Artigo atualizado em 02/12/2013

DIFERENÇAS ENTRE LIPOASPIRAÇÃO, HIDROLIPO, MINI LIPO e LIPOLIGHT

Hidrolipo, minilipo, lipolaser e lipo light são procedimentos vendidos como formas alternativas de lipoaspiração, porém, apresentam os mesmos riscos e as mesmas indicações. Saiba tudo sobre lipoaspiração e o modo correto de fazê-la.

A lipoaspiração é a cirurgia plástica mais realizada no Brasil, com mais de 200.000 procedimentos anualmente.

A técnica foi criada pelo Cirurgião Plástico francês, Yves Gerard Illouz em 1978. Não demorou muito para a lipoaspiração aterrissar em terras tupiniquins. Em 1980, o próprio Dr. Illouz realizou a primeira lipoaspiração no Brasil, mais precisamente no Hospital Servidores do Estado, na cidade do Rio de Janeiro.

Nos seus primórdios a lipoaspiração era realizada com cânulas muito grossas, que traumatizavam muito o tecido gorduroso e frequentemente originavam irregularidades no contorno corporal. Além disso, pouco se sabia à época sobre os limites de volume aspirado seguros para o paciente.

Desde então a lipoaspiração evoluiu muito. Atualmente as cânulas são muito mais finas, minimizando a agressão cirúrgica e permitindo um trabalho mais delicado e preciso, propiciando um melhor resultado.

Hoje temos um conhecimento muito maior das repercussões de uma lipoaspiração para o organismo, permitindo o estabelecimento de limites que aumentaram enormemente a segurança do procedimento.

O Art. 9º da resolução Nº 1.711 do Conselho Federal de Medicina estabelece que “os volumes aspirados não devem ultrapassar 7% do peso corporal quando se usar a técnica infiltrativa; ou 5% quando se usar a técnica não-infiltrativa. Da mesma forma, não deve ultrapassar 40% da área corporal, seja qual for a técnica usada.”

Cânulas de lipoaspiração

Cânulas de lipoaspiração

Trocando em miúdos, uma pessoa de 60 kg só pode ter 40 % do seu corpo e 4,2 L de gordura lipoaspirados. Ou seja, aqueles que prometem lipoaspirar todo o corpo e tirar 7,8,9, 10 L de gordura ou são mentirosos ou são inconsequentes e levianos, além de descumprirem uma resolução do CFM.

Mas afinal, o que é técnica infiltrativa e técnica não-infiltrativa?

 Bom, técnica infiltrativa é aquela em que a lipoaspiração é precedida pela injeção, na gordura que será lipoaspirada, de uma solução composta por soro, vasoconstrictores e, às vezes, anestésicos locais. A solução injetada faz com que as células de gordura “inchem”, facilitando a lipoaspiração, e faz com que as artérias e veias se contraiam, diminuindo o sangramento cirúrgico. Devido a essas propriedades, a técnica infiltrativa é a preferida pela grande maioria dos Cirurgiões Plásticos, em detrimento da técnica não-infiltrativa, na qual, obviamente nada é injetado.

Nos últimos anos novas tecnologias vêm sendo incorporadas à lipoaspiração, tais como a utilização de cânulas que vibram em altíssimas frequências (vibrolipoaspiração), que emitem ultrassom ou raios Laser. Todas têm o intuito de facilitar o trabalho do Cirurgião Plástico, diminuir a agressão cirúrgica e permitir um melhor resultado pós-operatório. Na minha humilde opinião, nenhuma dessas novas tecnologias mostrou-se superior à lipoaspiração clássica, além de aumentarem os custos do procedimento, e me parece que este é o pensamento da maioria dos Cirurgiões Plásticos. Porém, é possível que com o seu aperfeiçoamento, essas e ou outras novas tecnologias sejam incorporadas futuramente à lipoaspiração pela maioria dos Cirurgiões Plásticos.

Muito se engana quem pensa que a lipoaspiração é uma cirurgia feita para emagrecer. Seu objetivo é a harmonização do contorno corporal. Estas premissas estão bem explicitadas logo nos 2 primeiros artigos da Resolução Nº 1.711 do Conselho Federal de Medicina, que regulamenta a lipoaspiração:

“CONSIDERANDO o decidido em sessão plenária de 10 de Dezembro de 2003, resolve:

Art. 1º – Reconhecer a técnica de lipoaspiração como válida e consagrada dentro do arsenal da cirurgia plástica, com indicações precisas para correções do contorno corporal em relação à distribuição do tecido adiposo subcutâneo.

Art. 2º – Que as cirurgias de lipoaspiração não devem ter indicação para emagrecimento.”Trocando em miúdos, a lipoaspiração está indicada para resolver o problema da companheira inseparável de muitas mulheres: a gordura localizada.

Porém, nem toda paciente com gordura localizada é uma candidata à lipoaspiração. O grau de flacidez da pele pode ser um fator impeditivo. A flacidez traduz a redução, ou até mesmo a perda, da elasticidade da pele. Quanto maior a flacidez menor a elasticidade. A presença das famigeradas estrias também é um forte indicador de uma pele pobre em elasticidade (leia: ESTRIAS | Tratamento e prevenção).

Mas qual a importância da elasticidade da pele na lipoaspiração? Eu lhes respondo: toda! Para melhor explicar o quão importante é a elasticidade me utilizo de um momento da vida comum a quase todas as mulheres; a gravidez. Com o desenrolar da gestação, a pele se expande progressivamente para melhor comportar o aumento do volume abdominal. Imediatamente após o parto, o volume retorna ao normal e a pele se retrai lentamente durante as semanas subsequentes para adaptar-se novamente ao volume abdominal de outrora. Aí que entra a elasticidade da pele. Quantos de vocês conhecem mulheres que após o parto nem pareciam que tiveram um filho? E as que ficam com o abdômen flácido? E as que além de flacidez ficam cheias de estrias? O que determina o grau de retração da pele é a sua elasticidade e, analogamente à gravidez, desempenha o mesmo importante papel na lipoaspiração.

Sabemos que em se tratando de lipoaspiração, atuam na retração da pele, além do grau de elasticidade, a contração cicatricial. Ao realizarmos uma lipo, ocorre a lesão do tecido gorduroso pelas cânulas. Essa lesão, como todo ferimento, cicatriza. Acontece que todo processo de cicatrização em nosso organismo evolui com uma retração dos tecidos vizinhos. Isto também é verdade na lipoaspiração, onde a cicatrização do tecido gorduroso acarretará na retração da pele, graças ao fenômeno de contração cicatricial.

Quando há flacidez pequena ou moderada, a lipoaspiração pode ser realizada, pois podemos contar com a elasticidade da pele e com a contração cicatricial. Quando a flacidez da pele é de moderada a grande, a lipo isolada deve ser evitada, sob pena de agravá-la. Nestes casos, a associação da ressecção de pele à lipoaspiração deve ser considerada.

Para saber mais sobre a lipoaspiração, leia: CIRURGIA DE LIPOASPIRAÇÃO | Técnicas, indicações e riscos.

HIDROLIPO, MINI LIPO e LIPO LIGHT

Notem que não são mencionados na resolução do CFM os termos hidrolipoaspiração, minilipoaspiração, lipoaspiração light e afins. Isso por que simplesmente não existe “hidrolipo”, não existe “mini lipo” nem “lipo light”!

A lipoaspiração é um procedimento único, que compreende as técnicas infiltrativa e não-infiltrativa, onde através de uma pressão negativa originada por um aparelho ou por seringas, a gordura é aspirada por cânulas introduzidas por pequenos cortes na pele

Para melhor explicar o motivo pelo qual os termos “hidrolipo”, “mini lipo”, “lipo light” e afins foram inventados, recorro à seguinte resolução do Conselho Federal de Medicina:

RESOLUÇÃO Nº 1.711, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2003

Art. 1º – Reconhecer a técnica de lipoaspiração como válida e consagrada dentro do arsenal da cirurgia plástica, com indicações precisas para correções do contorno corporal em relação à distribuição do tecido adiposo subcutâneo.

Art. 3º – Que há necessidade de treinamento especifico para a sua execução, sendo indispensável a habilitação prévia em área cirúrgica geral, de modo a permitir a abordagem invasiva do método, prevenção, reconhecimento e tratamento de complicações possíveis.

Art. 5º – Que as cirurgias de lipoaspiração devem ser executadas em salas de cirurgias equipadas para atendimento de intercorrências inerentes a qualquer ato cirúrgico.

Por essa resolução ficou estabelecido que a lipoaspiração é um procedimento cirúrgico habilitado preferencialmente a Cirurgiões Plásticos, com formação prévia em Cirurgia Geral (caso de todos os Cirurgiões Plásticos membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) e que só deve ser realizada em centro cirúrgico.

Pois bem, e como ficam, a partir desta resolução do CFM, os médicos de outras especialidades que, desiludidos com suas carreiras, enveredam pelo mundo da “Medicina Estética” atrás do “pote-de-ouro”, atrás do “dinheiro fácil”, após fazerem cursos de fim de semana? Como ficam os médicos que, para baixar os custos da lipoaspiração, realizam o procedimento no consultório? Simples! É só rebatizar a lipoaspiração! “De agora em diante nós não fazemos lipoaspiração, nós fazemos hidrolipoaspiração, fazemos minilipoaspiração, fazemos lipolight”.

A invenção dos termos “hidrolipo”, “mini lipo”, “lipo light” e outros tem um único propósito: burlar a resolução do Conselho Federal de Medicina!

E para piorar a situação a “hidrolipo”, a “minilipo” e a”lipolight” são vendidas para a população como sendo procedimentos mais modernos, que não precisam de internação e que o paciente vai do consultório direto para o trabalho. Na realidade, a lipoaspiração realizada em consultório é muito inferior. Além de infrigir uma resolução do CFM, não fornece a segurança e o ambiente necessários para a realização de um procedimento cirúrgico, o paciente não é sedado, sentindo, na melhor das hipóteses, um incômodo durante todo o procedimento e muitas vezes é mais dispendiosa financeiramente pois tem que ser feita em várias etapas, uma vez que há limites de toxicidade na utilização de anestésicos locais.

Não esqueçam que lipoaspiração é uma CIRURGIA e como tal está sujeita à complicações CIRÚRGICAS, devendo ser realizada em ambiente CIRÚRGICO . Sendo assim, se você deseja realizar uma lipoaspiração, consulte-se com um Cirurgião Plástico, certifique-se que ele é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e exija que a cirurgia seja realizada em um centro cirúrgico.

Esse texto é de autoria do Dr. Carlos André Meyer. Cirurgião PlásticoO Blog de Plástico

Publicidade
  • Anonymous

    … Infelizmente, pior que a flacidez que pode ocorrer, é a frigidez certa que acontece após a lipo, ocasionada pela destruição dos vasos e nervos na região baixo ventre e que nunca é comentada ou dado os esclarecimentos antes de fazer a cirurgia. Se todas as pessoas fossem informadas desse problema terrível pós lipo, ninguém faria. Antes com barriguinha e cheia de tesão, do que barriga de tanquinho sem tesão algum.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Caro leitor anônimo,
    Sua observação não é verdadeira.

    Encaminhei o seu comentário para o dr. Carlo André. Solicitei que ele esclarecesse a situação e transcrevo a sua resposta abaixo.

    abs

  • Dr. Carlos André

    Caro Anônimo

    Seu comentário não é pertinente. É anatomicamente impossível a lipoaspiração tornar alguém “frígido”.
    A inervação dos genitais (masculino e feminino), incluindo o componentee erótico, é feita por nervos que emergem da medula através da pelve.
    Veias e artérias não são responsáveis pela sensibilidade e sim pelo transporte de sangue aos tecidos. Da mesma forma que a inervação, a vascularização genital é dada por artérias e veias que são ramos de vasos profundos e chegam ao pênis e a vagina através da pelve.
    Não há relato na literatura médica de frigidez ou qualquer outra disfunção sexual causada por lipoaspiração.

    Dr. Carlos André Meyer

  • Anonymous

    Eu não que a Hidrolipo seja uma farsa…
    Eu fiz a hidrolipo e conheço várias pessoas que fizeram, todos estão encantados com o resultado (corpão).

  • Dr. Carlos André Meyer

    Caro Anônimo

    Não duvidamos que o resultado que obteve foi do seu agrado, afinal você submeteu-se a uma lipoaspiração, técnica cirúrgica mundialmente consagrada, com 30 anos de história.
    Acontece que por determinação do Conselho Federal de Medicina a lipoaspiração é uma cirurgia que só pode ser realizada em Centro Cirúrgico e por Cirurgiões Plásticos. Essas restrições têm o intuito de basicamente conferir segurança à cirurgia.
    Com o objetivo excuso de driblar essas determinações foi criada a farsa da Hidrolipoaspiração e afins, que nada mais são que uma lipoaspiração irresponsavelmente realizada em consultório por profissionais não habilitados para tal.
    Felizmente você e seus amigos nada sofreram nesta aventura, mas lhe pergunto: vale apena correr sérios riscos por motivo de economia?

    Dr. Carlos André Meyer

  • Anonymous

    Caro Dr,vou me subimeter,ao procedimento cirurgico da minilipo,verifiquei tudo sobre a Dr a vai realizar meu procedimento e ela,faz parte do CRM.Mas porem a minilipo sera realizada na propria clinica,e com sedação local.Qual conselho o sr me daria referente a esse procedimento.que dentro de todos os paramentros a Dr esta dentro da leis cabiveis atuais.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Consulte a sociedade brasileira de cirurgia plástica. Primeiro, veja se a médica é credenciada a fazer tal procedimento. Segundo, questione a segurança do procedimento ser realizado fora de ambiente hospitalar.

    Com certeza esse é o caminho mais curto para uma complicação.

    Se quiser pode mandar um e-mail para o colega cirurgião plástico que escreveu o texto.

    abs

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Procure um cirurgião plástico que tenha o título de especialidade reconhecido pela sociedade brasileira de cirurgia plástica.

    Certifique-se que sua cirurgia será feita em ambiente hospitalar e com anestesista.

    Faça uma consulta prévia com um clínico geral para avaliar suas condições clínicas pré-operatórias.

    Deste modo vocÊ reduz drasticamente os riscos da cirurgia. Complicações podem acontecer em qualquer ato cirurgico, mas quando não se toma os cuidados acima, esses riscos aumentam muito.

    Se vc morar no Rio, pode tentar entrar em contato com o Dr. Carlos André, que escreveu o texto.

  • tania

    Boa tarde DR, meu nome é Tânia, sou técnica em massoterapia, trabalho muito com drenagem linfática e procedimentos estéticos corporais,uma de minhas paciêntes está fazendo hidrolipo com uma fisioterapeuta e notei uma redução considerável na região do culote, gostaria de saber se há algum risco quanto a esse procedimento, e como se explica esse resultado já que esta técnica não existe? Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Tania,

    Bom primeiro que a hidrolipo não é reconhecida como modalidade de lipoaspiração pela sociedade de cirugia plástica. A técnica existe mas é apenas uma lipoaspiração feita com um cânula menor. Retira-se 3 ou 4x menos gordura por sessão do que na lipo verdadeira. Chama-se de hidrolipo só para não chamar de lipoaspiração e assim tentar burlar a lei.

    Segundo, se ela(a fisioterapeuta) estiver realmente realizando qualquer tipo de cirurgia realacionada a lipoaspiração, ela está cometendo crime por exercício ilegal da medicina

    Terceiro, se a sua amiga estiver realizando lipoaspiração com cânula (mesmo e chamada hidrolipo) fora de ambiente hospitalar e com profissinal não-médico, ela está pondo a vida dela em risco.

    Contate o CRM da sua região e peça para eles avaliarem o caso. Vc pode estar impedindo uma tragédia como as que vemos frequentemente nos jornais.

  • gisa

    ola dr.
    gostaria de saber de vc se he possivel eu fazer uma retirada de gordura da minha barriga e enjetar no meu gluteo,como he feito esse procedimentio? obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Gisa,
    mande um e-mail para o dr. Carlos André ou acesse o blog dele e faça a pergunta nos comentários.

    Ambos endereços estão no inicio do texto.

    abs

  • Anonymous

    Caros,

    Estou pensando em realizar a “hidrolipo”. Fiquei surpresa com as informações do site e preocupada. O meu médico responsável é membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética. Isso é alguma garantia? Fico no aguardo!

    Obrigada

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Informe-se se o procedimento será feito em ambiente hospitalar e com auxílio de anestesista.

    Na dúvida vocÊ pode entrar em contato com o CRM.

  • Anonymous

    Como faço para entrar em contato com o CRM?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    vá a página
    http://www.portalmedico.org.br/novoportal/index5.asp

    Procure pelo endereço do CRM do seu estado.

    VocÊ pode também procurar no google pelo conselho regional de medicina do seu estado. No Rio é o cremerj, em SP o Cremesp, e assim por diante.

    Não faça a cirurgia antes de se informar bem sobre os profissionais que irão realiza-la.

    Não sei se vc viu mas esta semana morreu mais uma pessoa fazendo minilipo.

    Se quiser também vá ao blog do colega que escreveu o texto(endereço está no começo do texto) e fale com ele através dos comentários

  • mariana

    Olá ,

    Quero muito fazer uma lipo nos flancos e sempre tive medo e me preocupei com a anestesia, entao me interessei pela suposta “minilipo” por nao precisar da anestesia que dorme, esqueci o nome…tbm nao corremos o risco com essa anestesia?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. PEDRO SARAIVA PINHEIRO

    Olá Mariana,
    Qualquer procedimento cirúrgico apresenta riscos. Qualquer anestesia apresenta riscos.

    Por isso, toda cirurgia deve ser feita em ambiente hospitalar, preparado para contornar situações inesperadas e com assitência de um anestesista.

    O problema da anastesia é quando ela é feita por pessoas sem experiência e em ambientes onde não há condições técnicas para o atendimento das complicações que podem ser causadas pela mesma.

    Nem toda cirurgia precisa de anestesia geral, mas isso não elimina a necessidade de ser realizada em ambiente hospitalar.

  • Anonymous

    Caro Doutores, fazendo uma pesquisa sobre a hidrolipo acabei chegando neste blog e gostwei dos esclarecimentos mas tenho algumas dúvidas, algumas clínicas de estéticas oferecem a hidrolipo so que o método é diferente, pelo que li eles injetam soro e depois utilizam um ultrasom e drenagem linfática não usam cânulas e nem anestesias.Pergunta..esse tipo de procedimento também pode ser eficiente igual a lipo tradicional?? Os senhores saberiam me informar se este tipo de procedimento pode afetar os rins de quem ja tem algum problema ja que a gordura é eliminada pela urina?

    desde ja agradeço
    sem mais,
    Janaina

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Janaína,
    Não conheço esse procedimento.

    Também desconheço técnicas em que se elimina gordura na urina. Até porque gordura não é filtrada pelos glomérulos e portanto, não pode ser eliminada na urina. Isso não existe.

    Pegue o nome do médico e peça informações sobre ele e a clínica no colégio brasileiro de cirurgia plástica.

    Se quiser, vá ao blog do Dr. Carlos André, que é cirurgião plástico e escreveu esse texto, e peça a opinião dele no caso.

    O endereço está no começo do texto.

  • gisa

    Dr.

    estou com uma duvida,queria saber se voces ja ouviram falar da injecao de lipostabil,que é injetado na gordura localizada,que a gordura é liberada atraves do xixi,sera possivel isso ou sera so mais uma ilusao de estetica???

    grata

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Gisa,
    o lipostabil é uma droga proibida pela ANVISA brasileira e pelo FDA americano para uso estético. Fuja do médico que quera te prescrever isso.

    http://www.anvisa.gov.br/divulga/noticias/2005/191005.htm

  • Paulo

    Olá Dr. Meu nome é Paulo tebho 48 anos e meço1,74 m e peso 110 Kg Já tentei diversas dietas e nada dá jeito Detectei num exame esteatose hepatica. Qual a sua opiniao sobre uma laserlipólise.Será que ajuda eu reduzir a gordura abdominal. Ah faço exercicios regularm,ente (caminhadas). Estou vendo se faço com o Dr Alexandre Senra. Com a dica do Sr. verifiquei nosite da CFm e ele é credenciado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Paulo,
    Encaminhei essa sua pergunta para o Dr. Carlos André, autor do texto, e assim que ele me responder eu escrevo aqui

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Paulo, a resposta dele foi a seguinte:
    “Olha só, a tal da Laserlipólise consiste numa lipoaspiração tradicional precedida da passagem de um LASER, com comprimento de onda seletivo para os adipócitos, nos locais a serem lipoaspirados. O LASER gera uma lipólise seletiva, o que segundo seus defensores, facilitaria a lipoaspiração e diminuiria a dor e o edema no pós-op.
    Está é uma técnica pouco difundida pois, para a maioria dos cirurgiões, inclusive eu, é uma técnica com custo elevado e com benefícios duvidosos.”

  • vanessa

    Boa Tarde!!
    Meu nome é Vanessa e gostaria de tirar uma dúvida.
    Tenho insuficiência renal crônica e faço hemodiálise 3 vezes por semana.
    Vivo muito bem!
    Gostaria de saber se que faz hemodiálise pode se submeter a uma cirurgia de lipoaspiração.
    Ressalto que minha coagulação é muito boa de acordo com meus exames.
    Grata desde já

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Vanessa,
    Não é contra-indicação. Vc só precisa fazer uma boa avaliação pré-operatória.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Sandra,
    Vá ao blog do dr. André, que é cirurgião plástico, e peça orietações para ele.
    O endereço está no início do texto.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Sandra,
    Vá ao blog do dr. André, que é cirurgião plástico, e peça orietações para ele.
    O endereço está no início do texto.

  • Marina PB

    Caros Doutores,
    Estou com vontade de me submeter a um processo de lipo infiltrativa, já busquei informações sobre o CRm e o procedimento é em um Hospital com UTI, mesmo assim tenho medo. Qual o percentual de mortes nesses casos. Por que este tipo de lipo não precisa ter repouso?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marina,
    acesse o blog do Dr. Carlos André, que é cirurgião plástico, e tire suas dúvidas diretamente com o especialista.
    O endereço do blog está no ínicio deste texto.

  • Dra. Osvani

    Caro Doutor:
    Sou médica e gostaria de parabenizá-os pelo brilhante esclarecimento sobre esta técnica. Também faço cirurgias, sou ginecologista, e fico bastante entristecida, para não dizer revoltada, com algumas condutas médicas que claramente só visam o enriquecimento unilateral. Esses profissionais envergonham a nobre medicina. E infelizmente não sofrem a punição merecida. E, pior, ainda gozam de boa reputação.
    Sou mulher e, como toda mulher, não gosto de alguns adipócitos que tenho. Como também realizo cirurgias, respeito bastante os riscos inerentes a elas. Por isso nunca me submeti a correções cirúrgicas. Fico então escandalizada com os números da cirurgia plástica. Acho que se os critérios do CFM fossem cumpridos, os números e as complicações seriam bem menores.

  • Anonymous

    Gostaria de dar a minha opinião, a 3 meses atras fiz uma lipoescultura e uma abdominoplastia, e não ocorreu nada de anormal. Não perdi o tesão como li na mensagem a cima descrita, não tive nada de estranho, ocorreu tudo bem, fiz no Hospital, e estou me sentindo muito bem, e otima com o espelho

  • Graciane

    Preciso que leiam meu comentário pois estou muito nervosa, e ci. medo de morrer.
    Bom, até antes de ler o texto do Dr. Carlos André Meyer, achava que existia a tal da Hidrolipo ligth. Vi que estava errada. Nao tem mas jeito já fiz a besteira, dia 11/07/2011. Fiz essa tal de Hidrolipo em um consultório médico, o médico me disse que eu teria de fazer um esticamento de pele,assim foi feito, senti muita dor durante o procedimento, tomei muito sedativo, passando algumas horas lá, o médico disse que eu já podia ir para casa. Sai da clinica por volta das 14:h, em casa senti que estava sangrando, pedi ara minha irmã trocar meu curativo, ela percebeu q eu sangrava bastante, mas o médico havia dito que era normal, ás 00:00h, percebi que a cama estava lavada em sangue meu namorado que me acompanhava, não se deu conta que eu estava tendo uma emorragia, tive 4 desmaios perdendo muito sangue já não me agüentando, supliquei que me levasse ao médico pois me sentia morrendo… Fui levada as presas, lá o médico abriu os pontos, que foram muitos colocou muitas gases dentro do corte e passei a noite por lá. pela manhã o sangramento havia seçado, então omédico me colocou duas luvas cheias de gases, e uma cinta apertada com uma taboá na barriga. fui pra casa. no dia seguinte retornei ao consultório, ele tirou as luvas, e me colocou algo que chamou de dreno. já é dia 19/07. eu ainda estou de cama sem banho, só fazendo ascepsia na cama, os pontos estão vermelhos, sai o tempo todo uma água sanguenolenta e umas crostas de sangue, estou tomando sulfato ferroso, Redoxon Zinco, Tenoxican, Rosa mosquete na pele. Tal do dreno tem um buraco orrivel, o médico disse que posso tirar quando eu quiser. Estou com muito medo. O que acontece agora. Ainda corro o risco de morrer. Tenho um filho lindo de 7 anos que precisa muito de mim. Sou deficiente há 1ano, da mão esquerda, ele já sofreu muito com isso e não quero der-lhe mas tristeza. me ajudem por favor. Não sei se saberei retornar a essa pagina por isso deixo meu e-mail para ajuda. cianegracinha@yahoo.com.br Agradeço desde já. Um abraço. Graciane RJ.

  • Anonymous

    Olá Doutor, meu nome é Gabriela…gostaria de saber se a lipoaspiração nos culotes laterais é menos perigosa que a lipoaspiração no abdômen? Também gostaria de saber se é possível retirar uma grande quantidade de gordura nessa região, como também na parte inferior do braço, e se teria como injetar no quadril? (não é no bumbum, é no quadril mesmo, nos lados)
    Obrigada Doutor!

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Gabriela
    A lipoaspiração se feita corretamente não é um procedimento perigoso. A quantidade de gordura que se retira em cada sessão depende do peso do paciente. Se vc tiver mais dúvidas pode acessar o site http://oblogdeplastico.blogspot.com/ e perguntar ao Dr. Carlos André que é cirurgião plástico.

  • Anonymous

    Sou Graciane tenho 28 anos e postei uma mensagem em 19.de julho de 2011. Esperei por uma resposta ao meu desespero, mais acho que não foi possível. Como podem ver. Sobrevivi a tal hidrolipo, enfim… Vim dizer que depois de tanto sofrimento, meu pessadeiro não acabou, achei que iria melhorar e fiquei pior ainda. Minha barriga ficou tão feia que parece que um caminhão passou por cima dela com rodas bem grandes, ficou uma destruição total. Então procurei um médico da Santa Casa de Misericórdia no RJ, esse me atendeu com muito carinho, disse que agora apenas uma abdominoplastia poderá resolver meu problema, acontece que por eu ter operado há pouco tempo não poderei fazer nada num momento.tenho que esperar de 9 meses há um ano, pra fazer qualquer coisa. Então sem praias psinas ou espelhos até lá. Um beijo aos leitores e até mais. Qualquer informação. cianegracinha@yahoo.com.br

  • ceane

    boa tarde! doutor eu fiz uma abdominoplastia e uma liposcultura, só que minha barriga ficou flacida e meus culotes nãi ficou como é pra ficar e meu umbigo ficou muito feio será pq ficou assim.então meu medico disse pra mim ficar melhor tenho que fazer uma francoplastia tem necessidade?qdo eu operei eu estava com 67 kl tem necessidade estou atraz de outras conselhos

  • Adriana Biesdorf

    Muito bom o site Dr. PP! Linguagem acessível e de fácil compreensão. Tira todas as dúvidas de quem, como eu, pensa em fazer uma liposinha básica… rsrs Continue a postar essas informações que são tão preciosas para nós que não somos da área.
    PARABÉNS!!!

  • gg

    É verdade que a gordura pode ser eliminada tanto pela urina quanto pelas fezes?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      De que gordura você está falando?

  • Lilian Alvarez

    dr fiz lipo dia faz 10 dias. estou cheia de nódulos no abdome, estou fazendo drenagem. gostaria de saber se é normal, se vai sumir, se posso fazer alongamento uma vez que estou coma sensação que fica preso. Obrigada

  • Marcia

    Olá, meu nome é Márcia. Minha tia fez uma cirurgia de amputação do pé( após diagnóstico de sarcoma) sem retirar o tornozelo, há dois meses. Os pontos já foram retirados, mas o tornozelo se encontra muito inchado, é normal isso?

  • Paulo Rodrigues do Vale

    Tenho muita vontade de retirar meus pneuzinhos na barriga. Não sou obeso, mas me incomoda um pouquinho, mesmo eu sendo adepto de corrida, ciclismo e até academia. É aconselhável eu submeter a uma lipo somente para retirar essa gordurinha da região abdominal? Tenho 47a, 164m e 67k, Paulo R. do Vale

    • Pedro Pinheiro

      Só se for algo que mexa com a sua autoestima. Caso contrário, não vale a pena.

  • Isis Valeska

    Boa tarde…
    Vc é especialista nessa área?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Eu não, mas o autor do artigo é. É colega meu de faculdade, hoje cirurgião plástico.

  • Dayane Barros

    para quem tem mita flacidez no abdômen pede ser feito tbem a lipo?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      A lipoaspiração serve para retirar gordura localizada. A flacidez não necessariamente tem a ver com isso. O ideal é você solicitar uma avaliação de um cirurgião plástico.

  • Fábio Alessandro

    Fiz uma Hidrolipoaspiração Ultrassônica e não me arrependo. Foi feita em centro cirúrgico, por cirurgião plástico membro da sociedade brasileira de cirurgia plástica. Não tomei mesmo sedativo algum; apenas antibioticoprofilaxia. Não senti dor alguma pois a anestesia local foi muito eficaz. Fiquei pouco tempo em observação e fui liberado sem necessidade de internação. Não tive sangramentos, o hematoma foi mínimo e isso há três meses. Hoje já consigo ver notavelmente a diferença após o procedimento. Foi retirado pequena quantidade de gordura, pois não sou gordo. Penso que é prudente que seja mesmo realizada em mais etapas quando pessoas obesas, aquelas que acham que lipo é pra emagrecer querem fazer retirando quantidade absurdas de gordura, mas para os que realmente a lipo é indicada, a Hidrolipoaspiração ultrassônica é muito boa, e com menor trauma. A recuperação foi excelente. Sim, compreendi que a denominação varia de uma mesma técnica, que lipoaspiração, embora rebatizada, sempre será lipoaspiração, mas, quando há possibilidade de ser menos invasiva e com resultados tão bom o quanto, deve ser considerada, pois a cirurgia minimamente invasiva é uma realidade e um desejo acredito que de todos, principalmente para quem não está doente e sim o faz pela beleza!