DOR NO RIM – Quais São as Principais Causas?

Na imensa maioria dos pacientes que se queixam de dor nas costas crônicas, os rins não são os culpados.

A dor no rim, caracterizada por uma dor na região lombar, é uma queixa muito comum na população em geral. Entretanto, ao contrário do que a maioria das pessoas acredita, a grande maioria dos casos de dor nas costas não é provocada pelos rins, mas sim pela coluna e estruturas adjacentes.

A lombalgia por problemas da coluna e a dor renal são completamente diferentes e possuem causas distintas. Neste texto vamos falar sobre as principais características e causas da dor no rim, abordando os seguintes pontos:

  • Anatomia do rim.
  • Causas de dor de origem renal.
  • Insuficiência renal causa dor?
  • Características da dor no rim.
  • Diferenças entre dor renal e dor na coluna.

Para saber mais sobre outros sintomas dos rins, além da dor, leia: 10 SINTOMAS DOS RINS.

Anatomia do rim

A maioria das pessoas possui 2 rins, que se localizam paralelamente à coluna vertebral, habitualmente entre a 12ª vértebra da coluna torácica (T12) e a 3ª vértebra da coluna lombar (L3). O rim esquerdo fica, normalmente, localizado um pouco mais alto que o direito. Os rins são órgãos retroperitoniais, ou seja, ficam localizados mais próximos das costas, atrás da cavidade abdominal, protegidos pela porção posterior das costelas.

Os rins e ureteres (canais tubulares que levam urina dos rins à bexiga) são altamente inervados, o que permite sentirmos dor quando os mesmos sofrem alguma agressão ou inflamação. Esta rica inervação renal, porém, cruza-se com as fibras nervosas vindas de outras estruturas e órgãos próximos, incluindo nervos vindos da pele. Como resultado, o cérebro tem dificuldade de precisar a origem da dor. Por isso, não é incomum que a dor de uma lesão renal ou dor ureter possa surgir em locais distantes, como barriga, testículos ou ovários.

Em geral, a dor dos rins é mal definida e difusa, acometendo lateralmente a região lombar e um dos flancos.

Causas de dor no rim

A dor renal pode ser precipitada por isquemia renal (redução do aporte de sangue), inflamação/infecção dos rins, tração ou distensão da pelve renal ou distensão da cápsula que recobre os rins.

Na prática, isso significa que as seguintes lesões e doenças renais costumam ser as causas mais comuns de dor nos rins:

– Cálculo renal (leia: CAUSAS E SINTOMAS DO CÁLCULO RENAL).
– Infecção dos rins (pielonefrite) (leia: INFECÇÃO URINÁRIA | Pielonefrite).
– Doença policística renal (leia: RINS POLICÍSTICOS | Doença policística renal).
– Hidronefrose (obstrução da passagem de urina, resultando em dilatação dos rins).
– Trombose da veia renal.
– Isquemia renal.
– Câncer renal (leia: CÂNCER DE RIM – Causas, Sintomas e Tratamento).
– Trauma nos rins.

Em geral, as três primeiras doenças citadas acima correspondem pela imensa maioria dos casos de dor renal.

Insuficiência renal causa dor nos rins?

Ao contrário da crença popular, a insuficiência renal, seja ela crônica ou aguda, não causa dor nos rins. Mesmo em fases avançadas, a dor no rim não faz parte dos sintomas do paciente com insuficiência renal. Esse dado é importante, já que a maioria dos pacientes com insuficiência renal é idosa, faixa etária na qual problemas de coluna são muito frequentes. É muito comum o paciente insuficiente renal ter problemas de coluna, mas culpar injustamente os rins pela sua dor.

VÍDEO SUGERIDO:
SAIBA SE OS SEUS RINS ESTÃO DOENTES
Video-rins

A insuficiência renal crônica é uma doença silenciosa até fases bem avançadas. Mesmo os pacientes já sob tratamento com hemodiálise não sentem dor nos rins, a não ser que também tenham algum dos problemas listados acima.

Para saber mais sobre a insuficiência renal, leia:
INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA
INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA
O QUE É HEMODIÁLISE

Sintomas da dor no rim

A dor no rim tem características próprias dependendo da doença responsável pelo seu aparecimento. Além da dor em si, os sintomas associados ajudam muito no esclarecimento da causa.

Exemplos:
– A dor do cálculo renal, chamada de cólica renal, é uma excruciante dor lombar unilateral, talvez a pior dor que o paciente já tenha sentido na vida. Ela surge repentinamente, vai piorando ao longo das próximas horas e não melhora com nada, deixando o paciente extremamente inquieto. Não adianta levantar, deitar, sentar, curvar-se, massagear as costas…  nada funciona! O paciente fica “enlouquecido” com a dor.  É comum haver vômitos e presença de sangue na urina (leia: URINA COM SANGUE | Hematúria). A dor do cálculo renal pode irradiar para flancos ou para região da virilha.

VÍDEO SUGERIDO:
PRINCIPAIS SINTOMAS DA INFECÇÃO URINÁRIAS
video-itu

– A dor da infecção dos rins, chamada pielonefrite, é uma dor lombar unilateral que geralmente vem associada à febre, calafrios, queda do estado geral, náuseas e vômitos. A dor lombar não tem a ver com posição do tronco ou movimentos da coluna. Sentar, deitar ou levantar não interferem com a dor. Porém, leves socos na região lombar podem agravar a dor, sendo esta uma manobra que os médicos usam durante o exame físico.

– A dor lombar dos pacientes com rins policísticos é mais difícil de ser distinguida. Além dela poder ter características semelhantes às das dores de coluna, como agravamento ao andar ou após movimentos do tronco, se o rim for muito grande, ele próprio pode causar sobrecarga dos músculos e ligamentos da coluna lombar, levando à lombalgia crônica.

Pacientes com rins policísticos podem ter dor renal devido a várias causas, incluindo aumento do tamanho dos cistos, rotura ou sangramento de um cisto, infecção renal, pedra nos rins, etc. Além disso, o rim policístico também pode causar dor abdominal se for muito grande (leia: DOR NA BARRIGA | DOR ABDOMINAL | Principais causas).

Diferenças entre dor no rim e dor na coluna

O principal diagnóstico diferencial para a dor no rim é a dor de origem músculo esquelética da coluna lombar, conhecida como lombalgia. Na verdade, a maioria dos casos de dor lombar tem origem na coluna e seus ligamentos e músculos. Apenas uma pequena parte dos casos é realmente de origem renal.

A principal característica da dor doenças musculoesqueléticas da coluna é o fato desta ter características mecânicas, ou seja, é uma dor que piora com o movimento e em determinadas posições, mas costuma aliviar com o repouso.  As dores de origem musculoesqueléticas também podem causar certa rigidez, impedindo o paciente de fazer movimentos com a coluna. Outras características comuns são a irradiação da dor para a perna, podendo ir até a altura do joelho, fraqueza muscular nos pés e perda de sensibilidade em um dos membros inferiores (leia: HÉRNIA DE DISCO | Sintomas e tratamento).

As dores de coluna costumam ser quadros mais arrastados, com dores de intensidade moderada que duram meses ou até anos. Na maioria dos casos não há outros sintomas, como febre, vômitos, sangue na urina, perda de apetite, etc.

Resumindo, em geral, é fácil distinguir uma dor de origem renal de uma lombalgia musculoesqueléticas.  Não só as características da dor costumam ser bem distintas, como também os sintomas associados são completamente diferentes.

Deixe um Comentário

Antes de comentar, leia as REGRAS PARA COMENTÁRIOS.

Seu email não será publicado.

26 Comentários

  1. Ana Paula

    Dr, mês passado descobri que tenho algumas pedras no rim, tomei remédio e tomando bastante água, mais acabei relaxando e começou a doer tudo novamente as costas, e depois começei a sentir umas dores na coxa, perna, tipo umas fisgadas, li na Internet que poderia ser dor ciática, tem alguma relação da dor nas costas ou das pedras com essa dor?

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Não, nenhuma relação.

  2. Clebson

    A 8 dias atrás tive um dor na lateral esquerda, fui ao médico fiz exames de sangue e tumorgrafia que acusou um cálculo renal de 0.3 cm, estou tomando remédio antibióticos e antiflamatorio! Médico falou que não é caso de cirurgia, mais tem dia que doi e outros nao! Fico preocupado com Isso!! Fico com medo que afete meu rins, a dor é chata de Mais!!

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Cálculos de 0,3 cm costumam sair sozinhos depois de um tempo sem causar grandes problemas.

  3. Wadson Calasans

    Olá Dr. Pedro! Tudo bem? Desde o início do ano passado (2015), eu venho sentindo dores constantes na região do rim esquerdo. Eu fiz um exame de creatinina, cujo resultado foi: 0,98 mg/dL. VALORES DE REFERÊNCIA: Masc. mais de 12 anos:0,70 a 1,30 mg/dL. Tenho 33 anos. O que o senhor acha? Está normal? Posso confiar? Fiz num laboratório particular, do grupo Fleury (laboratório a+). Desde já, eu agradeço!

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Está normal.

  4. Mila Menezes

    Meu filho tem vários cálculos renais nos dois rins. O médico disse que a maioria é pequeno e pode sair sozinho mas que tem uma grande que esta alojada no fundo de um dos canais dos rins. Pediu apenas que façamos exames pra ir observando pois meu filho não teve mais crise de rim. O que o Dr. aconselha?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Que ele procure um nefrologista para investigar a causa dos cálculos de repetição.

  5. Leonardo Morais

    este e sem duvida o melhor post que li sobre o assunto, bem simples e de facil compreensao, parabens e obrigado.

  6. thiago

    eu tou sentindo uma dor no lombar será que e rim

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Impossível opinar sem lhe examinar. Se a dor é do rim, muscular ou da coluna, só uma avaliação médica pode dizer.

  7. mayara

    Estou sentindo dores no rim ja faz alguns dias,
    Antez tava uma dor fraca, mas se agravou esta doente muito, tomei 40 gotas de dipirona deu um leve alivio mas esta doendo ainda do lado esquerdo.

  8. Neurotico

    Meus parabéns a quem escreveu isso ai tudo. Foi explicado de uma maneira menos cientifica que a maioria vai entender!

  9. Alexandre

    Dr. estou no Japão já fui procurar um médico aqui, mas estou preocupado e precisando de ajuda profissional!!

    Há 15 dias atrás, tive que reter minha urina por um longo tempo (30 minutos aproximadamente, pois estava numa viagem de ônibus com poucas paragens)… quando tive a oportunidade de descer, ao urinar sentia dores nas regiões dos rins, que logo passaram. No entanto passou-se uns 3 dias e tive uma cólica renal, fui ao hospital fui medicado e as dores diminuíram… foi também realizado US abdominal onde não foi encontrado nada de anormal, exames de sangue e urina também dentro da normalidade.

    Desde então, essas dores agora mais leves ficam persistindo e fico sentindo agulhadas nas mesma regiões anteriormente citadas, voltei ao médico me disse que são dores musculares, mas realmente não me parecem, estou urinando normalmente, ingerindo muita água e não consigo me livrar destes sintomas que estão me incomodando bastante.

    Obrigado pela atenção e parabéns pelo site!!

    Alexandre

  10. Michele de Paula

    Já tive cistite varias vezes, só que agara nos exames de urina que faço da normal sinto dor nas costas próximo na região do rins já fiz vários exames de urina, cistoscopia,tomografia e utra sonografia das vias urinarias mais da sempre normal,mais quando vou urinar sinto dor guaze sempre não posso comer alimentos ácidos e nem temperos como pimenta e outros, por que se não ador volta tudo de novo tomo antibióticos e anti-inflamatório melhora mais depois volta tudo de novo também sinto dor na bexiga fui ao urologista varias vezes e ele não sabe o que é,fiz também o exame de cultura e não da nada ,na cistoscopia deu cistite cronica leve cinto dor quase todo dia com fisgada nos rins principalmente na bexiga com sensação de ardência na uretra…

  11. Tatiane Aparecida

    Boa tarde,descobri á pouco tempo que tenho o rim esquerdo invertido,fiz uma ultrassonografia e acusou hidroneforose leve,tenho dores constantes nas costas do lado esquerdo,na altura dos rins (como vi no desenho do seu site)será que essa dor tem alguma coisa a ver com os rins?HIDRONEFROSE é grave?Qual especialista devo procurar?

    1. jessica

      Doutor estou com calculo renal meu rim esta inchando cada dia que passa esta piorando o que fazer ? O que pede ser ?

      1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

        Se você tem um cálculo renal e a dor não melhora, essa pedra precisa ser retirada.

        1. jessica

          Doutor eu fui em varios medicos e falaram pra mim beber água e não esta adiantando nada ja tem 3 semanas que o rim direito esta inchado no exame deu calcificacao grosseira na fossa ilica direita da ureta o que devo fazer eu fiz tbm um exame ultrassom e deu ditalacao no rim direito o que fazer ?

        2. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

          Se tem dilatação do rim, é preciso tirar a pedra, pois isso pode a longo prazo causar lesão irreversível do rim.

        3. jessica

          Boa noite doutor ultima dúvida para retirar essa pedra e so com cirurgia

        4. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

          Em muitos casos dá para tirar sem cirurgia.