Mosquito da dengue - Aedes

A dengue, febre Zika, a febre amarela e a febre de chikungunya são doenças infecciosas, de origem viral, transmitidas através da picada de mosquitos contaminados. Duas espécies de mosquito são responsáveis pela propagação dessas viroses: Aedes aegypti e Aedes albopictus.

Estes dois mosquitos podem receber a alcunha de “mosquito da dengue”, apesar do Aedes aegypti ser a espécie mais famosa e com maior capacidade de transmitir essas doenças.

O Aedes aegypti e o Aedes albopictus só são capazes de transmitir a dengue se estiverem contaminados pelo vírus. Ou seja, ele precisam picar alguém com dengue para adquirir o vírus. Ainda assim, o vírus precisa de mais 10 a 14 dias para se multiplicar dentro do mosquito, para só depois estar apto a ser transmitido para outro indivíduo.

Neste texto vamos mostrar fotos e imagens dos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus para que a população leiga seja capaz de identificá-lo. Reconhecer o mosquito Aedes é importante para que as áreas infestadas pelo mosquito sejam rapidamente identificadas e as autoridades de saúde sejam contatadas.

Se você está procurando informações detalhadas sobre as viroses transmitidas pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus, acesse os seguintes links:

Fotos do mosquito do dengue: Aedes aegypti e Aedes albopictus:

Mosquito da dengue (aedes aegypti)

O Aedes aegypti é um mosquito que costuma medir menos de 1 cm de diâmetro, é de cor preta ou marrom e apresenta listras brancas distribuídas pelo corpo e patas. Ao contrário dos mosquitos comuns, que costumam estar mais ativos no final do dia e início da noite, o mosquito do dengue tem hábitos diurnos; o Aedes aegypti costuma voar baixo, geralmente abaixo de meio metro, picando preferencialmente os pés, tornozelos e as pernas. O mosquito do dengue não gosta de calor, por isso é mais ativo nas primeiras horas da manhã e no final da tarde.

Mosquito da dengue
Aedes albopictus e Aedes aegypti

 

O mosquito que pica o ser humano e transmite o dengue é a fêmea. O macho não se alimenta de sangue, pois não tem capacidade de picar outros mamíferos. A fêmea é maior que o macho e apresenta tanto a boca quanto as antenas diferentes.

Aedes aegypti macho e fêmea
Aedes aegypti macho e fêmea

 

Os mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus são muito parecidos. A diferença está no tórax. O Aedes aegypti apresenta 4 linhas, duas delas retas no centro e duas curvas na periferia. Já o Aedes albopictus apresenta apenas uma única linha reta no centro do tórax. De resto, são semelhantes.

Mosquito da dengue (Aedes aegypti e Aedes albopictus)
Mosquito da dengue (Aedes aegypti e Aedes albopictus)

 

Tanto o Aedes aegypti quanto o Aedes albopictus existem no Brasil, porém, as epidemias de dengue só são causadas pelo Aedes aegypti, que apresenta uma capacidade maior de transmitir o vírus.

Compartilhe
Médico formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (U.F.R.J) em 2002. Especialista em Medicina Interna e Nefrologia. Títulos reconhecidos pela Faculdade do Porto, Ordem dos Médicos de Portugal e Colégio de Nefrologia Português.