Navegando pela Categoria

Nefrologia

Seção com todos os artigos do site MD.Saúde sobre o assunto Nefrologia

INFECÇÃO URINÁRIA DE REPETIÇÃO – Causas e Prevenção

Dizemos que um paciente tem infecção urinária de repetição ou infecção urinária recorrente, quando ele ou ela apresentam 2 ou mais episódios de infecção em um intervalo de 6 meses ou 3 ou mais infecções em um intervalo de 1 ano. A infecção urinária de repetição é comum nas mulheres e não costuma estar relacionado a nenhum problema anatômico no trato urinário. Já nos homens, a infecção urinária é um evento raro; quando ela ocorre com frequência, quase sempre é porque há algum problema estrutural…
Leia mais...

CARAMBOLA É TÓXICA PARA RINS E CÉREBRO

A carambola (Averrhoa carambola) é uma fruta bastante popular nos países de clima tropical e subtropical. O seu consumo se dá não só através da própria fruta ou do seu suco, mas também através de chás, extratos, concentrados e ervas medicinais. A divulgação da carambola como medicamento natural é especialmente problemática, porque a fruta é reconhecidamente perigosa para pacientes com doenças renais e até para pessoas saudáveis, caso seja consumida em excesso. Não há evidências científicas de…
Leia mais...

CISTITE DA LUA-DE-MEL – Infecção Urinária Após Sexo

A cistite pós-coito, também conhecida como cistite da lua-de-mel, é o nome que damos ao quadro de infecção urinária que surge nas primeiras 24 a 48 horas após uma relação sexual. Ao contrário do que muita gente imagina, a cistite pós-coito não é uma doença sexualmente transmitida nem está relacionada à má higiene íntima do(a) parceiro(a), apesar de ser uma infecção que é efetivamente facilitada pelo ato sexual. Neste artigo vamos explicar por que o sexo é um fator de risco para o…
Leia mais...

COMO PREVENIR AS DOENÇAS DOS RINS

A insuficiência renal crônica, também chamada de doença renal crônica, é uma doença silenciosa e bastante comum, apesar de receber pouca publicidade e ser desconhecida da maioria da população. Algumas estatísticas nos ajudam a entender a relevância da doença renal crônica: • Cerca de 10% da população mundial possui algum grau de lesão renal. • No Brasil, a estimativa é de que existam 13 milhões de pessoas com algum grau de doença renal, sendo que a imensa maioria não sabe que tem problema nos…
Leia mais...

MACRODANTINA (Nitrofurantoína) – Posologia e Contra-Indicações.

A nitrofurantoína, também conhecida pelos nomes comerciais Macrodantina (Brasil) e Furadantina (Portugal), é um antibiótico antigo, presente no mercado desde a década de 1950, mas que ainda é muito útil no tratamento e na prevenção da infecção urinária, principalmente da cistite, que é a infecção da bexiga. A nitrofurantoína é um antibiótico muito usado no tratamento da cistite nas mulheres grávidas, principalmente no 2º e 3º trimestres, pois muitos dos outros antibióticos habitualmente…
Leia mais...

DOENÇA DE LESÃO MÍNIMA – Síndrome Nefrótica Infantil

A doença de lesão mínima, também conhecida como nefropatia por lesão mínima, doença glomerular por lesões mínimas ou síndrome nefrótica por lesões mínimas, é uma doença dos rins, muito comum nas crianças, que se caracteriza pela perda exagerada de proteínas pela urina. Entre os sinais e sintomas da doença de lesão mínima, o principal é a retenção de líquidos, que costuma provocar inchaços por todo o corpo, incluindo a face, barriga e os membros inferiores. A doença por lesão mínima costuma…
Leia mais...

COMO É A SESSÃO DE HEMODIÁLISE

Como os rins são órgãos vitais, não há como sobrevivermos sem eles estejam funcionando minimamente. Quando os rins param de funcionar, o paciente só tem 3 opções: transplante renal, hemodiálise ou diálise peritonial. Esses três tratamentos fazem parte do que chamamos de terapia de substituição renal, que, como o próprio nome diz, são tratamentos que visam substituir os rins naturais. A hemodiálise (HD), assunto que iremos tratar aqui, é, portanto, uma das opções de tratamento que permite que o…
Leia mais...

Quantos litros de água devemos beber por dia?

A água é o principal componente químico do nosso organismo. O ser humano consegue sobreviver muito mais tempo sem consumir alimentos do que sem ingerir água. Precisamos tanto da água, que cerca de 60% do peso do nosso corpo é composto apenas por ela. A desidratação, que é o nome que damos  à redução do volume de água no organismo, pode causar sérios problemas de saúde, inclusive morte, nos casos mais graves. Por outro lado, o consumo excessivo de água também pode ser prejudicial, pois pode…
Leia mais...