]]

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Eric,
    Menos do que quando fumava diariamente e mais do que se não fumasse nuca.

    Mas é claro que agora está muito melhor.

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/14667503718049406821 Eric

    doutor… eu praticava o uso da maconha todos os dias :X mais agora pratico no maximo 3 veses por mes… usando ela 3 veses por mes, estou me prejudicando muiito ? obrigado ;)

  • binho

    sou presidente de uma entidade que divuga politicas de redução de danos e gostei muito dos debates e das informação passadas

  • binho

    acredito que tudas as pessoas denvem dispor livremente do seu corpo e sua mente.
    “a diferença do remedio pro veneno é a dose”
    walter,associação de usuario eoutras drogas de pernambuco (Se Liga).

  • Anonymous

    O arnold de que falaram usava hormônio do crescimento, por isso que a pequena diminuição de testosterona não afetava seus músculos, além de que, quem treina tem aumentada a sua produção.

  • Anonymous

    Existem várias plantas que são venenosas. Ah, e essas plantas tb são naturais. Mas são venenos. Quem tem o argumento de que o q é natural, é bom, deveria comê-las só pra ver no que é que dá. Cada besteira pra justificar o vício que a gente ouve…

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Pode-se facilmente dosar o THC na urina.

    Por favor, solicito a todos que perguntem como anônimo que assinem os comentários.

  • Anonymous

    existe algum exame de sangue que comprove o uso da maconha ou outras drogas,pois meu filho tem as vezes estes sintomas eu gostaria de ter certeza se ele é usuario ou .grato.

  • Márcia Gonçalves

    O problema é que, assim como eu muitos outros usuários tem noção desses problemas ai. Bem como dos seus benefícios à saúde (como muito se fala e usa em defesa da erva). Mas, mesmo assim queremos usar. E, eu até concordo em partes com o texto porque em outras tenho uma visão um pouco diferente das apresentadas.

    1)Tenho minhas dúvidas sobre a eficácia da proibição da maconha sobre o seu consumo. Qualquer pessoa que tenha contato com jovens sabe que o seu consumo é altíssimo em qualquer classe social. Talvez a legalização transformaria um problema policial em um problema médico, com os recursos dos impostos cobrados sobre sua venda voltados para a saúde.

    Uma idéia. Ruim? Não sei não experimentei. É um começo de um país pensante. Acredito. Finalmente veremos na pratica a finalidade dos impostos! Agora, eu não tenho mais duvidas quanto à legalização. Tenho plena certeza de que ela deve ser realizada sim. Como você disse é fato que jovens de todas as classes sociais usam a maconha, proibi-la e simplesmente proibi-la é uma ignorância. Acredito que o governo simplesmente não quer olhar a questão de frente e debate-la. Não existe o interesse em informar o povo. Educa-los sobre as drogas, ou sobre a [Cannabis Sativa – não a maconha pop] que é antes de tudo uma simples planta antes de tudo… Com efeitos psciotivos. É preciso antes de a repressão haver que haja a educação e informação sobre as coisas para que, uma vez cobertos pelo conhecimento sobre “as plantas com tais efeitos” cada um possa tomar sua própria decisão sobre o que lhe é ou não prejudicial sem interferências. Não dizem que sua cabeça é seu guia? Coloquemos ao invés de só citar em pratica essa idéia. Abandonemos a alienação disfarçada de democracia.

    Essa questão da legalização esbarra em questões muito mais profundas que o simples moralismo imposto pela sociedade. Ai quando a gente passa a analisar desse lado, a gente pensa: Ah, mais na Holanda legalizou porque lá o povo é mais “letrado” mais critico e bla bla bla… Pois é. Esquece-se que, só o fato de não haver uma discussão séria sobre a liberação da maconha ou a continuação da proibição e ao invés disso simplesmente barrarem uma manifestação (direito previsto em lei) já inflige o direito dos cidadãos interessados na questão de exercer seu livre arbítrio, mas porque não pensam nisso??? Porque antes de nós não podermos realizar as manifestações “os seguidores dos opressores”, foram privados da educação e conscientização de seus direitos e deveres, e por isso não reconhecem no outro o seu próprio direito reprimido pelo Estado. Eles acham que o certo é o Estado opressor que tiram deles mesmos o direito de saber dos seus próprios direitos. Afinal de contas, fere a moral do povo que sem conhecimento nem desconfia que eles mesmos estejam desprovidos dessa moral que paira no ar “segundo as autoridades”.

    2)O mais importante é saber que alterações de concentração, dos reflexos e da performance motora podem durar até 24h, muito tempo depois do fim da sensação de estar “alto”. Os efeitos da maconha consumida na noite anterior podem estar presentes nos usuários que vão dirigir ou trabalhar no dia seguinte.

    Para a venda e compra legalizada já existem dois modelos que seriam seguidos:
    A primeira solução seria o monopólio estatal onde o governo planta e fornece a droga, assim mantendo um controle maior sobre o uso. Ou a segunda, que o governo simplesmente ditaria as regras. Ai no caso decidiria por sua vez: a composição química exigida, a proibição para menores de idade e proibição para fumar e dirigir. Cobrar os impostos (que seriam altos) para evitar que o preço caia demais com o fim do trafico ilegal e assim, a iniciativa privada assumiria os lucros da venda. Já a segunda prevê que o governo simplesmente ditaria as regras. Ai no caso decidiria por sua vez a composição química exigida, a proibição para menores de idade e proibição para fumar e dirigir. Cobrar os impostos (que seriam altos) para evitar que o preço caia demais com o fim do trafico ilegal e assim a iniciativa privada assumiria os lucros da venda. Mais um terceiro modelo muito defendido pelos maconheiros: O plantio. Eficazes? Não sei por que não “experimentei”.

    Obs.: Não compartilho dessa ideologia de que o tráfico vai acabar definitivamente e nem sei se dará certo tais projetos, mas são idéias que infelizmente não são discutidas corretamente por isso ainda tenho duvidas quanto à eficácia.

    Então, agora me diz quando é que eu vou ter sossego pra atravessar uma faixa de pedestre? Porque quando o cara ta “sóbrio” ele não para, não sei por que, mas suspeito de falta de educação, estresse… E eu como ando sempre muito “sussa” tenho medo desse simples ato de atravessar uma pista, sei lá, e se ele acaba de receber o salário do mês, né? Olha, essa questão de sobriedade é muito relativa. Vejam vocês que um dia desses, num jogo desses de futebol que eu não sei qual foi porque não acompanhei, minha mãe viu um pai com uma criança de mais ou menos 2 anos de idade (não tinha certeza) num estádio de futebol. Pois é.

    3)Ao contrário do que algumas correntes divulgam, a maconha causa dependência, sim. Além disso, usuários pesados apresentam síndrome de abstinência quando interrompem o seu uso crônico. Os sintomas podem durar semanas e incluem insônia, depressão, náuseas, agressividade, anorexia e tremores.

    E o cara que mata sóbrio? Por quê? Pra que? Ah, sei lá, amor? O que falta pra esse sujeito? Uma boa aula de direitos humanos talvez? Mais quem vai ensinar é você?… Insônia? Depressão? Náuseas? Agressividade? Anorexia? Tremores? Ah, relaxa. Isso o capitalismo, as modelos cultuadas do tipo, Gisele Bundchen, as imagens chocantes da novela da Recorde (que só querem retratar a realidade), os terremotos no Japão, o medo da violência por falta de segurança e respeito do governo, a gravidez ou a “Sobridez” dentro desse mundo drogado dão conta.

    4)Outro dado pouco divulgado é que a maconha possui 4x mais alcatrão e 50% mais substâncias carcinogênicas que o cigarro. Além de ser fumado sem filtro, o que causa uma maior inalação de partículas irritatórias para as vias aéreas e pulmões. O consumo de 3 cigarros de maconha parece equivaler ao de 20 cigarros comuns.

    Pois é. Parece equivaler não é suficiente. E isso só se confirma aqui, oh:
    Mas apesar de todos os riscos (teóricos) devido a todas as dificuldades descritos acima, ainda não há um grande trabalho científico que mostre inequivocamente a relação entre câncer e consumo de maconha. É muito difícil conseguir um número grande de fumadores apenas de maconha, que mantenham o hábito durante muito tempo e que se disponham a participar de estudos. Lembrando que se trata de droga ilícita, o que dificulta também a realização dos trabalhos.

    Eu sugiro numa boa que depois que tal estudo for realizado com eficácia que sejam expostos os dados, a informação correta e não a especulação como muito eu tenho visto em textos sobre o assunto. Sensacionalismo a essa altura do campeonato?! Apelou perdeu!!! Sabe, acho legal falar de fatos. Que tal falarmos sobre o que realmente sabemos?

    5)A grande diferença é que a maioria das pessoas usa a maconha em menores quantidades e normalmente abandonam o hábito com a idade. Como o consumo concomitante de cigarro é extremamente comum, é muito difícil de se estabelecer a magnitude dos riscos do uso só da maconha.

    Concordo. Muitas vezes quem fuma THC (Tetraidrocanabinol – principal substancia psicoativa da Cannabis Sativa) fuma Tabaco (nicotina – liquido de cor amarela com cheiro desagradável e venenoso, que constitui o princípio ativo do tabaco) ou bebe bebida alcoólica. Portanto, é difícil estabelecer a magnitude dos riscos da maconha. E será que existe mesmo o real interesse em estudar a vida de um maconheiro? Ajuda-lo e informa-lo? Não querem sequer discutir o problema. O que interessa é marginalizá-lo, negar seus direitos e exigir dele um voto. Não se libera, não se descriminaliza a erva e nem se estuda realmente a fundo os reais efeitos dela na vida do individuo (e só dela).

    Impressões de uma estudante que fuma.
    Abraços.

  • Dael

    …rs, tem toda razão doutor, imagina se pudessemos comer, tocar cheirar ou fumar tudo que vem da natureza. Aff temos que ser sensatos, eu por exemplo, tenho o hábito de beber regularmente (todos os finais de semana p/ ser mais exato), e não é por isso que devo defender o álcool, ou mesmo a “cana” (que vem da natureza)!
    Conhecimento e reconhecimento, infelizmente, ainda são privilégios de poucos.
    Parabéns pelo blogger Dr, Farei sempre uma visita.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Não é bem assim.

    VocÊ está misturando ciÊncia com religião e opinião pessoal.

    Não é porque algo é erva natural ou vem da natureza que não possa fazer mal. Existem centenas de substâncias presentes na natureza que fazem muito mal. Dou os cogumelos como exemplo. Existem os comestíveis, mas existem aqueles que são tóxicos e podem levar a morte.

    O nosso corpo não diferencia substÂncias naturais ou não, o que importa é o princípio ativo.

  • Anonymous

    A maconha assim como a bebida deve ser consumida com moderação evidentemente!
    Ela é uma erva natural que faltou ser citada no texto…
    O que vem da natureza é vindo de Deus!!
    Maconha usada com moderação e na hora certa so nos traz beneficios jamais nos prejudica !! planet hemp!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Tudo o que está aqui é baseado em estudos científicos publicados em revistas de especializadas. Nada é tirado da minha cabeça.

    Mas estou aberto a críticas. O que exatamente você diz que não corresponde a realidade ?

    Se você tiver rezão, corrigirei o texto sem problemas. O meu objetivo é que os textos sejam sempre o mais científico possível.

  • Anonymous

    oh, nem tudo o que está aqui escrito corresponde á realidade. . .

  • http://terramel.org/ Terramel

    Redução da testosterona eu não sabia. O Arnold Schwarzenegger fumava maconha na época que era fisiculturista O.o

    Sobre o trabalho, existiram também grandes gênios que fumavam maconha, como o Físico Carl Sagan..

    Se 3 cigarros de maconha equivalem a 20 cigarros normais por não terem filtro, então eu estou fudido com meu cigarrinho de palha com fumo goiano ;D

    Abraços
    do Terrinha

  • Sueli – Porto Alegre

    Ótimo blog Dr.Descobri hoje!
    Vou passar sempre por aqui.

    Abraço do sul