Artigo atualizado em 19/06/2014

HERPES GENITAL | Sintomas e tratamento

O herpes genital é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pelo vírus herpes simplex. Estima-se que pelo menos um em cada cinco adultos esteja infectado com o vírus, porém muitos destes não apresentam sintomas e não sabem que possuem o vírus.

Indivíduos que tenham herpes genital são incentivados a conversar com o parceiro sexual, usar preservativo, e tomar outras medidas preventivas para evitar a transmissão. O herpes genital pode ser transmitido nos períodos de remissão da infecção, ou seja, mesmo quando não existem úlceras ou bolhas visíveis.

Neste texto vamos abordar os seguintes pontos sobre herpes genital:

  • Como se pega herpes genital.
  • Sintomas do herpes genital.
  • Diagnóstico do herpes genital.
  • Tratamento do herpes genital.

TRANSMISSÃO DO HERPES GENITAL

O herpes genital é uma infecção causada pelo vírus herpes simplex tipo 2, que é transmitido através de relações sexuais (leia: O QUE É DST?). O vírus herpes simplex tipo 1 também pode causar herpes genital, mas está habitualmente associado ao herpes labial.

- Para saber as diferenças entre herpes labial e genital, leia: HERPES LABIAL E HERPES GENITAL.
- Para informações específicas sobre o herpes labial, leia: HERPES LABIAL | Transmissão e tratamento.

O vírus herpes simplex tipo 2 é transmitido pela via sexual, sendo altamente contagioso enquanto o paciente apresenta lesões ativas (explicarei os sintomas mais à frente). O grande problema do herpes genital é que a transmissão pode ocorrer mesmo nas fases em que o paciente está assintomático. Portanto, mesmo fora das crises o paciente continua eliminando o vírus de forma intermitente, podendo transmitir o herpes genital para o seu parceiro(a). Habitualmente em um período de 100 dias, o paciente passa 2 ou 3 eliminando o vírus de forma assintomática.

A frequência de eliminação do vírus vai se tornando menor conforme os anos passam em relação à primeira aparição do herpes. A eliminação fora das crises é maior nos primeiros três meses após a infecção primária. Após 10 anos de infecção, a transmissão fora das crises vai se tornando cada vez menos comum. Um estudo selecionou cerca de 400 pacientes com herpes genital há mais de 10 anos e colheu amostras dos seus órgãos genitais fora das crises por um período de 30 dias consecutivos. Apenas 9% apresentavam neste intervalo o vírus detectável para transmissão.

Toda vez que o paciente apresenta uma crise, a sua taxa de transmissão assintomática se eleva novamente, voltando a cair conforme a última crise vai ficando mais antiga. 70% das transmissões do herpes genital ocorrem na fase assintomática, já que durante as crises o paciente costuma evitar ter relações sexuais.

Pacientes HIV positivos que também tenham herpes genital são grupo que mais apresentam transmissão durante a fase assintomática.

O vírus herpes simplex tipo 1 costuma causar lesão apenas na boca, mas pode se transmitido para os órgãos genitais em caso de sexo oral. Uma vez contaminados, os pacientes com herpes genital pelo tipo 1 transmitem a doença do mesmo modo que os pacientes contaminados pelo tipo 2. A diferença é que as crises pelo tipo 1 costumam ser mais brandas e menos frequentes, e a transmissão fora das crises é menos comum.

O vírus herpes simplex tipo 2 sobrevive muito pouco tempo no ambiente, sendo incomum a transmissão através de roupas ou toalhas. Não se pega herpes genital em piscinas ou banheiros.

O uso de camisinha reduz a chance de transmissão, mas não a elimina completamente, uma vez que as lesões do herpes podem surgir em áreas da região genital que não ficam cobertas pelo preservativo (leia: CAMISINHA | Tudo o que você precisa saber). Por exemplo, uma lesão de herpes na bolsa escrotal continua exposta mesmo com o uso apropriado da camisinha.

SINTOMAS DO HERPES GENITAL

A maioria dos pacientes que se infecta com o vírus herpes simplex tipo 2 não desenvolve doença, permanecendo assintomáticos e sem ter conhecimento do contágio. Há estudos que sugerem que até 80% dos pacientes contaminado não desenvolvem sintomas.

Nos pacientes que desenvolvem sintomas, o quadro clínico é dividido em duas situações: infecção primária e recorrência.

Infecção primária do herpes genital

A primeira vez que as lesões do herpes genital surgem após o doente ter sido infectado é chamada de infecção primária.

 

Lesões do herpes genital

Os sintomas do herpes genital tendem a se desenvolver dentro de três a sete dias após a relação sexual responsável pela infecção, mas em alguns casos pode demorar até duas semanas. O principal sinal do herpes genital são pequenas bolhas agrupadas nos órgãos genitais. Normalmente, as bolhas surgem e logo em seguida se rompem formando úlceras. Na infecção primária estas lesões tendem a ser muito dolorosas. Pode haver também comichão no local.

Além da lesão típica do herpes, a infecção primária costuma vir acompanhada de outros sintomas, como febre, mal estar e dores pelo corpo. Podem surgir linfonodos nas região da virilha e, se as úlceras estiverem próximas à saída uretra, pode haver intensa dor ao urinar.

Nos homens, as feridas de herpes genital geralmente aparecem no pênis ou próximo ao mesmo. Nas mulheres, as lesões podem ser visíveis fora da vagina, mas elas geralmente ocorrem no seu interior, onde ficam escondidas. No caos de lesões internas, os únicos sinais de doença podem ser corrimento vaginal e/ou desconforto durante o ato sexual. As lesões do herpes genital também podem surgir em qualquer ponto do períneo e em torno do ânus dos pacientes que praticam sexo anal.

As lesões na infecção primária do herpes genital costumam demorar em média 20 dias para desaparecer.

Se você quiser ver mais imagens de lesões por herpes, vá ao link: HERPES LABIAL | HERPES GENITAL | Fotos.

Recorrências do herpes genital

Após a infecção primária, as lesões do herpes genital desaparecem permanecendo silenciosas por vários meses. Na maioria dos pacientes a infecção ressurge de tempos em tempos, em alguns casos, mais de uma vez por ano. 90% dos pacientes apresentam a primeira recorrência em um intervalo de 18 meses após a infecção primária. Alguns podem ter mais de 10 recorrências no intervalo de um ano. Os pacientes que costumam ter recorrências frequentes são aqueles que tiveram uma infecção primária prolongada, com lesões iniciais do herpes durando mais de 1 mês.

As lesões recorrentes tendem a ser menos dolorosas e duram cerca de 10 dias, metade do tempo da infecção primária. Não é comum haver outros sintomas como mal estar e febre. Com o passar dos anos, as recorrências vão ficando mais fracas e menos frequentes.

As recorrências do herpes genital costumam surgir após algum evento estressante para o organismo. Entre os mais comuns estão o esforço físico exagerado, estresse emocional, doença, cirurgia recente, exposição solar em excesso e imunossupressão. Em algumas mulheres o período menstrual pode ser o gatilho. Todavia, há casos de recorrências em que não é possível identificar nenhum fator desencadeante.

Dias antes das lesões recorrerem, o paciente pode sentir alguns sintomas de aviso, como uma coceira nos grandes lábios, uma dormência no pênis ou formigamento na região genital.  Muitos pacientes conseguem identificar que uma recorrência do herpes genital está a caminho.

Em alguns casos o paciente pode não desenvolver sintomas de infecção primária logo após a contaminação, vindo a apesentar as úlceras apenas anos depois, após algum evento que reduza sua imunidade. Nestes casos, apesar de ser a primeira aparição das feridas, a doença se comporta mais como uma recorrência do que como infecção primária, sendo mais curta e menos dolorosa. Também não são comuns sintomas como febre e mal estar. O problema é que, como é a primeira aparição das feridas, o paciente tende a achar que foi contaminado recentemente, e isso costuma causar problemas em casais com relacionamento estável há anos. Nestas situações é muito difícil estabelecer com precisão quando o paciente foi infectado e quem o infectou.

DIAGNÓSTICO DO HERPES GENITAL

As lesões do herpes genital são típicas e durante as crises são facilmente reconhecidas por médicos experientes. Se houver necessidade de confirmação laboratorial, ou se a lesão não for muito típica, o médico pode colher amostras das úlceras para identificação do vírus. Nas fases assintomáticas é possível investigar a infecção pelo herpes através das sorologias, que podem identificar tanto o vírus herpes simplex tipo 1 quanto o tipo 2. As sorologias também são importantes para o rastreio de parceiros(as) de pacientes infectados.

Os exames conseguem identificar o vírus, mas não fornecem informação sobre quando o paciente foi infectado.

TRATAMENTO DO HERPES GENITAL

Embora não exista cura para o herpes genital, a infecção pode ser controlada com terapia antiviral. O tratamento com antivirais serve para acelerar a cura das lesões, aliviar os sintomas, impedir complicações e reduzir o risco de transmissão para outros.

Três medicamentos antivirais são utilizados para o tratamento de herpes genital: Aciclovir (Zovirax ®), Famciclovir (Famvir ®) e Valaciclovir (Valtrex ®) (leia: INFORMAÇÕES SOBRE ACICLOVIR (ZOVIRAX)).

O primeiro episódio de herpes genital é geralmente tratado por 7 a 10 dias por via oral. Se não houver melhora das úlceras, o tratamento pode ser estendido por mais uma semana. O tratamento funciona melhor se iniciado nas primeiras 72 horas de sintomas.

Nas recorrências, o tratamento pode ser feito por apenas 5 dias. Pessoas com história de herpes genital recorrente são frequentemente aconselhadas a manter um estoque de medicação antiviral em casa, de modo a iniciar o tratamento assim que surgirem os primeiros sinais de uma recorrência.

Se o paciente apresenta raras recorrências e a faz com poucos sintomas, pode não haver necessidade de tratamento com antivirais, principalmente se o(a) mesmo(a) não tiver um parceiro(a) sexual no momento que possa ser infectado(a).

Nos pacientes que apresentam mais de 6 surtos por ano, pode estar indicada a terapia supressiva, que consiste no uso diário e contínuo de um antiviral em doses baixas para evitar as recorrências. A vantagem de terapia supressiva é que ela reduz a frequência e a duração das recidivas, podendo também reduzir o risco de transmissão de vírus da herpes para um(a) parceiro(a)  não infectado(a).

Não está claro por quanto tempo a terapia supressiva deverá ser mantida. Alguns especialistas recomendam fazer uma pausa do tratamento periodicamente (a cada poucos anos) para determinar se a terapia supressiva ainda é necessária. Se os surtos retornarem, a terapia supressiva pode ser reiniciada.

A terapia supressiva pode ser indicada também em casos de parceiros sexuais com sorologias discordantes, ou seja, um deles infectado pelo herpes e o outro não. A terapia supressiva reduz em mais de 50% o risco de transmissão. Quando associada ao uso de camisinha, o risco de transmissão do herpes genital torna-se pequeno.

Cuidados pessoais

Além dos medicamentos antivirais, alguns tratamentos caseiros podem ser usados ​​para aliviar os sintomas de um surto de herpes genital. Banho de assento com água fria pode diminuir temporariamente a dor das feridas. As mulheres que estão tendo dor para urinar podem sentir menos desconforto urinando durante o banho de assento ou em um chuveiro com água morna. Sabões e banhos de espuma deve ser evitados. Também é importante manter a área genital limpa e seca, e evitar roupa interior apertada. Cremes e pomadas geralmente não são recomendados. Se a dor estiver muito incômoda, analgésicos ou anti-inflamatórios podem ser usados.

Publicidade
  • Wiara

    pode usa merthiolateno orgão genital na mulher

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Não.

  • Iza

    Pode-se usar amoxilina para tratar quando se aparece bolhas na vagina?

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Amoxicilina é um antibiótico. Ele trata infecções por bactérias, o que não é o caso do herpes.

  • Fernando

    A terapia supressiva é feita com qual tipo de medicamento antiviral?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Aciclovir (Zovirax ®), Famciclovir (Famvir ®) ou Valaciclovir (Valtrex ®).

  • Bruna

    Tenho herpes genital, e gostaria de saber como funciona a Terapia Supressiva.
    Fui ao medico que detectou o vírus, ele me passou Aciclovir mais para ser tomado somente durante as crises, que no meu caso são muito frequentes, mais de 1 vez por mês. 
    Gostaria de algo que me ajudasse em relação a frequência das crises.
    Eu sofro muito pois não tenho coragem de contar a ninguém. Me ajuda.?

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Procure um infectologista, conte o seu caso e pergunte se o uso prolongado de um antiviral está indicado no seu caso

  • Patricia_sousa

    em que tipo de herpes se enquadra HERPES 1 E 2, ANTICORPOS IgG

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Os dois.

  • Joanaduarte Dark

    acho q tenho herpes mas n tenho coragem de fazer um exame c medo d resultado e coragem d contar p meu paseiro por medo da reaçao dele. o q faço
     

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Faça o exame.

  • Anonymous

    moro com alguém que tem herpes genital,posso contrair a doença?

  • Maninhotavares2008

    o que pode acontecer com um paciente q tem herpes genital e nao fizer o tratamento correto ou não fazer o tratamento ? qual o risco pode correr ?

  • Zekkone__

    enho a seguinte dúvida.
    A 3 anos contrai herpes genital, passado o periodo inicial houve
    cicatrização total, e após esse tempo não manifestou-se mais
    (recorrente) como o médico havia me alertado que poderia ocorrer.
    De lá nunca transei sem camisinha, quer dizer que mesmo não havendo
    sintoma nenhum visível, não poderei transar mais sem , pois haverá risco de contaminação?
    Caso ocorra uma unica transa desprotegida minha parceira corre o risco de contrair a doença? mesmo contraindo a doença pode não haver manifestação nela?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      No seu caso, por segurança. você só deve transar sem camisinha se quiser ter filhos. Fora isso, o mais seguro é manter o preservativo.

  • Andreia

    Dr, sei que ja deve existir essa pergunta, mas por favor, é possivel que meu namorado seja portador do virus ha um ano sem nunca ter manifestado sintomas? Ele realmente so é medicado se tiver sintomas? Segundo minha medica estou com indicios de herpes genital e ele foi meu unico parceiro. Obrigada!

  • Anonymous

    Cleonilton. Dr. no lugar das lesões pode colocar rifocina? pode estourar as bolhas?

  • nay

    Dr.Que tipo de exame eu faço para saber c tenho herpes genital.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Se houver lesões basta um médico vê-las. Se não, há exames de sangue para isso.

  • danilosrs

    quais são os exames que devo fazer para saber se tenho herpes?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Existem exames de sangue específicos. Converse com seu médico que ele saberá indicá-los.

  • Joelvictorvictorjoel

    tem algum tipo de vassina ou remedio para herpes-genital

  • celice

    olá, meu esposo apareceu cm essa herpes genital, eu ja pensei q ele tinha me traindo, cmo se pega isto ? eh só por meio de sexo ?

  • vanda

    estou gravida de 4 meses, e tenho todos os sintoms de herpes, na vagina e na boca. e agora omeu bebe corre risco de vida? o q eu faço. me ajuda

  • Anonymous

    Bom dia Dr.,
    Tive relações sexuais faz hoje 11 dias, com preservativo, estou sentindo sintomas tipo estar com febre e dores no corpo, mas não tenho bolhas como as que estão na foto. Ainda poderão aparecer?

    Obrigado

  • hopefriends

    Faz mais de dois anos que nao tive a primeira, desde entao nao houve recorrencia ate agora. O medico me informou na epoca para ter sempre um anti viral, mas nao perguntei se eh vendido se receituario. Eh possivel? Ja que minha consulta ainda esta marcada para daqui duas semanas, o que provavelmente ja nao exitira mais bolhas….

  • Gija

    Doutor sou do sexo femiino, tenho herps labial e depois de 1 dia que ela havia se manifestado fiz sexo oral. Essa herpes pode se transformar em herpes genital? Quis são as chances de isso acontecer?
    (Obrigada)

  • Paulo

    Olá doutor, recentemente minha namorada foi a uma Ginecologista e a mesma falou que ela estava com herpes. dias atras nós pensávamos que seria algum tipo de fungo como ela já havia tido posteriormente devido as condições climáticas da região. vi em alguns texto que se transmite herpes apenas na relação sexual. mas a questão é que nunca tivemos relação com ninguém, perdemos nossa virgindade em nosso próprio relacionamento ano passado. como pode ela ter pego o vírus. existe alguma outra forma? obrigado!

  • Anonymous

    Dr, gostaria de sua opiniao sobre os rstudos com equinacea purpurea, comercializado como enax. Obg

    • Anonymous

      A proposito, nao sei ate hoje como peguei herpes genital. Tinha 13 anos e totalmente virgem- era realmente uma crianca!

  • Márcia

    Olá Dr. Pedro, eu tenho frequentemente o que foi considerado pela minha ginecologista como sendo herpes genital ( a partir de relatos, nunca fiz exames), porém, sempre fiquei com dúvida pois nunca tive da forma que vejo em imagens ou fotos (bolhas d’água que se rompem), no meu caso é muito semelhante a uma espinha, fica um pouco vermelho, logo inflama e na mínima pressão sai uma secreçãozinha amarelada, aplico a pomada aciclovir ou uma compressa de gelo e logo cicatriza e outra diferença é que jamais tive mais que uma no mesmo local, são formações individuais sempre, às vezes cicatriza uma e aparece outra, mas nunca juntas como vejo nas imagens, tipo uma grosseira, é muito mais uma espinha do que qualquer outra infecção. A pergunta é herpes genital pode se apresentar desta forma ou poderia ser outra doença?

  • Rich_master

    Dr. as bolhas podem ser vermelhas e podem tambem não ser dolorosas?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não é comum serem indolores. A não ser que o paciente já tenha herpes há muitos anos, pois conforme o tempo passa as crises vão se tornando mais brandas.

  • http://profile.yahoo.com/J7L3L46AKDJ3RUVFJ2OLEY6CA4 Marcella

    Caro Doutor Pedro Pinheiro:::
    Meu exame para herpes simples I e II deu igG REAGENTE e igM REAGENTE. O que significa?

  • Rich_franklin

    Dr. essas bolhas na verdade sao bolinhas minúsculas vermelhas, parecem uma irritação, pelas as fotos nao chega a ser parecido com herpes mas elas estao me deixando nervoso pelo fato de nao desaparecerem já faz 1 semana que apareceram, só melhoraram, pois estou dando muita ênfase a higiene do local. ps: doem (incomodam) na hora da relação e nada mais, só coçam um POUCO!!! na sua experiência e no seu ótimo conhecimento que ja me ajudou bastante, o que pode ser? muito obrigado Dr. Pedro.

  • Rich_franklin

    quero acrescentar um fato na pergunta anterior: essas bolinhas apareceram após 4 meses da relação de risco, existe alguma dst que apareça sintomas nesse grande intervalo de tempo?

  • Melissa

    ola Dr eu tenho herpes genital descobri ha 6 meses convivo com essa doença mais tenho muitas duvidas como eu sei que vou ter uma crise? porque eu ja tive varias depois que descobri e sempre tomo o antiviral e me falaram q antivirais fazem muito mal p saude e as minhas crise nao vem como da primeira vez nea verdade nem aparece mais bolhas mais tenho medo e tomo o remedio.. outra coisa tambem Dr depois da minha primeira crise eu queimei umas feridas de herpes que nao desapareceram e vejo q as vezes aparece algumas isso eh normal e existe veruga de herpes?

  • Martinspbr

    Olá , tenho  herpes genital há mais de  15 anos, os episódios recidentes   são raros e  ocorrem  sempre que passo por estresse.   O medicamento   Aciclovir  resolve  meu problema  já com   melhora  visual em   24 horas.  Eu gostaria de saber , por favor, como evitar  que o estresse   do dia a dia    atinja  meu organismo a tal nível que  a  herpes  se manifesta, prejudicando   sobremaneira meu relacionamento com minha parceira …… Agradeço  atenção  e   prevenção  e higiene  sempre sao bem vindas…… Mas  quando  contrai  herpes minha  companheira nao sabia que era vetor…… aguardarei a resposta   ou seja quero previnir  os episódios de recidivas …… abraços 

  • Htinha

    Dr. meu namorado ja está com herpes a mais de uns 15 dias e nao melhora..ja esta seca mas nao esta sumindo..acontece que tivemos relacao no periodo em que ainda estava assim…pode ter relaçao da nao melhora com o fato de termos relacao sexual?

  • joana

    Meu marido tem herpes labial e devido eu sentir dores toda vez que vou urinar, minha ginecologista disse que eu fui infectada pelo virus genital. Ela passou pra eu tomar penvir durante 5 dias, mas eu não vi melhoras e olhe que sinto essas dores a muito tempo e só agora eu descobri isso. o que faço?

  • Anonymous

    Olá! Acabei de descobrir que meu namorado tem herpes genital, pois encontrei o remédio em seu armário. Eu nunca percebi nada e estou a um ano com ele. Quais as chances de me contagiar?

  • Ligia

    Gostaria de saber o que é tratamento supressivo?

  • Ligia

    Vanda amiga, se realmente for herpes; fale com sua ginecologista logo. Tenho herpes a muitos anos e quando engravidei minha medica me fez uma cesarea pra não infectar o bebe. Converse com seu medico.

  • Kelly

    Boa tarde Dr. Pedro, sou transplantado renal e há aproximadamente tive diagnóstico de herpes genital. Passei quase 2 meses sem poder andar direito. Minha dúvida é: já não tenho mais lesões. Posso ter relações com meu marido sem preservativo? Estou querendo engravidar. Obrigada.

  • Familiamacedosouza

    tenho hespes genital e dou de mamar o medicamento passa pra o leite?

  • almir

    boa noite a pergunta foi enviada por engano eu tenho herpes genital e ja tenho 3 anos com esta doença e quero saber porque quando eu aparecem as lesões e eu tenho relação com a minha esposa começo com muito tezão mas depois o pênis amolesse mesmo dentro da vargina, é como se alguem desligasse da tomada eu comsigo voltar ao normal depois alguns minutos eu tenho 36 anos e por coincidencia é sempre quando a lesão aparesse que eu estouro as bolhas sinto ardencia no e ao urinar 

  • Carlos Oliveirarn

    fiz exames e recebi o resultado, que dis assim, reagente , isso quer dizer que tenho herpes?

  • Lhuzia Tavares

    Durante o periodo mestrual,aparecem umas feridinhas um pouco doloridas na minha genitalia. Posso estar com herpes?

  • Lhukinha

    Quais os tipos de DST’s que posso saber atraves de exames laborátoriais? Em um preventivo pode ser diagnosticado algum tipo de DST’s?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Quase todas as DST podem ser descobertas em exames laboratoriais.

  • Lhuzia

    Como posso saber se tenho gonorreia?

  • Anonymous

    To com mais de 30 dias com ardor na uretra…a herpes causa isso? Haja visto que ja fiz tratamento p supostas doencas que indicam esse sintoma. Ate surtei

  • Anonymous

    Dr pode ser herpes que esta causando dor na uretra por mais de 30 dias? Pois ja tratei uma suposta infeccao urinaria, clamidia e nada. Ja tomei … fluconazol, bezetacil, ciprofloxacino, rocefin e nada. Agora to no aciclovir. E nada

  • Eliane Bp

    fiz um exame herpes 1 e 2 -igg resultado foi 25,7 e grave

  • Bruna

    Dr. as bolhinhas de herpes normalmente são vermelhas e purulentas? Elas podem(no caso da genital), aparecer somente nos grandes lábios? e não serem tão dolorosas(apesar de incômodas)? Acontece também de elas sumirem sozinhas(sem tratamento) e voltarem depois de meses? Agradeço a atenção…

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      1- Não costumam ser purulentas.
      2- Sim
      3- Sim
      4- Sim

  • Vinicius

    Dr. tenho herpes labial que quando aparecem trato com propolis, e apareceu uceras doloridas no meu pênis, que começou com aquelas bolinhas porém tem uma profundidade e dolorido. Tentei usar o mesmo tratamento com propolis mais não resolveu. Pode ser Cancro mole?

  • Amanda

    Dr. Tenho Herpes genital, minha primeira manifestação foi no mës de junho deste ano, foi muito forte tive todos os sintomas: febre, muitas bolhas, dor ao urinar, dor no corpo e etc. Fui no médico, aqui na Argentina onde estou morando pensando que era uma candidíase que não passava, ela prescreveu medicamentos e depois de uns 20 dias fiquei melhor. Depois dessa primeira manifestação já tive mais 3. Sendo que ainda estou com essa quarta manifestação há exatos 32 dias!! Não aguento mais!! Já tomei 3 caixas de aciclovir e nada!! Seguem as bolhas, inchaço corrimento vaginal branco. Como estou fora do meu país tudo fica mais difícil! Por favor me ajude!!
    Porque tantas manifestações em apenas 4 meses e essa última está sendo tão longa.
    Obrigada!

    • Mariana

      ola Amanda tbm estou com o mesmo problema… se quiser me add para conversarmos meu e-mail é marianarios88@hotmail.com

    • inalda santos

      estou com mesmo problema de amanda de herpes ,como faço para melhorar não aguento mais meu ginecologista falou que tenho que beber bastante agua é verdade.quero uma solução me responda por favor. email inalda14@hotmail.com

  • Daniel

    Doutor, uma pessoa pode ter adiquirido herpes e nunca ter apresentado sintomas? e somente após um longo prazo, longo mesmo 1 ou 2 anos, ela tenha se manifestado? e depois de manifestada pode aparecer na boca e na região da genitália?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Sim, é possível.

  • Maris

    em homens a herpes podem ser tipo verrugas pequenas e pretinhas

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não costuma ser assim.

  • Lais

    Boa noite Dr!!! Fiz o exame de herpes simples I e II, o resiltado deu reagente para igg e nao reagente para igm, o que significa??? já tive catapora isso interfere em algo???

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      IgG é sinal de infecção adquirida já há algum tempo. A catapora não influencia em nada.

  • Carla

    Doutor, estou apresentando herpes genital pela segunda vez. Na primeira eu tomei penvir comprimido e passei penvir labia. Nessa segunda eu posso passar só a pomada? Se sim, por quantos dias? Obrigada.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Pomadas não servem para herpes genital.

  • robe744

    Tenho herpes no meu super bilão, arde, queima e cossa muito; o que fazer…

  • Fred_Mendieta

    Doutor, estou com Herpes genital e com varias bolhas na região do pênis, estou tomando o acyclovir e passando a pomada, tem dois dias, gostaria de saber se devo estourar as bolhas? se isto ajuda a secar mais rápido? ou devo tomar o remedio e não estourar as bolhas? deve ter umas 7 bolhas pequenas;

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não mexa nas bolhas. Estourá-las pode aumentar o risco de infecção secundária por bactérias que vivem na pele.

  • Ionara Nunes

    Olá Dr.! Dentre todos os exames que fiz para DST, o herpes simples I e II deu resultado IGG reagente e IGM não reagente. O que isso significa? É motivo de preocupação? Lembrando que minha irmã tem herpes labial desde criança e ainda não presenciei alterações nos genitais.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      IgG é sinal de infecção antiga.
      IgM é sinal de infecção recente e ativa.

  • http://profile.yahoo.com/LHZPRFLHUZVQUH4OY2PGY7FKRM elza

    Dr. Pedro Pinheiro, adorei seu artigo. Graças a Deus e a tds artigos deste tipos lidos e todo trabalho de prevenção aprendido, não tenho nenhuma DST. Porém um amigo apareceu com algumas bolinhas e lesões na região genital, não tinha certeza o que era. Então busquei informações na net e encontrei seu artigo brilhantemente esclarecedor.Assim pude ajudá lo. Parabéns pelo trabalho

  • Ionara Nunes

    A respeito dessa infecção antiga, por favor, seja mais específico. O quão antiga pode ser?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      O IgG costuma aparecer após 4 a 6 semanas. Se a infecção foi há 6 meses, 1 ano ou 10 anos é impossível dizer.

  • Ionara Nunes

    Olá Dr.! Não entendi bem o que significa essa infecção antiga e infecção recente. Poderia detalhar? O quão poderia ser esse antiga? Estou preocupada e ainda não consegui marcar consulta par minha ginecologista.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Anticorpo IgG geralmente surge semanas ou meses depois que o paciente se contaminou. É um anticorpo de memória, altamente específico, usado para combater o germe caso a pessoa volte a ter contato com ele. O anticorpo igM é o anticorpo que está presente quando a infecção é recente e/ou está ativa. Em geral, quando o paciente se cura de uma infecção ou entra em fase de latência o IgM some e o IgG aparece. No caso do herpes, ter anticorpo IgG positivo e IgM negativo significa que a contaminação ocorreu há muito tempo.

  • Ionara Nunes

    Bem, agora entendi. Penso que esse IGG positivo pode ser devido ao contato com minha irmã e sua herpes labial, pois já usei batons dela e já trocamos toalhas, tomamos água no mesmo copo, etc. Uma vez quando criança, me expus ao sol em demasia e meus lábios ficaram feridos. Apenas uma vez. O índice apresentado no exame foi de 24,5 e não sei se é baixo ou alto. Vou mostrar o exame para minha médica, mas já estou tranquila. Nunca apresentei os sintomas na área genital. Dizem que incomoda bastante. O que o senhor pensa a respeito do que citei?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Acho que é por aí mesmo o raciocínio.

  • http://profile.yahoo.com/Z7PSJAXKHY5U3VNZZK5LVZWMDI maria

    Dr. eu estou com herpes nas nádigas o médico mandou fazer um teste de HIV.. eu sou casada ha tres anos e nunca tive qualquer simtoma que podesse suspeitar que tivesse com o víris da aids… fiquei preocupada..

  • giovannafernandez

    Bom dia Dr. eu gostaria de saber se existe tratamento contra corrimento frequente e coceira pré e pós menstruação. A alguns anos tive candidiase vaginal grave, e à alguns dias voltou esta doença, estou fazendo tratamento gostaria de saber também se enquanto estou tratando se é correto formar uma camada de casca preta em cima da ferida? (meu médico informou que a causa desta aparição foi por baixa imunidade e nervosismo)

  • Elisa Vicente

    Olá Dr. Estou com herpes genital, e o meu ginecologista me recomendou uma pomada e entre outros remedios, porém, eu li em seu texto que pomada não é recomendável usar, e eu queria muito saber o porquê de não poder ser recomendada, estou usando-a a três dias e não vejo melhoras, além de arder um pouco, parece que está piorando ao invés de melhorando. Obrigada e aguardo a resposta. Abraços.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Pomadas são ineficazes para tratar herpes genital.

      • Erika Rufino

        Mesmo se for uma pomada composta por Acicliovir?

        • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

          Nenhum tipo de pomada, mesmo aciclovir.

  • jonathan hesse

    Dr.seria possivel, o sr.postar um video mostrando os tipos de herpes labial e genital.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Genital é difícil, pois não sou ginecologista e precisaria de autorização do paciente para mostrar sua genitália.

  • Luci_anne

    Dr., sou virgem, nunca tive relações, é possivel eu pegar herpes??..a 8 meses apareceram umas bolhas na m vagina, porem nao sao aglomeradas como aqui relatado…sao espalhadas…apresentam um liquido espesso e sem odor…a ginecologista me passou um ati fungico mas nao resolveu…em periodos elas somem e depois reaparecem….o que poderia ser e o q faço??

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Possível é, mas é muito pouco provável. Nestes casos tem que colher material da lesão e mandar para o laboratório. Se for herpes genital, eles conseguem detectar.

  • Liliane Araujo

    Boa noite, estou em uma crise da herpes tipo 2 e procuro uma solução para que os pelos pubianos, que eram raspados com lâmina e espetam, não incomodem, pois sinto dificuldades para andar, e parece que isto “ativa” a coceira ao andar, e como estou em período de crise, não poderia retira-los porque agrediria a pele já sensibilizada.
    Vi no Google que já havia uma pergunta semelhante, e procurei em todas as páginas mas não a localizei.
    O senhor poderia me ajudar? Obrigada.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Acho que não entendi a pergunta. Eles agora estão curtos ou de tamanho natural?

      • Liliane Araujo

        Estao em crescimento, Doutor,

        • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

          Essa fase pode pinicar mesmo e causar dor. O ideal é deixar os pelos crescerem, que a tendência é eles pararem de incomodar.

  • pamela

    ola as bolinhas de agua as vezes desaparece, mas sempre volta gostaria de saber se posso fazer algo a respeito

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Se o herpes for muito frequente e lhe incomodar muito, como o texto explica, você pode fazer terapia supressora. Converse com o seu médico.

  • Camila

    Boa tarde!
    Eu tenho herpes genital sendo que nunca transei, nem fiz sexo oral. Como posso ter adquirido?

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    É bem incomum isso acontecer, mas pode ter sido por objetos ou roupas contaminadas.

  • Hector Troiano

    Olah Dr. Pedro, muito agradecido por me tirar o peso da consciencia sobre a queda dos meus cabelos no caso de suspeita de contaminaçao por Sifilis..

    Agora a pergunta eh sobre sintoma de herpes genital.

    No caso, nas úlceras na glande (e notei uma meia duzia delas) sair dessas ulceras um prurido, um pus esbranquiçado seria diagnostico de herpes???.. Abraço. Hector e um precioso 2014 para ti e sua familia, Deus os abençoe muito.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Pode ser, mas herpes costuma doer mais que coçar.

  • g.ansu

    Ola Dr. Pedro, a cerca de 2 dias surgiu uma pequena ulcera, apenas uma, logo abaixo do umbigo, na região genital, mediamente proxima do penis. A poucas horas no dia de hoje, surgiu mais duas ulceras, proximas a primeira que ali ja estava, elas não coçam e nem ardem ou estão doloridas, raspei um pouco a unha sobre uma delas no começo achando que poderia ser um pelo encravado e acabaram soltando um leve pus, transparente. Posso estar com herpes?! Caso não sejam, podem ser causadas pelo excessivo calor e roupas apertadas?! E por ultimo, estou utilizando o “Cetoconazol” em pomada que tenho aqui em casa, pois ja sofri de frieiras na região genital devido passar muito tempo com roupas apertadas em excessivo calor, continuo com o uso ou não. Gostaria muito do seu conselho sobre como prosseguir.

    Agradeço desde já a sua ajuda.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Herpes não costuma ser assim, ainda mais se for a primeira apresentação da doença. Mas isso pode ser outra DST. Sugiro que você procure um urologista ou dermatologista.

  • carlos

    ola dr.
    gostaria de tirar uma duvida , sou virgem
    tenho bolinhas agrupadas assim como na imagem
    so que nunca tive dores , feridas ou coceiras ou algo parecido
    tenho a bastante tempo des dos meus 12 anos mais nunca dei bola
    agora tenho receio de fazer sexo.
    estou com muito medo gostaria de resposta

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Se você nunca teve relações, é muito pouco provável que seja herpes genital. Agora, para saber o que é realmente, só indo a um dermatologista.

  • Cachorraovlp Vlp

    Bom dia, gostaria de uma duvida.
    Tive um problema no penis e incialmente foi diagnosticado como Herpes, e fui indicado a um especialista, indo la ele me disse que não era, e para tirar as duvidas me pediu o exame de sangue, o IGg deu reagente, e o IGM NAO DEU REAGENTE, a minha pergunta é:
    Caso tenha sido uma crise de herpes, o IGM permanece quanto tempo em nosso organismo, e o exame de sangue consegue detectá-lo em até quanto tempo após o aparecimento do primeiro sintoma ?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      O IgM dura algumas semanas. Mas é preciso saber se essa sua sorologia foi específica para herpes tipo 2.

  • Divares Moraes

    Dr fiz um exame. De sangue e deu herpes IgG reagente. E herpes IgM nao reagente ainda não fui no medico….eu estou com o virus?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Significa que você já teve contato com o vírus.

  • Suzi

    Olá. Realizei o preventivo e nele veio a seguinte frase “aspectos sugestivos de infecção pelo virus do herpes simples”. No momento da coleta, eu estava com uma herpes labial. Este resultado pode estar fazendo referencia à Herpes labial, ou não há nenhuma relação com a labial, mas sim esta fazendo referencia a herpes genital? Ainda não detectei sintomas de herpes genital, por isso minha duvida. Tenho que realizar que outro exame para constatar isto?
    Grata.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Sim, o ideal é pesquisar herpes genital.

  • Phellip Silva

    Olá,
    Dr. desde criança meu pênis tem umas bolhas ao redor dele, mas não tem água nelas, hoje sou adulto e já fui casado, hoje noivo, minha noiva tem um tipo de herpes nas costas, será possível que eu tenha contraído algo dela, ou essa bolha que tenho a tanto tempo pode ser herpes?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Pouco provável. O que você tem deve ser pápulas peroladas ou glândulas de Tyson. Se for isso, não tem nenhuma relevância clínica.

  • Paulo

    Olá, Dr. Pedro!

    No texto, diz-se que “há estudos que sugerem que até 80% dos pacientes contaminado não desenvolvem sintomas”. Pergunto: é possível a pessoa ser infectada e só desenvolver a doença com o surgimento dos sintomas anos depois do contágio?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Sim, é possível.

  • cici

    Ola, eu tive relacoes sexuais com um rapaz que tinha herpes genital, eu posso ta contaminada?
    Ate agora nao tive nenhum sintoma, ja tem dois anos desde a minha ultima relacao.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD. Saúde

      Você pode ter se contaminado e não ter desenvolvido sintomas.