Artigo atualizado em 30/10/2013

PANCREATITE | Causas e sintomas

Publicidade

Pancreatite é o termo usado para descrever a inflamação do pâncreas. Quando a inflamação do pâncreas ocorre de modo súbito, ou seja, agudamente, estamos diante de uma pancreatite aguda. Quando a inflamação é recorrente e há sinais de lesão persistente do pâncreas, chamamos de pancreatite crônica.

Neste texto vamos abordar os seguintes pontos sobre a pancreatite:

  • Funções do pâncreas.
  • O que é pancreatite.
  • Diferenças entre pancreatite crônica e pancreatite aguda.
  • Sintomas da pancreatite.
  • Causas da pancreatite.
  • Tratamento da pancreatite.

Quais são as funções do pâncreas?

O pâncreas é uma grande glândula de formato achatado, com mais ou menos 20 cm de comprimento, localizado no abdômen, logo atrás do estômago. Apresenta íntima ligação com as vias biliares e o com duodeno (parte inicial do intestino delgado).

O pâncreas possui duas funções básicas: participa do processo de digestão de alimentos e produz hormônios importantes no controle da glicemia (taxa de glicose do sangue), como a insulina e o glucagon.

O pâncreas produz enzimas que auxiliam no processo da digestão de proteínas, gorduras e carboidratos. Essas enzimas digestivas, diluídas em uma solução chamada de suco pancreático, são lançadas diretamente no duodeno onde encontrarão os alimentos recém saídos do estômago. O suco pancreático também é rico em bicarbonato, que serve para neutralizar a acidez dos alimentos vindos do estômago, que possuem um pH muito baixo.

Pâncreas

Anatomia do pâncreas

Do mesmo modo que a alimentação estimula a produção do suco pancreático para auxiliar na digestão dos nutrientes, ela também induz a produção de hormônios, que são lançados na corrente sanguínea. Os dois principais hormônios sintetizados pelo pâncreas são a insulina e glucagon, produzidos por um grupo de células chamado de ilhotas de Langerhans.

A insulina é o hormônio que permite que as células captem a glicose do sangue e a use como fonte de energia. O principal estímulo para a produção de insulina é o aumento dos níveis sanguíneos de glicose que ocorre geralmente após as refeições. Quando a glicose do sangue se eleva, a insulina produzida no pâncreas é liberada para a corrente sanguínea, permitindo que as células consigam captar a glicose que está chegando, vinda dos alimentos.

Se por algum motivo não houver insulina, não há como as células consumirem a glicose presente no sangue, permanecendo, assim, a taxa sanguínea de glicose constantemente elevada. Este processo dá origem à famosa diabetes mellitus (leia: O QUE É DIABETES?).

O glucagon é um hormônio antagonista da insulina, ou seja, faz a função inversa. Quando os níveis de glicose estão muitos baixos, o pâncreas impede a liberação de insulina e estimula a produção de glucagon, que além de impedir a captação da glicose pelas células, age no fígado, estimulando a produção de glicose pelo mesmo.

Quando os níveis de glicose voltam a subir, os níveis de glucagon começam a cair e os de insulina voltam a subir novamente. Deste modo, o pâncreas consegue manter nossa taxa glicemia sempre na faixa entre 60mg/dl a 140 mg/dl, mesmo após as refeições.

Pancreatite aguda

As enzimas digestivas produzidas no pâncreas só se tornam ativas após chegarem ao duodeno. A pancreatite ocorre quando por algum motivo, essas enzimas se ativam quando ainda estão dentro do pâncreas, fazendo com que o mesmo comece a ser digerido.

Causas de pancreatite aguda

Em mais de 75% dos casos, a pancreatite aguda ocorre por abuso de bebidas alcoólicas (leia: EFEITOS DO ÁLCOOL E ALCOOLISMO) ou por uma pedra da vesícula, que fica presa na saída do ducto pancreático, impedindo a drenagem das enzimas para o duodeno (leia: PEDRA NA VESÍCULA E COLECISTITE).

Outras causas menos comuns de pancreatite aguda incluem:

  • Hipertrigliceridemia – a pancreatite pode ocorrer quando os níveis de triglicerídeos ficam muito elevados, ultrapassando a barreira dos 1000 mg/dl (leia: O QUE SÃO OS TRIGLICERÍDEOS?).
  • Hipercalcemia – níveis elevados de cálcio sanguíneo também podem causar pancreatite aguda. .
  • Drogas – alguns medicamentos, como azatioprina, corticoides, pentamidina, metronidazol, clomifeno, pravastatina, ácido valproico, omeprazol, losartan, tamoxifeno, isoniazida, furosemida e enalapril já foram descritos como causas de pancreatite. Também é bem conhecida a relação entre consumo de cocaína ou maconha com a ocorrência de pancreatite aguda.
  • HIV (leia: SINTOMAS DO HIV E AIDS (SIDA)) e outras infecções como citomegalovirose, caxumba, salmonelose, amebíase, toxoplasmose, etc., também podem atacar o pâncreas.
  • Traumas abdominais.
  • Malformações do pâncreas.
  • Fibrose cística.
  • Lúpus eritematoso sistêmico (leia:LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO).
  • Idiopático – em alguns casos não se consegue identificar nenhum fator para a pancreatite.

Sintomas da pancreatite aguda

O sintoma universal da pancreatite aguda é a dor abdominal. A dor costuma se localizar difusamente na parte superior do abdômen, podendo irradiar para as costas. Normalmente é uma dor desencadeada e agravada pela alimentação. Ao contrário da cólica biliar que também costuma surgir após alimentação e dura de 6 a 8 horas, a dor da pancreatite aguda pode durar vários dias (leia: DOR NA BARRIGA | DOR ABDOMINAL | Principais causas). Outra característica da dor da pancreatite aguda é o alívio parcial quando o paciente curva-se para frente.

A dor costuma vir acompanhada de náuseas e vômitos em 90% dos casos e pode ser tão intensa que o paciente rapidamente procura atendimento médico. Porém, existem casos de pancreatite aguda com dor não tão intensa,o que muitas vezes dificulta o diagnóstico, pois o paciente demora a procurar ajuda médica.

A pancreatite aguda alcoólica é mais comum nos indivíduos que bebem cronicamente e costuma surgir dentro de 24 e 72 horas após um episódio de consumo excessivo de álcool.

A pancreatite aguda em mais de 80% dos casos se cura com o tempo e com apoio médico. Em certos pacientes, entretanto, ela pode se transformar em uma emergência médica. Em alguns casos mais graves, a inflamação pode ser tão intensa que se espalha por todo o organismo, levando o paciente a um quadro de choque circulatório (leia: SAIBA O QUE É CHOQUE CIRCULATÓRIO) e falência múltipla dos órgãos.

Diagnóstico da pancreatite aguda

O diagnóstico da pancreatite costuma ser feito com a dosagem sanguínea de duas enzimas pancreáticas que se encontram muito elevadas nos casos de inflamação do pâncreas: amilase e lipase.

A tomografia computadorizada (TC) é um exame complementar importante, não só para ajudar no diagnóstico dos casos duvidosos, mas também para avaliar a presença de complicações, como necrose e abscessos no pâncreas. Através dos achados na TC gradua-se alfabeticamente a gravidade da pancreatite de A a E, sendo A o quadro mais leve e E um quadro grave com sinais de complicações.

A ressonância magnética nuclear (RMN) pode ser usada no lugar da TC. A ultrassonografia é muito inferior a TC e a RNM para avaliar problemas no pâncreas.

Tratamento da pancreatite aguda

Em geral, todo paciente com pancreatite aguda deve permanecer internado. Se o caso for leve a moderado, a resolução é espontânea. Administra-se soros e controla-se a dor.

Neste período inicial, o paciente deve se manter em jejum total por no mínimo 3 a 7 dias, uma vez que a alimentação estimula a produção das enzimas pancreáticas que acabam por lesar ainda mais o pâncreas. Para o paciente não desnutrir, faz-se necessária a alimentação enteral. Para tal, introduzimos uma sonda até o intestino delgado fazendo com que a comida só chegue aos intestinos após o duodeno, não havendo assim estímulo à produção de enzimas pancreáticas. Se mesmo com a nutrição enteral o paciente apresentar sinais de atividade da pancreatite, a solução é a alimentação parenteral, administrada pelas veias.

Conforme o pâncreas vai se regenerando, a alimentação por via oral pode ser reintroduzida lentamente.

Se a causa da pancreatite aguda for obstrução por cálculos biliares, os mesmos devem ser retirados por via cirúrgica ou endoscópica. Como a recorrência da pancreatite aguda por cálculos biliares chega a 50%, o mais indicado é a remoção da vesícula, o que torna a formação de novos cálculos um evento incomum.

Em casos mais graves, com infecção e/ou necrose extensa do pâncreas, antibióticos e cirurgia para retirada do tecido morto podem ser necessários. Como já citado anteriormente, às vezes, o quadro é tão intenso que o doente desenvolve choque circulatório, complicações renais e pulmonares, necessitando ficar internado em uma UTI (leia: ENTENDA O QUE ACONTECE COM OS PACIENTES NA UTI).

Pancreatite crônica

Se o quadro de pancreatite aguda for muito extenso ou se o paciente apresenta repetidos episódios de pancreatite aguda, esta inflamação intensa e repetida pode causar lesão irreversível do tecido pancreático, levando ao que chamamos de pancreatite crônica.

A principal causa de pancreatite crônica é o consumo exagerado e prolongado de álcool. Porém, qualquer situação que imponha quadros repetidos de pancreatite aguda pode levar à lesão permanente do pâncreas.

Sintomas da pancreatite crônica

Assim como na pancreatite aguda, o principal sintoma da pancreatite crônica é a dor abdominal. Todavia, na doença crônica a dor é recorrente e não desaparece após alguns dias. O paciente costuma estar muito emagrecido, pois alimenta-se mal, já que o ato de comer exacerba a dor. A dor costuma surgir após as refeições e dura em média 30 minutos.

A dor na pancreatite crônica costuma ser menos intensa que na pancreatite aguda e até 20% dos pacientes referem sentir pouca ou nenhuma dor. Porém, é possível haver períodos de agudização da pancreatite crônica, principalmente se o paciente continuar a beber. O paciente pode conviver mais ou menos bem com a sua pancreatite crônica, mas quando bebe, apresenta crises semelhantes as da pancreatite aguda.

Conforme a doença progride, como há lesão permanente do tecido do pâncreas, este começa a diminuir progressivamente a sua capacidade de produzir as enzimas responsáveis pela digestão dos alimentos. Com isso, mesmo que a dor não impeça a alimentação, o paciente não consegue digerir o alimento para poder absorvê-lo, acabando por emagrecer do mesmo modo.

Radiografia evidenciando uma pancreatite crônica

Radiografia evidenciando uma pancreatite crônica

Quando mais de 90% do tecido pancreático encontra-se lesionado o paciente perde completamente a capacidade de absorver as gorduras da dieta, surgindo um quadro de diarreia gordurosa, chamado de esteatorreia. A esteatorreia é caracterizada por fezes misturadas com gotas de gordura.

Seguindo o mesmo raciocínio, o pâncreas também torna-se incapaz de produzir insulina e glucagon, levando o paciente a um quadro de diabetes mellitus (leia: SINTOMAS DO DIABETES).

Outras complicações da pancreatite crônica incluem a formação de cistos ao redor do pâncreas, obstrução das vias biliares e ascite (leia: O QUE É ASCITE?).

Na radiografia acima, podemos ver um pâncreas todo calcificado, um sinal de lesão grave, indicando cicatrização do tecido por pancreatite crônica.

Pacientes portadores de pancreatite crônica apresentam maior risco de desenvolverem câncer do pâncreas.

Tratamento da pancreatite crônica

O tratamento da pancreatite crônica visa o controle da dor e dos sintomas da falência pancreática. É imperativo suspender o consumo de álcool. A dieta deve ser controlada, evitando alimentos gordurosos, que são os que mais estimulam o aparecimento da dor.

Pacientes com síndrome de má absorção precisam tomar suplementos com enzimas pancreáticas. Doentes com diabetes precisam de insulina.

Em casos onde a dor não consegue ser aliviada com drogas, a cirurgia do pâncreas pode ser necessária. Em geral, não há cura para a pancreatite crônica. Como já referido, o tratamento visa dar qualidade de vida ao paciente.

Publicidade
  • alecsander romero

    Boa tarde!
    Estive lendo reportagens sobre pancreatite, em varios sites encontrei informações de todos os tipos, e qui tive um esclarecimento muito melhor, li que em estagio avançado a mesma provoca gotas de oleo junto as fezes; fiquei em duvida pois alguns informavan este sintoma como inicial..

    desde ja agradeço aguardo resposta se o mesmo é umsintoma inicial ou estagio avançado.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Alecsander,
    A presença de gorduras nas fezes indica que houve um destruição de grande parte do pâncreas e este já não é capaz de produzir as substâncias responsáveis pela digestão de gorduras. Na verdade não é uma questão de ser um sintoma inicial ou não, é um sinal de grande lesão pancreática. Se a pancreatite for fulminante, esse sinal ocorre rapidamente, se for de instalação lenta, ele demora mais tempo para aparecer. Em geral, ele é tardio.

  • Marcelo Costa

    Bom dia Dr Alecsander!
    Pelo o que eu li no artigo, o sintoma mais evidente da Pancreatite e a dor.

    Existe possibilidade de se ter gordura nas fezes sem dor? E o fato desse hipotese existir nao teria um outro diagnostico sem ser pancreatite? Poderia ser uma bacteria?

    Muito obrigado pela atenção.

    Grato.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Marcelo,
    Sim, várias outras doenças, além da pancreatite, podem causar gordura nas fezes.

  • Alessandra

    Dr. Pedro. Meu nome é Alessandra, tenho uma filha hoje com 4 anos que já teve, desde 01/2008, 5 crises de pancreatite. Nada de concreto foi detectado até agora como causa. Temos apenas uma imagem não muito conclusiva de pancreas divisum e uma remota possibilidade de porfiria. Gostaria de saber se existe a possibilidade da criança (dieta altamente controlada – 12,5 kg) criar microcalculos na visicula não perceptiveis nos exames, e em caso de resposta positiva, o que desencadearia essa “lama biliar”? Seus exames de colesterol total e triglicerides estao em 188 e 185 respectivamente.
    Obrigado

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Alessandra,
    1- sim

    2- Não se sabe bem porque algumas pessoas têm lama biliar. Ela em geral ocorre devido a uma vesícula que com mobilidade reduzida, chamada de vesicula preguiçosa.

  • Fábio Alencar

    Doutor (a)

    Seus comentários são muito esclarecedores.
    Tenho 41 anos. Recentemente, eu tive dois episódios de gotas de óleo nas fezes, com um espaço de aproximadamente 2 a 3 meses entre eles. Tenho sentido uma dor bem leve, quase imperceptível, mas constante, abaixo das costelas do lado esquerdo. Costumo ingerir bebidas alcoólicas, em média, duas vezes por semana, em quantidade que não considero demasiada. Quando aconteceu o segundo e último episódio de óleo nas fezes eu estava há mais de um mês sem ingerir qualquer tipo de bebida alcoólica.
    O texto associa a pancreatite, na maioria das vezes, ao uso de bebidas alcoólicas. Contudo, nesse caso em que o uso não é tão grande e que o segundo episódio de óleo nas fezes aconteceu em período sem consumo de álcool, tal descrição corresponde com pancreatite? Se sim, de qual tipo: aguda ou crônica?
    Obrigado pela resposta,

    Fábio Alencar.

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    Fábio,
    óleo nas fezes chama-se esteatorréia e significa que o seu intestino não está conseguindo digerir as gorduras da alimentação. Pancreatite á apenas uma das suas causas. Existem várias outras. Vc precisa ser visto por um gastro para que ele possa definir a causa dessa sua esteatorréia.

  • Flávio

    Dr. Pedro,
    é possível alguem estar com início de pancreatite originada por calculos biliares sem que tenha dor na vesícula, ou seja, é possível o pancreas inflamar sem q a vesícula esteja inflamada? O duto é comum, por isso me parece algo estranha essa possibilidade. Pergunto pois tenho calculos e estou sentindo um leve desconforto no lado esquerdo, sem dor, somente desconforto.
    Abs
    Flavio

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Flávio
    Sim, não só é perfeitamente possível, como é muito comum.

  • Marcos Cesar

    Dr,

    O óleo nas fezes e nos flatos sem dor abdominal podem ser indicios de pancreatite?

  • http://www.blogger.com/profile/07948507723271517173 Dr. Pedro Pinheiro

    @Marcos Cesar
    É indício de uma síndrome disabsortiva. Pancreatite é uma das causas.

  • Naiana

    Dr. Pedro gostaria de saber qual é a bactéria que está relaconada a Pancreatite aguda e como ela atua ? obrigada

  • Loka Marciaforte

    minha mãe morreu de pancreatite ela tinha diabetes e pressao alta e ficou na uti e entubada e deu 2 paradas cardiacas nela, será q ela morreu pq entubaram ela e isto provocou as paradas cardiacas ?????

  • Lucaojp

    Fikei preocupado por isso procurei,,oleo nas fezes, mas na noite anterior tomei muita bebida alcoolica Vodka,,ai no outro dia oleo nas fezes,,,e no outro dia normalizou,,eh motivo para se preocupar?

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    Se isso se mantiver, vc deve procurar um gastroenterologista.

  • Adao pereira

    Nunca tinha me acontecido de sair óleo, porém estou com fezes “moles” a meses tenho bebido umas 4 vezes por semana, no mínimo 3 vezes com intensidade, vou parar com os destilados e esperar um pouco para ver se melhora.. o que pode ser??  

    • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Pode ser lesão do pâncreas pelo álcool.

  • Silvanagluz

    Drº meu esposo teve pancreatite aguda e uma parte do pancreas foi retirado devido a necrose, isso aconteceu a 04 anos e hj ele tem sintomas fortes de hipoglicemia, chegando muitas vezes ao nivel de 59, o endocrino receitou cloridrato de metformina mas não resolveu pois continua baixa, este medicamento é para aumentar o baixar o nivel da glicose???
    Muito grata silvana

  • https://plus.google.com/113288925849694682313 Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

    A metformina é um hipoglicemiante, é para baixar a glicose.

  • val

    DR meu esposo tomou tres doses de conhaque com limão e ficou mal ,muito mal vomitava toda hora ficou 4 hrs vomitando até que foi no médico …Eesse falou que ele  estava com virose,mas ele se queixou de dormência na cabeça ,sua boca ficou paralisada do lado direito,isso quinze dias atras.E de repente aparece esses sintomas …
    Hoje está um pouco melhor mas ele tosse muito com catarro ,é fumante,bebe muito ,tem pressão altae é diabético tem seus 51 anos.Gostaria de uma simplificação mas penso que ele deveria fazer um diagnostico mais aprofundado com exames,por gentileza de me uma resposta.

       Obrigada val

  • Joice Amanda

    olá doutor meu marido teve agora Pancreatite aguda leve, e gostaria de saber como ele deve se cuidar em casa Agora? e o período que dura as crises como essa que ele teve.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Seria uma irresponsabilidade minha dar esse tipo de orientação à distância e sem conhecer o paciente. O médico que o diagnosticou é quem deve orientá-lo.

  • val

    DR meu esposo tomou tres doses de conhaque com limão e ficou mal ,muito mal vomitava toda hora ficou 4 hrs vomitando até que foi no médico …Eesse falou que ele  estava com virose,mas ele se queixou de dormência na cabeça ,sua boca ficou paralisada do lado direito,isso quinze dias atras.E de repente aparece esses sintomas …
    Hoje está um pouco melhor mas ele tosse muito com catarro ,é fumante,bebe muito ,tem pressão altae é diabético tem seus 51 anos.Gostaria de uma simplificação mas penso que ele deveria fazer um diagnostico mais aprofundado com exames,por gentileza de me uma resposta.

       Obrigada val

  • Joice Amanda

    olá doutor meu marido teve agora Pancreatite aguda leve, e gostaria de saber como ele deve se cuidar em casa Agora? e o período que dura as crises como essa que ele teve.

  • Jessicaatsoc

    Olá
    Sr. Doutor, eu descobri a cerca de 2 meses que tenho pancreatite aguda. E de
    imediato fui hospitalizada.

    Começaram
    por me tirar a comida, andei cerca de uma semana a soro, e nas analises
    mostraram que os valores das enzinas baixaram. Só que depois meteram me a parentérica,
    e um cateter central, mas o valor das enzimas voltaram a subir.

    E
    todo este tempo os valores das análises (enzimas) tem aumentado e diminuído,
    aumentado, diminuído. E passado quase 2 meses as analises ainda não estão boas.

    Tenho a enzima amilase que já esta normal, mas a lípase ainda esta aumentada,
    cerca de 850.

    Já estive
    a ler muito, e vejo que as pancreatites curam-se em 2/3 semanas, e eu já vou em
    2 meses. Queria uma opinião sua. 

  • Marinamoriel

    Já tive uma pancreatite aguda devido uns remedios que tomei, agora me aparece diabete e deves em quando minhas fezes fica branca qual o motivo.

  • Jogefili

    ola dr. fui diagnosticada com pancras divisium, e a amilase não abaixa de 300, e tenho dores abdominais e na coluna, consigo ficar deita e em pé mais sentar a dor não me deixa ficar em pé, isto é pancreatite tenho que ir ao hospital cada vez que acontece….esta dor…..

  • cleide

    Dr. sinto uma dor enorme debaixo da costela, mas intensa do lado direito, depois irradia para toda barriga. isso pode ser uma pancreatite?

  • Ruth Dantas -

    Olá Dr, fiz uma cirurgia para retida de visicula e agora sinto muitas dores incluisive nas costas, antes mesmo da cirurgia, nos exames foi encontrado um cisto no pancreas, mas depois de um tempo fiz novamente um exame que não mais via o cisto, mas agora sempre tenho umas colicas tipo dura uns segundos e passa….não sei o que pode ser…
    me ajuda

    obrigada.

  • Jogefili

    ola dr. fui diagnosticada com pancras divisium, e a amilase não abaixa de 300, e tenho dores abdominais e na coluna, consigo ficar deita e em pé mais sentar a dor não me deixa ficar em pé, isto é pancreatite tenho que ir ao hospital cada vez que acontece….esta dor…..

  • Regina B

    Dr. Pedro, boa noite. Tenho hipotireoidismo controlado por levotiroxina e exames a cada dois meses. Há um ano a endócrino diagnosticou  também síndrome metabólica, corrigida  depois de uma dieta mais rigorosa onde eliminei 22 quilos. A esse tempo me foi receitado metformina, 2 x 850 mg dia, a qual, decorrido este período, não abaixa a glicose além de 107 mg/dL. A dra. explicou que o pâncreas está funcionando mal. Procede o diagnóstico de outra doença auto-imune, assim como a que acometeu a tireóide ?

  • Emer100

    boa tarde , DR. Hoje aconteceu comigo isso de escorrer um óleo laranja sem eu sentir  e qdo fui ao bwc  em contato com a aguá do vazo parece bolinhas de gordura , pois bem tenho lido os artigos aqui e gostaria de saber se pode ter alguma relação com eu estar tomando a 1 mês Herbalife e fiquei alguns períodos longos em jejum nos últimos dias ?? obrigado .

  • lilian

     tendo dores no estomago a algum tempo nenhum remedio para estomago resolve fiz ultraçon abidominal e constatou pedra na visicula não sei quantas, mais tem oito milimetros cada uma delas gostaria de saber se é caso de cirugia

  • Jayme Hirata

    Dr. Tenho 37 anos, 1,76, 117kgs, e tenho crises de hipoglicemia desde meus 11 anos.
    As crises de hipoglicemia só apareciam quando eu praticava esportes, e assim foi dos 11 anos até os 31, há 5 anos que já não pratico esportes e agora estou tendo crises de hipoglicemia no trabalho, ou em casa sem fazer esforço físico.

    Com os sintomas:
    - Perda parcial da visão 
    - Cefaleia forte
    - formigamento da boca, braço, mão
    - calafrio – sudorose
    - vomitos
    - diarreia
    - confusão mental e na fala ( nesse caso foi medido a glicemia com 40%)

    Ha algum tempo fiz um ultrassom do abdômen, e foi constatado esteatose. 

    Gostaria de saber que tipo de especialista buscar?
    O meu figado pode estar causando as crises ou é meu pâncreas ?
    Através de exames consigo identificar o real causador desse meu pesadelo, que levo pela vida inteira?

     

  • Negao100flamengo

    eu tenho pancretite eu acbei de sair do hospital estou sentido muito cansado oque devo faser quando mi deito nao cosigo dormi pq parace que vou fica sem foligor isso e normal oque devo faser ou sera que por calza do tubo que rretirei quando foi colocado para drenasao do estomago 

  • b_f Andrade

    Doutor, estou com dor abdominal, estou vomitando muito, um liquido amarelo, e hoje minhas fezes saíram com uma espécie de oleo amarelo em volta.. Fiz o beta hcg com receio de ser gravidez mais deu indeterminado. Vc tem alguma opinião sobre o caso? Obrigada.

  • Rosa M Silva

    Dr Pedro, boa noite. Para um diagnóstico de pancreatite ou outro problema qualquer o exame deve ser feito na hora da crise?
    Tenho crises violentas de dor abdominal superior seguida de inchaço, febre, calafrios e as vezes diarréia. Faço dieta e repouso até melhorar, e por muitas vezes fui ao médico, expliquei meu problema mas nunca consegui um tratamento adequado, pois acredito que os exames que fiz não foram suficientes para descobrir meu problema. Grata

  • Contabilvarela

    Eu tenho constatado que tenho Pancreatite Crônica, e sou alcoolatra bebo bastante, o que será que vai acontecer comigo?

  • Enikurten

    eu sinto muitas dores abaixo da costela mas nao bebo nada de alcool, isso começo apos a gestaçao mas doi somento quando lavo louça ou passo roupa o que pode ser . obrigado

  • Negao100flamengo

    eu tenho pancretite eu acbei de sair do hospital estou sentido muito cansado oque devo faser quando mi deito nao cosigo dormi pq parace que vou fica sem foligor isso e normal oque devo faser ou sera que por calza do tubo que rretirei quando foi colocado para drenasao do estomago 

  • ROSANGELA PIMENTE BRASIL

    dr boa tarde!olha eu gostaria de saber que suco de frutas meu marido pode tomar pois ele esta com pancreataite aguda

  • Rosafaap

    Boa Noite!!!
    Não estava me sentindo muito bem então fui ao medico ele pediu varios exames,tive uma pequena alteração na amilase o resultado deu 104 o médico ia pedir um ultrassom mas eu já tinha feito um ultrassom 1 mês antes é não tinha dado nada, eu não bebo é também não uso drogas tenho depressão e sou muito ansiosa não sei se isso tem alguma coisa haver com o resultado do exame,tenho feito algumas pesquisas na internet é encontrei que a amilase pode sofrer alteração se vc tiver alguma alguma doença nos óvarios não sei se é verdade mas fiquei preocupada porque tenho sentido dores no meu quadril já faz algum tempo.Por favor peço que alguém possa me esclarecer essas dúvidas

  • Rosafaap

    Boa Noite!!!
    Não estava me sentindo muito bem então fui ao medico ele pediu varios exames,tive uma pequena alteração na amilase o resultado deu 104 o médico ia pedir um ultrassom mas eu já tinha feito um ultrassom 1 mês antes é não tinha dado nada, eu não bebo é também não uso drogas tenho depressão e sou muito ansiosa não sei se isso tem alguma coisa haver com o resultado do exame,tenho feito algumas pesquisas na internet é encontrei que a amilase pode sofrer alteração se vc tiver alguma alguma doença nos óvarios não sei se é verdade mas fiquei preocupada porque tenho sentido dores no meu quadril já faz algum tempo.Por favor peço que alguém possa me esclarecer essas dúvidas

  • Carla

    Boa Noite,
    Uma pessoa que fez uma cirurgia e retirou parte do pancreas e a visicula biliar, ela esta colocando pra fora um certo muco em forma de gordura como se fosse uma diarreia, mais isso ocorre diariamente, o que pode estar faltando para ele se recuperar mais rapido, pois esta perdendo potassio e outras substancias? Enzimas em forma de remedio pode ser prescritas pelo medico responsavel?
    Obrigada

  • http://profile.yahoo.com/OOGNNTVFGCIKIQTKW47GAZJQ2M Fernanda

    Bom dia Dr!
    A dois meses venho sentindo diminuição no apetite, sensação de empachamento, venho tambem arrotando o dia todo e tenho salivado muito tbem. fiz uma RA, dois ultrassonas, uma endoscopia com biopsia e nada foi constatado ate que um exame de sangue acusou amilase de 67u/l e lipase de 88u/l e a dra diagnosticou pancreatite, Porem acho estranho pois os sintomas que apresento não parecem condizer com pancreatite, e tambem não tenho dor nenhuma. O que devo fazer ou pensar? Por favor me ajude!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • http://profile.yahoo.com/OOGNNTVFGCIKIQTKW47GAZJQ2M Fernanda

    Bom dia Dr!
    A dois meses venho sentindo diminuição no apetite, sensação de empachamento, venho tambem arrotando o dia todo e tenho salivado muito tbem. fiz uma RA, dois ultrassonas, uma endoscopia com biopsia e nada foi constatado ate que um exame de sangue acusou amilase de 67u/l e lipase de 88u/l e a dra diagnosticou pancreatite, Porem acho estranho pois os sintomas que apresento não parecem condizer com pancreatite, e tambem não tenho dor nenhuma. O que devo fazer ou pensar? Por favor me ajude!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • 0106fe

    oi doutor faz algum tempo que estou com fortes dores no lado esquerdo do abdomem ;alem de estar com o estomago alto.quando respiro sinto fortes dores e fica bem alto e com aspecto duro,sinto fraquesa e tenho muito gases.Depende da posição em que durmo sinto dores essa dor fica por horas é uma dor chata latejante.tenho 35 anos e estou abaixo do peso não consigo ganhar peso,tenho muita dor na vistas e tem horas em que tenho tonturas e fico c o estomago muito pesado como se tivesse comido muito aponto de ficar agoniado.

  • Jovely Jocundo Jovial

    boa noite Doutor eu e minha esposa estamos com dores na região do estomago, ela com nauseas e vomitos faz meses cada dia pior, eu com dores no estomago lado direio e no corpo com arrotos diariamente cada vez pior, piora quando come doces, tenho candidiese que não sara faz tempo, poderia ser pancreas, doi ate o peito direito.

  • Jovely Jocundo Jovial

    boa noite Doutor eu e minha esposa estamos com dores na região do estomago, ela com nauseas e vomitos faz meses cada dia pior, eu com dores no estomago lado direio e no corpo com arrotos diariamente cada vez pior, piora quando come doces, tenho candidiese que não sara faz tempo, poderia ser pancreas, doi ate o peito direito.

  • walmirlino

    Boa noite,

    Fiz duas cirurgia, uma para retirar pedra que saiu da visicula e de uma pancreatite, e a outra retirada da visicula.
    Mas esta me acontecendo o seguinte, quando vou ao banheira esta me dando diarreia, e no outro dia não vou ao banheiro, e quando vou da diarreia, faz 15 dias que fiz as cirurgia, gostaria de saber se isso pode ser porque tive uma pancreatite. e quanto tempo vai durar este problema

    Walmir.

    E-mail walmir.lino@bol.com.br

  • Marinamoriel

    Já tive uma pancreatite aguda devido uns remedios que tomei, agora me aparece diabete e deves em quando minhas fezes fica branca qual o motivo.

  • Anonymous

    Olá Drº Pedro Pinheiro, fiz um exame de ultrassom e foi diagnosticado uma pedra na vesícula, porem estou mantendo minha dieta, só que nesses últimos meses venho sentindo outro sintomas, como dor nas costas do meu lado esquerdo na região dos rins, que irradia para parte frontal superior da minha costela,fico como se estivesse sem ar para respirar, dor perto do pescoço. O que pode ser? Sendo que não são os mesmo sintomas da vesícula que sei bem qual é a dor. Grata.

  • pedro soares

    boa tarde,não bebo e não fumo ,ja faz quase dois meses que estou com esta dor debaixo da costela esquerda fui à o médico ,bati raio x por minha conta, mostrei a médica pensando ser contusão ,passou trandilax mais nada ,sim sou segurança e fax quase dois meses que uso uma pistola p.40 no mesmo lado suspeitei ser ela fax dois dias que deixei de usar pra ver ,que devo fazer ,obriga por tudo .

  • valmor guandalim

    ola dotor sinto uma dor forte debaicho da costela esquerda gotaria de saber oq esa dor agradeso

  • ernestina

    olá ,gostaria de saber se quem teve pancreatite aguda pode fazer uso de faseolamina,
    grata fico no aguardo

  • ernestina

    olá ,gostaria de saber se quem tem triglicerides alto deve consumir faseolamina

  • profissional da saúde

    este site é excelente linguagem clara e objetiva fornece o entendimento necessário na medida certa desde o leigo ate o profissional da saúde parabéns.

  • Lilian Demite

    Infelizmente, meu pai faleceu tendo pancreatite cronica, as chances de um paciente sair com vida em um caso como esse é quanto?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Depende da gravidade da pancreatite. Há pancreatite leves, que não põem a vida do paciente em risco, e há pancreatites muitos graves, que levam ao choque circulatório.

  • Luis Fernando

    Doutor, fui diagnosticado com pancreatite cronica pelo meu gastroenterologista ontem, qual a sobrevida do paciente na pancreatite cronica para quem nao faz uso de bebida alcolica?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Depende da gravidade da pancreatite e do quanto de função o pâncreas ainda apresenta intacto.

  • Luis Fernando

    Doutor, é possivel uma pessoa ter PC e mesmo assim ter uma vida normal, ou ela já está automaticamente no tempo de sobrevida?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Depende da gravidade da pancreatite. Casos leves podem até ser revertidos.

  • Luis Fernando

    Doutor, o transplante de pâncreas não resolveria o problema de uma pessoa com PC?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      É uma opção nos casos graves, que não respondem ao tratamento clínico.

  • Luis Fernando

    Uma pessoa que tem PC pré-diagnosticada atraves de Exames de sangue com enzimas pancraticas alteradas, mas que a Tomografia Computadorizada não apresentou sinais de danos ao pancreas, isso seria possivel?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Não é comum a tomografia ser completamente normal na pancreatite crônica, mas é possível. A ressonância magnética costuma ser mais sensível para detectar alterações na pancreatite crônica.

  • Luis Fernando

    Doutor, primeiramente parabens pelo site, o senhor é muito simples e objetivo nas respostas, muito obrigado mesmo.
    Minha dúvida é, os sintomas da PC são mais ou menos parecidos com os de quem tem Giardiase Cronica? Esteatorreia, Emagrecimento, etc.

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Os sintomas da pancreatite são mais graves. A dor abdominal após alimentação é bem mais intensa na pancreatite. O paciente com PC costuma já ter tido crises de pancreatite aguda, por isso, é pouco provável haver confusão, pois o diagnóstico de ambas as doenças é bem simples de ser feito.

  • Jairo

    Fiz uma TC e uma RM, nelas não foi constatado dano nenhum ao pancreas, esta intacto. É normal isso na Pancreatite?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Não, no mínimo inchado e com sinais de inflamação seria o esperado.

  • Jairo

    Doutor, meus exames de amilase sempre estão alterados em torno de 30% a mais do limite e a lipase sempre normal, já a TC, a RM e a Colangiorressonancia sempre não mostram nada além de um calculo nos rins, o senhor não pode dar um diagnostico aqui, mas isso é normal na Pancreatite?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Existem dezenas de outras causas para amilase elevada além da pancreatite. Quando a lipase encontra-se normal e o paciente não tem sintomas de pancreatite, em geral, a amilase elevada tem outra causa que não pâncreas. Pergunte ao seu médico sobre macroamilasemia.

  • Luis Fernando

    Doutor, quando de faz um exame de sangue para medir a Amilase e Lipase, o ideal é fazer este exame em jejum ou pode ser feito apos ter se alimentado?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Não é preciso jejum.

      • Luis Fernando

        Doutor, eu sempre fiz os exames de Amilase e Lipase em jejum de 10 hrs, essa opção de ter feito em jejum pode resultar em alteração dos mesmos?

        • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

          Não muda de forma relevante.

  • Luis Fernando

    Doutor, se tenho uma PA ou PC, mas esta não é mostrada numa TC e RM, logo essa é pode ser uma pancreatite leve?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Pode.

  • Jean

    Por qual motivo uma pessoa tem ictericia na pancreatite? Se deve a obstrução pela pedra na vesicula ou PA por alcolismo tambem pode estar presente?

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Pode ser por tumor do pâncreas, por pseudocistos ou se houver um edema muito grande que comprima as vias biliares.

  • Luis

    Doutor, uma pergunta muito importante, quando o senhor diz que a Esteatorréia está presente quando ja houve destruição de grande parte do Pancreas, esta destruição do orgão é mostrada na TC ou RM? Grato.

    • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

      Sim.

      • Luis

        Pois no meu caso, há Esteatorréia, em torno de 10% de gordura fecal, mas a TC e a RM mostram um Pâncreas normal, devo procurar outra causa?

        • http://www.mdsaude.com Pedro Pinheiro

          Acho que sim, pois a esteatorreia só ocorre em casos avançados de pancreatite crônica.

          • Luis

            Certo, pois a esteatorréia foi um dos primeiros sintomas que senti, junto com o emagrecimento, mas hoje após um ano ja fiz TC, RM e Colangiorressonancia, e nunca foi mostrada nenhuma anormalidade no pancreas, apenas um calculo e um cisto I Boniak no rim. Grato pela ajuda.

  • Antonio Eustaquio

    Doutor Pedro, o que determina a gravidade de uma Pancreatite , os valores da Amilase e Lipase mostrados nos exames ou a imagem que se obtem do Pâncreas numa TC por exemplo?

    • https://plus.google.com/u/0/113288925849694682313/posts Pedro Pinheiro

      A gravidade é avaliada pelos exames laboratoriais (não só lipase e amilase) + estado clínico + imagens na tomografia.

  • Luis

    Doutor, uma PC de causa idiopática que nao é mostrada num TC por exemplo tende a ser mais leve do que a alcolica por exemplo?

    • https://plus.google.com/u/0/113288925849694682313/posts Pedro Pinheiro

      Não necessariamente. Mas uma pancreatite com tomografia normal costuma ser leve.

  • Everaldo

    Tenho uma inflamação no pâncreas, leve, fiz uma RM que tambem não mostra nenhuma alteração fisionômica no orgão, o meu gastro disse para eu não me preocupar, pois é um caso leve e moderado, que está bem estudado. Mas já tem 2 anos que sinto esses sistomas, há casos de PC que o paciente não tem risco de vida?

    • https://plus.google.com/u/0/113288925849694682313/posts Pedro Pinheiro

      Sim, se a pancreatite for leve.

  • Luís Fernando

    Dr. um paciente que tem PC, no caso de ter um filho(a), esse filho terá maior probabilidade de ter uma Pancreatite de causa hereditária? Grato.

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Depende da causa da pancreatite do pai. Se for de origem alcoólica, por exemplo, só haverá risco se o filho também abusar do álcool.

      • Luís Fernando

        È uma Pancreatite Edematosa, segundo o médico, mas é recorrente… tenho uma lipase normal e amilase pouco alterada… mas a causa não foi descoberta, pois não faço uso de bebida alcolica… teria algum problema assim sendo? Grato.

        • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

          Sem saber a causa, é difícil avaliar se há risco de hereditariedade.

  • Luís Fernando

    As Enzimas pancreáticas que devem ser tomadas oralmente quando o paciente apresenta emagrecimento constante, esse medicamento apresenta algum efeito colateral perigoso a saúde?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Não.

      • Luís Fernando

        Acho que vou ter que tomar pois estou emagrecendo muito e inclusive perdendo massa muscular magra… é uma pena não termos um Médico tão gabaritado e de conhecimento tão estendido como o senhor aqui no Brasil, sorte de Portugal…

  • Maxshop Arcos

    A Finasterida 1mg tomada por apenas 15 dias pode ser denominada causa de uma pancreatite?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      A finasterida é considerada uma droga com baixo risco de causar pancreatite. Outras causas devem ser consideradas antes de culpar a finasterida.

      • Maxshop Arcos

        É porque não tomo bebida alcolica, nem tenho pedra na vesicula (US), e tive um almento da taxa de leucócitos em Março (22.500) e depois de um mês tive a pancreatite… será que pode ser por algum virus ou bacteria?

        • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

          Pode.

          • Maxshop Arcos

            E como é possivel se ter um diagnostico de pancreatite causada por virus? Existe algum exame ou coisa assim? Já que minha Ressonancia não mostrou nada..

            • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

              Geralmente é assim, você tem um quadro viral já diagnosticado, tipo caxumba, catapora, etc. e durante a evolução da doença você desenvolve uma pancreatite.

            • Maxshop Arcos

              Doutor Pedro, o senhor disse que não se tem uma pancreatite isolada sem outras pistas, o que poderiam ser essas “outras pistas”?

            • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

              Sintomas que indiquem uma origem viral.

          • Maxshop Arcos

            E como é possivel o médico detectar que a causa seria uma bacteria ou virus?

            • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

              Pela história clínica e pelos sintomas. Geralmente a pancreatite surge em decorrência de uma infecção, como caxumba, varicela, HIV, etc. Na maioria dos casos causados por infecção, o paciente não tem só uma pancreatite isolada sem outras pistas.

  • Adriana Tomas Santana

    ola si eu tomo subutramina 15 mg pode ser a causa da minha pancreatite???

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Poder, pode. A questão é saber se é. É preciso descartar outras causas antes de culpar a sibutramina.

  • Liliane Balonecker

    Doutor, minha mãe teve uma pancreatite recentemente (22/12), ela ficou internada e teve alta ontem, só que está com muita confusão mental e muita dificuldade na fala, além de não conseguir dormir mesmo tomando medicamentos fortes para dormir. Fica com essas sequelas mesmo??

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Somente pela pancreatite não faz sentido ela ter ficado com alterações neurológicas. Algo a mais deve ter ocorrido durante a internação.

  • Suzi Barros

    O fato de ocorrer esteatorreia, indica necessariamente o comprometimento de mais de 90 por cento do pâncreas? Mesmo que tenha o corrido apenas um vez e com ausência total de dor?

    • https://plus.google.com/+PedroPinheiro/ Dr. Pedro Pinheiro – MD.Saúde

      Há várias outras causas para esteatorreia. Se foi somente uma única vez, é pouco provável que seja do pâncreas.