VÍDEO: O Que é o Transtorno de Ansiedade Generalizada

0

Visite nosso canal no Youtube: https://www.youtube.com/mdsaude

Transcrição do vídeo

O transtorno de ansiedade generalizada faz parte de um grupo de doenças psiquiátricas que também inclui: a síndrome do pânico, a fobia social, o estresse pós traumático e o transtorno obsessivo compulsivo.

Episódios ocasionais de ansiedade são completamente normais, principalmente diante de situações que compreensivelmente causam medo, apreensão ou nervosismo. Todo mundo pode se sentir ansioso e preocupado de vez em quando.

Somente quando esses sentimentos são muito frequentes e interferem com as suas atividades diárias é que consideramos que existe uma doença.

O primeiro aspecto importante em relação ao transtorno de ansiedade generalizada é que a maior parte dos pacientes também apresenta outras condições psiquiátricas associadas, como a depressão ou a síndrome do pânico, por exemplo.

A causa do transtorno de ansiedade generalizada ainda não está completamente esclarecida, mas ela é provavelmente resultado de múltiplos fatores, sendo história familiar de doenças psiquiátricas um dos mais importantes.

Além disso, pessoas que sofreram experiências traumáticas ou eventos indesejáveis na infância, ou que tenham certos traços de personalidade, como timidez excessiva e um temperamento negativo, também estão sob maior risco de apresentarem transtorno de ansiedade durante a vida adulta.

Os sintomas do transtorno de ansiedade generalizada são bastante variáveis, mas a ansiedade excessiva e persistente é o mais importante deles.

Outros sinais e sintomas que também são comuns incluem: inquietação, irritabilidade e sensação de estar no seu limite, cansaço fácil e distúrbios do sono, dificuldade de concentração ou sensação de “dar branco”, dificuldade de tomar decisões e preocupação mantida e, por vezes, obsessiva, que é desproporcional ao grau de importância da situação em questão.

As crises de ansiedade também costumam vir acompanhadas de sinais físicos, como suor excessivo, sensação de desmaio, dormência, dor de cabeça, tremores náuseas, diarreia, dor abdominal e tensão muscular.

As pessoas que além da ansiedade generalizada também têm síndrome do pânico podem apresentar palpitações, dor no peito, sensação de morte iminente e medo de ficar maluco.

Já o paciente que também tem fobia social costuma ter medo de sentir humilhado ou envergonhado em público, caso os seus sintomas de ansiedade transpareçam.

Isso faz com que ele restrinja ao máximo as situações de interação social, podendo ter dificuldade de sair de casa até mesmo para o trabalho.

O transtorno de ansiedade generalizada costuma ser uma doença crônica e a gravidade dos seus sintomas flutua com o passar do tempo.

Alguns fatores estão associados a um pior prognóstico, como: primeira crise em idade precoce, uma primeira crise muito grave ou a presença de doenças associadas, tanto psiquiátricas, como depressão ou a
fobia social, como uma doença crônica física.

O tratamento da ansiedade deve ser individualizado, levando em conta as características pessoais de cada paciente.

Geralmente, são necessários medicamentos da classe dos antidepressivos e sessões de psicoterapia.

Este artigo foi útil?  
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votos, Total: 4,78 de 5)
Loading...
Advertisements
Advertisements
VEJA OUTROS ARTIGOS SEMELHANTES

Deixe um Comentário

Antes de comentar, leia as REGRAS PARA COMENTÁRIOS.

Seu email não será publicado.