Artigo atualizado em 28/07/2013
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

O QUE SÃO OS TRIGLICERÍDEOS?

Publicidade

Os triglicerídeos, também chamados de triglicérides ou triglicéridos, são as principais gorduras do nosso organismo e compõem a maior parte das gorduras de origem vegetal e animal.

Os triglicerídeos presentes no nosso corpo podem ser adquiridos através da alimentação ou produzidos pelo nosso próprio organismo pelo fígado. Os triglicérides são importantes, pois servem como reserva energética para os momentos de jejum prolongado ou alimentação insuficiente. Quando há um excesso de triglicerídeos circulando no sangue, damos o nome de hipertrigliceridemia.

Neste artigo vamos explicar os triglicerídeos e a hipertrigliceridemia, abordando os seguintes pontos:

  • O que são os triglicerídeos.
  • Níveis sanguíneos adequados de triglicerídeos.
  • Causas de hipertrigliceridemia.
  • Dieta e triglicerídeos.
  • Sintomas dos triglicerídeos altos.
  • Complicações da hipertrigliceridemia.
  • Tratamento para baixar os triglicerídeos.

Neste texto abordaremos exclusivamente os triglicerídeos, se você está à procura de informações sobre o colesterol, temos dois texto mais apropriados:
- COLESTEROL HDL | COLESTEROL LDL | TRIGLICERÍDEOS
- DIETA PARA BAIXAR O COLESTEROL.
- ESTATINAS | Remédios para colesterol alto

O que são os triglicerídeos?

Os triglicéridos são a forma de gordura mais comum no nosso corpo, sendo usados ​​para fornecer energia para o organismo. Quando a quantidade de triglicérides está elevada, eles são armazenados nos tecidos adiposos (tecidos gordurosos) para o caso de serem necessários no futuro. Quando você desenvolve aquelas gordurinhas pelo corpo, como nos quadris ou na barriga, você está na verdade armazenando os triglicérides que estão em excesso.

Os triglicéridos estão presentes em vários alimentos comuns da nossa dieta, mas a maior parte costuma ser produzida pelo nosso fígado. Quando comemos carboidratos em excesso (doces, massas, pães, etc.), o fígado pega esses açúcares a mais e os transforma em triglicerídeos, para que eles possam ser estocados nos tecidos adiposos, servindo como reserva energética.

Os triglicerídeos viajam pela corrente sanguínea acoplados a uma proteína chamada VLDL, uma lipoproteína semelhante ao HDL e LDL que transportam o colesterol pelo sangue.

Níveis sanguíneos de triglicerídeos

Como veremos adiante, excesso de triglicerídeos no sangue está associado à deposição de gorduras nos vasos e aterosclerose, aumentando o risco de doenças cardiovasculares.

Todo indivíduo acima dos 20 anos deve medir seus níveis de colesterol e triglicerídeos pelo menos uma vez a cada 5 anos. Em relação aos níveis sanguíneos de triglicérides, classificamo-nos assim:

  • Normal – abaixo de 150 mg/dL.
  • Moderado – entre 150 e 199 mg/dL.
  • Alto – entre 200 e 499 mg/dL.
  • Muito alto – maior ou igual a 500 mg/dL.

O que causa triglicerídeos altos?

Os níveis de triglicerídeos podem se elevar por vários motivos. Algumas pessoas apresentam alterações genéticas que predispõem à hipertrigliceridemia, outras desenvolvem triglicerídeos altos secundariamente a uma dieta hipercalórica ou à presença de determinadas doenças. Entre as condições que mais frequentemente provocam hipertrigliceridemia estão:

- Obesidade (leia: OBESIDADE | Síndrome metabólica).
- Diabetes mellitus (leia: O QUE É DIABETES?).
- Hipotireoidismo (leia: SINTOMAS DO HIPOTIREOIDISMO).
- Insuficiência renal crônica (leia: INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA).
- Síndrome nefrótica (leia: PROTEINÚRIA, URINA ESPUMOSA E SÍNDROME NEFRÓTICA).
- Dieta hipercalórica
- Consumo excessivo de álcool (leia: EFEITOS DO ÁLCOOL | Tratamento do alcoolismo).
- Gravidez.

O uso regular de alguns medicamentos também pode provocar um aumento dos triglicerídeos:

- Tamoxifeno.
- Corticoides (leia: PREDNISONA E CORTICOIDES).
- Betabloqueadores (propranolol, atenolol, carvedilol, bisoprolol, metoprolol…)
- Diuréticos (leia: DIURÉTICOS).
- Anticoncepcionais.
- Ciclosporina.
- Antirretrovirais.
- Isotretinoína (Roacutan).

O aumento dos triglicerídeos pode ou não vir acompanhado de alterações no colesterol. As duas situações mais comuns são triglicerídeos e LDL (colesterol ruim) elevados ou triglicerídeos elevados e HDL (colesterol bom) baixo. A elevação isolada dos triglicérides, sem alterações do colesterol não é muito comum.

Existem algumas formas de hipertrigliceridemia familiar, que são alterações de origem genética, que fazem com que o paciente produza triglicerídeos em excesso, independentemente da sua dieta. Nestes caso é possível que o paciente apresente níveis graves de triglicerídeos, às vezes acima dos 1000 mg/dL.

Dieta e triglicerídeos

Uma dieta rica em gorduras saturadas e carboidratos é um importante fator de risco para hipertrigliceridemia. Pessoas com triglicerídeos elevado devem evitar o consumo regular de:

- Refrigerantes ou qualquer outra bebida rica em açúcar.
- Bebidas alcoólicas.
- Doces.
- Chocolate.
- Pão.
- Biscoitos.
- Massas.
- Pizzas.
- Batata.
- Sorvetes.
- Frozen yogurt.
- Tortas.
- Bolos.
- Leite integral.
- Frituras.
- Queijos gordurosos.

Quando for comprar comida, procure ler as informações nutricionais no verso de cada alimento e evite produtos ricos nos seguintes açúcares:

- Sacarose
- Glicose
- Frutose
- Xarope de milho
- Maltose
- Melaço

A lista de alimentos acima está longe de ser completa. Qualquer alimento rico em carboidratos e/ou gorduras saturadas pode causar aumento dos triglicerídeos. Mais à frente, na parte de tratamento da hipertrigliceridemia, daremos algumas dicas sobre a dieta para baixar os triglicerídeos.

Sintomas dos triglicerídeos altos

Sintomas de triglicerídeos altos - xantoma

Xantomas

Via de regra, a hipertrigliceridemia não provoca sintomas. É impossível saber se seus triglicerídeos estão altos ou baixos sem realizar exames de sangue.

Pacientes com as formas familiares de hipertrigliceridemia, geralmente com valores de triglicérides cronicamente acima dos 500mg/dL, podem apresentar xantomas, que são depósitos subcutâneos de colesterol sob a forma de nódulos ou placas amareladas, que ocorrem frequentemente nas palmas, ao redor dos olhos, nos pés ou nas articulações.

Consequências da hipertrigliceridemia

Embora a relação entre triglicérides altos e risco cardiovascular tenha sido questionada no passado, com os atuais estudos tornou-se claro que pacientes com hipertrigliceridemia apresentam um maior risco de desenvolver doenças cardiovasculares, particularmente doenças coronarianas. Permanece incerto, porém, se esta associação é causada diretamente pelos triglicerídeos altos ou por outros fatores associados à hipertrigliceridemia, como obesidade, diabetes e níveis elevados de colesterol LDL e níveis baixos de colesterol HDL.

Níveis elevados de triglicerídeos também estão associados a um maior depósito de gorduras no fígado, provocando uma alteração conhecida como esteatose hepática (leia: ESTEATOSE HEPÁTICA | Gordura no fígado).

Quando os valores dos triglicéridos estão acima de 1000mg/dL, o paciente pode apresentar um quadro de pancreatite aguda (leia: PANCREATITE | Causas e sintomas).

Tratamento da hipertrigliceridemia

O principal objetivo do tratamento da hipertrigliceridemia é reduzir o risco de doenças cardiovasculares. Ainda não se sabe se a simples redução dos valores dos triglicérides é suficiente para obter estes resultados. Por isso, o manejo da hipertrigliceridemia deve sempre incluir modalidades de tratamento que sabidamente são benéficas para pacientes com alto risco cardiovascular, como dieta balanceada, prática de exercícios físicos, perda de peso, controle do diabetes e controle do colesterol LDL e HDL.

Dieta para baixar os triglicerídeos

Em relação à dieta, como já referido anteriormente neste texto, pacientes com triglicerídeos elevados devem evitar alimentos ricos em carboidratos e gorduras. Dê preferência a alimentos ricos em fibras, peixes e alimentos ricos em gordura insaturada e pobre em gorduras saturadas. Escolha pães, biscoitos e cereais que contenham aveia, grãos integrais, cevada, milho, arroz ou trigo como primeiro ingrediente. Dê preferência ao arroz integral e às massas à base de trigo integral. Nas bebidas, evite o álcool e prefira os refrigerantes diet. O leite deve ser desnatado.

Quando pensamos em baixar o colesterol LDL o mais importante é evitar alimentos gordurosos. Quando pensamos em baixar os triglicerídeos, limitar o consumo de carboidratos e calorias é o mais efetivo.

Remédios para baixar os triglicerídeos

Nos pacientes com  triglicerídeos acima de 200 mg/dL, o tratamento com medicamentos deve ser considerado. É importante destacar que o uso de remédios para controlar a hipertrigliceridemia de modo algum exclui a necessidade do paciente mudar hábitos de vida. Se não houver controle na dieta, perda de peso, controle do diabetes e aumento da carga de exercícios físicos, o beneficio do tratamento farmacológico ficará muito aquém do desejado.

Se além da hipertrigliceridemia o paciente também tiver níveis elevados de colesterol, o uso das estatinas, como Sinvastatina, Pravastatina, Rosuvastatina ou Atorvastatina pode ser útil. Estas drogas agem mais sob o colesterol, mas também tem algum efeito sobre os níveis de triglicérides.

Os fibratos (Gemfibrozil ou Fenofibrato) são drogas mais específicas para reduzir níveis de triglicerídeos, podendo alcançar reduções de até 70% em alguns casos. Estas drogas, porém, não agem sobre os valores de colesterol. Se houver necessidade de associar uma estatina a um fibrato, o Fenofibrato deve ser a droga de escolhe pois apresenta menos riscos de interação medicamentosa.

Suplementos ricos em óleo de peixe (ômega 3) também são efetivos para redução da hipertrigliceridemia. Para haver efeito, as doses devem ser elevadas, acima de doses 3 gramas por dia de ácido eicosapentaenoico/ácido docosaexaenoico (EPA/DHA), o que significa pelo menos 4 cápsulas por dia. Alguns pacientes não toleram doses muito altas de óleo de peixa, apresentando diarreia e cólicas abdominais.

Vérsion en español:  TRIGLICÉRIDOS ALTO

Publicidade
  • Tania Pereira Muriano

    Dr Pedro, tens me ajudado muito com esses artigos bem minuciosos,porém tenho que pedir sua ajuda, pois estou perdida quanto ao especialista que devo consultar. Estou com uma série de problemas de saúde e confirmados por exames:
    1- Cisto de tarlov com duas protusões discais e muita dor no coquix.
    2- Efusão pericardica ; Com dores constantes no peito,queimação,etc
    3- Hipotireoidismo há 13 anos,agora com um nódulo único e regular sem calsificaçao e com tireoidite.
    4- Triglicerideos alto.
    5- Colesterol alto.
    6- Estou tomando um antibiótico para infecçao urinária.
    Entrei na menopausa recentemente.Faço reposiçao hormonal.
    Tenho 51 anos,tenho 1,64 mt de altura,peso 63,0 kls,sempre me alimentei da melhor forma possível,com dieta alimentar equilibrada, atualmente não tenho práticado exercícios físicos.Tenho plano de saúde ,más se for o caso até pago as consultas,sou de Bauru SP, se puder me orientar fico muito agradecida.

    • Vânia costa

      Sinto muitas tonturas e o meu triglicerideos deu 201.fiz um exame que deu gordura no fígado. .será que as tontura é causada por isso?

      • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

        Nenhum dos dois causa tonturas.

  • Barbara

    Dr.meus trigliceridios estao em 305mg/dL e o colesterol esta 201,oomg/dL esta normal ou estão altos??

  • Carlos Alberto Martins

    Dr. Pedro

    Essas informações foram relevantes. haja vista que fiz o exame e meu nivel de triglicerideos está muito elevado acima de 400. Creio que seja que a noite sinto umas pulsações no coração.

    Abçs

  • meiry russen

    Dr meus triglicérides 1320,0 mg/dl e estou com sete semanas de gravidez o que posso fazer?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      OS valores são muito elevados. É preciso iniciar tratamento. Seu obstetra saberá indicar um tratamento seguro para o bebê.

  • Marina

    Dr. Pedro, minha filha tem 15 anos e após 2 anos de tratamentos tópicos para acnes, iniciou há 2 meses o tratamento com a isotretinoina. Os exames laboratoriais apos o primeiro mês apresentaram alterações do triglicerides (141) e do colesterol total (180). Ela já tinha o hábito de não ingerir gorduras, mas procuramos uma nutricionista e há um mês está seguindo uma dieta. Mesmo assim o exame laboratorial apresentou piora das taxas: triglicerides (199) e colesterol total (204). Será possível fazer uso de medicação para colesterol e triglicerides para que termine o tratamento das acnes? Obrigada, Marina

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Quem tem que indicar isso é o dermatologista. Tanto a isotretinoína quanto os medicamentos para colesterol podem casuar dano ao fígado. É preciso que um médico avalie os riscos e benefícios antes de decidir qualquer instituição de nova droga. Até porque, os níveis de colesterol e triglicerídeos nem estão tão alarmantes assim.

  • EDEMAR

    estou com o colesterol254,00mg eo ldl17500mg triglicerideo em 306,00mg mais creatinina 1.23mg e a ureia 33,00mg o que ta acontecedo

    • https://plus.google.com/u/0/113288925849694682313/posts Pedro Pinheiro

      Você tem dislipidemia.

  • Helena

    Dr Pedro, muito uteis suas informações, muito claras, ficou muito facil para entender. Gostaria de uma ajuda. Meu HDL està 35, LDL 105, Triglicerides – 291 e VLDL- 58 (confere a questão do 5x VLDL = Triglicerides). Pergunta : è possivel baixar o triglicerides e aumentar o HDL sò com dieta e baixa ingestão de carboidratos, ou tenho que realmentte tomar medicamento?
    Um medico me receitou o Lipless 100mg, ainda não tomei, pois uma amiga aconteceu o mesmo e tomou o Lipless por 4meses e ao fazer exames constatou alteração no exame (celulas cancerigenas).
    Eu tenho neuralgia de trigemeos e tomo LYRICA uso continuo, ha aproximadamente 4meses,e as vezes tomo predinisolona e tylex, isso poderia estar aumentando os valores do colesterol? Caso não, ha algum problema em tomar Lipless concumitante ao Lyrica?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Se a sua dieta habitual for muito ruim, esse pode ser um ponto a ser trabalhado. Os triglicerídeos respondem bem à dieta. A prednisolona interfere com o metabolismo do colesterol. O tylex, não.

      • Helena

        Boa tarde Dr Pedro, muito obrigado pela sua atenção.
        Minha dieta é bem saudavel, muito cereais, integrais, frutas e verduras, não fumo, não bebo. Peco um pouco com relaçao atividade física, fazia caminhada e pilates há seis meses atrás, a noite, por causa do trabalho. Depois da neralgia dos trigêmeos, o Lyrica me deixou cansada, com insônia, tontura, e mais a insegurança das ruas, me fizeram deixar de caminhar. Com a dieta, e tentar fazer exercicio, mesmo em casa, é possivel baixar os níveis sem medicamento? Obrigado.

        Helena

        Subject: Re: New comment posted on O QUE SÃO OS TRIGLICERÍDEOS?

        • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

          Se a dieta já é saudável, há pouca margem de manobra. O exercício pode ajudar, mas não ira reduzir de forma relevante.
          Obs: o lipless não causa câncer.

  • Caroline

    Dr. Tenho 23 anos , meu exame deu Colesterol Total: 207, hdl:81 e triglicerídes:161.
    Já devo me preocupar ?

  • miriam wachholz

    Doutor meu marido tem uma dieta bem equilibrada e mesmo assim os triglicérides estão sempre alto? qual o outro motivo que seria?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Se a dieta já é adequada, o problema dele é provavelmente de origem genética. O organismo dele produz triglicerídeos em excesso sem causa aparente.

  • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Uma dieta com menos carboidrato ajudaria.

  • Isabel A Oliveira

    Estou encantada com trabalho de esclarecimento de imensurável valor.
    sou eternamente grata por compartilhar sua LUZ.
    Paz Profunda e continuo progresso.

  • Laila Ribeiro

    Dr. Boa Noite.. acabei de fazer um hemograma completo mais não entendi duas informações que foram dadas, sendo uma observação de Anisocitose com microcitose (xx) no final do primeiro exame e o baixo índice do meu triglicerídeos sendo 75 mgdl, pois até o momento só achei falando de índice elevado. O que isso significa por favor???

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Triglicerídeos de 75 não tem nada de mais.