Artigo atualizado em 10/07/2014

COMO SE TRANSMITE O VÍRUS HIV

SIDA é a sigla em português para AIDS, que significa Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. HIV é a sigla em inglês para Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH). Todos os países de língua latina usam o termo SIDA e VIH, exceto no Brasil, onde a imprensa popularizou os termos em inglês AIDS e HIV. Vou usar neste texto os termos AIDS e HIV que são mais comuns no Brasil.

A AIDS é uma doença infecciosa, transmitida por um vírus chamado HIV. Para se ter AIDS é preciso estar contaminado com o vírus HIV; não existe AIDS sem a presença do vírus.

Só se contrai o vírus HIV de uma pessoa infectada pelo mesmo; ou seja, o vírus precisa ir de uma pessoa para a outra. Não se pega AIDS tendo relações sexuais com alguém que não tenha o vírus, do mesmo modo que não se pega AIDS se masturbando sozinho. Também não se pega AIDS através de transfusão de sangue não contaminado. Esta informação pode parecer banal, mas muitas pessoas ainda acham que a AIDS pode ser transmitida apenas pelo sexo, independente da situação de saúde do(a) parceiro(a).

HIV e AIDSÉ importante diferenciar o HIV da AIDS. HIV é o vírus, enquanto que a AIDS é a doença causada pelo vírus; é possível ter o HIV e não ter AIDS, já que algumas pessoas são carreadoras assintomáticas do vírus. Na verdade, a maioria das pessoas passa vários anos tendo o HIV, mas sem desenvolver sintomas da AIDS. A média de tempo entre a contaminação com o vírus e o desenvolvimento da doença é de 10 anos.

Atenção: A AIDS AINDA NÃO TEM CURA. Os tratamentos avançaram muito nas últimas décadas, mas ainda não existe cura para a doença.

Para se desenvolver a doença, o vírus precisa ter contato com a circulação sanguínea. Portanto, o simples contato com a pele não é suficiente para a transmissão da doença. A pele é o nosso principal organismo de defesa, funcionando como uma armadura, impedindo que germes do ambiente tenham acesso ao interior do nosso organismo. O simples contato de sangue na pele não é suficiente para se contrair o HIV, contanto quea mesma esteja íntegra, ou seja, sem feridas.

Se a pele é uma ótima barreira, o mesmo não podemos dizer das mucosas, como a glande do pênis, o ânus e a mucosa da vagina que apresentam poros que possibilitam a invasão do HIV para dentro do organismo. A mucosa oral também não é tão eficiente porque frequentemente apresenta feridas. Portanto, a principal via de transmissão do HIV é através das mucosas dos órgãos sexuais. Toda relação sexual causa microtraumas nestas mucosas, muitas vezes invisíveis ao olho nu, facilitando a contaminação pelo vírus que está presente nas secreções genitais.

O HIV é transmitido toda vez que um fluído contaminado entra em contato com alguma área do corpo vulnerável a invasões.

O sexo oral ativo (receber o pênis ou a vagina na boca) pode transmitir HIV, principalmente se houver lesões na cavidade oral como gengivites, aftas, feridas, etc. Algumas dessas lesões podem ser pequenas o suficiente para passarem despercebidas para a maioria das pessoas, mas não o suficiente para impedir a penetração do vírus presente nas secreções genitais.

O sexo anal costuma ser o que apresenta maior risco de contaminação. A mucosa do ânus/reto é mais fina que a vaginal, e por não apresentar lubrificação natural, está mais sujeita a pequenas lesões durante o ato sexual. Quanto mais ferida estiver a mucosa, mais fácil é para o vírus invadi-la.

Os fluidos que contém o vírus são as secreções vaginais, o sêmen e o liquido pré-seminal (aquele transparente que sai do pênis antes da ejaculação) e, obviamente, o sangue.

O risco de transmissão é maior quando a pessoa contaminada não se trata e apresenta uma carga viral elevada no sangue. Quando o vírus encontra-se em grande quantidade no sangue, ele também estará em grande quantidades nas secreções genitais. Porém, mesmo aqueles que fazem o tratamento anti-retroviral de modo correto e apresentam carga viral indetectável, podem transmitir o vírus.

O melhor modo de prevenir o HIV é através de relações sexuais com preservativos. A camisinha é muito eficiente, mas não garante proteção com 100% de segurança (leia: CAMISINHA | Tudo o que você precisa saber), por isso, além do preservativo, evitar uma vida promíscua também é importante.

A presença concomitante de outra DST, como sífilis, herpes, gonorréia aumenta muito o risco de transmissão e contágio pelo HIV.
Leia:
- SÍFILIS | Sintomas e tratamento
- GONORREIA | CLAMÍDIA | Sintomas e tratamento
- HERPES LABIAL | HERPES GENITAL | Sintomas e tratamento

Além da via sexual, existem outros meios de se contrair o HIV:

- Usuários de drogas injetáveis que compartilham agulhas.
- Tatuagem e piercing apresentam risco pequeno, mas podem ser vias de transmissão caso haja uso de material contaminado (leia: BODY PIERCING | Perigos e complicações).
- Transfusão de sangue (atenção: o perigo está em receber e não em doar sangue).
- Transmissão da mãe para o feto durante a gravidez.

Os seguintes fluidos corporais NÃO transmitem o HIV (ao não ser que haja sangue misturado)

- Saliva.
- Suor.
- Lágrima.
- Vômitos.
- Fezes.
- Secreções nasais.

Nenhum dos fluidos acima apresenta concentrações do vírus em quantidades relevantes para que haja transmissão.

Também NÃO se contrai AIDS através de:

- Talheres ou pratos
- Picadas de inseto
- Abraços ou aperto de mão
- Vasos sanitários ou banheiro público
- Piscina pública
- Praia
- Doação de sangue
- Beijo. Existe um risco pequeno no caso de beijo na boca se ambos possuírem lesões sangrantes na mucosa oral, situação que, convenhamos, é pouco provável. Beijos na bochecha ou nos seios não transmite HIV
- Masturbação ativa ou passiva (a não ser que o dedo do parceiro(a) apresente uma ferida aberta)
- Sexo oral passivo (no sexo oral ativo há risco pelo contato da boca com as secreções vaginais e do pênis)

O HIV sobrevive muito pouco tempo no ambiente, por isso, histórias sobre pessoas que colocam sangue contaminado no Ketchup, agulhas em telefones públicos e cadeiras de cinema são apenas mitos que circulam pela internet. Além disso, o vírus quando exposto a sabão ou outros produtos químicos, também morre.

Infecção aguda pelo HIV (Um texto mais específico encontra-se aqui: SINTOMAS DO HIV E AIDS (SIDA))

Chamamos de infecção aguda pelo HIV o quadro que ocorre entre 2 a 4 semanas após a contaminação com o vírus.

Os sintomas são semelhantes à uma síndrome de mononucleose (leia: MONONUCLEOSE – DOENÇA DO BEIJO) com febre, dor de garganta, pequenas manchas de 1 cm e avermelhadas espalhadas pelo corpo, aumento dos linfonodos (ínguas) e dor de cabeça. O aparecimento de pequenas úlceras no pênis, ânus ou na cavidade oral são bem característicos da lesão primária pelo HIV.

Nem todo mundo que se contamina com HIV vai desenvolver sintomas da infecção aguda e, em alguns casos, os sintomas são tão discretos que passam despercebidos pelo paciente.

Se você ainda tem dúvidas sobre a transmissão do HIV, leia: COMO SE PEGA AIDS | Perguntas e respostas

Para ver algumas imagens típicas do HIV/AIDS: AIDS e HIV | FOTOS

Obs:  tenho recebido dezenas de perguntas sobre risco de contrair HIV em situações hipotéticas. Algumas situações apresentam tantos “se” que fica até difícil acreditar que elas poderiam acontecer na vida real: “Se o fulano fizer tal coisa, e se o beltrano estiver de tal modo, e se o sangue estiver assim e o se a camisinha estiver assado…”. Risco tem a ver com probabilidade. Os riscos são calculados através de estudos que acompanham a repetição de uma determinada situação para se ter ideia de quantas vezes um novo fato surgiu a partir desta. É impossível afirmar qual o risco de situações hipotéticas pouco prováveis de acontecer e que não se repetirão em larga escala.

Tenham em mente a seguinte afirmação: o HIV só é  transmitido de modo relevante através de relações sexuais desprotegidas ou compartilhamento de agulhas infectadas (ou qualquer outro método em que haja compartilhamente de sangue). O resto é elucubração. O resto é risco irrelevante.

Publicidade
  • Anonymous

    Dr. é verdade que não se morre mais de AIDS ? que virou uma doença crônica? Que é só tomar os remédios que a doença fica controlada?
    Agradeço desde já

    Raphael Marques

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Oi Raphael,
    Não é bem assim não. Ainda muita gente morre pelo HIV. Nem todo mundo tolera o coquetel de anti-retroviral, nem todo mundo toma os medicamentos de modo correto e em alguns casos o vírus não responde tão bem ao tratamento.
    Mas se compararmos com o que acontecia há 10-15 anos, houve um progresso imenso.
    abraços

  • Anonymous

    dr eh verdade se usar uma escova dental de uma pessoa soro positivo, corre risco de se contaminar com o virus.mesmo se ñ fora no mesmo momento q essa pessoa utilizou a escova?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    A transmissão do vírus HIV permite imaginar infinitas maneiras de se infectar.

    O que deve ficar claro é que
    1- O vírus sobrevive pouco tempo no meio ambiente
    2- a saliva não possuiu vírus suficiente para transmiti-lo
    3- 99,9% dos casos de transmissão do HIV se dá por via sexual, via materna ou contato com agulhas infectadas.

    Se uma pessoa com SIDA que tem uma boca que apresenta lesões ou feridas escova os dentes, e logo após, outra pessoa também com feridas na boca usa a mesma escova, existe sim, o risco de transmissão. Agora, existir o risco não quer dizer que o fato seja provável.

    Se você tem relações com camisinha sempre e não compartilha agulhas, fique tranquilo que a chance de contrair o HIV é quase nula.

    abraços

  • Anonymous

    OLA ..GOSTARIA DE SABER SE UMA PESSOA QUE ESTA COM CANDIDIASE E ELA E SOROPOSITVO SE ELA CONSEGUE FACILMENTE CURAR COM MEDICAMNTOS COMO UMA PESSOA SEM AIDS OU FICA MUITO MAIS DIFICIL A SUA SITUAÇAO.
    GOSTARIA DE SABER TAMBEM SE EXISTE CASOS DE PESSOAS QUE MANTERAM RELAÇOES COM SOROPOSITIVO SEM CAMISINHA E MESMO ASSIM NAO SE INFECTARAM.

  • Anonymous

    Ola Dr. a mesma duvida que o amigo de cima tem eu tbm a tenho. Estou desesperada pq eu e meu namorado fizemos teste hiv o dele deu positivo e o meu negativo so que no carnaval a camisinha estorou e agora posso estar contaminada, repeti o exame tem 1 semana e deu novamente negativo, nao sei se devo tomar algum coquetel, se tem alguma coisa que possa fazer durante esses 90 dias que eu tenho que esperar para um novo test! me ajuda dr.!!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Vou responder as 2 perguntas acima em uma só.

    1- Qualquer infecção em paciente com SIDA (AIDS) requer maior atenção e é mais difícil de ser tratada. Atenção, não confundir SIDA com HIV positivo.

    2- São raríssimos os casos de exposição repetida ao HIV sem contaminação.

    3- Qualquer profilaxia deveria ter sido iniciada horas depois da exposição. Agora não nenhum trabalho que comprove eficácia.

    O que vocÊ deve fazer é evitar relação sexual sem camisinha até que seu estado sorologico seja confirmado. O próximo exame pode ser feito em 6 semanas e depois em 12. Se esses 2 forem negativos, a chance de vocÊ não ter sido contaminada é muito grande

  • Anonymous

    Dr. sou a mesma pessoa que fez a pergunta anterior. O Dr. poderia me responder se as chaces de eu ter me contamindado com essa camisinha estoura e grande ou nao? Pq a demora de 6 semanas para um outro teste e muito longa e estou ficando em panico, com tremores e super irritada. Fui a um medico e ele me disse que minhas chaces de ser contaminada chegam a 0,3% achei muito pouco, ele disse que sao praticamente nulas, pq as paredes varginais estavam protegidas e nao houve muito contato com o semem,nao sei se ele quiz me tranquilizar ou se e verdade! Poderia me dar outra opiniao? Muito obrigada!!!

  • Anonymous

    Dr. tbm poderia me responder pq mesmo fazendo os dois exames e esses exames derem negativos eu ainda corro algum risco,pq o dr. disse que as chances sao muito grandes de eu nao estar contaminda. Quando vou ter certeza que se estou ou nao contaminda? Meu Deus essa espera e angustiante, e nao sei pq mesmo o medico que consultei falando que as chances de estar contaminda sao quase nulas eu nao consigo dormi se nao for com calmantes, minha vida se tornou um inferno. Meu namorado ainda tem que fazer o teste de W Bolt que sera o definitivo mais ja presinto que ele esta contaminado com o HIV. Nossa estamos a beira de um ataque de nervosos. O Dr tbm poderia me responder se o teste definitivo de WBOLT tem confirmado alguns testes falso positivos?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    O risco depende de vários fatores como a carga viral do parceiro, o grau de lesão durante o ato sexual, a presença concomitante de lesões genitais, tipo de anticoncepção usada etc…
    Se todos os fatores forem favoráveis, o risco de transmissão em uma única relação sexual pode ser realmente bastante baixo.

    Acho estranho o laboratório ter divulgado o resultado sem ter feito o Western blot para confirmação. Não é esse o protocolo.

    Os testes são recomendados em 6,12 e 24 semanas. A maioria das pessoas contaminadas desenvolvem anticorpos em até 12 semanas. Porém uma pequena parcela demora mais tempo e precisa de 6 meses para o teste ficar positivo.

    Se após 12 semanas o seu teste for negativo, você só terá chance de estar contaminada se pertencer a pequena parcela que demora a soroconverter.

    É por casua de casos como o seu, cada vez mais frequentes, que nós médicos aconselhamos relações sexuais com camisinhas até para pessoas casadas e teoricamente monogâmicas.

    Abraços

  • Anonymous

    Dr. muito obrigada pelos esclarecimentos. Agora o que tenho que fazer e ter paciencia e confiança em Deus! Estava pensando…agora vou ficar tensa mantendo relaçao sexuais de camisinha pq ela pode estourar. Essa situaçao e muito complicada. Mais Dr. vc so nao me respondeu se o teste de WB do meu namorado pode vir a da negativo sendo que o T1 e T2 deram positivos? As chaces dos outros dois testes nao se confirmarem positivos sao grandes? Tem em numeros a porcentagem de erros?
    Dr. Deus muito obrigada pela dedicaçao e carinho com as pessoas que passam por essa situaçao terrivel. Mesmo elas nao sendo suas pacientes vc é atencioso!
    Que Deus te ilumine e lhe traga sempre saude e paz!!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    O diagnóstico definitivo só é dado pelo WB. O ELISA pode ter erros. Por isso, não é indicado liberar resultado para o doente sem o essa confirmação.

    A especificidade do ELISA, ou seja, a probabilidade de um resultado positivo ser verdaderamente positivo, é maior que 95% na maioria dos Kits usados.

    Porém, volto a dizer, só 2 ELISAS e 1 WB positivo confirmam o diagnóstco com 99,9% de certeza

    abraços

  • andrea

    Dr. Estou desesperada. Tive uma relação com penetração e a camisinha estourou, a pentetração não demorou nem 2 minutos pois vi que estourou e parei com tudo, não teve ejaculação nem nada, gostaria de saber se tenho algum risco de ter contraido aids..

  • Stanislau

    Dr, sou muito paranoico acerca de doenças… Enfim. Gostaria de saber se o ato de ser tatuado rflet um alto risco de contaminção com o virs hiv? outra pergunta e essa tem me angustiado é que, na minha ultima tattoo que fiz fui tocado por uma pessoa que tambem havia a poucos minutos sido tatuada e essa pessoa tocou no eu braço direto sedo qu eu estava sendo tatuado no esquerdo. quando vi fique com tatnto panico que não tive reação de me levantar e ir lavar… a questão é: quando o tatuador fez a limpeza usao um burrifador e passndo papel descartavel, eu ”pedi pra ele limpar tambem o suposto sangue que estava no meu outro braço. embora eu so tenha visto tinta escura no braço o qual fi tocado sei que virus e microscopico… sendo assim, sera que pelo fato de ter sido limpo e depois repetidas vezes ter esse mesmo papel passado na tatuagem que estava sendo feita, e essa com certeza exposta a sangue, eu fui contaminado? o virus sobrevive muitos minutos fora do organismo contaminado?

    Desde ja grato.

  • Stanislau

    Dr, sou muito paranoico acerca de doenças… faço exame de sorologia a cada 3 meses! Enfim. Gostaria de saber se o ato de ser tatuado rflet um alto risco de contaminação com o virus hiv? outra pergunta, e essa tem me angustiado é que, na minha ultima tatuagem que fiz, fui tocado por uma pessoa que tambem havia a poucos minutos sido tatuada e essa pessoa tocou no meu braço direto sendo qu eu estava sendo tatuado no esquerdo. quando vi fique com tanto panico que não tive reação de me levantar e ir lavar… a questão é: quando o tatuador fez a limpeza usando um burrifador e passndo papel descartavel, eu ”pedi pra ele limpar tambem o suposto sangue” que estava no meu outro braço. embora eu so tenha visto tinta escura no braço o qual fui tocado sei que o virus é microscopico… sendo assim, sera que pelo fato de ter sido limpo e depois repetidas vezes ter esse mesmo papel passado na tatuagem que estava sendo feita, e essa com certeza exposta a sangue, eu fui contaminado? o virus sobrevive muitos minutos fora do organismo contaminado? estou tão paranoico que não quer nem beijar minha namorada!

    Desde ja grato.

  • Stanislau

    Peço desculpas acerca de algumas palavras… meu teclado é muito ruim!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Andrea,
    O risco existe. Não é grande, mas existe. Ele sará maior ou menor de acordo com outros fatores que eu explico no texto, como carga viral do parceiro (se ele for HIV positivo), lesões genitais etc…

    O jeito mais rápido de se despreocupar é solicitar uma sorologia do seu parceiro. Se vier negativa, você pode ficar mais calma.

    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Stanislau,
    O risco de HIV na tatuagem é pequeno. Nulo se a agulha for estéril.

    Bom, por uma questão de higiene o papel deveria ter sido trocado.
    Mas daí imaginar que vocÊ possa ter contraído HIV deste modo é muito, mas muito improvável.

    O HIV resiste pouco tempo exposto ao ar, principalmente se foi limpo com algum produto desifetante e ainda tinta, como você parece descrever.

    Independente de que ocorreu, você pode beijar sua namorada porque HIV não se transmite pelo beijo.

    Acho que vocÊ tem características de hipocondria e ansiedade. Talvez fosse interassante procurar um psiquiatra para conversar.

    Abraços

  • Stanislau

    Dr.Pedro Pinheiro, agradeço sua atenção!Isso me vem como uma confirmação, meu pai tambem é medico e havia me incentivado procurar um Psiquiatra… Ele pediu, ”agradeça sua disponibilidade ao esclarecimento das duvidas acerca das patologias.” Faço minhas suas palavras De fato esse Medico ama a medicina.

  • Luis

    Olá Dr. Pedro

    Tive 1 relação sexual com uma garota de programa, no meio da relação a camisinha estorou, na hora percebemos e paramos(demorou cerca de 1 segundo).fui direto me lavar com água e sabão.não voltamos a transar.
    Gostaria que o senhor me esclarecesse uma dúvida. As chances de eu ter pego Aids são altas? Mesmo com esse pouco tempo de contato, eu não possuindo dsts e tendo o penis integro, porém um pouco “assado pelo uso da camisinha”.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Luis,
    Provavelmente você não se infectou, mas o risco existe.

    A única maneria de se ter 100% de certeza é fazer a sorologia daqui a algumas semanas.

    Se for cassado ou tiver namorada não deixe de usar camisinha para evitar que elas se contaminem.

    Abraços

  • Luis

    Olá denovo Dr. Pedro,
    Desculpa ter que perguntar denovo, mas é por que estou um pouco ansioso quanto a isso. São altas as chances de eu me contaminar de acordo com oq escrevi acima? Sem dst, pouca exposição, mas não sei sobre a carga viral.
    E se não contraí nenhuma dst, é menor a chance de ter contraído aids?

    Obrigado Doutor

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Luis,
    As chances NÃO são altas. Porém ela existe. Provavelmente você não se contaminou, mas isso só o tempo e as sorologias dirão com certeza.
    Abraços

  • Anonymous

    Ola Dr.
    Sou marinha(18 anos).
    Assim minha mãe tem aids, e qndo eu tinha 12 anos eu fiz o teste (só uma vez) e deu negativo. Mais eu acabo esquecendo q minha mãe tem.
    AI uma vez eu fiz depilação e me eschugava com a toalha dela.
    ai teve uma vez q teve um peuqeno sangramento e memso assim ai sem querer acabei usando a toalha dela.
    Eu to com aids, juro doutor isso ta me matando não consigo dormir.Pq tenho medo de dar positivo q eu faço????
    Eu sou MUITO nova pra ter essa doença me socorre obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Marinha,
    Não se pega SIDA (AIDS) deste jeito.
    AIDS se pega por relações sexuais, tranfusões de sangue ou por compartilhar agulhas contaminadas.
    Relaxe.

  • Anonymous

    dr.
    o número de pessoas com aids no brasil é mto grande? e em são paulo?
    grande porcentagem desse número está concentrada nas casas de prostituição?
    desculpe pelas perguntas de estatística.

    obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    São mais ou menos 600.000 pessoas com SIDA(AIDS) no Brasil.

    A doença acomete todos os grupos, porém os números continuam dirigindo a epidemia de Aids para as populações menos favorecidas
    (pauperização), as mais vulneráveis (trabalhadores
    do sexo, usuários de drogas injetáveis), o sexo
    feminino e para a adolescência.

    De qualquer maneira, não existe mais grupo de risco, e sim comportamento de risco.

    Se quiser mais dados sobre a SIDA no Brasil: http://www.aids.gov.br/data/documents/storedDocuments/%7BB8EF5DAF-23AE-4891-AD36-1903553A3174%7D/%7B31A56BC6-307D-4C88-922D-6F52338D0BF4%7D/Boletim2008_vers%E3o1_6.pdf

  • Anonymous

    Dr. Tive contato com uma menina,sem camisinha.38 dias após tive um resfriado seguido de cefaleia, não tive febre apenas irritação nas vias aéreas e nem um outor tipo de mal estar.Poderia ser sintomas agudos de HIv??

  • Pedro

    Dr Pedro.
    O resultado do exame ELISA após 1 mês e meio pode ser considerado certo?
    Há uma porcentagem dele estar certo ou não nesse período de tempo?

    obrigado

  • jp

    a probabilidade de uma mulher transmitir o virus do HIV para o homem é menor?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Caro leitor anônimo,
    Pelo tempo e pelos sintomas, não se pode descartar a infecção aguda pelo HIV, principalmente se houve comportamento de risco.

    Faça a sorologia.

    Abraços e boa sorte.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Pedro,
    6 semanas é um tempo razoável, mas não garante em 100%. Se o seu contato foi de alto risco, deve-se repetir o exame com 12 semanas.

    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    JP,
    Sim, em condições iguais, parece que a chance de transmissão do homem para a mulher é maior do que da mulher para o homem.

    Abraços

  • JP

    A possibilidade de você ter contato com um menina sem camisinha e não ter tido o orgasmo, tem uma probabilidade menor de contágio com HIV?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    O risco é menor para ela que não entrou em contato com seu sêmen.
    Para vc, não faz diferença.

  • Marina

    Dr. Muitoooooooooo obrigadoo!!!!!!!!
    Sua explicação foi muito importante para mim.
    Tipo eu tava com medo de falar para minha mãe para ela não acha q era culpada mais agora ja sei q não estou com aids. Mais apartei de agora serei mais cuidadosa.
    Obrigadoooooooooo
    bjossssssssss

  • Anonymous

    Dr. uma pessoa contaminada com HIV ha 1 mês tem algum sintoma caracteristico da contaminaçao? Se tem poderiam me descrever?

  • Anonymous

    Dr. o senhor ja teve algum caso confirmado de contaminaçao de HIV por sexo oral, sem ejaculaçao?

  • paulo

    Doutor ao beijar uma menina com piercing no lábio a chance da contração do vírus é muito grande?
    Você já teve casos de contração através de beijo?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Vou responder as 3 últimas perguntas em 1 comentário só.

    O HIV pode causar um quadro semelhante a uma gripe algumas semanas após após sua contaminação. Não existe nenhum sinal ou sintoma único desta infecção que consiga diferenciá-lo de uma infecção respiratória comum.

    Eu não tive casos nem de contaminação por sexo oral. Mas eu não sou especialista em SIDA/HIV, portanto, não tenho tantos casos assim. De qualquer modo, é muito difícil comprovar que uma contaminação foi por sexo oral. A pessoa precisaria fazer somente sexo oral e ficar algumas semanas sem ter relações com ninguém para que se pudesse caracterizar esse tipo de transmissão. Se não houver ejaculação o risco é com certeza menor.

    A transmissão do HIV pelo beijo é muito, mas muito improvável. Seria necessário que ambos apresentem sangramentos ao mesmo tempo e o tempo de exposição precisa ser prolongado.

  • JP

    Dr. sintomas como nariz intupido e dor de cabeça que durou 2 dias pode ser sintomas do HIV mesmo que estes sintomas apareceram 1 dia depois de eu ter ficado exposto durante um bom tempo ao Sol e ter caminhado bastante?

  • Anonymous

    Dr.pratiquei sexo com camisinha com uma menina que sai com rapazes diversos, moro em uma localidade no ceará que não é muito habitada e geralmente não se vê muito casos de HIV na região.então na minha prática sexual com ela minha camisinha rasgou e estava disconfortável, tirei ela e pratiquei o ato até chegar ao orgasmo.depois de vários meses(8 meses)não tive nenum gripe nem nada parecido, mas como falei a cidade é pequena e o pessoal fica tirando uma da milha cara, “q ela ta doente e etc”.Dr tem possibilidade dentro de tudo que descrevi sem ter sentido nada de nada de sintomas, eu estar com esse vírus?obrigado por esse trabalho que você propociona a todos nós.estou sensibilizado com a situação do portador do HIV.

  • Anonymous

    Por gentileza Dr., gostaria de saber se existe risco de algum tipop de contaminhação de doença(aids) ou qq outra, da seguinte forma:
    Foi em uma loja de sapato, peguei um sapto q continha um alfinete(desses de roupa), ele estava segurando o prçeo no sapato e o alfinete picou um pouco fundo no meu dedo. A questao é: se alguem um ou dois minutos, tb tenha se picado naquele mesmo alfinete e tinah alguma coisa, pode acontecer de transmitir algo para a pessoa q se deixou picar pelo alfinete em seguida? é possivel? como foi muito rapido, nao deu nem tempo de notar se o alfinete estaria “sujinho” com alguma gotinha de sangue ou nao. Agradeço desde ja.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    JP,
    os sintomas de infecção aguda pelo HIV são muito inespecíficos. Poder ser, sempre pode. Agora se vocÊ tem um motivo que explique o quadro, é mais fácil pensar que esta é a causa, e não HIV.

    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Todo mundo que pratica sexo desprotegido corre o risco de ter a doença.

    Não é todomundo que apresenta os sintomas de infecção aguda pelo HIV.

    A única maneira de se ter certeza é fazendo a sorologia

    Abraços

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    A chance de transmissão como neste caso do alfinete é extremamente improvável. Primeiro pela série de eventos improváveis que levam uma pessoa HIV a se furar momentos antes de outra pessoa. Segundo porque o risco de transmissão em agulhas sem luz,ou seja não ôcas, é quase inexistente.

    Fique tranquilo que vocÊ não pegou SIDA.

  • Anonymous

    Dr. Qual seria os sintomas de uma pessoa contaminada com HIV em fase cronica? Pq a maioria das pessoas so procuram um infectologista quando ja estao com a SIDA ai as chances de um tratamento dar certo sao mais dificies. Tenho um amigo que e contaminado pelo virus, ha mais ou menos 6 anos diz ele que quando gripa ele se auto medica e essa gripe nunca vai pra frente. Temo por ele adoecer e nao conseguir reagir, nao adianta pedir ele pra fazer uma acompanhamento que ele se recusa, diz que nao senti nada. Gostaria muito de poder ajuda-lo de alguma forma, pelo menos com os sintomas especificos de SIDA nao de HIV. Obrigada!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Na verdade não é necessário iniciar tratamento do HIV se não houver sinais de SIDA (AIDS).

    No doente HIV assintomático, deve-se sempre dosar os linfócitos CD4 que são as células de defesa mais acomentidas polo HIV. Quando estas estiveres em número muito baixo, o doente encontra-se imunossuprimido e apresenta grande risco de desenvolver AIDS. Neste caso, indica-se início do tratamento com os anti-retrovirais, mesmo sendo o paciente assintomático.

    Se seu amigo recusa tratamento e seguimento médico, não há nada que possa ser feito por ele. O jeito é torcer para que a quando a SIDA se manisfestar, ela o faça de um jeito menos grave e ele consiga se recuperar.

    Abraços

  • silas

    dr.
    há duas semanas passei por uma relação de risco, na qual poderei pegar aids.
    e há uma semana tive uma faringite, não muito aguda. mas agora meus ganglios do pescoço estão um pouco inchados.
    na aids,se ocorrer a inflamação dos ganglios, ela é generalizada?
    já agradeço a atenção

    obrigado

  • Anonymous

    Ola Dr.Meu nome é William Agradeço muito a vc, disponibilizar uma parcela do seu tempo, para dar informações neste site.
    A minha dúvida é : fiquei com uma mulher que tem relações com varias pessoas porém não tive relações sexuais, mas os beijos eram intensos, e ela me mordeu onde saiu um pouco de sangue de mim,
    dias apóis tive uma febre não muito alta porém com dor nos ossos e apareceu algumas inflamações na minha boca principalmente no céu da boca. Tem alguma relação desses sintomas com o HIV?
    Outra coisa: é possivel uma pessoa ter HIV e nunca ter AIDS?
    É possível uma pessoa ter um contato mesmo que favorável a contrair HIV(tipo uma relação sexual ou qualquer outra exposição ao virus ) e mesmo assim Não contrair?
    Nossos anti corpos conseguem nos defender e não contrair o HIV se tiver-mos em perfeito estado de saúde?
    desde já agradeço, e que Deus lhe devolva em dobro de paz, saúde alegria, o que tem nos ajudado. aguardo sua resposta.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Silas,
    O seu quadro é compatível com infecção aguda pelo HIV. Mas pode ser também uma simples faringite ou outra virose.

    A inflamação dos gânglios pode ser só no pescoço mesmo.

    Como vc teve comportamento de risco, o jeito é fazer a sorologia e descubrir se vc foi infectado ou não.

    Abraços e boa sorte.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá William.
    Bom, vamos lá.

    1- Do jeito que vc me contou parece-me pouco provável que vc possa ter sido infectado deste jeito.

    2- Sim, existem pessoas com HIV que nunca desenvolveram SIDA

    3- Sim, é possível ter sexo com alguém contaminado e não se contaminar, mas isto não tem a ver com o estado de saúde. Pessoas perfeitamente saudáveis podem se infectar.

    Abraços

  • silas

    dr.
    se contraí hiv e tive faringite, como disse anteriormente.
    meu ganglios permanecerão inchados por um periodo de tempo maior do que o fim da faringite?
    ou quando a faringite acabar, eles devem voltar ao normal?

    obrigado

  • Anonymous

    por favor Dr.pedro pinheiro responda a minha duvida tou muito preocupada

    ass:beatriz

  • Anonymous

    ola dr.pedro pinheiro sou a baetriz e a poucas semas fiz sexo oral ao parceiro que tenho eu fiz sexo oral durante 10 ou 15seg nao mais do que esse tempo ele n ejaculou nem nada..quande lhe fiz oral ele nao estava exitado so quando tirei a boca é que ele ficou exitado ficou passado 1seg sera que posso ganhar sida como fiz?por favor responda tou muito preocupada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Silas,
    Não há como diferenciar só pelo quadro clínico. È preciso fazer a sorologia.
    Abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Beatriz,
    É muito pouco provável que tenha contraído HIV desta maneira.
    Acho que vc não deve se preocupar.
    Abraços

  • Anonymous

    b.noite doutor!!
    eu estava no intervalo do trabalho, e eu fui p um barzinho p tomar agua com os trabalhadores! tinha apenas dois copos, quando um amigo meu bebeu agua, eu enchi logo meu copo, mas eu enchi o copo sem jogar o resto da agua fora. se ele tiver com a genviva sangrando, eu posso ter pego aids ou hepatite tomando esta agua misturada??

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Muito pouco provável essa via de transmissão a não ser que a quantidade de sangue fosse grande. Mas aí, a água estaria vermelha e vc não a tomaria.
    abs

  • Anonymous

    ha doutor, eu pesquisando na internet vi que o suco gastrico mata ate o virus que a pessoa engole com o esperma!! mais n sei s é verdade?? gostaria de saber sua opiniao!!
    desde ja agradeço!!

    doutor, ainda sou eu de PE. pesquisando um pouco mais, eu achei um blog “http://apenas-alguem.blogspot.com/2008/12/sexo-oral-seguro.html” que diz que quando o virus vai ate as amigdalas, ela leva o hiv ate o nosso corpo, isso através de uma ejaculação, e através de agua, passa pela amigdalas, me compliquei todo vendo estas coisas!! help me!!

    Surubim

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Surubim,
    Tome cuidado com informações médicas transmitidas por leigos ou sites/blog não especializados em saúde.

    Na verdade não há nenhuma novidade no assunto. Já se sabe que o HIV pode ser transmitido e adquirido durante o sexo oral. O risco aumenta se houver lesões na cavidade oral, no pênis ou na vagina, ou se houver ejaculação dentro da boca.

    Porém, o risco de transmissão pelo sexo oral é bem mais baixo do que pelo sexo vaginal e pricipalmente pelo sexo anal.

    abs

  • Anonymous

    Olá doutor Pedro Saraiva, o meu nome é Paulo e a minha dúvida é a seguinte: A alguns anos atrás, eu tive um convite de fazer sexo com um hmem mais velho, ele pediu para que eu penetrasse ele, em menos de 2 minutos a camisinha estourou, mas na hora que eu percebi eu retirei o meu pênis imediatamente do ânus dele. Quando eu observei o meu pênis eu notei que ele estava com um pouco de fezes, infelizmente eu não pude lavar ele no momento, portanto eu permaneci umas 2 horas com ele sem poder higieniza-lo, e uma coisa estranha que aconteceu foi que eu tive em menos de 2 minuto, uma crise de espirros… Outra coisa que também aconteceu foi que depois de uns 3 dias eu notei que o meu pênis começou a ter uma irritação na glande, era uma coceira que não parava mais, chegou a o ponto de ficar todo marcado em vermelho… Por conta própria eu passei um remédio contra coceiras e depois de uns 15 dias parou a irritação, hj deve fazer uns 5 anos, e até hj a glande do meu pênis ficou com uma mancha escura causada pela inrritação. Depois de 1 ano do ocorrido eu fiz o exame de hiv e deu negativo, mas o que me preocupa, é que dizem que existem pessoas que demoram até vários anos para conseguir detectar o vírus no organismo. Na sua opinião, os sintomas que eu descrevi, pode ter surgido em consequencia de quê? E o exame que após 1 ano deu negativo, posso ficar sossegado ou eu posso estar contaminado? Obrigado pela sua atenção e muito êxito e sucesso profissional.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Paulo,
    Sorologias realizadas depois de ano dificilmente apresentam resultados falso negativos, ou seja, resultado negativo quando a pessoas é positiva. Se a dúvida te incomoda, tire a prova realizando uma nova sorologia.

    A crise de espirros eu não consigo explicar, provavelmente tem a ver com ansiedade.

    As lesões no pênis devem ser pelo contato com as fezes por tanto tempo.

    abs

  • Anonymous

    Gostaria de saber se um portador do virus da aids ja apresentando alguns sintomas pode obter um resultado negativo no teste

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Qualquer exame laboratorial é passível de erro. Não existe um exame que seja 100% correto.

    No teste do HIV a taxa de falso negativo (exame negativo em pessoas positivas ) varia de 0,3% a 0,001%.
    abs

  • rodrigo

    doutor.
    oq são as manchas dos sintomas de hiv?são pintas na pele?
    o que é rash?
    obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Rodrigo,
    Existem inúmeras causas de lesão de pele na SIDA/HIV.
    A mais famosa é o Sarcoma de Kaposi, um cÂncer de pele caractéristico do HIV. MAs ele é apenas uma das várias lesões possíveis.

    Rash são placas avermelhadas que aparecem pelo corpo secundárias a infecções ou reações alergicas.

  • HEnrique

    Olá Doutor,
    Tive um contato de risco em dezembro de 2008, e depois de 93 e 94 dias para ser mais exato. eu e minha esposa fizemos um check up, hemograma completo, exame de urina, sorologia. Onde não apareceu nada inclusive nossas plaquetas melhoraram. Fizemos também o anti hiv 4ª geração em 2 laboratórios de referência em SP, e graças a deus deram não reagentes, com isso podemos encerrar esse assunto de hiv ou ainda precisamos fazer mais exames, porque muitos sites dizem 60 dias já é definitivo e outros falam em 1 ano de exames. já li que o presidente da sociedade brasileira de infectologia falando em 30 dias já é definitivo o resultado.

    Resumindo é definitivo no meu caso?

    desde já agradeço.

    HEnrique

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Henrique,
    Para se ter mais de 99% de certeza, o ideal são 6 meses.

    Porém, 3 meses depois, como vcs fizeram, já é uma margem bastante segura.

    São raros os casos de falso negativo após 12 semanas

  • João

    Dr. Pedro, a uns dias atrás estava a ver sites pornográficos com um amigo meu acabamos por nos masturbar, quando ele ejeculou saltou esperma dele para a glânde do meu pénis, é impossível que ele tenha sida. A minha dúvida é que será que do esperma dele saltar para a minha glânde do pénis pode ter formado a sida? posso ter sida, por isso?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    João,
    Se o seu amigo não tem SIDA/AIDS é impossível vc pegar SIDA dele. Só se pega SIDA/AIDS de alguém que já tenha o vírus.

    Agora se ele tiver SIDA, existe sim alguma possibilidade de contaminação, apesar de improvável.

    abs

  • Paulo

    quais as características do rash cutâneo maculopapular eritematoso em pacientes com HIV, quanto tempo dura em média?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Paulo,
    acho que vc está se referindo ao rash que ocorre na infecção aguda pelo HIV.

    Bom, são em geral placas avermelhadas de 0,5 a 1 cm espalhadas pelo corpo, inclusive nas palmas das mãos e plantas dos pés. Dura em média uns 10 dias.

    abs

  • Paulo

    Obrigado pela primeira resposta.Agora, estas manchas são dolorosas?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Não costumam ser não

  • Anonymous

    Dr, li nas postagens que há contaminações por HIV acompanhadas de sintomas parecidos com os de doenças respiratorias. Recentemente eu tive uma pequena inflamação na garganta, coriza, cansaço e dores no corpo. Como sou hipocondriaco, já relacionei isso a esses casos de contaminação de HIV. O que devo fazer? Não tive nenhuma relação sexual nesse periodo, não usei seringas, não fiz transfusão de sangue nos ultimos meses. Me ajude. Obrigado.

  • Anonymous

    Dr, algumas pessoas dizem que sou hipocondriaco, e talvez essa situação ja esteja me causando transtornos. Me ajude, porfavor, a esclarecer algumas situações. Eu aperto a mão de alguém, porém não vejo no momento se há sangue na mão dessa pessoa, então depois de uns 20 ou 30 minutos eu coço meu nariz com os dedos da mesma mão, e do nariz sai um pequeno sangramento, devido a fragilidade na vascularização do septo anterior causada por infecção respiratoria recente. Há riscos de se contrair HIV/SIDA dessa forma?

  • Anonymous

    Dr, sou muito preocupado com o fato de se pegar HIV. Isso atrapalha meu convivio. Eu passei minha mão sobre feridas aparentemente cicatrizadas na pele de uma pessoa (aquelas casquinhas vermelho-escuras) e depois percebi que havia uma cicatriz muito pequena na palma da minha mão, que provavelmente nunca teve sangramento, foi um trauma minusculo na palma da mão causada por qualquer coisa, acho que esse pequeno trauma foi causado por uma “lasquinha” de madeira que havia penetrado minha mão há um dia, porem não chegou a sangrar. Devo me preocupar?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Caro leitor anônimo,

    VocÊ realmente é hipocondríaco, sugiro que procure auxilio de um psiquiatra.

    Não se pega SIDA (AIDS) do jeito que vocÊ descreveu.

    Se AIDS passasse deste jeito, não haveria mais médicos vivos no mundo.

    SIDA (AIDS) só de pega através de sexo desprotegido com alguém com HIV, transfusão de sangue contaminado ou por compartilhar agulhas infectadas.

    VOCÊ NÃO TEM HIV ! FIQUE CALMO !

    Procure ajuda psicológica se isso realmente atrapalha sua vida

    abs

  • Anonymous

    Dr, obrigado por me alertar sobre o fato de eu ser hipocondriaco. Mas quando você diz que é impossivel contrair SIDA dessas maneiras que eu citei, vc se refere ao virus do HIV ou a SIDA? Obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Os 2, já que um é consequência do outro.

    abs

  • Isaías

    Gostaria de saber se é possível a transmissão do vírus HIV, através de um aparelho de barbear que foi usado por uma pessoa portadora do vírus para uma outra que usou o mesmo aparelho depois de dois dias de intervalo?

  • Anonymous

    Dr. sou Técnico em enfermagem e estou um pouco preocupado. Dia 3 de março eu estava desimtupindo a sonda de um paciente ae teve um refluxo de sangue na mesma onde a agulha teve contato com o sangue do paciente, mas agulha não teve contato direto com o paciente so através da sonda.Ae sem querer eu mim furei com a agulha onde tirei rapidamente foi questao de 1s.Corre pra ver o prontuareo do paciente o exame hiv tava negativo como tambem das outras DSTs.13 dias dps do acontecido tive uma congestao nasal so isso, que passou depois de 5 dias.As vezes fico pensando pq sera que tinha exame de hiv no paciente sera q é protocolo de fz todos os exames ou sera q tinham suspeita q ele tivesse hiv.Deppois de tudo isso q eu falei exame negativo e tudo sera que eu ainda devo ficarf preocupado. Mim tire todas estas duvidas por favor!!

  • Bia…

    Boa noite,
    Dr. fiz um exame de hiv a duas semanas atrás que me foi solicitado por meu médico junto com outros exames, para minha surpresa deu Positivo, ainda estou em estado de choque, ele me disse que por lei teria que fazer outro para a confirmação apesar que em dois metodos diferentes da mesma coleta deu positivo. Tem alguma chance desse novo exame dar Negativo? Tenho um namorado a nove meses, se não foi por ele que fui contaminada qual a probabilidade dele estar contaminado tbm? Existe algum tipo de diagnostico que mostra aproximadamente a quanto tempo a pessoa esta contaminada? Obrigada!!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Isaías,
    Não é possivel a transmissão desta maneira.

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Pelo o que entendi, vc se feriu com uma agulha esposta ao sangue de um paciente, que a principio apresenta HIV negativo.

    Em geral não se pede anti-HIV em doente apenas por protocolo.

    Converse com o médico que atendeu o doente para tentar entender porque que a sorologia foi pedida.

    Agora, se o exame é recente e está negativo, provavelemnte o doente realmente não tem HIV

    A princípio vc se feriu com um doente que não é portador de HIV e por isso, não corre risco.

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Bia,
    Se esse primeiro exame foi feito com 2 Elisas e 1 WB como é protocolo, a chance dele estar errado é baixíssima.

    De qualquer maneira sempre vale a pena confirmá-lo.

    Não há como saber há quanto tempo vc está com o vírus.

    Em relação ao seu namorado, vc só vai ter certeza que não foi ele quem te transmitiu, caso o exame dele dê negativo. Se for positivo, não dá para saber quem passou para quem.

    A chance dele ter se contaminado com vc depende da frequencia com que vcs faziam sexo e da sua carga viral

    abs e boa sorte.

  • Isaías

    Dr.Pedro Saraiva, acho que não fui muito claro na pergunta e vou formulá-la da forma pela qual eu gostaria de obter resposta.

    É o seguinte, em minha casa mora uma pessoa, que manteve relações sexuais com outra que é portadora do HIV, sendo assim insisti para que ele fizesse o exame para se saber o prognóstico, mas ele se recusa a fazer o exame.
    Eu sem saber do detalhe que ele havia tido relações sexuais com a pessoa portadora, nem me preocupei, e tinha uma vida normal até o momento em que fiquei sabendo aí veio a preocupação, pois, tanto eu quanto ele usávamos o mesmo aparelho de barbear, só que por sorte eu não gosto muito de fazer barba, então sempre que eu usava o mesmo aparelho de, barbear, havia, passado sempre 1(um) ou 2(dois) dias que ele havia usado o mesmo aparelho. E como é do conhecimento da gente sempre que fazemos a barba ocorre de a gente se cortar. a minha dúvida é existe a possibilidade de ser transmitido o virus desta forma, até porque eu não sei se ele é portador, pois de conformidade com o que ele me falou no ato sexual que teve com a pessoa portadora o preservativo rompeu-se, e como ele se nega a fazer o exame eu não tenho a certeza se ele também é portador. Esta é a minha dúvida. Mais uma vez lhe peço sua costumeira atenção para me esclarecer sobre este assunto,pois caso de acordo com a sua resposta, tanto eu quanto minha esposa teremos que fazer o exame.Obrigado.

  • Anonymous

    O rash macupapular eritematoso no hiv agudo pode ser pontos de 1 milimetro de comprimento como se fosse um pequeno furinho de uma agulha?

  • Anonymous

    Boa tarde dr. Saraiva….em janeiro desse ano tive relação com um cara,e a camisinha rasgou,ñ seu ao certo o tempo q eu levei para perceber,tanto eu como ele ficamos muito preoculpados com a situação,ele disse que era “limpo” pois fazia pouco menos de 6 meses q ele tinha feito o exame de HIV,enfim,dias depois eu tive febre,muitas dores nocorpo,amídolas inflamadas,e quando olhava para o lado sentia-me tonto,esses sintomas duraram aproximadamente de 15 a 20 dias,tinha uma melhora mas logo logo os sintomas voltavam….será que esses sintomas possam ser indicações que eu fui pego pelo vírus? ja fazem 3 meses do ocorrido mas não tenho coragem de fazer o teste,o que o senhor acha da situação ? obr desde já….

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Normalmente o rash é composto de placas e pontos vermelhos, não tão pequenos assim, que aparecem principalmente em tronco

    procure no google imagens que vc achará várias fotos.

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Isaías,

    Quando vc diz aparelho de barbear vocÊ se refere a uma lâmina tipo Gilette, ou a um aparelho de barbear elétrico ?

    Em ambos casos, o vírus não sobrevive por mais de algumas horas no ambiente o que torna muito improvável qualquer contaminação após 1 ou 2 dias.

    De qualquer maneira, por via das dúvidas, devem evitar compartilhar objetos que tenham contato com sangue, principalmente se for uma Lâmina.

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Acho que vc deve fazer o teste do HIV. Não tenha medo, se vc tiver o HIV será muito pior se deixar para descobri-lo mais a frente quando a AIDS (SIDA) se manifestar.

    Tire logo essa dúvida, senão ela vai te corroer durante muito tempo, já que a SIDA pode levar até 10 anos para aparecer.

    abs e boa sorte

  • Titi

    Olá, Tive uma relação de risco em 24 de novembro de 2007 com uma pessoa (nathalia). Quase 1 mes apos, conheci e tive mais de 12 relações com outra pessoa(rafaela) no intervalo de 2 semanas, todas sem camisinha e com ejaculação interna. apos 3 meses de relaçao com nathalia (29 de fever. de 2008) fiz o exame de hiv e deu negativo. Porem com essa tal de janela himunologica fiquei preocupado e resolvi doar sangue e fazer um exame em laboratrio p/ ter certeza(ainda estou esperando o resultado). Liguei para Rafaela e ela faz um checkup todo ano.. Em abril de 2008, 4 meses apos nossa relação, ela fez e deu negativo também.. Gostaria de saber quais as chances de eu nao estar contaminado, ja que os dois exames deram negativo. Obrigado

  • Anonymous

    Dr.estou disisperarda ontem tive relaçoes com um amigo,mais n conheco sua vida sexual e ele colocou o penis na minha vagina so penetrou metade sem camisinha,com quantos dias posso fazer o exame e qual o mais completo possivel sou de menor e n entendo nd.Me ajude

  • Anonymous

    Dr. quais os tipos de hiv e aids mais comuns,eu psso me contaminar com um e o outro não…o q eu faço da minha vida.

  • Anonymous

    dr. a tarde tive relaçoes com um homem e na madrugada seguinte tive relaçoes orais com outro,sendo q n sei se estou c o virus,mais se eu tiver posso ter colocado no parceiro da madrugada…preciso d resposta logo estou a ponto d me matar,estou disperada me ajude sou casada e dei uma pulada d cerca…

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    titi,
    Provavelmente vc não pegou HIV da Rafaela, já que hoje em dia dificilmente o exame não daria positivo após 4 meses.
    de qualquer maneira, vc terá essa confirmação em alguns dias com esse novo exame.

  • Anonymous

    Dr. tive relaçoes com uma moça que estava em seu periodo menstrual, usei preservativo, mas minhas maos foram “sujas” com o sangue da moça, ao tirar um fio de cabelo da minha lingua entrei en contato com essa mao suja de sangue, ja estava seco,porem acabara de ficar seco…estou com uma afta embaixo da base da minha lingua, o senhor acha que tem grandes chances de eu ter sido contaminado caso ela seja portadora do HIV?

  • andre C

    Dr. tive relaçoes com uma moça que estava em seu periodo menstrual,usei preservativo, mas minhas maos foram “sujas” com o sangue da moça, ao tirar um fio de cabelo da minha lingua entrei em contato com essa mao suja de sangue, ja estava seco,porem acabara de ficar seco…estou com uma afta embaixo da base da minha lingua,o senhor acha que tem grandes chances de eu ter sido contaminado caso ela seja portadora do hiv? a moça estava em bom estado geral sem lesoes aparentes de DST..muito obrigado abraço!

  • Anonymous

    depois de masturbar a minha companheira coloco a mão no meu pênis para colocar a camisinha, nesse caso a chance de eu contrair o vírus ?!?!
    porfavor responda !!
    obrigadoo
    abraços !!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    André,

    Acho que a chance de contágio é pequena.

    De qualquer modo, a aparência da pessoas não quer dizer nada em relação a ter ou não HIV

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Para anônimo das 18:17h

    Nenhuma.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Para anônimo do dia 26/04 14:18h

    O ideal é esperar pelo menos 6 semanas. O exame disponível já o mais completo possível

    abs

  • andre c

    obrigado Dr..o senhor nao tem noçao do valor desse seu “trabalho” aqui!!!abraço!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Existem 2 tipos de HIV: HIV 1 e HIV 2

    São basicamente iguais e causam AIDS do mesmo jeito.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Para anônimo do 26/04 15:12h

    O risco de transmissão do HIV pelo sexo oral é baixo, principalmente para que é o passivo da relação.

    abs

  • Anonymous

    Boa tarde, um amigo descobriu que possue HIV nessa ultima sexta-feira, porem eu e uma outra amiga estamos preocupados de talves ter sido contaminados por ele.
    Eu por te usado um barbeador dele, e ela por um dia ter usado uma mesma agulha q ele ja tinha usado, só que ela usou essa agulha uns 2 dias depois q ele tinha usado, já eu nao sei se ele usou o mesmo barbeador no mesmo dia.
    Li no seu blog q piscina nao transmite hiv (creo que pelo cloro presente na agua) mas nao sei se barbeador apos lavado possa transmitir tbm..
    Entao, gostaria de ter uma resposta tua.
    att.
    Rodrygo Padilha.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Rodrygo,
    EM relação a agulha o risco é pequeno devido ao fato do vírus não sobreviver 48h no ambiente. De qualquer maneira,compartilhar agulhas é um os modos que mais se transmite HIV, por isso ela deve fazer o exame, ainda mais se ela tem esse pouco cuidado com agulhas.
    Em relação a você é mais difícil avaliar. Mas pela história o risco parece ser baixo também, principlamente se o barbeador foi lavado e o intervalo de uso foi grande. A chance de transmissão por barbeador é pequena

    abs

  • Roberto

    Dr. sou Técnico em enfermagem e estou um pouco preocupado. Dia 3 de março eu estava desimtupindo a sonda de um paciente ae teve um refluxo de sangue na mesma onde a agulha teve contato com o sangue do paciente, mas agulha não teve contato direto com o paciente so através da sonda.Ae sem querer eu mim furei com a agulha onde tirei rapidamente foi questao de 1s.Corre pra ver o prontuareo do paciente o exame hiv tava negativo como tambem das outras DSTs.13 dias dps do acontecido tive uma congestao nasal so isso, que passou depois de 5 dias.As vezes fico pensando pq sera que tinha exame de hiv no paciente sera q é protocolo de fz todos os exames ou sera q tinham suspeita q ele tivesse hiv.Deppois de tudo isso q eu falei exame negativo e tudo sera que eu ainda devo ficarf preocupado. Mim tire todas estas duvidas por favor!!
    Dr. FIQUEI INTERESSADO COM ESTE CASO. POIS ACONTCEU A MESMA COISA COM UMA AMIGA MINHAAE EU PERGUNTO:NÃO SERIA MUIAT INRRESPONSABILIDADE DE UM MEDICO OU DE SUA EQUIPE COLOCAR EXAMES QUE NÃO SÃO VERÍDICOS EM UM PRONTUÁREO OU ATÉ MESMO COLOCAR EXAMES QUE NAO SEJAM RESCENTES? TE PERGUNTO POIS VOCÊ É MEDICO E MUITO EXPERIENTE. NO MEU MODO DE PENSAR ACHO MUITO DIFICIL COLOCAR EXAMES EM PROTUAREOS QUE NÃO SEJAM CORRETOS E RESCENTES, FOI ISSO QUE EU DISSE A MINHA AMIGA. MIM TIRE ESTA DÚVIDA POR FAVOR.O QUE O SENHOR ACHA DO CASO?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Não existe a possibilidade de um exame falso ser colocado em um prontuário.

    Pode haver exames antigos no prontuário, mas todos vêm sempre com data para identificação. Muitas vezes examens antigos são importantes para avaliação de novos casos, mas é só olhar a data que se descobre se é antigo ou não.

    Se no prontuário há um exame com data recente atestando HIV negativo, isso significa que no dia do exame o paciente não tinha HIV. Agora, o paciente pode estar na jenela imunológica ou ter contraído o vírus após ter feito o exame.

    abs

  • Roberto

    e si tratando de um paciente ja idoso, eu acho improvavel que esse exame ant-HIV negtivo não seja realmente negativo.Ela conversou com o médico e problema do paciente era mesmo cancer de duodeno que é uma patologia um poco rara, portando no meu modo de pensar se ouvesse possibilidade de este exame nao ser verídico o medico com certeza falaria isso pra ela!!!

  • roberto

    até pelo fato de esta trazendo riscos a outros funcionários. Você nao acha?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Roberto,
    Se existe um exame de HIV no prontuário, ele é verdadeiro. Isso não se coloca em discussão.

    A única questão é que existe uma janela imunológica o que faz com que nenhum exame de HIV seja 100% fiel.

    Mas isso seria uma baita de um azar.

  • Roberto

    Agora entendi, entao a probabilidade deste exame está errado é minima. Entao minha amiga pode ficar despreocupada!!Obrigado Dr. por tirar esta dúvida.

  • Anonymous

    é normal sintomas agudos do HIV aparecerem com 58 dias após exposição de risco?

  • Anonymous

    Dr, vamos supor a seguinte situação: uma pessoa está com uma pequena espinha aberta no rosto (aquelas que, por terem sido cutucadas, saem um pouco de sangue), e outra pessoa, ao cumprimenta-la com beijo no rosto, encostando as faces, se também estiver com espinhas, há chances dessa ultima contrair o virus do HIV?

    Obrigado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Respondendo as últimas 2 perguntas

    1- 58 dias tá muito prolongado. Seus sintomas devem ter outra causa.

    2- AIDS não se pega com tanta facilidade assim. Não existe a menor chance de contágio com um contato tão pequeno como esse que vc descreveu.

  • Anonymous

    é normal os sintomas agudos do HIV aparecerem 13 dias após contato de risco?

  • Anonymous

    Dr se o esperma de uma pessoa com aids entrar em contato com a barriga da parceira por exemplo, quais os riscos de pegar o virus?

  • Anonymous

    Dr, a situação foi a seguinte, não houve penetração,sou virgem, mesmo assim ele usava camisinha, mas no momento que ele gozou ele retirou a camisinha e o esperma foi todo na minha barriga. tem perigo de no momento que eu fui tomar banho o esperma ter entrado em contato com areas q pudessem me contaminar?

  • Anonymous

    Dr., andei fazendo sexo oral sem camisinha. Não houve ejaculação na boca e foi apenas sexo oral. Exatos 48 dia após a exposição, tive nariz entupido, febre e dor de garganta. É possível ser infecção aguda 48 horas depois da exposição? O sexo oral sem ejaculação realemnte tem chance de tansmitir o HIV?.

    Agradeço desde já.

    Marcos

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Para Anônimo das 01:31h

    Sim, os sintomas de HIV agudo podem ocorrer com mais ou menos 2 semanas após a exposição.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Para anônimo das 22:50h

    Se o contato foi só com a pele, nenhum risco.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Para anônimo das 23:07h

    Muito improvável.
    Fique tranquila, vc não pegou HIV

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Marcos,

    A chance de se pegar AIDS com sexo oral é baixa, ainda mais se não houve ejaculação

    Vc provavelmente teve uma gripe.

    Só não entendi se foram 48 dias ou 48 horas. De qualquer modo os 2 estão fora do tempo médio que é entre 2 e 4 semanas após a exposição

    abs

  • Patricia

    estou fazendo um trabalho e gostaria de saber a resposta para tais perguntas:
    os hemófolicos individuos que têm coagulação do sangue deficiente, representaram um grupo muito atingido pela contaminação com o HIV alguns anos atras.De que maneira se dava essa contaminação?

    2- o que vem a ser coquetel utilizado no tratamento de pessoas HIV positivo

  • Anonymous

    Dr tive relações com um homem há mais de um ano, fiz sexo oral nele sem camisinha e sem ejaculação e transamos de camisinha. Foi só uma vez. Fiquei sabendo agora que ele é soro positivo. Fiquei muito preocupada pq lembro que ano passado tive um gripe mto forte e pequenas bolinhas apareceram espaçadas no meu tronco, ficaram por no máximo 2 dias,parecia uma alergia ou sarampo, além de um glânglio inchado no pescoço. Não lembro a relação do tempo com esses sintomas mas tipo, pelo q li aqui é improvável q eu tenha sido contaminada, mas os sintomas estão me fazendo perder o sono…
    Quais são os riscos?

    Muito obrigada!

  • Edimilson

    Olá Dr.
    Só para avisar que já dei meu voto com todo o prazer. O blog é muito bom e ajuda muitas pessoas.

  • Anonymous

    Boa Tarde DR. Pedro Pinheiro,

    Gostaria de saber como podemos visualizar se uma pessoa esta com a taxa de virus alta? ( com SIDA) E quando a pessoa contrai o HIV esses sintomas depois de 2 ou 4 semanas sao intensos e sempre acontecem? Garganta inflamada ou roquidao sao alguns dos sintomas?
    Abraços
    Jurema

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Patríca,
    1 – Os hemofílicos pegavam SIDA (AIDS)através das frequêntes transfusões sanguíneas que este grupo necessita devido a falta de um fator da coagulação. Os fatores do sangue também podem estar contaminados pelo HIV.

    2- O coquetel é normalmente composto por 3 drogas diferentes com ação anti-viral. Existem várias combinações possíveis pois hoje existem vários anti-retrovirais diferentes

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Leitora anônima,
    O risco de transmissão do HIV pelo sexo oral é baixo, mas existe.

    Os seus sintomas são compatíveis com infecção aguda pelo HIV. Neste caso a relação temporal entre o sexo e os sintomas seria importante.

    Não dá para afirmar nada. Pode ter sido somente uma virose comum.

    VocÊ deveria fazer o exame de HIV para ter certeza.

    abs e boa sorte

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Obrigado Edimilson

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Jurema,
    A carga viral pode ser avaliada pelo exame de sangue.

    Os sintomas da infecção aguda nem sempre acontecem.

    Garganta inflamada pode ser um sintoma.

    abs

  • Anonymous

    Dr. Pedro,
    Gostaria de saber se uma pessoa infectada pode transmitir o virus de sua saliva durante sexo oral e tambem se o simples fato de sujar as maos de esperma tb pode infectar.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Não e não

    O sexo oral passivo teoricamente só pode transmitir se hover lesões na boca. A saliva não transmite HIV.

    abs

  • Anonymous

    Bom Dia Dr. Gostaria que me respondesse se a pessoa com a carga viral alta nao aparenta estar doente? So por exame se constrata isso? Nao sei pq tenho na cabeça que a pessoa que esta com carga viral alta com AIDS fica magro, apatico e com aparecia as vezes cadaverica. Tem como uma pessoa com AIDS ter aparencia saudavel? Sem sintomas?
    Os sintomas das pessoas rentemente contaminas: elas sempre tem esses sintomas caracteristicos, na maioria das vezes, ou de vez enquando? Acontece de alguem recentemente contaminda nao apresentar sintomas nenhum?
    Abraço Jurema

  • Marcelo br

    Dr.
    comecei a fazer sexo com uma garota de programa e o preservativo estourou. Na hora parei com tudo e lavei o local com água e sabão. 10 min depois eu me lavei outra vez.
    Desta forma eu corro menos risco de contrair alguma doença ?
    Obrigado

  • Carlos

    Dr. andei fazendo algumas pesquisas sobre o HIV, evidenciei que os sintomas agudos são estes:
    Febre ,Rash ,Úlceras orais Artralgias ,Faringite ,Perda de apetite ,Perda de peso ,Mal estar geral ,Mialgias ,Febre e rash. Coloquei todos em ordem de incidencia respectivamente.Todos estes sintomas foram pesquisados em varias literaturas e não vi nenhuma evidencia que relacionasse congestão nasal com sintomas agudos do HIV. Até pelo fato de congestão se caracterizar com resfriado e não com gripe.Perguta: Estes sintomas quando aparecem são agressivos e moderados e não brandos correto? e em relação a congestão estou correto?

  • Carlos

    Dr. o Sarcoma de Kaposi pode aparecer na fase aguda do HIV ou só aparece em pacientes com AIDS e que estejam com imunidade baixa?Gostaria de saber tambem as caracteristicas do sarcoma de kaposi em relação ao tamanho, forma, ande mais aparece no corpo humano, coloração.Obrigado!