Mau hálito (halitose) – Causas e tratamento

Mais de 80% dos casos de halitose se originam por problemas na própria boca.

54

O que é halitose?

O mau hálito, também chamado de halitose, é um problema que atormenta a humanidade há milênios. Existem relatos de tratamentos para o mau hálito desde há três mil anos. Até na Bíblia, no livro Gênesis, há menção de tratamentos para refrescar o hálito.

É importante salientar que muitas pessoas que não têm halitose se preocupam exageradamente com seu hálito, enquanto boa parte das que realmente tem mau hálito não suspeita do fato. Até 25% das pessoas que procuram atendimento médico queixando-se de mau hálito, na verdade não o tem. É muito difícil para o indivíduo notar se o próprio hálito ruim é crônico ou aparece apenas pontualmente.

Causas do mau hálito

Existes mais quarenta causas diferentes para o mau hálito. Vamos focar apenas nas mais comuns.

Mais de 80% dos casos de halitose se originam na própria boca. São causados pela ação da flora bacteriana natural da nossa orofaringe sobre os alimentos que ingerimos. Possuímos mais de 600 tipos de bactérias na nossa cavidade oral, muitas delas capazes de produzir gases com odor devido à metabolização de materiais orgânicos, principalmente proteínas.

Dois pontos da cavidade oral são críticos: os dentes e a região posterior da língua, onde frequentemente ocorrem acúmulo da bactérias. O cheiro da halitose provém da produção de gases por bactérias após a metabolização de alimentos que ficam depositados nestas regiões.

Como é previsível, quanto menor for higiene bucal, mais bactérias existirão, mais detritos alimentares permanecerão na cavidade oral e mais intenso será o mau hálito. Inflamações como gengivites e periodontites, causadas por má higiene oral, também favorecem a halitose.

A saliva é uma antisséptico bucal natural. Além de possuir substâncias antibacterianas, ela ajuda no enxague da orofaringe, diminuindo os resíduos de bactérias e alimentos. Quanto mais ressecada for a boca, pior é o hálito.

A saburra lingual, ou língua saburrosa, é outra causa comum de mau hálito. Esta alteração se manifesta como uma placa esbranquiçada composta por bactérias e células descamadas que se aderem à língua. A saburra costuma surgir por falta de hidratação na cavidade oral, geralmente por falta de saliva ou por uma deficiente escovação da língua. Entre outros fatores de risco para a saburra estão dormir de boca aberta, roncar, uso de antissépticos bucais à base de álcool e uso de aparelhos ortodônticos. Escovar a língua e beber bastante água para manter a boca sempre hidratada são simples modos de diminuir a incidência da saburra e, consequentemente, do mau hálito.

Ainda na boca, outro ponto que pode dar origem ao mau hálito são as amígdalas. Um mau hálito que surge subitamente pode ser o primeiro sinal de um faringite ou amigdalite em desenvolvimento. Isto é particularmente real nas crianças.

Os pacientes com amigdalite de repetição costumam apresentar pequenas criptas em suas amígdalas, que favorecem a deposição de alimentos e de restos celulares, formando o cáseo (ou caseum). De vez em quando pequenas “pedrinhas” extremamente mal cheirosas se soltam destas criptas levando o paciente a imaginar que o seu hálito é tão ruim quanto este odor. Na verdade, nem sempre o cáseo amigdaliano é causa de mau hálito. O fato da “pedrinha” ser mau cheirosa não significa que o hálito seja igual (leia: DOR DE GARGANTA – FARINGITE E AMIGDALITE).

Outro sítio que pode ser a causa da halitose é o nariz, ocorrendo principalmente devido a quadros de sinusite. A existência de gotejamento pós-nasal pode levar ao acúmulo de substâncias mal cheirosas na base da língua (leia: SINUSITE | Sintomas e tratamento).

Muito raramente, um tumor oculto da orofaringe ou laringe pode ser a causa do mau cheiro.

Um tipo de mau hálito extremamente comum e normalmente passageiro é aquele que ocorre ao acordarmos. Dois fatos contribuem para essa halitose:

1. Muitas pessoas dormem de boca aberta, levando a um ressecamento da boca durante a noite que, como já foi explicado anteriormente, leva ao mau hálito.

2. Porém, o fator mais importante é outro. Durante o sono, chegamos a ficar mais de 10 horas em jejum. O corpo precisa produzir energia constantemente e em períodos de jejum há pouca glicose disponível como combustível. O organismo passa então a queimar gorduras para produzir energia. A metabolização de gorduras leva à produção de corpos cetônicos, substâncias com odor forte que são eliminadas pelos pulmões. Reparem que toda vez que estamos com muita fome, ou em longos períodos de jejum, ficamos com mau hálito. Felizmente este é fácil de resolver; é só comer.

O hálito cetônico do jejum é o mesmo que ocorre nos pacientes com diabetes mal controlados (leia: DIAGNÓSTICO E SINTOMAS DO DIABETES MELLITUS para maiores explicações).

Outras doenças sistêmicas que podem causar mau hálito são a cirrose (leia: CIRROSE HEPÁTICA | Sintomas e causas) e a insuficiência renal avançada. Esta última causa um hálito com cheiro de urina devido ao acúmulo de ureia e outras substâncias que não são devidamente eliminadas pelos rins (leia: INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA). Infecções nos pulmões também podem causar halitose.

Costuma-se supervalorizar o papel do estômago na halitose, todavia, raramente doenças deste são causas do mau hálito. A exceção ocorre no pacientes com refluxo gastroesofágico que podem ,em alguns casos, apresentar halitose (leia: HÉRNIA DE HIATO E REFLUXO GASTROESOFÁGICO). Porém, não se justifica uma investigação do estômago se o paciente apresentar mau hálito sem outros sintomas do refluxo.
Nossos hábitos diários também influenciam no hálito. O tabagismo, o consumo regular de bebidas alcoólicas e excesso de café são causas de mau hálito. Existe também uma relação ainda pouco entendida entre obesidade e halitose.

Alguns alimentos como alho e cebola são capazes de causar mau hálito por várias horas. No caso do alho, um dos gases produzidos pela sua digestão consegue ser absorvido pela circulação sanguínea, sendo eliminado pelos pulmões. Por isso, após a ingestão de alho, o hálito ruim pode permanecer por horas mesmo após a escovação dos dentes.

Tratamento do mau hálito

Como a grande maioria dos casos têm origem na boca, o dentista costuma ser o melhor especialista para diagnosticar e tratar a halitose. Já o otorrinolaringologista pode ser o melhor médico nos casos de mau hálito originado nas amígdalas, faringe ou nariz.

Algumas dicas podem resolver, ou pelo menos aliviar o problema:

  • Adequada higiene oral e uso frequente de fio dental.
  • Check-up dental regular.
  • Gargarejos com antissépticos orais, principalmente à noite.
  • Escovação da língua. Molhe sua escova com antissépticos orais em vez de pasta de dente (dentífrico) para limpar a língua.
  • Ingestão de líquidos para evitar desidratação e ressecamento da boca.
  • Chicletes sem açúcar aumentam a salivação e ajudam a “lavar” a boca. Cinco minutos de mastigação são suficientes.
  • Evitar álcool, café e cigarro.
  • Evitar longos períodos de jejum.
  • Alimentar-se bem no café da manhã.

Referências


ARTIGOS SEMELHANTES
54 Comentários
  1. adrianaribeirojosue

    sou adriana e ha muito tempo sai umas bolinhas fedorentas na miha boca que enche o saco .antes eu nao sabia da onde elas saim agora eu sei minha garganta tem uns buraquinhos e sai de la o que isso doutor ´e grave

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Adriana,
      Isso parece ser cáseo. Não é nada grave mas pode ser incômodo. Vc provavelmente deve ter ou ter tido muitas amigdalites. Procure um otorrinolaringologista que ele pode amenizar o problema.

  2. leidiane

    ola, eu a 2 anos tenho tido o problema do mau halito, e nao consigo mais me divertir, nao saio com amigos. e estou em depressao. quero muito acabar com esse problema. de vez em quando sai da minha boca restos de comida, como se tivasse um lugar acumulando esse alimento e fica podre. me chamo leidiane, tenho 19 anos e moro em porto velho ro

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Leidiane,
      Procure um dentista que ele pode dar jeito nisso.

  3. Dezoito Amaral - SP

    Dr. Pedro.

    Há pouco tempo percebi que a escovação do “fundo da lingua” reduz potencialmente os odores da boca. Todavia quase sempre provocam ansia. Isto pode gerar algum problema?

    agradeço a oportunidade.

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Em principio, não. É comum ter ânsias quando se escova a base da língua, mas isso não acarreta nenhum problema.

  4. toddy

    ola,Dr pedro tenho 30 anos e ja faz um bom tempo que tenho mau halito eu escovo corretamente mas nao resolve o que eu faço?

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Toddy,
      Procure um dentista para que ele possa avaliar de onde vem esse seu mau hálito.

  5. Adriana Marins

    Olá é um prazer em ter descoberto seu blog,sou Enfermeira e simplesmente gostei muito da forma da qual vcs explica,muito clara e objetiva,quero parabeniza-los,é com imenso prazer em dizer que serei sua leitora assídua.Um grande abraço!

  6. israel

    olá dr,
    meu none é israel e assim: eu queria saber o o senguinte o meu mau hálito ébem forte eu noto isso quando as vezes as pessoas se afastam. eu queria saber o que eu faço ja tentei de tudo mais tenho vergonha de ir a um dentista. muito obg.

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Israel,
      Se vc tem vergonha de procurar ajuda médica, vc vai continuar com mau hálito. Não tem outra maneira.

  7. Aline

    boa noite, tenho muito mal halito eu me incomodo muito com isso, pois meu marido me evita, ja tive ulceras no esofago, sera q isso pode estar piorando meu halito, hj ja ão tenho mais minhas ulceras ja estao cicatrizadas.

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Aline,
      Se as úlceras já estão cicatrizadas, elas não devem ser a causa. O motivo é outro. Procure ajuda médica.

  8. Victor

    Olá, toda vez que escovo os dentes minha boca sangra bastante. Isso causa mal hálito? O que devo fazer para nao sangrar mais?

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Victor,
      vc deve ter gengivite. É preciso procurar um dentista.

  9. Cristiane

    Bom dia Dr Pedro , Fazem 2 semanas que venho sentido um incomodo na garganta e, expelindo umas bolinhas fedidas pela boca,ocorreu também uma alteração no meu halito,o que o Dr poderia sugerir? Normalmente não tenho problemas com halitose.Parabéns pelo seu blog, nos ajudam esclarecer nossa dúvidas.Aguardo sua resposta .

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Cristiane,
      Se isso se tornar recorrente, seria interessante você ser avaliada por um otorrino. Uma limpeza das amígdalas pode melhorar o quadro.

  10. Antonio

    cara vc me salvou obrigado nao é a toa que é chamado de doutor obrigado doutor Pedro

  11. Vanusa

    Matéria muito clara, não tenho mais dúvida alguma, venho só parabenizar e agradecer esse trabalho.

  12. marciana

    Olá, eu percebi que muitas pessoas têm dúvidas sobre o caseum, as tais “bolinhas fedidas” que saem da boca.
    Como o Dr. Pedro já falou, elas são produzidas pelo acúmulo de restos alimentares nas criptas das amígdalas e açãõ de bactérias sobre os mesmos.
    Eu gostaria de dar uma dica, por experiência própria…
    Eu sempre verifico se há caseum em minhas amígdalas…e eu literalmente espremo minhas amígdalas com os dedos ou com a ajuda de algum objeto (cabo da escova de dente)e se houver caseum eles saem…Depois eu faço gargarejo…Esse processo é incômodo, dá ansia de vômito muitas vezes, mas resolve o problema…é melhor do que ficar com mau cheiro na boca.
    Espero que seja útil.
    Abraços.

  13. Monica

    ola Dr.!
    Tenho essas “bolinhas fedorentas” na garganta, tem dias em q sai mais de uma… tinha sumido, mas agora esta pertinente este problema, estava lendo este artigo e uns outros foruns e vi q em muitos dos casos a solução e a retirada das amidálas. Então gostaria de saber, se a retirada das mesmas causaria algum problema, ou de nada elas servem?
    Desde já, Obrigada!

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Retirar as amígdalas neste caso é um pouco radical. Procure um otorrinolaringologista que ele pode ser capaz de te tratar sem precisar da cirurgia.

  14. Regina

    Olá Dr Pedro,
    Parabéns pela excelente matéria. Tem muitas informações interessantes e me auxiliou a resolver os problemas de halitose.

  15. Evelise França

    Dr. Pedro

    Gostei muito das informações acima porém estou muito preocupada há um tempo já sofro com um mal hálito terrivel, trabalho no ar condicionado o que e expoe mais ainda e com o publico tendo que lhe dar com pessoal que nunnca vi na vida, fico com vergonha e mesmo indo ao destinta fazendo toda a limpeza, depois de almoçar escovar o dente e fazer o enxague bocal com o anti septico bocal que eu acho fortissimo que é o listerine depois de meia hora meio halito esta podre e sem condiçoes de falar com qualquer pessoa que seja isso me preocupa seriamente e me leva uma socializaçao pois me bejo impedida de falar com qualquer pessoa por causa disso.

  16. sonia

    Olá doutor Pedro gostei muito de suas informaçoes parabéns muito obrigada.bjs

  17. Kel

    Olá Doutor, parabéns pela maneira excelente de esclarecer de forma simples assuntos tão complexos. Desde criança tenho faringites e amigdalites recorrentes, o que melhorou muito com a vacina contra influenza. No entanto, ainda sofro com as formações constantes de cáseos, é horrível; a remoção das amigdalas é recomendável neste caso?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Geralmente não é necessário. A opinião de um otorrinolaringologista é importante.

  18. Almir

    Tambem sofro (sofri)  com a formacao de caseos, o que descobri foi que se voce diminuir, ou eliminar o consumo de “LEITE” e seus derivados eles quase nao apareceram.
    O problema e que o nosso organismo nao consegue digerir o leite (lactose).
    Fiz o teste e realmente funciona.
    Hoje controlo mais o consumo de leite e seus derivados, e os caseos quase nao aparecem mais.
    Espero ter ajudado.

    Almir 

  19. Jonathas

    gastrite da mau hálito?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Não costuma.

  20. Cunhajoaob

    Concordo com tudo que li sobr o mau hálito,mas não posso me furtar a dar umainformação baseada emexperiência própria e, posteriormente, verificada em outras pessoas. Uma boa parte das causas de mau hálito, senão, a maior delas, é a ingestão de leite. Quem tem mau hálito(pergunte à esposa ou filhos) experimente eliminar o leite da sua alimentação e depois comente o resultado.

  21. Janderson

    Ajudou muito,obrigado mesmo Dr.Pedro

  22. Samararaiane21 10

    Parabens Dr. Muito esclarecedor. adorei o site!

  23. Carlos

    O melhor artigo sobre o tema que já li. Parabéns Doutor, muito esclarecedor. Tenho halitóse e sofro bastante. 

  24. Samararaiane21 10

    Parabens Dr. Muito esclarecedor. adorei o site!

  25. marcio

    como tratar o gotejamento nasl posterior?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Tem que tratar a sinusite com um otorrinolaringologista.

  26. Antonio

    Muito bom seu artigo, eu mesmo já sofri bastante com este pesadelo, mais superei eu usei somente tratamentos com produtos naturais que temos em casa mesmo, e eu acho que ainda é uma excelente alternativa, em meu blog eu postei o que eu usei e realmente o mau hálito foi embora e não voltou mais.

    hoje eu sempre procuro evitar o mau hálito vou deixar 10 dicas para evitar
    Beba água,Escove os dentes apos todas as refeições,Não pule o fio dental,Escove a língua,
    Cuide da alimentação,A boca não é a única suspeita,Evite café,Masque chiclete (sem açúcar).

    funciona comigo.

    muito bom mesmo o seu site.

  27. Eloixx

    Ótimo esse site adorei as dicas!Obrigada.

  28. Renato

    Olá DR, me chamo Renato e tenho 19 anos, estou passado por esse problema já faz um tempo, eu uso aparelho e desde antes do tratamento eu já me sentia inseguro com o meu hálito, por pura vergonha eu não tive coragem de tocar no assunto com o meu dentista, já faz dois anos que eu uso aparelho e eu me cuido e mesmo assim eu sinto que estou com mau hálito, sinto um gosto ruim na boca em alguns períodos do meu dia, com essa insegurança eu deixei de namorar de sair com os meus amigos, queria me sentir mais seguro em relação ao meu hálito. o que eu devo fazer para descobrir a origem dele?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Tem que conversar com o seu dentista.

  29. Uelinton Rosa Brandão

    cara você e 10 parabéns! desculpa pela pobreza de vocabulário mas o que guez dizer e que o medico realmente eficiente, certeiro, excelente no seu trabalho, oficio.

  30. Paulo

    boa noite,fui ao dentista pgt,como estava minha boca,ele me falou que estava 10,minha saúde bucal,mas tem um cheiro muito forte,percebo que vem de dentro,de mim,o que será isso? Alguém pode me ajudar? É um odor horrível,parece carniça,tenho muita vergonha de falar proximo das pessoas,olha que escovo bem os dentes,e uso listerine sem alcool!

    1. Pedro Pinheiro

      Procure um gastroenterologista.

  31. Alice

    Hoje acordei com um “caseum” na garganta e por impulso tirei, dando leves apertadas com o dedo, quando removi percebi que o cheiro é insuportável. E fui pesquisar para descobrir o que seria, e então associei aos sintomas de cáseos amigdalianos. A questão é: Devo removê-lo? Qual especialista devo procurar? (Alguém me dá um help, to nervosa)

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Procure um otorrinolaringologista.

  32. lilian ap barros sartori

    oi d meu filho te 14 anos e tem mau haalito e um odor muito forte no corpo que medico procurar ?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Para o odor no corpo, pode ser o dermatologista. Ele saberá depois indicar outro médico caso haja necessidade.

  33. Elvis Mendes

    Oi meu amigo tem 20 anos e tem mau hálito na boca que médico procuro?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Comece pelo odontologista.

  34. karine

    Tenho um mau halito horivel tem cheiro de fezes e sinto que vem da garganta o que pode ser?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Se você acha que vem da garganta, procure um otorrino para ele examiná-la.

  35. Cristiny

    Um individuo que, cirurgicamente teve sua amígdala removida, ainda corre o risco de apresentar mal hálito cronico?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Se a culpa do mal hálito não for das amígdalas, sim.

Qual é a sua dúvida?

Antes de comentar, leia as REGRAS PARA COMENTÁRIOS.

Seu email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. OkSaiba mais