CAUSAS DE TOSSE E ESCARRO COM SANGUE

A existência de tosse com expectoração sanguinolenta  é um sinal de lesão das vias respiratórias. Existem dezenas de causas para a presença de sangue no escarro, algumas delas benignas, como lesões na boca ou no nariz, e algumas mais graves, como infecções pulmonares ou tumores das vias aéreas.

Neste texto vamos abordar as principais causas da tosse com expectoração sanguinolenta.

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

Se você quiser ler mais sobre as causas de tosse, sejam elas com ou sem expectoração, acesse o seguinte artigo: TOSSE – Causas e tratamentos.

O que é hemoptise?

A expectoração com sangue, chamada cientificamente de hemoptise, é um sinal potencialmente grave, podendo se apresentar como um quadro que varia de pequenas raias de sangue no escarro, até hemorragias maciças.

Qualquer sangramento em algum ponto das vias aéreas pode causar escarro com sangue. Inclusive pequenas lesões nasais. Por isso, o primeiro passo ao se avaliar um escarro com sangue é tentar identificar sua origem.

Sangramentos provenientes de lesões na cavidade nasal ou na própria boca normalmente têm pouca repercussão. Expectorações com sangue vindas do pulmão, em geral, indicam alguma doença mais grave que merece maior investigação. Também é importante diferenciar a hemoptise do sangramento vindo do sistema digestivo (hematêmese).

De um modo simples, podemos distinguir a origem do sangue da seguinte maneira:

– Eliminação de sangue pela boca junto com vômitos = Trato digestivo
– Eliminação de sangue com tosse e expectoração = Pulmões, laringe ou traqueia
– Eliminação de sangue sem tosse e sem vômitos = Cavidade oral ou nasal

Só é considerado hemoptise quando o sangramento se origina nas vias aéreas inferiores, ou seja, do pulmão, traqueia ou laringe. Sangramentos de origem nasal, chamados de epistaxes, são abordados em texto À parte que pode ser acessado através deste link: SANGRAMENTO DO NARIZ | EPISTAXE.

Causas de hemoptise

Hemoptise - escarro com sangueComo pode-se ver no gráfico ao lado, são várias as causas de expectoração sanguinolenta.

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

A partir deste ponto, toda vez que eu escrever expectoração ou escarro com sangue, estarei me referindo à hemoptise.

Além das infecções pulmonares e do câncer de pulmão,  podemos citar como causas de escarro sanguinolento:

Entre as infecções podemos destacar a pneumonia (leia: SINTOMAS DA PNEUMONIA), tuberculose (leia: SINTOMAS DE TUBERCULOSE), infecções por fungos e o abscesso pulmonar.

Tuberculose ou infecções de repetição podem causar lesões permanentes nos brônquios, deixando-os dilatados e cronicamente infectados. Chamamos essa alteração de bronquiectasia.

A bronquiectasia é uma causa de hemoptise de repetição. A infecção cura, mas as lesões no pulmão podem ficar para sempre.

Nos quadros infecciosos, a expectoração com sangue costuma vir acompanhada de febre, suores, calafrios e aumento dos parâmetros inflamatórios nas análises de sangue (leia: CHECK-UP / EXAMES DE SANGUE). O padrão da radiografia de tórax e a tomografia computadorizada também ajudam.

Câncer de pulmão é outra causa comum de escarro com sangue. Podem ser tumores primários ou metástases (leia: CÂNCER (CANCRO) – SINTOMAS E DEFINIÇÕES). Uma dica para o diagnóstico é a idade mais avançada, o tabagismo (leia: COMO E PORQUE PARAR DE FUMAR CIGARRO) e o emagrecimento contínuo. Mais uma vez os exames de imagem colaboram para definir a presença de tumores.

Uma causa menos comum de hemoptise, mas importante de se reconhecer devido a urgência com que se deve iniciar o tratamento, são as vasculites e as doenças auto-imunes como Lúpus, Síndrome de Goodpasture e a Granulomatose de Wegener (leia: DOENÇA AUTOIMUNE e LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO ( LES )).

São doenças que causam inflamações difusas dos vasos pulmonares e se apresentam normalmente associados a glomerulonefrite e insuficiência renal aguda (leia: O QUE É UMA GLOMERULONEFRITE ? e ENTENDA A INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA ). Se não tratadas a tempo levam ao óbito.

Uma causa comum e menos grave de hemoptise é a lesão da via aérea por crises de tosse intensas e repetidas. Depois de alguns dias de gripe e tosse contínua, a laringe pode ficar irritada e eventualmente pequenas raias de sangue podem estar presentes na expectoração.

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

Porém, a presença de expectoração com sangue é um sintoma potencialmente grave e deve ser sempre avaliada por um médico. Muitas vezes a história clínica, o exame físico e uma simples radiografia de tórax são suficientes para o diagnóstico. Nos casos mais difíceis, são necessários a tomografia computadorizada e a broncofibroscopia, exame feito através de um endoscópio que percorre toda a via aérea até dentro do pulmão.

O tratamento da hemoptise é sempre voltado para a sua causa. Não há um remédio específico que faça parar o sangramento, exceto quando este ocorre por alguma alteração na coagulação.

PUBLICIDADE - PUBLICIDAD

VEJA OUTROS ARTIGOS SEMELHANTES