Artigo atualizado em 19/11/2013

MONONUCLEOSE INFECCIOSA | DOENÇA DO BEIJO

A mononucleose infecciosa, também conhecida como doença do beijo, é uma doença contagiosa, causada por um vírus da família do herpes (leia: HERPES LABIAL E GENITAL) chamado vírus Epstein-Barr (EBV), transmitido através da saliva. A mononucleose é mais comum em adolescentes e adultos jovens e se caracteriza pelos sintomas de febre, dor de garganta e aumento dos linfonodos.

Neste texto vamos abordar os seguintes pontos sobre mononucleose infecciosa:

  • Como se pega mononucleose.
  • Quanto tempo o paciente permanece contagioso.
  • Sintomas da mononucleose.
  • Doenças com sintomas semelhantes à mononucleose.
  • Diagnóstico da mononucleose.
  • Tratamento da mononucleose.

Transmissão da mononucleose infecciosa

O vírus Epstein-Barr é transmitido de humano para humano através da saliva. Por este motivo ganhou a alcunha de “doença do beijo”. Além do beijo, a mononucleose pode ser transmitida através da tosse, espirro, objetos como copos e talheres ou qualquer outro modo onde haja contato com a saliva de uma pessoa contaminada.

Um indivíduo infectado pelo Epstein-Barr pode manter-se com o vírus na sua orofaringe por até 18 meses após a resolução dos sintomas, podendo contaminar pessoas com quem mantenha algum contato íntimo, principalmente se prolongado. É por isso que a maioria das pessoas que desenvolve mononucleose não se recorda de ter tido contato com alguém doente: A própria pessoa que transmite o vírus também nem sequer imagina que ainda possa transmiti-lo.

Doença do beijo

Não é de se estranhar, portanto, que apesar da baixa infectividade, em alguns países mais de 90% da população adulta já tenha tido contato com o vírus da mononucleose.

Você já deve estar pensando: 18 meses!  Posso transmitir mononucleose por 18 meses! Isso significa que não posso beijar ninguém por quase dois anos?

Não é bem assim. Vamos explicar.

Na maioria dos casos, as pessoas têm o primeiro contato com o vírus da mononucleose ainda quando criança. Esta infecção passa despercebida porque o vírus da mononucleose não costuma causar doença quando adquirido na infância. Na verdade, menos de 10% das crianças que se contaminam com o Epstein-Barr desenvolvem algum sintoma. Portanto, a imensa maioria da população já teve contato com o vírus da mononucleose e já possui anticorpos, estando imunes ao vírus.

Os casos de mononucleose na adolescência e juventude ocorrem naquela minoria que por acaso não foi contaminada ainda quando criança. Ao contrário do que ocorre nas crianças, nos adolescentes e adultos jovens a mononucleose infecciosa costuma causar os sintomas clássicos, que serão explicados mais à frente neste texto.

Também é importante salientar que apesar do modo de transmissão ser semelhante ao da gripe, o Epstein-Barr é um vírus menos contagioso, o que faz com que seja possível haver contato com pessoas infectadas e não se infectar. A infecção só ocorre após contato prolongado de uma pessoa contaminada com outra que nunca tenha sido exposta ao vírus..

Portanto, quando se soma o fato da maioria da população já ser imune à mononucleose com a natural baixa taxa de contaminação do vírus, o risco de transmissão entre jovens e adultos é muito baixo. Logo, uma vez curado dos sintomas, não há motivos para impedir ninguém de voltar a namorar.

Sintomas da mononucleose

Como acabei de explicar, quando adquirida na infância, a mononucleose costuma passar despercebida. Menos de 10% das crianças infectadas apresentam sintomas. Essa incidência começa a subir com o passar dos anos, atingindo seu ápice entre os 15 e 24 anos. Esta é a faixa etária que mais costuma apresentar infecção sintomática. A mononucleose é rara após os 30 anos, uma vez que virtualmente todos neste grupo já terão sido expostos ao vírus em algum momento da vida.

Nas pessoas que desenvolvem sintomas, o período de incubação, ou seja, desde o contato até o aparecimento da doença, é em média de 4 a 8 semanas.

Os sintomas típicos da mononucleose incluem febre, cansaço, dor de garganta e aumento dos linfonodos do pescoço (ínguas). É um quadro muito semelhante às faringites comuns causadas por outros vírus e bactérias (leia: DOR DE GARGANTA – FARINGITE E AMIGDALITE). Outros sintomas inespecíficos, como dor de cabeça, dores musculares, tosses e náuseas também são comuns. Na mononucleose a fadiga costuma ser intensa e persiste por semanas após a resolução do quadro.

O aumento dos linfonodos na mononucleose infecciosa é um pouco diferente dos linfonodos da faringite comum, acometendo preferencialmente as cadeias posteriores do pescoço e frequentemente se espalhando pelo resto do corpo. Uma dica para o diagnóstico diferencial entre as faringites bacterianas e a mononucleose é que neste último pode haver o aparecimento de uma rash (manchas vermelhas) pelo corpo após o início de antibióticos, principalmente amoxicilina.

Rash da Mononucleose - Lesões de pele

Rash da Mononucleose

Uma situação clássica é o paciente procurar o médico por infecção de garganta e receber uma prescrição de amoxicilina para tratamento. O paciente começa a tomar os antibióticos e horas depois surgem manchas vermelhas difusas pelo corpo.

Outro sinal característico da mononucleose é o aumento do baço, chamado de esplenomegalia. Quando este ocorre, é necessário manter repouso, devido ao risco de ruptura do mesmo. A ruptura esplênica (ruptura do baço) é rara, mas quando acontece leva a risco de morte devido ao intenso sangramento que se sucede. O baço aumenta tanto de tamanho que pode ser palpável abaixo das costelas à esquerda do abdômen..

O acometimento do fígado não é incomum, podendo levar a um quadro de hepatite com icterícia em até 20% dos casos. (leia: AS DIFERENÇAS ENTRE AS HEPATITES e ICTERÍCIA NO ADULTO E ICTERÍCIA NEONATAL). Outras complicações descritas, porém, menos comuns, são a síndrome de Guillain-Barré (leia: O QUE É A SÍNDROME DE GUILLAIN-BARRÉ ?) e a paralisia facial (leia: PARALISIA FACIAL | PARALISIA DE BELL | Causas e Tratamento).

A mononucleose não costuma causar maores problemas quando adquirida durante a gravidez. Não há evidências de aumento do risco de má-formação, aborto ou parto prematuro.

Síndrome de mononucleose x doença mononucleose

Um fato que causa confusão, inclusive entre médicos, é a diferença entre a doença mononucleose infecciosa e a síndrome de mononucleose. O primeiro é causado pelo Epstein-barr vírus e é o alvo de discussão deste artigo. Já a síndrome de mononucleose engloba todas doenças que podem cursar com dor de garganta, aumento de linfonodos, febre e aumento do baço. Entre elas destacam-se o HIV, citomegalovírus, linfomas e toxoplasmose. Portanto, ter mononucleose infecciosa é diferente de ter uma síndrome de mononucleose.

Diagnóstico da mononucleose infecciosa

O diagnóstico da mononucleose é feito através do quadro clínico e é confirmado por análises de sangue.

No hemograma da mononucleose um achado típico é o aumento do número de leucócitos (leucocitose), causado pela maior produção de linfócitos (linfocitose), ou seja, o paciente apresenta leucocitose e linfocitose (leia: HEMOGRAMA – Entenda os seus resultados).

Quando o fígado é acometido, pode haver elevação das enzimas hepáticas, chamadas de TGO e TGP (leia: O QUE SIGNIFICAM AST (TGO), ALT (TGP) E GAMA GT?).

O diagnóstico definitivo, porém, é feito através da sorologia, com a pesquisa de anticorpos. O mais comum e simples é um exame chamado monoteste.

Tratamento da mononucleose

O tratamento baseia-se em sintomáticos e repouso. Não há droga específica para o vírus e o quadro costuma se resolver espontaneamente em duas semanas.

Devido ao risco de ruptura do baço, recomenda-se evitar exercícios por pelo menos quatro semanas.

Durante muitos anos se associou a mononucleose com a síndrome da fadiga crônica (leia: SÍNDROME DA FADIGA CRÔNICA). Porém, hoje sabe-se que a fadiga da mononucleose é diferente. O cansaço prolongado que pode ocorrer normalmente não vem associado com os outros sintomas da síndrome e normalmente ocorre por reativações mais fracas do vírus.

Vérsion en español:  MONONUCLEOSIS INFECCIOSA
Publicidade
  • Ricardo Martins

    Gostaria de saber se posso beijar minha namorada enquanto ainda estou com os sintomas da mononucleose.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD. Saúde

      Você vai contaminá-la, caso ela não seja imune.

  • kari liz

    Qual especialista pode avaliar meus linfonodos do pescoço? Possuo alguns nas laterais há uns 20 anos…tive mononucleose aos 6 anos. Será possivel ainda ser disso?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Hematologista. Mas se já tem 20 anos, é possível que sejam linfonodos cicatrizados por causa da mononucleose

  • Rogerio Antonio de Souza

    gostaria de saber quando foi descoberta a mononucleose

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      A doença foi descrita pela primeira vez sob o nome de mononucleose infecciosa em 1920. O vírus Epstein-barr, causador da doença, só foi descrito em 1964.

  • cynhaa

    Dr, conheco uma crianca de 8 anos de idade e foi diagnosticado com a doença do beijo. a mae dela esta muito desmotivada pois disseram que é uma doença sem cura. essa informação é verídica? esse virus pode ficar encubado vindo posteriormente se manifestar novamente?? aguardo anciosa por sua resposta pois a mae do garoto está desesperada :(

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Monucleose costuma ser uma doença benigna e quase todo mudo já teve. Eu mesmo já tive. Ou ela foi mal orientada ou a doença do filho é outra.

  • jonnie

    DR. meu exame constatou que tenho mononucleose, minha gargante fica enflamada de 20 em 20 dias, não aguento mas isso, porem eu gostaria de saber se posso fazer a cirurgia de remoção das amigdalas.

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Jonnie, não tenho como opinar à distância se a cirurgia de retirada de amígdalas está indicada no seu caso. Quem pode lhe dizer isso é um otorrinolaringologista.

  • Pedro

    Posso ainda ter os sintomas Monuclerose, como linfonodos aumentados, mesmo sabendo que IGM esta Negativo e IGG positivo ?

    • Pedro Pinheiro

      Pode.

  • Amanda

    Dr pedro
    ja tive a doença mas ja fui curada a algumas semanas apenas,ontem a noite uma narina minha ficou entupida,e quando fui assoar saiu o mesmo catarro amarelo que saia de quando eu estava doente,ela pode estar voltando?posso beber normalmente depois que isso acabou?
    obrigada.

    • Pedro Pinheiro

      Qualquer virose pode causar constipação nasal. Isso é um sintoma muito inespecífico. Em relação à bebida, não tenho como opinar à distância se você está apta ou não a beber.

  • nathalia

    Dr.Pedro..meu nome é Nathalia, eu ja tive a mononucleose,fiquei algumas semanas com aqueles pus na garganta e muita dor..enfim.
    Ja nao estou mais com isso,todas as inguas da minha garganta e pus sumiram..mas eu queria saber se tem algum perigo de algo acontecer se eu ingerir alcool,é possivel passar mal mesmo depois que a doença foi embora?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não há contraindicação depois da cura.

  • elias

    estou com mononucleose, depois que ficar bom vou ficar imune a novas crises…

    elias

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Sim.

  • Simone G.Santos Ferro

    Bom dia! É possível um médico afirmar diagnostico de mononucleose numa criança de 3 anos sem solicitar exames específicos? Ontem levei minha filha no pediatra que diagnosticou virose. Logo mais a noite quanto percebi um nódulo atrás da orelha levei imediatamente na urgência. Este ultimo diagnosticou vírus mononucleose. É possível essa afirmação?

    Parabéns pelo blog! Tenho certeza que será de grande valia para todos que procuram acrescentar mais informações sobre seus diagnósticos.

    Obrigada

    Simone

    Aracaju/Se

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Afirmar com certeza não dá.

  • Ana Mascarenhas (Portugal)

    Boa tarde. O meu filho de 3 anos e meio foi diagnosticado ontem com mononucleose, no entanto na semana passada fez RX e foi detetada uma mancha no pulmao e ontem quando foi novamente avaliado na teve melhoras. Pode estar relacionado?Quando poderá voltar para o Jardim de Infância? Obrigada

  • Marina

    Boa tarde Dr., meu filho de 4 anos foi diagnosticado com citomegalovírus e mononucleose em abril do ano passado. Ele fez o exame de citomegalovírus e deu reagente pois já teve e não-reagente pois já combateu o vírus.Porém, o resultado de Epstein Baar foi o seguinte:
    EPSTEIN BAAR, ANTICORPOS IgG Resultado: Reagente
    EPSTEIN BAAR, ANTICORPOS IgM Resultado: Indeterminado
    Por que o resultado foi esse? Existe algum tempo para o vírus sair?
    Agradeço!

  • jhonn 32

    essa doença pode ser contaminada por masturbação tbm?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não.

  • http://www.facebook.com/felipe.unruh Felipe Unruh

    Boa noite dr Pedro meu nome é erica e preciso urgente tirar uma duvida minha irma esta com o baço inchado,mas em seus exames de hemograma nada foi alterado,e tb nao existe nem uma infecçao no corpo dela ,por favor me ajude o que possa ser ,e qual exames a qual ela precisa fazer pois nem os medicos sabem me dizer o que esta acontecendo,eles estao perdidos ela esta internada em um hospital particular …dr estou realmente muito preocupada om minha irma pois ela ja perdeu 12 kilos em 2 meses ela esta pesando 45 kilos para uma pessoa que tem 27 anos ,nao para de vomitar e evacoa de 4,a 5 vezes por dia aguardo Erica

  • Valeria Silva

    Dr. Pedro Pinheiro, boa tarde!

    Mais uma vez obrigada pelas informações.
    Esclarecimentos:
    Tive essa doença. Há possibilidade de voltar?
    Tem que fazer algum controle anual, tipo algum exame específico?

  • Renan Pablo

    fiz meu exame e deu o seguinte não sei o que significa:

    Epstein BARR- Anticorpo IgG – (VCA) (soro) = 248,00 AU/ml

    Epstein BARR – Anticorpo IgM – (VCA) (soro) = não reagente.

  • Renan Pablo

    fiz meu exame e deu o seguinte não sei o que significa:

    Epstein BARR- Anticorpo IgG – (VCA) (soro) = 248,00 AU/ml

    Epstein BARR – Anticorpo IgM – (VCA) (soro) = não reagente.

  • http://profile.yahoo.com/U5TLARG46QKCPH7AJ4EZL5OMBQ adriano

    bom dia Dr Pedo Pinheiro , meu nome è Adrianoo, minha filha esta com mononuclease a quase dois meses ,gostaria de saber mais sobre a mesma pois , estamos muito preocupado,porque ela não consegui nem dormi direito com tanta dores,principamente nas mãos e na barriga , è normal isso. aguardo uma orientação desde jà agradeço

  • http://twitter.com/liquizinha Angel

    Então quer dizer que uma pessoa virgem que não mantem relações sexuais , pode da mesma forma adquirir a mononucleose juntamente com o virus HIV ?? Porque é o meu caso, sou muito magra pra minha altura,tenho 17 anos, não possuo amigdalas por isso frequentemente ando tendo crises de inchaço no pescoço ( ínguas ) e agora essa ultima crise eu vomitei e tenho muita fadiga senti uma dor embaixo do peito esquerdo onde situa o baço( mas só uma vez ) no inicio do ano ( fevereiro) eu tive manchinhas vermelhas pelo corpo como se fossem marca de mosquito depois saíram ,to com muita secreção na garganta muita mesmo e ontem senti dor no pescoço todo e a mais ou menos 1 mês tive diarreia por 1 semana , atualmente nesse momento também estou sem apetite ,olhos vermelhos ( mas ja não to mais ) e dói quando engulo então o maior problema é na garganta vou fazer um exame pra saber se tenho mononucleose mesmo pois beijei uns rapazes em festas , ou então citomegalovírus. To tomando antibiótico e anti inflamatório .Mas minha duvida é esclarecer se posso ter o vírus HIV mesmo não tendo febre e mesmo sendo virgem de tudo . Obrigada!!!!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Como o vírus da gripe, através de secreções das vias respiratórias.

  • Rui112

    Olá Dr. Pedro Pinheiro
    Como se transmite o vírus da mononucleose.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Como o vírus da gripe, através de secreções das vias respiratórias.

  • Rui112

    Olá Dr. Pedro Pinheiro
    O que é Epstein-Barr

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      É o vírus da mononucleose.

  • igor_gfc17

    Olá,

    A cerca de 1 ano tive fortes dores proximas ao baço,figado e no corpo em geral, tive aumento do baço,figado etc.
    Fui ao hematologista, fiz tomografia,ressonância magnética e fiz os exames de citomegalovirus e epstein barr e os 2 deram positivo para as doenças.

    Porém a cerca de 1 mes eu repeti os exames e o resultado foi esse:

    EPSTEIN BARR IgG (ANTI-VCA) 493.0 /mL
    EPSTEIN BARR IgM (ANTI-VCA) 47.9 U/mL

    CITOMEGALOVIRUS IgG, ANTICORPOS = REAGENTE 115.8 UA/mL
    CITOMEGALOVIRUS IgM, ANTICORPOS = NEGATIVO

    Como li no seu post, a fadiga ainda me acompanha de maneira forte e o cansaço também.
    Agora estou indo para a academia e praticando esportes, pois não tenho mais as dores insuportáveis que tive quando a doeça estava agindo IgM.

    Porém já se passou 1 ano e ainda apontam resultados positivos, essas doenças ficarão ativas no meu organismo para sempre?

    Eu posso voltar a sentir dores fortes por causa delas? e pode voltar a ocorrer aumento do baço e do figado?

    Essas doenças podem levar a alguma outra?

    Desculpe por tantas perguntas,

    Desde já obrigado.

    Igor

  • Rosangela

    meu marido apareceu com umas manchinhas circulares avermelhadas na lingua o que pode ser ?

  • Sonia

    boa tarde!!! quem tem este virus pode bebe bebida alcòolica…
    tem cura? com o tempo o paciente volta a vida normal

  • Tecnicamoura

    Bom dia
    Já passaram 3 anos, em que apos ter frequentado o exercito durante 2 meses, começei a ter febres muito altas e a garganta inflamada ( como se fosse amigdalite mas bem pior), fui ao medico e ele receitou me amoxicilina, após esse tratamento as febres continuavam altas, e voltei ao medico e ele decidiu prescrever injecções de penicilina. Após estas injecções( o inchaço tinha diminuido um pouco), a febre continuava alta. e então foi me dado a escolher ir para as urgências do hospital distrital, no qual fui atendida por um otorrino que me mandou logo ir fazer analises e dissse q eu tinha mononucleose ( apesar do teste ter dado negativo), madou me para casa descanso absoluto, disse q se tivesse continuado a fazer penicilina tinha tido uma hemorragia do baço. Apenas prescreveu algo para a febre. E realmente após algum tempo desapareceu o inchaço e a febre. Mas Entretanto ja tinha desenvolvido um outro problema que foi manchas na pele.. fui entao ao dermatologista, contei lhe o que me havia acontecido, e este disse me q como tomei tanto antibiotico, devia ter diminuido as defesas do organismo, e apanhei algo, nada de grave que iria desaparecer, no entanto mandou me fazer analises para despistar mononucleose..que deram negativas. Passado um ano e alguns meses tive uma paralesia facial periferica( que nunca me lembrei que podesse estar associada a mononucleose) supeitei que podesse ter origem no colesteatoma cronico que possuo no lado direito, dado a paralesia ter sido do lado direito, os medicos nao deram grande importancia ao colesteatoma e eu decidi fazer uma ressonancia, que não revelou nada de especial. Esta semana apareceu me uma inflamação na garganta, que me doi ao engolir ( e lembrei me que foi o mesmo sintoma da mononucleose mas com excepção da febre que não tenho), tenho estado a tomar brufen, mas não passa, será que isto pode estar ainda relacionado com a mononucleose, e poque os testes deram sempre negativos? Tambem me esqueci de referir que durante este processo todo, fiquei com a lingua branca , tb me trataram para candidiase , que concluiram que não era, e designaram o que tinha por lingua geografica. Esta historia Clinica que lhe sugere Doutor , devo estar alarmada?, tou a pensar ir ao otorrinolaringologista. Gostaria de saber a sua opinião??
    Com os melhores Cumprimentos
    Ana Moura

  • Jaciara

    um paciente com diagnóstico de Dengue Clássica dosou TGO e TGP, estas estavam altas, o que podemos sugerir

  • Jo

    Estive internada no C.T.I em maio do ano passado, com quadro de septicemia, provocado pela bacteria Marsa – staphilococcus aureus multirresistente. Bom, foram 26 dias de C.T.I, coma induzido, rins paralisados, coração e pulmões comprometidos, traqueostomia, enfim, todas as complicações imagináveis para esse tipo de quadro. Após passar por tudo isso e conseguir me recuperar, sem lesões graves, comecei com quadros de infecções repetitivas. Quando não estou com infecção de urina (sempre com alguma bactéria detectada) estou com garganta e ouvido inflamados. Agora passou a ser mais constante ainda as inflamações de garganta, em menos de 3 meses, minha garganta inflamou 5x. Por esse motivo procurei um otorrino que solicitou uma tomografia dos seios da face e também um hemograma. A tomografia ainda não fiz, pois, é um exame que precisa ser agendado com antecedência, porém, o hemograma eu fiz no mesmo dia, e o resultado dos linfócitos foi o seguinte: Linfócitos: 4.279 – Valor de referência: 1500 – 3500. Logo abaixo estava escrito: linfocitose.
    Não sei se tem alguma coisa a ver, mas, no dia que realizei o hemograma estava no sétimo dia do antibiótico Levofloxacino, justamente por causa de uma inflamção da garganta que mesmo assim ainda não melhorou. Além disso, estou tendo fortes dores na região da virilha, das axilas, garganta e pescoço.
    Minha preocupação é justamente a questão dessa LINFOCITOSE que apareceu no exame, pois, meu retorno no otorrino será daqui a 15 dias, e estou com medo de esperar e a coisa piorar. Como já passei por uma situação muito complicada no ano passado e ainda estou me recuperando disso, esses resultados no exame podem mostrar uma situação mais preocupante?

  • Marleuza

    Parabéns Dr.! Muito explicativo de forma para que todos entemdam e tire suas dúvidas…
    Tão joveme de uma capacitação maravilhooosa!
    Pena que em nossa medicina não se tenham muitos exemplos como o seu!
    Dedicação amor e respeito ao seu próximo!

  • Sofia Guim

    Boa noite,
    Estou a escrever-lhe de Portugal. Tenho atualmente 23 anos, mas quando tinha 19 anos foi-me diagnosticada mononucleose infeciosa. Entretanto, e passado tanto tempo sinto-me bastante fragilizada, constantemente doente e com um cansaço excessivo, que tem interferido bastante na minha vida académica. Tenho constantemente/diariamente dores de ouvidos, coisa que nunca tive até aos meus 19 anos. Continuo a frequentar a consulta de medicina interna do hospital, porque parece que fiquei com um défice de Iga. O médico diz-me sempre que é normal depois de ter mononucleose, mas gostaria de saber a sua opinião.

  • Myllavasconcelos

    Olá, Doutor! Fiz meu monoteste e deu positivo. Gostaria de saber se a elevação da fosfatose alcalina tem alguma relação com a mononucleose?

  • Donotprofile

    Tive relações com prostitutas dia 15 de março e 19 de Abril , tenho garganta ruin, manchas pelos braços e uma na coxa elas vão e voltam , fadiga, cansaço … Fiz dois testes de HIv um dia -4/05 e otro dia 09/05 posso ter HIV?

  • Eduardomaus

    gostaria de saber quando ocorre com um atleta de futebol, qual o tempo ideal para iniciar as atividades fisicas?

  • Antônio

    Olá, tive aumento do baço que meus olhos e língua ficaram amarelados, se puder me responda por favor:  Depois de melhorar fica alguma sequela para o figado e baço, ou qualquer parte do corpo?
    Obrigado

  • breeno lopes

    Olá, doutor, ainda estou em fase de recuperação, estou na segunda semana desde o aparecimento dos sintomas, ainda há inchaço no baço e glandulas linfaticas inchadas, uma febrezinha de 37 persistente, mas a questão é, quando poderei beijar a minha namorada? ela ja esta meio chateada achando que eu adquiri a doença de outra garota, o que não aconteceu. Mas e agora?

  • Carmentakada

    Dr Pedro, soubemos hoje que meu neto, de 1 ano e 2 meses, está com mononucleose.
    Estaremos embarcando uma viajem internacional dia 5 de abril, quinta feira próxima.
    Quais cuidados deveremos tomar?
    atenciosamente
    Carmen

  • Fabiane

    Olá dr, venho sentindo os sintomas já à alguns dias (aproximadamente duas semanas), sinto muito cansaço, dores musculares, e desde sábado venho sentindo dores de cabeça, de ontem pra hoje dor na garganta, com edema, sinto também dores nas regiões do fígado e baço, sinto como se fosse umas pontadas. Pode ser a mononucleose? ou como são sintomas de longo prazo pode ser outra coisa….
    Grata.

  • Antônio

    Olá, tive aumento do baço que meus olhos e língua ficaram amarelados, se puder me responda por favor:  Depois de melhorar fica alguma sequela para o figado e baço, ou qualquer parte do corpo?
    Obrigado

  • Gunnga

    Ola Dr…. Gostaria de saber se o IGM indeterminado (21,50u/ml) para epstein-barr, exige fazer o exame novamente, ou ja e constatado que o individuo tem o virus ??? O IGG deu 250,00u/ml… Obrigado

  • João Pedro

    Boa tarde. Foi diagnosticada à minha namorada esta doença, e ela já apresenta os sintomas à cerca de duas semanas, mas só agora teve conhecimento de que era este o diagnóstico. durante quanto tempo nao nos vamos poder beijar e quando tempo será que demora a ela ficar curada?

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Apenas pelos sintomas geralmente não é possível distingui-los. O quadro pode ser mesmo muito semelhante. Só fazendo o exame de sangue.

  • Rodrigo

    Dr. Pedro, me chamo Rodrigo e gostaria de saber como diferir os sintomas da mononucleose infecciosa aos sintomas da amigdalite, sendo que estou com dor de garganta a 5 dias, com a presença de uma manchinha branca-acinzentada na amigdala (até onde sei, na amigdala mesmo) e tambem aumento dos linfonodos do pescoço, porem nao apresento esplenomegalia, rash, febre e nem cansaço.. Agradeço desde ja

  • Malbo

    ola DR. PEDRO. por gentileza caro Senhor Médico seria possivel me indicar alimentos que ajudem a combater ou a melhorar mais rapido. Por favor lhe suplico….

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não há alimentos que acelerem a melhora do quadro. É preciso ter paciência.

  • Daniela gil

    Olá
    descobrir que estou com mononucleose minha garganta está cheia de pus estou tomando amoxilina e nimesulida devo continuar o tratamento?
    E quanto as inguas na garganta quando voltam ao normal?
    Percebi também que minha urina ficou com uma cor mais acentuada tem alguma relação com a mononucleose?
    Meu namorado não tem sintomas algum de mononucleose,como foi que peguei se só beijei ele?

  • Marneri25

    Acho ótima todas s informações -

  • Rosangela

    meu marido apareceu com umas manchinhas circulares avermelhadas na lingua o que pode ser ?

  • Kátia Donato

    Donato
    Olá! Gostaria de saber se quem tem mononucleose pode apresentar lábios com ardência, ressecados e descamando?

  • Bruno

    Boa noite, me chamo Bruno. Fiz a sorologia do Epstein Barr no dia 09/04. O resultado foi: vírus-igg 78,1 U/ml e vírus igm 160 u/ml. Sendo, então reativo. No meu exame de sangue o  laudo apresentou TGP 2050 U/L e TGO 1072 U/L. Na ultrassonografia as observações foram: baço de volume aumentado e textura homogênea. Baço mede 14,6 cm (normal até 12cm) e figado de volume aumentado às custas do lobo esquerdo, contornos regulares e ecotextura homogênea. Lobo direito com 16cm e lobo esquerdo com 13,4 cm.
    Desde então faço um repouso rigoroso e me sinto bem melhor. Apenas um pouco mais cansado que o normal.
    Dia 26/05 fiz novamente a ultrassonografia que diz: fígado tem forma, dimensões e textura normais, sem evidência de lesão focal parenquimatosa e Baço de dimensões normais e textura homogênea. Maior diâmetro de 11,3 cm. No exame de sangue o laudo foi: TGP 38 U/L e TGO 22 U/L.
    Gostaria de saber se, considerando os exames, já é possível voltar com as atividades físicas normalmente, como futebol e musculação. Desde já agradeço a tempo dispensado e deixo meus cumprimentos pelo excelente e esclarecedor artigo!

  • Anonymous

    Isso e muito perigoso? Eu sei d uma pessoa contaminada, e estou muito preocupado com essa pessoa. Ela tem mononucleose. Ela vai ficar bem???
    Por favor agradeço resposta sincera
    Obrigado

  • Nancygreen2k

    Qual a correlação entre mononucleose infecciosa e uma possível anomalia (infecção) da aorta?
    Existe alguma relação entre mononucleose infecciosa e anomalias cardíacas?
    Quais os cuidados que os doentes devem ter a esse respeito?

  • Kátia Silene

    A faringite pode causar insuficiencia renal

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Raramente, uma faringite não tratada pode levar a uma glomerulonefrite, que é uma doença do rim que provoca insuficiência renal aguda

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Nunca vi esta relação descrita.

  • Thissa

    Olá eu queria saber se quem tem Mononucleose pode apresentar, depois da doença acabar, sintomas de TOC ou até mesmo desenvolver toda a doença de TOC.
    Obrigada

  • Lica Pinheiro

    Meu filho de 20 anos está com mononucleose (ja confirmada nos exames de sangue). Antes de ser diagnosticada, o primeiro medico receitou antibiotico. Quatro dias depois, trocou o antibiotico. Mais quatro dias e outro medico detectou a mononucleose, mas não suspendeu o antibiotico. Foram quase 10 dias com febre alta e garganta fechada (começou em 13/04), sem poder comer quase nada. Agora já está comendo normalmente, mas com o corpo está manchado (como nas fotos do site) e muita coceira. Já parou com o antibiótico desde o dia 24/04. Hoje ele me mostrou gânglios na virilha. Isso é normal? Quando devem sumir? Ele pode fazer exercícios fisicos (dança) se estiver se sentindo melhor?

  • Daniela

    Olá,Doutor ! Me chamo Daniela ,meu filho de 3 anos fez exames em junho de 2011 e acusou mononucleose .Até hoje ele tem os linfonodos do pescoço crescidos é normal?Quanto tempo depois eles diminuem e voltam ao tamanho normal?Obrigada!

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      As vezes não voltam.

  • Myllavasconcelos

    Olá, Doutor! Fiz meu monoteste e deu positivo. Gostaria de saber se a elevação da fosfatose alcalina tem alguma relação com a mononucleose?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Pode ter.

  • Virginia

    Após o tratamento, a doença é erradicada?

  • bia

    doutor, ja tive mono uma vez no ano passado, uma semana depois de ingerir bastante bebida alcoólica, tendo ingerido em grande quantidade também na véspera do dia em que os sintomas se manifestaram. duas semanas atras, entrei em coma alcoólico e agora manifesto os mesmos sintomas, ha dois dias. sera que existe alguma relaçao? se nao, o alcool, por ser esteril (em bebidas com grandes porcentagem) pode ajudar a acabar com a infecçao? se nao, o que devo fazer?

    agradeço a atençao, desculpe o incomodo

  • Dionisiocariano

    Saudacoes Dr Pedro.
    Uma questao a lhe colocar de que precisaria de um exclarecimento se assim estiver disponivel.
    Doutor a estomatite faz parte da monocleos?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não costuma.

  • Ministério da Saúde Gripe Suín

     Olá, blogueiro!

    O Sistema único de Saúde (SUS) se consolidou nestes últimos 22 anos como um dos mais
    importantes sistemas de saúde do mundo. Sabia que o Brasil é o único país com mais de 100
    milhões de habitantes que tem um sistema único, público e gratuito? O SUS está a serviço de
    toda a população brasileira, da criança ao idoso: protegendo, acolhendo e cuidando. Veja os
    números:

    190 milhões de beneficiários;
    145 milhões de pessoas dependem exclusivamente do SUS;
    2 milhões de profissionais em atuação permanente;
    90% do mercado de vacinas é movimentado pelo SUS.

    Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br
    Curta a nossa FanPage no Facebook: https://www.facebook.com/minsaude
    Perguntas sobre saúde: http://www.formspring.me/minsaude
    Siga-nos no Twitter: http://twitter.com/minsaude

    Atenciosamente,
    Ministério da Saúde

  • Anna Mello3

    Ola doutor, estou escrevendo de Portugal, e hoje o namorado da minha filha de 17 anos disse-nos que ficou internado no hospital 24 horas porque foi diagnosticado que ele tem mononucleose. Estou muito preocupada porque nao conhecia essa doença e passei a pesquisar na net. A questao é que minha filha nao tem nenhum sintoma ate agora ha nao ser garganta seca e fica com sono mais cedo do que o habitual. Mas como ela tem uma rinite alergica e toma oa antiestaminicos eu associo esse sono aos medicamentos. Eu pergunto se é possivel ela ter apanhado a doença com o namorado e nao ter se manifestado ainda e se nesse caso ela deve ja fazer as analises pra saber se ela pode ter?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      A maior probabilidade é de que ela já tenha anticorpos contra a doença e nada sofrerá. Se ela nada sente, não é preciso fazer exames.

  • luiz henrique

    doutor meu  muito  obrigado por  todas  estas  informações  muito  bacana  de  sua  parte  pois  com  certeza ajuda  muitas  pessoas  como  esta  ajudando  amim obrigado por  tudo !!!!

  • Thomas

    Por que é feito tratamento com antibiótico, amoxicilina,  se a mononucleose é causada por um vírus (EBV)?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      O uso de antibióticos é feito quando o médico imagina que a faringite possa estar sendo causada por uma bactéria. O quadro clínico é muito parecido e às vezes engana mesmo. Entretanto, se o médico suspeitar de mononucleose não há por que prescrever antibióticos.

  • Rosa

    O filho de minha amiga,está hospitalizado a mais de 10 dias e só ontem obteve o resultado do exame ara diagnostica-lo.Estavam tratando como leptospirose,ele todos esses dias tomou penicilina.Será que é tão difícil ser diagnosticado?Não existe nenhum exame que comprove a doença mais rápido?
    O exame para leptospirose leva muito tempo o resultado e só pode ser feito pelo pelo orgão público.
    Parece que estamos na idade da pedra.

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não podemos.

  • Zukalindinhojoao

    como podemos evitar ?

  • maria isabelle

    se eu nao souber que estou com mononucleose eu posso passar parar outr pessoa ou eu pioro

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Você pode passar para outras pessoas.

  • Renato Brito

    Ainda continuo com a linguá meio esbranquiçada após 2 meses do resultado do exame, ainda é por causa da mononucleose? 

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Pode ser.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Só é considerado febre temperaturas acima de 37,5ºC

  • Renato Brito

    Se eu tiver febre (37°c-37.5°c) após dois meses do inicio da doença posso considerar que ainda é causada por ela? 

  • Renato Brito

    Se eu tiver febre (37°c-37.5°c) após dois meses do inicio da doença posso considerar que ainda é causada por ela? 

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Só é considerado febre temperaturas acima de 37,5ºC

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Nenhum especificamente. A mononucleose se cura sozinha.

  • carmen maria

    qual o medicamento que deve ser tomado?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Nenhum especificamente. A mononucleose se cura sozinha.

  • Patricia

    Parabéns pelo artigo!

  • Cvm

    nao tenho sintoma nenhum,porem apareceram algumas ¨bolinhas brancas¨nas minhas amidalas,que se soltam na boca e tem um cheiro ruim.pode ser que seja outra coisa?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Neto
    Mononucleose, geralmente, é uma vez só.

  • Anonymous

    Doutor, me chamo Neto. Desculpe se já fizeram essa pergunta, é que a lista de perguntas é meio grande, não li todas.. Mas ouvi falar que depois que você pega o virus da mononucleose, após fazer o tratamento e tudo mais, o corpo cria imunidade sobre o virus, e não vai pegar mais! é verdade ? é possivel ter mononucleose mais de uma vez ?

    Obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Jєssıcα;
    Porque pode causar um quadro semelhante a alergia, com rash pelo corpo.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @ELA
    A mononucleose se cura sozinha. A hepatite,quando presente, também se cura

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Alfredo
    não, mas a citomegalovirose pode se manifestar com um quadro muito parecido com mononucleose

  • Jєssıcα;

    porque não deve usar amoxilina?

  • ELA

    Olá Dr.!

    A mononucleose tem cura??
    A hepatite q a acompanha também?

  • Anonymous

    Doutor,

    A mononucleose infecciosa só se manifesta uma vez! Certo? Agora e sabido que ela pode ser reativada por imunodepressao ou pela baixa da imunidade da pessoa. Por exemplo a pessoa pegar AIDS e a EBV volta.

    A mononucleose infecciosa EBV pode ser reativada caso a pessoa seja contaminada pelo Citomegalovirus?

    Obrigado!

    Alfredo.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Luisa
    Sim, sempre existe o risco, mas não é preciso se preocupar tanto, pois na maioria dos casos o quadro é muito brando. E já já se passaram 6 semanas e vc ainda não apresentou sintomas.

  • Anonymous

    OLá Doutor . Estou muito preocupada , fui a casa de uma amiga que teve mononucleose há um mes e uma semana . dormimos em quartos diferentes , porém brincamos juntas .
    Tem risco de contagio ? muito obrigada
    Luisa

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Julia
    Nada, esperar desaparecer. Na maioria dos casos desaparece com poucas semanas.

  • Anonymous

    e se caso confirmar que estou com o virus na saliva? o que fazer? Obg, Julia

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Julia
    O fato de vc estar curada não significa que ainda não possa ter o vírus na saliva. Só um exame da saliva poderia dar certeza sobre o seu potencial de contaminação.

  • Anonymous

    olá, meu nome é Juulia, fui em uma micareta e tive os sinomas do mononucleose.. fui ao medico e ele confirmou.Faz três meses que isso ocorreu.. e fiquei com menino, e ele teve esses mesmo sintomas.O que fazer? Ainda vou passar esse virus pra mais pessoas? Eu nao estou curada? Desde ja agradeço

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @jj
    O baço só fica aumentado na fase aguda da mononucleose. Neste período o recomendado é repouso. O exercício físico é indicado para tratar o cansaço que pode permanecer meses depois da cura da doença.

    O vírus do herpes simples não costuma causar amigdalite.

  • jj

    DR. Lendo os comentários, me surgiu uma dùvida, como o cansaço pode ser combatido com exercício se na mononucleose pode ocorrer aumento dobaço e sua ruptura, ou é só quando o baço aumenta que não pode fazer exercícios??? Outra questão, a namorada que tinha herpes simples, pode não ter trasmitido mononucleose mas sim uma amidalite viral causada por herpes simples, correcto???

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Sara,
    sim, é possível, vc ainda pode estar eliminando o vírus. Estranho é isso não ter acontecido antes.

  • Anonymous

    Olá, chamo-me Sara, eu tive mononucleose em junho deste ano e meu namorado está agora doente e com alguns sintomas parecidos aos que eu tinha quando estava doente, é possivel depois de tantos meses, eu o ter infectado?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Paulo,
    através da sorologia, um exame de sangue.

  • Anonymous

    olá, meu nome é Paulo, minha namorada está com mononucleose e pelo o que eu sei eu nunca tive essa doença, existe algum metodo de saber se eu já tive mononucleose?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Linda,
    A infecção aguda do HIV pode se parecer com a da mononucleose. Fora isso, não têm nada a ver.

  • Linda

    Doutores,
    a mononucleose tem alguma coisa a ver com infecção por HIV? Os sintomas são parecidos? É possível que a mononucleose seja resultado de HIV positivo?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Christofer,
    Se o paciente nunca tiver tido a doença, com certeza pegará mononucleose. A questão é apenas saber se ele terá algum sintoma ou não. A maioria das pessoas não tem sintomas importantes e por isso nem sabem que já tiveram mononucleose

  • Anonymous

    Dr. Pedro Pinheiro, meu nome é Christofer. Gostaria de saber se está doença é 100% pega atravez do beijo, ou seja, se beijar uma pessoa com essa doença, é quase certo que a pegue?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Antonio,
    essa história faz pouco sentido. Ninguém fica proibido de beijar ninguém pq já teve mononucleose. E se ela pegou de vc então não há pq se preocupar, ambos estão imunizados.

  • Antonio

    Boa Noite Dr. Pedro !

    Minha namorada contraiu a mononucleose atravez da minha saliva, confesso que tenho duvidas a respeito deste caso,porem não e o mais importante agora.Ao ser examinada pela medica,ela ficou sabendo que tinha contraido a Mononucleose, ficou com bastante dor de garganta,febre e outros sitomas.e a medica lhe informou que ela não poderia mais me beijar, por que se não acontece ria a mesma coisa. isso é possivel ? por favor me explique o por que. tenho muito medo de ter que terminar com ela =/

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Ardala,
    1- não
    2- podem aparecer apenas alguns destes.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Gustavo,
    A garganta já era para ter melhorado. A fadiga pode durar alguns meses.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Hugo,
    Se vc tem contato próximo com ela com frequência, provavelmente o vírus já chegou a vc. Não é só pelo beijo que ele é transmitido.

  • Ardala

    Bom dia Dr. Pedro! Já ouvi falar um pouco sobre a Mononucleose Infecciosa, e tenho muita curiosidade sobre a doença. O paciente que é medicado com amoxicilina necessariamente aparecerá com manchas veremlhas pelo corpo? A febre, esplenomegalia, hepatomegalia sempre aparecem como sintomas ou podem em certos casos não aparecer?

    Atenciosamente,

    Ardala Policena.

  • gustavo

    doutor gostaria de saber quanto tempo fica doendo a garganta e a fadiga ref. doença mononcleose, ja estou com esse problema treis meses.

  • Hugo

    Boa Noite caro Dr.Pedro,
    Desde já agradeço pelas suas respostas, e pelo blog em si que é sempre muito bom.
    É o seguinte conheçi uma rapariga há pouco tempo e ela disse-me que teve a mononucleose á cerca de 1 mês e pelo que me disse já está curada mas como sei que o vírus permaneçe durante muito tempo no corpo, tanto ela como eu temos receio sequer de nos beijar-mos [ou seja ainda não nos beijá-mos :(], não sei se me entende!?
    Eu nunca tive mononucleose e tenho 18 anos, estarei sujeito e ser infectado caso nos beijê-mos tendo ela tido a doença há 1 mês como referi!?

    Aguardo resposta

    Com os melhores cumprimentos,
    Hugo

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Daniela,
    claro que sim.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Janaína,
    deve-se evitar o antibiótico amoxacilina

  • Anonymous

    Oii . Meu nome é Daniela e descobri recentemente que estou com mononucleose . Poderei beijar alguém novamente sem riscos de transmitir a doença ? Não quero passar isso a ninguem !!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Leonardo,
    Não, vc está imune.

  • Anonymous

    Dr , sou JANAINA e quero saber se quem tem mononucleose deve evitar algum tipo de medicamento … ?
    Obg.

  • Anonymous

    dr meu nome é leonardo.. eu ja tive mono e queria saber se posso pegar de nvo ou se estou imune a doença..
    obg

  • bia

    adoro esse blog!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Túlio, durante os primeiros 8 meses há chances razoáveis de vc ainda ter o vírus na saliva. Se vc vai transmiti-lo ou não, depende de vários outros fatores, incluindo estado imunológico, estado sorológico e tipo de contato que vc terá com esta outra pessoa.

  • Tulio

    Doutor,
    Há 10 semanas eu obtive a cura clínica. Gostaria de saber se as chances de transmissão do EPV ainda são altas?
    obrigado,
    túlio

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Gilsilene,
    Sim, sem problemas.

  • gilsilene

    Dr. me chamo Gilsilene, uma pessoa que teve Mononucleose pode ser doador de sangue normalmente?obrigada pela atenção

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Karina,
    exatamente.

  • Anonymous

    pedro

    eu gostaria de saber

    considerando que a mononucleose só pode ser transmitida de pessoa para pessoa…

    se alguem pega, foi por que alguem transmitiu a ela, considerando que transmitiram para mim, o unico modo de quem transmitiu pra mim ter pego seria se ela pega-se de outra pessoa correto ?

    atenciosamente karina

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Tulio,
    Na verdade o vírus costuma ficar na orofaringe por alguns meses.

  • Tulio

    Entendi.Realmente, não há como ter certeza se ainda há o vírus no organismo.Eu sei que não é via de regra, mas normalmente, com esse prazo de 3 semanas, a pessoa já não mais transmite, né?
    Obrigado desde já,
    Túlio

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Tulio,
    o tipo de manifestação é individual, não importa se que mte transmitiu sentiu poucos ou muitos sintomas.

    Com 3 semanas vc ainda pode ter o vírus na orofaringe e ser um potencial transmissor.

  • Tulio

    * 3 semanas semanas me sentindo perfeitamente normal

  • Tulio

    Doutor Pedro,
    Meu nome é Túlio. Eu tive uma variação muito branda doença, tendo como sintoma apenas uma dor de garganta que durou poucos dias. Não tive febre, cansaço, dores, esplenomegalia, ou qualquer outro sintoma. Estou há cerca de 3 me sentindo perfeitamente normal. Gostaria de saber se após essa fase aguda eu ainda transmito essa virose.E, se ainda transmitir, a pessoa que for contaminada também terá a mesma versão branda.
    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Claúdia, a transmissão é semelhante a da gripe. Os exemplos que vc deu são possíveis meios de transmissão, sim.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Raul,
    sim.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Telma,
    Não faz nem bem nem mal, mas pode ser incômodo. Alimentos quentes são mais bem tolerados.

  • Anonymous

    Chamo-me Cláudia, sou de Itaqui-RS.E, gostaria de saber se um dos senhores:o Dr Pedro ou a Dra Renata poderiam informar quais as outras maneiras de contrair a mononucleose infecciosa, se não for pelo contato direto boca-a-boca?(por ex. pode ser por um canudinho compartilhado num refri? ou mesmo o gargalo de uma garrafa pet?)
    Desejo-lhes uma boa semana e desde já sou grata. Abraço!

  • Raul

    Dr Pedro é possivel transmitir a mononucleose infecciosa a uma pessoa e nos nao termos os sintomas e ela ter ???

  • Anonymous

    Olá Dr. Pedro…
    Meu nome é Telma e tenho uma pergunta que de cada pessoa ouço uma resposta diferente… Estando com amigdalite pode-se ingerir coisas geladas? Faz mesmo bem? ou nem bem e nem mal?

    Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Wanuza,
    a monunecleose é, em geral, um doença benigna. Acho que os principais pontos foram abordados no texto. Não consigo pensar em nada importante para acrescentar.

    A doença só se pega uma vez.

  • Anonymous

    Dr Pedro há reicidencia dessa doença? Ou uma vez contagiado cria-se imunização? wanuza (tecnica em saude bucal)

  • Anonymous

    Dr Pedro, irei ministrar uma palestra para adolescentes, e por coincidencia cheguei no site , mas nunca tinha ouvido falar em mononucleose. Pela sua experiencia o que mais devo infatizar e que mais devo saber sobre essa doença? wanuza (tsb)

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Thiago,
    você provavelmente vai dosar os anticorpos e não o vírus. Por isso não há maiores problemas com esta demora.

  • Thiago

    Dr. É o Thiago novamente, bem, para aumentar minha ansiedade aconteceu um acidente com as amostras de sangue e terei que fazer novamente, vai demorar mais tempo para ser diagnosticado. Em geral meus sintomas desapareceram, a não ser os gânglios que permanecem bem apalpáveis. Se eu retirar mais uma amostra novamente mesmo que eu já esteja melhor, o exame pode dar negativo ou o virus ainda pode ser detectável?

    Obg novamente.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Lucas,
    geralmente quando há cura clínica, já não há mais transmissão. Isso ocorre em média com 2 a 3 semanas. Mas isso não é uma regra, apenas uma tendência.

  • Lucas

    Em quantas semanas o EBV desaparece da saliva, em média?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marcelo,
    Não é comum não.

  • MARCELO

    A MONONUCLEOSE PODE PROVOCAR CANDIDIASE ORAL NUMA PESSOA NO COMEÇO DA INFECÇÃO?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Edder,
    A mononucleose se cura sozinha como qualquer gripe comum. Não é uma doença que costuma causar grandes complicações.

  • Edder

    Ola Dr Boa noite
    meu nome é Edder, ja tem 2 semanas que tive febre alta, dores musculares,garganta inflamada…procurei um médico e ele me disse que era infçao na garganta….
    nessa semana apareceu um carocinho que dói nas minhas costas e atras das duas orelhas e no pescoço, e manchas vermelhas que somem rapidamente e que coçam muito, as manchas sao mais evidentes nas maos , dedos e nos pés…eu estou com umas bolinhas brancas na boca …isso pode ser a doença do beijo?
    Nao existe mesmo cura?Isso indica que vou morrer?
    Obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Déby,
    Não acho muito parecido não. Não sei se no seu em caso particular pode haver alguma confusão.
    Leia meu texto de lúpus e tire sua própria conclusão.

  • Déby

    Dr. O Senhor acha os sintomas de Mononuclerose parecido com Lupus? Tenho todos os sintomas, menos os linfonodos inchados. A médica suspeitou o Lupus, mais me disseram q pode ser confundido com essa doença.
    Obrigada

  • Fernanda

    Dr. agradeço pela resposta foi de grande valia não imagina o quanto…obrigada..
    Fernanda

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Fer_Ru@hotmail.com,
    Depois de 3 anos ele já não transmite mais a doença. Ele está curado, pode ficar tranquilo.

  • Fer_Ru@hotmail.com

    Antes de td gostaria de agradecer pelo espaço…bom tenho um filho que hoje esta com 9 anos a 3 anos atras quando tinha 6 anos ele teve a “doença do beijo” monunucleose a mnha pergunta é a seguinte ele ainda transmite o virus?o virus ficará incubado para o resto de sua vida a ele também teve o virus herpse zoster que foi identificado e foi descoberto que a vacina de hepatite não havia feito efeito e por isso a médica me explico que pode ter sido isso a contaminação pela baixa imunidade…por favor se puder me ajudar tirando mnhas dúvidas agradeço imensamente…

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Renan,
    Isso provavelmente é uma faringite por outro agente infecciosa que não a mononucleose. Vc precisa ser visto por um médico.

  • Renan

    Dr. Pedro e Dra. Renata.

    Tive monoclureose a cerca de 2 meses, os sintomas sumiram em 2 semanas, mas agora estou novamente com os linfonodos inchados e com pus, e sinto cansaço, quero saber se os sintomas poder sumir e voltar novamente? Se é possível ter uma recaida? já que o virus fica por meses no organismo.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Cássio,
    1- Mononucleose tem cura e é espontânea.
    2- Sim
    3- Sim

  • Anonymous

    dr. Pedro, meu nome é Cássio

    senti febre alta durante quatro dias de forma continua, e depois nas duas semanas seguintes apresentei febre alta também apenas no entardecer ou anoitecer todos dias. agora estou me recuperando, minha inguas estão diminuindo e a dor de cabeça aparece muito pouco

    então fiz o exame anti epstein barr e o resultado deu 195 U/ml e diz tb no exame: ragente superior a 20 U/ml.

    estou preoupado, estou com mononucleose? tem cura essa doença? posso ter pegado da minha namorada, mesmo sem ela ter indicios da doença? posso ter pegado também tomando agua no mesmo copo de outra pessoa infectada?

    agradeço desde ja

    obrigado abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Olá Lynda,
    Não entendi bem sua pergunta. Que tipo de interferência vc está querendo sugerir?

  • Lynda

    Dr. Pedro e Dra, Renata

    Parabéns pelo blog.

    A mononucleóse infecciosa por Epstein-Barr vírus (EBV) interfere no sistema imunológico?

    Lindamir

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Dione,
    o que vc descreve é um resultado positivo para EBV e negativo para HIV.

    A interpretação correta desse exame deve ser feita pelo médico que pediu essas análises.

  • dione

    Caros Doutores,
    Há alguns meses atrás tive uma relação de risco e cerca de uma semana depois apresentei os sintomas de infecção aguda: cansaço, ganglios inchados e febre alta. Fiquei com medo de ser o hiv. Com isso, procurei um médico que me receitou os seguintes exames:

    mononucleose anticorpos heterofilos. resultado reagente.
    hiv-quantificação por pcr. resultado nao detectado.

    De posse desses resultados ele me receitou novos exames:
    Epstein Baar- anticorpos IgG- (VCA): 47AU/ml
    valor de referencia: reagente para > 20Au/ml
    Epstein Baar- anticorpos Igm- (VCA): 160 Au/ml
    valor de referencia: reagente para > 20Au/ml
    Au-Arbitrary units

    De posse desses resultados, pode-se dizer que o que tive foi realmente uma infeccao pelo epstein baar e não pelo hiv?

    muito obrigado

    Dione.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Suzy,
    Erro no exame é sempre possível, apesar de pouco provável. O fato de vc ter tido mononucleose não interfere em nada.

    De qualquer maneira vc deveria repetir a sorologia para HIV

  • Suzy

    Dotores,meu nome é Suzy,depois de muito correr atrais e diagnósticos de câncer,descobri que era mononucleose e Barr,com o diagnostico fiquei mais tranqüila,depois de 4 meses como sou doadora achei que já podia doar,fui chamada no banco de sangue e disseram que estou com hiv, expliquei ao médico que tive mono e repeti o exame.É possível ter ocorrido um erro no resultado? me esplique,por favor.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Radiologia,
    Procure um hematologista ou um clínico geral

  • Radiologia médica

    fIZ EXAME PARA IDENTIFICAR A MONONUCLEOSE.
    O resultado deu (igm)normal sem atividade
    (igg) 566u/ml isto é eu ja tive mononucleose anteriormente.
    A varios nódulos duros em meu corpo
    Um no pescoço direito,outro cresçe rapidamente no lado esquerdo do pescoço,varios sobre o tórax e varios sobre a minha virilha emagreci 8 kl e 5 meses estou afadigado tenho medo de ter contraido linfoma de burkitt..
    Doutor qual é o procedimento que devo tomar?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Não.

  • Carol

    Dr, você não sabe o quanto me tranquilizou ! Só pra confirmar, não há chances mesmo?
    MUITO obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Carol,
    Não. Fique tranquila.

  • Carol

    Dr.pedro, tive mononucleose á 2 meses, e desde então fiquei sem beijar, ontem beijei o mesmo homem que foi o ultimo a ter me beijado antes da mononucleose se manifestar em mim, se eu tiver ” pegado” a mononucleose dele tem chance dos sintomas voltarem a se manifestar em mim? uma vez que todos ja foram curados. Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/04393336581392706630 Dra. Renata Campos

    Luiz Carlos,
    para saber se o seu baço aumentou muito ou pouco era preciso ter um exame com as dimensões anteriores. O repouso é relativo, desde que você se sinta bem pode fazer suas atividades normais. O ideal é evitar esportes de contato ou situações com risco de traumatismo até completar 4 semanas de doença.
    Abraços.

  • luiz carlos

    Dr. Pedro,
    Há exatamente 16 dias comecei a ter uma febre intensa de 39 graus. Foi-me diagnosticado Mononucleose.
    Meu baco apresentou aumento de volume medindo 13,6 X 10,90 X 10,7 cm com volume de 835,3 cm3 sem lesão, e com contorno regular. As minhas perguntas são: a) por essas dimenssões o Dr. acha que o baço aumentou muito, medio ou pouco de volume B)estou no ultimo mês da faculdade de direito. Entrarei em prova. Qual tipo de repouso que o Dr. indica ? Ficar literalmente em casa, deitado ou posso ir a universidade, sair normalmente e desde que não pratique esporte ou faça esforço posso ficar tranquilo neste caso sem qualquer risco de rompimento do baço? C)no meu caso qual o risco de hemmoragia por rompimento do baço e o que devo fazer para evitá-lo ?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marlon,
    O ideal é que vc inicie atividade física regular. O sedentarismo favorece a fadiga crônica.

    A fadiga crônica é um estado de cansaço permanente que dura 6 meses ou mais.

  • Marlon

    Eu estou completando 3 meses semana que vem. Parece que a melhora é gradual mas pequena. O que sinto ainda é as vezes alguns calafrios, um pouco a garganta e o pior é a moleza (fadiga). Mesmo assim parece que a cada dia melhorando. A minha grande dúvida é, como diferenciar se essa fadiga é resíduo da Mononucleose e quando vira Fadiga Crônica e também como evitar que vire?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marlon,
    O quadro de febre, dor de garganta etc… costumam durar umas 2 semanas. Mas o cansaço e a presença do vírus na saliva pode realmente durar alguns meses.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Karoline,
    Existe um risco maior de linfoma em pessoas que tiveram infecção pelo EBV, porém, a evolução não é assim, imediatamente após a mononucleose. É questão de anos.

  • Marlon

    Olá Dr.!
    O Dr. falou que é difícil a Mononucleose durar 3 meses, mas textos sobre o assunto dizem que os sintomas podem durar de 1 a 4 meses. Ou isso seria o cansaço que pode durar esse tempo?