Labirintite – Quais são as causas e como tratar

O principal sintoma da labirintite é uma intensa tontura, que costuma estar associada a náuseas, vômitos e desequilíbrio.

A labirintite, também conhecida como neurite vestibular, neurolabirintite ou vestibulopatia periférica aguda, é uma doença benigna e autolimitada que causa intensas vertigens.

A labirintite é provocada por uma inflamação do ouvido interno, região na qual fica localizada uma estrutura chamada labirinto, responsável pelo nosso equilibro. Dentre todas as causas de tonturas, a labirintite é uma das mais comuns.

Para um maior entendimento do assunto tonturas e vertigens, sugerimos também a leitura dos textos:

Labirinto e ouvido interno

Para entender o que é a labirintite é preciso primeiro saber o que é o labirinto e como funciona o ouvido interno.

O labirinto é um órgão que faz parte do aparelho vestibular, responsável pela manutenção do equilíbrio. O labirinto é um conjunto de arcos semicirculares que possuem líquidos em seu interior. A movimentação destes líquidos é interpretado pelo cérebro ajudando a identificar movimentos e a nos manter em equilíbrio.

Labirinto - ouvido interno
Labirinto – ouvido interno

As informações passadas pelo labirinto através da movimentação destes líquidos ajudam o cérebro a interpretar movimentos angulares, acelerações lineares e forças gravitacionais. Quem “sente” e leva esses movimentos dos líquidos para serem interpretados pelo cérebro é o nervo vestibulococlear, também chamado de nervo auditivo. O nervo auditivo possui dois ramos, cada um responsável por uma das funções básicas do ouvido: o ramo coclear informa o cérebro sobre sons captados pelo ouvido enquanto que o ramo vestibular informa sobre movimentos do nosso corpo captados pelo aparelho vestibular.

Apenas como curiosidade: você sabe por que ficamos tontos depois de rodarmos várias vezes? Porque quando paramos de rodar, apesar de já estarmos parados, os líquidos dentro do nosso ouvido interno ainda ficam em movimento rotacional por alguns segundos, fazendo com que o cérebro interprete que ainda estamos rodando. Se fecharmos os olhos, a tontura aumenta ainda mais, pois de olhos abertos a visão avisa o cérebro que estamos parados, atenuando assim a mensagem errada que o nervo auditivo está enviando.

O que é labirintite?

O termo labirintite tem sido usada erroneamente para designar qualquer doença do labirinto. Na verdade, labirintite é a inflamação do labirinto e/ou da porção vestibular do nervo auditivo, responsável pela inervação do labirinto. Esta inflamação é na maioria das vezes causada por uma infecção viral. Em pelo menos 50% dos casos de labirintite, o paciente refere ter tido uma virose respiratória recente, como gripe, sinusite ou faringite.

A labirintite também pode ser causada por outros tipos de vírus, como o Varicela zoster, o vírus responsável pela catapora (varicela) e pelo herpes zoster. A reativação da catapora, chamada de herpes zoster pode acometer o ouvido interno, em um quadro chamado de síndrome de Ramsay-Hunt, onde se caracterizam a vertigem, perda de audição, lesões dermatológicas e paralisia facial.

Mais raramente, a labirintite pode ser causada por uma infecção bacteriana, ocorrendo geralmente após um quadro de otite bacteriana ou meningite bacteriana. A labirintite de origem bacteriana é um caso mais grave que a labirintite viral, podendo evoluir com surdez permanente e sepse.

Sintomas da labirintite

O principal sintoma da labirintite é uma súbita e intensa vertigem*, comumente associada a náuseas, vômitos e desequilíbrio ao andar. O quadro de vertigens costuma ser tão forte que o paciente procura ficar acamado.

* Chamamos de vertigem a tontura que tem característica rotatória, ou seja, aquela em que temos a impressão de que nós ou o ambiente ao redor está girando.

Um sinal importante de vertigem é a presença do nistagmo: involuntários, rápidos e curtos movimento dos olhos, geralmente em direção lateral, como no vídeo abaixo. Ela ocorre na labirintite e em todas as outras doenças que cursam com vertigens.

As tontura do tipo vertigem também tem como característica o fato de apresentar períodos de melhora e piora ao longo dos dias. As vertigens costumam piorar sempre que há movimentos bruscos da cabeça.

Quando a labirintite é causada pela inflamação do labirinto, também está presente a perda auditiva do ouvido acometido. Quando a labirintite ataca apenas o ramo vestibular do nervo auditivo, caracterizando uma neurite vestibular pura, há apenas as tonturas sem que haja perda auditiva, pois o ramo coclear está intacto. O quadro de perda auditiva geralmente é de leve a moderada intensidade, sendo mais evidente para sons de alta frequência. Também é comum a presença de zumbidos.

Alguns médicos fazem a distinção entre a labirintite e a neurite vestibular, chamando de labirintite apenas os casos onde há perda auditiva, indicando inflamação do labirinto e não do ramo vestibular do nervo auditivo. Portanto, resumindo os sintomas da labirintite: vertigens, enjoos, vômitos, desequilíbrio, perda de audição e zumbidos.

Duração da labirintite

A labirintite é uma doença autolimitada que melhora espontaneamente, mas em alguns casos os sintomas podem durar algumas semanas. Via de regra, os 2 ou 3 primeiros dias são os piores, com o quadro apresentando melhora progressiva ao longo dos próximos dias. Uma tontura residual, principalmente após movimentos bruscos da cabeça, pode persistir por vários meses. Apenas 1% ou 2% dos pacientes que tiveram labirintite apresentam recorrência da doença, geralmente no ouvido que não havia sido acometido.

Tratamento da labirintite

Como já foi dito, a labirintite é um quadro autolimitado que melhora sozinho com o tempo. Entretanto, os sintomas costumam ser muito intensos, incômodos, e por vezes, prolongados. Repouso e hidratação estão indicados para todos os casos. O uso de corticoides parece acelerar a cura da labirintite de origem viral. O regime mais usado é de prednisona em dose alta (60 mg) por 5 dias com redução progressiva até 5 mg no 10ª dia.

O uso de medicamentos para controlar os sintomas também está indicado, os mais usados são antieméticos (contra enjoos) como a metoclopramida (Plasil® ou Primperan®) e anti-histamínicos. Em alguns casos pode-se usar também ansiolíticos como alprazolam e diazepam.

A labirintite bacteriana é tratada com antibióticos.

VEJA OUTROS ARTIGOS SEMELHANTES

73
Deixe um comentário

avatar
300
Elisabete 41 anos
Visitante
Elisabete 41 anos

boa noite , primeira crise, vomitos,. segunda crise um ano após, vomitos fui ao proto socorro, sai de la sem poder deitar do lado esquerdo e olhar para cima.Porém tenho uns ameaços de crise meio q constante, quando acontece ja entro com o dramim b6, mas fico sem poder deitar do lado esquerdo por uns 15 dias, o que faço?otorrino não resolveu

Jonatjan
Visitante
Jonatjan

Boa noite doutor tenho zumbido no meu ouvido e me sinto aéreo o tempo todo. Pode ser labirintite?

Sabrina Sperb
Visitante
Sabrina Sperb

Boa noite, Dr. Pela primeira vez em 30 anos (minha idade) tive uma crise de labirintite. Na verdade, estou passando por ela ainda, estou no terceiro dia. Percebi q a calma e a paciência são grandes aliadas no “tratamento”, pois cada dia que passa venho melhorando progressivamente. Minha pergunta é: O fato de eu ter essa labirintite significa que vou ter pro resto da vida ou pode ser que eu não tenha nunca mais?

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

Pode ser que não tenha nunca mais, principalmente se a origem for uma virose.

Marcela Nats
Visitante
Marcela Nats

Boa noite Dr.Quando deito, quando levanto e quando mexo a cabeça tudo fica rodando e essa sensação dura mais ou menos 30 segundos em média e já tem uns 3 dias isso. O que pode ser? Obrigada

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Guilherme Matiussi
Visitante
Guilherme Matiussi

Olá Doutor, estava ouvindo zumbido no ouvido, resolvi consultar um médico ele me disse parar tomar Vertix, mas alguns dizem que Vertix pode causar alzheimer e tenho histórico na minha familia com essa doença, como devo proceder devo tomar Vertix ou Labirin?

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

Desconheço essa informação de que o Vertix possa causar Alzheimer.

Vanessa Pedro
Visitante
Vanessa Pedro

Dr. Pedro, estive constipada á pouco tempo, as minhas constipações são sempre garganta. Agora sinto tonturas quando levanto rapidamente e no ginasio a fazer exercicios. Doi-me o ouvido e tenho a visão ligeiramente turva. Pode ser labirintite?

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

Não é assim a tontura da labirintite. Isso provavelmente ainda é da sua constipação.

Danielle
Visitante
Danielle

Dr., eu tomo regularmente citalopram de 20mg (2 comprimidos por dia), e estou sem ele a 4 dias, porque consegui marcar minha consulta somente para amanhã. Desses 4 dias até hoje, tenho sentido muita tontura e vertigens, associados a náusea, dor de cabeça e nos olhos e calafrios. Pode ser por falta do medicamento ou pode ser labirintite?

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

A primeira hipótese é pela falta do medicamento.

samantha
Visitante
samantha

Dr estou em uma crise ja tem uma semana, fui ao pronto socorro 3 vezes e procurei um Otorrino me pediu exames e ainda não foram feitos, e normal eu sentir essa crise mesmo tomando Vertix por mais de 6 dias não senti resultado, estou ficando realmente preoculpada.

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

Em crises fortes, o vertix sozinho pode não ser suficiente.

MARCOS
Visitante
MARCOS

Depois que tomo café fica zuando meu ouvido e meio desequilibrado, é normal?

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

Não, isso não é normal.

Ivana
Visitante
Ivana

Drº, Bom dia! Minha mãe há alguns dias vem sentindo tonturas que causam desequilíbrio ao caminhar; desconforto no ouvido, segundo ela não chega a ser classificado como dor e sim como algo estranho em seu ouvido. Será se pd ser labirintite. O que o Srº me orienta além de procurar um médico, pois ela já passou pelo médico e não recebeu diagnóstico. Desde já, muito obrigada!

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

Pode ser algo do ouvido interno. Labirintite é uma opção. Mas também pode ser uma rolha de cerúmen. Ela tem que ir ao otorrinolaringologista. Alguém tem que examinar o ouvido dela.

Rafela Magalhaes
Visitante
Rafela Magalhaes

Tive uma amidalite fortíssima e tomei muitos remédios para dor e febre alem do antibiótico e estava muitíssimo stressada e na tpm, não tinha nem acabado de tomar o antibiótico comecei a ter tonturas e ânsias de vômitos e dor de cabeça e no ouvido e na nuca ,não estava saindo da cama de tanto mau e zonzeiraaaa horríveis.Dr pode ser labirintite?

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

Pode.

Professora Margarete
Visitante
Professora Margarete

minha amiga está com labirintite. gostaríamos de marcar viagens, mas agora estamos com medo que ela tenha uma crise durante a viagem ou antes dela… pode-se prever uma crise dessas? Uma pessoa com labirintite fica limitada quanto a saídas, quanto a dirigir automóveis… marcar viagens?

Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

Se tiver um adequado acompanhamento com um otorrinolaringologista, ela pode ser medicada de forma a minimizar esses problemas.

lidiany
Visitante
lidiany

Tenho 15 anos e o Medico me disse qe posso estar com suspeita de labirintite .. Tenho os Seios fartos e estou tomando remédio pois minhas costar andam doendo muito essa pode ser a causa da labirintite? ?

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

Que remédios?

fabiana
Visitante
fabiana

ola a uns 4 anos atras eu tive paralisia facial mas voltou ao normal sozinho..e a umas 2 semanas venho tendo tonturas,dores de cabeça constante e muito sono!!ando preocupada pois tenho uma bebe de 5 meses e tem dias que nao consigo nem atender ela direito..o sera isso ??

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

Pode ser algo de origem viral. Justifica a paralisia e a tontura. De qualquer forma, sugiro que você procure um neurologista.

claudio rodrigues
Visitante
claudio rodrigues

bati a cabeça com muita força, isto causa labirintite?

Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde
Visitante
Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

Sim, pode.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. OkSaiba mais