herpes

Umas das dúvidas que mais tenho recebido é em relação ao diagnóstico diferencial entre as aftas e o herpes labial. Herpes e as aftas são lesões bem diferentes, mas que em alguns casos podem causar alguma confusão.

Neste texto vamos apontar apenas as diferenças entre aftas e herpes labial, mostrando algumas fotos de lesões para facilitar o entendimento.

Nós temos textos específicos sobre ambas doenças que podem ser encontrados aqui:
AFTA | CAUSAS E TRATAMENTO
HERPES LABIAL | HERPES GENITAL | Sintomas e tratamento

Afta x Herpes labial

A primeira grande diferença está no fato do herpes labial ser uma doença infecciosa e contagiosa, sendo causada pelo vírus Herpes simplex, enquanto que a afta não é uma infecção nem é contagiosa.

A afta é uma lesão em forma de úlcera, muito dolorosa que ocorre sempre dentro da cavidade oral. Esta é uma boa dica, a afta surge dentro da boca, no máximo na região mais interna dos lábios; é uma ferida que só consegue ser vista se o paciente abrir a boca ou usar os dedos para abaixar os lábios. De modo oposto, a lesão do herpes ocorre na parte exterior dos lábios, muitas vezes atingindo a pele ao redor da boca. Enquanto a afta fica escondida, o herpes pode ser visto por todo mundo.

AFTAS:
Foto de aftaFoto de afta

HERPES LABIAL:
Foto de Herpes labialFoto de Herpes labialFoto de Herpes labial

Enquanto a afta é uma úlcera, geralmente com bordas bem delimitas e uma área central mais rasa e acinzentada, o herpes labial inicia-se como pequenas bolhas que estouram e formam crostas após alguns dias. No herpes, o centro é mais alto que as bordas, na afta as bordas são mais altas que o centro. As aftas costumam ser ovais ou arredondadas, já o Herpes normalmente tem um formato mais irregular.

No caso do herpes, 6 a 48 horas antes de surgirem as lesões, o paciente começa a sentir um incômodo ou um formigamento na região afetada. Como é uma doença que vai e volta, a maioria dos pacientes com herpes sabe identificar antecipadamente quando uma lesão irá surgir. A afta, se não for causada por um trauma, surge sem aviso, começando como uma pequena lesão que cresce ao longo dos dias.
O herpes pode vir acompanhado de febre, principalmente na sua primeira aparição após o paciente ter sido contaminado. A presença de linfonodos no pescoço é mais comum no herpes, mas pode surgir também nas aftas, principalmente as de maior tamanho.

Compartilhe
Médico formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (U.F.R.J) em 2002. Especialista em Medicina Interna e Nefrologia. Títulos reconhecidos pela Faculdade do Porto, Ordem dos Médicos de Portugal e Colégio de Nefrologia Português.