PEDRA NA VESÍCULA – Sintomas, Causas e Cirurgia

A colecistite é a inflamação da vesícula biliar que ocorre normalmente após obstrução da mesma por um cálculo.

200

A vesícula biliar é uma pequena bolsa em forma de pera, localizada no quadrante superior direito do abdômen, logo abaixo do fígado.

Colelitíase é o nome que damos à presença de pedras dentro da vesícula, uma condição que pode ser assintomática em alguns casos, mas pode também provocar intensa dor abdominal se houver inflamação da vesícula.

Neste texto vamos abordar as seguintes questões:

  • Para que serve a vesícula.
  • Como surgem as pedras na vesícula.
  • O que é lama biliar.
  • Fatores de risco.
  • Quais são os sintomas.
  • O que é colecistite.
  • Complicações da colelitíase.
  • Qual é o tratamento para.

Para que serve a vesícula?

A vesícula é uma pequena bolsa localizada abaixo do fígado, cuja principal função é armazenar a bile, um líquido amarelo-esverdeado, rico em colesterol, pigmentos e bicarbonato, produzido pelo próprio fígado. A bile é uma substância que auxilia na digestão das gorduras da alimentação.

Como age a bile?

A bile, após sua produção pelas células do fígado, é escoada pelos ductos hepáticos até as vias biliares, juntando-se a substâncias produzidas no pâncreas, formando, assim, um suco de enzimas essencial para a digestão dos alimentos. Esta mistura é lançada no duodeno, onde irá encontrar com os alimentos recém saídos do estômago.

Ducto+biliar

Como a bile é uma substância usada na digestão, não há necessidade de liberá-la para o duodeno quando não há comida saindo do estômago. Por isso, enquanto estamos de estômago vazio, a saída da via biliar fica fechada e toda a bile produzida é armazenada na vesícula biliar.

Portanto, quando estamos em jejum, a bile produzida pelo fígado fica sendo armazenada na vesícula. Quando comemos, a vesícula se contrai e expulsa a bile em direção às vias biliares, para que estas possam chegar ao duodeno.

A capacidade de armazenamento da vesícula é de mais ou menos 50 ml, o que não é muita coisa. A solução encontrada pelo organismo para suprir esta pequena capacidade de armazenamento foi concentrar ao máximo a bile para que ela, ao se dissolver no suco pancreático e aos alimentos, tenha uma ação muito potente. Para concentrar a bile, a vesícula começa a perder água, tornando-a cada vez mais espessa e muito mais forte do que a bile originalmente produzida pelo fígado.

Como surgem as pedras na vesícula – colelitíase?

O processo de concentração da bile na vesícula é feito de modo a torná-la mais espessa, porém, sem que a mesma se solidifique. As pedras na vesícula, chamadas de colelitíase ou cálculo biliar, surgem quando ocorre um desequilíbrio entre a quantidade de água e as substâncias presentes na bile. A pedra pode surgir quando a quantidade de água retirada da vesícula biliar for excessiva ou quando quantidade de substâncias na bile, como colesterol e pigmentos, estiver em quantidades exageradas, tornando-a saturada.

Lama biliar

A lama biliar é um estágio logo antes da solidificação da bile. É uma bile gelatinosa, muito espessa. Na maioria dos casos a lama biliar não causa sintomas e acaba sendo eliminada normalmente pela vesícula. A lama biliar é um achado comum na vesícula de mulheres grávidas. O problema da lama é que ela é um grande fator de risco para formação dos cálculos biliares, principalmente aqueles formados por colesterol. O paciente que tem lama está a um passo de formar pedras.

Fatores de risco para a colelitíase

  • Idade: incomum em pessoas jovens, o risco de se desenvolver colelitíase (cálculo na vesícula) é 4x maior a partir dos 40 anos de idade.
  • Sexo: a pedra na vesícula é 3 vezes mais comuns em mulheres, provavelmente como resultado da ação do estrogênio sobre a bile. Após a menopausa, o risco de desenvolver pedras cai bastante, tornando-se semelhantes ao dos homens.
  • Gravidez: o excesso de estrogênio durante a gestação aumenta a saturação da bile.
  • Reposição hormonal: outro mecanismo em que o estrogênio está envolvido.
  • Obesidade: é o principal fator de risco em jovens, principalmente do sexo feminino (leia: OBESIDADE | Definições e consequências).
  • História familiar positiva: ter parentes de 1º grau com história de pedras na vesícula aumenta em 2x o risco.
  • Rápida perda de peso: grandes perdas de peso em pouco tempo ou dietas com muito baixa caloria também são fatores de risco e estão associados ao surgimento de lama biliar.
  • Diabetes (leia: DIABETES MELLITUS | Sintomas, tipos e diagnóstico).
  • Cirrose (leia: CIRROSE HEPÁTICA – Causas e Sintomas).
  • Jejum prolongado: quanto maior o tempo da bile na vesícula, mais desidratada ela fica e maior o risco de formação de pedras. Jejum prolongado também pode causar lama biliar.
  • Medicamentos: Ceftriaxona, anticoncepcionais e fibratos são drogas que aumentam o risco de formação de pedras na vesícula.
  • Sedentarismo.
  • Doença de Crohn (leia: ENTENDA A DOENÇA DE CROHN E A RETOCOLITE ULCERATIVA).
  • Anemia falciforme (leia: ANEMIA FALCIFORME | TRAÇO FALCIFORME).

Sintomas de pedra na vesícula

A maioria das pessoas com pedras na vesícula não apresenta sintomas. As pedrinhas ficam lá dentro da vesícula, quietinhas, sem causar nenhum problema. Às vezes, são tão pequenas que saem junto da bile e acabam sendo eliminadas nas fezes, sem que o paciente tome ciência do fato.

Os sintomas começam a surgir quando a pedra torna-se maior que o orifício de saída da vesícula. Uma pedra grande pode ficar impactada na saída da vesícula biliar, impedindo a drenagem do restante da bile. Quando o paciente se alimenta, o estômago e o duodeno enviam sinais à vesícula avisando que está chegando comida, fazendo com que a mesma se contraia. O problema é que a saída está obstruída e a contração acaba gerando uma grande pressão dentro da vesícula, levando à típica dor da cólica biliar.

A cólica biliar é uma forte dor no lado direito do abdome, abaixo das costelas, que ocorre habitualmente após uma refeição. Quanto mais gordurosa for a alimentação, maior é o estímulo para contração da vesícula e, consequentemente, mais intensa é a cólica biliar. A dor em geral ocorre 1 hora após a refeição, momento em que o alimento começa a chegar ao duodeno. Depois que o alimento todo passa pelo duodeno, a vesícula relaxa, a pressão dentro dela diminui e a dor desaparece. A cólica biliar é, portanto, uma dor tipicamente associada à alimentação.

Em alguns casos o paciente apresenta múltiplos cálculos dentro da sua vesícula. Quanto maior o número de pedras, maior a chance de ocorrerem obstruções e sintomas.

Complicações possíveis do cálculo biliar

Colecistite

A colecistite é a inflamação da vesícula biliar que ocorre normalmente após obstrução persistente da mesma por uma pedra. A vesícula obstruída fica mais susceptível a infecções e inflamações. Bactérias naturais dos intestinos, como E.coli, Enterococo, Klebsiella e Enterobacter, costumam infectar a bile que fica estagnada dentro da vesícula obstruída, levando ao quadro de colecistite infecciosa. A colecistite (inflamação da vesícula) é, portanto, uma complicação da colelitíase (pedra na vesícula).

Ao contrário da cólica biliar onde a dor é limitada e desaparece após o relaxamento da vesícula fora dos períodos de alimentação, na colecistite a vesícula torna-se permanentemente inflamada e a dor é constante, estando habitualmente associada a vômitos e febre. Na colecistite a dor também pode piorar com a alimentação, mas não desaparece por completo com o jejum.

Curiosamente, cerca de 10% dos pacientes com colecistite não apresentam evidências de pedras na vesícula, não havendo causa aparente para o surgimento da inflamação.

E quando a pedra fica presa nas vias biliares?

Além da cólica biliar e da colecistite, a pedra na vesícula pode causar ainda outro problema. Alguns cálculos são pequenos o suficiente para sair da vesícula, mas são maiores que o diâmetro das vias biliares, ficando impactado nas mesmas, sem conseguir chegar ao duodeno. A impactação de uma pedra nos ductos biliares também causa obstrução à passagem da bile. Este quadro se chama coledocolitíase.

Quando há obstrução apenas da vesícula, a bile armazenada fica estagnada, mas a bile que continua sendo produzida no fígado consegue ser normalmente escoada pelas vias biliares. Por outro lado, quando a pedra impacta na via biliar, nem a bile do fígado nem a bile da vesícula conseguem ultrapassar a barreira. Esta bile represada volta para o fígado e começa a ser absorvida pelo sangue, levando a um quadro chamado icterícia, que é a coloração amarelada da pele e dos olhos devido ao acumulo de bilirrubina (bile) no sangue e na pele. A icterícia também ocorre em outras doenças do fígado, como hepatite e cirrose (leia: ICTERÍCIA | Neonatal e adulto).

Um quadro ainda mais grave surge quando a bile obstruída é contaminada por alguma bactéria vinda dos intestinos. Assim como a bile estagnada na vesícula pode se infectar causando a colecistite, a bile estagnada nas vias biliares quando contaminada provoca um quadro chamado colangite. A colangite é uma infecção grave das vias biliares, uma situação que costuma levar à sepse e tem alta mortalidade (leia: SEPSE / CHOQUE SÉPTICO).

Pancreatite por cálculo biliar

Um terceiro modo de obstrução causado por uma cálculo biliar é a impactação da pedra na saída do ducto do pâncreas. Neste caso, a pedra impede a secreção das enzimas do pâncreas, levando a um quadro de pancreatite aguda (leia: PANCREATITE CRÔNICA E PANCREATITE AGUDA).

Diagnóstico da pedra na vesícula

O exame inicial para o diagnóstico das doenças da vesícula e das vias biliares é a ultrassonografia. No paciente com dor abdominal o diagnóstico é feito em duas partes, primeiro identificamos a presença da(s) pedra(s) e depois tentamos saber se estas são a causa dos sintomas. Pedras na vesícula são muito comuns e nem toda dor abdominal pode ser atribuídas às mesmas. Muitas vezes o paciente tem uma gastrite, mas acaba culpando uma pedra assintomática pela sua dor. Tanto a cólica biliar quanto a colecistite possuem quadro clínico característico. Não basta achar uma pedra na vesícula para achar que o diagnóstico de qualquer dor abdominal estará feito (leia: DOR NA BARRIGA | DOR ABDOMINAL | Principais causas).

Exames como a cintilografia, ressonância magnética ou tomografia computadorizada podem ser úteis quando há dúvidas se existe inflamação ou não vesícula.

Tratamento da pedra na vesícula

Nos pacientes assintomáticos, que encontram uma pedra acidentalmente em exames de rotina, em geral, a conduta é expectante. Trabalhos mostram que menos de 15% das pessoas com pedras desenvolvem sintomas em um prazo de 10 anos. Além disso, a maioria dos pacientes que apresenta sintomas pelo cálculo biliar o fazem como cólica biliar, e não colecistite, colangite ou pancreatite. Portanto, a não ser que haja outros dados na história clínica, habitualmente não se leva à cirurgia pacientes com colelitíase assintomática.

Cirurgia de vesícula

Se o paciente apresenta sintomas da pedra, mesmo que somente cólicas biliares, a cirurgia está indicada. O tratamento mais comum nestes casos é a colecistectomia, retirada cirúrgica da vesícula. A colecistectomia pode ser feita por cirurgia tradicional ou por laparoscopia. Atualmente a cirurgia laparoscópica é a mais usada.

Nos casos de colangite, cálculos nas vias biliares ou pancreatite, o procedimento também é cirúrgico e visa a desobstrução das vias biliares. Após a desobstrução, retira-se também a vesícula no mesmo ato cirúrgico para evitar recorrências.

A vesícula é um órgão importante, mas não é vital. A maioria dos pacientes sem vesícula vive sem grandes problemas. Os principais sintomas que surgem após a retirada da vesícula são aumento dos gases e fezes mais amolecidas, principalmente após a ingestão de alimentos gordurosos.

Tratamento não cirúrgico do cálculo biliar

Nos pacientes com pedras predominantemente de colesterol e sem evidências de complicações, há a opção pelo tratamento com remédios. Existe uma substância chamada ácido ursodeoxicólico, ou ursodiol, que dissolve este tipo de cálculo. Através da tomografia computadorizada muitas vezes é possível avaliar a composição das pedras e indicar o tratamento com remédios. O tratamento com esta droga é bem lento e pode durar anos até dissolver totalmente a pedra. Se o paciente estiver tendo cólicas biliares, este tipo de tratamento não está indicado, pois ninguém vai manter o paciente com dor por tanto tempo.

Existe ainda a opção pelo tratamento com ondas de choque (litotripsia), semelhante ao feito com o cálculo renal.

O grande problema do tratamento não cirúrgico é a alta taxa de recorrência das pedras. Mais de 50% dos pacientes voltam a apresentar pedras em um intervalo de 5 anos.

Cálculos formados pelo uso do antibiótico ceftriaxona costumam desaparecer espontaneamente algumas semanas após a suspensão do medicamento.

Este artigo foi útil?  
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votos, Total: 4,89 de 5)
Loading...
VEJA OUTROS ARTIGOS SEMELHANTES
200 Comentários
  1. Luiz donadelli

    Parabéns pela explicação tirei bastante dúvidas ,porque eu tive dores e constou múltiplas pedras na ridícula de 12m. Estou aguardando cirurgia sem mais obrigado

  2. Joaquim Ferreira

    Amei o artigo. Muito explicativo em uma linguagem simples de entender. Nota 1000

  3. Nandressa Galavotti

    Excelente as explicações doutor.

  4. Kita Sousa Mary Kay

    essa cirurgia tem pelo sistema SUS de saúde doutor?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD. Saúde

      Sim.

  5. rose

    eu vou me operar e estou com medo

  6. Beatriz A S Marques de Oliveira

    Senti fortes dores e no atdmt emergencial, foi diagnosticado pedra na vesicula. Como sou alergica a anestesia, gostaria de saber se ha um tratamento alternativo. grata!

    1. Pedro Pinheiro

      Alérgica a que anestesia? Existem diferentes substâncias. Você com certeza não é alérgica a todos os anestésicos.

  7. Marcia

    Dr. Meu filho tem um aninho e é deficiente de G6pd, ao fazer uma ultra para verificar o figado e o baço, foi visualizado uma pedra de 0,3 na visicula… Ela pode se desfazer? É necessário cirurgia nesse caso? Tem algo (alimentação) que eu possa fazer?

    1. É uma pedrinha muito pequena, se ele não tem sintomas, não precisa operar só pela existência da pedra.

  8. flavio do nascimento

    Ola Dr bom dia outro dia me apareceu uma forte dor na barriga que subiu até o abdomem e passou ao lado direito do estomago ja fui ao medico e só me passaram remedios para dor nao estou tendo alteraçao em absolutamente nada tipo enjoos fezes urina nada nao tenho problemas com comida bebida mas ha dor é constante e sempre tenho febre,sera pedras na vizicula?

    1. Pode ser inflamação da vesícula. Se você tem dor e febre, tem que investigar melhor a sua situação.

  9. Braian

    Dr. Minha mãe descobriu há 5 meses atrás que está com pedra na vesícula e só agora (há uns 2 meses atrás) que ela vem apresentando dores constantes. Como não está inflamada, os médicos estão dando medicamentos para aliviar as fortes dores, mas os mesmo não estão mais fazendo efeito e como os medicamentos são fortes, segundo os médicos, ela não pode toma-los frequentemente. A cirurgia dela está marcada para o mês que vem, mas as dores não passam e eu como filho, estou preocupado. As dores dela sempre vêem depois da alimentação. Tem algum remédio/chás caseiros para aliviar essas dores?

    1. Nem remédios caseiros nem chás vão aliviar a dor dela. Tem que fazer medicação de verdade.

  10. Nadia Maria Santos da Cruz

    Agora sei porque fiquei nesse estádo de dor , nunca liguei pra minha alimentação e ainda sou gordinha passei pelo cistema sanfona por varios anos . Já procurei o MÉDICO PRA PODER MARCAR A CIRURGIA .

  11. Cristiane Negrão

    ola boa tarde tenho pedra na visicula e ja foi indicada a cirurgia to so a espera para consulta com anestesista mais estou achando que estou gravida nao tenho ainda a certeza ! posso opera mesmo gravida ?

    1. Se você estiver grávida, e não houver urgência, o ideal é esperar pelo 2ª trimestre ou pelo fim da gravidez para operar a vesícula.

  12. Renata Shinjo

    Olá, minha mãe foi diagnosticada com pedra na vesícula de 1,5 cm!! Gostaria de saber como é a cirurgia, é a laser, ou é retirada toda a vesícula? Provavelmente o que causou a formação, além da idade, é o colesterol alto..

    1. A forma de cirurgia para retirada da vesícula mais comum é por videolaparoscopia.

  13. Marcio Martins

    Boa tarde! Tenho 34 anos e feito exames de rotina constatado que tenho duas ou três pedrinhas na visicula a maior de 6,6mm, o médico mandou eu me cuidar na alimentação e fazer novos exames daqui 3 meses. Não tenho nenhum sintoma, e queria saber se essas pedras podem pelo tamanho serem expelidas, ou se acha melhor fazer a cirurgia visto minha idade?

    1. Habitualmente não se faz cirurgia em pacientes saudáveis e assintomáticos.

  14. Claudio Alves

    Dr . queria saber se pedra na vesícula sendo pequena pode sair na urina ?

    1. Impossível, a vesícula não tem nenhum contato com o sistema urinário.

  15. Edimeia Bispo

    Obrigada pelo esclarecimento, já marquei o clínico geral!

  16. Fernando Hipolito Ferreira

    ola dr tenho que fazer um trabalho sobre esse assunto para faculdade mas não intendi direito como sao formadas as pedras na vesícula,qual o principal fator a ma alimentação ?

    1. As pedras surgem quando a bile fica muito concentrada. Existem dezenas de fatores que podem influenciar na sua concentração, incluindo fatores genéticos. O fator mais importante, porém, é a idade.

  17. Petronila Coelho

    Boa noite, gostaria de saber se quem tem pedra na vesícula fica com intestino preso. Obrigada. Petronila Coelho – Petrolina – PE.

    1. Se a vesicula estiver inflamada, pode haver alteração do trânsito intestinal.

  18. suzinei

    ola dr. Pedro suas explicaçoes sao bem claras.obrigada

  19. Rosana Martinelli

    Dr,estou vomitando há mais de 30 dias e perdi 15 kg,não fica nada da alimentação ingerida,isto seria algo na vesícula?

    1. Pode ser muita coisa. Já está na hora de você procurar atendimento médico.

  20. André Braz Nunes

    Dr. minha noiva foi diagnosticada recentemente com pedras na vesícula, e sempre sentia dores abdominais fortes e muita ânsia de vômito, o que fazer para aliviar as dores até a cirurgia, se for o caso? Antecipadamente agradeço!

    1. André, não posso indicar medicamentos pela Internet, ainda mais sem nunca ter visto sua noiva na vida. Ela precisa ir ao médico para ele controlar a dor até que a cirurgia possa ser realizada.

  21. Jaqueline Santos

    Doutor, fiz uma ultrasonografia e o doutor disse que eu tinha pedras na vesícula mais eram pequenas , mais o único sintoma que sinto é enjoo que vai e volta, e quando tomo omeprazol eu nao sinto o enjoo. será que esse enjoo tem haver com pedra na vesícula ? E será que é necessário operar?

    1. Não me parece que o enjoo tenha relação com as pedras. Se melhora com omeprazol, é mais provável que seja algo como gastrite.

  22. j.wilson

    bom dia dr.minha esposa foi diaguinoticada com inumeros calculos na vesicula . ela 22 anos, tem gastrite leve intensidade,ela faz tratamento com omeprazou mesmo assim as dores e enflamaçao no abdome superior direito e´ constante ,acompanhadas de diareias por alguns dias.o medico disse pra ela retirar a vesila. vc acha que e´a melhor tratamento? e se asdores estao relacionadas com as pedras na vesiculas?obrigado

    1. Se ela tem inúmeros cálculos, a retirada da vesícula é mesmo indicada.

  23. Nathalia Tamires

    Boa tarde !
    Dr. Descobri que tenho pedra na vesícula na gravidez. Agora tenho que fazer uma cirurgia,mais tenho um bebê de 2 meses e pouco.. Gostaria de saber se posso fazer agora ou se tenho que esperar um pouco ?

    1. Quando não é uma urgência, as cirurgias que costumam ser realizadas na gravidez são feitas durante o 2 trimestre de gestação.

  24. Jaqueline Silva

    Dr. minha vó esta com pedra da vesícula é ela tem 85 anos , qual é a melhor coisa a fazer? pela idade dela

    1. Se ela está sem sintomas, o ideal é só observar.

  25. ramon leonardo viana barreto

    doutor tenho pedra na vesicula a minha mede 3cm , o meu pai tambem teve 3 de 3cm . isso pode ser de caracteristicas ereditarias?

    1. Quase todas as doenças tem um componente genético na sua origem. História familiar é sempre um fator relevante.

  26. keila

    Doutor, eu fiz uma ultrassom e foi constatado pedra na vesícula as minhas são várias e pequenas, porém sinto muita cólica e uma dor intensa nas costas, será que nesse caso seria só cirurgia?

    1. Se você tem muitas pedras e elas causam sintomas, é provável que a cirurgia seja a melhor opção.

  27. Rochele

    Doutor ,

    Muito bom seu site, a tecnologia tem grande valor pra quem sabe realmente usar . Parabéns pela idéia . Muito bom seus artigos , bem explicativos .
    Abs

  28. Maria Aparecida Campos

    Boa noite!!! Fiz ultrasom e pelo o exame foi constatado cálculo na vesícula. O médico disse que são muitos calculos, mas, nunca senti dores referentes. Sou portadora do vitiligo. Gostaria de saber se eu fizer a cirurgia vai favorecer no tratamento acelerando um resultado positivo e eficaz para o vitiligo. Uso medicamentos homeopaticos e também faço fototerapia. Obrigada.
    Sou de B.H.

    1. Pedro Pinheiro

      O mais provável é que não interfira em nada no seu vitiligo.

  29. rosana magrino

    gostaria de saber qual a especialidade certa para tratar cálculo na vesículo

    1. Pedro Pinheiro

      Se o tratamento for cirúrgico é o cirurgião geral, se for não-cirúrgico é o gastroenterologista.

  30. Carmen Amaral

    Dr. Pedro Pinheiro, parabéns pelo site!
    Conforme os exames eu tenho pedras na vesícula, mas se passaram tres anos e nunca mais tive dor nenhuma, será que eu tenho MESMO que fazer essa cirurgia?
    E pedras na vesícula faz com que tenhamos aumento de peso?
    Muito Grata pela sua atenção.

    1. Pedro Pinheiro

      1- Depende dos riscos e benefícios. Nem sempre é preciso fazer cirurgia, mas cada caso é um caso.
      2- Não.

  31. Andreia Negreiros

    é muito bom esse blog.Parabéns…………..

  32. Micheli

    Bom dia! Fui fazer uma ultra e apareceu o calulo na vesícula , não tenho nenhum sintoma , mas como tenho outros casos na família , o médico acha melhor operar.Este é o procedimento mais indicado?

    1. Pedro Pinheiro

      Não há um consenso. Em geral, não se opera vesícula com cálculo assintomático, mas isso depende de alguns fatores e da experiência do cirurgião.

  33. Neusa costa

    Pode ocorre dor do lado esquerdo respondendo nas costas antes e depois das refeições.

    1. Pedro Pinheiro

      Poder sempre pode, mas não é o habitual.

      1. lorena menezes

        eu tambem sinto muita dor nas costas e abaixo do seio direito quanto o senhor me cobra nessa cirugia

        1. Pedro Pinheiro

          Eu não sou cirurgião. Não opero ninguém.

  34. solange girotto

    boa tarde dr. com crise de dor na vesícula a 15 dia e comecei a vomita secreções de sangue isto e grave. por me mande a resposta

    1. Pedro Pinheiro

      Vomitar sangue nunca é bom sinal. Vá a um médico.

  35. miriam simao

    oi gostaria de saber, se gravida pode fazer a cirurgia biliar, e quanto tempo minimo e necessario que a pessoa fique afastada do trabalho? e se pode gravida qual tipo ela podera fazer a leiser ou o corte? grata

    1. Pedro Pinheiro

      Sim, grávidas podem operar. A cirurgia é com corte. Em relação ao afastamento do trabalho, não sei te responder.

  36. Ana

    Doutor pedra na vesicula pode dar refluxo gastroesofagico?, descobri que tenho pedras na vesicula, porem o unico sintoma que tenho e azia constante. fiz endoscopia e nada constou no estomago. desde ja grata

    1. Não provoca refluxo, não.

  37. Adriana Martins

    oi retirei a vesicula fazem 8 dias, por meio de cirurgia aberta, estou com uma grande região abaixo do corte vermelho e anestesiado e isso está me preocupando, e quando acaba a região anestesiada não posso nem tocar que doe muito o q devo fazer? procuro um medico ou é normal?

    1. Converse com o cirurgião.

  38. Alda de Oliveira

    é normal ter diarreia apos retirar a vesicula?como acabar com esse problema?

    1. Pode ocorrer em alguns casos. O ideal é procurar um gastroenterologista para ajudar no tratamento.

  39. Roberta Garcia

    durante a realização do procedimento da laparoscopia para tirar a vesicula, é possivel detectar se esta gravida?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Não, mas nos exames de imagem que antecedem a cirurgia, sim. A não ser que seja uma gravidez muito precoce.

  40. tania mara da silva

    estou com muita dor tenho pedra na visicula tem como me afastar do trabalho até a cirurgia

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Se o seu médico lhe der baixa e a cirurgia estiver programada a curto prazo, sim.

  41. Dionester Vieira

    Estou com uma forte dor do lado esquerdo pode ser tbm ?

    1. Poder até pode, mas não é o habitual.

  42. ruth

    quantos dias ficam de reposo apos a cirurgia

    1. Depende da cirurgia. Se for por vídeo e correr tudo bem o repouso é bem curto.

  43. Fátima Esteves

    tenho uma duvida, ao fim de operada á vesicula é normal sentir dores do lado direito do abdomen? Poderei ter pedra outra vez na vesicula’

    1. A cirurgia consiste na retirada da vesícula. Por isso não há como ter pedra na vesícula de novo.

  44. GILSE

    Boa tarde DR ,queria q o DR me esclarecesse melhor o q é colecistopatia cronica calculosa, agradeço desde já.

    1. É a presença crônica de pedras na vesícula.

      1. GILSE

        muito obrigada!

  45. Maria Lila

    Pedras na Vesícula

    Tenho passado muito mal. Foi constatado pedras na vesícula. Não posso comer que passo muito mal, as dores são terríveis. Não consigo vaga nops hospitais para operar e não estou suportando mais. Por favor, o senhor pode me operar? mariabessem@gmail.com

    1. Eu não sou cirurgião. Minha especialidade é clínica geral e nefrologia.

  46. Katyane Alves

    Após a cirurgia de retirada da visícula, a probabilidade de ganho de peso aumenta ou é efeito contrário

    1. Em geral não ocorre nem um nem outro.

  47. luciano ribeiro

    dr.minha mae tem 77 anos sera que ela pode fazer a cirurgia…..

    1. Depende do estado de saúde e físico dela.

  48. patrick.izidro

    Doutor, eu tenho 16 anos e sou um menino. O médico disse que eu tenho uma pequena pedra na vesícula e vou ter que acabar fazendo essa maldita cirurgia. Será que a pedra não pode sair com o bile e ir pelas fezes? É tão pequena…

    1. Teoricamente sim, mas não tenho como opinar no seu caso particular.

  49. sonyjacy

    Boa noite Dr. Pedro, Feliz 2013, gostaria de saber se pessoas com pedras na vesícula e gastrite pode fazer uso de manga na alimentação.

    1. Não há contra-indicações.

  50. Salvador Bahia

    Boa tarde, Dr. Pedro! Como foi de festas? Espero q bem. Tenho cálculo biliar e já tenho previsão para cirurgia. Será no meado deste mês. Gostaria de saber o q devo fazer após as refeições!
    Permanecer sentado, andar ou deitar (de q lado)?
    Abs! Feliz 2013!

    1. O ideal é não deitar após as refeições. Mas essa orientação serve para qualquer pessoa.

  51. sonyjacy

    Bom dia Dr. Pedro gostaria de saber quais alimentação não é recomendado a pessoa que sofre de pedras na vesícula

    1. O principal é evitar alimentos gordurosos.

  52. JaquelineAACruz

    Boa tarde Dr. Pedro, no caso de bebês de 5 meses serem diagnosticados com Colecistopatia Calculosa, a vesícula pode ser retirada nessa idade sem prejudicar o seu desenvolvimento?

    1. Jaqueline, não tenho nenhuma experiência com bebês. Eu lido somente com população adulta. Isso tem que ser perguntado a um pediatra.

    2. Ary Rodrigues

      Olá, tudo bem? Dr. Pedro Pinheiro!
      Venho, por meio deste informar ao Sr. Dr. Pedro, que eu estou com crise de vesícula, e ao fazer um exame de ultrason, acusou pedra e inflamação na vesícula, teria alguma solução, por meios de ervas ou medicamentos pra, tirar ou absorver pedras de vesícula, sem precisar de operar, tenho receio a operação, hoje estou com 53 anos de idade, já que estamos falando de pedras(cálculo), não haveria de uma forma um laser, pra destruir pedras de vesícula, como fazem com pedras nos rins?
      Obrigado, eu sou de Recife-PE. Um forte abraço abençoado, que Deus lhe dê muitas vitorias e muita saúde, Dr. Pedro Pinheiro, o senhor é um anjo do povo.

      1. O único tratamento definitivo é a cirurgia. A litotripsia só funciona bem para cálculos renais.

  53. periso

    Que tipos de alimentos devem ser evitados para evitar ou minimizar a formação de pedras na vesícula ? A propósito, achei o seu blog, as suas explicações muito bem elaboradas. Parabéns !!

    1. Não há uma alimentação que previna.

  54. Vania

    amei vcs sao muito competente

  55. hugo

    tenho uma pedra na vesícula de 3.6 cm. posso fazer exercícios físicos normalmente, como correr durante uma hora, flexões, abdominais e etc? obrigado.

    1. LiDiAnE... s2s2s2

      eu tbm tenho pedra na vesicula e frequento academia normalmente

  56. Kailla 2006

    adorei !!!! estava com duvida mas agora tudo se esclareceu

  57. Emilia Malvar

    POdemos viver sem problemas com a retirada da vesícula?. Há um ano retirei a minha que estava infecccionada e com pedras.

  58. Silvana Mesquita

    Ontem fiz um ultrassom e fui diagnosticada com calculos na vesícula.O único tratamento é a cirurgia? Morro de medo de anestesia. Pode ser feita só com anestesia local?

    1. Local não, a vesícula é um órgão que fica dentro do abdômen. É preciso no mínimo uma raquianestesia.

  59. wilma

    porque ainda sinto fortes crises sendo que já fiz a 3 meses colecistocmia(colelitiase)

    1. À distância, não tenho como saber, Wilma. Você tem que perguntar para o seu médico.

  60. Lucasrochaleite

    doutor uma gestante com pedras na vesicula pode fazer cirurgia? se nao o que deve tomar para aliviar ador?

    1. Pode. Geralmente é feito no segundo trimestre.

  61. Ina_sales

    tenho 9 meses de operada da visicula e logo acima da cirurgia esta inchada tem perigo de ser uma hernia desde ja lhe agradeço

    1. Pode ser uma hérnia incisional. Mostre a lesão ao seu cirurgião.

  62. Cely

    Dr. o que o senhor acha das receitas caseiras que fazem as pessoas expelir as pedras pela a fezes?

    1. Não conheço receitas caseiras que sejam cientificamente comprovadas.

  63. elisabete

    Ola!!1 Gostei muito do seu artigo. Mas gostaria de saber que so o exame ultrassonografia abdominal total eh suficiente para o tratamento ou ha outro exame especifico para determinar o tamanho, das pedras onde consta o diagnostica: colecistopatia cronica calculosa, se ha possibilidades do tratamento sem a danada cirurgia.

    Grata pela atencao,
    Elisabete

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Geralmente o ultrassom basta.

  64. Acbertoli3

    Boa!

  65. Ane2003

    Com a retirada da visicula inda é possivel engravidar?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Sim, não atrapalha nada.

  66. Debinha Bonequinha

    ola,tenho 23 anos e descobri atraves de uma ultrassonografia que tenho pedra na visicula de 14mm, è preciso operar.o medico disse que sim,mas estou com um pouco de medo.

    1. Se você não tem sintomas a cirurgia é discutível.

  67. Estela

    a pessoa que retira a visicula tem mais facilidade paraemgrecer?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Teoricamente sim, pois pode haver uma maior dificuldade em digerir gorduras.

  68. Ariadne Rosa da Silva

    Olá Dr. meu nome é Ariadne, e eu estou com sintomas parecidos com pedra na vesícula. Meus sintomas (cólicas abdominais do lado superior direito acompanhado por vômito após duas horas depois do aparecimento das dores) sempre aparecem por volta das 11horas da noite e só terminam às 6horas da manhã.
    Eu gostaria de fazer-lhe uma pergunta: sintomas de vômitos também indicam pedra na vesícula?

    1. Podem fazer parte do quadro.

  69. Jamessmoura

    Dr. meu marido fez uma cirurgia para retirada da vesicula à 01 mês. ele reclama de muitas dores no local da cirurgia e a barriga fica um pouco inchada às vezes. Isso pode indicar alguma complicação ou é normal??

    1. Com 1 mês já não era para doer tanto assim.

  70. Marta

    Olá doutor, gostava de saber quais os remédios naturais que poderão resolver o problema das pedras na vesícula.

    1. Nenhum tratamento caseiro para pedra na vesícula tem comprovação científica de cura.

  71. Elizete-sardi

    Doutor ultimamente estou com muitas dores embaixo das costelas já procurei o médico e me pediram para fazer uma eco abdominal total, tenho várias dúvidas,será que na eco aparecerá se tenho ou não pedras na vesícula? beber cervejar pode causar isto? obrigada se me responderes. 

    1. 1- Sim.
      2- Não.

  72. Helena

    Retirei a minha vesícula há uns 5 anos
    Quase sempre que vou ao banheiro, além da urina eu evacúo.
    É normal isso?

    1. Não é normal e não deve ter relação com a cirurgia.

  73. Nadiauepa

    Minha avó tem 91 anos e está com pedra na visicula de 9 milimetros. Esse tamanho é considerado grande? Ela sente dores fortes, ela pode fazer cirurgia tendo 91 anos?

    1. É um tamanho razoável, mas aos 91 anos é bem complicado operar.

  74. Pandora-cat

    Para todos que sofrem desse problema de vesícula, recomendo a retirada por videocoloscopia. Tres furinhos e no mesmo dia já em casa, hoje irei retirar os pontos de minha cirurgia de retirada de vesícula. E como o doutor Pedro acima disse, os sintomas são mínimos. Força para quem está sentindo dores, faça uma visita ao seu médico e faça a cirurgia. Vania Maris

  75. Iara Maria

    Muito esclarecedor. Ignorância total no assunto. Diagnóstico achado e aliviado por vocês. Obrigado. E quanto o penúltimo parágrafo não penso em “perda de tempo” e sim ganho, pois para nós ignorantes no assunto vocês estão ganhando muito, não só o que diz respeito às 24horas. Muito obrigado.

  76. Vanessa

    Olá gostaria de saber que que eu faço se a crise da visicula for mas forte que e nesperado.

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Vá a um médico.

  77. Paulinhamartins

    Eli Regina
     
    Dtr.é comum perder muito peso apos um mês e meio da cirurgia de vísicula?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Pode acontecer. Mas o ideal é falar com o médicompara ter certeza que está tudo bem.

  78. Carla Fabi Pinheiro

    ola boa tarde!!!!!!!!!!! muito interessante o site Dr. Pedro Pinheiro sou estudante de medicina  e achei a informação importante para a população. Parabéns!!!!!!!!!!!!!!1

  79. Seli

    Olá.
    Quanto tempo devo após a cirurgia ter alguém pra me ajudar a fazer as coisas dentro de casa? Como limpeza, almoço… essas coisas.
    Obrigada
    Seli

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Depende da cirurgia, mas geralmente não se deve fazer esforços nas 2 primeiras semanas.

  80. Nós somos apenas um site. Não operamos ninguém.

  81. Saulo_ja

    Rico em informações.

  82. Rose Nalda

    gostaria de saber qual é o lado que fica a vesicula direito ou esquerdo? pois sinto dores do lada esquerdo sempre na madrugada. quero saber quais os alimentos quer não posso comer?

    1. A vesícula fica à direita.

  83. simone

    muito bom e esclarecedor demais adorei

  84. claudia furtado

    Dr estou com perda na vesícula gostaria de tirar uma dúvida.
    Estou com umas perdas não sei quantas,é de 2,6 sentimetros.
    Queria saber se o peso causa as doeres e apresenta as crise na vésicula.
    Porque eu lido com idoso e pego peso .
    Não sentia nada agora estou tendo dor costante….

    1. A princípio, pegar peso não influencia na sua vesícula.

  85. Laudelina-xavier

    Adorei esta reportagem,fiquei sabendo dois tipos de tratamentos,que talvez de certo,obrigadoooooo

  86. Convidado

    Parabens pelo trabalho :)) 

    muuito legal 

  87. Bruna_karine X

    nossa isso é mtu legal é ainda + legal para nós do ensino médio e presisamos dele para fikar bem informado do nosso corpo humano.
     

  88. Nilson

    se a dor for do lado esquerdo está descartado ser vesícula ??

    1. Torna-se pouco provável.

  89. Renata Souza

    Gostaria de parabenizá-los pelas informações claras e precisas, bem como as ilustrações do site. Há cerca de uma semana internei-me para uma colangioscopia, e futuramente devo retirar a vesícula.

  90. Anilton

    Gostaria de saber se a visicula com calculos pode apresentar elevação nas enzimas hepaticas ?

    1. Normalmente não. Só se os cálculos migrarem e obstruírem as vias biliares.

  91. Artur

    Dr. Pedro.
    Parabéns pelas informações neste site.
    É muito importante estas orientações bem apresentadas pelo Senhor.
    Gostaria de perguntar o seguinte: também retirei minha vesícula por laparoscopia. Depois de cinco meses é que comecei  a ter problemas com diarréia crônica. Minha dúvida é o seguinte: Caso a diarréia persistir, isto pode acarretar algum problema no fígado? ou em algum outro órgão?.
    Agradeço a atenção e aguardo se o Senhor puder sanar minha dúvida.

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Não. Mas sugiro que vc procure um gastroenterologista para controlar essa diarreia

  92. Fau A F

    retirei minha pedra da vesicula,mas ela alem de ser preta é umida e tem um mal cheiro muito forte.porque será?

    1. Todas são mais ou menos assim.

  93. Lika

    tenho uma dor abdominal lado direito já fiz cirurgia de apendicite , a pouco tempo fiz um rx do abdome se tiver pedra  sai no rx…

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Pode sair, mas não necessariamente. Depende da composição da pedra.

  94. Raca

    Boa Tarde Dr. Tenho duas pedras grandes e muitas pequenas. Tive 2 ep. de pancreatite e tinha cirurgia marcada para sexta feira, só q a seguradora negou o pedido alegando ser “pré-existente”. Que argumento clinico posso usar para contestar a decisão deles? Quanto tempo leva para formar uma pedra na vesicula? Um, dois anos? 

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Acho que você deveria procurar um advogado. Uma coisa é ter pedra na vesícula durante anos, outra é ter indicação para cirurgia. Não importa que você tenha pedra há 20 anos se a indicação de cirurgia só surgiu agora.

  95. Tacianacruz

    pedra na visicula da dirreia

  96. Deise soares

    quem tem pedra  fica com problemas nos olhos tipo como se estivesse com conjutivite

  97. Janaina

    Janaina Avelino 
    Pedra na vesicula pode virar um cancer?

  98. José Roberto Rodrigues

    Boa tarde Dr. minha mãe tem 84 anos e ja sofreu de AVC, agora foi diagnosticado pedra na vesicula. para a idaade dela esta operação é de risco?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Qualquer cirurgia em pacientes idosos apresenta mais riscos.

  99. Camilaejone

    a pedra na vesicula pode causa  asuspencao da mestruacao  ou enterronper pois eu tenho esse problema quado me enxugo esta sangrado mas nao passa pro absorvente por favor tire minha duvida     sou camila

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      A simples presença da pedra de vesícula não interfere na menstruação.

  100. Lais

    Olá…

    Tenho sentido umas dores na parte abdominal, que vai da altura do estômago até a parte de trás das costas, mas só do lado direito. E sempre só alivia um pouco as dores depois que eu vou ao banheiro e depois  de vomitar. Passei a sentir essas dores de um ano pra cá, só que elas não eram tão frequentes  como ultimamente. Dá última vez eu fui parar no Pronto-Socorro. E o médico disse que poderia ser vesícula, pelos sintomas que eu venho lendo na internet, são as mesmas coisas que eu sinto. Só não sei qual a especialidade médica que devo procurar. Será que alguém pode me ajudar? 
    Desde já obrigada!

    1. Gastroenterologista.

  101. Mauro Cusma

    ola..minha filha de 11 anos tem 2 pedras grandes (segundo os 2 ultrasons que fez). o medico que fez ao 1º disse que teria que fazer a cirurgia, e pediu o encaminhamento para o cirurgiao pediatrico. Passamos pelo  cirurgiao e ele disse que queria um segundo ultrassom para avaliar tambem, o que foi feito. retornamos com outro cirurgiao que disse que seria necessario a cirurgia e este encaminhou para uma terceiro cirurgiã,que seria a que iria fazer a intervenção. Ela viu os exames, fez varias perguntas, como do tipo “se minha filha ja esteve internada e tomou um certo tipo de antibiotico, e dissemos que sim, por 2 vezes por problemas de pneumonia. qual o tipo de alimentação que ela teve, etc..etc..e o diagnostico que ela passou foi para esperarmos mais 3 meses e fazer um novo ultrasom   pois em crianças que tomaram esse antibiotico geralmente tinham um grande risco de terem esses calculos, e que se ela tivesse dores, ou algum mal-estar o que tem ocorre, era para administrar buscopan. Nossa duvida é, aguardamos esses 3 meses para uma nova avaliação ou pedimos a opinião de um 4º especialista?
    obrigado…

    1. Não tenho como opinar sobre o caso em si à distância. O que posso dizer é que pedras na vesícula podem ser causadas pelo antibiótico ceftriaxone. Se for caso, elas costumam desaparecer sozinhas após algumas semanas.

  102. Mary_13bg

    oi meu nome e marin a ja tenho um  tempo com  dores . so descobri tres pedra na visicula
     m as tem um poblema estou gravida de 1 mes e acho que ia operar eu posso operar m esmo gravida ?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Se precisar, o ideal é esperar pelo 2o trimestre para operar.

  103. Elizeialacerda

    Minha filha tem 15 anos e esta com lama biliar, isso é normal?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Ter lama biliar nunca é normal.

  104. maria das graças barbosa lyra

    Boa Noite Dr Pedro

    Fiz exames de rotina e o reutado foi uma pedra na vesicula de 8.3 mm tenho 63 anos e nunca tive problema de vesicula!
     

    me tranquilize doutor estou muito nervosa tenho muito medo de cirugia!

      Obrigado e vou aguardar sua resposta
       Boa noite!

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      A princípio, a simples presença de uma pedra não indica cirurgia.

  105. Lucas

    eu fui diagnosticado com pedra na vesícula e gostaria de saber se após a cirurgia de retirada da vesícula eu poderei novamente comer produtos gordurosos e/ou refrigerantes, etc

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      A princípio sim.

  106. Dorismar

    Caro Dr. Pedro Pinheiro, O paciente com pedra na vesicula alem da dor intensa por tambem ter crise de vomitos?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      pode

  107. Villaamore

     oi retirei a visicula faz um mes mas tenho muitas dores de cabeça, gostaria de saber se isso é normal?

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Não.

  108. Luiz Salac

    Prezado Dr. Pedro Pinheiro. Me encontro com pedras na vesícula e gostaria de fazer uma consulta com o senhor. Gostaria de saber se o senhor possui clínica particular. Favor enviar o telefone de contato. Atenciosamente Luiz Salac

    1. Dr. Pedro Pinheiro - MD.Saúde

      Não faço atendimento particular. Além disso, moro em Lisboa, Portugal.

  109. Ari-adne

    bom … minha q esteve pesquisando por aqui e acredito q tenha ajudado a ela embora nao seja exatamente o problema dela ne . mas se fosse mesmooo teria ajudado.mas o seu site serviu de pesquisa um novo conhecimento sobre novas doenças e seus riscos , cuidados , tratamentos .

    agradecida
    zuleika e ariadne

Deixe um Comentário

Antes de comentar, leia as REGRAS PARA COMENTÁRIOS.

Seu email não será publicado.