Urina com sangue após esforço físico

Introdução

A presença de sangue na urina é chamada pelos médicos de hematúria. Nem sempre a hematúria é visível a olho nu. Em alguns casos, a quantidade de hemácias (glóbulos vermelhos) é tão pequena, que só através de exames laboratoriais de urina é possível detectá-la.

Quando a hematúria deixa a urina avermelhada e pode ser facilmente identificada pelo próprio paciente, chamamos de hematúria macroscópica. Quando a perda de sangue na urina é muito discreta e só pode ser identificada através de avaliação laboratorial dizemos que o paciente tem hematúria microscópica.

Existem várias situações associadas à perda de sangue na urina, variando desde uma simples infecção urinária até doenças graves, como câncer de bexiga ou do rim. Por outro lado, a hematúria pode ser totalmente benigna, não tendo ligação com nenhuma condição de relevância clínica.

A realização de exercícios físicos pode provocar hematúria, sendo assim chamada de hematúria induzida por exercícios ou hematúria após esforço físico. Nestes casos, a perda de sangue na urina surge após a prática de exercícios físicos de grande intensidade e desaparece espontaneamente após o repouso.

A primeira descrição de sangue na urina após a realização de exercícios intensos foi feita em 1881, em soldados que tinham realizado exercícios de marcha.

Neste artigo vamos falar exclusivamente da hematúria após esforço físico. Se você procura um texto mais amplo sobre a presença de sangue na urina, incluindo todas as principais causas, leia: Hematúria: principais causas de sangue na urina.

Características clínicas

A hematúria induzida por exercício é uma condição benigna, indolor, sem nenhum outro sintoma associado, transitória, e que não está ligada a nenhuma complicação ou doença a longo prazo. Surge sempre em associação à prática de esporte de grande intensidade e normalmente desaparece espontaneamente em 72 horas.

A hematúria induzida por exercício já foi descrita tanto após a realização de esportes de contato, como futebol, rugby e boxe, como também em corredores de maratonas, nadadores e remadores. Mais importante que a modalidade de esporte é a intensidade com que o exercício é praticado.

Na grande maioria dos pacientes, a hematúria após esforço é microscópica e só pode ser detectada através de exames de urina, podendo passar despercebida facilmente. A incidência de hematúria induzida por exercício em maratonistas, por exemplo, chega a quase 70% quando pesquisada através de métodos específicos em estudos científicos.

A hematúria macroscópica, com uma urina avermelhada, também pode ocorrer, sobretudo em esportes de contato, em que possa ocorrer trauma direto do trato urinário.

Para saber mais sobre alterações na cor da urina e suas causas, leia: 7 alterações na cor da urina e suas causas.

Causas

Existem dois principais mecanismos que contribuem para o aparecimento de sangue na urina após a realização de uma atividade física intensa: traumático e não-traumático.

Mecanismo traumático

Os esportes de contato facilitam a ocorrência de trauma direto sobre os rins ou bexiga.

As corridas de longa duração podem provocar trauma no trato urinário através do movimento repetido para cima e para baixo que a bexiga faz quando corremos, o que facilita a formação de equimoses e contusões nas suas paredes.

A incidência de hematúria aumenta quando corremos com a bexiga vazia, porque assim a chance de sobreposição das suas paredes é maior.

Mecanismo não traumático

Apesar de existirem muitas possíveis explicações para as situações de hematúria não traumática, nenhuma foi completamente comprovada.

Uma das mais aceitas é que durante a prática esportiva de alta intensidade há desvio de sangue para os músculos, produção de ácido lático e redução do volume de sangue que chega aos rins. Em decorrência destas alterações, uma série de efeitos têm lugar no organismo, dentre elas o aumento da permeabilidade renal aos glóbulos vermelhos. Assim, as hemácias conseguem, por intermédio dos rins, passar dos vasos sanguíneos para a urina.

Diagnóstico

A definição do quadro de hematúria induzida por exercício deve ser feita com cuidado, uma vez que a presença de sangue na urina, mesmo quando detectada após a prática de uma atividade física, pode ter diversas outras causas.

Por isso mesmo, considera-se que a hematúria induzida por exercício deve ser um diagnóstico de exclusão, isto é, não devem existir outros motivos que justifiquem a presença de hemácias da urina.

Além da história clínica sugestiva – hematúria que surge após a realização de esforço físico intenso, indolor e que desaparece em repouso no período de até 7 dias – é preciso documentar a presença de hemácias na urina através de exame laboratorial de urina.

Hematúria dismórfica

A presença de dismorfismo eritrocitário (hemácias na urina com alterações no seu formato) é um sinal laboratorial geralmente, mas não exclusivamente, encontrado nas doenças dos glomérulos.

A hematúria induzida por exercício pode ser dismórfica ou não dismórfica. A hematúria relacionada a traumas ou micro-traumas do trato urinário é sempre não dismórfica. No entanto a ausência de dismorfismo em casos não traumáticos não exclui o diagnóstico. São necessários um examinador experiente e equipamento específico para que esta avaliação possa ser feita adequadamente.

Diagnóstico Diferencial

Dependendo do gênero e da idade do indivíduo, temos que pensar em outras causas para a presença de sangue na urina, que pode ter sido coincidentemente diagnosticada após a prática de uma atividade física.

Pedras nos rins, hiperplasia da próstata, glomerulonefrite, câncer de bexiga ou infecção urinária são algumas situações que provocam sangramento urinário e que podem precisar de tratamento específico.

Diagnósticos diferenciais devem ser considerados sempre que houver sinais de alarme, isto é, indícios de que pode não se tratar de uma simples hematúria induzida por exercício.

Sinais de alarme

  • Homens acima de 50 anos de idade.
  • Presença de sintomas associados como dor ao urinar ou dor lombar.
  • Presença de outras alterações no exame de urina, como proteinúria.
  • Hematúria que persiste por mais de 7 dias.
  • Pessoas com fatores de risco para câncer do trato urinário.

Tratamento

A hematúria após esforço físico é uma condição benigna, que não provoca nenhuma complicação.

Uma vez confirmado o diagnóstico de hematúria induzida por exercício, não é necessária a realização de nenhum exame adicional e nem de seguimento médico específico.

Prevenção

Uma das formas de reduzir a incidência de hematúria induzida por exercício é garantir que o indivíduo mantenha um bom estado de hidratação durante a prática esportiva, porque o fluxo sanguíneo renal diminui quando há desidratação.

A ingestão de líquidos também tem outro papel que é promover a produção de urina e desta forma evitar que a bexiga fique completamente vazia, o que aumenta a chance de traumas e contusão das suas paredes.


- Publicidade -

Referências


Este artigo foi útil?
SimNão