OXIÚRUS – Enterobius vermicularis – Contágio, Sintomas e Tratamento

O Enterobius vermicularis é um verme de cerca de 1 cm de comprimento que provoca uma parasitose cuja principal característica é a coceira anal.

45

O oxiúro (alguns chamam de oxiúrus), conhecido cientificamente como Enterobius vermicularis ou Oxiurus vermicularis, é um verme que provoca uma verminose intestinal denominada enterobíase, oxiuríase ou oxiurose. Na linguagem popular, o oxiúrus é conhecido como tuxina.

A oxiuríase é uma parasitose cujo principal sintoma é a uma coceira anal, geralmente intensa e com predomínio noturno, o que costuma atrapalhar o sono dos indivíduos acometidos.

Neste artigo, vamos abordar os seguintes pontos:

  • O que é o Enterobius vermicularis.
  • Como se pega o verme oxiúrus.
  • Sintomas da oxiuríase.
  • Diagnóstico da enterobíase.
  • Tratamento da oxiuríase.

Enterobius vermicularis – Oxiurus vermicularis

O Enterobius vermicularis é um helminto nematódeo (verme) de forma cilíndrica e cor branca, que mede cerca de 1 cm.

O ser humano é o único hospedeiro natural do oxiúro, e sua infecção ocorre em todos os países e grupos socioeconômicos. A enterobíase pode surgir em qualquer idade, mas é observada com maior frequência entre as crianças em idade escolar de 5 a 10 anos, sendo relativamente rara em crianças com menos de 2 anos de idade.

O Enterobius vermicularis é um verme que vive no intestino dos humanos, mais especificamente na região do ceco (início do intestino grosso) e do apêndice.

Após o acasalamento, o macho morre e é eliminado pelas fezes. As fêmeas grávidas permanecem no ceco e, à noite, se movem através do intestino em direção ao ânus, local onde costumam implantar seus ovos. Cada fêmea pode colocar até 10.000 ovos.

Após a deposição dos ovos, a fêmea tenta retornar para dentro do ânus, algumas conseguem, outras não, sendo eliminadas nas fezes.

Transmissão do verme oxiúrus

O Enterobius vermicularis tem um ciclo de vida relativamente simples, que inicia-se com a deposição de ovos pelas fêmeas grávidas na mucosa da região perianal. A partir deste momento, a infecção costuma seguir 3 caminhos:

1. Autoinfecção: a presença dos ovos provoca intensa coceira anal. Se o paciente coçar a região do ânus, ele pode contaminar suas mãos e unhas com os ovos do verme. Se a mão contaminada for levada à boca em algum momento, o paciente volta a se contaminar. Os ovos ingeridos eclodem no intestino delgado, dando origem a uma nova geração de  Enterobius vermicularis.

2. Retroinfecção: após 3 semanas, os ovos implantados na região perianal eclodem e dão origem a novos vermes. Estes vermes podem entrar pelo ânus e seguir em direção ao ceco, onde irão se acasalar novamente.

3. Heteroinfecção: a transmissão do oxiúrus para outras pessoas pode ocorrer através de mãos contaminadas com ovos. O paciente coça o ânus, contamina suas mãos e pode transmitir os ovos ao preparar alimentos, manipular objetos ou cumprimentar outros indivíduos. Pessoas que moram no mesmo ambiente de pacientes contaminados são as que têm mais riscos de serem contaminadas. Toalhas e roupas de cama estão frequentemente infectados com ovos de Enterobius vermicularis, o que facilita o contágio dos cônjuges.

Os ovos começam a perder a capacidade de infectar após 1 ou 2 dias sob condições quentes e secas, mas podem sobreviver por mais de duas semanas em ambientes frescos ou úmidos.

Sintomas da enterobíase

A maioria dos paciente infectados pelo oxiúrus não apresenta sintomas. Em geral, os sintomas surgem quando o paciente já se reinfectou sucessivamente, a ponto de ter uma grande quantidade de vermes no seu trato intestinal, o que pode ocorrer somente meses depois da contaminação inicial.

Quando o verme provoca sintomas, o mais comum é a coceira anal. Em alguns casos, a coceira é intensa e deixa o paciente inquieto e com dificuldade de dormir. Os vermes adultos podem migrar para locais além do ânus, como a região vaginal. Nas mulheres pode haver vulvovaginite (inflamação da vulva e da vagina), coceira e corrimento vaginal.

Ocasionalmente, em paciente que se auto contaminam repetidamente, a carga de vermes nos intestinos pode ser tão alta, que o paciente passa a sentir os sintomas típicos das parasitoses intestinais, tais como dor abdominal, dor para evacuar, náuseas e vômitos. A obstrução do apêndice pelos vermes é possível, podendo provocar um quadro de apendicite aguda.

Os pacientes que coçam a área anal freneticamente podem provocar escoriações na mucosa, facilitando a infecção das feridas por bactérias.

Diagnóstico da oxiuríase

Como a eliminação do Enterobius vermicularis pelas fezes pode ser errática, ou seja, não apresenta um calendário regular ou previsível, o exame parasitológico de fezes comum não costuma ser positivo para o verme ou seus ovos. Com este exame, somente 10% dos pacientes infectados conseguem ser diagnosticados.

A oxiuríase é mais facilmente diagnosticada através do método de Grahan, no qual se usa uma fita adesiva na pele ao redor do ânus para que os ovos localizados nesta região adiram à fita. Estes ovos, então, são colocados sobre uma lâmina de vidro e visualizados sob um microscópio.

Material colhido da unha de crianças infectadas também pode ser útil para avaliação microscópica, pois frequentemente contém ovos de oxiúrus.

Tratamento da enterobíase

O tratamento da oxiuríase é simples e deve ser feito preferencialmente em todas as pessoas que moram na mesma casa. As opções mais usadas são:

  • Albendazol, 10 mg/kg em dose única, até o máximo de 400 mg. Repete-se a dose em duas semanas (leia: BULA SIMPLIFICADA DO ALBENDAZOL).
  • Mebendazol, 100 mg, 2 vezes ao dia, durante 3 dias consecutivos (há locais que fazem 100 mg em dose única). Repete-se a dose em duas semanas.
  • Pamoato de pirantel, 10 mg/kg, dose única, até o máximo de 1000 mg.

A taxa de cura com estes esquemas é elevadíssima, acima de 95%. Entretanto, se as pessoas que moram na mesma casa não forem também tratadas, o risco de reinfecção é alto.

Também de forma a prevenir reinfecções, roupas de cama, toalhas, cuecas, calcinhas e pijamas devem ser lavados e trocados diariamente por pelo menos 2 semanas. Brinquedos devem ser lavados a cada 3 dias por pelo menos 3 semanas. As unhas devem ser cortadas bem rente para dificultar a deposição de ovos entre as mesmas durante o ato de coçar o ânus.

Como o verme costuma colocar seus ovos durante a noite, tomar banho e lavar a região perianal de manhã, assim que acordar, ajuda a eliminar esses ovos, diminuindo o risco de surgimento de uma nova geração de vermes dentro de 3 semanas. Também é importante lavar bem as mãos antes de cada refeição e após qualquer evacuação.

Este artigo foi útil?  
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, Total: 4,57 de 5)
Loading...
VEJA OUTROS ARTIGOS SEMELHANTES
45 Comentários
  1. Landia

    oxiúros pode ser transmitido através de relação sexual? obrigado!

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Sim, apesar de não ser uma doença sexualmente transmissível, o ato sexual pode facilitar a contaminação do(a) parceiro(a).

  2. Ana Amado

    Bom dia Sr Dr:
    No caso de haver também infestação vaginal, o tratamento com desparasitante é suficiente?
    Muito obrigada

    1. Dr. Pedro Pinheiro

      Sim.

  3. Julia

    Doutor , ao tomar o rémedio para eliminar os vermes do intestino , eles saem vivos ou mortos nas fezes ? tenho muito medo de saírem vivos

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Quando saem, saem mortos.

  4. Sa1

    Olá doutor novamente!
    Tomei esses dias Pantelmin de 20 Mg/ml tem uns 5 dias já é esses vermes voltaram e ainda mais forte as coçeiras
    o Oxiúrus é bem pequeno é iguasinho aos da foto mesmo ??????

  5. Claudia

    Ola dotor minha filha tem 6 anos ela disse que tinha comichão no anus. Fui olhar no anus dela tinha um parasita muito pequenina e branca andando. E a noite dise que dois barriga. O que pode ser? Obrigado.

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Deve ser oxiuríase. Procure o pediatra para investigar e tratar.

  6. Breno Fernandes

    Doutor neodazol cura oxiurose?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Não é uma boa opção. As drogas descritas no texto são melhores.

  7. gabi

    Dr é suficiente apenas lavar os lençóise as roupas de cama com sabão?E
    hÁ perigo de ficar na coberta , mesmo usando a pomada tiabendazol ,e no cochão os ovos do oxiuris, se sim como limpar o colchão?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      O ideal é lavar com sabão e água quente. Se a cama estiver sempre coberta, o colchão não costuma ter os ovos do parasito.

  8. Anonimo:(

    Tenho coceira no anus faz uns 4,5 anos, agora que li o comentario do cara aqui em baixo eu to pensando em ir a um médico logo. Este é o único sintoma da Oxiurose mesmo? Pode ser outra coisa? Pode se agravar? vlw

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      É o sintoma mais comum, mas a oxiuríase não é a única causa possível de prurido anal. Acho que você realmente precisa ser visto por um médico.

  9. Pfmeajude

    Eu sempre tive coceira no anus e achei normal ate quando ontem eu enfiei a mao enquanto estava no banheiro e fui coçar e peguei um verme branco de 1cm oque devo fazer?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Guarde o verme e leve-o a um médico para ele iniciar tratamento antiparasitário.

  10. Juliana Monteiro

    Ola tomei o metronidazol para oxiurus so que a coceira ainda nao parou e eu ja fiz a repeticao do tratamento e mesmo assim continua

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Metronidazol não é indicado para oxiuríase.

      1. Juliana Monteiro

        Errei o nome foi mebendazol que tomei e fiz a repeticao do tratamento so que a coceira anal n parou

        1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

          Tem que ver se realmente curou e se o diagnóstico estava correto.

  11. Guest

    Olá Doutor, acabei de conhecer o site e ja o parabenizo pelo conteúdo e atenção aos comentários que vi aqui.
    Meu caso é o seguinte, tenho 17 anos e algum tempo atrás comecei a acordar enjoado durante a manhã, achei que era por ter pegado pesado na academia ou coisa assim, mas continuo enjoado até hoje, sempre pela manhã cedo, durante o resto do dia fico muito bem. Um dia desses acabei vomitando em um vaso de plantas vazio que tem na garagem, e no outro dia surgiu alguns bichinhos que se assemelham o da foto no artigo, porém pelo q pesquisei os sintomas se parecem muito mais com o do ameba, tomei secnidazol, surgiu umas dores na barriga, acredito eu que estava matando as vermes e dando resultados, mas 6 dias depois e continuo acordando enjoado, o tratamento é demorado mesmo? Logo farei um exame de fezes para ter certeza. Obrigado

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Não adianta sair tratando no escuro. Se você acha que pode estar com vermes, tem que fazer logo o exame parasitológico de fezes.

  12. pedro

    moço tenho uma tia ,que colocou algo pe boca que parece um verme ele e amarelo e tem mais ou menos ums 5 cm que erme o senho acha q é ?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Assim é muito difícil dizer. Ela tem que ir a um médico fazer exames. É a forma mais indicada de identificar a verminose.

  13. Rosiete Rodrigues

    oi bom dia, tenho uma filha com 4anos de idade e sempre tem sofrido muito com tuchina, entra nas partes intimas dela e causa infecçao como dor de urina, eu qro saber o nome de um remedio para eliminar esse parasita e cmo a dosagem dele para eliminar os ovos

    1. Pedro Pinheiro

      Rosiete, lamento, mas eu não indico tratamentos pela Internet. Você tem que levar sua filha ao pediatra.

  14. Marcella Piffardine

    Olá Dr. Pedro Pinheiro eu tenho 17 anos e tenho oxiúros sempre todo remédio e me cuido para não voltar… So que dentro da minha vagina nasceu uma bolinha, será que é algo relacionado ao oxiúros ou roupa apertada? Tenho medo de ser câncer

    1. Não deve ter a ver com o verme, nem com câncer. De qualquer forma, procure um ginecologista.

  15. Neto

    Onde conseguir o pirantel ? Nao encontro em lugar nenhum.

    1. Procure pelo nome comercial Ascarical,

  16. piaui

    Tenho algumas perguntas…no caso d re aparecimento depois d mais de 10 anos … a unica causa é a reinfestaçao? Nao seria possivel ele permanecer vivo no hospedeiro durante esse periodo? E no caso d uso de medicamentos naturais como a popular “garrafada”,teria alguma interferencia como uma maior manifestaçao clinina? E a ultima se metodos caseiros de lavagem intestinal podem auxiliar no tratamento?

    1. Depois de tanto tempo o mais provável é uma nova infecção.

      Não tenho como opinar sobre métodos de tratamento não científicos. Se eles nunca foram estudados a sério, não dá para saber qual é a sua real eficácia.

  17. bruna

    Oii queria saber se na gravidez é mais comum expulsar vermes e se esses remedios podem ser tomados na gestaçao?!obrigado

    1. 1- Não.
      2- Nem todos são permitidos. É preciso autorização do obstetra antes de fazer qualquer tratamento.

  18. Allison Julio

    oi Dr Pedro pinheiro eu estou com uma coceira terrível nessa parte do anus, eu trabalho na produção de alimentos e é diretamente com carnes sem luvas, gostaria de saber se eu vou poder continuar trabalhando enquanto faço o tratamento ou se vou ficar afastado com a licença médica? chega a ser constrangedor a coceira no meu ambiente de trabalho, pois la tem muitas pessoas trabalhando comigo e elas notam quando eu fico inquieto com meus afazeres. Desde já agradeço.

    1. Você tem que se afastar, pois o risco de contaminação dos alimentos é muito grande.

  19. Isa Souza

    Olá Dr.Pedro Pinheiro, é com imensa preocupação que venho através deste canal pedir ajuda…Meu esposo tomou albendazol de 400mg e após 15 dias evacuou inúmeras vermes pequeninas o que causou espanto, eu não vi pois ele estava no trabalho. Desconfiei de oxiúros por favor me ajude a esclarecer….ele trabalha muito e lá não liberam ele para que possa ir ao médico.
    De já agradeço!

    1. Sem fazer o exame de fezes é difícil saber qual é o verme que foi eliminado, De qualquer forma, a eliminação de vários vermes mortos nas fezes é sinal de que o tratamento está sendo efetivo.

  20. Marcelo

    Obrigado

  21. Marcelo

    Olá pedro, desculpe estar postando uma pergunta não relacionada ao tópico, mas o melhor tópico seria o “https://www.mdsaude.com/2010/09/colocar-camisinha.html#.UVaTJcQea3Z” onde já não se pode fazer comentários.

    Aconteceu de ontem a camisinha ficar dentro do reto de minha namorada, no dia de hoje ela já foi ao banheiro e não conseguiu saber se saiu ou não (apenas olhando as fezes não achou), mas diz que sente algumas pontadas no estômago, ela mesma disse que essas pontadas pode ser psicológico, porque ela está preocupada (mas morreria de vergonha de ir ao médico). Por isso estou procurando informações na internet e gostaria de saber de um médico, se ela corre algum risco de ficar por mais tempo esperando que saia naturalmente. Não consigo encontrar nada sobre isso, na vagina encontrei alguns textos e vi que se não conseguir tirar deve ir ao ginecologista no dia seguinte, mas e no reto?

    Obrigado desde já.

  22. Marcelo

    Olá pedro, desculpe estar postando uma pergunta não relacionada ao tópico, mas o melhor tópico seria o “https://www.mdsaude.com/2010/09/colocar-camisinha.html#.UVaTJcQea3Z” onde já não se pode fazer comentários.

    Aconteceu de ontem a camisinha ficar dentro do reto de minha namorada, no dia de hoje ela já foi ao banheiro e não conseguiu saber se saiu ou não (apenas olhando as fezes não achou), mas diz que sente algumas pontadas no estômago, ela mesma disse que essas pontadas pode ser psicológico, porque ela está preocupada (mas morreria de vergonha de ir ao médico). Por isso estou procurando informações na internet e gostaria de saber de um médico, se ela corre algum risco de ficar por mais tempo esperando que saia naturalmente. Não consigo encontrar nada sobre isso, na vagina encontrei alguns textos e vi que se não conseguir tirar deve ir ao ginecologista no dia seguinte, mas e no reto?

    Obrigado desde já.

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Tem que ir ao proctologista para ele retirar.

      1. Marcelo

        Obrigado

  23. ana carla santos freitas

    e eu posso engravida ainda?

Deixe um Comentário

Antes de comentar, leia as REGRAS PARA COMENTÁRIOS.

Seu email não será publicado.