CLORIDRATO DE CIPROFLOXACINO | Bula simplificada

O cloridrato de ciprofloxacino (ou ciprofloxacina) é um antibiótico da família das quinolonas, quimicamente semelhante a outras drogas da mesma família, como norfloxacino, ofloxacino, levofloxacino, moxifloxacino entre outros.

Publicidade

O ciprofloxacino é um antibiótico muito usado para o tratamento das infecções urinárias, diarreias bacterianas e infecções da próstata.

Neste artigo vamos abordar os seguintes pontos sobre o ciprofloxacino:

  • Para que serve o ciprofloxacino.
  • Nomes comerciais.
  • Como tomar.
  • Efeitos colaterais.
  • Contra-indicações.
  • Interações medicamentosas.

Atenção: este texto não pretende ser uma bula do ciprofloxacino. Nosso objetivo é ser menos técnico que uma bula e mais útil aos pacientes que procuram informações sobre este medicamento.

Para que serve o ciprofloxacino

O ciprofloxacino é uma quinolona de 2ª geração, com ações contra diversas bactérias, incluindo: Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Haemophilus influenzae, Proteus mirabilis, Klebsiella pneumoniae, Moraxella catarrhalis, Shigella, Salmonella, Neisseria gonorrhoeae, Enterobacteriaceae, Pseudomonas aeruginosa e Proteus mirabilis.

Entre as infecções que podem ser tratadas com a ciprofloxacina, podemos citar:

– Cistite (leia: INFECÇÃO URINÁRIA | CISTITE).
– Pielonefrite (leia: INFECÇÃO URINÁRIA | Pielonefrite).
– Prostatite (leia: PROSTATITE | Sintomas e tratamento).
– Gonorreia* (GONORREIA | Sintomas e tratamento).
– Diarreias bacterianas (leia: DIARREIA | Causas e tratamento).
– Infecções intra-abdominais causadas por E.coli (leia: BACTÉRIA Escherichia coli | E.coli).
– Infecções respiratórias*.

*Não costumam  ser a primeira opção de tratamento, pois existem antibióticos mais efetivos para esses casos

Nomes comerciais do ciprofloxacino

O ciprofloxacino é um antibiótico já existente no mercado há muitos anos. Você pode adquiri-lo sob a forma genérica ou pelos vários nomes comerciais disponíveis, incluindo:

ciprofloxacino

– Bactoflox.
– Ciflox.
– Cinoflax.
– Cipro.
– Ciprobiot.
– Ciprocin.
– Ciproxil.
– Cirok.
– Cypro.
– Procin.
– Proflox.
– Quinoflox.

O cloridrato de ciprofloxacino é habitualmente comercializado em comprimidos de 250 mg, 500 mg, 750 mg ou 1000 mg.

Como tomar o ciprofloxacino

Como acontece com a maioria dos antibióticos, a dosagem e tempo de uso dependem de qual infecção estamos lidando. A dose máxima para adultos habitualmente indicada é de 1500 mg por dia.

As indicações mais comuns para o uso da ciprofloxacina são as infecções urinárias. Nas cistites, a dose recomendada é de 250 mg a 500 mg de 12/12 horas. O tratamento dura 3 dias nas mulheres e 7 dias nos homens (leia: TRATAMENTO PARA INFECÇÃO URINÁRIA). Na pielonefrite, o tratamento é feito com 500 mg de 12/12 horas por 7 a 14 dias. Nas formas graves, a via intravenosa é a mais indicada.

Nas diarreias infecciosas, o tratamento é feito habitualmente com 500 mg de 12/12 horas por 3 a 7 dias, dependendo do agente bacteriano causador da infecção.

Os casos de prostatite aguda ou crônica são tratados com ciprofloxacino 500 mg de 12/12 horas por 4 a 6 semanas.

Habitualmente, a bula do cloridrato de ciprofloxacino também indica o antibiótico para o tratamento da gonorreia ou de infecções do trato respiratório. Porém, há no mercado várias opções mais efetivas para essas infecções, fazendo com que, na prática, o cipro acabe sendo somente a 3ª ou 4ª opção nestes casos.

O ciprofloxacino pode ser tomado com estômago cheio ou vazio.

Efeitos colaterais do ciprofloxacino

O ciprofloxacino é uma droga com boa tolerabilidade, com baixa incidência de efeitos colaterais.

Entre os efeitos adversos mais descritos estão a diarreia (comum em quase todos os antibióticos), que ocorre em até 5% dos pacientes. Outros efeitos comuns incluem náuseas, tonturas, dor abdominal, rash de pele e dor de cabeça.

Assim como ocorre com outro antibióticos, a ocorrência de candidíase vaginal também pode ser uma complicação do tratamento com a cipro.

Nos últimos tem sido descrito com alguma frequência casos de lesão do tendão aquiles secundários ao uso do ciprofloxacino. O risco de lesão dos tendões é maior em pacientes idosos ou que fazem uso crônico de glicocorticoides. Doses excessivas do antibiótico também aumentam o risco.

Nos pacientes com insuficiência renal, a dose deve ser ajustada de acordo com a taxa de filtração glomerular para evitar intoxicação pela droga.

Contra-indicações do ciprofloxacino

O ciprofloxacino, assim como qualquer quinolona, deve ser evitada nas crianças, pois pode causar lesões ósseas. Atualmente, apenas nos casos de infecção respiratória na fibrose cística, a ciprofloxacino é indicada na população pediátrica.

O ciprofloxacino é contra-indicado nas grávidas e durante a amamentação, pois o mesmo é excretado pelo leite materno.

O ciprofloxacino também deve ser evitado nos pacientes com miastenia gravis, pois pode provocar exacerbações da doença.

Nos pacientes com epilepsia, o ciprofloxacino pode facilitar a ocorrência de crises convulsivas (leia: EPILEPSIA | CRISE CONVULSIVA | Sintomas e tratamento).

Interações medicamentosas do ciprofloxacino

Antiácidos, sucralfato, multivitamínicos, sevelamer, sulfato ferroso ou sais de cálcio, como o carbonato de cálcio, diminuem a absorção do ciprofloxacino.

Nos pacientes que usam anticoagulantes, o ciprofloxacino pode aumentar o efeito da varfarina, causando elevação do INR (leia: VARFARINA (Marevan,Varfine, Coumadin) | Controle do INR). Cafeina e teofilina também têm seus efeitos exacerbados pela cipro.

Por risco de arritmia, o ciprofloxacino deve ser usado com cautela nos pacientes medicados com antiarrítmicos, como sotalol, amiodarona, procainamida ou quinina.

O ciprofloxacino não interfere com a eficácia da pílula anticoncepcional (leia: PÍLULA ANTICONCEPCIONAL | Interações medicamentosas).

O ciprofloxacino pode interagir com uma série de outros medicamentos. Se você faz uso de várias medicações, sugerimos uma consulta à bula do medicamento para obter uma lista mais extensa.

"CLORIDRATO DE CIPROFLOXACINO | Bula simplificada", 5 out of 5 based on 65 ratings.
Publicidade
  • Gorete Assumpção

    Eu uso cipro pq tenho itu por repetição

  • Fernando Gonçalves Simao

    Eu uso o cipro por causa da infecção na uretra!