Artigo atualizado em 24/07/2013
Share on Google+Share on FacebookTweet about this on Twitter

CIRCUNCISÃO | Riscos e benefícios

Publicidade

A circuncisão é um procedimento cirúrgico no qual se remove o prepúcio, a pele que recobre a glande (cabeça do pênis). Neste texto vamos explicar como e por que é feita a circuncisão, abordando seus riscos e benefícios.

O que é o prepúcio?

O prepúcio é aquela camada de pele retrátil que recobre e protege a glande, conhecida popularmente como cabeça do pênis. Apresenta duas faces, a externa composta de pele comum, e a interna, virada para a glande, que é uma mucosa responsável por manter o pênis hidratado e protegido contra agressões do meio externo.

Circuncisão prepúcio, nos adultos, encobre a glande quando o pênis está flácido, mas se retrai quando o mesmo está ereto. Esta pele que recobre o pênis começa a ser formado já nas primeiras semanas de desenvolvimento do feto. Desde o nascimento até os primeiros anos de vida do homem, o prepúcio encontra-se aderido à glande, um processo chamado de fimose fisiológica. Com o crescimento, a região interna vai se desprendendo gradualmente da glande, até ser totalmente retrátil quando o pênis encontra-se ereto. Não se deve forçar o descolamento do prepúcio nas crianças, pois o mesmo ocorre naturalmente com o passar dos anos.

Pênis circuncidado x pênis não circuncidado

(clique p/ampliar. Atenção: A imagem acima pode ser considerada ofensiva para certas pessoas)

Por que é feita a circuncisão?

A circuncisão é um dos procedimentos cirúrgicos mais antigos da humanidade, havendo relatos da prática entre os egípcios há mais de 15.000 anos como modo de aumentar a higiene masculina e purificar a alma.

A circuncisão, apesar de ser um procedimento cirúrgico, até hoje ainda é feita por questões de tradição e religião, sem que haja indicação médica para tal, como é o caso das circuncisões rotineiras em crianças judias e muçulmanas.

No final do século XIX e início do século XX a circuncisão começou a se tornar um procedimento médico comum, mesmo em famílias sem motivação religiosa. Em alguns países como EUA e Coréia, mais de 80% da população masculina é circuncidada (atenção: o termo circuncisada não existe). É bom deixar claro que, apesar dos conhecidos benefícios – que serão explicados mais à frente -, as principais Sociedades de Pediatria do mundo não recomendam a realização rotineira da circuncisão sem indicação médica.

A circuncisão por indicação médica é normalmente feita nos casos de infecção do pênis (bálano-postite) ou fimose patológica, ou seja, ausência de retratilidade do prepúcio em crianças mais velhas e adolescente. (leia: FIMOSE | PARAFIMOSE).

Benefícios da circuncisão

A circuncisão quando feita na infância apresenta alguns benefícios, entre eles podemos citar:

a.) Redução das infecções urinárias (leia: INFECÇÃO URINÁRIA | CISTITE | Sintomas e Tratamento)

A infecção urinária em homens é incomum, porém, ocorre mais frequentemente em crianças não circuncidadas devido ao favorecimento do crescimento de bactérias nas secreções armazenadas no prepúcio. Obs: O esmegma é uma espécie de muco branco composto por células esfoliadas e gordura que pode se acumular sob o prepúcio.

b.) Redução das infecções do pênis.

A balanite (infecção da glande) e a postite (infecção do prepúcio) também ocorrem menos frequentemente em crianças circuncidadas.

c.) Redução do câncer peniano e do câncer do colo do útero nas parceiras (leia: HPV | CÂNCER DO COLO DO ÚTERO | Sintomas e vacina)

Homens circuncidados apresentam menor risco de terem câncer peniano, todavia, é bom destacar que esta doença também é rara em não circuncidados (cerca de 1 caso a cada 100.000 pessoas). Este beneficio só existe quando a circuncisão é feita ainda na infância. Homens circuncidados após a adolescência não apresentam taxas de menores de câncer peniano.

Além da redução do câncer peniano, parceiras de homens circuncidados, que não apresentam histórico de promiscuidade, apresentam menor taxa de câncer do colo do útero. A explicação parece estar no fato de homens não circuncidados terem maior risco de contaminação e transmissão do HPV.

d.) Redução de DST e HIV

Além do HPV, homens circuncidados apresentam uma menor taxa de contaminação por outras DST, nomeadamente tricomoníase (leia: TRICOMONÍASE | Sintomas e tratamento) e HIV (leia: TRANSMISSÃO DO HIV | Como se pega AIDS?).

Cirurgia de circuncisão

Cirurgia de circuncisão (clique p/ampliar. Atenção: A imagem acima contém fotos que podem ser considerada ofensivos para certas pessoas)

Curiosamente, a circuncisão não apresenta evidencias de proteção contra a gonorreia (leia: GONORREIA | CLAMÍDIA | Sintomas e tratamento) e há dados conflituosos em relação à sífilis (leia: SÍFILIS | SINTOMAS E TRATAMENTO).

Riscos da circuncisão

A circuncisão é um procedimento cirúrgico que, como tal, possui riscos. Todavia, a cirurgia é rápida e simples (dura cerca de 10 minutos) e apresenta taxas de complicações cirúrgicas abaixo de 0,5%. As complicações mais comuns são sangramentos, infecções e insatisfação com o resultado estético.

A circuncisão, como qualquer outra cirurgia, deve ser feita sob anestesia, evitando que a criança ou mesmo o adulto sintam dor durante o procedimento.

Satisfação sexual após circuncisão

A mucosa do prepúcio é muito inervada e contribui para o prazer no ato sexual. Um dos argumentos contra a circuncisão sem indicação médica é o risco de redução da sensibilidade do pênis. Todavia, apesar da lógica por trás desta teoria, o fato é que, na prática, homens circuncidados não apresentam uma satisfação menor com suas vidas sexuais.

Mesmo em homens que se submeteram à circuncisão somente quando adultos e com vida sexual já ativa, não há provas contundentes de que haja mudanças da qualidade da vida sexual dos mesmos. Existem relatos pessoais de diminuição da sensibilidade, porém, existem também trabalhos científicos com grandes grupos que mostram ausência de alterações na qualidade do sexo. É um tema polêmico.

O fato é que a circuncisão feita em crianças, sem indicação médica formal, é atualmente um procedimento que causa controvérsias. Existem grupos contra a circuncisão que apresentam os seguintes argumentos, entre outros:

- A circuncisão causa dor nos recém-nascidos trazendo estresse desnecessário ao bebê.
- O trauma da circuncisão realizada quando bebê é carregado pelo resto da vida, mesmo que o indivíduo não se dê conta disso.
- A circuncisão vai de encontro aos direitos humanos pois mutila um ser incapaz de tomar decisões.

A posição da maioria dos Colégios de Pediatria é de não indicar a circuncisão sem motivo médico claro; entretanto, do mesmo modo, as mesma não contraindicam sua realização por motivos pessoais ou religiosos.

Publicidade
  • HB

    Excelente Blog. Parabéns pela iniciativa e por compartilhar conhecimento com simplicidade e bom humor. Nós, leigos, agradecemos. PARABÉNS.

    Então… Tenho 27 e, por motivo de higiene e prevenção de doenças, meu “parque de diversões” será circunscisado.
    Pelos estes motivos expostos, acha recomendável esta cirurgia pra um heterossexual que tem uma vida mais ativa que o normal ??

  • Anonymous

    Também tenho intenções em circuncisar meu playground…

    Mas a propaganda do sushi no fim do post ficou um tanto qto estranha haha

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @HB
    Acho que é uma decisão pessoal. Vc não tem indicação formal para circuncisão, mas não há problema em querer fazê-la

  • Stanley Estanislau

    Olá Dr.Pedro Pinheiro, gostaria de saber se é possível da queloide no pênis após a circuncisão? pois tenho queloide… e estou afim de fazer a cirurgia.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Stanley Estanislau
    Possível é, mas não é uma cirurgia que costume cursar muito com queloide

  • vitor m

    Meu penis foi circundado na adolescencia,na altura por um problema de um quisto pelvico,mas na verdade é que me senti outra pessoa,posso dizer que gostei.Tornou meu penis mais lindo e mais higienico.

  • Anonymous

    E sobre a prepucioplastia?Seria ótimo um artigo sobre essa cirurgia.

  • Alessandro

    Fui circuncidado aos 21 anos de idade, há mais de 15 anos atrás e percebi uma perda significativa de sensibilidade durante o ato sexual. O que me gerou um trauma que não consegui superar até hoje. Na minha opinião foi retirada muita pele, principalmente na área referente a mucosa (fiquei com uma faixa de aproximadamente 1cm de mucosa), fazendo com que a pele fique demasiadamente esticada com o pênis ereto. Isso também provocou uma redução no tamanho do pênis. Existe algum tipo de tratamento para minimizar o problema?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Só um urologista pode responder essa sua pergunta.

      • Reinaldo54barreto

        Nossa!

  • Alessandro

    Fui circuncidado aos 21 anos de idade, há mais de 15 anos atrás e percebi uma perda significativa de sensibilidade durante o ato sexual. O que me gerou um trauma que não consegui superar até hoje. Na minha opinião foi retirada muita pele, principalmente na área referente a mucosa (fiquei com uma faixa de aproximadamente 1cm de mucosa), fazendo com que a pele fique demasiadamente esticada com o pênis ereto. Isso também provocou uma redução no tamanho do pênis. Existe algum tipo de tratamento para minimizar o problema?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Só um urologista pode responder essa sua pergunta.

  • George

    Pedro, fiz a cirurgia faz uns 4 mêses. Notei que ficou uma roxidão bem leve no prepúcio, junto a marca de pontos, que ficaram muito evidentes. Essa roxidão leve é grave?

  • Jukasc1

    Ola, sou circuncidado e quando meu penis esta ereto e puxo a pele para tras da glande acontece um “esmagamento” da tal  e sinto uma dorzinha, o que poderia ser isso ? será que se eu forçar pode com o tempo esticar a pele ? obrigado!

  • Francinilson

    aos 36 anos me apresentou uma herpes no penis, mas eu não tinha relação sexual fora de casa, foi um grande problema, era costuma passar três meses as vezes menos disso e voltar. o meu urolugista disse se eu fizesse uma girurgia de fimose era diminuiar a frequ~encia de vim, mas ate o m ommento não tive coragem, hoge já tenho 40 anos e vivo com esse problema e as vezes me revolto, o que posso fazer.

  • bruno sousa oliveira

    sou Bruno fiz cirugia de exesso de pele do penis tenho 4 meses que fiz ainda sinto dor e sensibilidade no penis demorei 2 anos pra fazer cirugia isso pode ter afetado a minha cirugia ou isso e normal tou usando uma pomada feita na farmacotecnica neomicina hidrocortisona e lidocaina depois de ter caido todos pontos da cirugia estava bem sem sentir dores depois nao aguentei usar calca jeans eu usei muito Permaganato isso prejudica a cirugia alguem pode me ajudar agradeco a ajuda

    • Valdir

      o pergamato com certeza nao foi, talvez algum ponto esteja  causando esse desconforto.

      • Brunonoisafesta

        o que eu fasso valdir pra melhorar esse desconfortor qual remedio eu uso agradeco a ajuda.

    • Bruno sousa

      bruno e o que eu fasso pra melhorar esse desconforto qual remedio eu uso

  • ???????

    Mulher gosta de homem circuncidado?  Não tenho problemas, mas penso em fazer por quest
    ões de estática, higiene, e por achar que vai melhorar o sexo, alguém pode dizer algo?

  • Wanderson_cba

    Ola, Tenho 17 anos e por ser acima do peso meu pênis não desenvolveu. Atualmente esta com cerca de 8 cm com os recursos pertencentes a medicina atualmente, eu poderia estar resolvendo este problema, fazendo com que fique no tamanho normal? 

  • Bruno sousa

    bruno sousa quanto tempo deve ficar em repouso sem fazer sexo ou mastubar fiz cirugia de excesso de pele do penis quanto todos pontos caiu com quase 2 meses  masturbei isso prejudica a cirugia sinto um pouco de dor no canto da pele do penis qual remedio eu uso e aonde sintor dor foi aonde o ultimo ponto caiu alguem pode me ajudar agradeco qual remedio e bom pra melhorar isso.

  • Bruno sousa oliveira

    qua

  • Bruno sousa oliveira

    sou bruno fiz cirugia de excesso de pele do penis queria saber quanto tempo ficar de repouso sem se mastubar ou fazer sexo eu me masturbei quando caiu todos os pontos com quase 2 meses  sinto dor no canto do penis aonde caui o ultimo ponto da cirugia o que fasso qual um bom remedio que voce pode me indicar

  • Bruno sousa oliveira

    sou bruno  fiz cirugia de excesso de pele do penis me masturbei com quase 2 meses sintor dor no canto do penis aonde o ultimo ponto caiu pelo fato de masturbar pode ter prejudicado minha cirugia alguem pode me indicar algum remedio alguma pomada quem pode me ajudar agradeco.

  • Jukasc1

    Ola, sou circuncidado e quando meu penis esta ereto e puxo a pele para tras da glande acontece um “esmagamento” da tal  e sinto uma dorzinha, o que poderia ser isso ? será que se eu forçar pode com o tempo esticar a pele ? obrigado!

  • http://profile.yahoo.com/2HE2YEHWUY56RBOEDXW4PW3TOE Jordi

    oi tenho18 anos, sou diabetico, e fiz a cirurgia de fimose a 2 dias. E gostaria de saber se nesse meu caso é normal que o penis fique todo pra dentro, muito inchado, roxo e meio cinza.
    To muito preocupado, pois ele ainda está saindo sangue, embora seja pouco.
    Preciso de uma resposta, pois falei com o urologista pelo telefone e ele disse que é normal, só nao é se ele estiver preto, e ele ta quase.
    Por favor me dÊ uma resposta pois sou diabetico e corro o risco de ficar sem penis.
    Obrigado!

  • Manuel Santos

    Doutor, tenho 17 anos e preciso que me esclareça uma dúvida.
    Quando o meu pénis não esta erecto não tenho dificuldades em expor a glande do pénis, porém quando esta erecto, aí já tenho alguma dificuldade, embora consiga em expor a glande do pénis.
    Que me recomenda a fazer?

    Agradecia a sua ajuda!

  • Manuel Santos

    Doutor, tenho 17 anos e preciso que me esclareça uma dúvida.
    Quando o meu pénis não esta erecto não tenho dificuldades em expor a glande do pénis, porém quando esta erecto, aí já tenho alguma dificuldade, embora consiga em expor a glande do pénis.
    Que me recomenda a fazer?

    Agradecia a sua ajuda!

  • Viviane Gomes dos Santos

    Boa tarde! Meu filho está na iminência de fazer a cirurgia, ele tem 6 anos e teve recentemente balanopostite, estou muito preocupada e venho perguntar se realmente é necessária e se há riscos,grata Viviane

  • Clebio

    Dr, Pedro me chamo Clebio tenho 22 anos e estou com muita vontade de fazer a circuncisão, meu pênis é normal só que eu me sinto insatisfeito com ele, o que o sr. me recomendaria pois quero fazer esta cirurgia de todo jeito…

  • Clebio

    Dr, Pedro me chamo Clebio tenho 22 anos e estou com muita vontade de fazer a circuncisão, meu pênis é normal só que eu me sinto insatisfeito com ele, o que o sr. me recomendaria pois quero fazer esta cirurgia de todo jeito…

  • Clemente Antônio Araújo

    Fiz a circuncisão e há sim enorme perda , imensurável, perda de sensibilidade quanto a intensidade do prazer e quando a ejaculação que em volume muítíssimo menor dada a diminuição da área de “arrasto” dos genitais, imagine-se a pele do prepúcio indo e vindo dentro do canal vaghinal, agora imagine o prepúcio estirpado? sem comparação, Alegações outras, por saúde, em ejaculação precoce o possa ter resultados justamente porque diminui a sensibilidade e o prazer. Crircunsição não se mutile o prejudicado o será você além do dinheiro a enriquecer este malfadao comércio falso. Pergunte ao seu uriologista se o é postectomizado?? e o foi por sua vontade?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Todos os estudos mostram que pessoas circuncidadas não relatam problemas nas vidas sexuais. O seu caso é particular e não pode ser extrapolado para todas as pessoas.

  • Clemente Antônio Araújo

    Fiz a circuncisão e há sim enorme perda , imensurável, perda de sensibilidade quanto a intensidade do prazer e quando a ejaculação que em volume muítíssimo menor dada a diminuição da área de “arrasto” dos genitais, imagine-se a pele do prepúcio indo e vindo dentro do canal vaghinal, agora imagine o prepúcio estirpado? sem comparação, Alegações outras, por saúde, em ejaculação precoce o possa ter resultados justamente porque diminui a sensibilidade e o prazer. Crircunsição não se mutile o prejudicado o será você além do dinheiro a enriquecer este malfadao comércio falso. Pergunte ao seu uriologista se o é postectomizado?? e o foi por sua vontade?

  • Clemente Antônio Araújo

    Fiz a circuncisão e há sim enorme perda , imensurável, perda de sensibilidade quanto a intensidade do prazer e quando a ejaculação que em volume muítíssimo menor dada a diminuição da área de “arrasto” dos genitais, imagine-se a pele do prepúcio indo e vindo dentro do canal vaghinal, agora imagine o prepúcio estirpado? sem comparação, Alegações outras, por saúde, em ejaculação precoce o possa ter resultados justamente porque diminui a sensibilidade e o prazer. Crircunsição não se mutile o prejudicado o será você além do dinheiro a enriquecer este malfadao comércio falso. Pergunte ao seu uriologista se o é postectomizado?? e o foi por sua vontade?

  • Clemente Antônio Araújo

    Fiz a circuncisão e há sim enorme perda , imensurável, perda de sensibilidade quanto a intensidade do prazer e quando a ejaculação que em volume muítíssimo menor dada a diminuição da área de “arrasto” dos genitais, imagine-se a pele do prepúcio indo e vindo dentro do canal vaghinal, agora imagine o prepúcio estirpado? sem comparação, Alegações outras, por saúde, em ejaculação precoce o possa ter resultados justamente porque diminui a sensibilidade e o prazer. Crircunsição não se mutile o prejudicado o será você além do dinheiro a enriquecer este malfadao comércio falso. Pergunte ao seu uriologista se o é postectomizado?? e o foi por sua vontade?

    • Marcos Gomes

      Clemente, possuo 20 anos e realizei o precedimento com a mesma idade, acredito eu que para cada caso exista uma necessidade, essa “perda imensurável de sensibilidade e prazer” pode ter sido algo especifico seu, no meu caso eu notei muito mais prazer ao realizar o ato sexual depois de realizar a cirugia , além de facilitar na higiene tanto para o homem quanto para a parceira diminuindo riscos como “hpv” dentre outras, não creio que haja esse “falso comercio” tanto que ninguêm é submetido a esta cirugia a menos que queira, o que geralmente acontece é uma indicação médica, cabendo a você decidir realiza-la ou não.

  • Clemente Antônio Araújo

    Sim o sei se favorável o seria publicado de imediato. Afinal ganham, o dinheiro com a desgraça alheia

  • Marcos

    Não entendi, como assim “costume cursar muito com queloide”??? Tenho tendencia a queloide e quero fazer a cirurgia… o que você acha???

  • Nilson

    Boa tarde Doutor, me chamo Nilson, tenho 34 anos, tenho um penis normal, mas em algumas relações o frenulo do prepúcio fica ferido, devido esticar demais eu axo, e é um tanto chato essa situação pois tenho que esperar uns 3 dias para voltar ao normal, teria uma cirurgia para retirá-lo? na minha idade seria aconselhável? e qual o valor desta cirurgia? muito obrigado doutor e uma ótima tarde.

  • Reinaldo54barreto

    Nossa!

  • George

    Pedro, fiz a cirurgia faz uns 4 mêses. Notei que ficou uma roxidão bem leve no prepúcio, junto a marca de pontos, que ficaram muito evidentes. Essa roxidão leve é grave?

  • http://profile.yahoo.com/HPLPSPETAOJMJRIWMNC4FSZCYY Leandro

    Eu passei por essa cirurgia quando pequeno, sem consentimento. Hoje tenho 27 anos e finalmente vim me informar um pouco sobre a cirurgia, e fiquei muito preocupado, principalmente com esse dado de “diminuição do prazer”, que aqui no blog está desmentido mas em todas as outras matérias que li pela internet dizem que sim, existe uma acentuada diminuição do prazer (algumas matérias falam em ate 90%). Estou preocupado com isso, embora eu sinta bastante prazer qdo transo e gosto de transar várias vezes por dia se possivel. Mas fora isso, tenho um penis de um tamanho que não me satisfaz mto, e acredito que seja por esse procedimento tbm, fora que a aparencia é como ja disseram em outras matérias “anormal”, diferente. Tem algum procedimento cirurgico que se possa reverter a circuncisão ou recuperar a aparência anterior do pênis?

    • Caramelo25

      Caro Leandro,
      Em nenhum momento a circuncisao reduz o tamanho do penis, simplesmente e’ retirada a pele em excesso em volta do penis que por sinal contribui e muito para a reducao de infeccoes no homem e principalmente na sua parceira que acaba por pegar mais infeccoes.

      Se o penis tem um tamanho que nao lhe satisfaz isso nao esta’ de forma alguma associada a circuncisao. Tem que se informar mais sobre o procedimento.

      Perdao pelos erros ortogra’ficos.

    • Caramelo25

      Caro Leandro,

      Em nenhum momento a circuncisao reduz o tamanho do penis, simplesmente e’ retirada a pele em excesso em volta do penis, que por sinal contribui para infeccoes no homem e principalmente na sua parceira.

      Perdao pelos erros ortogra’ficos.

  • http://profile.yahoo.com/HPLPSPETAOJMJRIWMNC4FSZCYY Leandro

    Eu passei por essa cirurgia quando pequeno, sem consentimento. Hoje tenho 27 anos e finalmente vim me informar um pouco sobre a cirurgia, e fiquei muito preocupado, principalmente com esse dado de “diminuição do prazer”, que aqui no blog está desmentido mas em todas as outras matérias que li pela internet dizem que sim, existe uma acentuada diminuição do prazer (algumas matérias falam em ate 90%). Estou preocupado com isso, embora eu sinta bastante prazer qdo transo e gosto de transar várias vezes por dia se possivel. Mas fora isso, tenho um penis de um tamanho que não me satisfaz mto, e acredito que seja por esse procedimento tbm, fora que a aparencia é como ja disseram em outras matérias “anormal”, diferente. Tem algum procedimento cirurgico que se possa reverter a circuncisão ou recuperar a aparência anterior do pênis?

  • Caramelo25

    Caro Leandro,
    Em nenhum momento a circuncisao reduz o tamanho do penis, simplesmente e’ retirada a pele em excesso em volta do penis que por sinal contribui e muito para a reducao de infeccoes no homem e principalmente na sua parceira que acaba por pegar mais infeccoes.

    Se o penis tem um tamanho que nao lhe satisfaz isso nao esta’ de forma alguma associada a circuncisao. Tem que se informar mais sobre o procedimento.

    Perdao pelos erros ortogra’ficos.

  • Caramelo25

    Caro Leandro,

    Em nenhum momento a circuncisao reduz o tamanho do penis, simplesmente e’ retirada a pele em excesso em volta do penis, que por sinal contribui para infeccoes no homem e principalmente na sua parceira.

    Perdao pelos erros ortogra’ficos.

  • dario

    Boa tarde Doutor sou o Dário não foi circundado, tenho um pênis pequeno e desejo aumentá-lo como faço?

    • Pedro Pinheiro

      Há cirurgia pra isso. Procure um urologia.

  • Felipe

    Porque deixo meu penis sempre coberto tenho a cabeça do penis sensivel .
    quando fazer essa cirurgia da fimose essa sensibilidade vai passar certo ?

    • https://plus.google.com/u/0/113288925849694682313/posts Pedro Pinheiro

      Melhora com o tempo.

  • tom

    Doutor quanto que é a cirurgia?

    • https://plus.google.com/u/0/113288925849694682313/posts Pedro Pinheiro

      Não sei. No SUS ou com plano de saúde é de graça.

  • felipe

    Doutor, com a cirurgia, o tempo para que eu venha a ejacular vai aumentar ?

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não necessariamente.

  • Gabriel

    Bom talvez o texto fique longo mas eu queria mais que tirar uma dúvida e sim, desabafar.

    Tenho 20 anos e tenho freio. Recorri ao urologista para me examinar para que eu pudesse retirá-lo e também fazer circuncisão, já que ele deixava as extremidades da glande sensíveis e me dava um pouco de trabalho pra fazer limpeza, além de eu poder começar uma vida sexual saudável sem ter problemas com dores. No entanto, o urologista me disse que eu tinha um penis completamente saudável, mesmo eu explicando que não queria ter mais tanta sensibilidade e deixando a timidez de lado dizendo que eu tinha medo de iniciar a relação sexual por conta do incômodo, ele foi taxativo “Não pode retirar o freio e fazer circuncisão sem indicação médica”

    Não duvido e não tiro mérito desse profissional, sei que existe a ética médica e regras, mas quando você chega aos 20 anos totalmente inseguro por causa do penis com freio e não pode ter relações sexuais (mesmo que os médicos teimem em que isso é normal, afinal é fácil dizer para um paciente que você pode ter uma relação sexual e aceitar o pequeno defeito) isso afeta o seu psicológico totalmente. Depois de ter ouvido todas as três vezes que eu não preciso fazer a remoção do freio (mesmo tendo todos os motivos suficiente), eu senti que aquelas palavras fossem jogadas na minha cara como “Se vira e aceite que voce não pode ter uma vida sexual normal como todos”.

    Isso dói profundamente, você ve os seus primos mais novos e seus colegas de escola tudo namorando e aparentemente saudável, enquanto você fica assistindo tudo sentindo ódio por si mesmo, por não ser ”normal” e não ter o direito de fazer o que quer com o próprio corpo.

    Eu não me sinto bem, eu não era de chorar, mas após esse dia minha vida mudou, não sinto mais ânimo com nada e preciso procurar tratamento psicológico. Não sei se o meu desabafo pode contribuir com alguma coisa, mas eu queria deixar aqui a mensagem de um jovem que esta profundamente frustrado e que foi impedido por um urologista que alegou que a minha saúde esta completamente normal, quando eu não sinto isso, posso estar fisicamente mas o meu psicológico esta destruído com a ideia de não poder ser normal como os outros e não poder ter direito de tentar ser. Eu só queria que alguém pudesse ler isso e tentar se colocar no meu lugar.

    • Gabriel Costa

      Cara, será que não está normal mesmo?! Eu não estou duvidando da sua palavra, mais se o médico não viu necessidade de remoção, então não vejo porque tirar ela!
      Você têm que ver se você consegue tirar a glande pra fora sem nenhum desconforto. Se conseguir, você realmente é saudável!
      E você está nesta necessidade de fazer a cirurgia, eu te falo que só a anestesia já é uma droga, e o pós operatório é pior, sem contar os riscos.