Vídeo: 6 causas de menstruação atrasada (sem ser gravidez)

Visite nosso canal no Youtube para ver todos os vídeos já publicados: https://www.youtube.com/mdsaude


Você já ficou em pânico porque sua menstruação atrasou e, no final das contas, não era nada de mais?

Pensa que o atraso menstrual só pode ser gravidez?

Sabia que existem vários fatores que podem influenciar o seu ciclo menstrual e, consequentemente, a data da sua menstruação?

Nesse vídeo, eu vou explicar quais são as causas mais comuns de atraso menstrual, sem ser uma gravidez.

«Vinheta»

Com certeza você já ouviu falar que o estresse pode alterar o ciclo menstrual. E é verdade. Fatores emocionais podem encurtar ou prolongar ao seu ciclo, ou até fazerem com que você não ovule mesmo, e, nesse caso, a menstruação nem aparece.

Isso porque quando a gente está estressado produz mais cortisol, um hormônio que interfere com as nossas funções reprodutivas em vários níveis.

O estresse pode estar relacionada a vários fatores do cotidiano, como o trabalho, a relação conjugal ou problemas financeiros. Ou então, o próprio medo de ter engravidado sem querer deixa a mulher ansiosa e acaba por atrasar menstruação.

Outra causa bem comum de irregularidade menstrual tá relacionada à perda de peso excessiva, que pode ou não está associada a distúrbios alimentares, como anorexia nervosa.

Porque nas situações de consumo insuficiente de calorias, o corpo acaba por desviar energia dos processos reprodutivos para priorizar sistemas vitais.

Mas mesmo mulheres com índice de massa corporal normal, que fazem dietas com restrições alimentares específicas, como a ingestão de pouca gordura e muita fibra e carboidratos, também podem ter irregularidades menstruais. E complementando esses dois tópicos já mencionados, o stress e a perda de peso, tá o excesso de atividade física.

As mulheres que praticam exercício extenuante por longos períodos, que não aumentam proporcionalmente a sua ingestão calórica e que ainda por cima tão expostas ao meio estressante de competições, têm maior risco de desenvolverem irregularidades menstruais.

Mas atenção, o exercício físico, quando realizado sem ansiedade ou cobranças, associado a uma dieta adequada, não costuma causar desregulação hormonal que altere o período menstrual.

Mas se por um lado a magreza excessiva pode atrasar sua menstruação, por outro lado, as mulheres obesas também estão sob maior risco de sofrerem ciclos anovulatórios, e com isso, irregularidades menstruais.

Nesse caso, a desregulação hormonal tem a ver com excesso de hormônios masculinos, também conhecidos como androgênios, que está presente em situações de excesso de peso.

A testosterona, quando atinge níveis mais elevados nas mulheres, interfere com ovulação provocando atrasos menstruais e até infertilidade.

A infertilidade nas mulheres obesas pode estar relacionado a uma condição bastante frequente, que também cursa com irregularidades menstruais e excesso de androgênios: a síndrome dos ovários policísticos.

As mulheres com essa doença podem se queixar, além da falta de menstruação, de acne, de excesso de pelos e calvície, tudo por causa dos níveis elevados hormônios masculinos.

A síndrome do ovário policístico acomete cerca de oito por cento das mulheres e se caracteriza por períodos menstruais pouco frequentes ou inexistentes, devido à falta de ovulação crônica. Além desses sintomas, a doença está associada a uma maior tendência a desenvolver diabetes, colesterol alto, ansiedade e depressão.

OK, mas você não tá estressada, nem se exercita demais, tá no peso certo, não tem ovário policístico e ainda por cima toma pílula direitinho. Por que a menstruação não veio?

É claro que mesmo os anticoncepcionais orais não são 100 % eficazes e você, em tese, pode ficar grávida mesmo tomando a pílula. Mas o mais provável é que a falha do período menstrual tenha a ver mesmo só com o fato de você tá tomando a pílula.

Sim, é comum a menstruação falhar ou então vir bem leve em quem toma regularmente e corretamente o anticoncepcional.

Isso pode acontecer porque a camada interna do útero, que habitualmente descama no período menstrual, tá tão fina por causa dos hormônios contidos na pílula, que praticamente não tem nada para sair quando chega a época de menstruar.

Para terminar, a última causa de atraso menstrual que não tá relacionada à gravidez, tá ao contrário disso, relacionada ao fim do período fértil: a menopausa.

Quando essa fase começa a se aproximar é comum a mulher apresentar falhas constantes da menstruação, porque a ovulação passa a ser menos frequente e cada vez mais irregular. Esse período é chamado perimenopausa e dura, em média, quatro anos.

A menopausa vem a seguir, depois de um ano de ausência de menstruação, geralmente entre os 45 e os 55 anos de idade.

Se você quiser saber mais sobre causas de menstruação atrasada, sobre o ciclo menstrual normal, a síndrome do ovário policístico e a menopausa, acesse os links do MD. Saúde que estão aqui embaixo na descrição desse vídeo. Até a próxima!


Referências


Autor(es)

Médica graduada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pela Universidade do Porto. Nefrologista pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e pelo Colégio de Nefrologia de Portugal.

COMENTÁRIOS (por favor, leia as regras do site antes de enviar a sua pergunta).
Temas relacionados
Atraso menstrual 15 Causas comuns de menstruação atrasada
Pílula para não menstruar Tomar anticoncepcional para não menstruar
Cisto de ovário Cisto no ovário: sintomas e tratamento
Grávida menstruada Mulheres Grávidas Podem Menstruar?
Engravidar menstruada É possível engravidar estando menstruada?
Menarca Menarca – Primeira menstruação da vida
Ovulação Ovulação: sintomas, causas e testes diagnósticos
Sangramento uterino Sangramento uterino anormal (menstruação anormal)
Pólipos endometriais Pólipos no útero (pólipos endometriais)
Puberdade Puberdade (masculina, feminina, precoce e tardia)
Calculadora menstruação Calculadora online da menstruação